Guias e troca de informações sobre destinos no Sudeste Asiático: Tailândia, Vietnã, Timor-Leste, Singapura, Mianmar, Malásia, Laos, Indonésia, Filipinas, Brunei e Camboja


#1223595 por leosvale
09 Out 2016, 20:52
paulorco escreveu:Acho que NUNCA
3) A Kao San Road é a rua mais turística da Bangkok e trocar dinheiro lá será furada, troque na região central como sugerido acima.


não entendi o da Khao San Road ser uma furada pra trocar dinheiro. Fiquei 4 dias lá e sempre troquei por lá mesmo sem nenhum problema.
#1237288 por belbaleira
02 Dez 2016, 14:57
Eu decidi sacar parte do dinheiro lá, do cartão de crédito mesmo. Posso ate colocar aqui minhas justificativas mas não é esse o ponto. Eu quero é saber se o pessoal sabe se no Vietnan e no Camboja tb tem taxa nessa faixa, de 6 dolares, por saque. Pq como vou levar parte em dinheiro e parte vou sacar, pode ser que seja melhor pra sacar em um país do que no outro. E também pensei em pagar o máximo de coisas q eu puder, no cartão, pra evitar de precisar sacar e pagar a taxa.

Sobre os motivos que eu decidi sacar parte do dinheiro lá. Eu viajo semana q vem e pretendia comprar moeda ontem, que é qdo recebi salário e 13º. Porém ontem o dolar disparou. Eu não achei ninguem pra me vender dolar diretamente e por isso teria que pagar preço de casa de cambio. Hj estão cobrando de 6 a 7% o valor do cambio oficial. No cartão eu pagaria o IOF de 6,38%. Nesse sentido ficaria quase zero a zero. Isso pq a Caixa usa um dolar muito próximo ao comercial e usa o dolar do dia da compra ou saque e não da data do pagamento ou fechamento da fatura. Então, decidi contar com a sorte e, caso o dolar caia um pouco, mesmo q por alguns dias, eu saco. Além disso, não perco muito na conversão de dolar pra moeda local (espero). E ainda tem a questão da segurança de não andar com muita grana. Mas por isso, minhas questão é saber onde vale a pena sacar, onde tem taxa menor ou ainda, não tem taxa (no Peru, por exemplo, tem banco q não cobra taxa nenhuma).

Obrigada!
#1239531 por Paulo Tasso
12 Dez 2016, 11:59
Estou Na Tailândia novamente. Bangkok, Pattaya, Phuket, phi phi, Chang Mai encerrando na Full moon Party dia 14

Cotação média 35,5 Baht/dólar o que dá
10 Baht/real (não existe câmbio de real na Tailândia). No aeroporto pagam 32/33 Baht/ dólar, cotação péssima, troquei só 100 dólares lá. Valor pra nota de 100 dólares, notas menores pagam 1-2 Baht a menos.

Hotéis : reserve de última hora. Paga-se mais barato. A oferta na Tailândia é imensa em todos as cidades mais turísticas

Hotéis 3/4 estrelas : 2000-3000 Baht a diária. Consegui um em Bangkok por 1200 Baht reservando de última hora pelo App da Booking. Bem tranquilo.

Hotéis baratos: 800/1200 Baht.

Phuket e Phi Phi são os lugares mais caros, pois é tudo focado no turismo e muitos europeus e americanos. Hotel lá os mais baratos começam em 1000 Baht. Peguei uma oferta de última App da Booking de 700 Baht num hotel bem fraquinho mas bem localizado em Phuket. Engraçado que sempre reservando de última hora na Booking/HostelWorld /hotel sempre que tentei negociar no Balcão do hotel estava mais caro. Chegou ao ponto de uma atendente falar pra mim reservar pelo app na frente dela rsrsrs.

AirBnb na Tailândia não compensa.

Restaurantes,: Top 400-600 Baht
Normais - 200-350 Baht
Comida de rua - 20-70 Baht

Bebidas - Cerveja no mercado 7eleven)(Chang Long Neck gelada-) 35 Baht

Barzinhos pra turistas - Drinks 150 Baht Cerveja 100 Baht

Baladas de eletrônico mais famosas (Tiger, Illuzion, etc...) - Drinks 300 Cerveja 160. Entrada grátis. Cobrar entrada de pé rapado é coisa de Brasil. Na Ásia as baladas lucram com a ostentação da galera nas áreas vip que é absurda. Mesas forradas de drinks e garrafas de champanhe. Vi um grupo de asiáticos com uma greygoose de 4,5L na Illuzion!

Koh Phangam Full Moon Party: Bucket - 200-350 Baht dependendo da bebida e vendedor

Phuket e Phi Phi pode colocar uns 20% a mais nos preços acima de restaurantes, alimentação e bebida.

Passeios de lancha rápida full Day Maya Beach, bamboo Island etc.. - 1600 Baht saindo de phuket. Almoço incluído e bebidas não alcoólicas a vontade no barco.

Resumindo: muito mais barato que o Brasil e América do Sul

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes