Está procurando companhia para fazer uma trilha ou travessia? Abra seu tópico aqui!
#1163959 por OliveiraL
16 Fev 2016, 09:47
pilarcorrea escreveu:Vixe!

Infelizmente, não consigo.

Se souber de outro grupo indo nas datas mais acessíveis (feriados), me indica, por favor!

Gratidão!

Té a próxima!


Outra coisa que esqueci de perguntar, vc pretende fazer a trilha em três ou dois dias?

#1163989 por pilarcorrea
16 Fev 2016, 10:35
Oi!

Em três é o ideal, por isso a busca por um feriado (ex.: sexta, sábado e domingo).

Se houver algum grupo fazendo bate-volta em algum final de semana, eu topo também, embora fique mais corrido.

Pra tudo a gente dá um jeito! rs

Gratidão!
#1174384 por caio.acquesta
24 Mar 2016, 12:09
pilarcorrea escreveu:Oi!

Em três é o ideal, por isso a busca por um feriado (ex.: sexta, sábado e domingo).

Se houver algum grupo fazendo bate-volta em algum final de semana, eu topo também, embora fique mais corrido.

Pra tudo a gente dá um jeito! rs

Gratidão!


Olá.
Tenho vontade de fazer a travessia, e só tenho disponivel o feriado de maio - 26 a 29 .
Sou de SP.
#1182198 por Ronaldopxo
22 Abr 2016, 23:17
OliveiraL escreveu:
carolpierre escreveu:Sou de Petropolis, ainda nao fiz a travessia! Tenho interesse!


Olá Carol,

Estou chegando dia 08/05 no Galeão e de lá vou direto pra Petrópolis. Há mais 4 pessoas que irão tbm. O Piolho (dá uma olhadinha na página 1 que tá o post dele) é do RJ e já estamos alinhando os detalhes com os demais. Se quiser, manda seu número de Whats via MP pra te incluirmos no grupo.

Ainda estou pesquisando um local pra ficar em Petrópolis mas aceito sugestões. Tem que ser algo barato pois vou chegar por volta das 15:00 hs em Petro e no dia seguinte já vou pra trilha. Se rolar um couch, fico grato tbm :)

Abraços.



Olá,
Vou dar uma sugestão de hostel.

Chama-se Hostel 148. Lugar bem localizado, bem limpo, próximo de um ponto onde você pega um ônibus que vai te deixar encostado na entrada do parque. Pessoal muito atencioso, pelo menos quando estive lá. Cozinha bem equipada, banheiros limpos, beliches boas e a roupa de cama você pega no check in. Também tem armários com chave para guardar seus bagulhos. Sem falar que tinha um café da manhã bem bacana incluído no preço. E o cara que cozinhava até me ensinou a fazer umas geléias. E ainda tem cerveja e lasanha congelada para vender.
E tem um segredinho. Tem água de mina numa torneira nos fundos da cozinha para encher suas garrafinhas.

Outra coisa, andar de ônibus em Petrópolis é super fácil e funciona. Chega no Galeão e pega um ônibus chamado Frescão, que te deixa na rodoviária do centro. Lá você pega um ônibus para Petrópolis. Na rodoviária de Petrópolis pega o Busão para o Centro, que vai te deixar próximo do Hostel. Se chegar cedo, dá para usar a tarde para passear: Museu Imperial, casa de Santos Dumont, fábrica da Bohemia, etc.

Se quiser posso te passar os números das linhas.

Outra coisa, na travessia Petro-Tere tem muita gente que deixa lugares lindos para trás. Faz em 3 dias. Vai na cachoeira Veu de noiva, na cachoeira das andorinhas. E de jeito nenhum deixe de ir nos Portais de Hércules. É uma das vistas mais lindas da Travessia. Se quiser te passo os tracklogs. Não precisa de guia. Dá para ir sozinho. Mas se quiser um guia, contacte o Geovane Rento. Super gente boa e guia excelente.

Abraços.
#1182250 por OliveiraL
23 Abr 2016, 09:45
Ronaldopxo escreveu: Olá,
Vou dar uma sugestão de hostel.

Chama-se Hostel 148. Lugar bem localizado, bem limpo, próximo de um ponto onde você pega um ônibus que vai te deixar encostado na entrada do parque. Pessoal muito atencioso, pelo menos quando estive lá. Cozinha bem equipada, banheiros limpos, beliches boas e a roupa de cama você pega no check in. Também tem armários com chave para guardar seus bagulhos. Sem falar que tinha um café da manhã bem bacana incluído no preço. E o cara que cozinhava até me ensinou a fazer umas geléias. E ainda tem cerveja e lasanha congelada para vender.
E tem um segredinho. Tem água de mina numa torneira nos fundos da cozinha para encher suas garrafinhas.

Outra coisa, andar de ônibus em Petrópolis é super fácil e funciona. Chega no Galeão e pega um ônibus chamado Frescão, que te deixa na rodoviária do centro. Lá você pega um ônibus para Petrópolis. Na rodoviária de Petrópolis pega o Busão para o Centro, que vai te deixar próximo do Hostel. Se chegar cedo, dá para usar a tarde para passear: Museu Imperial, casa de Santos Dumont, fábrica da Bohemia, etc.

Se quiser posso te passar os números das linhas.

Outra coisa, na travessia Petro-Tere tem muita gente que deixa lugares lindos para trás. Faz em 3 dias. Vai na cachoeira Veu de noiva, na cachoeira das andorinhas. E de jeito nenhum deixe de ir nos Portais de Hércules. É uma das vistas mais lindas da Travessia. Se quiser te passo os tracklogs. Não precisa de guia. Dá para ir sozinho. Mas se quiser um guia, contacte o Geovane Rento. Super gente boa e guia excelente.

Abraços.


Ronaldopxo, muitíssimo obrigado pelas dicas.

Então, já fiz a reserva no 148 pois os comentários no booking mostram que ele é realmente super recomendado.

Quanto ao tracklog, eu vou querer sim. Inicio a trilha no dia 09/05, mas a grande dúvida é a que horas normalmente ela é concluída pois pretendo ir nesse mesmo dia (11/05) para o RJ.

Se puder me passar as linhas dos ônibus também fico grato.

Abraços.
#1183306 por marcioomoraiss
27 Abr 2016, 11:12
Beleza? Estou TENTANDO juntar uma galera pra ir também em maio.
Todos já fizeram essa travessia?
Ainda não defini data para confirmar com as outras pessoas.
Caso ninguém confirme, coisa bem provável, ainda cabem 2 ou 3 pessoas nessa?
")
#1183324 por OliveiraL
27 Abr 2016, 12:12
marcioomoraiss escreveu:Beleza? Estou TENTANDO juntar uma galera pra ir também em maio.
Todos já fizeram essa travessia?
Ainda não defini data para confirmar com as outras pessoas.
Caso ninguém confirme, coisa bem provável, ainda cabem 2 ou 3 pessoas nessa?
")


Olá Marcio,

Já tem alguma data definida em maio?

Há um grupo aqui (e eu estou incluso nele) que irá sair no dia 09/05 para a travessia de 3 dias, se quiser juntar-se será bem-vindo. Mas não deixa pra comprar os ingressos em cima da hora pois pode não haver vagas.

Eu chego no RJ no dia 08/05, vou pra Petrópolis e no dia seguinte já iniciamos a travessia.

Abraços.
#1183915 por OliveiraL
29 Abr 2016, 12:21
marcioomoraiss escreveu:Ola, vou esperar o final do mes, pra ir mais uma pessoa, dia 26-27-28, mas pretendo ir antes pra conhecer um pouco Petro.
Mas valew, iria me juntar a voces, caso essa pessoa nao fosse conosco.

Quem sabe uma proxima?!!


Tranquilo Marcio.

Abraços.
#1184255 por Ronaldopxo
30 Abr 2016, 23:53
OliveiraL escreveu:
Ronaldopxo escreveu: Olá,
Vou dar uma sugestão de hostel.

Chama-se Hostel 148. Lugar bem localizado, bem limpo, próximo de um ponto onde você pega um ônibus que vai te deixar encostado na entrada do parque. Pessoal muito atencioso, pelo menos quando estive lá. Cozinha bem equipada, banheiros limpos, beliches boas e a roupa de cama você pega no check in. Também tem armários com chave para guardar seus bagulhos. Sem falar que tinha um café da manhã bem bacana incluído no preço. E o cara que cozinhava até me ensinou a fazer umas geléias. E ainda tem cerveja e lasanha congelada para vender.
E tem um segredinho. Tem água de mina numa torneira nos fundos da cozinha para encher suas garrafinhas.

Outra coisa, andar de ônibus em Petrópolis é super fácil e funciona. Chega no Galeão e pega um ônibus chamado Frescão, que te deixa na rodoviária do centro. Lá você pega um ônibus para Petrópolis. Na rodoviária de Petrópolis pega o Busão para o Centro, que vai te deixar próximo do Hostel. Se chegar cedo, dá para usar a tarde para passear: Museu Imperial, casa de Santos Dumont, fábrica da Bohemia, etc.

Se quiser posso te passar os números das linhas.

Outra coisa, na travessia Petro-Tere tem muita gente que deixa lugares lindos para trás. Faz em 3 dias. Vai na cachoeira Veu de noiva, na cachoeira das andorinhas. E de jeito nenhum deixe de ir nos Portais de Hércules. É uma das vistas mais lindas da Travessia. Se quiser te passo os tracklogs. Não precisa de guia. Dá para ir sozinho. Mas se quiser um guia, contacte o Geovane Rento. Super gente boa e guia excelente.

Abraços.


Ronaldopxo, muitíssimo obrigado pelas dicas.

Então, já fiz a reserva no 148 pois os comentários no booking mostram que ele é realmente super recomendado.

Quanto ao tracklog, eu vou querer sim. Inicio a trilha no dia 09/05, mas a grande dúvida é a que horas normalmente ela é concluída pois pretendo ir nesse mesmo dia (11/05) para o RJ.

Se puder me passar as linhas dos ônibus também fico grato.

Abraços.




Bom,
vai lá então..

Pelo que entendi você chega no Rio no domingo, 08-05. Independente de qual for o aeroporto que chegar, pega o ônibus FRESCÃO, no aeroporto mesmo, até a rodoviária, Terminal Rodoviário Novo Rio. Na rodoviária, a companhia que faz Petrópolis é a Viação Única / Fácil. Tem ônibus regularmente e em muitos horários. O valor da passagem é 27 reais https://vendas.unica-facil.com.br/VendaWeb/consulta

Chegando em Petrópolis, no terminal Bingen, se você for para o Hostel 148, tome o ônibus número 100, que vai te deixar no terminal Central, que é a antiga rodoviária de Petrópolis. O hostel 148 fica bem próximo dali. Você vai ver uma igreja, vá em direção a ela. Na rua lateral esquerda tem um mercado, siga pela calçada e na primeira vire a esquerda. São 5 minutos a pé.
Tem vários passeios que dá para fazer a pé, a partir do Hostel. Casa de Santos Dumont, Museu Imperial, Fábrica da Bohemia, etc. Os caras te informam no Hostel.

No outro dia, acorde cedo. Para pegar o busão para o parque basta subir um pouco pela rua do Hostel até o topo da subida. Lá tem um ponto. Pegue o ônibus número 611 (Pinheiral). O 616 também ia até lá, informe-se no Hostel. Esse ônibus vai te deixar próximo da entrada do Parque. É só pedir para o Motorista que ele te informa.

No centro, perto do museu imperial tem um restaurante por quilo muito bom e barato, chamado Soberano, caso deseje ir.


Quanto à travessia, os pontos que falei que achava que você devesse visitar, não tem muito segredo.
A cachoeira Véu de noiva e a Gruta do Presidente tem uma indicação com placa. São cerca de uns 50 minutos a mais gastos para ir e voltar. A cachoeira das andorinhas fica 10 minutos depois da Véu de Noiva, acho mais bonita. Então, depois da bifurcação (placa) a ordem é Gruta do Presidente - Véu de Noiva - Andorinhas.
Já os portais de Hércules são acessados por um desvio na trilha do segundo dia. Esse desvio começa no topo do Morro do Marco. Você vai derivar à direita, em direção ao abismo e paredão. Durante boa parte do trecho você vai ouvir o barulho de um pequeno riacho, que você terá que cruzar mais adiante. É um visual que vale a pena. Essa visita pode ser feita no primeiro dia, caso chegue cedo no Açu, ou na manhã do dia seguinte, desviando e depois voltando à trilha Petro-Terê. Qualquer dos dois modos tem suas belezas diferentes, devido à posição do sol e à maneira como a luz incide sobre os portais. Eu, particularmente, prefiro o visual da tarde.

Quanto ao último dia, não sei a que horas você tem que estar no aeroporto do Rio, mas os ônibus em Teresópolis não funcionam tão a contento como em Petrópolis. Eu fui a pé do Parque até a Rodoviária, porque seria mais rápido que esperar o busão. São cerca de 5 Km. ( Eu também queria conhecera chácara ada CBF). Os ônibus de Teresópolis para o Rio saem a cada hora e a passagem custa cerca de 30 reais. São mais ou menos 45 minutos de viagem até o terminal Novo Rio. De lá tome outro FRESCÃO para o aeroporto. Se for sair do Galeão, tem uma outra linha que sai de Teresópolis e passa encostado. Tem que perguntar na rodoviária de Teresópolis.,
No terceiro dia você vai gastar cerca de 3 horas do Sino até a sede. E mais uma hora da sede até a rodoviária, se for a pé. Se bem que tem uma trilha no final, chamada trilha cartão postal que é bem puxada, mas o visual do Dedo de Deus vale a pena. Daí você acrescenta umas duas horas a mais.

Não sei como você anda de preparo físico, mas se levar uma mochila não muito pesada, dá para fazer assim (apenas uma sugestão):
Primeiro dia, inicio da trilha às 8 horas, ida à gruta, Véu de noiva e andorinhas. 10 e meia na pedra do queijo. 11 e meia no ajax e 14 horas no Açu. Montar a barraca e ir para os Portais de Hércules. Chegada aos portais às 16 horas e retorno às 16:30. Leve lanterna, que talvez chegue de volta ao Açu no entardecer. Por do sol no Cruzeiro.
Segundo dia, acordar bem cedo e subir os Castelos para ver o sol nascer por trás dos 3 picos de Friburgo e das montanhas de Teresópolis. 8 e meia começar a trilha. O segundo dia é mais técnico e tem mais subidas e descidas. O primeiro dia é só de subida.
caso não tenha ido aos portais de Hércules vá agora. Você deve terminar o segundo dia por volta de 4 a 5 da tarde. Monte sua barraca e volte ao Sino para o por do sol.
Terceiro Dia. De manhã acorde cedo e vá ver o sol nascer no Sino, ou na Pedra da Baleia (outra, não aquela que você passou no segundo dia) que fica mais próxima do acampamento e cujo acesso é feito por uma trilha que sai dos fundos da área de camping atrás do Abrigo 4. Depois volte, desmonte tudo e desça para a sede Teresópolis. O terceiro dia não tem muitos visuais e é feito quase que sempre por entre as árvores. Você deve chegar na sede Teresópolis por volta do meio dia.

Os tracklogs te passo por mensagem privada, logo logo.
#1184281 por OliveiraL
01 Mai 2016, 10:31
Ronaldopxo escreveu:
Bom,
vai lá então..

Pelo que entendi você chega no Rio no domingo, 08-05. Independente de qual for o aeroporto que chegar, pega o ônibus FRESCÃO, no aeroporto mesmo, até a rodoviária, Terminal Rodoviário Novo Rio. Na rodoviária, a companhia que faz Petrópolis é a Viação Única / Fácil. Tem ônibus regularmente e em muitos horários. O valor da passagem é 27 reais https://vendas.unica-facil.com.br/VendaWeb/consulta

Chegando em Petrópolis, no terminal Bingen, se você for para o Hostel 148, tome o ônibus número 100, que vai te deixar no terminal Central, que é a antiga rodoviária de Petrópolis. O hostel 148 fica bem próximo dali. Você vai ver uma igreja, vá em direção a ela. Na rua lateral esquerda tem um mercado, siga pela calçada e na primeira vire a esquerda. São 5 minutos a pé.
Tem vários passeios que dá para fazer a pé, a partir do Hostel. Casa de Santos Dumont, Museu Imperial, Fábrica da Bohemia, etc. Os caras te informam no Hostel.

No outro dia, acorde cedo. Para pegar o busão para o parque basta subir um pouco pela rua do Hostel até o topo da subida. Lá tem um ponto. Pegue o ônibus número 611 (Pinheiral). O 616 também ia até lá, informe-se no Hostel. Esse ônibus vai te deixar próximo da entrada do Parque. É só pedir para o Motorista que ele te informa.

No centro, perto do museu imperial tem um restaurante por quilo muito bom e barato, chamado Soberano, caso deseje ir.


Quanto à travessia, os pontos que falei que achava que você devesse visitar, não tem muito segredo.
A cachoeira Véu de noiva e a Gruta do Presidente tem uma indicação com placa. São cerca de uns 50 minutos a mais gastos para ir e voltar. A cachoeira das andorinhas fica 10 minutos depois da Véu de Noiva, acho mais bonita. Então, depois da bifurcação (placa) a ordem é Gruta do Presidente - Véu de Noiva - Andorinhas.
Já os portais de Hércules são acessados por um desvio na trilha do segundo dia. Esse desvio começa no topo do Morro do Marco. Você vai derivar à direita, em direção ao abismo e paredão. Durante boa parte do trecho você vai ouvir o barulho de um pequeno riacho, que você terá que cruzar mais adiante. É um visual que vale a pena. Essa visita pode ser feita no primeiro dia, caso chegue cedo no Açu, ou na manhã do dia seguinte, desviando e depois voltando à trilha Petro-Terê. Qualquer dos dois modos tem suas belezas diferentes, devido à posição do sol e à maneira como a luz incide sobre os portais. Eu, particularmente, prefiro o visual da tarde.

Quanto ao último dia, não sei a que horas você tem que estar no aeroporto do Rio, mas os ônibus em Teresópolis não funcionam tão a contento como em Petrópolis. Eu fui a pé do Parque até a Rodoviária, porque seria mais rápido que esperar o busão. São cerca de 5 Km. ( Eu também queria conhecera chácara ada CBF). Os ônibus de Teresópolis para o Rio saem a cada hora e a passagem custa cerca de 30 reais. São mais ou menos 45 minutos de viagem até o terminal Novo Rio. De lá tome outro FRESCÃO para o aeroporto. Se for sair do Galeão, tem uma outra linha que sai de Teresópolis e passa encostado. Tem que perguntar na rodoviária de Teresópolis.,
No terceiro dia você vai gastar cerca de 3 horas do Sino até a sede. E mais uma hora da sede até a rodoviária, se for a pé. Se bem que tem uma trilha no final, chamada trilha cartão postal que é bem puxada, mas o visual do Dedo de Deus vale a pena. Daí você acrescenta umas duas horas a mais.

Não sei como você anda de preparo físico, mas se levar uma mochila não muito pesada, dá para fazer assim (apenas uma sugestão):
Primeiro dia, inicio da trilha às 8 horas, ida à gruta, Véu de noiva e andorinhas. 10 e meia na pedra do queijo. 11 e meia no ajax e 14 horas no Açu. Montar a barraca e ir para os Portais de Hércules. Chegada aos portais às 16 horas e retorno às 16:30. Leve lanterna, que talvez chegue de volta ao Açu no entardecer. Por do sol no Cruzeiro.
Segundo dia, acordar bem cedo e subir os Castelos para ver o sol nascer por trás dos 3 picos de Friburgo e das montanhas de Teresópolis. 8 e meia começar a trilha. O segundo dia é mais técnico e tem mais subidas e descidas. O primeiro dia é só de subida.
caso não tenha ido aos portais de Hércules vá agora. Você deve terminar o segundo dia por volta de 4 a 5 da tarde. Monte sua barraca e volte ao Sino para o por do sol.
Terceiro Dia. De manhã acorde cedo e vá ver o sol nascer no Sino, ou na Pedra da Baleia (outra, não aquela que você passou no segundo dia) que fica mais próxima do acampamento e cujo acesso é feito por uma trilha que sai dos fundos da área de camping atrás do Abrigo 4. Depois volte, desmonte tudo e desça para a sede Teresópolis. O terceiro dia não tem muitos visuais e é feito quase que sempre por entre as árvores. Você deve chegar na sede Teresópolis por volta do meio dia.

Os tracklogs te passo por mensagem privada, logo logo.


Ronaldo vou ter que te pagar umas cervejas (ou um refri, ou um suco, etc) pela super dicas que está me passando. Você fez um resumo de dois meses de pesquisa que fiz sobre essa travessia. Muito grato mesmo pelas informações.

Eu gravei o percurso no google earth e fiquei visualizando várias vezes a fim de decorar os pontos críticos da travessia (não confio 100% no gps), principalmente no chapadão onde a navegação complica em caso de neblina, mas pelo que vi dá pra fazer sem muitos "sustos" no trajeto. To levando também um mapa da área do parque em A3 e lancei os principais azimutes da trilha (açu, chapadão, isabeloca, sino, etc) como uma garantia a mais de não tomar um perdido, mas pelo que li se não tiver o "ruço" dá pra ir tranquilo.

Quanto a volta pro RJ, decidi que ao termino da trilha vou pernoitar em Teresópolis e no dia seguinte ir pro RJ assim aproveito melhor o ultimo dia da travessia. Uma pena que meu voo é às 14:30 hs do dia 12 pois queria dá um pulinho na pedra do telégrafo. Mas fica pra próxima.

Vou aguardar o tracklog.

Novamente, muito obrigado e grande abraço.
#1184463 por Ronaldopxo
01 Mai 2016, 21:01
Então, vou anexar aqui os tracklogs.
Para a cachoeira Véu de noiva e cachoeira das andorinhas, não tem segredo. Entra à esquerda onde a placa indica e vai em frente. Depois da gruta do Presidente você continua até a cachoeira véu de noiva. Passa pela frente dela e segue em frente por uma trilha meio fechada. É só ir reto, deixando o véu de noiva à sua esquerda. Mais uns 10 minutos chega na cachoeira das Andorinhas.
Nesse trajeto até o véu de noiva você vai ter que atravessar o rio pelas pedras, mas é meio lógico o caminho. Também vai passar por uma "Árvore portal". É um lugar legal para uma foto. A trilha passa pelo meio da árvore. Na verdade, acho que são duas árvores que se encontraram e se uniram.

Para os portais de Hércules é o que eu disse. Você escolhe se vai à tarde ou de manhã, de acordo com seu tempo e seu fôlego.

Já que você vai ficar mais um dia. Faça a trilha cartão postal. Deixe a mochila pesada escondida no começo da trilha e suba só de ataque. Rende ótimas fotos do Dedo de Deus.

Quanto a dificuldades de orientação, acho que você não terá. Preste atenção que a Isabeloca estava sendo "refeita" quando eu estive por lá. Se não me engano, agora ela é mais em nível, com mais zigue-zagues para evitar a erosão. Chegando no chapadão, é só prestar atenção nos totens no chão. Sempre você vai ver esses totens indicando a direção.

No segundo dia, acho que o único ponto que talvez engane, é ao cruzar um riozinho, próximo ao vale das antas. A tendência é subir pelas pedras, mas na verdade você tem que cruzar o riozinho. Mas se errar, perderá no máximo 10 minutos para voltar.

Quanto às dificuldades técnicas, se não estiver chovendo, é tudo sossegado. No cavalinho, se estiverem em grupo e não sentirem confiança, podem subir as mochilas e depois passarem o cavalinho sem peso nas costas. O mesmo vale para o "mergulho", que fica um pouco antes do cavalinho. Todos os locais tem grampos para passagem de cordas caso ache necessário.

Uma coisa. O banho quente no abrigo vale muito a pena.

Acho que você vai pegar temperaturas bem baixas no alto da montanha. se fosse eu, levaria uma só roupa para trilha. Uma roupa para dormir. E um saco de dormir bom, de preferência 0°C, ou -5°C. Agasalhos bons para a manhã e a noite, caso queira ficar papeando no abrigo.
Anexos
Tracklog de travessia feita em agosto de 2014.
Contém vários pequenos "desvios", que forma saídas da trilha para tirar fotos, etc.

(116.7 KiB) Baixado 11 vezes
Trilha até os portais de Hércules, partindo do acampamento próximo ao abrigo 3 (Açu)
(20.89 KiB) Baixado 8 vezes
Trilha para a cachoeira véu de noiva.
(43.27 KiB) Baixado 8 vezes

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes