Troca de informações sobre prevenção de doenças infecciosas em viajantes e outros temas relacionados. Guias e tutoriais.


#1210745 por Ca_regina
16 Ago 2016, 22:22
olá pessoal,
vou fazer um mochilão em 2017 e passar por vários lugares do mundo - méxico, europa, japão, austrália, india... etc

o que me preocupa é que tomo medicamentos controlados - 2 antiepiléticos, além de remédio para tireóide. Dos controlados, tomo 2 de cada por dia, então cada caixinha dá para 15 dias.

::mmm: ::dãã2:: :roll:

O que fazer?
Posso viajar com essa quantidade de remédios? se for nas embalagens originais, para um ano, daria 60 caixas! ::prestessao::
Preciso pedir uma receita em inglês para o médico?
Preciso levar na embalagem original? pois vai ocupar um GRANDE espaço, por isso pensei em colocar todos os vários comprimidos juntos em um saquinho (sacão), mas tenho medo que de problema nos aeroportos...
Na bagagem de mão ou despachada?
Toda bagagem despachada também passa por raio x?
Onde encontro orientações específicas? anvisa?

por favor me ajudem... não sei o que fazer... só sei que não vou deixar de viajar, por nada! ::love::

beijos!

#1210765 por kadnfes
16 Ago 2016, 23:38
60 caixas já vai caracterizar contrabando em muitos países, e no mínimo você vai ter que dar boas explicações na alfândega!

É recomendável que estejam nas caixas originais, para que não seja confundido com drogas(metanfetaminas, ectasy, etc), e para que a alfândega possa conferir do que se trata aquele monte de comprimidos.

Já pensou na possibilidade de extraviarem a sua mala, com o estoque de remédios para 1 ano inteiro? Ou você esquecer eles em algum local qualquer e alguém "passar a mão" na sua mochila"?

Eu levariam um "estoque" para uns 2 ou 3 meses, e várias receitas em inglês para poder ir repondo durante a viagem, na maioria dos países eles retem a receita de remédios controlados na farmácia.

Mas converse com o seu médico antes, para ver se ele já passou por uma situação assim antes, e o que ele recomenda, e se ele vai te dar 7 ou 10 receitas...
#1210770 por Ca_regina
16 Ago 2016, 23:46
o problema é que na maioria dos países, só posso comprar se a receita for de um médico do país, e realmente não gostaria de ficar consultando em cada lugar... até pq não sei como funciona, e em muitos lugares, os médicos em pronto atendimento não fornecem receitas para remédios controlados, até mesmo aqui no Brasil...
eu já conversei com meu médico e ele não sabe de nada... rs
amanhã vou ligar na anvisa pra ver se me informam algo. ::prestessao::
boa sorte pra mim :p
#1211611 por robram
19 Ago 2016, 23:58
Experimente tambem consultar a CRM nacional talvez eles tenham conhecimento.
#1266046 por samanthavasques
26 Mar 2017, 20:36
Com relação ao remédio da tireoide não precisa se preocupar pois você encontra em qualquer fim de mundo e não precisa de receita em lugar nenhum.
Já os controlados recomendo você já levar a quantidade para a viagem toda. Faça uma tradução juramentada da receita e de um laudo do seu médico dizendo que você precisa fazer uso contínuo da medicação, pelo menos em inglês. E leve sempre na bagagem de mão para não ter risco de extravio.
Acredito que com isso você não vai ter problemas, mas por via das dúvidas entre em contato com a Anvisa para ver se tem mais alguma exigência
#1272532 por Paulo Franco
28 Abr 2017, 12:14
Concordo com a  @samantha

O epiléptico basta ter o receituário do médico e não deve dar problema.

De todas as formas pesquise sobre a possibiliade de comprar direto nos países que vai viajando. Existem vários países que permitem consultas com médicos do sistema nacional de saúde local a troco de valor simbolico. e com a receita que o medico passa pode comprar o antiepileptico :)))


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes