Faça perguntas e responda tópicos sobre qualquer tema abordado pela comunidade Mochileiros.com. Uma pergunta por tópico.
Regras do fórum: Fórum Perguntas & Respostas

Esse fórum é exclusivo para o envio de perguntas.

Importante:
- Envie apenas uma pergunta por tópico e não esqueça de escrever a pergunta no campo "título".
- Se você quer postar várias dúvidas sobre um roteiro de viagem por exemplo, o fórum correto é o de Roteiros de Viagem. Clique aqui para saber mais!
- Os tópicos criados que não forem perguntas claras serão renomeados ou movidos para outros fóruns mais adequados dentro do site.

Clique Aqui para postar sua pergunta!
#1158304 por MarcosPereira
26 Jan 2016, 20:56
Galera, saiu essa notícia e fiquei preocupado:

http://economia.terra.com.br/receita-re ... 2n5vz.html

Não sei se entendi errado, agora mesmo em casos como os nossos, de viajantes independentes, que reservam hotéis e hostels por conta própria, compram passagens aéreas, seremos tributados em 25%? Alguém entendido no assunto saberia dizer como vai ser?

Se for isso mesmo, adeus viagens internacionais, pois o que já estava ficando caro passará a ser proibitivo. :shock:

#1158429 por MarcosPereira
27 Jan 2016, 09:10
Terrível mesmo, Silnei. Pedi para o pessoal do Melhores Destinos publicar uma matéria explicando melhor essa taxação, vamos ver se há algum jeito de fugir disso aí. Caso contrário, a tendência é encarecer até mesmo as viagens nacionais, já que o turismo nacional quase não terá a concorrência do internacional.
#1158450 por LF Brasilia
27 Jan 2016, 10:07
Os gastos dos brasileiros no exterior diminuíram (http://g1.globo.com/economia/noticia/20 ... -anos.html) e pelo visto a ideia é diminuir mais ainda.

Eu tinha pago uns dias de hospedagem com o PayPal. Pouca coisa, felizmente. O jeito vai ser pagar o mínimo e levar o resto em dinheiro.

Fico pensando como o governo vai controlar isso aí. Em 2013 fiz um curso numa unidade do Instituto Goethe e fiquei numa casa de hóspedes do próprio instituto. Paguei tudo adiantado (eles exigem isso) e a remessa foi uma só, para o curso (que continua isento) e para a hospedagem (que não é isenta).
#1158456 por Luka Izzo
27 Jan 2016, 10:20
Incrível que na rua ou nas redes sociais não se acha um sequer,
dos 53 milhões de pessoas que votaram nessa praga de PT, que afundou o Brasil.
::ahhhh::
#1158465 por filipelyrio
27 Jan 2016, 10:31
Luka, este não é o foco do fórum por isso inicio e termino aqui, mas não sem antes dar um "cutucada"...

12079546_780545828744726_1434711186364511220_n.jpg
12079546_780545828744726_1434711186364511220_n.jpg (68.22 KiB) Exibido 403 vezes


O governo está péssimo... mas nossa oposição mé uma piada. Como dizem, Dilma não ganhou, foi a oposição que perdeu.
#1158507 por MarcosPereira
27 Jan 2016, 12:14
Achei uma matéria que explica melhor. Parece que no nosso caso, de viajantes independentes, seremos pouco afetados. Ainda dependeremos de alguns pontos a serem resolvidos, como passagens aéreas:

Por outro lado, compras com cartão de crédito em sites internacionais e pagamentos de diárias em hotéis no exterior estão livres do imposto, segundo o Fisco.

Também não pagam IR as transferências bancárias para o exterior, reservas de hotéis feitas em sites no Brasil e compra de moeda estrangeira em espécie nas casas de câmbio.

No caso das passagens aéreas, a cobrança pode variar. A Receita informou ao G1 que uma lei permite a isenção do IR em países onde exista "dupla tributação" com o Brasil sobre as empresas aéreas. A c
ompanhia brasileira que operar o voo pode ficar isenta nestes casos. Caso contrário, a alíquota é de 15%.

Fonte:

http://g1.globo.com/economia/noticia/20 ... -pais.html
#1158518 por eniobeier
27 Jan 2016, 12:36
Pessoal

Quem fizer seu roteiro pagando diretamente com o seu cartão de crédito não será alcançado por esta nova tributação. Nesta caso terá "somente" os 6,38% de Iof e variação cambial.
Quem vai sofre o penalty são aqueles que fazem compra de pacotes de viagem ao exterior via agência de turismo. Quando da contratação do câmbio para remessa a agência sofrerá a tributação de 25% (que na realidade é 33,333% sobre o valor remetido) que seguramente será repassado ao consumidor final.
#1158613 por Juliana Champi
27 Jan 2016, 16:02
Muito bom ler estes esclarecimentos. Ontem quando saiu a notícia achei que não seríamos atingidos, mas ela estava um pouco confusa! Que bom... vou continuar pensando no meu Japão do ano que vem, rs!
#1158715 por Luka Izzo
27 Jan 2016, 21:14
Os petistas aparecem, vêm as notícias de que o Governo está afundando o Brasil e com vergonha ficam quietinhos kkk..
Esses desmandos e roubalheira deveriam atingir o bolso (e a vida) somente de quem votou nessa desgraça de PT.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes