Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#633314 por Roberto Sarti
15 Set 2011, 15:56
Mais uma deliciosa caminhada pelos trilhos. Era um sábado, dia 06/agosto/2011 e combinamos com uma animada turma um trecho curto, cerca de 11 km de Sta. Isabel – Domingos Martins X Marechal Floriano. Marcamos de nos encontrar na PRF em Viana, de onde sairíamos juntos rumo a Santa Isabel, local em que deixaríamos os veículos.


Imagem
Imagem

Chegando ao Café com Prosa, estacionamos na área própria e fomos tomar um café pra reforçar. É um local aprazível, tranqüilo, esses lugares típicos que vendem produtos da roça, pão com lingüiça, queijo, etc. Ao lado tem também um orquidário aberto a visitação e venda de plantas ornamentais. Estacionei embaixo de uma árvore, em que havia um ninho de pássaros com filhotes. Quem já viu sabe o quanto os “pais” ficam bravos e atrevidos quando nos aproximamos do ninho. Quando percebi logo ao meu lado, um canário da terra brigava com o próprio reflexo dele no espelho. Figuraça..... rsrsrs....


Imagem
Imagem

Seguimos por Santa Isabel rumo ao Vale da Estação. A saída foi por volta das 9 horas da manhã, caminhando por dentro da vila, cerca de 4 km pelo asfalto admirando as belezas que Deus nos proporcionava. Tenho levado 2 garrafas de água de 500 ml e frutas como lanche. Parei de levar biscoitos, suco, achocolatado, chocolate em barra, barra de cereais, etc. Se levar lanches assim, não esqueça de 1 sacola plástica, dessas de supermercado mesmo, pra colocar seu lixo dentro, e com isso poupar a natureza de mais poluição. E lixo é o que mais vemos, próximo as casas que estão situadas a beira da ferrovia, muito lixo.




Imagem
Imagem
Imagem

No caso das frutas, por se tratar de produto orgânico, não trago os resíduos de volta, descarto ali mesmo, em qualquer local. Vira adubo.....rsrsrs...


Imagem
Imagem
Imagem

Parada na lanchonete já no Vale, antes de pegar a ferrovia, para algum lanche, fotos e abastecimento de água potável. Estivemos também na Estação Ferroviária, onde funciona uma loja de artesanato, mas estava fechada. Era para estar funcionando, pois era sábado é dia da litorina com turistas passar por ali. Imagino que abram somente por volta do horário em que o trem das montanhas passa por ali, deixando outros turistas que porventura venham de carro a ver navios.... ou trens...ou nem isso. Enfim....



Imagem
Imagem
Imagem


Imagem
Imagem
Imagem

Após muitas fotos e festa, seguimos pelos trilhos, sentido Marechal Floriano, segundo o google earth, cerca de 7 km. Desde o inicio o Rio Jucu nos acompanhava margeando a ferrovia, nos proporcionando belos cenários.


Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Estávamos com gente nova no grupo, 3 meninas que nunca haviam caminhado pelos trilhos e queriam experimentar. Flávia, Viviane e Jacqueline. Muito animadas e dispostas, sempre brincando e conversando muito. Íamos fazendo paradas regulares para água e lanche, pois elas não estavam habituadas.




Imagem
Imagem
Imagem

É curioso observar a ferrovia: cortes na pedra, pontes, pontilhões, aterros e toda sorte de obras de engenharia necessária para se vencer a dificuldade do terreno ao se “plantar” uma ferrovia, e assim trazer progresso a uma região. Por ali passavam trens de passageiros e cargas, desde a sua fundação há mais de 100 anos. Ultimamente, tirando o trem turístico das montanhas, somente alguns trens de carga provenientes do RJ e com mais freqüência o trem com toras de eucalipto, cujo porto seco fica em Araguaia, com destino a Vitória. Essas composições só circulam durante a semana, sábado e domingo somente o trem das montanhas. Ocorre também, que por deslizamentos ocorridos próximo a Cachoeiro de Itapemirim-ES, e que inutilizaram a ferrovia, o trem de carga que vem do RJ não está passando.


Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Seguimos viagem, caminhando num ritmo devagar, acompanhando as meninas que debutavam no “ferrotrekking”. Os mais experientes sempre procurando observar as novatas e identificar qualquer problema, no sentido de ser solidário e ajudar sempre que possível.


Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Gostaria de destacar, que com exceção da minha esposa Lili que também foi nessa caminhada, todos nós nos conhecemos pela internet, seja orkut ou facebook e hoje nos tornamos amigos, inclusive já fizemos uma outra caminhada, dessa vez a subida ao morro do cruzeiro, em São Paulinho de Aracê – Domingos Martins – ES. A internet q por tantas vezes afasta as pessoas, nos tornando egoístas e enclausurados atrás de uma tela e um teclado, tem sido usada também por muitos para o propósito contrário, isto é, unir pessoas em torno de um mesmo objetivo, nesse caso, as caminhadas e passeios.


Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

A chegada a Marechal Floriano não é lá muito agradável. As casas invadindo a ferrovia, nos faziam tentar imaginar quem chegou primeiro, se as casas ou a ferrovia. Quem estaria invadindo o espaço de quem? Resposta difícil......

A litorina passou por nós quando estávamos quase chegando a Mal. Floriano, onde já avistávamos algumas casas. Terminamos por chegar a Estação Ferroviária, essa sim, aberta a visitação de turistas e moradores, com suas fotos, artesanatos, objetos antigos, etc.



Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

A parte curiosa foi que, assim que chegamos a Estação de Marechal Floriano, as 3 novatas correram para o supermercado pra comprar chinelos havaiana, pois pela falta de costume, o tênis estavam machucando os pés.


Imagem
Imagem
Imagem

Mais algumas fotos e partimos para a confraternização, um belo almoço pra repor as energias gastas e gordurinhas perdidas nesse trecho de caminhada. Chegamos por volta de 12 horas, pois viemos muito devagar, parando muito para que todos estivessem juntos durante a caminhada.

Depois, esperamos o ônibus por quase 1 hora, somente para chegar a Sta. Isabel, distante 8 km dali.



Imagem
Imagem
Imagem

Qual não foi nossa surpresa, quando vimos novamente o canário da terra ainda a brigar com espelho. Deve ter passado o dia por ali....rs....

Mais algumas comprinhas no Café com Prosa, nos despedimos da turma e seguimos viagem para casa, para merecido descanso.

Quem quiser fazer essa caminhada e não quiser ir de carro, não tem mistério. Partindo de Vitória tem ônibus que segue para a região serrana do ES. Qualquer um que você pegar, peça para descer no primeiro trevo de Sta. Isabel, se quiser caminhar por dentro da vila, ou no segundo trevo se quiser ir com mais rapidez para o Vale da Estação. A distancia entre um e outro é de cerca de 1 km aproximadamente. Siga pelo asfalto (3 km) até o Vale e entre pela ferrovia subindo. Se for para o lado contrário, descerá até Viana, cerca de 23 km. Subindo são 7 km até Marechal Floriano. Lá, você pega qualquer ônibus descendo pra Vitória e chega em casa. Eu, por exemplo, saí da Guarapari de carro, mas poderia ter ido de ônibus até a PRF, de lá outro ônibus até Sta. Isabel e depois retornando de ônibus de Marechal até a PRF e outro ônibus para Guarapari.

Qualquer dúvida entre em contato....

Mais fotos:

http://www.facebook.com/media/set/?set= ... 2076191035

http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid= ... 1312722328

Abração......
Editado pela última vez por Roberto Sarti em 22 Fev 2012, 11:11, em um total de 1 vez.

#633338 por Frederico Pires
15 Set 2011, 17:58
E mocada , blz? Bakana seu relato, conheco Domingos Martins cidade sensacional ! Nao conhecia essa travessia, todo ano vou p guarapari tenho ap na praia do morro, em janeiro estou afim d fazer o trekking em Pedra Azul (Nível média/díficil) até nas nascente dágua, se vc´s animarem podemos marca essa trip! Fica o convite! E tb vou fazer em janeiro o Mestre Álvaro.
abraco
#643058 por gvogetta
17 Out 2011, 16:55
Olá Frederico,

Eu mesmo conheço Domingos Martins (ES) - região muito bonita por sinal e não conhecia este trekking pelos trilhos entre as duas cidades. Se eu tivesse disponibilidade de tempo nesta época eu seria parceiro mas só vou sair de férias em abr/2012 e até devo ir aí perto (Pico da Bandeira - PN Caparaó). Creio que não tenha muita gente do ES por aqui, por isso a ausência de pessoas respondendo.

Abraço,

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante