Relatos de viagens pelo Chile


#1076589 por Elyson Leite
09 Abr 2015, 12:48
Imagem
Nossa camionete guerreira e o lindo Embalse el Yeso

Olá Mochileiros,

Vim compartilhar um pouco da minha viagem de três dias e meio com minha esposa em um lugar diferente e pouco explorado do Chile.
Como muitos outros viajantes, passamos por Viña del Mar, Valparaíso e Santiago. E é de Santiago que começa nossa viagem a esse lugar incrível.

Dia 1: Santiago – Cajon Del Maipo

Optamos pelo aluguel do carro ao invés de contratar serviços de empresas de turismo, pela liberdade de fazer os passeios no nosso ritmo e do nosso jeito. Depois de muito procurar por uma Rent a Car com camionete disponível (tente reservar o carro dias antes, e não em cima da hora como fizemos), fomos até a Santiago Rent a Car, que fica na Avenida Rancagua, 73 - Providência (a 500 metros do metrô Baquedano). Lá fomos atendidos por dois senhores que explicaram que para alugar um automóvel no Chile você precisa ter em mãos:

    • Cartão de crédito no nome do motorista, com saldo suficiente para a garantia exigida pelas locadoras, que no caso foi de 500 mil pesos. No final, se não houver contratempos, a fatura será anulada;
    • Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com prazo de validade vigente;
    • Cédula de Identidade ou Passaporte.

Com tudo OK, fomos escolher o automóvel. Havia pesquisado e li que algumas pessoas chegaram a fazer essa trip com um GM Spark (19.900 pesos), mas como não queríamos correr riscos de ficar no meio do caminho e estragar a viagem, escolhemos ficar com uma camionete Nissan Terrano 4x2 cabine dupla (38.000 pesos), pois iríamos dormir no carro. Nos disseram que ela já dava conta do recado. Recomendo NEGOCIAR, pois eles dão descontos a partir do terceiro dia de aluguel e também ALUGAR UM GPS. Custa 3 mil pesos e funciona até nos lugares mais inóspitos. Após o Check-in, as chaves foram entregues e colocamos o pé na estrada.

Imagem
Marina abastecendo o carro antes de pegarmos estrada

Saímos de Santiago às 19:30 e no caminho passamos em um mercado para compra de mantimentos (Comida, lanterna, água, Vinho, refrigerante e Pisco) ::otemo::
Tomem cuidado ao andar de carro na região metropolitana de Santiago, pois existem ruas que mudam de sentido durante os horários de pico.

phpBB [video]

Chegando em San Jose de Maipo - Fica a pergunta

Chegamos em San Jose de Maipo às 21h, demos uma volta na cidade e antes de continuar até o camping, parei no posto para descalibrar os pneus da camionete. Como iríamos subir mais de 2000 metros e a estrada é feita de cascalhos, foi recomendado esvaziar um pouco os pneus para evitar que estourassem ao passar por uma pedra mais pontuda no caminho.

Nos hospedamos no Cascada de las Animas pois havíamos conhecido no FDS anterior para praticar rafting e foi onde prometemos voltar para se hospedar. O endereço é: Camino al Volcán, 31087 em San Alfonso (12 km de San José de Maipo).

Imagem
É ou não pra se apaixonar?

Acertamos o valor do camping (11.000 pesos por pessoa) e inclui torneira com água potável, mesa de picnic, churrasqueira e energia elétrica, além de um trecking guiado de 1h30 até as cachoeiras que dão nome ao local, banheiros com água quente e acesso livre a piscina, campo de futebol, salão de jogos, área de picnic, ... Enfim, o local é deslumbrante e ótimo para fazer novos amigos. Conhecemos um casal de chilenos que nos acompanhou madrugada afora!

Imagem
Camping

Imagem
Lá eles realmente fazem a coleta seletiva

Dia 2: Trecking e Baños Colinas

Acordamos cedo, colhemos algumas frutas, tomamos café e fomos fazer a primeira trilha do dia até as cachoeiras. Durante o trajeto, o guia foi explicando sobre a fauna e flora do local, inclusive mostrando um trabalho de reabilitação de animais para a inserção deles novamente na natureza Portanto quem nunca viu um Puma de perto, prepare-se!

Imagem
Águia

Imagem

Imagem

Imagem
Puma

Imagem
Cascada de las Animas

Imagem

No caminho de volta fomos decidir onde iríamos primeiro: se era no Embalse el Yeso ou em Baños Colinas. Ficamos com a segunda opção.
Preparamos alguns lanches, separamos mais frutas e fomos subir a cordilheira.

Imagem
Uvas orgânicas ainda amadurecendo

Imagem
Ciruela

Uma boa parte do caminho é feita em estrada asfaltada, afunilando em alguns trechos, mas sempre muito boa e bem sinalizada. No momento que o asfalto dá lugar ao cascalho, você percebe quão boa foi a escolha pela camionete. Caminho cheio de buracos, poeira, subidas e descidas, sem contar os caminhões das mineradoras (sempre dê preferência para eles) que passam pela gente a todo o momento. Mas também um caminho cheio de cascatas, animais e paisagens maravilhosas da imponente Cordilheira dos Andes.

phpBB [video]

Prefira fazer esse trajeto entre 8h e 16h, pois caso o carro apresente algum problema, ainda terá movimento de motoristas passando por lá a todo instante para prestar socorro.


Imagem
Vale que fica no caminho a Baños Colinas, refúgio dos animais no inverno, onde cavalos, carneiros, cabritos e outros animais se concentram até o início da primavera.

Existe um trecho, já próximo a Baños Colinas que você tem que atravessar um riacho com o carro. Vi que carros simples também conseguiram atravessar, mas acho que dependendo do volume de água do dia, somente carros mais altos consigam atravessar.

Depois de pouco menos de duas horas de estrada, chegamos em Baños Colinas. Para ter acesso as Termas, é cobrado 8.000 pesos por pessoa, o que dá direito a acesso livre por 24 horas, inclusive podendo acampar no local. Assim que atravessamos a cancela, avistamos as várias piscinas naturais, e a esquerda o local onde as pessoas podem acampar e ter uma churrasqueira (parrilla) ao lado. Como fomos durante a semana (quarta-feira), estava com pouco movimento de pessoas, o que tornou a experiência ainda mais agradável. Subimos o morro e estacionamos o carro o mais próximo possível das Termas. Lá de cima podemos contemplar um visual deslumbrante. onde as águas vulcânicas encontram as águas do degelo.

Imagem
Juro que ao vivo os morros aparentam serem muuuiitooo maiores

Imagem
No topo de Baños Colinas

Imagem
Marina jantando na sacada :D

Conversando com algumas pessoas, elas disseram que pelo horário, seria melhor a gente montar acampamento e passar a noite lá mesmo, pois já estava anoitecendo e lá não existe luz elétrica, tampouco funciona o telefone. Então resolvemos relaxar e curtir a noite com novos amigos! E preciso dizer que foi a melhor decisão tomada!!! Deitamos na caçamba da camionete e contemplamos por horas a noite mais linda e o céu mais estrelado que vi na vida, com inúmeras estrelas cadentes cortando o céu e dando para visualizar até alguns Satélites da artificiais a olho nu (sim, aquele ponto de luz que você possa ter visto em alguma noite de céu bem limpo é, na verdade, um satélite ou até mesmo a Estação Espacial Internacional. Difícil mesmo é saber qual é qual, mas já existem sites como o Heavens-above.com que trazem a data e o horário em que alguns satélites e a ISS cruzarão o céu da sua região. uma pena eu não ter uma câmera de qualidade para registrar a vista noturna, mas quem for lá, favor compartilhar conosco essas fotos!
Não esqueçam de estar sempre munidos de água, roupas de frio, vinho, lanches, sopas instantâneas e... talheres (tivemos que pedir emprestado). As vezes o esquecimento de algum item acaba rendendo uma longa noite de conversa ao redor de uma fogueira com pessoas de várias idades e lugares.

Dia 3: El Volcán e Embalse el Yeso
Depois de uma noite bem fria ::Cold:: , acordamos bem cedo e fomos os primeiros a entrar nas termas. Cada uma tem uma temperatura diferente, quanto mais para baixo, menos quente ela é!
Imagem
Amanhecendo em Baños Colinas

Imagem
Banho quente depois da madrugada fria. E a água azulzinha!

Imagem
Recompensador

Imagem
Argila pra melhorar (ou não) a carenagem

Imagem
Panorâmica das Termas Colinas

Lá pelas 11 da manhã fomos tomar banho no vestiário e arrumar nossas tralhas para voltar ao camping. No meio do caminho, resolvemos seguir a placa que indicava para El Volcán. Mais meia hora subindo por caminhos que se cruzavam até chegar no limite da estrada, onde encontramos um grupo que estava cavalgando sentido os glaciares. Resolvemos ficar por mais algum tempo ali mesmo antes de dar meia volta e se preparar para ir a Embalse el Yeso.

Imagem
O melhor da viagem de carro, a liberdade para decidir seu caminho

Imagem
Subimos até 2670 metros

Imagem
Instruções caso o vulcão acorde

Imagem
Tudo sembre bem sinalizado

Voltamos ao camping procurando o casal chileno que conhecemos na primeira noite, porém eles não estavam, então decidimos ir por conta até Embalse. Achei esse trajeto um pouco mais perigoso, pois haviam partes que ficávamos na beira do precipício. Inclusive avistamos no meio do caminho uma camionete que não teve um destino feliz:

Imagem
À esquerda, camionete destruída após cair no desfiladeiro

phpBB [video]

Estação de rádio próximo a refúgio militar e a uma pequena vila. Ficamos sabendo depois que lá sintoniza rádio pois se houver alguma precipitação no vulcão, o vilarejo fica informado.


Assim que avistamos Embalse el Yeso pela primeira vez, nos apaixonamos pela paisagem. Descemos do carro e tiramos várias fotos. Mal sabíamos que o melhor estava a próxima curva a direita!

Imagem
Panorâmica da parte alta de Embalse

Imagem
Disputa de lançamento de pedras



Imagem
Já na beira do lago, brincando de empilhar pedras

Imagem
Cavalo selvagem


phpBB [video]

Chegando em Embalse el Yeso tome muito cuidado, pois a estrada é estreita e a queda é grande!

No retorno, fomos ao centro da cidade comprar mantimentos para preparar um churrasco junto com o casal de chilenos e compartilhar fotos das duas trips.

Dia 4: Cascada de las Animas e retorno a Santiago
Último dia no camping foi destinado para usufruir da vibe do local. Um papagaio veio nos visitar, ficamos na piscina e relembramos o rafting que fizemos dias atrás, naquele mesmo lugar. Nos despedimos de Cajon de Maipo com sentimento de gratidão e feliz por ter aproveitado 100% dessa curta, porém intensa Trip!

Imagem
Papagaio que fica livre porém passa a maior parte do tempo no centro de informações do Camping.

Imagem
Lugar para relaxar e conversar

Imagem
Marina repondo as energias

Imagem
Piscina com profundidade em alguns pontos de até 3 metros

Imagem
Dia de Rafting! Ultima dica: prefira o último horário, pois é o mais barato (18.000 pesos por pessoa)e tem a melhor vista.

Imagem
Rafting de mais de 12 km pelo Rio Maipo

Imagem
Nos despedindo de Embalse el Yeso e do Chile da janela do avião

Bom, espero ter ajudado e fico a disposição para tirar qualquer duvida sobre essa Trip imperdível.

Forte abraço,

Elyson Leite
Editado pela última vez por Elyson Leite em 26 Abr 2016, 21:54, em um total de 1 vez.

#1076621 por Luka Izzo
09 Abr 2015, 13:51
Elyson, fantástico.
Estive em Cajon del Maipo no mês passado e realmente é tudo maravilhoso como bem você relatou.
Parabéns pelas fotos e pelo relato!!
::otemo::
#1076760 por Elyson Leite
09 Abr 2015, 21:00
Sensacional esse lugar. Um achado que vale a pena compartilhar e querer que todos os mochileiros tenham a oportunidade de conhecer.
#1138501 por Elyson Leite
16 Nov 2015, 23:13
Ahhh e o guia que me refiro no segundo dia refere-se ao bônus de se hospedar no Cascada de las Animas. Qualquer pessoa que se hospeda lá tem direito a fazer esse trekking que fica do outro lado do rio e leva até as cachoeiras que dão nome ao local.
#1256181 por Elyson Leite
09 Fev 2017, 18:57
Alex Anzai escreveu:Elyson, Obrigado pelo relato! Pretendo seguir esse roteiro com mais dois amigos.
Você tem ideia mais ou menos de quanto gastou no total?

Olá Alex, desculpe a demora.
O aluguel da camionete ficou em 38 mil pesos a diária
O Camping com direito a passeio com guia e a utilizar a piscina ficou 11 mil pesos
O rafting custou 8 mil pesos
A entrada em Baños Colina Mais 8 mil pesos (período de 24 horas e pode passar a noite lá).
Embalse el Yeso é grátis
De combustível mais uns 50 mil pesos.
Recomendo no mínio 3 dias para curtir tranquilamente Cajon del Maipo.

Agora é só fazer o cálculo dividido pela quantidade de pessoas que vão ::otemo::


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante