Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#843994 por Carlosfuca
26 Mai 2013, 15:20
Miracatú - SP Cachoeira do Faú
Maio 2013
Mais fotos: http://pedenatureza.blogspot.com.br/201 ... tu-sp.html

A cachoeira do Faú em Miracatú é de fácil acesso fica á 15 km do centro, a cachoeira está na beira da Estrada do Faú à esquerda, com águas límpidas própria para belos banhos.
Miracatú fica a 70 km de Juquitiba, com acesso no km 396 da rodovia Regis Bittencourt. Pra chegar até Miracatu peguei um ônibus no Bairro do Engano, km 340 da Regis, lugar que eu já havia visitado quando fui pra cachoeira do Engano.

Desci na rodoviária localizada no centro de Miracatu, segui a Av. Dona Evarista de Castro Ferreira reto, depois de ter passado pelo museu, pela igreja e uma praça virei à esquerda, cheguei numa ponte que tem uma placa que indica o sentido da cachoeira, ao atravessar a ponte caí na Estrada do Faú e a segui direto sem entrar em nenhuma outra estrada.

A estrada no seu percurso inicial é marcada pelas plantações de bananas em suas margens, a estrada se mantem em terra batida em todo seu trajeto, com algumas exceções se tem asfalto. O clima do lugar é muito bom e na caminhada se torna um clima mais real. Como nem tudo é mil maravilhas, tive que caminhar num ritmo mais puxado pois tinha entre 14 e 15 km pra derrotar em pouco tempo, o problema é lógico que se tratava do pouco tempo não da distancia, pois quando me informei com o motorista perguntando qual era o horário do último busão, ele respondeu que aquele mesmo buso ia sair as 15h30 sendo o único e o último. Aí veio o receio de perde-lo, pois passaria de R$ 2,50 pra mais de R$ 20,00 pela empresa Intersul, ou seja, ia dormir na rua, minha situação de contar moedas pra sair não me deixaria gastar mais do que 10 conto por rolê, e olhe lá quando se chega a 10 rsrs.

Ás 09h15 dei inicio à pernada e ás 12h cheguei na queda do Faú, queda que no seu termino se desfaz na correnteza do rio, de fato bem bacana.
Cheguei na cachoeira cansado, não pensei duas vezes e me joguei embaixo daquela queda, água gelada que aliviou o cansaço, despertou a mente, purificou a alma e me deixou contente.
DSC04947.JPG
DSC04936.JPG
DSC04959.JPG

Pena, uma grande pena que eu não pude ficar muito tempo por lá e nem emendar o rolê com a cachoeira da Pedra Grande bem mais a frente. Pena, uma grande pena que os 45 minutos que fiquei por lá passaram voando e ás 12h45 eu estava voltando sentido centro.
Foi então que ás 13h10 passou um ônibus no sentido contrário do meu, escrito Faú, até então não sabia se iria voltar, continuei andando e pedindo carona, que só pedi duas vezes pros dois veículos que passaram, mas foi em vão, não por má vontade eu acredito, pois mais a frente eu os vi estacionados. Uma coisa que me surpreendeu, alias, não me surpreende mais, mas me faz matutar na mente é a questão da educação das pessoas, o jeito receptivo de informar os visitantes, o fato de no auge de seus confortos cumprimentar e acenar pra um desconhecido que passa andando na estrada, crianças e adolescentes te acenam ou falam "Opa", caraca me senti um ignorante por vir de uma cidade que o desconhecido é tratado como inimigo, num cotidiano de merda onde se tem diversas brigas: de transito, no metro, no ônibus, nas ruas... pessoas que vasculham as vidas de outras pessoas nas redes sociais mas quando se encontram na rua nem se falam...pessoas que pelo jeito de andar ou de vestir das outras pessoas as encaram como suspeitas, entre outra coisas...
Repito, em Miracatú assim como em Juquitiba tem um pessoal muito gente boa.

Ás 13h30 ouvi um barulho de ônibus se aproximando era o mesmo que tinha passado por mim, dei sinal e perguntei se ia até o centro, o motorista confirmou, o preço da passagem foi de R$ 2,50, bom peguei esse buso pra não correr o risco de perder o que voltaria para o Engano.
Já na rodoviária ás 14h estava eu conversando com um senhor que tinha pegado o mesmo ônibus que eu de manhã, ambos esperávamos o das 15:30 h.

A volta foi marcada pelos sonos nos busos perdendo um pouco da paisagem da Regis, que na ida pela manhã havia me impressionado, principalmente na descida da serra.
Do Bairro Engano andei até o Distrito de Barnabés, coisa de 3 km pela rodovia, onde peguei o buso sentido Valo Velho, já bem cansado e não foi pra menos, tinha andado mais de 20 km. Rolê que valeu, pelos visuais e, lógico, pelo banho de cachoeira.

Até a próxima!.


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes