Bolívia, Peru e Chile em 18 dias (parte 1) com fotos

Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul


Bolívia, Peru e Chile em 18 dias (parte 1) com fotos

Mensagem não lidapor Glauco Moreira » 02 Fev 2012, 18:31

Saímos do Rio (eu e um amigo) no dia 26 de dezembro rumo à Bolívia.
Chegamos à Santa Cruz de La Sierra à uma hora da manhã, e fomos direto para o Hotel LP que já estava reservado.
Como dia 26 caía numa segunda - feira, era feriado na Bolívia. O hotel é muito bom. Porém, resolvemos seguir logo para La Paz.
Pegamos um táxi até o aeroporto, compramos as passagens (compradas no próprio aeroporto sai mais em conta U$100.00) voltamos ao hotel pegamos as bagagens e voltamos para o aeroporto. Chegamos a La Paz quase três da tarde. Sentimos logo de cara o problema da altitude.
Como havia copiado uma dica aqui, sobre o Hotel Torino, fomos para lá. NOSSA!!! Muito precário.
Ficamos três dias a 140,00 bol a diária sem café da manhã. Há uma agência na entrada do hotel. Fizemos com eles o passeio para o Chacaltaya e Vale de La Luna (show!!), e também compramos a passagem para Copacabana.
Imagem
Imagem

Por azar nosso, um dia de caminhadas pela cidade. Entramos em uma agência na Calle Linares (ag. Turismo Bolívia Peru) para ver por quanto sairia o passeio que começaria por La Paz e terminaria na fronteira com o Chile (La Paz, Oruro- Uyuni de trem, Salar, Lagunas, Gêiser e que acabaria na fronteira). Não foi barato, porém preferimos para não corrermos o risco. NÃO CAIAM NESTA FURADA!!!! O serviço é péssimo. Pois já no início eles ficaram de nos pegar no Hotel às 9 da manhã, pois o ônibus sairia às 10. Quando deu 09h30min fui até a agência para saber o porquê da demora. Nem eles sabiam. 09h55min eles foram correndo ao hotel avisar que deveríamos pegar um táxi para o terminal rodoviário. Mais adiante volto a falar disto.
Como estávamos seguindo um roteiro, fomos para Copacabana no dia 29. (Ainda reclamamos dos nossos ônibus). Tudo apertado (tenho 1,83 e meu amigo 1,84), um sacrifício. rsrsrsrsrsrs. No meio da viagem o trocaram de lugar, e eu fui ao banco do meio.
Imagem
Chegamos a Copacabana. Procuramos hotel e achamos um muito bom (hotel Paraíso 160,00 bol. a diária Calle Bush). Ficamos nele duas noites. Dia 30 fomos até Puno (Peru) para conhecer Las Islas Flotantes. IMPERDÍVEL. Porém cuidado com os moradores, pois querem te empurrar tudo o tempo inteiro. Caí na besteira de passar o Réveillon na parte sul da Isla del Sol. Saímos no dia 31 rumo a Isla. No meio da viagem caiu um temporal que mal se conseguia ver do lado de fora do barco. Chegamos à ilha e a situação era a mesma. Nem ficamos, saímos do barco demos a meia volta e entramos. Volta para Copacabana. Voltamos ao hotel. Como era de se esperar, o hotel já estava lotado. Saímos à procura de outro. Ficamos no hotel Mirador (Também na mesma rua) que cobrava 160,00 por cada. Ao passar pelo hotel Paraíso, fui falar com a recepcionista (Evelyn) que nos prometeu um quarto para o dia seguinte. Assim fizemos, deixamos nossas coisas no hall do Hotel Paraíso e fomos passar o dia 1 na Isla del Sol. Desta vez, fomos para a parte norte e na volta passaríamos pela sul. Acho que os Deuses Incas, não nos queriam por lá. Mais temporal. Demos uma volta muito rápida pela lama e voltamos para o barco, rumo à parte sul. (a ilha é linda). Chegamos a Copacabana e fomos direto para o hotel. Ao chegarmos, tivemos uma péssima notícia, Evelyn havia esquecido de reservar nosso quarto. Mais uma peregrinação por Copacabana, pois os hotéis ainda estavam lotados. Conseguimos um por 350,00 bol à noite.
Imagem
Imagem
Imagem
Saímos pela manhã e seguimos para La Paz. No terminal (já em La Paz), encontramos um casal que viajou conosco do Rio para Santa Cruz. Fomos todos para o hotel Sagárnaga (Calle Sagárnaga). Um três estrelas muito bom 160,00 com café da manhã, ELEVADOR e água quente na torneira da pia (coisas raras (elevador e água quente na torneira). Este como o Torino, também tem uma agência na entrada.
Aqui começam nossos problemas com a agência que citamos. TURISMO BOLÍVIA PERÚ.
Como disse, eles não nos pegaram no horário marcado e fomos por nossa conta para o terminal. Até Uyuni, foi tudo bem, a viagem de ônibus e a de trem foram ótimas.
Ficamos no hotel Joya Andina (calle Cabrera, 473) em Uyuni (regular). Pela manhã, a pessoa responsável por nos acompanhar, veio com a informação de que o passeio atrasaria um dia porque um casal havia se atrasado em La Paz. Nem quis saber, reclamei tanto que resolveram nos colocar em um carro para que fizéssemos o Salar(SHOW!!!). Voltamos para Uyuni e nos colocaram em um hotel pior ainda (hotel Avenida). Pela manhã, seguimos nosso passeio. Tudo muito mal organizado, mas muito mesmo
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Com uma hora e meia de viagem, o carro (Velho) parou no meio do nada. Ficamos de 11h30min da manhã até as 3 da tarde, quando veio o real dono do carro que resolveu o problema e assim seguimos viagem. Foi tudo corrido, pois se não fosse assim teríamos que dormir na estrada e perderíamos alguns atrativos. Mas mesmo assim valeu, pois é tudo muito bonito (deserto de Siloli, Laguna Vermelha, árvore de pedra, etc...).
Imagem
Imagem
Imagem
Chegamos ao alojamento por volta das 8 da noite. Jantamos e fomos dormir, pois acordaríamos às 4 da manhã. Neste local sem infra nenhuma, tudo é um pouco precário, mas vale pela aventura. (Nem pensem em tomar banho, pois a água sai quase congelada e não existe água quente.)
Saímos por volta das 04h50min e seguimos nossa viagem rumo aos Gêiser, tudo muito bonito. Continuamos até a laguna Caliente, tomamos café e nem me atrevi a entrar na água. (10 negativos é um pouco chato, mesmo com a água da laguna a 38 graus). Povo seco, seguimos viagem rumo a fronteira.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Ao chegarmos, nosso motorista foi verificar se estava tudo ok. Más notícias. Houvera na noite anterior, uma tempestade de neve e a estrada estava bloqueada. Ou retornávamos para Uyuni, ou ficávamos lá. Optamos em ficar. Pois se retornássemos perderíamos dois dias de viagem. O Motorista foi show, pois deixou o que sobrou do café, e outras coisas para comermos. Não havia previsão de liberação. Podia ser no mesmo dia ou não. Isso eram 09h45min da manhã. Trocamos dólar com o casal de americanos que estava conosco, o outro casal nos deu água. E foram embora.
Disseram-me, que a temperatura subiria conforme o sol fosse aparecendo. Só que ele resolveu ir embora e com isso a temperatura despencou. Chegou a menos 14. E não tinha um abrigo, somente a casa da fronteira que os guardas não deixavam ninguém entrar. Éramos umas 60 pessoas na mesma situação e de diversas nacionalidades. O frio era tanto que ficamos com o rosto queimado. Quando deu 15h00min horas, vieram os primeiros ônibus. Comemoração geral.
Imagem
Começamos em fila a passar pela imigração, qual foi nosso espanto. Pois os guardas cobravam 15 bol. por pessoa para liberar o passaporte. TODOS PAGARAM, alguns até mais.
Conforme o ônibus descia pela cordilheira, o frio e a neve iam ficando para trás. Geral começou a tirar os casacos, luvas e cachecóis. O deserto começava, e com ele o calor (32 graus).
Imagem
Imagem
Imagem
Chegamos a San Pedro de Atacama por volta das 16h00min. Fomos direto para a Aduana.
LONGA FILA mal organizada e quente. Levamos uma hora.
Passaportes carimbados fomos andando para a vila. Desisti de ficar no hotel que havia reservado. Pois pela internet parecia muito bom, e na hora não era bem isso. Procuramos outro e ficamos no Portal Andino Lodge. Muito bom com preço razoável.
Imagem
Imagem
Imagem
Ficamos uma noite e seguimos cedo para Antofagasta. Passagem mais barata e várias paradas depois chegamos ao destino. Terminal rodoviário impecável. Pegamos um táxi com destino ao centro. O taxista nos deixou em um hotel(Fronteira), que a princípio parecia bom, a 22.000,00 pesos chilenos. QUE NOITE HORRÍVEL!!! Muito barulho, o hotel é péssimo...
Imagem
Fomos tomar café, e no caminho vimos um hotel muito bom. Voltamos para o Fronteira e resolvemos ir para o que vimos. Mais caro, porém ótimo! Hotel Diego de Almargo. Deixamos nossas coisas e fomos para a praia.
Andamos pela orla e chegamos ao balneário. Visual Show. Ficamos na praia até as 15h45min, pegamos um ônibus de volta ao centro.
Glauco Moreira
 
Mensagens: 3
Desde: 18 Nov 2011, 17:25

Re: Bolívia, Peru e Chile em 18 dias (parte 1) com fotos

Mensagem não lidapor thaahh » 03 Fev 2012, 08:21

Parabéns pela viageem, as fotos estão lindas. To adorando seu relatoo...continua continua rs
Avatar do usuário
thaahh
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 233
Desde: 26 Jan 2012, 08:10
Localização: São Paulo


Voltar para Viagem por 2 ou mais países da América do Sul - Relatos de Viagem



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: cibelecarvalho e 1 visitante