Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#837399 por Daniels
07 Mai 2013, 09:08
Sim, da rodoviária de Piquete também tem como pegar um taxi até o ultimo trecho asfaltado do Bairro dos Marins e de lá ir a pé (as maioria dos taxistas não vão além do asfalto).
Partindo desse ponto são + ou - 5km.

#838474 por Sidnei A. Silva
09 Mai 2013, 17:49
Orra valeu rapaziada pelas infos , irei verificar ai pq não será facil na caminhada não , se der para ir de carro bem se não irei na caminhada mesmo , andar de apé sempre é bem vindo rsrs . Será que se ligar para esse Milton ai ele da uma carona ?? Tipo taxi só que cobrando mais barato ? Bom se ngm souber disso, quando estiver próximo de ir , ligarei para ele para se informar sobre isso .

Agradeço ae as respostas !!

Valew
#841949 por Samuel Mineiro
20 Mai 2013, 21:08
Ae rapaziada!
Fui final de semana passado acampar no Marins, o pico ta lindo como sempre mas não posso dizer o mesmo da estrada que sobe pelo bairro do marins. A prefeitura passou a maquina e logo depois choveu, ai zicou tudo. Não é qualquer 4x4 que tava subindo. Tivemos que deixar o carro perto do bairro do marins e subir andando. Antes de subir liguem pro Milton((11) 9770-1991), pra ele informar se já pode subir por Piquete ou se vale ir por Marmelópolis.

E Sidnei, se não me engano o Milton não da carona, mas liga nele la!

vlw
#854064 por Troupe da Trilha
27 Jun 2013, 14:19
Tenho uma equipe de monitores ambientais especializada no Pico dos Marins, em Piquete. Há década atuamos na região, a placa no início da mata, com a trilha marcada, foi a única sobrevivente de nosso curso de monitor. Infelizmente, as reclamações e denúncias encontradas nos outros posts continua sendo verdadeira. Invariavelmente, encontramos turistas perdidos por conta de inexperiência, falta de conhecimento da trilha (longa e modareda-pesada) e das inúmeras marcações, na sua grande maioria erradas, levando a lugar nenhum (com sorte) e a despenhadeiros longe da trilha certa. Não procede o comentário de que as marcações são feitas pelos guias para garantir clientela. A trilha oficial, há muito, está em nossas cabeças, assim como em nossos corações. e, via de regra, nos disponibilizamos a resgatar os mais desprevenidos e incautos de graça. Além disto, prestamos serviços de limpa trilha todo santo ano, mais de uma vez. Grande abraço a todos os montanhistas de fato. Júlia.
#862733 por RodolfoMattos
23 Jul 2013, 19:47
Galera,

Fizemos a subida ao Marins nesse fim de semana e vale avisar que água no riacho no trecho final está com uma cara bem feia, então não dependam dela.
A trilha está bem marcada, até demais, totens, marcações em tinta verde, branca... aff!
O paredão está com uma corda que ajuda bastante!

O vento estava absurdamente forte, não sei se é da época ou "sorte" a nossa mesmo.
Várias barracas avariadas, inclusive a nossa.

A estrada está com calçamento nas subidas, mas tem uma em especifico que dá trabalho pra subir mesmo com o calçamento.
Descer do carro e embalo dão uma ajuda... todo o resto da estrada está "ótimo".

O Milton está cobrando R$ 30,00 pelo camping, vaga, cozinha e banheiros (banho quente).

Abraços e boa pernada...
#865424 por Renato37
30 Jul 2013, 22:43
Daniels escreveu:Sim, da rodoviária de Piquete também tem como pegar um taxi até o ultimo trecho asfaltado do Bairro dos Marins e de lá ir a pé (as maioria dos taxistas não vão além do asfalto).
Partindo desse ponto são + ou - 5km.


E 5km de subidão pela serra até o acampamento base.....ali o melhor mesmo é buscar no face algum grupo que esteja organizando trips para o Marins. Eu fiz isso e além de gastar pouco para ir e voltar, fui no esquema de caronas, deixando para andar somente onde interessa: na trilha! rs ::otemo::
#875854 por rogerklima
31 Ago 2013, 23:42
Fui de carro (ka1.0) pelo caminho mais longo e voltei pelo bairro dos marins.
O caminho pelo bairro dos marins é bem mais curto e descendo parece de boa já que a maior parte das subidas está asfaltada.
#894509 por raphael.reis
05 Nov 2013, 13:57
Fala Pessoal!

Seguinte, estou indo agora dia 09 e 10, subir - acampar - descer com mais 5 amigos!

Quero saber se alguem pode me passar algum contato de guia, falei apenas com o Milton e não encontrei mais ninguem!

Se puderem passar qualquer contato seria de grande ajuda!

Abs,
#983371 por rlciq
22 Jul 2014, 12:04
Srs,

Um passarinho me contou.... que o Milton, que cuidava do estacionamento na base do Marins teve que entregar a propriedade e..... aquele estacionamento já não esta mais entre nós.

Existe de fato um perigo na região: roubos de carro.

Não é ilusão, nem lenda. Base do Itaguaré, estacionou, teve seu vidro quebrado. Capacetes de moto furtados. Enfim, dor de cabeça. Já vi e já ouvi falar MUITO a respeito. Com a saida do Milton esse pessoalzinho legal, vai apavorar a região até aparecer uma nova alternativa.

Minha dúvida: Alguém sabe ONDE parar o carro na região?
#983508 por Augusto
22 Jul 2014, 16:11
Se o Milton for embora dali, a unica opção que resta e que nao fica muito longe do Acampamento Marins é a Pousada do Maeda, que fica alguns minutos, seguindo por aquela estrada, sentido Itaguaré.
http://pousadaecampingmaedasuldeminas.blogspot.com.br/

Ele foi um dos que abriram a Marins-Itaguaré, junto com o pessoal do CEC.
E saindo da Pousada até existe uma trilha, aberta por ele, que vai dar no topo do Marinzinho.



Abcs
#985914 por dan_capis
28 Jul 2014, 12:21
Pessoal.... estive no Marins nos dias 19 e 20. O Milton não cuida mais da base, ele até apareceu no domingo para guiar um grupo de São Paulo. A base está toda destruída e não tem água. O Milton disse que foram as pessoas de lá que destruíram tudo e os moradores acusam ele, enfim cada um conta a sua versão.

Mas, resumindo, no final de semana anterior ao que fomos tinham quebrado o vidro de algum carro (o vidro ainda estava lá!) e me falaram que furtaram uma moto também. Por isso, deixamos nosso carro numa fazenda (que infelizmente não me recordo o nome...), mas é fácil de encontrar, nela tem várias casas de moradores, pode deixar em qualquer uma; ou então, para quem vem de piquete, no sítio do Seu Laércio (só que se preparem para subir muito!!).

Quando estávamos lá na antiga casa do Milton, apareceram 2 pessoas que nos disseram que vão cuidar do lugar e tudo mais. Então não custa nada dar uma espiada antes... Porém se não tiver ninguém, o risco é grande....

Abçs.....
#987611 por Mochileiro Peregrino
01 Ago 2014, 02:14
Lamentável em " meu retorno " ao site me deparar com tal notícia. O pico dos Marins foi minha primeira montanha. Meu início no mundo do trekking.Foi justamente lá que me aprofundei em caminhadas mais técnicas. Me recordo do apoio do Milton, eu nunca antes tinha realizado uma caminhada semelhante, e enfrentei o marins logo de cara e sozinho. E sim, cheguei ao cume. Coleciono histórias neste local, mar de nuvens, por do sol, tempestades, caronas e mais caronas, hospedagens e muitas outras. O Milton já estava lutando por um bom tempo para manter o local, infelizmente não deu certo. Mas com certeza sua personalidade ficará marcada na história de muitos.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes