Roteiros de Viagem no Brasil

#1067544 por Belizia
13 Mar 2015, 13:40
Eu estou sugerindo a criação de um grupo de whatsapp para a expedição ao Pico da Bandeira sair do papel com um grupo empolgado e preparado. O que acham?



Eu pretendo fazer a travessia. Quero sair de ES para MG.
Editado pela última vez por Belizia em 26 Jul 2016, 13:53, em um total de 1 vez.
#1068015 por Raimundo.Santana
15 Mar 2015, 11:19
Olá.
Já fiz essa viagem pelo lado mineiro. A entrada do parque fica em Alto Caparaó.
Segue algumas dicas de roteiro que podem ser úteis e tornará sua viagem mais confortável:
- O mais bonito do pico é sem dúvida o nascer ou pôr do sol. Mas é mais fácil subir o pico no escuro do que descer, portanto recomendo o nascer do sol.
- Se optar pelo lado mineiro, e também ver o nascer do sol, o mais adequado é acampar no Terreirão.
- Os melhores meses pra ir no pico são junho e julho pois é o período de seca. Lá no topo é muito úmido e ir em outras épocas do ano é quase certo que você pegará chuva e MUITA neblina.
- Se for acampar, leve bastante roupa de frio, isolante e um bom saco de dormir. Não subestime o frio. Às 5hs da manhã no pico, a temperatura chega a variar de -5ºC a -12ºC no inverno.

Abaixo, vou descrever a rota que fiz na minha última viagem em julho/2014:
1) Saí cedo de Belo Horizonte num sábado, chegando em Alto Caparaó por volta de 11:30hs
2) Chegando na cidade, passamos numa loja que abre todo santo dia na avenida principal e que vende/aluga materiais de camping. Lá compramos pouca coisa que faltava, incluindo uma capa de chuva descartável para subir caso tivesse muita serração.
3) Almoçamos em um restaurante da cidade.
4) Por volta de 13:00hs, entramos no parque de carro e subimos até a primeira parada, a Tronqueira, que fica a 4km (não sei exatamente) da portaria. Estacionamos o carro lá, juntamos as coisas e começamos a caminha rumo ao terreirão.
5) Da tronqueira ao terreirão são aproximadamente 4km de subida razoavelmente tranquila e com trilha fácil de seguir. O terreirão é uma área de camping grande e bem estruturada, com pia, chuveiros (frios) e banheiro. Fizemos uma janta e socializamos com o pessoal de lá.
6) Às 2:30 da manhã de domingo, acordamos e começamos a subida ao pico (mais uns 3,5 a 4km). Chegamos lá cedo, por volta de 5:20 e passamos um bocado de frio esperando o nascer do sol que era às 6:08.
7) Lá pelas 7hs decidimos voltar pro terreirão. Fizemos um lanche pra descansar e seguimos a descida para Alto Caparaó. Lá almoçamos e voltamos para BH. Se você tiver mais tempo, vale a pena conhecer a cachoeira no caminho de volta e descansar em uma pousada da cidade. A cidade é bem charmosa a noite e tem pousadas ótimas.

Espero ter ajudado. Pretendo voltar lá em julho desse ano.
Dia 18 de abril vou fazer a travessia Lapinha da Serra -> Tabuleiro. Se alguém animar ir junto, me avisa!
#1069715 por mf_bolivar
19 Mar 2015, 14:17
Boa tarde pessoal, sou de SP e tb estou querendo ir para o Pico da Bandeira, só que no feriado de Tiradentes. Eu e mais um amigo estamos querendo fazer a travessia começando pelo lado do ES e descendo pelo lado mineiro com pelo menos uma noite de acampamento. Se mais alguém estiver a fim de ir dá um toque ::cool::
#1070147 por Rvieira
20 Mar 2015, 18:11
Pessoal, uma pergunta bem básica...o último acampamento é muito longe do pico? acham q é possível chegar para ver o por do sol, voltar pro acampamento e depois subir outra vez pro nascer do sol??
#1070908 por Otávio Luiz
23 Mar 2015, 10:09
Dá sim, do Terreirão pro Bandeira dá umas 2~3 horas de caminhada, se você for bom das pernas.
Mas será bem cansativo.
#1072105 por nathan_mg
26 Mar 2015, 10:48
Pessoal, contribuindo aos que vão pela primeira vez, assim como eu, vou compartilhar abaixo as dicas que um amigo me passou. Ele foi no ano passado e me passou todas as informações que se lembrou. Segue:


CENÁRIO

Ápice do inverno de 2014, com chuva fina o tempo todo, estrada com lama e com pessoas na faixa de 20 - 60 anos, ajudando as pessoas mais velhas a todo momento e com mochila de 70 litros (15 kg) em alguns trechos. Pegamos 0º no terreirão e uns -5º no topo.

TRECHOS (considerar o cenário acima)

Da entrada do parque até a Tronqueira fizemos de jipe 4x4 por causa do mau tempo. Tinha MUITA lama e até o jipe teve dificuldade. Com muita chuva é bem difícil subir de veículo que não seja 4x4. Sem chuva só carro 1.0 que chora kkk

Tronqueira - Terreirão (3,7 Km): Carregando mochila cargueira (15 kg) fizemos em + ou - 3 hs. Trilha tranquila com subidas tranquilas.

Terreirão - Pico (3,2 km): Carregando mochila de ataque fizemos em 3 hs. Trilha mais pesada com subidas fortes.


DICAS

Não levar roupa de algodão em hipótese alguma, somente de tecido sintético (tectel, poliéster). Algodão retém muito líquido.

Imprescindível levar um anorak, pois o clima no local é frio e a gente transpira muito na caminhada além da umidade que é alta, então você corre o risco de ter hipotermia. Este abrigo te protege do vento, da chuva e te ajuda na transpiração.

Não fazer paradas longas para não deixar o corpo esfriar.

Em caso de chuva, contratar jipe (no centro da cidade) para subir da entrada do parque até a tronqueira. (Não ir a pé da entrada do parque até a tronqueira, desnecessário).

É bom levar capa de chuva para mochila (saco de lixo serve se fizer buracos para passar as alças da mochila kkkkkkk) ou poncho que cobre você e a mochila.

Para as caminhadas uma blusa normal sintética junto com o anorak segura a onda. Utilizar as três camadas de roupas (segunda pele, fleece, anorak) somente para dormir e para ficar no topo da montanha. Então quando tiver quase chegando no topo rola de colocar todas as camadas porque lá em cima venta MUITO. Sem luvas e roupas necessárias é impossível ficar lá.

Observar o horário do sol nascer para não chegar no topo MUITO antes e ficar lá parado esperando. Lembro que a galera saía do Terreirão entre 2:30 e 3:30 da manhã. Depende muito do ritmo de caminhada. Eu saí 3 da manhã e cheguei lá no topo 5:50.

O percurso Terreirão - Pico é o mais difícil, pois tem muitos trechos íngremes em que é preciso escalaminhar.

Há uma araucária (árvore) solitária indicando a metade do caminho entre a tronqueira e o terreirão.

Tem bastante fonte de água na trilha até o terreirão. Já no Terreirão você encontra banheiro e água potável. É bom levar uma garrafa de 1 litro ou 2 garrafas de 500 ml e ir recarregando ao longo da trilha.

É bom ter um calçado com boa aderência e levar uns 3 ou 4 pares de meia.

O trecho mais perigoso (risco de acidente) pra mim foi a descida do pico ao terreirão, é a hora que o joelho reclama e você se distrai com a vista.

Na descida do pico para o terreirão tem que ficar atento a sinalização da trilha para não descer pelo lado do ES.

Com todos os equipamentos citados (barraca, saco de dormir, isolante...) te indico fortemente acampar no terreirão, porque você consegue descansar e subir o resto mais tranquilo. Se for direto da tronqueira até o pico se prepare bem fisicamente e psicologicamente porque é chão demais!!!

Colchão inflável é muito inviável pra carregar na mochila por causa do peso. O ideal é um saco de dormir e isolante térmico. Caso for pernoitar na tronqueira pode ser que o colchão atenda.

Ficar esperto com os quatis no acampamento, pois entram nas barracas atrás de comida e carregam seus pertences. Embrulhar bem o rango.

A bateria do meu celular descarregou TODA no topo. Quando desci na altitude ela voltou ao normal. Parece que no clima de frio extremo as baterias não seguram carga. Consegui poucas fotos do celular lá no topo, dei sorte que um amigo tinha câmera profissional. Se não tiver uma profissional, leve uma compacta mesmo que resolve.

Levar dorflex é bão também.

Tem como você contratar mulas para subirem com os equipamentos da tronqueira ao terreirão. (É caro)

O clima lá é muito instável, muda muito rápido. Você sente calor e frio quase ao mesmo tempo. Tirei o anorak e coloquei umas 350 vezes na trilha.

Não vejo muita necessidade, mas caso precise... baixe a trilha no site wikiloc e instale o app 7 ways no celular, daí é só importar a trilha pro app no android e utilizar o GPS do próprio celular.

Algumas operadoras não funcionam no Alto Caparaó, mas tem wifi 0800 na praça central da cidade.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes