Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
#1208267 por aline.oliveira
05 Ago 2016, 11:24
Começo o relato afirmando que foi a melhor e a pior viagem da minha vida! Contraditório não? Uma coisa de forma alguma anula a outra, isso eu garanto. No decorrer do relato vocês entenderão. Mas adianto que o sofrimento com o frio extremo ::Cold:: , a unidade relativa do ar, o cansaço e por fim presenciar a morte de brasileiro no Salar do Uyuni foram alguns dos motivos... E para não assustar e muito menos fazer alguém desistir dessa trip digo: VALE MUITO A PENA! ::otemo::

Costumo mochilar pelo Brasil, e já tenho umas minúsculas experiências nos “estrangeiros”. Essa trip diferia das outras pela duração (22 dias) e pelo grande deslocamento entre os 3 países: Chile, Bolívia e Peru.

Planejamento* feito, simbora!

*Ao final do relato disponibilizarei a planilha detalhada com todo o orçamento - descolamento terrestre e aéreo, passeio, hostels e etc... Não farei isso agora pq preciso fazer umas atualizações, sabe aquela preguiça que dá pós viagem né?? Então... ainda tô com ela ::lol3:: .

Parti de Salvador com mais dois amigos, Deco e Tai, com o seguinte roteiro em mente:

1º Dia – Salvador → Guarulhos → Santiago
2 º Dia - Santiago
3 º Dia - Santiago
4 º Dia - Santiago
5 º Dia - Santiago → Calama → San Pedro de Atacama
6 º Dia - San Pedro de Atacama (SPA)
7 º Dia - San Pedro de Atacama
8 º Dia - San Pedro de Atacama
9 º Dia - San Pedro de Atacama
10 º Dia - San Pedro de Atacama → Salar de Uyuni
11 º Dia - Salar de Uyuni
12 º Dia - Salar de Uyuni → Uyuni → La Paz
13 º Dia – La Paz
14 º Dia - Copacabana
15 º Dia - Copacabana
16 º Dia - Puno
17 º Dia - Cusco
18 º Dia – Cusco → Águas Caliente
19 º Dia – Águas Caliente → Machu Pichu → Cusco
20 º Dia – Cusco
21 º Dia - Cusco
22 º Dia – Cusco → Lima
23 º Dia – Lima → Guarulhos → Salvador

Alguns afirmarão: São muitos dias em Cusco! Concordo (ava), mas por conta da compra de ingresso para Machu Picchu + Huayna Picchu que só tinha disponível para o dia 19º dia de viagem, tivemos que adiantar o lado e chegar a Cusco antes no nosso “querer”. Vou logo adiantando que a quantidade de dias em Cusco, não foi demasiada, e sim na medida certa.
Outros ainda bradarão: São muitos dias em SPA, lá tudo é caro, o orçamento vai estourar! Concordo tb. Porém, pense comigo: quantas vezes na vida vc terá oportunidade de visitar o deserto mais árido do mundo? Então vamos conhecer tudo que há de melhor por lá, msm que pra isso precise vender um rim (que por sinal ainda está a venda, qm tiver interesse me avisa)!

O mês escolhido, e talvez mal escolhido, foi Julho. Logo, pegamos o inverno nesses países, com temperaturas que chegaram a 15 graus negativos no Salar de Uyuni, mas que na média foi em torno de zero grau Celsius. A grande vantagem de ter ido nesse período foi o contato com a neve, o que nos permitiu esquiar e fazer bonequinho de neve rsrs.

Alguns custos feitos com antecedência ainda no Brasil:

Passagens SSA x GRU x SSA: R$471,76 (TAM)
Passagens GRU x Santiago – Cusco x GRU: R$ 1276 (TAM)
Passagem Santiago x Calama: R$166 (Sky Airline )
Ingresso Machu Picchu + Huayna Picchu: R$160 (site Oficial: http://www.machupicchu.gob.pe/)
4 Hospedagens Santiago: R$214 (Che Lagarto)

Fiquem atentos: O ingresso para Machu Picchu e a passagem para Calama devem ser comprados com antecedência mínima de 3 meses caso queiram pegar um preço bacana!
Calama é a cidade com aeroporto mais próximo de SPA. Vc pode ir de ônibus de Santiago até SPA, a viagem dura cerca de 24 horas.
Editado pela última vez por aline.oliveira em 11 Ago 2016, 21:08, em um total de 1 vez.

#1208308 por aline.oliveira
05 Ago 2016, 14:57
1º Dia – Salvador → Guarulhos → Santiago

Basicamente deslocamentos. Chegamos em Santiago às 22h e lá já havia um translado nos aguardando. Contratei a Viagem Chile, cujo responsável é o Glauco. Com a mesma empresa fiz todos os outros passeios nas proximidades de Santiago. Como ainda não havia feito o câmbio para o peso chileno, paguei mesmo em reais, e combinei de trocar uma pequena parte do dinheiro na saída do passeio do dia seguinte com o Glauco.
O transfer é o mesmo preço para até 4 pessoas.
O Che Lagarto fica bem localizado. Próximo aos pontos turísticos, casas de câmbio, restaurantes e mercados. O hostel é um prédio de 9 andares, com quartos com dois beliches, calefação (item muito importante no frio de lá) e um ótimo café da manhã. Ponto negativo para o locker pequeno que não funciona bem com qq cadeado e para a internet que vez ou outra não funcionava.
O padrão de tomado do Chile é parecido com nosso, não é necessário adaptador.

Transfer aeroporto x hostel: 20.000 CLP
Cotação do câmbio1: 175 CLP = 1 Real

2º Dia – Valle Nevado e Farellones

Começamos logo com o passeio que eu considero a cereja do bolo. O passeio incluía tanto o Famoso Valle Nevado quanto Farellones e só tinha brasileiros, público alvo da empresa.
Já no carro fui tirando algumas dúvidas com o motorista. E resolvemos seguir o conselho dele: se o objetivo era esquiar, não fazia sentido gastar duas horas de ida e volta até o Valle Nevado, além de que, esquiar lá sairia muito mais caro que esquiar em Farellones.
Primeira parada pra trocar dinheiro. Cambiei 500 reais. O passeio contratado só incluía o translado. Depois parada para alugar equipamentos e roupa de neve. Malandra que sou levei a minha e economizei uma boa grana. Outra coisa que economizei foi na alimentação. Ouvi dizer que são bem caras por lá. Comprei um sanduba, que me permitiu ficar em pé por todo passeio.

Pra qm tiver vendido o rim antes da viagem, que não foi meu caso, pode fazer aulas de esqui ou snowboard. Mesmo nunca tendo esquiado optei não fazer, sou ninja rapá, criada na periferia ::tchann:: , sou capaz de aprender qq coisa sozinha kkkkkkkk. E de fato aprendi. Observando aqui e acolá, caindo de tudo que é ângulo possível. Consegui!!!!!!!!!!! Até descer uma enorme rampa eu desci, e com estilo rsrsrs.

Equipamento de esqui ou snowboard: Esqui + capacete = 20.000 CLP
Roupa de Neve (Luva, calça e jaqueta): 30.000 CLP
Entrada na pista de Farellones: 24.000 CLP
Translado: 18.000 CLP
Sanduíche: 2.000 CLP
Água 500 ml: 2.000 CLP


Imagem
Imagem

3º Dia – Embalse el Yeso

Esse local foi uma decisão encima da hora super acertada, colocamos ele no lugar do city tour de dia inteiro. É um tour de dia inteiro, está incluso além do translado um coquetel com vinhos, queijos e defumados. Faz um frio do caralho, então vá bem agasalhado. O vento é paralisante. Vcs já viram congelamento de mandíbula?? Pois bem, nosso amigo Deco teve, e não conseguia falar!
Vá com botas apropriadas, pois pegamos muito barro.

Cotação do câmbio 2 (dólar): 665 CLP = 1 USD
Passeio: 30.000 CLP


Imagem

Sonho de fazer um boneco de neve realizado! Esse é o primo pobre o Olaf, o Oif.
Imagem
Imagem
#1209547 por aline.oliveira
11 Ago 2016, 11:21
4° Dia - Valparaíso e Vina del Mar

O passeio mais light... Até velhinha tinha no carro rs. Dia chuvoso como dizia a previsão do tempo, nada que atrapalhasse . Não esperava muita coisa dele mas até que curti. Ponto alto foi a visita ao único Moai fora da Ilha de Páscoa e para a imitação do ato de Pôncio Pilatos no Oceano Pacífico ::love:: .
Ahh foi lá tb que passamos por um outdoors anunciando a estréia do filme Independence Day e na atrapalhada com o idioma pensamos ter descoberto o dia da independência do Chile ::lol4:: ::lol4:: ::lol4:: .
Valparaíso e Vina del Mar são cidades localizadas na parte litorânea do Chile. Visitamos uma vinícola orgânica, logo depois um mercadão de vinho com bons preços. O porto com uma feirinha de artesanato bem carinha. A casa de Pablo Neruda onde é possível fazer um tour guiado. Depois partimos para Vina del Mar onde encontramos o famoso relógio de flores, o Moai solitário e por fim "pisamos" no nervoso Oceano Pacífico. Ahhh já ia esquecendo do cassino... Lá é possível entrar pobre e sair mais pobre ainda!
Imagem

Imagem
Imagem

Alguns custos:
Passeio: 18000 CLP
Almoço: 6500 CLP

Dica: vá de biquíni e mergulho total... Me arrependi de não ter feito isso. O máximo que pode acontecer é vc virar um picolé ::Cold:: ... Um picolé feliz e sorridente ::otemo:: .

Ahh nessa viagem um quilo de hidratante ainda é pouco. Leve tb dois tubinhos de hidratante labial. Voltei com a pele parecendo a de uma tartaruga de 121 anos.

No terraço do hostel Che Lagarto rola um barzinho e umas festinhas tb. Vale a pena conferir!
#1209576 por aline.oliveira
11 Ago 2016, 12:32
5° Dia - City Tour & Santiago →Calama →SPA
O passeio desse dia foi feito por conta própria. Com nossa companheira de viagem Tai, que quase nunca nos deixava nos perdermos, conseguimos visitar boa parte das atrações usando apenas um mapa disponibilizado na recepção do albergue. Tínhamos apenas meio dia pra fazer pq no msm dia estava marcada a viagem pra Calama. Então foi só bater e bater perna.

Cerro Santa Lucía
Imagem
Monumento a los pueblos indigenas e uma senhora intrometida
Imagem

Contratamos mais uma vez um translado até o aeroporto e #partiuAtacama. Vôo tranquilo e lindo. Afinal foi o momento de apreciar as Cordilheiras dos Andes do alto!

Imagem
Lá em Calama a empresa de transado Licankabur já estava a nossa espera. Com uma hora e meia chegamos. E chegamos com estilo... Tava rolando uma tempestade de areia nesse dia. Uau que sinistro ::hãã2:: . Isso não foi uma boa notícia pois poderia interferir na nossa programação.

O hostel escolhido foi o Aji Verde. Reservamos no site Hostels World. Localização não das melhores, cerca de 15 minutos até a rua principal. Sem calefação (acho que é um problema geral). Mas com atendimento VIP, super top das brasileiras Lua e Renata, aqui vai meu muito obrigada pela atenção e alegria!

Foi acomodar as malas e sair pra comer algo. Depois de 5 dias comendo mal caímos em tentação e entramos na ostentação kkkkk. Bom jantar não me lembro onde. Com o barulhinho tranquilizador da tempestade de areia ::love::

Alguns custos:
Translado Santiago: 20.000 CLP
Translado Calama x SPA: 12.000 CLP
Diária no Aji Verde: 11.000 CLP
Jantar: 10.000 CLP

* Tudo no aeroporto é muito caro. A água de 1 litro estava custando 4000 pesos (22 reais). Sendo que no mercado um galão de 6 litros custava 1800 pesos. Almoço nem se fala ::essa:: .
* O Chile é um país hiper caro. Chega assusta! Almoçar e/ou jantar foi raridade nesses dias, consigo contar nos dedos mindinhos das mãos do Lula as vezes que fiz uma refeição digna. Biscoito e chocolate foram os meus companheiros. Aproveito para agradecê-los.
#1209595 por aline.oliveira
11 Ago 2016, 13:55
6° Dia - Valle de la Luna

O hostel não oferece café da manhã ::prestessao:: . Então na noite anterior passamos num mercadinho e compramos algumas besteiras só pra tampar uns buraquinhos no estômago. Depois saímos para pesquisar os preços dos passeios. Já fomos sabendo o que queríamos fazer nesses 4 dias em SPA:

6° Dia - Valle de la Luna (2400 m)
7° Dia - Piedra Rojas + Lagunas Anltiplânicas (4000m)
7° Dia - Tours astronômicos
8 ° Dia - El Tatio - gêiseres -(4300m)
8° Dia - Laguna Cejar (2300m)
9° Dia - Salar de Tara (4800m)

Tentamos organizar de uma forma que desse tempo de acostumar com a altitude. Pegando os passeios em ordem crescente de altitude. E creio que foi acertado. Pouco sofremos com ela em comparação a outros viajantes que cruzamos pelo caminho. Outra estratégia usada foi tomar um medicamento receitado pela médica já que já havia desmaiado em outra viagem anterior. Comecei a tomar 3 dias antes da viagem e só parei no dia de retorno. Tb usamos bala de coca, chá de coca...

Pois bem... Visitamos a famosíssima Aylus e uma outra nada famosa antes de fecharmos tudo, inclusive o Salar do Uyuni, com a Incanorth Tour. Até tirei uma foto deles pra divulgar por aqui já que a recepção foi muito boa com a Sófia (filha do Nando Reis) porém nós 3 e mais alguns turistas tivemos problemas nos dois últimos passeios :roll: . Logo, não indico!



O primeiro passeio no SPA começava às 15h então deu tempo de almoçar a vontade. Voltar pro hotel. Descansar e voltar pra agência de onde partia a van.

O almoço foi no el carrito, um lugar cheio de barracas coladas umas nas outras. Fácil de chegar... A direita depois de passar o túnel de artesanato. E assim foi quase todos os outros dias. O preço era convidativo, comida boazinha e a vista impressionante.
Nem eu acredito que essa foto não é editada e foi tirada de um celular. Tirei enquanto almoçava lá no el carrito.
Imagem

Vamos ao passeio! Incrível como quase tudo no Atacama.

Pedra do Coiote
Imagem


Alguns custos:
Passeios em SPA: 118.000 CLP*
Salar de Uyuni 3 dias: 130.000 CLP
Almoço: 3500 CLP

Entradas:
Valle de la Luna: 3000 CLP
Laguna Altiplanica: 5000 CLP
El Tatio - gêiseres: 5000 CLP
Laguna Cejar: 17.000 CLP
Vale de la Muerte: 3000 CLP**

*No caderno de bordo, que não está comigo agora, tenho todos os valores individuais de cada passeio. Então me cobrem depois!
** Depois vcs entenderão pq o Valle de la Muerte entrou do nada aqui... Só adianto que coisas raras no deserto aconteceram na nossa estadia ::ahhhh:: .
#1209679 por aline.oliveira
11 Ago 2016, 20:41
Ahhh e a tempestade de areia? Assim como veio se foi e não atrapalhou de forma alguma nossos passeios.

7° Dia - Lagunas Altiplanica e Piedras Rojas

Genteeeee... Se tiver que escolher apenas um passeio pra fazer eu sugiro que seja esse. É o top das galáxias! Inclui café da manhã e almoço. Sai às 7h com retorno às 17h. Aqui a altitude foi sentida, bateu um cansaço fora do comum.
Imagina o trabalho que deu dá esse super salto nessa altitude rs
Imagem

O que dizer então desse?
Piedras Rojas
Imagem
Ehh gosto de tirar foto pulando rs. Sou idiota! Uma idiota saltitante kkk

Laguna Altiplanica
Imagem

Ahhh quanta beleza. Toda vez que revejo dá vontade de voltar.

Retornamos ao hostel, jantamos o bom e velho macarrão instantâneo, companheiro de todas as noites. E retornamos à agência para fazer o tour Astronômico. Esse tour foi terceirizado pela Incanorth mas não deixou a desejar.

Imagem

Por sorte e bom planejamento é claro, pegamos o céu com baixa iluminação, Lua Nova.
Fez um frio da "ingrata". Sério... Olha minha cara de dor.
No início é ofertado vinho, logo em seguida dois grupos são formados, inglês e espanhol. Daí uma explicação sobre as constelações, seus mitos e histórias. Mágico! Depois observação no telescópio. Tive crise de riso incontrolável nessa etapa. Cheguei pra Deco e perguntei se eu estava com problemas de visão ou ele tb não via nada demais? Era um preto com pontos brancos... Ahhh a ignorância é foda kkkkkk. Só Saturno se salvou nessa pois consegui ver um ponto branco com uns anéis ao redor. Depois fomos pra última parte. Uma aulinha numa sala bem aquecida com direito a chocolate quente ufaaaa.

Essa foto causou uma certa polêmica no meu círculo de amizade... Ela é real msm ou atrás é um painel? Garanto que é o céu. Mas pq tem uma sobra do céu? Acho que pela técnica que eles usam pra sair tanto o céu estrelado quanto a nossa cara na foto. A exposição é longa, cerca de 20 segundos, e por volta dos 10 segundos um flash é batido. Então fotógrafos de plantão fiquem à vontade pra explicar pq a tal sombra...

A foto foi um brinde disponível na página deles logo no dia seguinte.

Alguns custos:
Miojo: 600 pesos
#1209935 por aline.oliveira
12 Ago 2016, 23:40
(
Vamos abrir uma parênteses aqui pra falar de saúde...

Dois cuidados básicos tomei para essa viagem. O primeiro foi fazer o seguro viagem pela Mondial Seguro ( bem que poderia ganhar um cash :roll: ) saiu por cento e noventa e bolinha. Usei um cupom de desconto de 15% facilmente encontrado na net. Cobertura em toda a América do Sul. É importante dizer que não cobre esportes radicais! Fiz esqui, sandboard e rafting sem cobertura alguma, mas sobrevivi inteirinha a todos eles... Qr dizer, só comi um quilo de areia, bebi uns ml de água suja ::otemo:: . Mas nada demais, tamu nesse mundo pra isso.
Não usei em momento algum o seguro apesar de ter cogitado quando peguei uma tosse braba que me perturbou por quase toda a viagem e até depois dela. Tive uma contusão na costela de tanto tossir.

O segundo cuidado foi o kit de primeiros socorros. Com medicamentos básicos para um problema qq ( ou quase).
Imagem

O kit consistia em medicamento para:
- Dor
- Filho
- Febre
- Estômago
- Alergia
- Enjôo
- Neosoro
- Altitude

Não pensei em antiinflamatório nem em algo pra gripe, únicos que de fato necessitei ::putz:: . Não cometam msm erro! Levem tb algo para o nariz. O meu sangrou durante boa parte da viagem. Deve existir algo que evite isso. Algo tb pra hidratar os olhos não cai mal.

Aconselho consultar um médico antes de fazer o kit pois tem uma lance aí com alguns medicamentos que diminuem a frequência cardíaca e isso pode ser perigoso em altitude elevada... Conselho de mãe véia.

)
#1210537 por aline.oliveira
16 Ago 2016, 09:00
Já que promessa é dívida, vamos aos preços dos passeios:

Preços Incanorth Tour:

Valle de la Luna: 10.000 CLP
Piedra Rojas + Lagunas Altiplânicas: 35.000 CLP
Tours astronômicos: 18.000 CLP
El Tatio - gêiseres: 15.000 CLP
Laguna Cejar: 12.000 CLP
Salar de Tara: 35.000 CLP

A soma dá 125.000 mas por algum desconto pagamos 118.000 CLP.

Preços Ayllu, só pro mode de comparação:

Valle de la Luna: 40.000 CLP
Piedra Rojas + Lagunas Altiplânicas: 90.000 CLP
Tours astronômicos: 40.000 CLP
El Tatio - gêiseres: 70.000 CLP
Laguna Cejar: 45.000 CLP
Salar de Tara: 85.000 CLP

Sobre esse valor ainda tinha um desconto de 20%. Vou deixar essa conta de tarefa de casa pra vcs ::sos:: .

A Ayllu pela apresentação parece de fato ser superior às demais, mas o preço foi motivo suficiente para sair correndo de lá sem olhar para trás com medo de virar estátua de sal ::ahhhh:: .
#1210805 por aline.oliveira
17 Ago 2016, 09:51
8 ° Dia - Gêiseres El Tatio & Laguna Cejar

Os apaixonados por esses passeios que me perdoem, mas foi o que achei menos interessante da viagem. Para os Gêiseres saímos muito cedo, por volta das 4 da madruga. O café da manhã tá incluso. Agasalhe-se bastante pois o frio é arrepiante. Retorno lá pelo meio-dia.
Imagem

Laguna Cejar, não vale mesmo, além do passeio pagá-se uma entrada exorbitante ::quilpish:: . Prus mais corajosos tem a opção de fazer um mergulho numa água onde não se afunda por conta da salinidade.

9º Dia - Salar de Tara (Só que não!)

Nesse dia a coisa começou a desandar ::hein: .
Todos sabem que o Deserto do Atacama é o mais árido e seco do mundo. Na região central do deserto, por exemplo, existem regiões que ficam até 4000 anos sem chuvas. Pois bem... adivinha o que aconteceu?? Consegui um comprador pro meu rim?? Não! Mais raro ainda... CHOVEU ::lol4:: . Até então não sabia a gravidade desse acontecimento, mas chuva em regiões altas significa neve. Foi como se a Elsa tivesse passado pelas estradas cheia de ódio no coração e deixado uma camada de neve de 30 cm de altura pelas estradas. O que nos impedia de fazer o passeio programado no dia. Pior ainda, essa chuva poderia comprometer nossa ida ao Salar de Uyuni :? . O que comprometeria toda o restante de nossa viagem. Ficamos ilhados no deserto, se é que isso é possível rs!
Pois bem, logo após o café da manhã fomos a agência com o objetivo de pegar nosso dinheiro de volta. Dessa primeira vez conseguimos sem grandes dificuldades, apesar de encontra alguns companheiros de passeios dizendo que estavam tendo dificuldade com o estorno por parte da agência. Daí fui caçar quais as opções de coisas pra fazer. Achei o Sandboard no Valle de la Muerte. Escolha super acertada, adorei! Sai as 15h, incluía uma breve aula, equipamentos e translado. Dica é levar muita água e um lanche caso não goste de comer areia. Prepare-se para subir várias vezes uma duna enormeeeeeeeeeee.
Imagem

Agora era esperar o amanhã chegar, torcendo para conseguir sair do deserto!

Alguns custos:
Sandboard: 15.000 CLP
Entrada no Valle de la Muerte: 3.000 CLP
#1210853 por aline.oliveira
17 Ago 2016, 11:34
10º Dia - Salar de Uyuni (SQN^2)

Na manhã do décimo dia lá estávamos nós 3, empacotados da melhor forma possível, já que as notícias do que vinham do Uyuni é de que a temperatura havia chegado a -17°C. Uma camisa, duas segundas pele, um fleece, um casaco de pena e um casaco de esquiar, estava mais fácil deitar no chão e sair rolando do que andar com toda essa roupa.
Mochilões prontos, 6 litros de água cada um, sacola com alguns lanches só faltava o carro chegar ... e nada. Depois de muito esperar chega uma senhora para nos avisar que não é possível sair do SPA naquele dia, pelo mesmo motivo do dia anterior, neve na estrada. Bem! Já que não dá pra ir não dá, estava fora do nosso controle.

Foi bem incômoda a situação pois não havia mais vaga no Aji Verde, e teríamos que sair a procura de uma ponte pra dormir. Tb já não havia mais grana em pesos chilenos, perder duas vezes com conversão de moeda é foda. Fomos abastecer nossos estômagos para daí então planejar o que fazer da vida.
Só que o inesperado aconteceu, a louca voltou lá no hostel para nos pegar. Eles devem ter confabulado entre eles e encontraram uma rota alternativa, indo por Calama. Isso duas horas depois do horário combinado e sem nos avisar com antecedência. A atendente do hostel entrou em contato comigo (pq nem isso a agência fez), pedindo pra a gente ir correndo pq a senhora havia saído dizendo que ia passar em mais um hotel pra depois voltar lá no Aji. Explicamos em que restaurante estávamos e que o pedido já tinha sido feito. Pedimos 20 minutos para comer rapidamente e sair correndo até o Aji. Só que quando chegamos lá, com coração na garganta, a atendente disse que eles partiram há 5 minutos, a senhorinha simplesmente disse que não poderia esperar e caiu fora ::ahhhh:: . Vcs não entenderam errado meus irmãozinhos, fomos abandonados.

Ahhh a cólera nos dominou, e partimos pra agência para exigir o nosso dinheiro de volta. Era 130.000 por pessoa, 390.000 ao total, 2145 suados reais que escorreram dos nossos rostos de trabalhadores brasileiros. Chegando lá explicamos o ocorridos, a agência entrou em contato com a senhorinha, que viu como solução nos hospedar de graça no hostel dela e ir no dia seguinte ao Uyuni. Não queríamos! Como confiar de novo numa agência que abandona clientes assim, sem razão?? Daí ela disse que não poderia fazer nada até a dona chegar, o que só aconteceria às 14h.
Nesse meio tempo visitamos uma agência indicada pelo hostel, a Estrella del Sur, onde o mesmo pacote poderia ser fechado por 100.000 por pessoa. Mas só restavam 3 vagas, exatamente o que a gente precisava. Mas sem o estorno do dinheiro não foi possível fechar contrato e nem segurar as 3 vagas.
O jeito foi sentar num restaurante da praça, e praticar o famoso levantamento de copo. Mas nem sorte pra isso tive, lá em SPA é proibido beber assim do nada, a bebida tem que está acompanhada de comida ::putz:: (não sabem viver). O jeito foi esperar até as 12h sentados e papeando, até a comida está disponível e assim poder tomar uma cervejinha pra relaxar e esperar o desenrolar dessa história.
Às 13:50 foi hora de ir na Estrelle Del Sur torcendo pra as 3 vagas ainda estarem disponíveis, que porra, não tinha mais. Então o jeito era aceitar o que a Incanorth tinha pra oferecer a contra-gosto, por falta de opção mesmo. Àquela hora mais nenhuma agência tinha mais vaga para o dia seguinte, e o desejo de partir imediatamente era grande. Então aceitamos :x . Eles pagaram um táxi para pegar nossas bagagens no Aji e levar até o hostel da tia, não lembro o nome mas era razoavelmente precário, mas com uma vista perfeita.
Dia mais tenso da viagem (até agora)!

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 8 visitantes