Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#744675 por Jorge Soto
04 Ago 2012, 09:58
O site do Parna ta deliberadamente desatualizado, como boa parte dos institucionais governamentais por ai, mesmo diante de mudanças evidentes nessa questão. Atualmente no parque não há muitas restrições, inclusive de pernoite. Conversando informalmente com o antigo administrador, o mesmo foi reticente q os gestores pedem somente que sejam avisados com antecedência onde planejam ir e onde planejam pernoitar dentro do parque e, claro, pagando a devida entrada (por pessoa) na guarita. Eu mesmo já fiz duas longas travessias nesse esquema, sem problema algum. Quanto às caminhadas, somente aquela q dá acesso à cachu Capivara tá fechada de fato. Todas as outras estão abertas, e a Lagoa Dourada não precisa de autorização pra visitar. Foi criada sim a portaria que dá acesso às trilhas para as cachus Andorinha e Gavião, mas é apenas um posto onde você assina um termo (dá nome, RG e informa seu trajeto), e paga o valor da entrada. E até onde eu sei, não há restrição de onde você pode ir ou não dentro do parque sem guia. Recentemente fiz uma pernada até a cachu Farofa de Cima e, apesar de sempre ter escutado que era obrigatória a contratação de guias, não fui questionado quando mencionei q lá era meu destino. Contudo, o mais importante é que não é obrigatória a contratação de guias!
Qq coisa ou dúvida basta ligar lá ou conversar pessoalmente com o pessoal, o número ta no site indicado pelo MP. Mas ligue e não mande e-mail, superficial e impessoal demais. Assim eles (e vc) sentem firmeza em q vai apenas fazer uma travessia segura, consciente e responsável, motivo da ambigüidade da informação em relação ao site. Essas mudanças são recentes e, logicamente, o q menos os gestores desejam agora nesta época de transição (e flexibilidade de normas) é um fluxo além da conta de farofeiros dentro do Parna.
Enfim, um Parna q aparentemente caminha junto com o montanhista e não contra ele, à semelhança do Caparaó e Parnaso. E bem diferente de Itatiaia, q mais parece um prédio comercial.

#744681 por Mochileiro Peregrino
04 Ago 2012, 10:45
Conversando informalmente com o antigo administrador, o mesmo foi reticente q os gestores pedem somente que sejam avisados com antecedência onde planejam ir e onde planejam pernoitar dentro do parque

Soto, precisamos sentar e tomar um café com essa "diretoria" ::mmm:

Lagoa Dourada, sua visita é mesmo suave ::cool:: e pode acampar nela ::cool:: alias, muitas pessoas acampam lá e o lugar é bonito. Segundo o administrador do parque, o local ( ainda ) não faz parte do parna. Eu não sei se "escolhi o local errado" pra montar minha barraca, ja que estava quase anoitecendo, mas o lugarzinho pra fincar os espeques viu ::lol4:: ::lol3::

Contato via telefone, falar com Edward ::cool:: . De fato ele deixa tudo bem explicado. é uma boa pessoa ::cool::
Editado pela última vez por Mochileiro Peregrino em 28 Jul 2014, 02:45, em um total de 1 vez.
#745768 por gvogetta
07 Ago 2012, 15:49
Olá Gabriel, Soto e demais companheiros mochileiros!


Bom ver que as coisas por aqui voltam à normalidade! ::otemo::

O tal Parque Nacional da Serra do Cipó é um lugar lindíssimo e vasto. Reserva muitas pernadas boas aos que se interessarem em desbravar seus caminhos, nem todos assim tão "sossegados" como alguns fazem crer, pois existem alguns perrengues bons ali. Eu já trilhei por lá há alguns anos em minhas andanças por Minas Gerais, mas confesso que conheço muito pouco da região.

Sobre o tal programa de "voluntariado" do PARNA (em essência o teor do contido no documento em .pdf postado pelo Mochileiro Peregrino), nada mais é do que uma forma "não voluntária" (=obrigatória) de fazer com que aqueles que querem caminhar dentro do Parque colaborem de alguma forma com ele, ainda que seja apenas pela produção de um "relatório". Meio paradoxal isso... :evil: Não concordo com este tipo de imposição, mas pelas intenções e justificativas expostas no documento não deixa de ser uma obrigação de todos (relatar irregularidades caso as constate durante a permanência no PARNA).

Abraços!

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes