Relatos de viagens pelo Chile


#1228441 por filiperocha
29 Out 2016, 10:07
DanaeCh escreveu:
filiperocha escreveu:Fala pessoal!

Sobre a 123 Andes, segue um email com cotações que recebi deles cerca de uma semana antes da viagem:

Laguna Cejar: 15.000 pesos
Piedras Rojas: 60.000 pesos
Salar de Tara: 60.000
Geysers El Tatio: 25.000
Vale de la Luna: 12.000

No e-mail nao tem o valor das Termas porque a gente nao ia fazer.

Só aí desses aí, pra duas pessoas (meu caso) daria 344.000 pesos (+ entradas). Lembro que fechamos todos esses passeios maaaais as Termas por 300.000 pesos (+ entradas). Então o desconto negociado na hora é BOM!


Muito obrigada pelas informações Filipe, está me ajudando bastante com o planejamento da minha viagem.
Aliás, eu estava um pouco receosa de esperar pra fechar tudo lá, pensando que poderia perder tempo ou algum passeio.
Como também pedi algumas cotações e algumas agências ofereceram descontos, fiquei na dúvida se não valia a pena fechar os passeios com antecedência. Porém, depois de ler o seus relato, agora ja estou beeeem mais tranquila e também convencida que irei na 123 Andes negociar com eles. Valeu!! :)

Você sabe se a 123 Andes também faz o vulcão Lascar e as Lagunas Escondidas?


Olá!

Olha, acho que nao fazem nao. Mas como nao ia fazer esses passeios, nao prestei atenção nas informações sobre eles, acho que vale a pena mandar um e-mail pra eles confirmando se nao fazem mesmo!

#1228489 por filiperocha
29 Out 2016, 14:47
Como tudo que é bom dura pouco, é chegada a hora de escrever sobre nosso ultimo dia de passeios :cry:

Mas antes, uma ultima dica sobre o Tour Astronômico: Se voce fizer questao de fazer, pesquise o calendario lunar da data que pretende viajar. Em dias de lua cheia o tour é cancelado. Ficamos em SPA de 14 a 20/10 e só houve tour (pela Space Obs) no dia 18.


:arrow: Dia 5: 19/10 - Salar de Tara

Acordamos bem cedo, pegamos o lanchinho deixado pelo Hostel e la pelas 8h a van ja esperava por nós na porta do Mamatierra.

Ao entrarmos na Van, o Guia Jorge começou sua apresentação: Ele é de Punta Arenas, geólogo e atualmente estuda na UFMT (Sim, no Brasil!). Começou dizendo que iria avaliar onde tomariamos café da manha: se na estrada ou no Salar, por causa dos fortes ventos.

Daí começou o que seria um dos dois melhores tours ja viagem. De primeira, voce já se deparada com uma trilha sonora SENSACIONAL do Jorge, que combina perfeitamente com o clima daquela estradinha no meio do nada, entre Chile e Bolívia. Toca Scorpions, Queen, U2, Guns, etc.

Parte 1: Parada na estrada e Café da manhã no Encontro dos Ventos

Primeiro, uma pequena parada pra admirarmos o Licancabur! A meu ver, esse foi o ponto em que ficamos mais pertinho do Vulcão. Vale lembrar que nesse tour é onde atingimos o ponto mais alto no Atacama. No caminho para Tara, chegamos a atingir 4800m de altitude!

Licancabur de pertinho
ImagemIMG_9972 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_9960 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Depois desse ponto, andamos mais um pouco até chegar num lugar denominado Encontro dos Ventos, onde tomamos café da manhã. O lugar é bem bonito, fica em frente a uma lagoa onde passaros selvagens podem ser observados.

Importante: NÃO HÁ BANHEIROS NESSE TOUR! Então é importante levar lenço umedecido e um pouco de papel higiênico na mochila. Você precisará recorrer às pedras se der vontade hehe

Vale dizer que nesse ponto, no Encontro dos Ventos, foi o local onde passamos o maior frio da viagem. O vento era cortante e eu fui de calça jeans ::putz:: . Sofri.

Café da manhã com otima vista:
ImagemIMG_9985 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

O menu do café era basicamente o mesmo do dia dos Geysers: pão, presunto, queijo, salaminho, chocolate, café, biscoitinhos.

Parte 2: Los Monges de la Pacana

Aqui, ja nao há mais estrada, razão pela qual nao aconselho que façam esse tour de forma independente. A Van vai para o meio da areia, numa área onde nao pega celular. O Guia nos alerta que nao é raro que as vans atolem, de forme que, se necessário, teremos que descer pra ajudar hahaha mas felizmente nao foi necessário. Somos alertados tambem de que esse tour nao pode atrasar muito. Como o lugar é meio inóspito, qualquer atraso é motivo para que a agencia envie um van de emergencia para nos buscar.

A primeira parada é nos Monjes de La Pacana, estruturas gigantescas de pedra no meio do deserto. Uma delas, em especial, lembra muito um índio de perfil, que observa as demais figuras e o deserto como um todo.


ImagemIMG_0037 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0049 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Depois, fomos para o meio do nada, isso mesmo, para o meio do deserto. Um lugar espetacular onde o guia parou para ensinar sobre as rochas originadas de vulcões ativos. Fez a gente procurar algumas rochas bem bonitas (pretas brilhantes) e fez um quiz em que acertei as três perguntas e faturei a rocha mais rara do passeio, uma obsidiana vermelha achada pelo guia ::otemo::

Fotos no meio do nada:

ImagemIMG_0090 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0094 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Guia Jorge explicando sobre as rochas do lugar:
ImagemIMG_0109 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0114 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Parte 3: Salar de Tara

Partimos então para o famoso Salar de Tara, um lugar que vc não pode deixar de fazer! É fascinante o jogo de cores e a natureza desse lugar! Ficamos em torno de 25 minutos curtindo a paisagem e tirando algumas fotos na companhia de inúmeros flamingos selvagens.

ImagemIMG_0207 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0170 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0155 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0132 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0117 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Na volta, paramos nas rochas para irmos ao banheiro e seguimos de volta para San Pedro. Nessa hora sentimos novamente a altitude e chegamos na vila sentindo bastante dor de cabeça.

Normalmente, as agências oferecem almoço no deserto ou perto do Salar. O que pode, nas fotos, parecer bonito e agradável, na pratica pode nao ser tao magico assim. Não me imagino almoçando ao ar livre no vento cortante de Tara, acho que seria realmente muito complicado. Talvez por isso a 123 Andes inclui almoço no Tour de Tara, refeição que, todavia, é feita num restaurante em San Pedro, o restaurante Agua Loca (vou falar dele e postar as fotos depois. Depois do almoço, que naquele dia foi costela de boi acompanhada de um creme de abobora (achei que poderia ser mais diversificado), teve fim nosso tour ao maravilhoso Salar de Tara!

:arrow: Laguna Cejar - Ojos del Salar - Laguna Tebinquiche

Chegamos as 15h no restaurante Agua Loca para almoçar e nosso passeio pra Laguna Cejar, que havia sido cancelado no dia anterior, fora marcado para sair adivinhem que horas ? Sim, as 15h! hahaha

Como era tudo com a mesma agencia, a solução foi fazer a van esperar por nós e por um outro casal que ainda estavam almoçando. Acabamos de comer voando, pegamos a mochila e partimos direto pro proximo tour! Fomos apresentados ao guia e motorista Donato, que seria responsavel pelo nosso ultimo passeio no deserto.

Parte 1: Laguna Cejar e Laguna Piedra

Andamos uns 18km e chegamos à tão falada e Laguna Cejar. Pagas as entradas, visitamos primeiro a Laguna Piedra, que é bem bonita, mas é só pra olhar. Nao quisermos perder muito tempo com ela, porque queriamos tomar banho na Cejar e ainda sair pra tomar banho e secar

Laguna Piedra:
ImagemIMG_0215 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Em seguida, hora de tomar banho na famosa lagoa cuja salinidade é maior do que a do mar morto.

A Laguna Cejar tem concentração de 80% de sal e realmente nao tem como afundar, nem querendo muito!
Confesso que a Laguna me surpreender, nao achei que fosse ser tudo isso, mas a experiencia de boiar sem fazer esforço é muito legal, diferente de tudo que vimos no deserto nos dias anteriores!

Dica 1: leve chinelo! a entrada da Laguna é repleta de cristais de sal que podem, caso seja desastrado, cortar seu pé

Dica 2: Leve MUITO protetor solar! A Combinação sol + sal queima muuuito!

Laguna Cejar, da pra entrar com pau de selfie sem medo hehehe:
ImagemIMG_0266 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0245 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Prepare-se porque a água é gelada! Nada que nos fizesse deixar de entrar, mas..esteja pronto.

Depois do banho, a parte mais dificil: sair da Laguna e andar até onde ficam os chuveiros com agua doce! Voce vai sentir muuuito frio nesse caminho por causa do vento (uns 40 metros). Lá, nao há exatamente "chuveiros", mas sim quedas de agua doce em que voce tem que perseguir o fluxo, já que o vento muda a direção da agua toda hora.

É importante lavar bem, porque voce vai ficar repleto de sal, repleto mesmo, o sal cristaliza na sua pele e voce fica todo branco!

Parte 2: Ojos del Salar

Nessa parte, demos a maior sorte do passeio. A estrada para os Ojos do Salar e para Laguna Tebinquiche estava fechada desde o dia que chegamos ate o dia anterior em obras. Abriu justamente no dia em que fizemos!

Os Ojos del Salar são dois buracos gigantes e repletos de água doce no meio do deserto, um ao lado do outro! Segundo nosso guia, a Universidade do Chile ja foi ao local para um estudo mas, mesmo assim, não pode definir a profundidade do local ::hein:

O banho aqui é possível! Me arrependi de ter tirado a sunga no banho da Cejar. Fiquei com vontade de pular e nao podia, já que já tinha tomado banho e trocado de roupa. Se estiver com vontade de pular, nao tire a roupa de banho depois de sair da Cejar, deixe pra tirar aqui, apesar de, nesse ponto, nao haver banheiro, mas de seu jeito hahahah.

Ojos del Salar:
ImagemIMG_0284 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0302 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0313 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Parte 3: Laguna Tebinquiche

No fim da tarde, deixamos os Ojos del Salar para ir ver o por do sol na Laguna Tebinquiche.

Apesar de chateados com o fim do passeio, nao poderia ter sido melhorar. Pudemos ver flamingos na Laguna e, além disso, ver a mudança de cor das mntanhas e vulcoes ao fundo conforme o sol se punha.

Nesta parte do tour é servido um Snack com o famoso Pisco Sour, bebida tipica do Chile. Confesso que o lanchinho me surpreendeu MUITO! Tinha biscoitinho, batata "ruffles", azeitonas, queijo, amendoim e etc.

Vale ressaltar que o Pisco tem 18% de teor alcoolico! ::ahhhh:: A Mara tomou 3 copinhos (copinho de café, descartavel). Já eu contabilizei 5 copos :D

Foi sensacional acompanhar o por do sol dali. O sol baixou e todas as montanhas ao redor mudaram de cor repentinamente e ficaram vermelhas, um visual sem igual! Foi realmente pra fechar com chave de ouro a visita a esse lugar sem igual no mundo! Muito obrigado, Acatama!

Laguna Tebinquiche, antes do por so sol:
ImagemIMG_0346 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0358 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Lanche bem honesto oferecido pela agencia:
ImagemIMG_0367 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Pisco!:
ImagemIMG_0360 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Apreciando o por do sol:
ImagemIMG_0371 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0373 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Laguna Tebinquiche no por do sol, notem a mudança nas montanhas:
ImagemIMG_0385 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_0379 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Minha ultima dica (tem mais post, entao talvez nao seja a ultima hehehe) é V-Á! Faça de tudo, nao tenha medo, pode ir sem medo porque o Atacama é inacreditável. Acredito que voce possa deixar o deserto, mas o deserto jamais irá te deixar!

Retorno depois pra falar de coisinhas que passaram batidas, artesanato, lembrancinhas, custos e restaurantes!

Até a proxima!
#1229090 por filiperocha
31 Out 2016, 20:57
:arrow: Atacama: o que levar na mala e nas mochilas de passeio - roupas e acessórios

Pequeno adendo feito pela minha namorada sobre o que levar na mala!

Em se tratando de Atacama você pode esperar uma mala bem completa, onde se leva desde sobretudo a biquínis (algo fantástico, pq não tem como errar!! hahaha).

- Sobre medicamentos, produtos de higiene e beleza:

Levamos alguns remédios que foram fundamentais em alguns momentos da viagem: Plasil (enjoo), Dipirona (febre/dor de cabeça), Buscopan e Simeticona (cólica e gases). Para a altitude compramos por $500 um saquinho com folha de coca e tomamos chá de coca tb (o hostel fornecia no café da manhã).
O que mais utilizamos foram: filtro solar, protetor e hidratante labiais e sorine (SÃO INDISPENSÁVEIS NA VIAGEM!!). Além da garrafa de água de 1,5l, estes produtos estiveram na mochila o tempo inteiro!!!
Antes da viagem, lemos muito em blogs para levar muito soro. Mas, pra ser sincera, o uso é pequeno, é praticamente uma gota nos olhos por dia, só pra limpar a vista de areia e tal. No nosso caso, um pequeno frasco de 100ml de soro fisiológico (0,9%) foi mais do que suficiente para a viagem (de cinco dias completos). O hidratante corporal foi usado apenas após os banhos, pois na maioria das vezes estávamos com roupa protegendo e não tinha necessidade, com exceção do passeio da Laguna Cejar, onde por causa da camada de sal que fica na pele tivemos que “tomar banho” de hidratante. Mesmo assim, um pote de 100ml também é suficiente. Para as meninas que são vaidosas e tem amor infinito pelo cabelo, aviso que ele será muito judiado!! Hahaha. É vento, areia, sol e sal o tempo todo! Levei shampoo sem sal (300ml), condicionador (200ml) e uma boa máscara hidratante (100mg). Deu de sobra pra mim e pro Filipe. Sempre levava um escovinha de cabelo na bolsa pra dar uma penteada após a ventania, pra não embaraçar por completo. Só uma pequena observação: o Filipe é bem branquinho e acabou queimando o pescoço nos primeiros dias por passar pouco filtro solar; além do hidratante usamos Hipoglos (isso mesmo, pomada de bumbum de neném) e em um dia estava perfeito de novo! Pras meninas recomendo levar um pacotinho de lenço, alguns passeios não oferecem banheiros, e a rocha será sua amiga nessa hora hahahaha, então pra não passar aperto, fica a dica super útil.

- Sobre as roupas:

É bem simples esse ponto: tem que levar de tudo um pouco! Calça de ginástica/legging são excelentes pros passeios. Não recomendo calça jeans, pq são desconfortáveis e nos lugares frios não ajudam nenhum pouco. Meia-calça grossa, meias de ginástica longas e grossas e polaina são fundamentais nos passeios congelantes. Aconselhamos usar duas calças ou meia-calça de lã em passeios como Piedras Rojas, Lagunas Altiplanicas, Geysers, Salar de Tara e Astronômicos (temperaturas negativas e ventos cortantes). Além disso, sempre levar casaco corta vento, casaco grosso/quente e cachecol/toca/luva. Camisas térmicas são top de usar tb, não dão volume e esquentam bem! Blusas ou regatas basta uma por dia, vc não sua (apenas quando anda de bike) e não enche a mala. Apesar de a gente ter levado toalha, era desnecessário, pegamos a do Hostel pra levar nos passeios (limpa, maior e melhor). Pra calçar apenas duas opções: botinha ou tênis. Nem pense em levar sapatilha! Não tem onde usar! Embora tênis seja mais confortável, a botinha é a melhor opção, pois tudo tem areia lá e assim vc não suja a meia como nós sujamos! Acredite: o sol pode estar queimando, mas vai chegar 18h e o vento vai te matar! Então, não desgrude do casaco!
GENTE! ÓCULOS ESCURO É FUNDAMENTAL! Nos salares o reflexo do sol no sal é imenso e, no meu caso que tenho vista híper sensível, doeu a vista!! Também levamos viseira/boné e foi super útil pra proteger do sol!
É isso! Espero ter ajudado!

:arrow: Restaurantes em San Pedro

Bom, vou colocar aqui os Restaurantes que visitamos durante a viagem e a impressão que tivemos deles. Tentarei ao maximo lembrar os preços tambem! ::otemo::

Restaurante Delicias de Carmen:

Onde? Calle Caracoles. Dizem que tem outra unidade mais barata, mas não achamos.

Bom, aqui foi um dos episódios mais engraçados da viagem. Fomos ao delícias de Carmen no dia que chegamos. Estavamos cansados e loucos pra comer algo e voltar pro Hostel pra dormir.

O restaurante é legal, possui decoração tipica e parece ser frequentado por locais. Os pratos pareciam ser super bem servidos, mas como estavamos com pressa, decidimos pedir um pizza.

Ok, pedimos uma pizza de frango. O que veio ? Uma pizza literalmente de frango! hahahaha

ImagemIMG_8285 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Nos olhamos, rimos e.. comemos! hahaha Nao estava ruim nao, mas confesso que nao era isso que a gente esperava :lol:

Decoração do restaurante:

ImagemIMG_8284 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_8283 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

O preço? Nesse dia ainda nao tinhamos feito cambio e pagamos em dolar. Se nao me engano (posso estar errado), a pizza + uma água + 10% deu 12 ou 14 dólares.

Restaurante La Pica Del Índio

Apesar do nome (todos, TODOS os brasileiros lá presentes faziam piada), foi o lugar com maior custo benefício em que fomos, disparado! Tanto é que almoçamos lá no primeiro dia e voltamos pra lanchar a noite um outro dia.

Onde? Fica na Calle Tocopilla.

Eles servem menu completo (entrada + prato principal + sobremesa) por 4.500 pesos!

No dia em que fomos, escolhi uma sopa de frango como entrada e peixe empanado como prato principal. Voce tem direito a escolher um acompanhamento, peguei batatas e a Mara arroz, daí dividimos tudo. Vi lugares onde o menu é servido a 7.000 pesos e voce escolhe 2 acompanhamentos

As saladas de lá são muito bonitas, mas nao tivemos tempo de voltar pra pedir!

Sopa de entrada:
ImagemIMG_8364 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Prato principal (o empanado deles parece levar só ovo, e nao farinha, o que tira a crocância):
ImagemIMG_8367 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Sobremesa:
ImagemIMG_8369 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

O Atendimento é ótimo, o dia que fomos estava inclusive tocando musica brasileira! hahaha

Além do almoço, fomos lá um dia a noite lanchar. Pedimos cada um um hamburger COLOSSAL! Um desses serve tranquilamente duas pessoas. Ainda inventamos de pedir uma porção de batata frita! ::ahhhh:: Resultado: Não aguentamos, pedimos pra embalar e no dia seguinte jantamos o que restou! hahaha

ImagemIMG_8979 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Se nao me engano, cada hamburger saiu por cerca de 5.000 pesos. Repito, serve tranquilamente duas pessoas com uma fome normal.

Restaurante El Toconar

Onde? Calle Caracoles

Foi o restaurante mais "chique" que fomos. O Wifi do lugar é excelente, consegui telefonar via whatsapp tranquilamente.

O Clima é bem legal, fomos num sabado a noite e estava rolando uma musica ao vivo muito animada!

Nesse dia bebemos uma cerveja cada um e pedimos um prato chamado chorrillama, que consiste numa porção de carne, batata frita, salsicha e ovos fritos.

ImagemIMG_8745 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

ImagemIMG_8744 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Duas cervejas + porção + 10% deram cerca de 13.000 pesos, se nao me engano.

Restaurante Água Loca

Onde? Caracoles, em frente à 123 Andes.

Este foi o restaurante em que almoçamos (por conta da agencia) na volta do tour do Salar de Tara.

Lugar é bastante bonito, parece gourmetizado. Nosso almoço estava gostoso, carne bem passada e temperada. Esperava apenas um pouco mais de variedade no prato. Não tivemos a oportunidade de ir a noite, mas parece ser bem legal. Como o almoço estava incluso no passeio, não tenho ideio de preços.

Costela com creme de abobora servida pelo local:
Imagem14812974_922369484530434_702554796_o by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Imagem14881461_922369517863764_7708946_o by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Imagem14813189_922369567863759_1998617485_o by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Imagem14808121_922369511197098_1792996333_o by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Pizzaria El Charrua

Onde? Caracoles, esquina com Tocopilla.

Pizzaria excelente. Modesta, possui apenas 4 mesas e lota com muita facilidade.

Comemos aqui em tres oportunidades e nas tres a comida estava sensacional!

Pedimos um macarrão alfredo, no outro dia um macarrão equatoriano e no ultimo dia passei la pra buscar uma pizza e levar pro Hostel.

O prato de macarrão (muito bem servido e delicioso mesmo, de verdade) sai por volta de 5.500 pesos.

Heladeria Babalu

Onde? Caracoles

Sorveteria que possui diversos sabores de frutas e sementes tipicas do Atacama.

A bola de sorvete (bem servida) sai a 1.600 pesos.

Tomei de uma semente tipica do local e tava muito bom. No dia que fomos infelizmente nao tinha o de coca pra experimentar. Atendimento otimo, a moça te deixa experimentar todos os sabores exoticos. Vale muito a visita !

ImagemIMG_9951 by Filipe Rocha e Silva, no Flickr

Enfim, é isso! Amanha venho aqui postar o total de gastos! Abraços!
#1234943 por Ca_Kata
22 Nov 2016, 23:14
Olá pessoal, irei para o Atacama em fevereiro/2017. Tenho algumas dúvidas em relação aos passeios.
- Filipe, vc cotou os passeios ainda aqui no Brasil? Deu diferença de cotação aqui e lá em SPA?
- Vc ouviu algum comentário de que não valia a pena ir nas Lagunas Escondidas?

Fiz algumas cotações na agência 123 Andes e eles não fazem Lagunas escondidas, dizem que não vale a pena fazê-lo já que tenho a Laguna Cejar no roteiro.

O orçamento que recebi com desconto dos seguintes passeios: Lagoas Altiplanicas + Pedras vermelhas, Salar de Tara, Laguna Cejar, Geyser el tatio, Vale de la luna e Termas de Puritama, ficou em 197.000 pesos + as entradas. Está bem abaixo dos valores apresentados por outras agências, mas acima do que vi aqui no post =(
Será que consigo negociar um melhor valor lá?
#1237507 por Cleber Veiga
03 Dez 2016, 19:15
Cara, muito obrigado pelo relato! Realmente incrível e tá me ajudando bastante!

Tô indo pra lá em Janeiro e acho que esse teu post eliminou 99% das minhas dúvidas, então só tô postando pra agradecer...

Ahhh o Leandro Freire lá atrás perguntou do valor do passeio astronômico pra crianças, essa informação eu tenho, recebi por e-mail deles:

"The price is $20.000 CLP per person and for children between the ages of 5 to 11 years old inclusive the price is $12.000.- CLP"

Abraço!
#1237793 por filiperocha
05 Dez 2016, 09:23
Ca_Kata escreveu:Olá pessoal, irei para o Atacama em fevereiro/2017. Tenho algumas dúvidas em relação aos passeios.
- Filipe, vc cotou os passeios ainda aqui no Brasil? Deu diferença de cotação aqui e lá em SPA?
- Vc ouviu algum comentário de que não valia a pena ir nas Lagunas Escondidas?

Fiz algumas cotações na agência 123 Andes e eles não fazem Lagunas escondidas, dizem que não vale a pena fazê-lo já que tenho a Laguna Cejar no roteiro.

O orçamento que recebi com desconto dos seguintes passeios: Lagoas Altiplanicas + Pedras vermelhas, Salar de Tara, Laguna Cejar, Geyser el tatio, Vale de la luna e Termas de Puritama, ficou em 197.000 pesos + as entradas. Está bem abaixo dos valores apresentados por outras agências, mas acima do que vi aqui no post =(
Será que consigo negociar um melhor valor lá?


Oi!

A diferença foi gigante!! Acho que numa postagem no começo do topico cheguei a comentar sobre isso

Se tiver condições pode deixar pra fechar tudo lá em SPA que voce vai economizar muito

Pra ter ideia, eu cotei todos os passeios pra 2 por email, e lá na agencia fechei por um preço mais barato, e ainda inclui (pra dois) outro passeio que nao tava nos planos iniciais.

Sobre as lagunas escondidas, nao sei te informar, mas acredito que devam começar a fomentar esse passeio agora, já que o banho na Laguna Cejar foi proibido
#1248862 por filiperocha
15 Jan 2017, 14:50
Flavius Neves Jr. escreveu:Gostei muito do seu relato! Parabéns!

Estaremos indo para o Atacama em março de 2017. O banho na Laguna Cejar foi proibido mesmo?



Fala Flavius! Cara, pelo que to sabendo foi sim.

Como alternativa, as agencias estao oferecendo o Tour para as Lagunas Escondidas, onde também é possivel flutuar

Abraço!
#1250036 por filiperocha
18 Jan 2017, 13:04
Dri Quinaud escreveu:Olá Filipe,

Primeiramente parabéns pelo relato, ficou bem explicativo, muito bom. Estou indo com meu namorado no carnaval para o Atacama, você poderia me passar o contato da agência Andes 123?



Olá!

Eu fiz meu primeiro contato com eles através do formulário deste site: http://www.chileconectado.com.br/
#1250082 por Débora L Souza
18 Jan 2017, 15:12
filiperocha escreveu:
Dri Quinaud escreveu:Olá Filipe,

Primeiramente parabéns pelo relato, ficou bem explicativo, muito bom. Estou indo com meu namorado no carnaval para o Atacama, você poderia me passar o contato da agência Andes 123?



Olá!

Eu fiz meu primeiro contato com eles através do formulário deste site: http://www.chileconectado.com.br/



Eu tenho o e-mail da Bianca. Fechei o pacote com ela. bianca.blefari@hotmail.com Eu acho que tenho o wpp dela anotado em algum lugar. Posso olhar pra vc se vc quiser.
#1250304 por Adriana Vargas
19 Jan 2017, 06:33
filiperocha escreveu:
Dri Quinaud escreveu:Olá Filipe,

Primeiramente parabéns pelo relato, ficou bem explicativo, muito bom. Estou indo com meu namorado no carnaval para o Atacama, você poderia me passar o contato da agência Andes 123?



Olá!

Eu fiz meu primeiro contato com eles através do formulário deste site: http://www.chileconectado.com.br/


Obrigada!!!
#1250305 por Adriana Vargas
19 Jan 2017, 06:34
Débora L Souza escreveu:
filiperocha escreveu:
Dri Quinaud escreveu:Olá Filipe,

Primeiramente parabéns pelo relato, ficou bem explicativo, muito bom. Estou indo com meu namorado no carnaval para o Atacama, você poderia me passar o contato da agência Andes 123?



Olá!

Eu fiz meu primeiro contato com eles através do formulário deste site: http://www.chileconectado.com.br/



Eu tenho o e-mail da Bianca. Fechei o pacote com ela. bianca.blefari@hotmail.com Eu acho que tenho o wpp dela anotado em algum lugar. Posso olhar pra vc se vc quiser.


Olá Débora! Obrigada pela informação, gostaria sim do whatsapp dela.
#1250865 por Flavius Neves Jr.
21 Jan 2017, 14:14
Estaremos indo para o Atacama em março desse ano, de carro. Como não vamos ficar muitos dias, achei melhor já reservar o passeio para o Geyser del Tatio com a agência 123 Andes/Chile Conectado (foi bem recomendado aqui pelo nosso amigo Filipe e ficaria mais fácil de efetuar o pagamento de 20% via transferência bancária). Eles pediram 30.000 pesos chilenos por pessoa, pedi o desconto e fechamos por 25.000 pesos chilenos por pessoa, ou R$ 142,85. Eles aceitam o pagamento do restante em Reais.

Perguntei sobre o banho na Laguna Cejar e, realmente, o mesmo está proibido por conta de um "alto nível de arsênico encontrado na água." Perguntei sobre o passeio das Lagunas Escondidas (que também se flutua na água), e eles responderam que lá o banho também está proibido pelo mesmo problema do arsênico. :cry: :cry: :cry:

Eu vi no Google Maps que as Piedras Rojas ficam a uma certa distância das Lagunas Miscanti e Miñiques e, conforme imagens do Street View do Google Maps, a estrada parece ser de rípio. Também vi que as Piedras Rojas ficam no Salar das Águas Calientes. Minha intenção é visitá-las de carro, por conta. Alguém tem alguma sugestão, ou dicas a respeito?


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante