Está procurando companhia para fazer uma trilha ou travessia? Abra seu tópico aqui!
#578034 por Felipe Santos
20 Abr 2011, 12:39
Galera,
Já tem um tempo que estou programando ir para Intervales (a 3 meses exatamente) e consegui reservar 4 vagas la, para eu e mais três amigos...

Porem, de ultima hora, dois deles, por motivos particulares, resolveram que não vão poder ir, então, estou colocando a disposição essas duas vagas para quem quizer ir, para quem não tem programa para fazer nesse feriadão.

Como muitos sabem, existe uma grande dificuldade de se conseguir vagas neste parque por ser muito procurado, também, pudera, o lugar é simplesmente magnífico:

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem


Declarado pela UNESCO como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade, o Intervales está fisicamente ligado ao Carlos Botelho, ao Alto Ribeira - PETAR e à estação ecológica de Xitué, num total de 200 mil hectares.

O Parque conta com uma area com um pouco mais de 41 mil hectares, com uma das mais preservadas reservas contínuas de remanescentes da mata atlântica do país.

Pela diversidade de espécies, Intervales recebe com frequência turistas do mundo inteiro interessados no avistamento de aves endêmicas da Mata Atlântica, como a araponga, a choca-da-taquara, a choquinha-de-dorso-vermelho, a jacutinga, o matracão, a saíra-sete-cores, o tangará, o tucano-de-bico-verde e o uru.

Cachoeira das Pedrinhas: uma cachoeira muito bonita. Os onze primeiros quilômetros desta trilha são feitos de carro, por uma estrada que dá acesso a uma Base de Vigilância do Parque, denominada São Pedro. O restante (seis quilômetros) da trilha se fazem a pé. Durante o percurso observam-se pegadas de animais e uma bela vegetação (mata primária).
Cachoeira do Mirante: nos seus 4km de percurso é comum a presença de samambaias, bromélias e samambaias-açu, que ladeiam o percurso que pode ser prolongado, acompanhando o curso do rio, bastante raso e pedregoso.
Cachoeira da Água Comprida: durante a caminhada podem-se observar palmitos e animais como o bugio e o macaco-prego, além de aves, bromélias e orquídeas. Parte do trajeto é percorrido num riacho de onde se observa a mata primária.
Caminho dos lagos: durante o percurso, observa-se o Morro do Cruzeiro com seus bancos e altar, formando uma igreja a céu aberto. No ponto final de um dos lagos, caminha-se por uma pequena trilha que dá acesso a uma construção antiga, não terminada: o Castelo de Pedra.
Gruta da Mão: a caminhada por esta trilha leva a uma gruta de pequenas dimensões. Nas proximidades observa-se uma figueira de 20 metros de altura, cujas raízes lembram troncos de árvores.
Gruta do Zé Maneco: depois de uma longa caminhada, chega-se a uma gruta com formações calcárias características, além de salões. Há possibilidade de ver durante o percurso, animais como o bugio, macaco-prego, veado, anta e outros.
Gruta Jane Mansfield: esta gruta possui várias formações calcáreas. Para se ter acesso ao seu interior, é preciso passar por um riacho que corta a boca da gruta. Em seu interior encontra-se uma bica d'água e um grande salão.
Gruta do Minotauro: leva a uma gruta com várias formações calcárias, labirintos e salões; um riacho que passa por dentro da gruta. Durante o percurso, pode-se observar a ocorrências de jacu-guaçus, pica-paus e serelepes, além de diversas espécies de plantas.
Gruta Colorida: leva a uma gruta com várias formações calcárias. No interior da gruta, alguns trechos são percorridos dentro de um riacho.
Gruta do Tatu: é uma gruta úmida, com pequenas dimensões e poucas formações.
Gruta do Fogo: durante o trajeto são comuns os afloramentos rochosos. Na entrada da gruta, as rochas calcárias são revestidas em grande parte por líquens, avencas e begônias. No seu interior há várias formações como estalactites, estalagmites, couves-flores e chão de estrelas.
Observação de pássaros: a região abriga muitas espécies de aves endêmicas da Mata Atlântica, um verdadeiro espetáculo para os aficcionados em observação de pássaros, encontram-se nessa área: araponga, choca-da-taquara, choquinha-de-dorso-vermelho, jacutinga, matracão, saíra-sete-cores, tangará, tucano-de-bico-verde e uru. Podem ser observadas aves que ocorrem na baixada, como o tié-sangue e, nas áreas mais altas, espécies como o corocochó e a coruja-listrada. Mais informações, clique aqui.
Trilha da Caçadinha: nessa trilha observa-se a diferença entre mata primária e secundária. No trecho do Rio Água Comprida, destacam-se samambaias-açu, pleitos, xaxins e árvores de grande porte. É possível encontrar animais ou vestígios de anta, veado, cachorro-do-mato e jaguatirica. Essa trilha é uma segunda opção de caminhada para a Cachoeira do Mirante.
Trilha da Espia: leva a uma torre de madeira com 10m de altura. Comporta 20 pessoas, oferecendo uma visão geral da vegetação ao redor e, eventualmente, observação de animais. Nessa trilha é comum a presença de bromélias e orquídeas, além de aves e vestígios de animais.
Trilha da Roda d'Água: um regato alimenta a roda d'água, que pode ser vista funcionando. Durante o trajeto, observa-se bromélias, samambaias, xaxins, pássaros e pegadas de animais.
Trilha do Mirante da Anta: leva a um dos pontos mais altos da área da Sede do Parque. Durante o percurso, obsrvam-se árvores de grande porte, bromélias e orquídeas, além de aves como macucos, nambus, tucanos e outras.
Trilha do Palmito: durante o seu trajeto, pode-se observar um viveiro de palmitos, espécie em extinção. A trilha leva, ainda, a Casa do Artesão, onde era confeccionado o artesanato local, e a Capela de Santo Ignácio de Loyola, onde periodicamente são celebradas missas.



iremos ficar hospedado na Pousada do proprio parque, a Pousada Onça Pintada, e tem toda a infra estrutura:
Imagem

quanto a valores:
POUSADA:
R$-112,50/pessoa para os 4 dias (21,22,23 e 24)
R$-126,00/pessoa de alimentação (em feriados, eles trabalham com pacote fechado de alimentação, que está incluso todas as alimentações desde o almoço dia dia 21 à janta do dia 24, passando pelo café da manhã tambem... tendo em vista as refeições são 15,00 reais, está em um preço bom)
R$-40,00/pessoa para o uso do guia nos 4 dias (R$-10,00/dia/pessoa)
totalizando R$-278,50

TRANSPORTE:
Iremos de carro, onde iremos ratear o combustivel e o pedágio ( serão 600km ida e volta - celta 1.0, economico - 12km/l, e pedagio) quanto a esse valor, dependerá do numero de pessoas que vão (eu e a Andressa é certeza)

sairemos amanhã (dia 21/04) as 7:30 da manhã e voltaremos na tarde de domingo

quem tiver real interesse, favor entrar em contato


abraços

#578097 por Felipe Santos
20 Abr 2011, 15:53
Lilyleite escreveu:Oi Felipe, está bem em cima da hora mas eu me interessei pelo passeio. Queria obter mais detalhes


sim Lily, realmente está, e isso acabou quebrando as pernas, pois só fiquei sabendo ontem que o casal não iria mais...

me adiciona no msn para podermos conversar melhor:
teambaleiros_som_e_tuning@hotmail.com


estamos saindo daqui da capital de São Paulo
#578121 por Felipe Santos
20 Abr 2011, 16:41
segue o valor da gasolina:

600km (ida e volta)
dividido por 12 km/l (consumo do carro) = 50 litros
50 litros x 2,45 (preço do litro de combustivel) = 123,00

esse valor somado ao pedágio será dividido pelo numero de ocupantes do carro.
#583523 por Mirtes ST
05 Mai 2011, 19:43
Felipe Santos escreveu:segue o valor da gasolina:

600km (ida e volta)
dividido por 12 km/l (consumo do carro) = 50 litros
50 litros x 2,45 (preço do litro de combustivel) = 123,00

esse valor somado ao pedágio será dividido pelo numero de ocupantes do carro.



Felipe... já fui 2 vezes p/Intervales.....e fui de ônibus...mas acho que os seu calculo p/consumo de combustível está meio fora do orçamento,
De Riberão Grande até a entrada do núcleo vc. terá qyue pegar uma estrada de terra e percorrer por 25 km, se não me engano...é um bom trecho de terra que vc. não consegue desenvolver velocidade e nem fazer economia de combustível. E do jeito que o combustível subiu, não sei qual combustível vc. fez o calculo, mas acho que se for gasosa, não dará. A gasosa naquela região é muito + cara e vc terá que abastecer p/voltar. Mesmo aqui e SP, não consigo + abastecer a R$2,45 c/gasosa de boa qualidade, Meia viagem, vc. terá que abastecer com combutível bem + caro.
#583604 por Felipe Santos
05 Mai 2011, 23:42
Mirtes ST escreveu:
Felipe Santos escreveu:segue o valor da gasolina:

600km (ida e volta)
dividido por 12 km/l (consumo do carro) = 50 litros
50 litros x 2,45 (preço do litro de combustivel) = 123,00

esse valor somado ao pedágio será dividido pelo numero de ocupantes do carro.



Felipe... já fui 2 vezes p/Intervales.....e fui de ônibus...mas acho que os seu calculo p/consumo de combustível está meio fora do orçamento,
De Riberão Grande até a entrada do núcleo vc. terá qyue pegar uma estrada de terra e percorrer por 25 km, se não me engano...é um bom trecho de terra que vc. não consegue desenvolver velocidade e nem fazer economia de combustível. E do jeito que o combustível subiu, não sei qual combustível vc. fez o calculo, mas acho que se for gasosa, não dará. A gasosa naquela região é muito + cara e vc terá que abastecer p/voltar. Mesmo aqui e SP, não consigo + abastecer a R$2,45 c/gasosa de boa qualidade, Meia viagem, vc. terá que abastecer com combutível bem + caro.


é, então...
olha o que aconteceu...

estavamos programando desde fevereiro a ida, e, por enquanto, iamos apenas eu e a Andressa, e estavamos a procura de mais duas pessoas para dividir as despesas e tudo mais.
os calculos como a distancia por exemplo, estavamos calculando em base do que um amigo nos passou, e os valores de combustivel era tambem de Fevereiro (meu posto não vive mudando de valor então, normalmente, sempre que abasteço la, encontraria o mesmo valor) enfim...

e, assim que conseguimos as duas pessoas a gasolina aumentou (2,79), e pensei: "bom, deixa o valor anterior mesmo, qualquer coisa, abraço o preju mesmo e eras, valor este que nem ia aumentar muito o meu orçamento e nem era nada assim, pois para quem ia para Intervales sozinho, de onibus e depois pegar um taxi para levar até o parque.... dividir as despesas com mais 3 pessoas e de carro, estava muito bom...

porem, naqueles preparativos pré-viagem (pesquisas mais a fundo, busca no google earth e coisa e tal) foi que começei a pesquisar exatamente a distancia do ponto A ao ponto B, e vi que esta distancia de 600km (ida e volta) na verdade, era menos que isso, constatado depois no hodometro do carro...

no final... fomos e voltamos com uma pequena diferença de valores, de 123,00 foi para 130,00; diferença esta que, na verdade, acho que teve mais por causa do transito mesmo e pela estradinha de terra, senão, ficaria elas por elas.


chegamos a intervales com meio tanque e, na volta, apenas abasteci o carro em Capão Bonito, em um posto BR que tinha la (o mais bonito e o mais movimentado que tem no caminho de volta, pois os seus vizinhos com o mesmo valor, muito muito, tinha um ou dois carros apenas), se não me engano, por R$-2,75 o litro (não diferente disso)... por não saber exatamente como estaria o transito na estrada, pois a intenção era apenas abastecer em Itapetininga ou Tatui...mas... como não tinhamos acesso a ondas de radio e nem celular, e, voltando no ultimo dia de um belo feriadão prolongado, era só questão de tempo para pegarmos um transito no meio do caminho e ficarmos sem gasolina na estrada (na ida até la, tinhamos colocado apenas R$-100,00 dos R$-123,00 previstos...), coloquei mais R$-30,00, e deu tudo certo


e.... lembrando...
o pacote alimentação eles nos falaram 126,00; este pacote era só café da manhã, almoço e janta... bebidas e lanche de trilha seriam cobrados a parte...
no final, o pacote alimentação + lanche da trilha + bebidas, deu 124,00 no total; não entendi a conta que ela fez, te juro; ou a moça la de intervales, no momento da minha reserva se enganou em algo, pois o lanche da trilha ja estava incluso no pacote alimentação (se eu soubesse, tinha pedido todos os dias hehehe)
#583974 por Mirtes ST
06 Mai 2011, 22:20
Oi Felipe....gostou do Intervales? Fez as trilhas do passaporte ou as trilhas alternativas?
Trilhas que já fiz até agora: Divisor da Águas, do Mirante, Cachoeira do Arcão, Grutas Luminosa e do Paiva, Gruta do Cipó e Colorida e Cachoeira do Mirante. São trilhas que valem a pena.
Ajudei a turma do Rumo elaborar as 3 viagens p/aquele núcleo e fui em duas.
A última que fiz, foi no final de março. O almoço ou janta estava R$15,00 e o café da manhã 7,00... bebidas foram à parte. Todas as vezes, dispenso o almoço, pois ficamos o dia inteiro na trilha, exceto no último dia, que após o almoço, retornamos p/SP. O que faço questão, é do café da manhã do dia da chegada, pois geralmente viajamos durante a noite p/chegarmos de manhã cedinho. Toma-se um café reforçado e logo em seguida, vai p/as trilhas.
#584325 por Felipe Santos
08 Mai 2011, 13:14
Mirtes ST escreveu:Oi Felipe....gostou do Intervales? Fez as trilhas do passaporte ou as trilhas alternativas?
Trilhas que já fiz até agora: Divisor da Águas, do Mirante, Cachoeira do Arcão, Grutas Luminosa e do Paiva, Gruta do Cipó e Colorida e Cachoeira do Mirante. São trilhas que valem a pena.
Ajudei a turma do Rumo elaborar as 3 viagens p/aquele núcleo e fui em duas.
A última que fiz, foi no final de março. O almoço ou janta estava R$15,00 e o café da manhã 7,00... bebidas foram à parte. Todas as vezes, dispenso o almoço, pois ficamos o dia inteiro na trilha, exceto no último dia, que após o almoço, retornamos p/SP. O que faço questão, é do café da manhã do dia da chegada, pois geralmente viajamos durante a noite p/chegarmos de manhã cedinho. Toma-se um café reforçado e logo em seguida, vai p/as trilhas.



adorei la, pretendo voltar para pasar um fds la, ficar mais de boa
encontramos muitos bichos por la hehehe

fizemos apenas estes:
Trilhas do Divisor das Aguas e do Mirante da Anta; Gruta do Fogo, Gruta da Santa, Gruta Jane Mansfield (liberaram pra gente pois segundo eles, não faz parte do divisor de aguas), Gruta do Fendão, Gruta da Mãozinha, Gruta dos Paivas, Gruta Luminosa, Cachoeira do Arcão, Trilha do cruzeiro, Trilha Caminho do Lago

eramos para ter feito tambem a Gruta do Cipó, a Colorida e Cachoeira do Mirante neste mesmo feriadão mas, não fizemos por alguns motivos:
o primeiro e fatídico, foi que perdemos o dia inteiro de quinta feira para chegar até la por causa do transito que enfrentamos na Castelo até um pouco antes de Jandira, levamos 10 horas para chegar em intervales.

e o ultimo dia, pois ja estavamos completamente acabados, resolvemos ficar mais de boa e apenas fazer apenas a trilha do mirante da Anta e passear pelo parque mesmo, mas... eramos para fazer outras junto, pois a intensão era sair de la as 19:00hs exatamente para não pegar transito pois, neste dia, o tempo virou, esfriou, garoou, e muita gente com certeza, foi embora no sabado a noite e domingo de manhã, e, de fato, saindo neste horario, não pegamos sequer um pingo de transito.

Imagem
Editado pela última vez por Felipe Santos em 16 Jun 2011, 15:26, em um total de 1 vez.
#584922 por Mirtes ST
09 Mai 2011, 19:37
Aff....10 horas para chegar ao Intervales, ninguém merece!!!
Parabéns pela coragem e perseverança de fazer as trilhas, mesmo após 10 horas de viagem.
Também pretendo voltar p/fazer a gruta Jane Mansfield e repetir o Fendão e a Cachoeira do Mirante.
#599337 por Felipe Santos
12 Jun 2011, 13:28
Mirtes ST escreveu:Aff....10 horas para chegar ao Intervales, ninguém merece!!!
Parabéns pela coragem e perseverança de fazer as trilhas, mesmo após 10 horas de viagem.
Também pretendo voltar p/fazer a gruta Jane Mansfield e repetir o Fendão e a Cachoeira do Mirante.



só marcar,
fechamos um carro com 4 pessoas e vamos que vamos hehehe

para se ir na Jane Mansfield, fazem um pequeno desvio no caminho do Divisor das Aguas, entre a Gruta da Santa e a do Fendão, em um pequeno riozinho acima (aquele da gruta da Santa)

e na ida do Fendão, fizeram um outro pequeno desvio para irmos à Grande Figueira-Amarela de mais de 500 anos.

Lógico, o desvio para a Jane foi uma surpresa pra gente, nem tinhamos idéia disso... porem, o nosso guia, Sr. Eliseu, onde, conversando depois com os outros guias do parque, percebi que era o mais experiente de la e que nos acompanhava no Divisor das Aguas, vendo que o grupo que eu e a Dressa estavamos estava em um excelente ritmo (eram só 6 pessoas), resolveu fazer este desvio... e só depois que ele contou a historia é que descobri porque ele fez o desvio: em 1989, o proprio Sr. Eliseu descobriu esta caverna, e por isso, claro que ele queria mostrar o feito dele.

Imagem
Sr. Eliseu e, ao fundo, a entrada da Jane Mansfield

a Entrada da Jane é um pouco complicada, a caverna não é seca, e nos primeiros 10 metros ela é bastante baixa e apertada (1,20mts de altura mais ou menos), te obrigando a ir de cócoras e se molhando da cintura pra baixo
10 metros é pouco... mas...de cócoras é uma eternidade heheh, no final vc vai estar com penas toda dolorida heheheh


então fica a dica: se pretende fazer a Jane e a do Fendão de novo, faça novamente a divisor de aguas, e, de preferencia com o Sr. Eliseu pois muito provavelmente ele irá fazer este desvio...
#601447 por Mirtes ST
16 Jun 2011, 15:05
Obrigada pelas dicas, Felipe. Conforme o número de pessoas no grupo e preparo destes, o guia consegue mostrar além do programado. Foi também com a minha turma quando fiz a Cach. do Arcão, Gruta Luminosa e Gruta do Paiva (20 km/cerca de 9 horas). Para essa rota, só levaria pessoas com ritmo em trilhas, pois não daria para levar pessoas não preparadas em travessias longas, a não ser que faça parte delas em veículos até a entrada das cavernas e mesmo assim, não saberia dizer se há possibilidade de fazer os 3 pontos através de estradas, mas diga-se de passagem....para mim, o encanto de fazer as trilhas está em poder andar no mato, no meio dos rios e cavernas, sentindo as dificuldades de transpor cada etapa, com segurança, sem usufruir dos meios cômodos que a tecnologia nos oferece.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes