Quanto vai custar sua viagem? Qual é a melhor forma de pagamento? Como planejar financeiramente a sua viagem?
#1117563 por denisferreira
25 Ago 2015, 10:48
Bom dia Pessoal tudo bem?

Estou com um problema parecido com o de vocês, estamos com viagem marcada de lua de mel para Maio/2016 (Sim já reservamos bem antecipado as passagens, hoteis etc), mas ainda estou na dúvida do bendito Euro.

Será que compensa começar a comprar uma parte agora ou ainda existe esperança que até Maio ele abaixe?

Abraços.!

#1117676 por criskeune
25 Ago 2015, 18:04
Dênis, no teu caso, o tempo até a viagem é mais espaçado, ou seja, você tem ainda 09 meses para acumular o valor.

O mais indicado nessa situação é compara aos poucos, mês a mês.

Estipule o valor de euros que você pretende levar, dívida esse valor por 9 e a cada mês vá comprando a moeda (ou carregando o traveis money). Por exemplo, se pretende levar € 1800,00, em 9 meses vive completa o valor com compra de € 200,00 por mês.

Assim você vai completar o valor total por um preço médio: o valor que comprar em um momento de alta, pode compensar com valor em momento de baixa do valor da moeda. O mesmo ocorre se continuar a subir: você ita comprar mais tarde apenas uma parte, já pagando hoje por menor valor vai compensar o que comprar mais tarde por valor maior.

Você ainda tem tempo para economizar! :D :D

Aba, Cris K.
#1117986 por denisferreira
26 Ago 2015, 19:07
criskeune escreveu:Dênis, no teu caso, o tempo até a viagem é mais espaçado, ou seja, você tem ainda 09 meses para acumular o valor.

O mais indicado nessa situação é compara aos poucos, mês a mês.

Estipule o valor de euros que você pretende levar, dívida esse valor por 9 e a cada mês vá comprando a moeda (ou carregando o traveis money). Por exemplo, se pretende levar € 1800,00, em 9 meses vive completa o valor com compra de € 200,00 por mês.

Assim você vai completar o valor total por um preço médio: o valor que comprar em um momento de alta, pode compensar com valor em momento de baixa do valor da moeda. O mesmo ocorre se continuar a subir: você ita comprar mais tarde apenas uma parte, já pagando hoje por menor valor vai compensar o que comprar mais tarde por valor maior.

Você ainda tem tempo para economizar! :D :D

Aba, Cris K.



Ótimas dicas Cris,
Muito Obrigado!!!
#1117993 por Luka Izzo
26 Ago 2015, 19:24
Isso mesmo Denis, como bem disse a Cris, compre aos poucos e nas baixas.
Quanto à sua compra antecipada, imagino que tenha encontrado uma excelente promoção,
pq normalmente passagens com tanta antecedência são bem mais caras que o trivial.
Abração!
#1118275 por denisferreira
27 Ago 2015, 18:49
Luka Izzo escreveu:Isso mesmo Denis, como bem disse a Cris, compre aos poucos e nas baixas.
Quanto à sua compra antecipada, imagino que tenha encontrado uma excelente promoção,
pq normalmente passagens com tanta antecedência são bem mais caras que o trivial.
Abração!


Boa Noite Luka Izzo, na verdade compramos por enquanto a ida rs, será um cruzeiro de reposicionamento de 12 dias saindo de Salvador com destino final Lisboa (Passando por Tenerife e Ilha Madeira), pegamos uma ótima promoção e mesmo o valor final sendo um pouco maior das passagens de volta, mereçe, trocamos a festa de casamento por essa baita viagem.
O dificil é contar com a ansiedade até lá haha...

Abraços!
#1119113 por douglaspsv
31 Ago 2015, 12:32
Marcos H. O. Souza escreveu:Se alguém de Uberlândia e arredores estiver interessado, tenho euros que sobraram da minha última viagem (760 euros, para ser exato), e eu estaria disposto a vender por R$3.000,00 (mais ou menos R$3,94 o euro), porque se eu vender na agência de câmbio, vão me pagar bem menos do que isso.


Boa tarde Marcos,

Moro em MOntes Claros - MG, e tenho comprar euros já que tenho viagem marcada para espanha, se você tiver interesse podemos ver um jeito para efetuar a compra dos seus euros, já que estamos relativamente próximos.
Fico no aguardo.
#1120353 por f0soare
05 Set 2015, 00:48
Com certeza, a alta do Dólar e Euro são péssimas para quem se planeja. Estou no mesmo barco, com passagens compradas para março/16 (RJ x Paris e Roma x RJ).

O que fiz para amenizar a alta do euro: Já reservei os Hoteis e aluguel de carro, pagando em R$ no Hoteis.com/Booking/Airbnb. Assim eu fugi do IOF, consegui boas promoções e ainda parcelei. Já venho acompanhando os preços de hotéis na europa desde 2014 e o preço não subiu tanto como o euro subiu.

Da viagem está pendente alimentação e os passeios. Se continuar subindo, revejo as prioridades dos passeios. O Euro pode chegar a 8 reais... nem que eu coma miojo, biscoito e barrinha de cereal todos os dias (levado do Brasil na mala... kkkkk) eu cancelo a viagem.

Eu decidi que não vou participar da crise que nossos governantes estão impondo aos brasileiros por sua falta de gestão. Não vou me permitir mudar planos por causa deles....

Vou deixar para comprar os euros mais próximo da viagem. Acredito que até lá estabilize um pouco...
#1120358 por criskeune
05 Set 2015, 02:13
Bem, meu caso está cada vez mais complexo!

Não bastasse a alta do euro, a Hungria agora está envolvida numa enorme crise humanitária, com os refugiados da Síria em Budapeste. A estação de trem Kelety, por onde eu chego em Budapeste, está quase uma zona de guerra e a polícia húngara está meio despreparada para a situação. Na verdade, a Hungria toda me parece despreparada. Eu tenho um certo receio do que pode acontecer. Mesmo ainda faltando dois meses para a viagem, eu estou bem apreensiva.

Pelo meu roteito, eu começo com Viena e depois, no dia 04/11 vou à Budapeste de trem (Railjet) e de Budapeste, eu saio de avião pela WizzAir, para Roma.

Hoje eu descobri que não está havendo serviço do Railjet e nem mesmo do Intercity entre Budapeste e a última estação de trem antes da fronteira com a Áustria. Inclusive, eu simulei a pasagem novamente para o mesmo dia que eu comprei, e vi que no site da OBB diz que o Railjet nesse trajeto só vai até essa estação logo depois da fronteira e depois disso, eu tenho de trocar por um trem regional Húngaro. Ou seja, eu paguei uma passagem para 3 pessoas pelo Railjet e vou ter de usar no maior trecho um trem lento regional húngaro....

Eu estou pensando seriamente em mudar a rota e ir de Viena a Salzburgo ou a Praga (novamente!). Entrei em contato com a ÖBB para ver se eles terão alguma solução até novembro ou se eles podem alterar o destino do ticket, mesmo que eu tenha reservado com tarifa restrita, pois é uma situação expeccional. Na verdade, eu estou até pensando em boicotar a Hungria, pelas declarações que eu tenho visto quanto aos refugiados da guerra civil da Síria.

Se a resposta da ÖBB for positiva, eu estou inclinada a mudar o roteiro mesmo, e talvez até escolha Praga mais uma vez, pelo fato da Coroa Tcheca também ser uma moeda mais acessível e porque também en poderia fazer um day trip a Kutná Hora, já que eu já conheço bem Praga.

A passagem da Wizz Air eu consigo o reembolso porque eu preferi pagar um pouco mais para incluir alguns itens extras e por isso, a tarifa foi alterada para flexível. E caso eu troque Budapeste para Praga, eu consigo apenas alterar o voo de Budapeste - Roma para Praga - Roma, com a mesma companhia e pela mesma tarifa.

Essa minha viagem está uma viagem ... ::mmm:

Abs,

Cris

P.S.: No inpicio do ano eu também tive de desviar para Praga, depois dos atentados em Paris, para onde eu iria! Vou virar habitué da cidade!
#1120536 por f0soare
06 Set 2015, 11:30
Realmente são muitos os obstáculos... Mas se deixarmos desanimar por causa deles, ficaremos reféns já que hoje na mídia só há notícias ruins.

Eu penso que a quantidade de obstáculos superados só engrandece o prazer de conseguir atingir seu objetivo.

Refazer roteiro de viagem, oscilação de cambio, crises mundiais, etc... tudo isto são obstáculos que quem se programa com antecedência para viajar precisam ser superados. Refaça seu planejamento. Se o destino escolhido anteriormente oferece risco a sua integridade física, elimine e deixe para outra oportunidade, mas não desista da viagem.

Grande abraço,
#1121845 por RodrigoOliveira1
11 Set 2015, 07:46
Meu caso é bem parecido com a maioria de vocês, fechei minha lua de mel em Março, quando encontrei passagem para Paris com preço razoável, no início de Abril comecei a trocar o euro, paguei 3,25 da primeira vez que troquei, da segunda paguei 3,50, da terceira 3,87, da quarta 4,00 e agora que troquei o que faltava quase cai pra trás, paguei 4,51 no Euro :shock: .
A dica que eu dou é, se possível, quem tiver viagem marcada, trocar o máximo que puder agora, pq acho que vai passar dos 5 reais fácil, fácil...
#1121960 por juliad
11 Set 2015, 19:38
cris, tenho amigos que moram em Viena e em Budapest, e a situação não está tranquila, mas também não beira o caos. o "estouro da boiada" ocorreu semana passada - a partir de agora a situação vai normalizando e, aos poucos, retoma à normalidade. mas entendo a sua situação de boicote: a postura da Hungria e da Republica Tcheca está sendo bem agressiva. no seu lugar, teria o mesmo pensamento - não queria dar dinheiro a um governo com atitudes tão erradas.
sobre a coroa tcheca, estive lá ano passado e achei tudo ABSURDAMENTE caro.

quanto à moça que pode acabar viajando sozinha, se for o caso, vá sim: você mora no Brasil e circula sozinha por aqui, tranquilamente - nem todas européias fariam isso. encorajo-a fortemente a tocar o barco sozinha, tomando os mesmos cuidados que você já toma aqui.

sobre dicas/sugestões, tô no mesmo barco: comprei passagem para portugal em abril para viajar em outubro e fui deixando para comprar os euros aos poucos. no final, só havia comprado 250. quando o euro disparou em meados de julho, resolvi pagar integralmente hostel e transportes no cartão de crédito. e, mesmo com o IOF e cotação de dolar turismo que vira euro, saí no lucro.
resolvi não esperar mais e comprei tudo anteontem.

a partir de agora, vou estipular meus gastos diários em 70 euros/dia e NAO PENSAREI MAIS EM CAMBIO. já trabalhei duro pra conquistar essa grana e já converti: a partir de agora, uma conversão reversa só estragará a minha viagem.

para quem tá indo, aconselho a não desistir, mas repensar gastos - desde hospedagem mais barata à alternância de destinos. suiça, por exemplo, vai ter que me esperar por uns bons anos.

este texto é super explicativo: http://www.360meridianos.com/2015/05/vi ... -alta.html
#1122413 por criskeune
13 Set 2015, 23:46
Oi, Juliad,

Eu realmente desisti de Budapeste. Fiquei receosa. Sei que a tendência é a situação voltar à normalidade, mas eu prefiro não correr riscos. Para dizer a verdade, eu incluí Budapetse no roteiro mais porque minha mãe e meu irmão queriam "conhecer lugares novos". Como eles não conhecem Viena, eu pensei obviamente em Viena -Budapeste, e depois finalizar o roteiro em Bracelona, que é umá cidade que eles já "conhecem", mas de um roteiro anterior muito subaproveitado (somente um dia inteiro, e mais uma tarde e uma manhã meio que perdida por conta dos deslocamentos). De minha parte, se estivesse indo sozinha, jamais teria incluído Budapeste, pois não é um lugar que eu tenha um super interesse em visitar.

Desde o início esse roteiro foi complexo. Foi complexo para montar, exigiu incluir uma parada extra em Roma para fazer o trajeto Budapeste - Barcelona (por conta de. voos diretos impossíveis, às 5h da manhã).

Bem, eu consigo trocar o trecho Viena - Budapeste por Viena - Praga, mas desde a semana passada é impossível fazer a alteração do trecho Budapeste - Roma para Praga - Roma no site da WizzAir e isso está me irritando demais! Provavelmente essa companhia arérea deve estar enfrentando muitos cancelamentos e pedidos de alteração de voo, e o síte agora não me permite alterar o trecho (até domingo passado era possível, mas eu ainda estava em dúvida sobre alterar ou não). Realmente, achei muito esquisito não conseguir mais sequer acessar minha reserva para fazer qualquer tipo de alteração, ou mesmo para visualização, para ver o status da reserva. Não tem como ligar para a cia aérea, porque só disponibilízam números de telefones que só podem ser chamados a partir de telefones europeus. E não respinderam aos meus inúmeros e-mails. A essas alturas, eu já estou muito indignada com a Hungria!!

Enfim, eu que já estava restrição orçamentária por causa da alta do euro, agora acho que vou te de gastar mais por conta dos deslocamentos internos.

A única coisa que eu sei é que para Budapeste nós não estamos mais a fim de ir. Para Praga, eu não me importo, porque eu gosto da cidade, e temos a oprtunidade de fazermos daytrips, tipo Kutná Hora ou Cesky Krumlov (um pouco mais cansativo, mas mesmo assim acho mais interessante do que Budapeste).

O que foi repensado foram os gastos com alimentação, hospedagem, ordem de "zero compras,". Vamos para passear e não para consumir, até porque não está valendo pena qualquer tipo de compra com moeda desvalorizada.

Quanto à moça que talvez tenha de ir sozinha: não tem nada a temer. A primeira vez que eu viajei para a Europa, eu fui sozinha também, e sequer me passou pela cabeça em não ir por receio. Eu simplesmente comprei a passagem, reservei os hotéis, fiz o seguro e as malas e fui, kkkk. Nem pensei em nada, e vou te dizer que viajar sozinha para longe foi uma das maiores descobertas que eu fiz, a de saber que eu posso me bastar por mim mesma, sem temer a solidão, etc. Também não tem nenhum perigo, porque nada do que você vai fazer para se sentir segura por lá vai ser diferente do que você já faz muito bem aqui o Brasil (com exceção dessa situação dos refugiados, talvez. O que mais me preocupa, nessa questão, é uma reação desporporcional de forças policiais, e nada contra os refugiados em si).

Abs,

Cristina K.
#1123710 por HerrBurnier
18 Set 2015, 10:08
Oi,

Sobre Budapeste: eu costumo ir bastante lá e a situacao está de boa. Eu apenas recomendo ir de onibus e nao de trem. Pra entrar no onibus tem que mostrar os documentos entao nao tem risco de brotar refugiados nos onibus.

Eu faço sempre o trajeto de Viena (onde moro) pra Budapeste de ORANGE WAYS ou entao EUROLINES.

A 2 fins de semana atrás eu fui pra Budapeste assistir um jogo de futebol e vi vários refugiados na estrada fazendo o caminho a pé de Budapeste para Viena, o onibus atrasou um pouco devido ao jogo também (o estadio fica perto da rodoviaria).

Enfim, só queria dizer que essa situacao nao deveria ser preocupante para turistas - eu apenas evitaria ir de trem para evitar qq aglomeracao, mas fora isso tranquilo

Abracos
Daniel
#1124270 por Louise V C
21 Set 2015, 12:31
Olá! :D

Também estou com viagem marcada para abril-maio/2016. Serão 18 dias já contanto dias de ida e volta. Vou passar por Amsterdam (3) > Paris (5) > Londres (4) > Roma (4) e estipulei 1600 euros para toda essa viagem. O que vocês acham? É o suficiente? Estou vendo de ficar em hostels e fazer uma viagem bem economica, sem passeios pagos (um que outro), com lanches bem baratos também.

Estou preocupadíssima ::essa:: com essa variação do cambio e estou acompanhando diariamente. Vejo que alguns economistas estão pessimistas quanto a baixa, então me pergunto se compensa já comprar o máximo que eu puder para evitar uma variação mais alta (teria essa possibilidade, já que tenho um valor guardado para viagem).

O que vocês acham sinceramente? Já comprei até agora 100 euros dos 1600 que estimei!

Já estou com as passagens compradas, então não posso e NEM QUERO hehe cancelar!

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes