Roteiros de Viagem na Europa


#880651 por mbat
17 Set 2013, 14:28
Olá pessoal.
Este é meu primeiro post, mas já estou há alguns meses lendo o fórum para planejar uma viagem para a Europa em janeiro de 2014.
Apesar de ter pesquisado bastante por aqui (e em outros sites) ainda tenho algumas dúvidas.

Eu e minha noiva pretendemos fazer o seguinte roteiro:
São Paulo - Paris - 13/jan
Paris - 14 a 17/jan (4 dias)
Paris - Munique -18/jan = Trem ou avião
Munique - 19 a 21/jan (3 dias)
Munique - Viena - 22/jan => Trem
Viena - 23 e 24/jan (2 dias)
Viena - Budapeste - 25/jan => Trem
Budapeste - 26 a 28/jan (3 dias)
Budapeste - Roma - 29/jan => Avião
Roma - 30/jan a 02/fev (4 dias)
Roma - São Paulo - 03/fev

Seguem as dúvidas:
1) Há alguma coisa que pode ser melhorada no roteiro? Tentei utilizar todas as informações que pude deste fórum para montá-lo, mas posso ter escorregado em algum ponto.

2) Paris-Munique é melhor fazer de avião ou de trem? De avião a viagem leva em torno de 2h, e de trem em torno de 6h.

3) Se eu decidir fazer o trecho Paris-Munique de trem e comprar no site da SNCF escolhendo a opção de retirada nas máquinas das estações, este processo de retirada lá é tranquilo? Alguém teve alguma experiência ruim? (sei que vou precisar levar o cc que utilizei na hora da compra)

4) Para comprar tickets de trem no site da bahn devo selecionar o cc como documento de identificação. No formulário solicitam para colocarmos o nome e sobrenome para identificação. No meu cc o sobrenome está abreviado. Devo preencher o formulário de identificação com meu nome/sobrenome como está no passaporte ou abreviado como está no cc? Ou isso não importa, e eles conferem somente o número do cc?

5) Eu já comprei a passagem de ida e volta, e consegui incluir o trecho Budapeste-Roma quase sem custo. Neste vôo (será operado pela Alitalia) eu tenho que me preocupar se vou pagar para despachar bagagem como ocorre nas low-cost?

6) Ainda não me decidi como levar dinheiro para lá. Minha ideia atual é levar uns 500,00 euros em espécie, levar cartão somente de débito e ir sacando dinheiro lá direto da conta corrente. Além disso, levar cartão de crédito como backup. Estou descartando os VTMs. Acham que esta estratégia (500,00 euros + saque no débito + cc de backup) é suficiente? Terei algum problema com a imigração por levar somente 500,00 euros em espécie?

7) Quando estiver por lá, como tratar dinheiro/passaporte/cartões/passagens? Os cofres dos hotéis são confiáveis para guarda destes doctos? Ou devo carregar tudo comigo a todo momento?

Ufa. Por enquanto acho que era isso. Agradeço antecipadamente a quem puder ajudar.

#880741 por xxxxxxxxxx
17 Set 2013, 19:50
Olá, seja bem vindo.

1 - Na minha opinião está bom, eu não teria nenhuma alteração a sugerir...

2 - Se não estiver viajando com muitas malas, vá de avião, será um pouco mais rápido que o trem. Mas se estiver levando o guarda-roupa inteiro na mala, vá de trem, pois pagar excesso de bagagem nos voos domésticos na Europa é meio salgado...

3 - Nunca comprei ticket para retirar lá, sempre comprei e-ticket, que você imprime pela internet mesmo. Verifique se não tem essa opção, é melhor.

4 - No meu caso, eles só pediram o cartão e passaram numa maquinhinha de cartão para verificar se era o mesmo indicado na compra, nem conferiram o nome e passaporte. Mas use o nome como consta no seu passaporte

5 - Se comprou junto com o voo intercontinental, a franquia de bagagem normalmente já é valida desde a sua origem, no caso Budapeste. Mas para ter certeza, confirme isto olhando na confirmação de reserva que lhe enviaram, pois a franquia de bagagem para cada trecho costuma constar na confirmação de reserva.

6 - Está bom, é a mesma estratégia eu eu uso e nunca tive problemas. Mas adicionalmente eu tenho um cartão pré-pago American Express do Itau que eu posso re-carregar pela internet caso precise... Mas esteja ciente que o limite de saques diário é pequeno, uns 300 ou 400 Euros, e o pagamento direto na função Débito não funciona, então se tiver que pagar uma fatura de hotel com valor alto, pode não conseguir sacar todo o dinheiro necessário. O cartão de débito é perfeito para pagar as despesas do dia a dia, mas se tiver que pagar um valor alto, é melhor usar um VTM ou cartão de crédito.

7 - Nunca deixe tudo no hotel, mas também não carregue tudo com você. Divida as coisas, leve metade com você e o resto deixe no cofre do hotel. Não sei se é a melhor estratégia, mas eu sempre levo o passaporte e o cartão de débito comigo, e deixo no hotel uma cópia do passaporte, VTM e o cartão de crédito, assim se acontecer algo, sempre tenho outra opção...
#880916 por mbat
18 Set 2013, 11:43
Olá Adriano!

Com relação à compra no site da SNCF entendi que o e-ticket só pode ser comprado por cartões Verified By Visa (ou o equivalente da Mastercard). Meu cartão não tem esta tecnologia. A compra para retirada lá não exige que seja VbV, por isso a dúvida.

Muito obrigado pelas respostas. Ajudou bastante!
#906995 por mbat
17 Dez 2013, 09:31
A quem puder ajudar, acho que terei problemas.

Comprei passagens de trem através do site da Bahn e selecionei como identificação meu cartão de crédito.

Claro que algo tinha que dar errado. Este cartão de crédito foi bloqueado pelo banco por tentativas de compra fraudulenta sem possibilidade de desbloqueio. Resumindo, o cartão não pode mais ser utilizado, mas ainda estou em posse dele.

Minha dúvida é se, para minha identificação pelos funcionários da Bahn nos trens, basta apresentar o cartão de crédito com o e-ticket ou se há necessidade deste cartão estar válido com senha funcionando?

Outra questão. Fiz algumas reservas de hotel com este cartão. Já foram aprovadas e tenho os e-mails de confirmação. Será que posso ter problemas com estas reservas? O gerente da minha conta me garantiu que todas as compras feitas até o bloqueio serão pagas normalmente.

Obrigado!


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 11 visitantes