Quanto vai custar sua viagem? Qual é a melhor forma de pagamento? Como planejar financeiramente a sua viagem?
#1116533 por lu.maia
21 Ago 2015, 10:39
Estou com viagem marcada pro fim de novembro, comprei a passagem em uma promoção e o euro estava a 3,50. Não comprei nenhuma quantidade da moeda e fiquei esperando abaixar e ficou pior: 4,15 hoje.
Alguém já pensou em cancelar a viagem por causa do câmbio? Minhas despesas irão subir demais com esse valor..e dificilmente o euro voltará aos 3,50 até o fim do ano..
Estou desesperada, alguém tem alguma dica???

#1116543 por MauroBrandão
21 Ago 2015, 11:18
lu a passagem vc ganhou muito dinheiro veja o preço de hoje.
Agora o resto faz parte, imagine que o teu gasto seria E$ 1.000 aumentou o gasto E$160,00 isto não faz diferença.
seja positiva no caso corte na viagem um passeio. E compre já por que vai subir mais pode acreditar. ::otemo::
Quer me repassar a passagem eu fico ::dãã2:: pena que não da.
#1116734 por Glaudson Melo
22 Ago 2015, 09:39
Olá, Lu.Maia!

Também estou com uma viagem marcada para a Europa entres os dias 12 e 27 de outubro deste ano e assim como você também não comprei o Euro ainda. Visitarei Portugal e a França durante 15 dias e também criei a expectativa de que a moeda européia baixasse já que fora anunciado no início do ano sobre a política econômica do Banco Central Europeu de injetar moeda na economia. Não cogito a mínima possibilidade de desmarcar a viagem, todavia vou ter que mudar um pouco o planejamento e cortar certas despesas para viabilizar a viagem. Vou levar algo próximo de Mil Euros mais o cartão de crédito e ficar atento para equilibrar as contas.
#1116886 por criskeune
22 Ago 2015, 22:20
Eu comprei passagem para a Europa para mim, minha mãe e meu irmão, de 29/10/2015 a 16/11/2015, (Viena - Budapeste - Barcelona) naquela promoção da TAP que aconteceu em março deste ano, para emissão de passagens por metade das milhas necessárias. Eu tinha extamente as milhas necessárias para 3 passagens nesta promoção e como a TAP deixou de cobrar a taxa de combustível para passagens emitidas por milhas com início no Brasil, a emissão de cada passagem sairia por 85,00 Euros.

Veja só, uma passagem ida e volta para a Europa em cia. tradicional, incluindo os trechos internos, por um preço totalmete low cost.

Pelo valor do câmbio em março, eu paguei R$ 312,00 para a emissão de cada passagem. Não tinha como não aproveitar essa promoção, até porque quase metade das minhas milhas iriam vencer em junho sem uso ...

Só que de março até agora, eu tive umas 457 "intercorrências" e imprevistos, na casa, pessoais, etc, que me fizeram gastar a maior parte do valor que eu normalmente poupo por mês para viagens. Com isso, eu quase não consegui juntar meus Euros, ainda mais com a alta do câmbio.

Para piorar a situação, minha mãezinha é professora estadual da rede de ensino do Rio Grande do Sul, e está a três semanas de sua tão esperada aposentadoria, mas como devem ter visto nas notícias, o "glorioso" (des)governador do nosso estado está parcelando os salários dos servidores públicos. Por exemplo, a boataria que corre aqui é que agora no final de agosto, o infeliz do "gringo" só vai pagar a merreca de uma parcela de R$ 500,00 (veja, menos que um Salário Mínimo)!

Eu ainda não desisti da viagem. Por enquanto, vou comprando uma quantia menor de euros por mês do que eu compro normalmente quando planejo uma viagem. Sei que o Euro não vai baixar e, muito pelo contrário, só tende a subir, e isso pode explodir caso a situação política no Brasil se descontrole.

Eu não "posso" cancelar a viagem, porque a promoção da TAP tinha termos super restritos: até tem a possibilidade de alteração de data (por 50 Euros), mas a promoção só é válida para voos até a data que coincide exatamente com o dia da nossa volta planejada, ou seja, não posso alterar a viagem para daqui a uns 4, 5 meses, por exemplo. E em caso de cancelamento, os termos da promoção são que as milhas usadas não são devolvidas. Ou seja, se eu precisar cancelar, vou colocar no lixo 120 mil milhas, que eu demorei uns 5 anos para acumular .... Os 85,00 Euros para a emissão de cada passagem, a essas alturas, eu nem me importaria de perder, mas as 120 mil milhas me deixará muito chateada!

Então, meu plano B vai ser:
- economizar o máximo que conseguir até 29 de outubro, nem que eu tenha de ir a pé até o trabalho e levar marmita de pão e ovo, para poder completar meus euros e os de minha mãe;
- alterar reservas de hotéis, fazendo um "downgrade" para redes supereconômicas e me cadastrar em sites de reservas ou de redes hoteleiras para ver se consigo alguma promoção relãmpago;
- reduzir a cota de 100 euros por dia, como era o "plano A" (excluída a hospedagem) para 80 Euros ou mesmo 60 Euros por dia. Até é possível cogitar 50 Euros por dia, mas nesse caso, eu não viajaria tranquila (imigração, imprevistos no decorrer da viagem, etc).
- passar longe das compras, incluive compras "para a viagem" (excluir compras do tipo novas roupas, etc, vamos com o que temos mesmo);
- Aproveitar as férias mais para descansar mesmo e não fazer turismo "maratora", escolhendo bem as prioridades de passeios pagos, e fazer mais passeios gratuitos e a pé ...
- fazer refeições mais "espartanas", (não necessariamente fast food, mas aproveitar mais os supermercados, por exemplo.

Tem a remota possibilidade do meu irmão receber os "polpudos" honorários advocatícios devidos por uma cliente "displicente" dele, que está nessa lenga lenga desde maio ("semana que vem eu pago", "vou depositar dia tal", etc). ::quilpish:: ::quilpish::

Tem ainda a mais remota possibilidade de minha mãe receber os valores de três ações judiciais que ela já ganhou, e que já estão finalizadas, apenas aguardando pagamento programado para este ano (desde janeiro), mas são duas por precatório e uma por requisição de pequeno valor, ou seja, do Estado do RS, então, temos mesmo poucas esperanças com essas! :cry: :cry:

Se pelo menos uma dessas hipóteses der certo e se eu conseguir "bater a meta e dobrar a meta" de economia para comprar meus euros, ok, tudo certo, vamos embarcar e viajar felizes! ::otemo:: ::otemo::

Se não conseguirmos nada disso até a mnhã do dia 29 de outubro, bem, vou ter de ligar para TAP e cancelar o embarque e cancelar todas as reservas de hotéis e perder 120 mil milhas e cancelar minhas férias no trabalho. Ficarei muito chateada, mas o que consegurmos economizar até lá, vai servir para uma próxima viagem em 2016, tendo mais tempo para juntar o valor necessário (pelo menos em 2016 eu terei 1/3 de ferias de 2016 e meu 13º salário para juntar, o que já quase completa o valor ::mmm: )

O ruim vai ser conseguir outra passagem com precinho camarada como essas da promoção, já que as milhas não teremos mais, e com o preço do dólar é um susto pesquisar passagens, mas se o dólar continuar subindo desse jeito, tenho certeza que as cias. aéreas vão fazer mais promoções mais interesantes, porque se não, vão ter prejuizos com voos saindo vazios do Brasil....

Abs,

Cris
#1116896 por lu.maia
22 Ago 2015, 23:10
Pessoal, obrigada por terem respondio
Realmente é bem complicado. No meu caso, o problema é que meu namorado que vai comigo já estava achando um gasto muito grande desde o início..nem ligou pra passagem ter sido barata..e agora o euro aumentou bastante e o gasto que á era grande ficou maior.
Vou ver também onde posso reduzir os gastos e já tinha pensado nesse plano B como o seu criskeune..e mesmo que eu vá sozinha não quero cancelar..mas dá um frio na barriga, viajar sozinha é tenso rsrs
É minha primeira viagem pra Europa, não queria ter que desistir :(
#1116923 por MauroBrandão
23 Ago 2015, 06:40
Não desista não, se o namorado não quer ir vá sozinha. Hoje é mais comum ver mulher viajando sozinha que homem. So tomar os cuidados devidos nunca sair a noite. Como mencionei acima a diferença não vai ser maior se vc cortar um passeio, isto em último caso. Pense em Euros.

Quanto as Cris. Espero que de tudo certo, mas perder as milhas. Cancelando antecipadamente as passagens, acho que não perde. Perde a taxa de embarque ou se não embarcar.
#1116993 por criskeune
23 Ago 2015, 14:39
Mauro,

No caso específico desta promoção da TAP, não há o estorno das milhas utilizadas. Isso está expressamente escrito nas regras da promoção. Se fosse só a taxa de embarque, não haveria problemas, pois eu recuperaria as milhas para usar em outra oportunidade.

Se eu tivesse emitido a passagem somente para mim (e poderia ter feito isso até na classe executiva!!!), não haveria problema, porque eu consigo a minha parte, talvez com a redução de gastos, etc.

O problema é que eu quis presentear especialmente minha mãe, que vai se aposentar agora no início de setembro, e no momento é justamente ela que está tendo a dificuldade para conseguir juntar a parte dela para hospedagem e alimentação. Eu já paguei para ela o trecho de trem entre Viena e Budapeste e a low cost (WizzAir) entre Budapeste e Barcelona. Geralmente sou eu quem complementa a a patente dela quando viajamos juntas, mas com a alta do cambio, ficou mais complicado eu complementar

Eu também poderia ir sozinha, mas putz, eu planejei a viagem justamente como um presente pela aposentadoria merecida dela, para ela viajar comigo e com meu irmão! Seria uma baita sacanagem eu ir sozinha! E ela também não aceita ir sozinha ou só com um filho (no caso, eu cedendo minha parte e dizendo para ela ir com meu irmão apenas).

:( :( :(
#1117006 por Glaudson Melo
23 Ago 2015, 15:35
Meu caso é um pouco parecido com o seu, Criskeune.

Também estou presenteado meus pais com essa viagem por Portugal, que é o sonho deles, e uma visita curta em Paris.

A princípio o objetivo era fazer o roteiro Lisboa, Madri e Paris, mas como a conjuntura econômica já não se mostrava favorável à essa despesa ainda no início do ano, preferi cortar Madri e ficar mais dias em Portugal à cancelar a viagem. Ao todo iremos eu, minha namorada, meus pais e minha sobrinha de 11 anos.

Ano passado fiz o roteiro Madri, Bordeaux e Paris pela CVC e percebi que é tranquilo, me sinto mais seguro pra voltar e proporcionar essa experiência incrível aos meus pais que nunca saíram do Brasil.

Meu plano é contar com E$ 50,00 por dia à disposição para custear despesas com locomoção, alimentação e lazer. Como ficarei 10 dias em Portugal e sei que lá é bem mais barato quando comparado com a França, acho que E$ 750,00 por pessoa mais o cartão de crédito para possíveis emergências está de boa.

Vou tentar comprar os Euros até o final de agosto.
#1117365 por Luka Izzo
24 Ago 2015, 17:50
Para quem faz turismo comercial esse é o pior momento de todos os tempos e não está compensando mais.
Agora, para quem faz viagens econômicas, aproveita as boas e belas promoções aéreas (algumas que custam menos da metade do preço da passagem cheia) até alguns centavos não faz tanta diferença. Eu estou evitando, mas com promoções aéreas estupidamente baratas, como da última semana (American Airlines) para o Tóquio e Bankok por 600 reais e Nova Iorque por 400 reais (ida e volta)... não dá para deixar passar! ehheheehe..
::otemo::
#1117380 por Luka Izzo
24 Ago 2015, 18:48
Por exemplo, conheço amigos que sempre fazem "sacolão" na Black Friday nos Estados Unidos (todos os meses de novembro). No ano passado, com o dólar a 3 reais, pagaram 2 mil reais na passagem. Esse ano (semana passada), mesmo com o dólar nas alturas compraram passagem ida e volta (São Paulo/Miami/Nova Iorque) por R$ 450 reais. Resumindo, a viagem ficará muito mais barata esse ano, com o dólar nas alturas do que no ano passado. Tudo é questão de saber aproveitar as oportunidades!! ehehehe
::otemo::
#1117472 por criskeune
24 Ago 2015, 23:41
Luka Izzo,

E no meu caso, que paguei apenas R$ 312,00 para emitir as passagens?!?!?!

Emiti 3 passagens com milhas, paguei só a taxa de embarque, ou seja, quase de graça! Foi uma barbada em março, e até junho, digamnos, estava tudo "sob controle". Fiz o orçamento (estadia + trem + alimentação + tickets de passeio) já prevendo Euro a R$ 3,90 em outubro, e agora, sério, hoje eu nem tive coragem de olhar a cotação para não me estressar!

Pior, eu planejei e emiti as passagens como "prêmio" para a aposentadoria da minha mãe (daqui a duas semanas, ela se aposenta). E justamente depois de 30 anos dando sangue pela educação do RS, está tendo salário parcelado (veja bem, salário parcelado, mas as contas e bancos e mensalidades de serviços é tudo na bucha, e lá dispara o juro do cheque especial!). Sem querer entrar em política aqui, mas isso praticamente acabou com nossa viagem!

Euro subindo, ok, dá para contornar, mas Euro subindo e salário parcelado (mesmo que seja só o da minha mãe), ficou muito complexo!

E nós sempre fazemos viagens fora do turismo comercial, mas sem radicalismos extremos, é claro, até porque minha mãe já está com 68 anos..).

Como eu disse, tudo o que eu queria era pelo menos alterar data para depois (não dá, a promoção só é válida para passagens emitidas até 15 de novembro, a data do retorno), ou cancelar a viagem e tentar de novo daqui a 6 meses (mais tempo para juntar, esperar o cenário internacional se estabilizar, sei lá). Mas os termos da promoção que eu peguei é: metade das milhas, mas sem devolução em caso de cancelamento.... Ou seja, 120 mil milhas na lata do lixo!!

O cenário é ruim, e só tende a piorar (pessimismo mode ON). Mas na esperança de dias melhores, esperando a China melhorar e os especuladores do Brasil pararem de fazer terra arrasada!

Abs,

Cris K.
#1117475 por Luka Izzo
24 Ago 2015, 23:48
Oie, Cris..
Entendo perfeitamente sua preocupação, pois nos últimos dias estive na região dos canyons (Jacinto Machado/RS) e ouvi muitas pessoas falando deste tal 'parcelamento', que é o cúmulo dos cúmulos. Absurdo como nosso país chegou a uma posição tão degradante, mas infelizmente foi o povo que escolheu esse destino. Bem, deixando a política de lado, realmente é uma situação bem preocupante, porque quando me refiro em usar promoções e alguns 'jeitinhos' brasileiros me refiro a viajantes aventureiros que não se importam com 'perrengues' e algumas dificuldades na viagem, porém, vi que você tem intenção de viajar com sua mãe (que vai comemorar a aposentadoria) e nesse caso algumas necessidades não podem ser deixadas de lado. Amiga... sem palavras! Realmente estamos em um 'se correr o bicho pega e se ficar o bicho come'. Abração e boa sorte em sua decisão!! ;)
Editado pela última vez por Luka Izzo em 26 Ago 2015, 19:21, em um total de 1 vez.
#1117487 por Marcos H. O. Souza
25 Ago 2015, 00:40
Se alguém de Uberlândia e arredores estiver interessado, tenho euros que sobraram da minha última viagem (760 euros, para ser exato), e eu estaria disposto a vender por R$3.000,00 (mais ou menos R$3,94 o euro), porque se eu vender na agência de câmbio, vão me pagar bem menos do que isso.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante