New Orleans - Las Vegas - via Grand Canyon de Carro - 6 dias

Relatos de viagens pelos Estados Unidos


New Orleans - Las Vegas - via Grand Canyon de Carro - 6 dias

Mensagem não lidapor markcnbrj » 11 Fev 2012, 18:15

Esta foi mais uma viagem que fiz agora em Fevereiro de 2012, aproveitando uma folga de trabalho nos EUA. Fomos em 6 pessoas, alugamos um Grand Caravan ( 7 pessoas) na Dollar do Aeroporto de New Orleans por US$ 332,00 atraves do Skyscanner.com e partimos. Foram aproximadamente 3400 milhas pra fazer em 7 dias. Uma paulera, masmo considerando o excelente estado das estradas nos EUA.

Dia 1 - Quarta Feira - dia 1/2/2012. Largamos do trabalho as 12 horas, fomos para New Orleans pegar o carro e saimos cerca de 2 da tarde. Pegamos a estrada em Direção a Houston e em Lafayete fazemos um desvio na Direção de Srhawenport, ja quase no fim da Luisiana. Nosso objetivo era dormir em Dallas. Chegamos em Dallas cerca de 1 da manhã e procuramos um hoteleco só pra dormir (não fizemos reservas pois não tínhamos noção do cansaço e se iria dar pra chegar onde desejavamos). Ficamos num Motel 6 de Dallas. Nunca tinha ficado nessa rede e os comentários de blogs e similares era o pior possível. Tive oportunidade de comprovar que para ser ruim eles ainda tem que melhorar muito. Foi sem dúvida a pior rede que já fiquei por aqui (olha que já estive hospedado em quase todas). Até mendigo dormindo na escada encontramos, além do cheiro insuportável da “erva do capeta” pelo hotel. Como já era tarde o preço era de 40 dolares por quarto e era só pra dormir ficamos ali mesmo, mas essa rede nunca mais....
Dia 2 – Acordamos as 6 da manhã e rumamos para o deserto texano (Wichita Falls e Amarillo são as maiores cidades do Texas neste trecho). Hoje é paulera. São 915 milhas para andar até chegar na cidade do Novo México chamada Gallup...no meio do nada...Cometi meu primeiro erro...Setei o piloto automático em 80 milhas....10 a mais que o limite para tentar ganhar algum tempo...Não demorou muito escutei a sirene da patrulha atrás de mim...Parei, mostrei os documentos, pedi mil desculpas e tive que assinar uma “advertência”. Na próxima infração no Texas, multa de 300 dolares...Voltei o piloto automático para as 70 milhas e não tive mais problemas...Besteira tentar andar acima da velocidade...vai ser pego na certa. Chegamos cerca de 4 da tarde na fronteira do Texas com o Novo México. Parada na “rest area”para a tradicional foto na plaquinha da fronteira ( as Interstate nos EUA tem áreas de descanso aproximadamente a cada 100 milhas, com banheiros e “vending machine”. Passamos por Albuquerque e chegamos a Gallup por volta de 10 da noite

Imagem




Fronteira Texas-New Mexico
Ficamos desta vez no Howard Johnson, um pouco mais caro 65 dolares por quarto mas com padrão bem melhor. Tinha até uma boate no hotel onde alguns dos meus companheiros de viagem até “pegaram” umas México-americanas. Eu particularmente depois de dirigir 915 milhas, fui “pegar”uma cama. Ainda tomei 2 cervejas na boate, mas depois de ouvir Michel Teló (Ai se eu te pego) numa boate no interior do Novo México achei melhor ir embora.


Imagem
Fronteira New Mexico - Arizona
Acordamos cedo e partimos para o Grand Canyon antes de ir para Las Vegas. De Gallup até lá são cerca de 5 horas até a cidade de Flagstaff onde saímos da I-40 e andamos mais 50 milhas pra dentro do Arizona até o parque do lado Sul do Grand Canyon. A taxa de entrada é US$ 25,00 por carro e é um passe que vale por 7 dias. O visual é um desbunde. Nada igual visto antes. Voce pode parar o carro por exemplo no Museu Geológico, onde nós paramos e pagar as várias linhas de Onibus para os outros pontos de observação do Grand Canyon. É basicamente isso, ficamos umas 3 horas por lá, curtindo o visual e tirando muitas fotos de vários ângulos. Dizem que a parte norte (Chamado Rin North) vc pode se aproximar mais do Rio Colorado e invadir” mais o Cannyon. Infelizmente a parte norte só fica aberta a visitas no verão. A parte sul onde fomos é aberta o ano inteiro. Depois retornamos as 50 milhas até a I-40 e tomamos o caminho de Vegas. Com o fuso horário a favor chegamos as 7 horas da noite lá.

Imagem
Deserto do Arizona com Neve
Imagem
Grand Canyon
Esta é a terceira vez que vou a Las Vegas e se tiver oportunidade de ir 10 vezes vou de novo. Nunca tinha chegado a noite em Vegas e realmente fiquei “bolado” quando a gente sai da cidade de Boulder, no alto do morro e vê as luzes de Las Vegas no meio do deserto....Que Paris que nada...a Cidade Luz é Las Vegas.
Reservamos 3 quartos no Hotel Circus Circus a 60 dolares por quarto por noite. Hotel em Las Vegas é barato. Paguei 60 dolares porque era fim de samana e os preços sobem. Durante a semana paga-se 25 dolares no mesmo hotel. O hotel é muito bom, mas fica um pouco ao Sul da Las Vegas Boulevard (Strip), de modo que para se chegar na muvuca, anda-se um pouco, mas nada muito cansativo. Tem também a opção do ônibus de 7 dolares por 24 horas que sobe e desce a Strip. Para quem pretende encher a cara é ótima opção para retornar ao Hotel. Um taxi vai te cobrar 15 dolares por qualquer corrida.
Como já conhecia Las Vegas propus neste primeiro dia um itinerário etílico. Saimos pela Strip, bebendo em todos os cassinos e voltando a rua pra beber nos outros. Dentro dos cassinos um Drink custa na faixa de 8 dolares (Margherita, Pina Collada,etc...). Nosso objetivo era andar até o Mandala Bay, último hotel ao Norte. Não chegamos nem na metade. Paramos no The Cosmopolitan, mais ou menos a meio caminho e voltamos pelo outro lado da rua, trocando as pernas até chegar de volta lá pelas 4 da manhã. Como não sei...
Dica de Balada: Night Club Marquee no The Cosmopolitan. Só gata de primeira....mas é padrão mauricinho: sapato e camisa de botão...senão não entra...Ah....não esqueça o passaporte também...
Dia 4 – Depois do cachaçal do dia anterior acordamos por volta de meio dia e fomos procurar ingresso para show do Cirque de Soleil. Compramos ingressos a US$ 85 para o show KA no MGM. Era o mais barato que tinha, mas deu pra ver super bem...mesmo na penúltima fileira. O show como todos os que já vi antes) é impressionante. Meus amigos que nunca tinham assistido ficaram de boca aberta do início ao fim. O palco que os caras constroem é uma verdadeira obra de engenharia, roda, vira de cabeça pra baixo anda, etc...só vendo mesmo....como sempre, vale cada centavo...Se vc não assistir um show deles, sei passeio a Vegas não foi completo. Nos fins de semana Geralmente tem 2 Shows: um as 7 outro as 9. Prefiro sempre o primeiro show pra sobrar mais tempo de noite.
Abaixo os espetáculos deles em Las Vegas
Love – Hotel Mirage,
Mystere – Treasure Island hotel
KA – MGM Hotel
O – Hotel Bellagio
Viva Elvis – Hotel Aria
Zumanity – Hotel New York,New York

Depois do show voltamos ao The Cosmopolitan para continuar a bebedeira interrompida na noite anterior. Uma boa opção é o bar Book and Stage no The Cosmopolitan. Assistimos um show “free” com uma mina maravilhosa, que cantava horrores, com uma banda espetacular...Ela se chama Krys Wright e um dia com certeza vai bombar, por que ela canta muito, depois do show fiquei conversando com ela no bar, elogiando a performance dela dizendo que sou empresário brasileiro de shows, e outras mentiras mais.....aquele papo de bêbado....o barzinho é um ponto estratégico para se observar as gatas que sobem para o Marquee. Como já tenho quase 50 anos, as únicas que respondiam as minhas gracinhas eram as vagabundas....não arrumamos nenhum divertimento por menos de Us$ 300. Desta forma, sem acordo comercial, voltamos para os “shots”. Continuamos a bebedeira até o Mandala Bay, passando pelo New York, New York, Excalibur e Luxor...mas uma vez terminamos bêbados as 4 da manhã, mas desta vez tomamos o ônibus de volta, que funciona 24 horas por dia...

Dia 5 – Novamente acordando meio dia, decidi não beber hoje, pois amanhã começamos a voltar tudo de novo. Três dos seis colegas desistiram de voltar de carro e compraram passagem de avião por US$ 120, para voltar a New Orleans. Desta vez fomos visitar os shoppings da cidade. Não fomos aos outlets que ficam fora da cidade. Os 2 grandes shoppings são o Forum do Ceaser Palace e o Fashion, ambos na Strip. Os preços são caros. Se for comprar forte vá aos Outlets (em Las Vegas tem 2 Premium) um no norte outro no Sul. Esses na cidade só pra visitar mesmo. Depois fomos ao Stratosphere para almoçar e já de tarde, curtir os shows gratuitos que tem na Strip. São 3:
Treasure Island – Show Sirens of TI – acontece as 5, 8:30 e 10 da noite (no inverno). São aproximadamente 30 minutos de show. Vale a pena chegar uns 30 minutos antes para pegar um lugar bom. É muito legal. Trata-se de um duelo de piratas com efeitos especiais e muita coreografia....As gatas são um luxo....Nem precisam cantar pra você ser seduzido.....
Mirage: Show Volcano. Show de efeitos especiais de fogos com aproximadamente 10 minutos. Acontece de hora em hora começando 5 da tarde.
Bellagio. Tradicional show das águas dançantes – Fountains of Bellagio. Acontece de 30 em 30 minutos a partir das 12 horas no fim de semana e depois das 7 da noite de 15 e 15 minutos. Vale um vídeo. Cada show é diferente do outro. Subir na Torre Eiffel e filmar é uma boa dica.
Dia 6 – Hora de voltar. Desta vez em apenas 2 etapas. A primeira 1100 milhas até Fort Stochton no deserto texano e a segunda até New Orleans, onde estamos trabalhando. Detalhe: se usar esta estrada tenha sempre o passaporte e o cartão de entrada (aquele cartãozinho branco, que dão quando se entra nos EUA). Esta estrada apartir de El Paso, vai beirando a fronteira mexicana e as blitzs de imigração são constantes. Um dos colegas esqueceu o cartão branco no Hotel em New Orleans e tive que desenrolar com o agente (sempre no papo). Evite este tipo de problema, ainda mais se você não domina o inglês. Desta vez chegamos 2 da manhã já que o fuso estava contra a gente. Pagamos 60 dolares no Days Inn de Forth Stochton, levantamos as 6 da manhã parta a última “pernada”até Nova Orleans, dando uma rápida passada por Houston, apenas pra galera que não conhecia tirar umas fotos.
Bem é isso aí, espero ter contribuído para quem deseje fazer uma viagem semelhante. É extremamente cansativo principalmente porque dirigi tudo sozinho, mas valou muito a pena.....

Imagem
Casdino New York New York
Imagem
Casino Excalibur
Imagem
Show Sirens of TI
Imagem
Show Volcano - Mirage
Imagem
Show das Aguas do Ballagio
Imagem
Show da Krys Wright no B&S The Cosmopolitan
Avatar do usuário
markcnbrj
 
Mensagens: 130
Desde: 26 Dez 2008, 23:38

Voltar para Estados Unidos - Relatos de Viagem



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes