Está procurando companhia para fazer uma trilha ou travessia? Abra seu tópico aqui!

#1159605 por Petrônio S.
30 Jan 2016, 22:47
Como estou sem equipamento e cia para acampar, resolvi fechar os olhos e pagar as diárias em refúgios. Programação:

07/02: Refugio Torre Central
08/02: El Chileno
09/02: Domo Francês
10/02: Paine GRande

Depois volto para Punta Arenas e na sexta vou fazer o passeio de barco para a Isla Magdalena ver os Pinguins. Volto no sábado 13/02 para o Brasil (se der e tiver disposição penso antes de ir para o aeroporto dar uma passada no Seno Otway). Alguém com roteiro semelhante?
#1209501 por Petrônio S.
11 Ago 2016, 07:56
Cibele G. escreveu:Olá! Estou indo para TdP em setembro, vou fazer o circuito W e ficar nos refúgios também, mas sem refeições incluídas porque o preço é absurdamente alto. Você fechou com full board ou levou sua comida? Tem alguma dica? Desde já, obrigada!


Por via das dúvidas, escrevo aqui novamente. Então, quando estive no Paine, fiz fullboard. É que viajei sozinho, e daí ficava complicado levar comida para 04 dias. Se tu vais em grupo, dá para dividir o peso com o pessoal. Realmente é caro ficar nos refúgios com a comida inclusa, mas a grande vantagem é não ter que providenciar comida e aliviar o peso na mochila. Mas quando o bolso pesa não tem jeito, hehe. Tenta ao menos fazer café da manhã e jantar. Na trilha geralmente é lanche mesmo. Ao menos 1/3 do custo você reduz. Comprar comida avulsa no parque não é tarefa muito fácil. Como vais em setembro, a quantidade de pessoa deve ser menor, mas geralmente as filas nos refeitórios são grandes e não tem muita opção de alimentos para comprar durante os dias na trilha. Se não tiver outro jeito para economizar, vais ter que ter cuidado com uso do fogareiro na hora de acender o fogo. Lá no parque somente podemos cozinhar em lugares demarcados. Jamais cozinhe onde não for permitido! Dá o maior problema e você pode ser expulsa do parque e responder a processo. Houve um grande incêndio a alguns anos e depois disso o controle é muito rigoroso. Também não é qualquer tipo de comida que podes levar, já que nos refúgios os quartos não tem onde armazenar. Tudo fica na mochila o tempo todo. Não vi muitos caminhantes fazendo comida por lá, somente os que estavam em grupos grandes. Aconselho que ao menos café da manhã e jantar você tente incluir no seu pacote. Vai otimizar muito o teu tempo de caminhada. 07:00 já tem comida na mesa e daí você consegue entrar na trilha logo cedinho. Na volta sempre tem sopa quente para quem chega. Sei que é tudo absurdamente caro, mas numa viagem dessa a gente tem que ter cuidado para estar bem alimentado e com o mínimo de peso possível na mochila, já que o trajeto é bem cansativo. Bom, no mais é isso. Espero ter te ajudado. Também desejo que encontres o que procuras lá na Patagônia. É um lugar único! Boa viagem e boa sorte. Qualquer dúvida, é só chamar. Abs!
#1215212 por Petrônio S.
05 Set 2016, 05:02
liasouza escreveu:Oi Petronio, tudo bem?
Estou querendo fazer essa viagem como vc fez..
Ficar nos refugios com alimentação completa
Como eu faço?
Só posso reservar pelo site fantastico tour com aqueles pacote? OU vc fecha cada refugio separadamente?
Ja tenho que saber os dias em que vou ficar em cada um deles?
Obrigada!!!
LIa


Olá! Só existem duas empresas que operam no parque, a fantastico e a vertice. A fantastico é dona dos refugios principais. Acredito que o melhor é reservar com a fantastico através do e-mail. Daí o atendimento é personalizado e vais economizar por não negociar com terceiros. Essa época já devem ter muitas reservas, é bom tu já iniciar o bate papo com eles. Lá no paine os refúgios são dormitórios, e quando lotam oferecem pernoite em barracas de camping que ficam sempre ao lado dos refúgios. É tranquilo, mas se tu preferes quarto, é bom já ir reservando. E faz com a fantastico sur mesmo. Uma coisa que não fiz foi consultar a Vertice Patagônia, que controla os refúgios do lago pehoe e gray (a fantastico é dona praticamente de todo o resto). Se estiveres com tempo sobrando, e claro, grana, depois de pernoitar no paine grande, podes adicionar uma noite no refúgio do glaciar gray e aproveitar um pouco mais o último dia e quem sabe remar até o lago (esse passeio de kaiake é um pouco salgado). Fica ligada no dia de ir ao vale do francês. A distância é muito grande. Melhor dormir no refúgio do Domo Francês. O normal é dormir no Cuernos, mas vais ganhar indo direto para o domo. Se eu pudesse, teria verificado dormir uma noite extra no camping britânico, mais perto do francês. Não sei como se faz isso, hehe. Bom, se tiveres mais dúvidas, é só chamar. Dica: leve o mínimo de peso possível! Não economize com uma mochila boa (use deuter se puder), botas, meias adequadas e um anorak eficiente. Abraço!

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes