Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#550077 por Marcelo Aguiar7
01 Fev 2011, 02:08
Eu desci a Funicular pela primeira vez em 09/07/2007 mas só até o túnel número 6,depois desci a Funicular completa em 18/04/2008...é uma experiência única na vida...me arrisco a dizer que aquele lugar é "Mágico",pois reúne lembranças de um passado glorioso de nossas ferrovias,história,natureza,engenharia,mistérios,medo,adrenalina,lindas paisagens da serra do Mar,aventura...enfim,uma mistura de sentimentos em um único lugar...só quem já trilhou por lá sabe do que estou falando.

#550580 por Mirian Lizandra
02 Fev 2011, 07:10
A trilha deve ser maravilhosa! Só fico imaginando que ao invés de proibida deveria ter guias e apoios, como as trilhas Incas em MachuPichu. Sei que pra muita gente a graça está na aventura com emoção, mas, pelos relatos, fico imaginando que em alguns anos muitas das pontes não estarão mais lá :( , não só as pontes mas todo o sistema funicular e, pra mim, um dos meios de preservar nossa história e o que resta de testemunho (como esta trilha) é através do turismo.
#550617 por BETO-ABC
02 Fev 2011, 09:00
Opa
lowpower escreveu:Trilha rolou so ate o 4º patamar, mais tivemos que voltar pois choveu.... ai ia ficar mais tenso doq ja eh normalmente...


Previsão de fazerem novamente esta trilha? Se positivo, to dentro........
#550887 por Sandro
02 Fev 2011, 20:01
Mirian Lizandra escreveu:A trilha deve ser maravilhosa! Só fico imaginando que ao invés de proibida deveria ter guias e apoios, como as trilhas Incas em MachuPichu. Sei que pra muita gente a graça está na aventura com emoção, mas, pelos relatos, fico imaginando que em alguns anos muitas das pontes não estarão mais lá :( , não só as pontes mas todo o sistema funicular e, pra mim, um dos meios de preservar nossa história e o que resta de testemunho (como esta trilha) é através do turismo.

Em 2004 fui surpreendido pela notícia de que a MRS pretendia construir uma esteira de minério na serra, precisamente sobre o leito do Funicular da Serra Nova desativado em 1983.
Durante muito tempo relutei em aceitar a proposta, movido mais pela paixão que pela razão, a idéia de um projeto como esse sepultaria de vez o que restou do velho sistema. Embora sonhasse que um dia ele voltasse a funcionar a realidade fria e cruel me convenceu que o funicular jaz insepulto a muito tempo e que irá inevitavelmente desaparecer pela ação do tempo que a tudo apodrece e transforma em pó.
Hoje movido mais pela razão que pela paixão entendo que aqueles que me pareciam ser apenas os coveiros poderiam ser na verdade os construtores de um "Túmulo de Lázaro" para o defunto funicular.

Para aqueles que se interessarem por um melhor entendimento sobre a questão deixo AQUI a proposta revisada da MRS para o projeto, declinado recentemente pela concessionária em função do seu alto custo final.



Mais informações:
http://www.revistaportuaria.com.br/site/?home=noticias&n=CCCUd
http://www.amantesdaferrovia.com.br/profiles/blogs/mrs-negocia-7-locomotivas-com

Abraços.
#550980 por Marco Calavera
02 Fev 2011, 23:23
Sandro,

Não é só questão de paixão, não. O sistema funicular se trata, sem dúvida, de um importante patrimônio histórico e é de se pensar se não deveria ser tombado.
É claro que o tombamento envolve uma série de outras questões, que não vem ao caso... de qualquer forma, o brasileiro pensa muito no lado prático das coisas e esquece do valor cultural. Mania que, felizmente, está ruindo aos poucos.
#551258 por Sandro
03 Fev 2011, 15:07
Marco Calavera escreveu:Sandro,

Não é só questão de paixão, não. O sistema funicular se trata, sem dúvida, de um importante patrimônio histórico e é de se pensar se não deveria ser tombado.
É claro que o tombamento envolve uma série de outras questões, que não vem ao caso... de qualquer forma, o brasileiro pensa muito no lado prático das coisas e esquece do valor cultural. Mania que, felizmente, está ruindo aos poucos.

Olá Marco.
O processo de tombamento como patrimônio histórico do maquinário e conjunto arquitetônico do Sistema Funicular iniciou-se á anos e no moroso passo deste processo vinculado ao desinteresse político quando se concluir existirá pouca estrutura para se tombar.
Hoje não existe “valor cultural material” que se mantenha sem um “valor econômico” agregado. A esteira de minério seria uma solução ao menos para o restauro do pouco que ainda resta.
Isto é o pensamento prático para se manter o valor cultural. Afinal o dinheiro para manutenção desse patrimônio precisa sair de algum lugar.
::cool::
#551641 por Marco Calavera
04 Fev 2011, 15:40
É, os processos de tombamento são sempre complicados.
E, infelizmente, não garantem a integridade do patrimônio. ::putz::
Se ele fosse tombado, em tese, o governo, através de órgãos ligados, custearia a manutenção. Coisa que você deve saber...
Eu ainda não li o plano que você disponibilizou. Se ele prevê a manutenção de uma parte, pelo menos, acaba sendo melhor do que ficar às traças.
Mas ainda preferiria ver algo como um tombamento e a promoção do turismo no local.

Abraço! ::cool::
#576298 por riquao
15 Abr 2011, 09:37
Já fiz algumas trilhas nessa região mas nenhuma de ter que acampar... Bem legal mesmo, ainda mais lendo relatos como este, da mais vontade ainda de cola lá e faze essa travessia...

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes