Esqui na América do Sul

Troca de informações sobre destinos da América do Sul


Dicas- Esqui na América do Sul

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 21 Dez 2004, 01:40

ESQUIAR NA AMERICA DO SUL

Oi Pessoal....

Esta é minha estreia neste site, que por sinal é excelente, com um alto espirito de colaboração e camaradagem.
Não sou exatamente um mochileiro, tenho menos tempo....rsss, mas tenho o espírito... pelo menos gostaria de ter...
Tenho alguma experiência em esqui na Neve, e lendo as dicas (Já li todas da América do Sul), notei que haviam várias duvidas básicas sobre este esporte (meio metido... mas muito bom! Portanto, achei que nisso posso colaborar.
Vou colocar algumas dicas que julgo importante para os iniciantes, pedindo a colaboração de companheiros que conheçam e tenham experiência para enriquecer este tópico, e estarei à disposição, aqui e por e-mail para tentar tirar qualquer dúvidas que seja possível.

Ahhh, Já conheci umas estações no Chile, Argentina, Canadá e Itália, e esquio desde 1998 (Viciei...rsss)

Vamos a algumas dicas básicas sobre o esqui na neve e o primeiro capítulo é a escolha da estação!
Existem 2 tipos de estação, a primeira que se apoia em uma cidade próxima, onde ficam os Hotéis, restaurantes, etc. e que todos se hospedam e pegam o transfer pela manhã para "subir" para estação e "descer" a tarde. Exemplos dessas estações são Pucon no Chile e Chapelco (San Martins de Los Andes) e Cerro Catedral (Bariloche) na Argentina.
O Segundo Tipo são auto-suficientes, e tem hotéis "in/out", ou seja, hotéis de onde já se sai e chega-se esquiando, tendo naturalmente uma estrutura de resort, com algumas opções de lazer que não o esqui ou Snow Board. Os exemplos são Vale Nevado, Portillo e Termas de Chillan no Chile e Las Leñas na Argentina.
As vantagens do Primeiro tipo é ter mais opções de lazer na cidade, principalmente à noite e normalmente opções de custo mais baratas, em função do apoio da Cidade, e o inconveniente de ter que pegar o transfer todo dia para esquiar.
o Segundo tipo, tem a comodidade de ja sair do hotel esquiando, mas tem menos opção, principalmente a noite.
Vale lembrar que todas as estações tem estrutura de cafeterias, lanchonetes, etc. na montanha, tornando desnecessária a descida para almoçar.
Naturalmente pode-se ir a qualquer estação para esquiar sem estar hospedado num hotel, mesmo nas auto-suficientes.
Para os iniciantes, recomendaria as estações com apoio de cidades, pois de repente pode não haver um entrosamento entre você e o esqui ou o Snow... rsss
No Outro "Capitulo" falaremos sobre os esquis.

Escolha dos Esquis:(Equipamento)
O equipamento consiste em um Par de esquis, um par de Bastões e um Par de Botas

Existem 3 tipos de esqui: o Standard, o Parabólico e o alta-performace. A escolha dos esquis dependem do nível do esquiador, mas como estamos falando para os novatos, sugerimos o tipo standard, por ser mais barato e para iniciante não fazer muita diferença a qualidade dos esquis.
- Esqui Standard = São esquis retos ou semi-parabólicos
- Esqui Parabólicos = São esquis que tem em sua lateral uma forma parabólica, que qdo inclinado facilita o movimento em curva.
- Esqui Performace = São esquis Parabólicos e altamente flexíveis, tendo ainda uma curvatura que o deixa arqueado quando sem carga.

O tamanho do esqui deve ser levemente inferior à altura, os bastões devem ter o tamanho que ao segura-lo com a ponta no chão, o braço deve ficar na horizontal (formando um ângulo reto com o antebraço), ja as Botas devem ser a mais justa possível que não machuquem os pés, e quando fechadas e ajustadas não devem permitir que o calcanhar se desloque para cima ao ser forçado. Deve-se ao alugar ou comprar um par de botas testar algumas até encontrar a ideal. (As botas por natureza ja são muito desconfortáveis, semelhantes a uma bota de gesso, que faz com que tenhamos uma aparência de Robocop ao caminhar... portanto, nada pior que uma bota desajustada, apertando demasiadamente num local)
O esqui deve ser regulado (pelo vendedor) para seu peso, pois em caso de queda (que serão muitas), ele deve se desprender das Botas.
Para acoplar os esquis, coloca-se o esqui numa superfície horizontal (se não ele desliza) e coloca a ponta da bota na parte da frente do acoplador e pisa-se com certa força na parte de tras, provocando um click característico que acoplou, para retirar pressiona-se com o Bastão uma espécie de alavanca chata que fica atras do calcanhar liberando a trava.
Se estiver na neve, deve-se limpar o acoplador e o solado das botas de acumulo de gelo antes de acoplar os esquis, normalmente usando o bastão.
Esta operação será muitas vezes repetida nos primeiros dias de aprendizado.

O Próximo "capitulo" - Os primeiros passos (e quedas... rss)

O Problema do esqui é a falta de freio. .rssss ele é grande, relativamente estável, o diabo é que está sobre uma superfície escorregadia.... sempre numa rampa (diferente do patins).
Mas o que o iniciante precisa aprender em primeiro lugar é..... levantar-se!
Veja que o se destacado, faz sentido, pois o que mais se vê nas pistas de novatos, são os mesmo no chão sendo eventualmente ajudados por alguma alma caridosa ..rss
Mas não desanime... realmente levantar-se sem colocar o joelho no chão não é fácil, e com um esqui de 1,70 acoplado aos pés, é impossível colocar o joelho no chão para levantar... então vai as dicas:
Para levantar com esqui acoplado - Se posicionar de modo que os esquis fiquei paralelos, de ladinho (posição meio boiola... rss), de tal maneira que os esquis fiquei perpendicular à direção da rampa (para quando firmar o peso sobre o esqui, ele não deslize), apoia-se nos bastões fincados no lado contrário ao esqui (do lado mais alto da rampa), e faz força sobre os bastões, erguendo-se tendo o cuidado para não deslizar e provocar nova queda.
Se não conseguir, desacople os esquis, levante-se (aí fica fácil), coloque os esquis paralelos, em posição perpendicular à direção da rampa, limpe as botas e esquis do acumulo de gelo, e acople os esquis.... logicamente é mais fácil mas mais demorado.

Agora que sabemos levantar... vamos deslizar... mas para isso antes é preciso subir! E para isso é que existe a grande estrutura das estações que são os ski-lifts, que são de 3 tipos.
- Cadeiras, duplas, triplas, quadruplas... etc. que ficam continuamente em movimento, e que na parte baixa, tem sempre uma estrutura, com uma pessoa para auxiliar, onde a velocidade é mais baixa, e ao chagar a vez de sentar, quando a ultima passa na sua frente... você posiciona-se sem muita demora, com os esquis acoplados, na posição indicada (veja os da frente) e ao chegar a cadeira, senta-se e fecha a barra de segurança, apoiando o esqui no local aprorpriado... ao chegar próximo da estrutura de descida, levanta-se a barra de segurança, prepara-se para a descida, posicionando-se para quando chagar no ponto (sempre tem uma ondulação de gelo, para ser possível começar o deslizamento enquanto a medida que você levanta-se da cadeira (isso normalmente tem uma certa dificuldade para os "zerados")
- Os Pomas - são apêndices (um cabo com um disco ou um T que colocamos entre as pernas), ligados a um cabo principal, que arrasta os esquiadores rampa acima, deslizando em velocidade constante, até chegar ao topo (pode-se soltar-se no meio da rampa, mas tem que ter o cuidado de sair da trajetória para não prejudicar o esquiador que vem atras), onde solta-se iniciando a descida.
- Gôndola - São cabines de 4, 6.. etc. pessoas tipo bondinho(Na América do Sul só tem em Chapelco), que normalmente são usado em linhas de alto fluxo, e principalmente da base para chegar a zona de esqui propriamente dita, onde sobe-se sem esquis (os esquis são colocados em compartimento externos).

Agora que subimos, vamos descer... e aí, vale o ditado, todo santo ajuda, só que ajuda demais! E lembrando o diabo num tem freio, então vamos aos meios de parar!
Para reduzir a velocidade de descida, faz-se curvas, quanto mais sinuosa menos a velocidade... mas fazer curvas no inicio num é tão fácil, então no inicio, para reduzir e controlar a velocidade de descida, usa-se o clássico V.

Esta é a primeira posição para todo aprendiz, e quanto mais aberto for as pernas do V mais eficiente é o freio, portando pode-se descer uma rampa suave, controlando a velocidade abrindo ou fechando as pernas desse V. mas como é esse V?... tenta-se colocar os esquis, com as pontas próximas mas evitando se tocar, e com o "calcanhar os esquis bem abertos, com os joelhos inclinados pra dentro (fica meio feinho), de modo a que os esquis também fiquem "raspando" um pouco a neve e isso é que freia.

Mas não dá pra ficar sempre descendo reto, então vamos as curvas... sem se incomodar com os esquiadores que passam velozmente ao seu lado, com o clássico serpenteamento, ou as paradas com os 2 esquis paralelos (altamente eficientes, mas com um certo grau de dificuldade), que faz você ficar se sentido um pato!
Para as curvas, com a posição em V (se alinhar vai embora ..rss), tenta-se deslocar o centro de gravidade do corpo para o esqui oposto à direção que quer tomar, sem levantar o outro esqui, isso já é suficiente para dar curvas suaves.

Uma informação importante para os apressados.... os 3 primeiros dias de esqui são uma seqüência de quedas... mas sempre inofensivas e com aplicação de gelo instantâneas ..rss e quem pensa que descer rampa não cansa, se prepare para acordar o primeiro e segundo dia após mais quebrado que arroz de terceira ..rsss, é altamente recomendado 30 dias de musculação específica para as coxas, (o joelho é muito exigido), e daí para baixo estamos engessados ..rss.

A seguir falaremos sobre como funciona as estações de esqui.
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Esqui na América do Sul

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 22 Dez 2004, 17:01

Oi, Pessoal..... voltei... continuando!

As estações de esqui, são grandes estruturas, com vários lifts (meios de elevação), já que o objetivo e elevar o esquiador pra ele descer, é claro..rs, além disso tem cafeterias, lanchonetes, escolas de esqui, ambulatórios, unidades de manutenção, etc. e um parque de maquinas de nivelar as pistas, canhões de neve e tudo mais.

O mais comum é chegar na estação entre 9 e 10 horas, esquiar até 12 a 13 horas, almoçar em uma das cafeterias (nessa hora fica lotada), descansar um pouco, voltar a esquiar e entre 15 e 17 horas retornar a Base e ao Hotel.

Os cuidados são com a pele.. que resseca no frio, devendo naturalmente colocar protetor nas poucas áreas descobertas e protetor labial. O Uso de uma mascara apropriada, anti UVI ou pelo menos um óculos bem escuro é fundamental.

As escolas são sempre disponíveis, e sempre existem vagas, a aula pode ser exclusiva ou coletiva (6 pessoas), e como é cara, pode ser dispensável se não houver muita dificuldade.... as vezes pode-se "filar" a aula, ficando pertinho de uma turma...rsss (Uma aula coletiva de 2 hs sai por uns US$ 40)

O mais comum é no inicio alugar tudo, Roupa (que normalmente são feinhas!) e equipamento, e no caso de cidades tem-se muito mais opção. Se você realmente gostar de esquiar, na segunda temporada compre a roupa (Blusão, Calça ou macacão e Luva), o equipamento só para quem esquia muito, pois é muito caro e pesa muito, tornando a viagem incômoda, carregando aquele trambolho para todo lugar..rss

Os preços de aluguel de roupas e equipamentos variam bastante, e normalmente são muito mais baratos quando existe uma cidade de apoio (Ex. Pucon e San Martin de Los Andes), que qdo não existe, e estão dentro desta faixa:

Roupas Diário US$ 6 a US$ 12
Roupas Semanal US$ 30 a US$ 50

(Esqui, Bota e Bastão) Diário US$ 10 a US$ 23
(Esqui, Bota e Bastão) Semanal US$ 40 a US$ 100

Segue alguns sites para quem quer pesquisar mais.

http://www.interpatagonia.com/ski/index.html
http://www.snowtime.com.br/home.asp
http://www.interpoint.com.br/
http://www.maktur.com.br/
http://www.termaschillan.cl/web/default ... %3A01%3A03



Isso é que tenho para informa de caráter, mas estou à disposição para falar sobre cada estação que conheço ou outro assunto, se houver interesse de vocês.

Abraços!
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 24 Dez 2004, 10:47

Oi, Pessoal

Lembrei de outro detalhe muito importante para quem quer esquiar, a época do ano. Como estamos falando sempre em Hemisfério Sul, vamos as datas daqui, no norte é igual com 6 meses de defasagem

As estações abrem normalmente em meados de Junho e fecham no final de setembro ou inicio de outubro, dependendo da estação. Fiquem atentos com a altitude média da estação e sua latitude.

Quanto mais alta a estação mais probabilidade de neve, isso vale tambem para a latitude... quanto mais ao Sul, mas neve. Sendo assim, uma estação alta, mas muito ao norte, poderá ter problemas com neve, porém várias estações têm dispositivos para produzir neve artificial, que não pode se comparar a natural, mas é melhor que nada.

A época do ano também é fundamental, portanto muito cuidado ao ir em junho ou no inicio de julho.... no inicio, nas primeiras nevascas, o solo ainda está descoberto, e quente... derretendo a neve com mais facilidade.... e ainda tem que preencher as depressões e cobrir pedras, etc. depois, quando as primeiras camadas de neve ficam mais compactas e viram gelo... facilita a conservação...portanto, depois de meados de julho em diante fica mais seguro.
Com relação aos preços, no inicio são mais baratos (em função do risco), no meio de julho, sobem estupidamente (devido as férias escolares), e vai baixando lentamente até o final da temporada. Na minha opinião, o final de agosto e inicio de setembro é o melhor, pois tem neve com segurança, não dá tanta nevasca como no inicio do inverno (é muito ruim esquiar nevando), e já está mais barato e com menos gente (sem filas), no entanto, no final da temporada, os preços caiem bastante, mas o risco de falta de neve sobe muito.

Recapitulando, inicio ou final de temporada, em estações com altitude baixa, ou muito ao Norte, é perigoso... então se for esquiar no inicio ou no final de temporada, escolha estações mais altas ou mais ao Sul.

Beijos a Abraços!
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor Loucosp » 24 Dez 2004, 13:30

Pessoal,

Um dica:

As botas de esqui(hard boot) são muito desconfortaveis, caso você alugue na cidade, não vá com elas desde hotel e sim vá com tênis e coloque apenas na estação de esqui! caso vá usar botas de snow, não há problemas pois elas são confortaveis como tênis.

Não esqueça de levar as luvas! caso esqueça prepara-se para comprar na estação e pagar caro por isso pois é meramente impossível ficar sem luvar na montanha.

Um abraço

LoucoSP
Loucosp
 
Mensagens: 161
Desde: 23 Mai 2004, 15:55
Localização: Brasil

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 15 Mar 2005, 19:09

Bem, dei uma parada, mas agora coloquei em dia a leitura deste excelente tópico.
Vi algumas duvidas como, qual a estação de esqui mais barata, e em que meses elas funcionam.
Se for só para esquiar (cair) por um ou dois dias, a diferença não é grande, mas se for para passar mais dias, e se hospedar aí faz muita diferença, então segue aí uma seqüência, que pode ter variações dependendo da época, do mais barato para o mais caro.

Estações de Antilanca, Pucon, (Farellones, la Parva e El Colorado), Valle Nevado, Termas de Chillan e Portillo.
Tem tambem o aluguel do equipamento e de Roupas, e via de regra, quanto mais isolada (sem cidades perto) a estação, maior o custo dos equipamentos e roupas.
As estações abrem Normalmente em meados de junho e fecham no final de setembro a meados de outubro.
Os preços tendem a ser baixos no inicio e no final da temporada, e sobem a estratosfera na segunda quinzena de Julho. Particularmente gosto de esquiar no Mês de agosto, que não tem nenhum risco de falta de neve e os preços já estão em queda (não qto gostaria!)
Ver neve, me faz lembrar minha primeira viagem, qdo comecei a fotografar as primeira manchas que vi, mas estar numa estação a noite, sem vento, e nevando aqueles flocos grandes é indescritível!!! não pode-se comparar com depósitos de neve, as vezes compactada ou de gelo mesmo que se encontram nos picos mais altos no verão.
Por Fim, Subir o Vila Rica no Verão é uma coisa, no inverno é outra!!! Não é mole... poucos conseguem e esses chegam tão estrupiados que não dá nem para apreciar.... a neve fofa adere nas botas, que ficam pesando uma tonelada, os passos não progridem, caminhar com neve fofa na altura do joelho não é fácil!!!
Estando em Pucon, experimentem ir para uma das termas locais, no inverno, e entrar uma piscina termal a 36 graus... e depois sair e entrar rapidamente numa piscina gelada... a zero grau!!! é chocante!!! formiga até onde não deve ..rss (mas só faça isso se tiver certeza que seu sistema circulatório agüenta!)
Maiores duvidas... tem um tópico (Esqui na Neve) que tem maiores informações.
Ahhh dia 02 de setembro estarei indo novamente ao Chile e argentina, passarei por quatro estações, duas das quais ainda não fui.
Abraços
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor Júnia Pimenta » 15 Mar 2005, 20:30

Assis......amei seu tópico!!!!!

Minha contribuição é ridícula perto da sua, mas foi responsável pelo sucesso de momentos inesquecivelmente agradáveis.....

www.bariloche.com/portugues/index.asp
Avatar do usuário
Júnia Pimenta
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 1003
Desde: 26 Jun 2004, 20:46
Localização: Blumenau/SC-Brasil

Mensagem não lidapor Marcio_CWB » 16 Mar 2005, 10:09

Fantástico! É como fazer uma aula sem ter que pagar os US$40,00 - rssss. Parabéns pelo tópico e por todas as dicas!

Agora para os bem novatos: Que estaçoes de esqui são mais baratas aqui no sul e quanto custaria uma brincadeira de uns 3 dias fora do auge da temporada?
Avatar do usuário
Marcio_CWB
 
Mensagens: 80
Desde: 06 Dez 2004, 17:55
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 16 Mar 2005, 19:43

Caro Marcio, Obrigado pelo elogio exagerado..rss
Amigo, esquiar é meio caro, bom demas, mas caro... e dependendo da estação, o da de esqui, sem levar em conta despesas de chegar à estação nem alimentação, deve ficar entre R$ 200,00 e 250,00 na alta temporada.
O qua mais varia a longo da temporada são os preços dos hoteis... esses chegam a extratosfera na segunda quinzena de julho.
vai os preços médios
Roupa = US$ 10
esquipo = US$ 25
Lifts = US$ 40

É claro que pode variar de uma pra outra... a argentina tá mais barato e uma boa estação é chapelco.
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 18 Mar 2005, 17:30

Tenho visto algumas duvidas sobre a relação custo x benefício das estações de esqui do chile.
A relação custoxBenefício não é absoluta, algumas coisas tem muita importancia para uns e pouca para outros..., mas imaginando uma pessoa que não faz quastão por excelentes acomodações ou lifts impecáveis, eu diria que é Pucón.
Pucón tem algumas vantagens, tem uma série de atividades extra-esqui como ja é amplamente comentado, tem um custo baixo de acomodações, embora o padrão seja médio, embora tenha um Hotel-cassino que atende os mais exigentes, tem excelentes condições para snowboard com half-pipes naturais (corredores de lavas do vulcão), e ainda tem o fato de esquiar nas encostas de um vulcão ativo (pra contar para amigos e eles arregalarem os olhos! rss).
Como defeito, diria que os lifts não tem tão boa manutenção, fecham com facilidade, não tem canhões de neve e a frequencia do transfer não é tão boa.
Ou seja não é uma estação de ponta.... mas é bem melhor que Antilanca, que só tem 5 meios de elevação dos quais 4 são de arrasto.
Características de cada estação de Esqui.
- Valle Nevado - Grande estação, proxima de Santiago mas muito Cara.-- Farellones, El colorado, La Parva - São juntas de Valle Nevado... um pouco mais baratas.. mais muito pouco.
- Termas de Chillan - Ótima, Cheia de Gramour, Metida a besta mesmo, mas muito cara (as Piscinas são uma coisa de louco)
- Portillo - Muito familiar, aconchegante, mas cara!
- Antilanca - Pequena e isolada, barata.
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor trotatorres » 20 Mar 2005, 10:08

ASSIS: MAGNIFICO TOPICO! NOTA 10! botei como fixo! um pedido meu: quando souber de perguntas , duvidas e tal, remeta a discussão para aqui, ok?
Avatar do usuário
trotatorres
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 897
Desde: 16 Jun 2003, 00:07
Localização: Brasil

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 20 Mar 2005, 12:28

Obaaa!!! O Tópico foi promovido!!!!
Agradeço a equipe que gerencia este excelente Site! que está realmente atenta ao que acontece, e tem um espirito de cooperação e abnegação que contagia! Não é atoa que este site é tão elogiado!

Agora ficou mais fácil, com o Tópico sempre à Vista... Da nosssa parte prometemos sempre estar atentos e responder os questionamentos e dúvidas, e peço aos companheiros já com experiencia que participem. Todas as dicas serão bemvindas!!!

Valeu Trotatorres!!!
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor slacombe » 21 Mar 2005, 13:14

Parabens Assis, você foi muito feliz nesse tópico, vai ajudar muita gente como eu.
Abraços...
slacombe
 
Mensagens: 43
Desde: 02 Fev 2005, 07:14
Localização: Brazil

Mensagem não lidapor Woodstok » 21 Mar 2005, 18:45

Bom, eu fui no Valle Nevado (o cúmulo do turístico) em altíssima temporada e ainda sim não gastei mais do do US$50 com tudo: roupa, comida, aluguel de ski e transporte.
O meu negócio foi fazer pequenas discussões, os caras lá no Chile desistem fácil. Sempre diga que você acaboud e ver em outra empresa por um preço melhor e assim por diante...
Bom, 50bucks é uma puta grana pra UM dia, mas não é como os preços que eu ví por aí...

Aliás, eu fui em 2003 ou 2004 (ops...)
Abraços.
Chico.
Woodstok
 
Mensagens: 27
Desde: 17 Jun 2003, 23:48
Localização: Brasil

Mensagem não lidapor Woodstok » 21 Mar 2005, 18:47

Ps: tentem evitar esses grandes centros de skis.
pontos de vantagem: eles são geralmente os melhores, mas bem infra-estruturados e os mais bonitos. Mas isso custa.
Vale pegar uns menores que são tão bom quantos e a metade do preço.
O negócio É ESQUIAR!
Woodstok
 
Mensagens: 27
Desde: 17 Jun 2003, 23:48
Localização: Brasil

Mensagem não lidapor Assis Oliveira » 22 Mar 2005, 09:41

Concordo com Woodstok!!! o Negócio é esquiar!!!
Vai mais um site, da Ski Total, que tem preços de pacotes para Portillo e Valle Nevado, que inclui o Transfer (+- US$ 20), lifts e Aluguel de Ski (+- US$ 52), estando fora o Aluguel de Roupas, que recomendo que seja adquerida após o primeiro teste.

http://www.skitotal.cl/html/home_es.html

Em Algumas estações tem preços diferenciados dos lits, por exemplo, Bariloche tem um preço até determinada altura e outro maior que dá acesso a toda estação, no Complexo Valle Nevado/La Parva/El Colorado tem um ticket que dá acesso a todas as áreas e outro que só dá acesso limitado a própria estação.

Como o iniciante, normalmente só usa as pistas verdes (noviços), não tem por que comprar o ticket amplo.
Assis Oliveira
 
Mensagens: 217
Desde: 04 Dez 2004, 17:02
Localização: Brazil

Próximo

Voltar para América do Sul



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes