Troca de informações sobre a Argentina, o país dos 5 continentes. Neve, montanhas, desertos, pântanos e cidades maravilhosas.
#1184940 por pauloperuna
03 Mai 2016, 12:15
Oi Juliad

Muito obrigado pela dica. Eu andei olhando no google maps e vi que é possível chegar de ônibus a várias vinícolas, por isso pensei em economizar a grana do remis e gastar com vinhos. O meu plano é fazer 3 vinícolas por dia, por exemplo em Maipú eu vi que dá pra chegar na Bodega Lopez de trem ou bus muito facilmente, de lá eu pegaria um taxi até a CarinaE e da CarinaE mais um taxi até uma outra (minha esposa não é fã de andar de bike), em Lujan de Cuyo pensei num esquema parecido, o ônibus passa na porta da Lagarde por exemplo. Meu receio é só a segurança nos bus e o tempo para conseguir o táxi depois da visita. Em algumas bodegas vou fazer só a degustação, sem fazer a visita, então acho que vai dar pra fazer 3 vinícolas por dia. Sua informação ajudou e me animou bastante.

#1184962 por pauloperuna
03 Mai 2016, 13:13
Oi Juliad

Olhando agora no Google maps vi que a Andeluna, a La Azul e a Salentien ficam bem próximas uma da outra e ficam mais próximas de Tupungato que de Tunuyan. Acho que vale a pena pegar o ônibus até Tupungato e de lá pegar um taxi e conhecer essas 3 bodegas.

Alguém confirma se elas são mesmo próximas entre si? E se é possível pegar um táxi de Tupungato até elas?

Agradeço a ajuda.
#1185159 por juliad
04 Mai 2016, 01:22
Olá, Paulo!
Então, você é tão fã de vinho assim para visitar tantas vinículas? Digo isso porque eu sou e confesso que depois da segunda ou terceira, tudo fica muito parecido...Minha sugestão para você não achar tudo repetitivo é escolher uma vinícula mais "caseira", uma mais "industrial" e uma "boutique". Depois disso, eu só iria nelas para curtir o ambiente e tomar uma ou duas taças...
Veja, você não precisa fazer a visita formal para curtir o ambiente...em muitas delas você pode ir até o bar e fazer uma pequena degustação =)

Sobre Tupungato ou Tunuyan, não saberia dizer qual das duas cidades seria melhor. Ambas são pequenas e praticamente não tem turistas - a locomoção entre elas e até as viniculas, infelizmente, precisa ser feita de taxi. De qualquer maneira, acho que o APICE de uma viagem à mendoza é o Vale do Uco. As vistas dos Andes são impressionantes - dá pra ver o Tupungato, que é um vulcão, bem de perto. É mais chato chegar, mais caro se locomover mas garanto que não vai se arrepender não
#1185468 por pauloperuna
05 Mai 2016, 09:41
juliad escreveu:Olá, Paulo!
Então, você é tão fã de vinho assim para visitar tantas vinículas? Digo isso porque eu sou e confesso que depois da segunda ou terceira, tudo fica muito parecido...Minha sugestão para você não achar tudo repetitivo é escolher uma vinícula mais "caseira", uma mais "industrial" e uma "boutique". Depois disso, eu só iria nelas para curtir o ambiente e tomar uma ou duas taças...
Veja, você não precisa fazer a visita formal para curtir o ambiente...em muitas delas você pode ir até o bar e fazer uma pequena degustação =)

Sobre Tupungato ou Tunuyan, não saberia dizer qual das duas cidades seria melhor. Ambas são pequenas e praticamente não tem turistas - a locomoção entre elas e até as viniculas, infelizmente, precisa ser feita de taxi. De qualquer maneira, acho que o APICE de uma viagem à mendoza é o Vale do Uco. As vistas dos Andes são impressionantes - dá pra ver o Tupungato, que é um vulcão, bem de perto. É mais chato chegar, mais caro se locomover mas garanto que não vai se arrepender não



Oi Juliad

Eu não vou fazer a visita em todas não, na maioria será só a degustação mesmo, dois pontos que me interessam são a sala de aromas da Belasco de Baquedano e provar o vinho durante o processo de fabricação, assim vou definir as vinícolas que me permitam essas experiências. O Valle del Uco com certeza fará parte do meu roteiro, minha dúvida é se de Tupungato eu consigo táxi para chegar às vinícolas. Pensei em visitar a Andeluna, a La Azul e Salentein que são (segundo o Google maps) bem próximas, assim eu iria de bus a Tupungato e de lá pegava um táxi até as vinícolas e visitaria a Salentein, depois a Andeluna e por fim almoçaria na La Azul.

Suas dicas são ótimas e me ajudam muito, muito obrigado. Um abraço.
#1185478 por pauloperuna
05 Mai 2016, 10:11
Oi Juliad

Outra opção bem próxima é a Domaine Bousquet. Acho que dá até pra visitar as 4 num dia só, isso fazendo visita apenas em uma delas e almoçando na La Azul. Acho que o Valle del Uco está quase resolvido. Vou decidir agora Lujan e Maipú.
#1185507 por juliad
05 Mai 2016, 11:40
Eu queria ter ido nessa sala aromática da baquedano, fiquei muito chateada que perdi isso =(
no final fiz um passeio parecido no Museu do Vinho do Porto em Portugal ano passado e a minha frustração diminuiu um pouco haha

Infelizmente não consigo falar sobre Tupungato. Quando estive, segui de ônibus até Tunuyan e de lá peguei um taxi (tinham alguns disponíveis na rodoviária).
Uma coisa que acho importante ressaltar é quanto à siesta: nestas cidades menores, é uma realidade e a cidade fica DESERTA num período entre 14/17h.

Minha última sugestão no Uco seria o famoso restaurante Siete Fuegos, do baladado chef Francis Mallmann. Não fui, mas parece ser de tirar o fôlego.

fico feliz em conseguir ajudar. Mendoza foi uma ótima surpresa para mim...uma região agradabilíssima =)
#1185648 por pauloperuna
05 Mai 2016, 22:12
Oi Juliad

Pelo que vi no Google maps as bodegas que escolhi, estão bem mais próximas de Tupungato, então vou seguir o esquema que você fez, indo de ônibus cedinho de Mendoza a tupungato e de lá pego o táxi até as Vinícolas. Quanto a sua dica do Siete Fuegos, parece mesmo muito bom, mas está longe das bodegas, vou visitar o 1884 em Mendoza. Depois dessa viagem vou planejar uma visita pela Europa Central e já sei que vou te abusar de novo. Um abraço e mais uma vez obrigado.
#1186472 por gustavofgt
09 Mai 2016, 16:05
ines.vieira escreveu:Galera, alguém viu preços ou esquiou em Los Penitentes por aqui? Tô indo agora em Julho pra o Uruguai, Argentina e Chile e quero dar uma esquiada de iniciante, mas Valle Nevado é caro demais!

Olá, Inês. Fiz pergunta parecida no início do mês passado, mas aparentemente ninguem conhece a estação de Los Penitentes.
Após muitas pesquisas online e conversando com um argentino da minha empresa que possui parentes em San Rafael, acabei optando por ir para Las Lenas, por ser uma estação maior e possuir melhor infra estrutura. Mas o foco da minha viagem é ski/snowboard, por isso a escolha. Se fosse para um ou dois dias apenas de ski, acabaria optando por Los Penitentes mesmo, por ser cerca de 15%-20% mais barato. No início desse mês eles liberaram as tarifas de preços de 2016:
Los Penitentes: http://www.mendozaski.com/penitentes/tarifas/
Las Lenas: https://www.laslenas.com/esp/tarifas/pases.php
#1186609 por juliad
09 Mai 2016, 23:15
pauloperuna escreveu:Oi Juliad

Pelo que vi no Google maps as bodegas que escolhi, estão bem mais próximas de Tupungato, então vou seguir o esquema que você fez, indo de ônibus cedinho de Mendoza a tupungato e de lá pego o táxi até as Vinícolas. Quanto a sua dica do Siete Fuegos, parece mesmo muito bom, mas está longe das bodegas, vou visitar o 1884 em Mendoza. Depois dessa viagem vou planejar uma visita pela Europa Central e já sei que vou te abusar de novo. Um abraço e mais uma vez obrigado.


Não esquece de mandar o relato aqui na volta, hein? e pode abusar à vontade =)
#1187512 por leocaetano
13 Mai 2016, 18:55
Gustavo e Inês,

Minha experiência com Los Penitentes foi estranha. Em uma das viagens que fiz a Mendoza no inverno, tentei ir lá para esquiar, mas a estação estava fechada e naquele ano me informaram que a estação tinha ficado aberto por menos de um mês somente. Que não tem sido a estação de esqui mais bem favorecida... Passei por lá só de passagem naquela vez.

Na outra vez que estive por lá, não era inverno, mas tinha pego um passeio pela cordilheira que fazia uma parada lá. Acabei dando um rolé por lá. A impressão que tive foi de que era uma estação pequena (fica no meio de uma área do exército). E até pelo que pelas pessoas me falaram por lá, se quiser viajar pra esquiar mais de um dia, é melhor ir pra Las Leñas mesmo. É longe e caro, mas pode valer a pena.

Abs
#1189070 por mirellampsouza
19 Mai 2016, 15:38
juliad escreveu:Olá, Paulo!
Então, você é tão fã de vinho assim para visitar tantas vinículas? Digo isso porque eu sou e confesso que depois da segunda ou terceira, tudo fica muito parecido...Minha sugestão para você não achar tudo repetitivo é escolher uma vinícula mais "caseira", uma mais "industrial" e uma "boutique". Depois disso, eu só iria nelas para curtir o ambiente e tomar uma ou duas taças...
Veja, você não precisa fazer a visita formal para curtir o ambiente...em muitas delas você pode ir até o bar e fazer uma pequena degustação =)

Sobre Tupungato ou Tunuyan, não saberia dizer qual das duas cidades seria melhor. Ambas são pequenas e praticamente não tem turistas - a locomoção entre elas e até as viniculas, infelizmente, precisa ser feita de taxi. De qualquer maneira, acho que o APICE de uma viagem à mendoza é o Vale do Uco. As vistas dos Andes são impressionantes - dá pra ver o Tupungato, que é um vulcão, bem de perto. É mais chato chegar, mais caro se locomover mas garanto que não vai se arrepender não


Oi Julia! Aluguei um carro para fazer os passeios das vinícolas, tenho um dia para isso! Adorei a sua dica, queria conhecer uma mais industrial, uma mais familiar e almoçar na terceira e ultima! vc tem sugestões de quais seriam melhor? e mais em conta tb! Estou disposta a ir até o Valle de Uco!! :)

Usuários navegando neste fórum: Alana Emme e 2 visitantes