Roteiros de Viagem no Brasil
#1002200 por Fabioffa
14 Set 2014, 23:25
Então você pretende brincar o carnaval de Olinda e ficar hospedado em uma casa ou republica? Seguem algumas dicas e informações que podem te ajudar a decidir e entender mais sobre estas casas que recebem foliões durante o carnaval.

Há alguns anos atrás a tarefa seria mais difícil mas hoje com o advento e disseminação da internet, redes sociais como o Facebook ou Google+, mensagens instantâneas e recentemente o Whatsapp as informações são divulgadas com mais facilidade e você pode obtê-las virtualmente. Mas quais informações você deve prestar atenção para a escolha de uma casa/república?

DEFININDO CASA E REPÚBLICA

Diferente de hotéis e pousadas as republicas se caracterizam pelo estilo de descontração e pouco luxo. Isto não quer dizer que sejam desconfortáveis mas com certeza são direcionadas a um determinado tipo de público. Não trato aqui das casas postas para alugar onde todo o restante da estrutura é feito (ou não) por quem a locou. Trato aqui das casas que oferecem desde a estadia até alguns benéficos tais como refeições e bebidas.
A maioria delas se localizam na cidade Alta. Recebem os foliões em um grupo que vão dividir o mesmo espaço durante o reinado de Momo. A turma geralmente é eclética. Vinda de vários estados brasileiros. Podem ter alguns grupos de conhecidos como também pessoas que se aventuram sozinhas. Elas estão interessadas em viver um carnaval mais próximo do cenário dos acontecimentos sem se importar com a descontração e espírito espontâneo da organização destas casas.

Eu brinco o carnaval de Olinda há mais de 30 anos. Já fiquei em todo o tipo possível de casas de carnaval. Das melhores estruturadas às mais nonsense possível. Em todas elas tive bons momentos porque me predispus a curtir aquele determinado tipo de aventura. Então antes de se aventurar leve em conta seu estilo de ser.

Hoje organizo junto com amigos uma casa de carnaval. E durante anos venho coletando as dúvidas e questionamentos de quem deseja se hospedar em Olinda. Então decidi fazer um resumo sobre o assunto.

Brincar o carnaval em uma casa ou república localizada dentro do sítio histórico de Olinda te dá a chance de viver o carnaval, no foco durante 24 horas. Você acorda, abre a janela e pronto o carnaval já está aos seus pés. Diferente de você ter que se locomover até a cidade Alta e ficar se preocupando com a volta, o transito e o horário. As distâncias entre Recife e Olinda não são grandes. Mas leve em conta que é um período festivo de alta estação. Há uma alteração nas linhas de ônibus, no fluxo e oferta de taxis e nos preços comuns aos grandes eventos festivos. É uma questão de gosto. Se você não faz parte do pessoal que deseja estar em contato com o carnaval de rua a todo momento então pode escolher de ficar hospedado em Recife ou proximidades. Caso contrário sua melhor opção é estar em Olinda.

Se você escolher uma casa localizada no Sítio histórico como o próprio nome já revela trata-se de um local com casario antigo, muito provavelmente da época colonial. Quem loca estes imóveis geralmente tem um cuidado enorme em se precaver quanto a depredação que possa vir a ocorrer. Mas deixo aqui minha visão sobre isto: Dentro de um casario da cidade alta você está dentro da história, você está vivendo entre paredes carregadas de passado. Pisando em assoalho de madeira ou cimento que referencia nossa história. Tenha respeito e seriedade no que diz respeito a tratar bem esse seu lar por alguns dias. A cidade Alta de Olinda é reconhecida como patrimônio mundial pela UNESCO.

Muitas casas possuem divisão de quartos outras oferecem vãos em comum onde são colocados colchonetes, colhões infláveis e os pertences dos foliões.
Oferecem refeições e bebidas entre outros benefícios e tem suas próprias regras de conduta e organização. Este serviço prestado para receber os foliões vem crescendo com o tempo e as casas que o oferecem vem ofertando uma gama de benefícios e serviços que a estão deixando bastantes similares entre si. Isto é bom porque com esta concorrência os serviços se padronizam e as chances de você ter uma boa experiência em uma delas aumenta. Você pode requerer informações diretamente a quem organiza a casa. Mas seria ótimo se você encontrasse alguém (pelas redes sociais) que já tenha se hospedado na casa em questão. Essa troca de idéias serve para você saber o que tem de bom e o que tem de ruim na casa. Como esta impressão varia de pessoa para pessoa você vai montando sua opinião própria sobre cada casa e aproveita aquilo que combina com seu jeito de ser e de se divertir.

Mas o que levar em conta e o que questionar?

ESTRUTURA:

Tamanho - O tamanho da casa e como ela está dividida internamente tem muita importância pois ela deve estar de acordo com a lotação. O número de pessoas tem que estar compatível com o espaço interno da casa para circulação e convivência. Uma casa pode não ter uma grande estrutura tudo bem se ela vai receber apenas 10 pessoas. Mas se uma casa de dois quartos e um banheiro tem lotação de 30 pessoas então temos um problema. Sempre pergunte o tamanho da casa e qual a lotação. Mas lembre-se Republicas não são hotéis ou pousadas. De início não se assuste com o número de pessoas. Leve em conta o tamanho da casa. Um detalhe: As casas da cidade Alta não devem ser julgadas no tamanho pela sua fachada. Muitas delas possuem uma frente pequena e singela. Mas por dentro é enorme se desdobrando em vários cômodos abrangendo uma área considerável.

Banheiros – O que ninguém questiona muito mas tem importância sem igual é a questão dos BANHEIROS. Este item tem importância enorme no quesito de bem estar. Durante quase uma semana você vai conviver com várias pessoas e compartilhar o banheiro para seu asseio e necessidades. O número de banheiros em uma casa deve estar de acordo com o número de pessoas. E lembre-se de verificar se o banheiro é completo com pia, latrina e chuveiro. A casa pode ter a estrutura que for, se não condisser com o número de banheiros de nada adianta. Você vai passar perrengue.
Não dá para precisar uma média de banheiro por foliões em uma casa por depender de muitas variáveis. Mas se uma casa tem 30 pessoas e apenas dois banheiros. Isto já é um sinal de alerta.

Água – Em alguns pontos da cidade alta pode ser que haja falta de água por determinado momento. Não é muito comum. Mas como no carnaval as casas recebem um número maior de pessoas o consumo sumenta desproporcionalmente. Isto ocasiona a possibilidade de falta da água. A prefeitura, para ajudar, deixa a vazão liberada durante todo o período da festa. Sem fazer os rodízios. Mesmo assim pode ocorrer falta de água em alguns pontos. Então questione isto. Veja quantas caixas d’agua abastecem a casa e se possui cisterna.

Divisão dos cômodos – A casa tem uma divisão em sua estrutura? Há um lugar para dormir e outro para circulação? Onde as pessoas dormem? Muitos gostam de um quarto para ter uma certa privacidade outros não se importam em dormir no mesmo cômodo com outros. Enfim questione como é a lotação dos cômodos. Como é feita e o que se considera.

Dormir em quartos distintos te garantem privacidade e, de certa forma, organização. Apenas se certifique de como é organizado a lotação do quarto, caso contrário a privacidade vai embora se você tiver que dividir com algum desconhecido. Mas ora bolas é carnaval faça amizades! Vãos comuns onde todos dormem lado a lado tem o inconveniente da privacidade, Entretanto como estão todos no mesmo “barco” a interação é maior. Enfim, vai depender do seu estilo e de como você se sente bem.

Se a casa usa todos os cômodos tais como sala, corredores cozinha para a dormida então tenha mais cautela pois é necessário que se tenha uma separação entre local de dormir e circulação comum. Você não vai querer que estes dois ambientes se misturem. Acredite você não vai querer!

LOCALIZAÇÃO:

Está ai uma característica das mais perguntadas: A casa fica no foco?
Mas o que é o foco? Para alguém que não conhece Olinda ou sua festa do carnaval fica difícil ter uma ideia disto.

É claro que a cidade e sua festa não se resumem ao que conhecemos como Cidade Alta ou Sítio histórico. Existem outros polos e focos de animações. Mas temos que aceitar que as principais troças e blocos e os principais palcos de animação estão no Sítio histórico ou próximo a ele.

Imagem

Nesta figura podemos ver dentro da linha tracejada o que podemos considerar como área foco da animação do sítio histórico. Qualquer casa localizada dentro deste perímetro está no foco da folia. É obvio que há pontos de maior aglomeração e passagem de troças como também existem áreas mais tranquilas. Cada local possui sua caracteristica própria. Com boa vontade e espírito aventureiro você pode andar por esta área e se deliciar com o carnaval de rua. A localidade ideal vai depender de você pois isto vai de encontro ao seu jeito de curtir e aproveitar a festa. Muitas pessoas também questionam sobre proximidades a farmácias, pontos de taxi, padarias etc. Segue alguns pontos e ruas das mais conhecidas Verifique se a casa fica próxima a um destes pontos:

- Mercado Eufrásio Barbosa – Inicio da Cidade Alta para quem vem de Recife. geralmente alguns palcos são montados em seu entorno e no próprio Mercado você vai ver vários shows. (Todos gratuitos)

- Quatro Cantos – “Nos Quatro Cantos cheguei e todo mundo chegou…” Alceu não falou isto ao léu. De alguma forma você vai chegar nos quatro cantos de Olinda. Ponto com animação durante 24 Horas, onde as troças se encontram.

- Alto da Sé – Lar das Tapioqueiras, um dos pontos mais altos de Olinda, parada obrigatória para contemplar a beleza da cidade a acompanhar alguns dos mais famosos blocos.

- Museu de Arte Contemporânea (MAC). Ponto de concentração conhecido na Cidade Alta.

- Rua Prudente de Morais – Uma das mais famosas ruas da cidade Alta, corredor para os quatro cantos.

- Rua quinze de Novembro – Porta de entrada para a cidade Alta, um dos principais acessos que leva direto à prefeitura. Corredor oficial de dos blocos e troças.

- Rua 27 de janeiro – Aqui a folia come solto, lar da sede da Pitombeira dos Quatro Cantos e caminho que da acesso à famosa praça João Alfredo.

- Rua do Bonfim – Conhecida como a rua da pegação. Mas sinceramente não sei se ainda ostenta este título. Famosa pelas sombras das árvores e aglomeração de foliões.

- Rua São Bento – Um dos corredores principais da folia que desemboca na prefeitura.

- Rua 13 de maio – Dos quatro cantos à São Bento a 13 de Maio vive sempre lotada. Não tem pausa. É a rua mais colorida de Olinda.

- Mercado da Ribeira – Um dos principais foco de animação da cidade Alta. Você ainda aproveita para conhecer um pouco do artesanato local em suas várias lojas.

- Rua Henrique Dias – Um dos pontos de acesso à cidade Alta, Muitas casa de carnaval ficam nesta rua. Mas não é corredor oficial dos principais blocos de carnaval.

- Largo do Amparo – Próximo da casa do Homem da meia noite, próximo aos quatro cantos. Onde as raízes do marins se encontram, Não deixe de ir na Bodega do Veio, ou comprar uma garrafa de Pau do Índio no Seu Cardoso. Dê uma esticada no Bomsucesso e no Guadalupe. Roots!

- Praça do Carmo – A praça de alimentação da cidade Alta. Geralmente as barracas de refeiçoes e lanches se concentram lá. Palcos também são armados neste local. Visite o Xinxim da baiana e coma uma mega sanduiche o Sargação.

BENEFÍCIOS

Como citei acima com o passar dos tempos as casas começaram a padronizar os seus benefícios e a grande maioria das principais oferecem quase a mesma coisa. Mas é preciso prestar atenção em como isto é oferecido, muitas vezes sempre resta algo nas entrelinhas no que diz respeito à qualidade e quantidade. Então seria muito bom se informar com pessoas que já brincaram nestas casas sobre os benefícios oferecidos. Entre alguns podemos citar:

– Refeições na própria casa.
– Bebidas como cerveja, Vodca, Cachaça, Uísque e até energéticos.
– Festas internas para confraternização da turma
– Shows particulares de alguma banda local.
– Participação no bloco da casa ( Se esta tiver um)
– Camisas e adereços.
– Serviços de segurança e limpeza.
– Eventos folclóricos próprios da casa.
– Translado
– Brindes e similares.

- Alimentação.
A maioria das casas oferecem refeições. É bom questionar a procedência da comida. É preparada na própria casa? O serviço é terceirizado? É feito no dia? Quais as refeições que são servidas? Quantas são? Existe política de horário? Estas são algumas informações que voce pode colher com referencia à alimentação. Nem preciso alertar para a qualidade e o tipo do alimento que é oferecido na casa (Caso haja) pois isto está ligado diretamente ao seu bem estar e como você vai estar para curtir a folia. Seu tempo é curto e tudo que você menos deseja é um desarranjo intestinal ou algo do gênero.

- bebidas. Quais são oferecidas? Como é gelada? Qual a diversidade e se existe política para a distribuição.
Considero este benefício de suma importância!!!!!

- Shows, eventos, Blocos, brindes etc. Questione a pessoas que já brincaram na casa como são estes eventos e se realmente cumprem o que promete.

SEGURANÇA

Em uma casa ou Republica no carnaval de Olinda é muito importante ter pessoas responsáveis pela segurança da casa. Afinal muitos dos foliões vão trazer pertences de valor e numerário para o carnaval. Vão deixar dentro de suas malas e mochilas e esperam que nao sejam furtados. Sempre se atenha de como a segurança da casa é feita até que horas há vigilância. Como é o controle de acesso à casa (Crachá, Pulseira, lista etc). E mais uma vez tente saber sobre algum evento envolvendo segurança na casa com pessoas que já se hospedaram lá.

Lembre-se que a segurança da casa tende a proteger e atentar para eventos no interior do ressinto. Nas ruas você deve se precaver com bolsos internos e bom senso no uso de eletrônicos no meio da folia. Uma boa dica é sempre sair em grupo e nunca se aventurar em locais ermos e que você não conhece em horários de pouco movimento.

MÍDIA E DIVULGAÇÃO

Como você ficou sabendo da casa? Muito provavelmente pela internet ou por alguém que já brincou lá.

Mas a casa possui um canal aberto com o folião? Onde você possa ter uma idéia de como é a estrutura da casa e o que ela oferece? Há espaço aberto para críticas e sugestões? Telefones, e-mails de contatos? Quanto mais informação e meios de comunicação você colher sobre uma casa, melhor. Você vai precisar disto antes para ajudar em sua escolha e depois para poder deixar seu comentário sobre a experiência. Isto é muito importante para outros que vão se aventurar neste mesmo estilo no carnaval de rua. Então verifique:

Site oficial da casa – Veja se no site há as principais informações sobre a casa.

Grupo e Fan Page no Facebook (Muito bom para a parte de você entrar em contato com alguém que já se hospedou na casa).

Questionários de cadastramento e/ou espaços para críticas e sugestões. Se uma casa oferece este canal já tenha em mente que ela deseja saber o que você acha ou achou de sua experiência já com o intuito de melhorar futuramente.

Quanto mais informações e formas de contato uma casa deixar disponível seja com sites, ou Redes sociais mais transparência você tem nas informações. Quanto menos dados você tiver disponível não é que você esteja entrando em uma roubada. Apenas vai requerer mais cuidado e investigação para ter tranquilidade em sua folia

Depoimentos em fóruns que trata de viagens e experiências entre viajantes: Dê uma busca pela internet, busque informações sobre pessoas que já viajaram para Olinda e curtiram seu carnaval. Com sorte, além de você ficar melhor informado pode achar algo sobre a casa em questão.

É muito importante você relatar a sua experiência no carnaval, seja no seu facebook, blog ou no boca a boca com seus conhecidos. Se a casa dá espaço para sua opinião e sugestão divulgue sua experiência no canal isto vai ajudar na decisão de outros foliões como você na escolha de como ele vai brincar o carnaval em Pernambuco.

PREÇOS

Como já citado, devido a uma certa padronização dos serviços e benefícios oferecidos nada mais comum que os preços também girem em torno de um valor comum.

Há casas que dão um valor único para a estadia. Outras subdividem de acordo com tipo de quarto a ser ocupado ou mesmo de acordo com o benefício que você deseja. Enfim vale aqui a dica que você usa para comprar seus insumos e mercadorias em geral. O preço maior realmente oferece vantagens quanto aos outros praticados? A diferença é questionável? Se a maioria das casas oferecem a mesma gama de benefícios e tem uma com um valor bem inferior… desconfie. Vale questionar como já falei acima sobre o que é oferecido, como é oferecido e quanto é oferecido. Mas lembre-se procure ser sensato neste ponto, economize quando tiver certeza de estar considerando tudo que voce valoriza. Muitas vezes você pode colocar toda sua experiência a perder devido a uma má escolha baseada em uma economia inconsequente. Não é uma viagem que fazemos todo dia então cautela neste ponto.

ESTADIA

Isto deve compreender o tempo que você terá direito a usufruir de tudo que a casa oferece e até quando você pode ficar hospedado na casa. O período da estadia deve estar bem definido e não deixar margens para NENHUMA DÚVIDA. Porque ai está incluso questões de horários de voos e outras responsabilidades de agenda do folião. Antes, durante e depois do carnaval.

Data de início das atividades: Se informe quando você pode chegar na casa. Algumas vezes esta data pode não ser a data de início das atividades e sim a data que você pode dormir nela. A maioria das casas inicia suas atividades no Sábado de Zé Pereira com o café da manhã.

Data de termino das atividades: É a data que a casa para de oferecer os benefícios, pode não coincidir com a data que você deve deixar a casa. Mais uma vez se informe de uma forma de que não deixe dúvidas quanto a isto. Geralmente as casas terminam suas atividades na Quarta-feira de cinzas.

TRANSLADO

AEROPORTO – Fica há mais ou menos 16 Km da cidade Alta de Olinda. Um taxi pode ficar em torno de R$ 55,00 a R$ 65,00 reais. Há uma opção de você entrar na passarela que dá acesso à estação do metrô e se locomover para a Estação central do Recife. Lá você pode pegar um taxi para Olinda. O custo pode cair pela metade. Se desejar pegar um ônibus, tudo bem. Mas se estiver em grupo, fica mais prático e com melhor custo x benefício ir de taxi.

Caso venha pela Rodoviária, a melhor opção é pegar o metrô, descer na estação central e de lá pegar um taxi para Olinda.

CARNAVAL EM OLINDA



Então você está em Olinda e vai curtir o carnaval. Olha não importa o quão bom é a casa que você está, sua estrutura, benefícios etc. O carnaval de Olinda é um carnaval de RUA. É lá que as coisas acontecem. Ter um ponto de apoio com refeições e bebidas liberadas é muito bom. Mas não resuma seu carnaval a ficar apenas na casa. Dependendo de sua localidade as troças e blocos até passarão na sua frente. Mas nada te deixará com mais vivência e satisfação de viver algo novo e repleto de folclore do que se aventurar pelas ladeiras e ruelas de Olinda. Vá desbravar a cidade Alta, provar das beberagens e brincadeiras que ocorrem em cada esquina e ruela do sítio histórico. Faça valer seu investimento em tempo e dinheiro. Dê um presente a você mesmo de conhecimento e experiência. Você vai estar no maior e melhor carnaval de rua do Mundo. Com preços de atrações e shows na maioria das vezes gratuitos. Basta que você se aventure rua afora! Tá esperando o que?


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes