Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
#1207724 por barbara_dbarbosa
02 Ago 2016, 22:40
Roteiro Bolívia – Chile – Peru (Abril 2016)

Bom, meu roteiro é basicamente igual ao de muitos mochileiros.. mas como foi por aqui que encontrei o meu grupo e várias dicas para a viagem, vou deixar o meu relato também ::otemo:: . Comecei a organizar esta viagem em abril de 2015, para uma provável viagem em 2016 (a qual aconteceu no mês de abril, de 01 a 23). Todas as passagens de avião, trem, ingressos, hostel, foram comprados com muita antecedência. O meu grupo era de 5 pessoas, cada um de um canto do Brasil...e conversavamos pelo whats todos os dias para definirmos sobre a viagem. É um roteiro fácil de fazer... vá sem medo!!! ::cool::

1/04 Meu voo de POA-Sta Cruz de La Sierra (VVI) saiu às 06:42 – com chegada em VVI as 13:50 e logo depois um outro voo até Sucre às 17:30, com chegada prevista para ás 18h. Tinha vários nativos nesse voo... geeeeente, sério, um tampão no nariz ajudava sabia?.. não tava fácil não! Um banho e lavar as roupas as vezes ajuda!!! ::lol4:: A cotação no aeroporto era horrível, não vale a pena trocar nada lá. Caso queria comprar algo, passe no cartão de crédito.
Chegamos em Sucre no horário previsto. Pegamos um taxi (50bol) até o Hostel Traveler´s Guesthouse, quarto compartilhado para 5 pessoas. Endereço: Calle Kilometro 7, No. 242 (em frente a Praça Bolivar) Valor da diária: R$ 21 (40BOL) - Tempo aeroporto até o hostel: 20 minutos.
Obs: O taxista nos levou em uma rua bem movimentada onde poderíamos “cambiar”. Trocamos o dinheiro ali mesmo, sem problema nenhum. Tem vários pontos de troca. :D
Bem pertinho do hostel tinha um restaurante chamado Eureka, super indico!! o lugar é bom , barato (20bol uma refeição) e é aparentemente limpo ahhahaa o que na Bolívia se torna muito importante. Também tem o Chocolate Para Ti, compremm!!! ::Ksimno::
Passamos uma noite só em Sucre, no dia seguinte fomos dar uma volta na cidade e resolvemos conhecer o tal Mirador de La recoleta que fica em uma das partes mais altas da cidade. Ai vem a parte boa: subida, calor e altitude... cansaço na certa kkkkk :cry:
02/04 Saímos de Sucre para Uyuni. Nosso ônibus (empresa 6 Octubre) saiu as 20:30 e chegamos em Uyuni as 5h da manhã. Valor passagem: USD 17, a passagem foi comprada pela internet nesse site: https://ticketsbolivia.com/
A melhor parte é que você olha o ônibus chegando... é um MEGA bus, ar condicionado, DVD, banheiro kkkkkkk SQN!!!! Não caia nesse conto de fadas, não tem nadinha disso :D pura enganação. O banheiro só pode ser utilizado para o número 1, sendo assim...o 2 está proibido. Mas não se preocupem, no meio da viagem tem uma paradinha para baño (ufaaaaa que sorte). Parada para baño: você desce do ônibus, tem a estrada e um mato onde cada um escolhe o melhor lugar para fazer as suas necessidades fisiológicas. SIM, ali mesmo....na frente de todo mundo, abaixadinha achando que ninguém ta vendo kkkk (bom pelo menos ali não tem luz). E ai você volta para o ônibus e segue a viagem feliz da vida só esperando por chegar em Uyuni. Ebaaaa Chegamos em Uyuni as 5 da manhãã !!!! Que alegriaaaa, descer do ônibus que estava quentinho e pegar aquele vento maldito na cara ahahhahaa estava -3 graus. Congeleeeeeiii de primeira!!! ::Cold:: Mas logo apareceu uma senhora chamando para irmos para o Café da Nonis...e lá fomos nós! O café é muito bom, tem várias opções, um aquecedor gigante, banheiro, chuveiro, wi-fi. Ficamos ali até as empresas de turismo abrirem. Fomos direto na Esmeralda Tour, já tínhamos visto as recomendações aqui no site e em outras avaliações na internet. Fechamos por 850(pagamento em dinheiro) com a travessia para San Pedro do Atacama....esperamos até 11h e saímos em direção ao Salar de Uyuni.
Sobre a travessia do Salar não posso me queixar, a empresa que escolhemos era super recomendada, os alojamentos foram muitos bons, tinha como tomar banho (10bol), camas confortáveis com cobertas quentinhas, energia elétrica para carregar celulares e câmeras e em nenhum momento passei frio nestes lugares. As comidas servidas eram boas (quinoa, carne,frutas, salada, sopa, massa), a não ser que você seja muito enjoado para comer.
Leve água (5litros por pessoa), protetor labial, protetor solar, boné, chapéu, blusas de manga longa e manga curta....tem horas que é muito quente, mas tem um vento horrível. O sol queima, então se cuide! Eu me queimei e como não tinha boné, tive que andar com um lenço na cabeça no segundo dia.
No segundo dia quando chegamos na Arbol de Piedra foi quando senti uma dor de cabeça mais forte. Ali tem 5mil metros de altitude, é o ponto mais alto do Salar. Logo depois fomos para o nosso alojamento onde passaríamos a noite. Ficamos bem em frente a Laguna colorada e para entrar no parque você precisa pagar 150Bol. Guarde os tickets porque na manhã seguinte você precisará deles para sair do parque e ir para a fronteira com o Chile (caso você vá a San Pedro de Atacama).
5/04 – Saímos por volta das 5 da manhã para chegarmos a tempo e ver o amanhecer nos Geisers. Um frio, cheiro forte, mas uma vista linda. Enfim, saímos em direção a última parada: as águas termais. Lá fora estava frio, mas dentro da água estava muito bom!! O preço para entrar na piscina é de uns 10bol, e tem opção de você “alugar” a toalha também. Na frente da piscina tem uma casinha onde você troca de roupa e vai direto para a água quentinha.
Após fomos até a fronteira da Bolívia com o Chile. É uma confusão meu senhor!!! Tinha gente cobrando uma “propina” lá, mas no fim não cobraram do nosso grupo. Pegamos um ônibus e fomos para San Pedro de Atacama (SPA) chegamos lá meio dia. Ficamos na fila da aduana, revista de mochilas, bla bla bla...
Em San Pedro já tínhamos nosso guia, o qual a dona do hostel onde íamos ficar tinha indicado. Ficamos no Tocopilla 19 A. O hostel é novo, camas e chuveiro bons. Não tem café da manhã. O pagamento foi em dinheiro.
Em San Pedro fizemos todos os passeios com o Henry (segue contato do facebook - https://www.facebook.com/henry.d.aguilera?fref=ts) . Conversei com ele pelo whats, meses antes da viagem, ele foi super paciente ahahha já que sempre estava respondendo as minhas perguntas e me falando sobre os passeios. Ele faz um preço de “tour privado” ou seja você paga pelo carro (Hilux), estavamos em 5 pessoas, mas conseguimos nos ajeitar e deu tudo certo. ::otemo::
Fizemos o Valle de La Luna e de La Muerte, Lagunas Altiplanicas, Lagunas Miscanti y Miñiques, Piedras Rojas, Laguna Cejar (onde no final do dia ele fez um coquetel) e também o Trekking Guatin (com volta de bike para SPA). Nós fechamos um pacote e ele sempre preparava um lanche e/ou café da manhã que aliás, era muito bem preparado!
Se alguém precisar de um “tour privado” eu indico ele sem medo! Super gente boa, fazia tudo de acordo com o nosso tempo, super pontual, se queríamos voltar mais cedo ele topava e explicava que ele estava disponível até tal hora. Nos mostrou a cidade, lugares para comprar comida e pisco mais barato kkkkkkkkk..
San Pedro é uma cidade extremamente cara! Prepare o bolso! Em relação ao câmbio de dólares, muito cuidado! Eles não aceitam nenhuma nota que esteja nenhum pouco amassada, rasgada, suja (suja???) sim... uma nota nova e eles diziam: Não posso trocar, está aqui não é boa, está suja...(ahhh vá!). Então....troque seus dólares e pegue somente notas BOAS de pesos chilenos também, seja chato igual eles :D
Obs: faz muito calor em SPA, tome muita água e não esqueça do protetor. Meu nariz sangrou todos os dias apesar de utilizar medicamento para tentar evitar esse ressecamento, a pele também fica extremamente ressecada. :cry:

08/04 - De SPA fomos para Arica com a Tur Bus, pagamos CLP 17.500. Saímos as 20:30 e chegamos em Arica as 6h da manhã. Chegando lá pegamos um taxi até Tacna (+-1h - CL 3.500 por pessoa) carro para 5 pessoas. Este taxi fica junto ao terminal de ônibus. Chegando em Tacna pegamos outro ônibus (empresa Moquegua – valor de 25 soles) que saiu as 7 da manhã e chegou em Arequipa as 14h.
Em Arequipa pegamos um taxi até o hostel Wild Rover - Calle Ugarte 111 (10 soles até lá). O valor da diária foi de 27 soles em quarto para 6 pessoas. Pagamento em dinheiro. O hostel é bem bom, as camas são ótimas e gigantes, tem locker, banheiros coletivos (alguns a água não esquentava nunca), um bar e piscina. Alias o bar ferve até altas horas e os funcionários do hostel também enchem a cara e fazem folia até tarde kkkk! Do lado do wild rover tem uma lavanderia muuuuito em conta. E ali pertinho tem um “shopping” onde íamos comer todo dia.
Fizemos o tour de um dia para o Colca Canion e um rafting com a empresa Tres Vulcanes. OS bonitos do meu grupo(2), resolveram que não iriam fazer o Colca Canion e ficaram o dia inteiro no hostel enchendo a cara de cerveja...no final do dia quando chegamos afeeeeeeee....ninguém aguentava ::love:: achei q teria que colocar alguém dormir para fora do hostel né??? kkkkkk
12/04 Saímos para Cusco às 20:30 e chegamos as 6h em Cusco. Pegamos o ônibus da empresa Econociva, pagamos míseros 30 soles e só tinha nativos no bus hahahaa http://www.excluciva.com.pe/index.php?lang=esp .
13/04 Chegada em Cusco às 6h . ficamos no Wild Rover - Calle Matara 261. Valor da diária: 37 quarto para 6 pessoas. Nesse dia fomos fechar os nossos passeios e ver as passagens para Copacabana. Tinhamos tudo comprado para Machu Picchu já, então precisamos da van até hidrelética (40soles). Fechamos os passeios, slingshot :D , van para hidrelétrica + guia em machu Picchu e bus para copa tudo com a mesma empresa (que eu não lembro o nome, nem o valor que foi pago). Logo depois já fomos fazer o Slingshot, que fechamos com a Action Valley (https://www.actionvalley.com/slingshot-cusco.html) ..ahhaha é muito legal ::lol3:: , mas não faço de novo não! Eles também tem Bungee jumping. No valor que é pago está incluso somente a camiseta. Se você quiser pode adquirir o vídeo que eles gravam (vem em um cartão sd)
14/04 A van nos pegou no hostel as 7:30. A estrada é uma coisa...só penhasco e curvas, muitas curvas!!! Tem parada para almoço ok?? Não precisa se preocupar em levar muita comida. Chegamos na hidrelétrica próximo das 14h. A partir desse ponto caminhamos até chegar na cidade de Machu Picchu as 17:30. Chegando lá fomos comprar o ticket para subir e descer de van de Machu Picchu (24 doletas)
15/04 – Tinhamos combinado com o guia de nos encontrarmos as 7 da manhã no portão de entrada da cidade de MP. Porém, de madrugada caiu uma chuva, e eu só pensava NÃÃÃÃOOO!!! ::Ksimno:: Não era possível eu estar ali e ainda por cima caindo uma chuva malditaaa GRRRR... como o guia não respondia o whats para sabermos se deveriamos subir mesmo com chuva, dormimos até mais tarde e chegamos lá em cima um pouco atrasados. Esperamos a próxima turma com outro guia ... o tempo estava totalmente fechado, não se enxergava nada x nada ..e ainda tinha aquela chuvinha fina que atrapalhava sabe? Enfim...depois de tudo isso, o tempo abriuuu, saiu um sol lindo! Tínhamos comprado o ingresso para subir a Montanha Picchu. Gente, só comprem se vocês realmente tiverem fôlego e joelhos bons para subir tudo aquilo. Juroooo, subimos durante umas 2h, fazendo algumas paradas rápidas e não chegamos ao topo. São somente escadas, escorregadias e sem muita segurança, em alguns pontos se você desequilibrar cai penhasco a baixo kkkkk. E tem outro problema...você tem que chegar no topo até as 12h porque eles falam que depois desse horário “fecha a visitação lá no topo”. Tudo bem, como não íamos chegar ao topo e eu estava cansada, decidimos descer, tirar umas fotos com as lhamas(fofas) e caminhar por ali... pegamos a van voltamos para a cidade e almoçamos uma comida maravilhosaaa.. sabe aquela alaminuta que você come com os olhos? Pois é! Metii o pé na jaca, estava muito bom, foi então que resolvi ir ao banheiro do restaurante...SEEENHOR, que tragédia!!! Eu enxerguei a cozinha, SIM, isso me deixou desesperada, quando voltei para mesa comentei: Gente, se não passarmos mal, somos fortes hahahaha. Foi então que algum tempo depois, em torno de uma hora, comecei a sentir algo estranho kkkk era aquela comida estragada fazendo o efeito, tomei 2 imosec pra ver se conseguia chegar tranquila em Ollanta, pois estávamos esperando o trem das 19h da Incarail (ingressos aqui http://incarail.com/). Demorou em torno de 1:40h para chegarmos a Ollanta e de lá pegaríamos uma van (10soles) até Cusco. Resumindo...passei mal durante o trajeto inteiro! no trem e na van ..Afeeeeee, e finalmente quando chegamos na Plaza de Armas em Cusco, coloquei tudo pra fora ahahahahha (lembrança maravilhosa) ::lol4:: ::lol4:: . Fui para o hostel, tomei banho e fui dormir, de madrugada comecei a passar mal, foi então que percebi que o imosec não estava funcionando ::ahhhh:: . Pela manhã tentava comer mas não conseguia, estava muito enjoada e a diarreia não parava. Acionei o seguro saúde da Mondial, liguei para eles do telefone público mesmo ::sos:: . E em questão de 15 min eles já estavam lá para me atender. Foram me buscar de ambulância, e me levaram para o hospital. Tive que internar no Medical Network, fiquei em um quarto individual, com TV, netflix ahhahaha e com direito a acompanhante. Fiz todos os exames possíveis, e em uma hora o resultado estava pronto. Realmente a comida estava BEM estragada ... fiquei lá até o outro dia recebendo soro e mais soro. Na alta recebi antibióticos e outros medicamentos para 1 semana e todos os resultados dos meus exames que foram realizados lá. Só tenho elogios a fazer ao atendimento, foram rápidos em tudo, e um atendimento de qualidade mesmo. Não gostaria de ter utilizado o Seguro saúde, mas pelo preço que eu paguei posso dizer que vale muito a pena, pelo menos fui atendida e continuei a minha viagem. Devido a este probleminha ahahhaha acabei não fazendo os outros passeios que tinha fechado com a empresa no primeiro dia que chegamos em Cusco. Cancelei todos.
17/04 Saímos de Cusco as 22h e fomos para Copacabana (fizemos este trajeto com a Huayruro Tours, em bus cama) e pagamos 75 soles). Teve uma parada de 1:30min lá pelas 6 da manhã em Puno. Chegamos em Copa as 13h. Não tínhamos hostel então fomos procurar um bem em conta, afinal só queríamos fazer o passeio da Isla Del Sol no dia seguinte. Ficamos no Hostel Wara - 30BOL sem café, quarto para 4 pessoas e banheiro compartilhado. Na frente tem várias “agências” para realizar os passeios. Fomos lá, compramos o passeio e também a passagem para La paz no dia seguinte. Para variar naquela noite choveu...choveu...choveu... e de manhã continuava uma chuvinha fina..GRRR o tempo estava totalmente nublado, mas fazer o que? Já que estávamos ali, fomos conhecer a Isla Del Sol com chuva mesmo kkkkkkkkk... Foi uma tragédia!!!! :| Era uma lama só, capa de chuva pra lá, pra cá, nada de bom. Minha experiência por lá não foi muito boa não. Voltamos e pegamos o ônibus para La Paz com a Manco Capac(25bol).
19q04 - Chegamos as 22:30 em La Paz, ficamos no Wild Rover, Calle Comercio 1476, Valor da Diária: 72BOl em quarto para 6 pessoas.
Na manhã seguinte fomos ver sobre os passeios, caminhamos por La Paz,o Downhill e o Condoriri na mesma agência. Fomos conhecer o teleférico (6Bol), lá de cima se tem uma vista de toda cidade. Em La Paz senti dores de cabeça fortes, logo comprei a tal Soroche Pills (maravilhosa e baratinho: 2BOl cada uma)
Fizemos o Downhill com a No Fear, pagamos 500bol na bike com suspensão dupla ( e foi o que me deixou viva até o final kkkkk). Neste pacote estava incluso café da manhã, lanche (pão, ovo, banana e refri), almoço (no final do downhill), banho, dvd com fotos e vídeos e 1 camiseta. Saímos as 7 da manhã e chegamos no hostel as 21h. Neste dia levem uma roupa + calçado para trocar ao final do passeio. Eu não levei e tive que ficar com a roupa molhada até chegar em La Paz.
23/04 Nosso voo de volta era as 8:30 para Santa Cruz de La Sierra. O taxi do Wild Rover até o aeroporto de 80 Bol.
e acabou... dá vontade de voltar e fazer tudo de novo (claro que tirando a parte de acionar o seguro saúde) ::lol4:: ::lol4:: ::lol4:: ::lol4:: ::lol4:: ::lol4::

E no fim de tudo acabei conhecendo pessoas maravilhosas e que que me aturaram durante 23 dias!!! Deu tudo certo, e sinto falta de ter vocês no meu dia a dia...cada um com suas manias, de aguentar os dois bêbados (Vini e Felipe) e algumas coisas mais que não posso citar neste relato kkkkkkkkk foi tudo muito bom!! Agradeço por ter conhecido todos vocês: Felipe, VIni, Gustavo e Rai!! Obrigado pela parceria!! ::otemo:: ::love::

#1213188 por barbara_dbarbosa
26 Ago 2016, 21:14
Michele-MG escreveu:Muito bom seu relato Bárbara!!! Minha viagem começa em 15 dias... pensa numa pessoa ansiosa ::hahaha::
Não estou dando conta de ler relatos muito extensos e o seu aborda o essencial... Valeu!!! ::otemo::



Simmm, eu fiz ele bem resumido pq a maioria dos relatos já tem várioss detalhes. Uhulll!!! Quase no dia de viajar então!!! Aproveiteee muito!!! Boaa sorteeee! ::cool::
#1213481 por naiani.gasparetto
28 Ago 2016, 16:32
Legal Bárbara, apesar de sucinto seu relato foi bem informativo. Aproveitando que no seu retorno de AC a Ollanta foi de trem, me tira uma dúvida: É realmente necessário comprar com muita antecedência? Meu roteiro está bem apertado e se caso houver algum imprevisto fico com medo de perder a passagem.
#1214357 por naiani.gasparetto
31 Ago 2016, 19:51
barbara_dbarbosa escreveu:SIm Naiani, precisa comprar com bastante antecedência...no dia que fomos não tinha nenhum lugar disponível no nosso trem. Eu comprei com 3 meses de antecedência hahahahah pra garantir. Indico você comprar hein...melhor não ter imprevistos já que teu tempo está bem apertado.



Ainn.. deve ser por isso que os horários que eu gostaria de pegar o trem de volta já estão esgotados. Estava naquela esperança de que empresa já reservava os melhores horários para venda posterior ::mmm: Então, você sabe me dizer se eu pegar o trem das 18:20 com previsão de chegada a Ollanta às 20:05, eu conseguiria pegar o bus que sai às 22h para Puno?

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 13 visitantes