Golpe de Agência em Pucon-Chile - Agencia Volcán Villarrica

Denúncias relacionadas a Agências de Turismo
Regras do fórum
Atenção: Leia a mensagem abaixo antes de criar um novo tópico neste fórum.

O fórum Denuncie :É furada ! Não recomendo! Está aberto a todos os usuários que tenham sido lesados , preteridos ou mal tratados em algum estabelecimento de turismo , seja ele hospedagem, empresa de transporte, restaurantes e similares, agências de viagens etc.

A intenção do fórum é alertar outros mochileiros para evitarem o mesmo problema.

O mundo do turismo está em constante mutação , sua participação é importante porém os tópicos terão um prazo fixo de 6 meses no ar , após esse período serão arquivados.

- Assuntos polêmicos devem ser tratados civilizadamente , obedecendo as regras do fórum.

- O Mochileiros.com garantirá o direito de resposta à todas empresas denunciadas no site.

- Seja objetivo e cite o Nome do estabelecimento, local, data do acontecido e que ocorreu de fato. Os tópicos que não seguirem estas regras serão removidos do conteúdo do site sem aviso prévio.


Golpe de Agência em Pucon-Chile - Agencia Volcán Villarrica

Mensagem não lidapor Alexandre Mourão » 20 Dez 2012, 01:07

Olá Mochileiros/as,

Venho por meio dessa contribuição fazer um comunicado-denúncia a todos visitantes, e principalmente aqueles brasileiros que estejam interessados em fazer uma viagem para a cidade de Pucón, no Chile.

Entre os dias 11 a 19 de Novembro de 2012 fiz uma viagem, junto à minha companheira, ao Chile. Graças a muito dos relatos presentes aqui como também a pesquisa de Internet ocorreu tudo bem, salvo o motivo dessa denúncia.

Pelo sexto dia de viagem resolvi junto a minha companheira e um colega brasileiro que conheci em Santiago fazermos uma viagem à cidade de Pucón, ao sul do Chile. A cidade tem diversos atrativos, dentre eles o conhecido "Vulcão Villa Rica". Partimos para a cidade tendo como um dos principais objetivos realizar a escalada a esse vulcão que já é bem conhecida e um dos atrativos da cidade - o Objetivo da subida ao volcão é conhecer a parte mais bela do mesmo: o Cume.

Depois de muita pesquisa, encontramos uma Agência de Viagem - a chamada "Volcan Villa Rica" - para fazermos o chamado "ascenso al volcan", ou seja "a subida ao Vulcão". São muitas agências em Pucon que cuidam disso. Depois de eu e meu colega brasileiro procurarmos e pesquisarmos bastante, fechamos o valor de 72.000 pesos (36.000 pesos pra cada) a subida ao volcão. (Algo em torno de R$ 140 reais para cada) - Minha companheira não foi porque tinha um problema no joelho.

Segundo o informado pela Agência teríamos de 4 a 5 horas para subir ao Vulcão - partiríamos pela manhã bem cedo. E faríamos paradas para descansar. Até ai tudo ok.

Observação: O acordo em todas as agências é dessas cederem os equipamentos como também "nos guiar" até o Cume do Volcão. O Volcão se encontra dentro de um Parque Municipal de Pucon, portanto, não se permite a subida de forma "independente". Além do que, de fato, é arriscado ir sem guia.

Chegou o dia e partimos cedo para a Agência de Viagem onde, mais cerca de 10 turistas, preparamos as vestimentas para subir ao volcão. Já haviamos também nos preparado com a alimentação recomendada para a subida (que era colocada em uma mochila). Fomos de Van até o Parque. As condições climáticas para o mesmo estavam perfeitas: sol e neve em condições ideais.

Chegando na Base do Volcão (já dentro do parque - Ver imagem) você tem a possibilidade de "adiantar" uma hora através de um teleférico em que se cobra 7.000 pesos ou pode optar por subir já do começo. Isso foi informado, de fato, pela Agência, assim como colocado em uma Breve reunião que se faz antes da subida dando as orientações finais. (Optei, junto ao meu colega, assim como a maioria da equipe da Agência, de subir SEM o teleférico).

Na subida começou o problema: as paradas que os guias faziam eram brevíssimas - menos de 5 minutos. Há de se observar que esses guias fazem essas subidas TODOS OS DIAS, portanto, vocês já devem imaginar como pra eles é algo mecânico e rotineiro - e talvez, mesmo com toda a beleza natural, possa ser sacal para eles. A principio não reclamávamos das paradas curtas porque não tinhamos dimensão do tempo e também porque os guias constantemente nos estimulava.

Pois bem, enquanto vamos subindo os guias vão se alternando, e é comum haver uma equipe que vai na frente outra mais atrás. Detalhe: são dezenas de Agências de Viagem que sobem ao mesmo tempo o Volcão, portanto, todo dia há cerca de mais de 50 pessoas subindo com o objetivo de chegar ao Cume (o ápice do volcão).

Estávamos subindo em ritmo lento em relação à primeira equipe da nossa Agência. Mas mesmo assim mantivemos o ritmo. Nesse interim, é comum haver desistências por causa de cansaço (dois brasileiros da nossa equipe desistiram). O cansaço é comum. No entanto, mesmo com essas adversidades seguiamos a subida. Depois de algumas breves paradas, e após 4 horas da caminhada - faltando UMA hora para chegar ao Cume, o Guia chamado Pablo (ver foto abaixo) pára e nos dá o comunicado que teríamos que parar por ali porque não iria dar tempo de chegar ao Cume.

Nós perguntamos porque - ele disse que era porque nos distanciamos demais da primeira equipe da nossa Agência e não havia como alcança-los. Detalhe: ainda eram em torno de 14h (e no Chile demora a escurecer) e tinhamos tempo de sobra. E, outra observação que é importante ser feita: apesar de estarmos em ritmo lento, havia diversas equipes (de outras agências) que ainda estavam subindo. Não eramos os últimos.

Tentamos de diversas maneiras convencer o Guia de que queríamos chegar até o Cume - faltava somente uma hora e viamos que estávamos próximos. (Pra quem nunca passou por uma experiência dessa, chegar ao Cume é como chegar no ápice do acontecimento - é o mais belo e místico de que alguém pode estar desse fenômeno da natureza). Discutimos bastante com o Guia sobre o nosso direito de fechar o que havíamos estabelecido, e não havia justificativa para retornarmos já que tinha ainda diversas pessoas subindo e era obrigação dele, enquanto agente de viagem e guia, nos levar até o objetivo final do fechado com a Agência.

O Guia não permitiu de forma alguma nossa subida. Talvez vocês devam se perguntar por que não subimos sozinhos então. Acontece que não é permitido a subida sem guia no Volcão - até tentamos fechar um acordo com outro guia de outra agência, mas o outra guia não concordou. Subir só eu e meu colega, mesmo que seguindo outra equipe além de não ser permitido, de fato é um pouco arriscado por não conhecermos o volcão. Na época alguns turistas haviam desaparecido no volcão justamente por seguirem a subida sem guias.

Ai a indignação nos tomou. Pagamos caríssimo por aquela subida e faltando BEM POUCO para chegar ao Cumem tivemos nosso direito negado. E pior, ao retornar da descida do Vulcão tivemos que ESPERAR cerca de uma hora até que o carro da agência nos levasse de volta para a parada inicial. Além desse constragimento de ver as pessoas chegando ao ápice e conseguindo, tivemos que esperar...Tentei e pressionei para que eles nos levasse logo de volta, mas o guia "Pablo" ficou nos enrolando e nem nos permitiu falar diretamente com o Dono da Agência - justificando que o sinal do walkie-talk não pegava.

Ao chegar na Agência tentamos pelo menos ter parte do nosso dinheiro devolvido, já que a mesma não havia feito o acordado. O dono foi instrasigente e não cedeu em nada. Ainda por cima, colocou a culpa nos brasileiros, dizendo que geralmente não conseguiamos chegar ao Cume e que isso geralmente era conseguido mais pelos Europeus, acostumados com o clima e a neve.

O resultado é o que se segue aqui. Uma enorme decepção de um sonho não realizado devido à falta de ética profissional de um guia e de uma Agência de viagem que não tiveram nenhum compromisso conosco. A sensação de ser barrado quando "quase está lá" é muito similar a você ser negado de fazer algo quando está quase no ponto! Quase no momento de se conseguir algo. Imaginem o que é subir mais de 4 horas numa neve ingrime, com todas as adversidades, vencer cansaço, fadiga, ar rarefeito,e quando falta Pouquíssimo pra conseguir ver a "boca do vulcão" alguém parar e dizer que não pode seguir....

Pois bem, recomendo enormemente que não fechem acordo com essa Agência de Viagem chamada "Volcán Villarrica" localizada na cidade de Pucon-Chile (ver Imagem do Fly abaixo). Esperei para fazer esse relato com calma, sem o calor da raiva e angustia - e espero que possa contribuir para que os brasileiros que venham a fazer a mesma experiência que eu, não caiam na "conversa" dessa agência de viagem. Procurem outras: há muitas lá que oferecem um serviço pelo mesmo preço com uma qualidade bem superior e com uma prática profissional de respeito ao estrangeiro.

Fica aqui minha contribuição ao Mochileiros.com e a todos que amam colocar o pé na estrada...

Até mais e estou a disponibilidade para tirar duvidas,

Alexandre Mourão, Dezembro de 2012


Guia "Pablo", o que deu o calote nagente [ ].


Agência de Viagem responsável pelo Golpe. [ ].


[b
Nota Fiscal do Pagamento [ ].


Base do Vulcão, preparando a subida do mesmo. [ ].
Alexandre Mourão
 
Mensagens: 1
Desde: 19 Dez 2012, 23:48


Re: Golpe de Agência em Pucon-Chile - Agencia Volcán Villarrica

Mensagem não lidapor g0r1x » 28 Dez 2012, 12:52

Poxa, que chato Alexandre. É realmente de se indignar qdo não somos (qualquer pessoa) tratados com respeito e ética. Meu pai foi ao Chile uma vez e tb contratou um passeio a umas montanhas com neve. A pós a primeira visita, no meio do passeio, o guia disse q havia sido informado de um deslizamento à frente e que não poderiam continuar a viajem. Mas vários ônibus continuavam passando e nenhum voltava. Após o retorno ao Brasil, através do grupo de emails que trocaram, obtiveram a noticia q não havia deslizamento nenhum, e que havia sido um golpe da Ag. de Turismo do Chile, para fazer apenas parte do passeio contratado.
Pena q meu pai não lembra do nome da Agência... e isso foi há alguns anos.
Ficamos a mercê desses golpistas.

Estou indo ao CHILE dia 08/01/2013 e volto dia 27/01. Só comprei as passagens, ida e volta de Santiago. Ainda não tenho onde ficar... vou de mochilão. A idéia inicial era ir ap Chile só para surfar pela costa... de Norte ao Sul.... depois pensei: Vou ao Chile e não vou visitar nunhuma atração turística?
Decidi então conhecer parte do ATACAMA, fazer umas duas Tours a Vinícolas e ficar uns 5 dias no mínimo surfando em torno de Pichilemo. (Não necessariamente nesta ordem).
Forte abraço.
Igor.
Avatar do usuário
g0r1x
 
Mensagens: 4
Desde: 02 Fev 2011, 11:44
Localização: RJ

Re: Golpe de Agência em Pucon-Chile - Agencia Volcán Villarrica

Mensagem não lidapor Rô | aventure-se.com » 28 Dez 2012, 19:32

Lamentável Alexadre..
Mas fica a dica p/ todos.
Estive em Pucon, mas acabei não conhecendo o vulcão, esspero voltar para conhece-lo.
Faz as malas! Fugimos hoje.
Aventure-se! www.aventure-se.com
Avatar do usuário
Rô | aventure-se.com
 
Mensagens: 74
Desde: 15 Dez 2010, 14:09
Localização: Belo Horizonte - MG

Re: Golpe de Agência em Pucon-Chile - Agencia Volcán Villarrica

Mensagem não lidapor Trota Nando O Ateu » 29 Dez 2012, 09:10

Estive em Pucon em 2009. Subi o Villa Rica com a ag. Informações turísticas e o Raffiting com a Pollitur que tb faz a subida no vulcão. Evitem a ag. Trancura. Quanto ao referido "Golpe" não vejo que ocorreu golpe após ler o relato, no mais foi uma puta sacanagem visto que ainda era cedo e dava para terminar a subida já que as condições climáticas eram favoráveis. Não querendo criar polêmica no tópico, mas uma coisa me deixou surpreso ao ler o relato, pois o amigo mochileiro diz que fez muita pesquisa antes de ir para Pucon. O que me faz pensar que o amigo leu alguns relatos de viagem.Estou errado ? Pois é em todos os relatos de viagem que eu li antes de ir subir o Villa Rica tem indicações de ag sérias. Fica então a dica. Anote tudo e se possível mande pergunta para quem foi e com qual ag foi. ::otemo::
Há em tudo um limite que é perigoso transpor. porque uma vez transposto,já não há processo de voltar-se atrás.
Avatar do usuário
Trota Nando O Ateu
Colaborador
Colaborador
 
Mensagens: 1785
Desde: 06 Jan 2011, 13:55
Localização: Brasil

Re: Golpe de Agência em Pucon-Chile - Agencia Volcán Villarrica

Mensagem não lidapor Danilo Nogueira » 30 Dez 2012, 11:59

Olá caros,

Eu era o colega que estava junto com o Alexandre quando esse fato ocorreu, e posso afirmar que a agência prestou um péssimo serviço no que se refere a informações prestadas a seus clientes. A desculpa deles para não nos deixar completar a subida foi a ausência de condições físicas, mas é curioso que só tenham percebido esse problema faltando uma hora para completar o trajeto - lembrando que a subida toda leva entre 4 e 5 horas.

Eles realmente não estavam preocupados conosco enquanto subíamos, e em momento algum deixaram clara a possibilidade de ter de retornar subitamente, a depender do critério arbitrário dos guias. A impressão que passa realmente é a que o Alexandre mencionou, isto é, eles fazem o mesmo percurso todos os dias, e levam os clientes "no automático", sem se importar com o fato de cada um ter o seu ritmo, e simplesmente frustram toda a expectativa da subida como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Na hora de contratar eles pareciam muito bons e atenciosos, mas infelizmente, não foi nada disso que aconteceu na hora de prestarem o serviço contratado. Não sei se é comum acontecer esse tipo de problema, mas até onde pudemos verificar, todas as pessoas que subiam com outras agências completavam a subida ao cume, ao não ser que estivessem cansadas e optassem, por sua livre decisão, a interromper a subida. O fato de estarem caminhando mais devagar, pelo que verificamos, não impediu nenhum dos outros turistas a concluir o trajeto até o cume - em especial porque, conforme disse o Alexandre, havia tempo de sobra para descermos dentro do horário por eles estipulado, e as condições climáticas estavam excelentes naquele dia.

Fica, portanto, o alerta para que os colegas procurem se informar ao máximo antes de contratarem outras agências, e tenham o cuidado especial de confirmar que os guias da agência não vão surpreender o cliente com uma decepção desse tipo.

Abraços a todos,

Danilo
Danilo Nogueira
 
Mensagens: 1
Desde: 30 Dez 2012, 11:40

Re: Golpe de Agência em Pucon-Chile - Agencia Volcán Villarrica

Mensagem não lidapor LeoRJ » 03 Out 2013, 14:51

Alexandre e Danilo

Respeito seus comentários, mas existem alguns pontos que discordo.

Subir o Vulcão Villarrica não é um passeio ou uma caminhada simples. Se precisa de guias para não se cair em gretas ou qualquer outro problema que a montanha pode te proporcionar. Te digo isso como escalador de alta montanha.

Quando se busca uma agencia para esse tipo de atividade, não se pode visar baixos custos como principal requisito. O valor que vcs pagaram foi bem menor que qualquer agencia da região cobra por tal serviço. Tal agencia, eu nunca ouvi falar, mesmo vivendo em Pucón a dois anos. Por esse valor, realmente eles devem possuir um serviço bem aquém.

Um guia de montanha infelizmente deve ter autoridade sobre o grupo. Se ele entende que não dá pra subir, todos terão que voltar e não existe devolução de dinheiro. Esse problema ocorre quando o grupo caminha lento, há muito vento no cume ou as condições climáticas não são favoráveis. Isso é regra de montanha, não pura especulação dele. Já tiveram vários casos de guias que pararam e desceram seus grupos e os que continuaram tiveram problemas e até tiveram que acionar o Resgate Andino.

Eu entendo sua exposição e vejo que vc não tem muita experiência em montanhas de neve e gelo. Existem sim guias mal preparados e indiferentes a seus contratantes, e isso é fácil de se encontrar quando se quer gastar pouco com esse tipo de atividade.

Eu não curto fazer nada por agencias, mas quando sou obrigado a tal, busco por qualidade, já que minha vida e sucesso na aventura pode depender disso.

Uma lástima que não tenham chegado ao cume, mas montanha é assim mesmo, em qualquer parte do mundo.

Abraço,
Leo
Avatar do usuário
LeoRJ
Editor Mochileiros.com
Editor Mochileiros.com
 
Mensagens: 4034
Desde: 16 Abr 2007, 09:58
Localização: Pucón - Chile


Voltar para Denuncie: Agências de Turismo



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes