Está procurando companhia para viajar para algum destino da América do Sul. Então crie seu tópico aqui!

#1140893 por rherr
25 Nov 2015, 22:09
OI Vanessa, boa noite.

Muito legal sua iniciativa de ir ao Aconcágua. Mas até onde sei, há certo controle de parte da administração do parque para quem pretende fazer cume naquela montanha.

Este controle é até compreensível já que não se trata de qualquer montanha, e sim a mais alta do planeta fora da Asia, e como você deve saber, a maior montanha das Américas!

Não sei qual é tua experiência em montanha, mas uma amiga minha, montanhista séria, que está no meio de seu projeto 7 cumes (os sete mais altos de cada continente), fracassou no Aconcágua, e isto após ter feito cume no Monte Denali, no Alasca, que é uma montanha dificílima! . E isso com toda uma expedição profissional acompanhando-a, o pessoal da Grade6.

Não sou ninguém para dizer te desanimar a ir, mas isso de ir sem guia me parece uma utopia, francamente.
Acho que o ideal seria você e seu amigo se prepararem durante 2016 para se juntar à uma expedição profissional, que normalmente partem pra lá no começo de janeiro.

Espero ter sido útil, e não ter te desanimado. abraço.
#1141197 por vanessa.miranda
26 Nov 2015, 23:47
Oi Rherr!

Obrigada pelo alerta! E não se preocupe com me desanimar, pois é bastante difícil rss
Que legal que a sua amiga está tentando os 7summits! um dia também quero, quando eu tiver a montanha de dólares que precisa pra tentar o everest hahaha
Aproveitando da sua boa vontade, o que rolou com a sua amiga?
Até onde sei, o McKinley é uma montanha técnica e bem diferente do aconcágua, certo? Não estou dizendo que o aconcágua seja mais fácil ou difícil, mas diferente e com maior altitude, além de ser o segundo com maior proeminência do mundo, atrás do everest apenas.
Ela fez a rota normal? pq não conseguiu? Sei que o parque tem um controle mais rigoroso para autorizar a escalada na parede sul (técnica), mas não nas rotas "normais".
Eu não sou montanhista profissional e não faço escalada. Estou acostumada com trekking longo, camping, adversidades, frio, etc. Não tive problemas com altitude até quase 6000 (sem estar em meio a mto esforço físico) e até 4700 com esforço físico. Trekking carregando mto peso acima desta altitude ainda não fiz, seria o primeiro.
Vejo pouca diferença em ir com ou sem guia, desde que acompanhado e com o equipamento necessário. Já fiz montanha com guia e tirei esta conclusão.
Temos bastante tempo ainda pra nos preparar e reunir todas as informações necessárias, e por isso as experiências de pessoas que tentaram ou chegaram ao cume são importantes, se puder compartilhar detalhes da experiência da sua amiga, ficarei mto grata! :)
Editado pela última vez por vanessa.miranda em 27 Nov 2015, 19:21, em um total de 1 vez.
#1141221 por rherr
27 Nov 2015, 07:54
O fato de não ter tido problema com altitude já é um excelente sinal pro teu projeto. Minha amiga não conseguiu no Aconcágua por ter sucumbido à 600m do cume...por conta da altitude mesmo, como você disse, a rota normal não exige escalada, o grande problema é a altitude mesmo. A questão que me faz pensar ser difícil fazer o Aconcágua sem guia é o fato da logística. São muitos dias de aclimatação, muitos dias de acampamento base e nos avançados para apenas duas ou três pessoas realizarem o projeto, e toda a estratégia e disciplina que isso exige. Num expedição comercial este tema estaria resolvido. E a questão da aclimatação, pelo menos pra mim que não tenho experiência em altitude, requer um acompanhamento de profissionais. Mas pelo visto, você tem mais experiência que eu nesse ponto, deve saber melhor como funciona as coisas. Mas como você disse, tens tempo para se preparar até lá. Boa sorte!
#1141222 por Otávio Luiz
27 Nov 2015, 08:14
Tenho alguns colegas que já fizeram cume no Aconcágua sem guia. Não é fácil mas não é impossível.
O pior mesmo é carregar todo equipamento sem porteadores, e a aclimatação.
Os guardas parques cuidam bem da galera, e não deixam subir se virem que alguém está em risco.
Se prepare, não esqueça os equipos necessários e boa sorte!!!
#1141263 por rherr
27 Nov 2015, 10:53
exato Otávio. Não é impossível, mas não é fácil. A estratégia é fundamental, e para elaborar uma boa, tem que ter muita experiência para ir sem guia. Por outro lado, o simples fato de ir, e observar como as outras expedições funcionam, trocar informações com eles, já seria uma forma de ir aprendendo e ganhando essa experiência em campo. Eu escrevo como se tivesse indo hehe, mas é que estou me imaginando numa situação dessa. Por exemplo, se não me engano, o Aconcágua são 3 ou 4 acampamentos avançados. Imagine quantas subidas e decidas um grupo de 2 ou três pessoas teriam que fazer para ir levando os equipamentos e mantimentos montanha acima? Esse número de subidas e decidas é que faz a estratégia ser eficiente, até porque são nesses trajetos que a pessoa se aclimata à altitude. Mas eu só de imaginar o peso que teria que carregar junto com um parceiro!! afff Pode ser que um dia eu chegue lá! quem sabe? mas tenho que ganhar muita experiência ainda.
#1141268 por rherr
27 Nov 2015, 11:05
Ou eu devo ser precavido demais. Muita gente deve chegar lá e simplesmente subir, sem guias e sem grandes mistérios; inclusive, muita gente deve subir o Aconcágua sem nunca antes ter subido montanhas de sua própria cidade ou país. Se no Everest têm gente assim..... Na minha visão, pra fazer o Aconcágua eu ainda preciso fazer muitas coisas na Cordilheira Real da Bolívia e em Huayhuash no Peru, Cerro Plata na Argentina..cada um escolhe o seu, montanha é o que não falta. Não é um regra, óbvio, mas sou um montanhista que segue passo a passo, um passo de cada vez....Antes de tudo estou indo pra El Chaltén semana que vem, é baixinho, mas já é uma aproximação à montanhas geladas...
#1141519 por vanessa.miranda
28 Nov 2015, 17:19
Otávio Luiz escreveu:Tenho alguns colegas que já fizeram cume no Aconcágua sem guia. Não é fácil mas não é impossível.
O pior mesmo é carregar todo equipamento sem porteadores, e a aclimatação.
Os guardas parques cuidam bem da galera, e não deixam subir se virem que alguém está em risco.
Se prepare, não esqueça os equipos necessários e boa sorte!!!


Obrigada Otávio!!
Seus amigos foram faz mto tempo? Se puder me passar o contato de algum deles pra tirar algumas dúvidas que só quem foi sólo sabe responder rss.
Basicamente queria saber o seguinte:
- Quem está sem agencia pode usar a infraestrutura dos primeiros camps? (banheiros, tendas-cozinha);
- Se é possível e valor aproximado p/ comprar comida em confluencia e plaza de mulas;
- Qual o tipo de barraca eles usaram (para aguentar os ventos e o frio), e se alugaram qto $$ foi;
Obrigada!!
#1141866 por Otávio Luiz
30 Nov 2015, 08:42
Faz tempo, acho que foi 2066 ou 2008.
Ele foi com todos os equipos, o que não tinha alugou em Cordoba. A mochila pesava uns 30 kg.
Vou ver se consigo o contato dele.
#1141884 por nathan_mg
30 Nov 2015, 09:45
Vanessa, aqui tem o relato de um cara aqui do fórum que fez sozinho, mas não fez o cume. Acredito que tenha várias informações que você precisa. No caso, ele desistiu por limitações técnicas e de equipamento, mas é um relato muito bacana.

Segue o relato: aconcagua-sozinho-e-sem-mulas-confluencia-face-sul-e-plaza-de-mulas-t41897.html
#1141991 por vanessa.miranda
30 Nov 2015, 18:20
nathan_mg escreveu:Vanessa, aqui tem o relato de um cara aqui do fórum que fez sozinho, mas não fez o cume. Acredito que tenha várias informações que você precisa. No caso, ele desistiu por limitações técnicas e de equipamento, mas é um relato muito bacana.

Segue o relato: aconcagua-sozinho-e-sem-mulas-confluencia-face-sul-e-plaza-de-mulas-t41897.html


Oi Nathan, obrigada! Eu já tinha lido o relato do renato...li todos que tem aqui no mochileiros. Tem o do junior que chegou no cume mas não tirou as minhas dúvidas. E o da Emília mas ela foi com agencia...
#1142104 por nathan_mg
01 Dez 2015, 09:15
Vanessa,

Lembrei de seu post ontem durante uma palestra que fui do Manoel Morgado (acredito que dispensa apresentações, já que você é de montanha também). Ele foi questionado sobre qual a condição física, psicológica e experiência recomendada por ele para que uma pessoa tente o cume do Aconcágua. Foi categórico ao responder que o Aconcagua não deve ser uma das primeiras montanhas da vida de uma pessoa, é uma montanha de 7 mil metros, e a diferença de 6 mil pra 7 mil, segundo o próprio, é exponencialmente maior do que a diferença de 5 pra 6 mil, por exemplo. As condições climáticas são extremas e o desgaste é surreal.

Na dica dele, e veja bem, DELE, e não minha, uma pessoa deveria tentar o Aconcagua depois de fazer, pelo menos, o Kilimanjaro e o Denali, necessariamente nesta ordem, pra ter chance de sucesso.

Não estou de forma alguma tentando lhe desanimar, a intenção é justamente preparar teu psicológico para o que pode vir. E como você está realmente decidida a ir, eu recomendaria que fosse preparada para respeitar a montanha e os limites do seu corpo, e considerando a hipótese de não obter sucesso. Já li relatos de pessoas que foram ao cume do Aconcagua depois de ir aos base camps mais de 20 vezes. Faz parte.

Talvez por ser a montanha mais próxima e ace$$ível a nós, brasileiros, principalmente em tempos de real desvalorizado, muitas pessoas mirem o Aconcagua logo de início. Acredito que não tenha um trekker aqui das nossas bandas que não sonhe fazer esta montanha "em breve", diferente de outras que desprenderiam muito mais custo e tempo.

Boa sorte! E vá nos atualizando com as informações. É um sonho do qual eu compartilho, mas prefiro ouvir os experientes e ser mais cauteloso, um degrau de cada vez.

Edit: Agora que vi que você é de BH também. Se soubesse, indicaria a palestra, seria uma ótima oportunidade de você conversar pessoalmente com alguém com uma puta bagagem em alta montanha (7 summits, base camp do everest 59! vezes, e muitas outras coisas...). Talvez fosse de seu interesse...
#1142130 por Otávio Luiz
01 Dez 2015, 10:48
Muito bem levantado, Nathan.
O que eu indico (ou faria, se quisesse fazer cume no Aconcágua): vá para a Bolívia e suba alguns 5~6 mil. Bolívia se faz no inverno, junho/julho.
Depois vá para a Argentina (no verão), faça Valecitos, Cordon del Plata. São montanhas de 5 a 6 mil também.
Assim você economiza dinheiro e se aclimata. Economiza dinheiro pois Bolívia é mais barato que Argentina, não precisa de permiso para estas montanhas, e você pode se aclimatar e treinar em montanhas mais tranquilas, baixas...
Se vai de cara pro Aconcágua vai ter várias despesas extras que não teria indo antes pra estes lugares, além da carga emocional de encarar pela primeira vez a maior montanha fora do Himalaia. Também vai saber como seu corpo e emocional se comportam em alta montanha, vai aprender várias técnicas e manhas que poderão fazer diferença na hora de encarar o Aconcágua.
#1142251 por vanessa.miranda
01 Dez 2015, 20:09
Nathan e Otávio, obrigada pelas dicas!
ahh, seu eu soubesse dessa palestra teria ido! (que pena) rss, mas não ia gostar de ouvir essa resposta! Concordo que não se pode menosprezar a dificuldade desta montanha, concordo que alguém que não conhece seus limites e que nunca subiu uma montanha não deve nem cogitar... Mas acho estranho ele indicar necessariamente o kilimanjaro e o denali como treinamento, cujos ambientes são bastante diferentes do aconcágua... Faz mto mais sentido indicar o cerro plata (como o Otávio também disse) que é ali do lado, com altitude e clima similares.
Mas em relação a aclimatação, eu poderia subir o everest agora que não adiantaria nada, até a data do aconcágua já estaria "desaclimatada" outra vez...
É bom que estes pontos levantados por vcs ajudam tbm os interessados a terem certeza se animam mesmo "brincar" de cume do aconcágua rs
Editado pela última vez por vanessa.miranda em 11 Jun 2016, 20:22, em um total de 1 vez.
#1142364 por Otávio Luiz
02 Dez 2015, 08:05
Mas fazer outras montanhas nevadas antes (meses antes, até mesmo anos antes) não é para aclimatação do seu corpo, e sim do seu espírito. ::otemo:: Ok, você vai saber como seu corpo se comporta na altitude, mas lembre-se que para uma mesma pessoa a aclimatação nunca é igual. Você pode não sentir nada subindo o Aconcágua e passar mal em La Paz, por exemplo.
E claro, testar seus equipamentos, sua habilidade, treinar em gelo, etc...

Usuários navegando neste fórum: Jonathan B., MArcelo Vervloet, Shivaya e 0 visitantes