Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
#1221257 por MandinhaBr
29 Set 2016, 15:54
Olá!

Vou contar um pouco do mochilão que fiz com meu namorado Renan no início deste mês para tentar ajudar os próximos viajantes!

Período: 02/09/2016 a 18/09/2016

Roteiro:
SP - Punta Arenas
1 Puerto Natales
2 Puerto Natales
3 Puerto Natales
4 Puerto Natales
5 El Calafate
6 El Calafate
7 El Chalten
8 El Chalten
9 El Chalten
10 El Chalten/El Calafate
11 El Calafate - Ushuaia
12 Ushuaia
13 Ushuaia
14 Ushuaia
15 Ushuaia
16 Ushuaia - SP

Valor das passagens pela Latam: R$ 1.552,00 por pessoa (3 trechos - SP-Punta Arenas / El Calafate-Ushuaia / Ushuaia-SP)

Puerto Natales

Após muita leitura, optamos por ficar em Puerto Natales e não fazer o Circuito W. O motivo é que alguns refúgios não estariam abertos nas nossas datas. Teríamos que acampar e acreditamos que nosso preparo físico não seria suficiente para encarar as trilhas, ainda mais levando barracas e mochilas. No final das contas, acredito que foi uma boa decisão!

Hospedagem: Hostal Arkya (32 dólares a diária do quarto duplo com banheiro compartilhado)
Recomendo, foi a melhor hospedagem da viagem. É tipo uma casa, bem aconchegante, o chuveiro é ótimo e os proprietários bem gente boa. Também acabamos fechando os passeios com a agencia de viagem deles.

1º dia: Chegada em Puerto Natales
Quando chegamos no aeroporto de Punta Arenas, tivemos que pegar um táxi até o terminal no centro (5 mil pesos) e o onibus pra Puerto Natales (6 mil pesos). Descobrimos que há a possibilidade de pegar este onibus no aeroporto mas deve ser reservado antecipadamente, faça isso!
Chegando lá, aproveitamos para fechar os passeios e descansar. A viagem foi muito cansativa e havíamos passado a noite anterior no aeroporto de Santiago.

2º dia: Fullday Tour Torres del Paine
30 mil pesos (passeio) + 11 mil pesos (entrada no parque - válida por 3 dias)
O passeio vale bem a pena. Passa pelos principais pontos do parque, mirantes, é lindo demais e confortável! Bom pra quem tem poucos dias para conhecer.

DSCF7856.JPG
DSCF7856.JPG (1.43 MiB) Exibido 1147 vezes


3º dia: Trilha até a base das torres
30 mil pesos (transfer até o início da trilha e te aguarda para o retorno)
Esse dia foi o mais sofrido e o melhor de toda a viagem!
Há anos sonhava em conhecer o parque e ir até a base das torres.
Tenho 29 anos, estou sedentária e nunca tinha feito uma trilha longa como essa. Achei a ida muito difícil, pensei em desistir várias vezes, chorei... mas segui em frente graças ao incentivo do Renan e de outras pessoas que conhecemos no meio do caminho. São 9,5km no total de ida, os 4 primeiros são só subida até pouco antes de chegar no camping Chileno, depois fica mais plano até o camping torres, e o último km é o mais íngreme. A volta é só descida praticamente. ::mmm:
Resumo: É dificil sim para quem não tem preparo físico, mas não é impossivel. Minha dica é chegar o mais cedo possível e começar ao amanhecer. Assim terá tempo suficiente para ir parando no caminho para descansar e também pra curtir a vista quando chegar. É INCRÍVEL! A imagem mais linda da viagem... e ficará pra sempre na memória!

IMG_20160905_200940 (1).jpg
IMG_20160905_200940 (1).jpg (1.91 MiB) Exibido 1147 vezes


4º dia: Passeio em Puerto Natales
Nesse dia, como estávamos cansados do dia anterior, alugamos uma bike (2 mil pesos) e demos um role pela costa da cidade, admirando as paisagens... um dia tranquilo. 8)

DSCF8066.JPG
DSCF8066.JPG (1.29 MiB) Exibido 1147 vezes


El Calafate

A cidade mais fofa de todas! Uma graça, vários restaurantes, hotéis, tudo muito fofo! O passeio principal é o Perito Moreno, tem alguns outros passeios mas não achamos que valeria a pena...

Hospedagem: Calafate Hostel (diária por volta de 700 pesos quarto casal com banheiro privado)
Bem localizado, bem grande, cozinha compartilhada, o hostel estava VAZIO quando estivemos lá.

5º dia: Viagem para El Calafate
Turismo Zaahj - 17 mil pesos
Pegamos o onibus às 8hs em Puerto Natales e chegamos às 13hs em Calafate. Não tivemos problemas em comprar as passagens, nosso onibus foi bem vazio e tinham várias empresas, todas no mesmo preço e horário. Se vc pretende ir na temporada, pode ser mais difícil de comprar, então é bom avaliar a possibilidade de comprar antecipamente a passagem.

6º dia: Minitrekking Perito Moreno
Hielo y Aventura: 2100 pesos o passeio + 250 pesos a entrada do parque
Reservamos este passeio antes de ir. Achamos melhor pois só teríamos este dia inteiro em El Calafate e não podíamos correr o risco de não fazer. Nessa época do ano, não tinha a opção do Big Ice, mas o minitrekking foi suficiente e ótimo, na parte da manhã andamos pelo glaciar por volta de uma hora e a tarde tivemos mais uma hora mais ou menos nas passarelas, onde a vista é sensacional! O passeio inteiro foi incrível! É bem caro, mas quem vai pra região, acho que é obrigatório! Quando mais teremos a possibilidade de ver uma divindade da natureza como esta?!

IMG_20160908_211019.jpg
IMG_20160908_211019.jpg (1.38 MiB) Exibido 1147 vezes


El Chalten

El Chalten é uma cidadezinha muito pequena e com pouca estrutura na baixa temporada. A maioria dos hotéis e restaurantes estavam fechados e reformando para abrir na alta temporada. Fomos em setembro, acredito que antes disso, deve fechar tudo mesmo... pesquisem bem se forem no inverno.
Fora isso, é uma cidade cercada por montanhas, belas trilhas e o Fitz Roy como protagonista! Demais!
Todas as trilhas podem ser feitas sem guia, sem custo, bem tranquilo!

Hospedagem: Hostel Rancho Grande (15 dólares a diária - cama em dormitório com banheiro compartilhado)
É um bom hostel, tem um restaurante/bar, mas deixou um pouco a desejar na limpeza e o wifi que só funcionou um dia, o restante dos dias não tivemos como dar sinal de vida...)

7º dia: Viagem para El Chalten + Mirador de Los Condores y das Aguilas
Onibus: 360 pesos (ida e volta)
Quando chegamos na cidade, o onibus pára num local de apoio aos turistas onde explicam sobre os cuidados nas trilhas, entregam os mapas, achei bem legal!
Nesse dia, visitamos dois miradores, são as trilhas mais curtinhas, mas com belas vistas e já deram um gostinho da vista do Fitz Roy!

8º dia: Laguna Torre
Essa trilha é de 18km (ida e volta), mas bem tranquila, pois a maior parte é plana. A laguna estava congelada, e é liiinda! Além disso, a trilha inteira é muito bonita, sempre cercada de belas paisagens, vale muito a pena!

DSCF8280.JPG
DSCF8280.JPG (1.43 MiB) Exibido 1147 vezes


9º dia: Laguna Capri e Mirador Fitz Roy
Essa trilha é de 9 km (ida e volta). Esse caminho é início das trilhas para a Laguna de Los Tres e para outras como a das Piedras Brancas. A Laguna Capri e o Mirador são por si só um belo passeio e bem tranquilo, pela distancia. Queria muito ter ido até a Laguna de Los Tres, mas um pessoal do hostel nos disse que próximo ao topo estava cheio de neve, por isso não dava pra chegar. Além disso, era uma subida bem íngreme, então decidimos não ir... :cry:

Laguna Capri
DSCF8318.JPG
DSCF8318.JPG (1.38 MiB) Exibido 1147 vezes


Mirador Fitz Roy
DSCF8324.JPG
DSCF8324.JPG (1.38 MiB) Exibido 1147 vezes


10º dia: Chorito del Salto e viagem a El Calafate
A trilha para Chorito del Salto é muito fácil, plana e rápida. É uma bela cachoeira mas nada de mais. Estava um dia chuvoso, nublado e bem sem graça... rs! Às 18hs pegamos o onibus de volta a El Calafate pois nosso voo para Ushuaia sairia no outro dia cedo. Passamos a noite no Hostel Mel, com uma senhorinha muito simpática, foram 130 pesos a cama e ela nos levou para o aeroporto por 200 pesos.

Ushuaia

Ushuaia nos surpreendeu negativamente a primeira vista, é uma cidade maior do que imaginamos, meio suja e mal tratada... estávamos imaginando que fosse como El Calafate, mas é bem diferente. Ah, e parece que vc voltou pro Brasil de tanto brasileiro por lá!

Hospedagem: Airbnb (quarto duplo em casa de família por 130 reais a diária)

11º dia: Passeio em Ushuaia
Táxi aeroporto-centro: 108 pesos
Esse dia passeamos pela cidade e pesquisamos sobre os passeios, achamos muita diferença entre as agencias, ficamos em dúvida e fomos fechar os passeios só no dia seguinte numa agencia chamada Criolos, que no final das conta nos deu o melhor preço.
Lá tem uma avenida turística principal, a Av. San Martin, onde se encontram as agencias de turismo e restaurantes.

P_20160914_184316.jpg
P_20160914_184316.jpg (1.92 MiB) Exibido 1147 vezes


12º dia: Glaciar Martial
Esse passeio pode ser feito tranquilamente sem guia, pegando um táxi até o inicio da trilha ou ir a pé desde a cidade. Optamos pela segunda e fomos andando. Encontramos uma guia canina no caminho que nos acompanhou do início ao fim! Linda demais! A trilha estava toda nevada, o teleférico não estava funcionamento e poucas pessoas estavam subindo por conta disso, mas conseguimos chegar e foi lindo! Amamos! ::love::

P_20160914_114100_BF.jpg
P_20160914_114100_BF.jpg (821.57 KiB) Exibido 1147 vezes


13º dia: Cerro Castor e Patinação no gelo
300 pesos (transfer) + 145 pesos (ingresso Peaton) + 50 pesos (patinação no gelo)
O Renan queria muito ir, então fomos! rss Foi bem legal, no dia nevou bastante de manhã mas depois abriu um solzinho :)
Optamos pelo ingresso somente para visitar a estação. O Renan fez um pouco de snowboard com os equipamentos de um cara que conhecemos lá! O restante do tempo ficamos bebendo, comendo e assistindo umas equipes internacionais que estavam treinando.
Quando voltamos para a cidade, fomos numa pista de patinação no gelo, foi bem engraçado também! Não sei se fica aberta o ano todo, mas é só se informar por lá.

14º dia: Parque Nacional Tierra del Fuego e Navegação pelo Canal del Beagle
700 pesos (passeio do Parque) + 800 pesos (passeio da navegação)
A maioria das trilhas do parque estavam fechadas pela baixa temporada, e o onibus para ir por conta era 400 pesos, então achamos melhor comprar o passeio na agencia. Pra falar a verdade, o passeio foi bem fraco, o onibus pára em alguns pontos, nada de mais, mas valeu pra conhecer e chegar ao fim da famosa rota nº 3.
Já a navegação, gostamos demais! O barco chega bem perto das ilhas, dos leões marinhos, muito legal! Passeio obrigatório também e vale a pena!

DSCF8462.JPG
DSCF8462.JPG (1.41 MiB) Exibido 1147 vezes


15º dia: Passeio em Ushuaia
Era nosso último dia de viagem, estávamos mortos de cansaço!
O plano era ir até a Laguna Esmeralda, mas acordamos tarde e com preguiça e não fomos. Aproveitamos pra dormir mais e ir até a San Martin torrar os pesos restantes em souvenirs.
Sobre a Laguna Esmeralda, realmente queria ter ido. Disseram que estava toda congelada e dava até pra andar nela. Pelas fotos parece muito bonito! As agencias queriam nos vender este passeio por 1500 pesos (loucos!). O pessoal da casa que estávamos nos disse que dá pra pegar carona até o inicio da trilha e subir sozinhos tranquilo, são 9 km ao todo (ida e volta), plano. Quem tiver a oportunidade, acho que vale a pena sim.

Outras dicas:
[*]Não falei sobre despesa com alimentação, mas é tudo muito caro, se prepare! Cozinhamos e comemos lanche pra caramba, mesmo assim gastamos bastante. Os preços nos mercados são ridículos, impensáveis! Somente em Ushuaia achamos um Carrefour e foi mais razoável. Se for economizar bem, conte pelo menos 50 reais por dia.
[*]Cambio: lá efetivamente é utilizada a moeda local somente alguns lugares aceita dólares. Recomendo que se leve um pouco das duas aqui do Brasil, e o valor restante em reais e troca por lá. O melhor cambio que achamos no Chile foi 177, no aeroporto, e 3,90 em Calafate e 4,0 em Ushuaia. Ahh é bem bizarro na Argentina, não tem casa de cambio, se troca em restaurantes, etc... mas pesquise pois tem bastante variação.
[*]Não deixe de levar: segunda pele (blusa e calça - sério, vc vai usar todos os dias, se puder leve mais de um de cada), blusa quente e impermeável, bota impermeável, meia sem algodão própria para trilha no frio, luvas - São itens essenciais! Aqui em São Paulo, encontramos tudo na Decatlhon;
[*]Nos dias de trilha, saia cedo de casa, vc pode aproveitar muito mais, sem se preocupar com a hora de voltar.

Pontos negativos por termos ido em baixa temporada:
[*]Não vimos pinguins em lugar nenhum - quem tiver em Punta Arenas a partir de outubro, vá na Isla Magdalena, parece incrível!
[*]Alguns refúgios de Torres del Paine não abrem, e se for acampar, se agasalhe bem, deve ser bem frio!
[*]Algumas trilhas estavam fechadas devido a neve, mas não muitas! No inverno mesmo, deve ser pior.

Pontos positivos por termos ido em baixa temporada:
[*]Pudemos comprar passeios, passagens, reservar hoteis, com tranquilidade;
[*]Os hostels não estavam lotados;
[*]As trilhas, mirantes, estavam sem muitas pessoas;
[*]Preços de parques e passeios são mais baratos do que em temporada.

No geral, acho que escolhemos uma boa época, pegamos apenas uns dois dias de chuva fraca, o que não atrapalhou os passeios, e nada de aglomeração de pessoas, o que pra nós, foi ótimo! A tristeza mesmo foi não ter visto os pinguins em seu habitat natural, fica pra próxima!

Gasto total aproximado por pessoa: R$ 5.100,00

A Patagônia é apaixonante, uma paisagem mais maravilhosa que a outra!!! Dá pra ir no luxo, na economia total ou no meio termo (o que foi o nosso caso). De uma forma ou de outra vc vai se apaixonar! ::love:: ::love:: ::love::

#1225637 por MandinhaBr
18 Out 2016, 10:05
Ju Oliveira escreveu:Mandinha, adorei o seu relato. Vou fazer uma viagem muito parecida em novembro.
Em Puerto Natales, qual foi a empresa que vc contratou para o full day em Torres del Paine? E qual foi a que te levou para o início da trilha da base das Torres?


Oi Ju!
Os dois passeios fizemos com a Carfran Patagonia: http://www.carfranpatagonia.cl/
Também ficamos numa hospedagem deles no Hostal Arkya.
Se puder ajudar em mais alguma coisa, me avise!
Boa viagem!!! :D
#1230875 por RENATAT
07 Nov 2016, 19:18
OI Mandinha, muito legal seu relato. Estou planejando um roteiro parecido. Gostaria de mais detalhes do Full Day no TDP que passa pelos lagos. O percurso é feito de carro, ou sempre caminhada? É muito longe da portaria ?Será que dá para ficar no local em vez de voltar para P. Natales?
Te pergunto, pois queria passar uma noite no parque no refugio para fazer a trilha até a base bem cedo. Não tenho verba, para ficar mais tempo lá, é muuito caro.
obrigada!
#1230908 por MandinhaBr
07 Nov 2016, 21:25
Olá Renata!

O full day é todo feito de van, muito pouca caminhada. Acho q este passeio só sai de Puerto Natales, mas deve dar pra contratar estando hospedado no parque sim, precisa conversar com a agencia pra ver.

Da uma olhada no Hotel las torres, fica bem no inicio da trilha pra base das torres, mas não é barato não! Pesquise essa opção, ou outros refúgios dentro do parque, ou Puerto Natales, pra ver qual vale mais a pena! Se optar ficar dentro do parque pede pro guia do full day tour te deixar próximo do local da hospedagem, creio que seja possível.
#1230914 por MandinhaBr
07 Nov 2016, 21:44
RENATAT escreveu:OI Mandinha, muito legal seu relato. Estou planejando um roteiro parecido. Gostaria de mais detalhes do Full Day no TDP que passa pelos lagos. O percurso é feito de carro, ou sempre caminhada? É muito longe da portaria ?Será que dá para ficar no local em vez de voltar para P. Natales?
Te pergunto, pois queria passar uma noite no parque no refugio para fazer a trilha até a base bem cedo. Não tenho verba, para ficar mais tempo lá, é muuito caro.
obrigada!



Olá Renata!

O full day é todo feito de van, muito pouca caminhada. Acho q este passeio só sai de Puerto Natales, mas deve dar pra contratar estando hospedado no parque sim, precisa conversar com a agencia pra ver.

Da uma olhada no Hotel las torres, fica bem no inicio da trilha pra base das torres, mas não é barato não! Pesquise essa opção, ou outros refúgios dentro do parque, ou Puerto Natales, pra ver qual vale mais a pena! Se optar ficar dentro do parque pede pro guia do full day tour te deixar próximo do local da hospedagem, creio que seja possível.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 8 visitantes