Guias e troca de informações sobre destinos do estado de Minas Gerais
#1060911 por Paulozaca
23 Fev 2015, 09:14
Léo,

Complementando a resposta do Hélio, é importante saber quanto tempo você terá na região e qual será seu meio de transporte...

Se for pouco tempo, eu aconselho a ir para o Tabuleiro e conhecer os atrativos de lá (em especial a cachoeira do Tabuleiro, a cachoeira do Rabo de Cavalo, e a cachoeira e o cânion do Peixe Tolo.

A Serra do Cipó é um pedaço da Serra do Espinhaço composto por seis municípios (Conceição do Mato Dentro, Itambé do Mato Dentro, Santana do Riacho, Santana de Pirapama, Morro do Pilar e Jaboticatubas) e dentro de cada município existem vários vilarejos e atrativos.

Existem vários outros vilarejos maravilhosos na Serra, mas com uma dificuldade maior de acesso dependendo do meio de transporte. Alguns exemplos são Ipoema, Fechados, Inhame, Santana do Rio Preto(Cabeça de Boi), Serra dos Alves, etc... Todos eles fazem parte do complexo da serra do cipó.

Aconselho a correr da muvuca de cardeal mota.

Me fala quanto tempo terá e como pretende se deslocar pela serra para eu te dar maiores informações e opções.

Abraços,

Paulo

#1064554 por Hélio Jr
05 Mar 2015, 08:30
Gente, pra quem tem dúvida sobre o que visitar e onde ficar, detalhei um pouco no blog sobre os diversos locais da Serra do Cipó. Ainda faltam muitos outros, conforme visito vou atualizando, mas tem muitas fotos pra vocês terem uma ideia.

Sobre o Parque Nacional da Serra do Cipó e o distrito de mesmo nome, um pouco do que você encontra lá:

http://numamoto.blogspot.com/2015/01/serra-do-cipo-parte-1-o-distrito.html

Sobre Conceição do Mato Dentro (Tabuleiro e Três Barras):

http://numamoto.blogspot.com/2015/01/serra-do-cipo-parte-2.html

E sobre o vilarejo de Lapinha da Serra:

http://numamoto.blogspot.com/2015/03/serra-do-cipo-parte-3.html
#1066203 por Hélio Jr
10 Mar 2015, 10:02
leodangelo,

Os três lugares que conheço da Serra do Cipó (o distrito de mesmo nome, Lapinha da Serra e Conceição do Mato Dentro) têm área para camping. Sobre as recomendações, você pode dar uma olhada nos links que coloquei acima, vou copiar novamente. Se você for ficar 6 dias por lá, dá pra conhecer um pouco desses três lugares tranquilo, ainda mais se for de carro.
Tem também Ipoema, que é um lugar muito bacana na parte sul da Serra do Cipó. Lá fica afastado da parte mais popular do Cipó, mas tem muitas opções de atrativos.

Sobre o Parque Nacional da Serra do Cipó e o distrito de mesmo nome, um pouco do que você encontra lá:

http://numamoto.blogspot.com/2015/01/serra-do-cipo-parte-1-o-distrito.html

Sobre Conceição do Mato Dentro (Tabuleiro e Três Barras):

http://numamoto.blogspot.com/2015/01/serra-do-cipo-parte-2.html

E sobre o vilarejo de Lapinha da Serra:

http://numamoto.blogspot.com/2015/03/serra-do-cipo-parte-3.html
#1066224 por Paulozaca
10 Mar 2015, 10:30
Leo,

Você vai de carro? Se sim recomendo dividir sua estadia em pelo menos dois vilarejos.

Tabuleiro, sem dúvida, e o outro poderia ser Lapinha da Serra, Fechados ou Cabeça de Boi.

Todos eles tem áreas de camping. No Tabuleiro, tem uma excelente opção que é o camping do Poço Pari. Alem de já estar num dos atrativos naturais da região, os responsáveis pelo camping (Julio e Renato) são profundos conhecedores da região e podem te passar muitas infos sobre os atrativos de lá. Indo ao Tabuleiro não deixe de conhecer as cachoeiras do Tabuleiro, Rabo de Cavalo e Congonhas, e se o tempo ajudar procure conhecer a cachoeira do Peixe Tolo, que fica dentro do Canyon do Peixe Tolo (mas só vá ao canyon se tiver certeza de um dia sem chuvas, pois várias pessoas já tiveram problemas por lá (como todo canyon, em dias de chuva a visitação fica bem mais perigosa)). Na Lapinha da Serra tem o camping das Bromélias que fica próximo a cachoeira da vila e sugiro que você conheça a cachoeira do Lageado, a cachoeira do Bicame e Suba o Pico do Breu (ponto mais alto da Serra do Espinhaço e com uma vista de tirar o folego).
Os outros dois distritos são menores e com menores infraestruturas. Mas nada que deixe a desejar e de grande beleza natural.
Cabeça de Boi, você pode acampar perto da igreja, comer no restaurante do Seu Vicente e da Dona Geralda, Tomar uma cerveja escutando a viola caipira do Seu Agostinho e visitar as cachoeiras da Maça, do Intancado e a cachoeirinha, alem de outras cachoeiras próximas a Itambé do Mato Dentro (município aonde fica Cabeça de Boi).
Fechados você pode acampar na D. Amélia e aproveitar o serviço de pensão completa que ela oferece com café da manhã, almoço e janta (alem de sair muito barato, você vai se deliciar com uma comida impar, feita no fogão de lenha e com um tempero de primeira linha) só de falar já deu agua na boca. Visitar a cachoeira de cima, cachoeira do Horizonte, Cachoeira do Flávio, Cachoeira do Rio Preto, entre outras.
Então opção não falta. Isso sem falar em Ipoema, Itambé do Mato Dentro, Inhame, Serra dos Alves, São José da Serra e outros.
Aconselho só ir para Cardeal Mota (onde estão as cachoeiras: grande, véu da noiva, serra morena, farofa, gavião, etc...) se você tiver dificuldades de locomoção.
Alem de ser um lugar muito mais "muvucado" não se compara em beleza aos lugares que te falei.
Se você não for de carro e tiver que optar, sugiro que opte por Tabuleiro.
Como perguntou o que eu recomendo, se eu fosse você dividiria meu tempo entre os distritos de Tabuleiro (Conceição do Mato Dentro) e Fechados (Santana de Pirapama). Tenho certeza de que nunca mais se esquecerá... Esses e outros vilarejos que compõe a Serra do Cipó, são na minha opinião a parte mais bonita do Espinhaço. E olha que competem com a Serra do Caraça, com a Chapada Diamantina, com a Serra da Moeda, com a Serra dos Cristais e outras tantas regiões que formam a Cordilheira do Espinhaço. Já rodei bastante pelo Espinhaço afora e te recomendo com tranquilidade esses lugares.

Espero ter ajudado.

Abraços,

Paulo
#1071793 por dan_vieira
25 Mar 2015, 13:31
Olá galera, fiquei bastante interessado em conhecer a região, principalmente a cachoeira do Tabuleiro. Na real uma duvida entre a Serra do Cipo e a da Canastra (onde fica Delfinopolis) mas pela distância está mais para ficar pela serra do cipó mesmo.

Eu queria saber qual as melhores opções de cidade/vila para quem não vai de carro, quer gastar pouco e curtir belas cachoeiras. Eu queria realmente lugares bonitos, nem precisa ter tantos atrativos assim, não faço questão de quantidade. :D

Acho que estou entre Tabuleiros e Lapinha da Serra. Vi falando de Fechados, não conheço, vou pesquisar aqui.

::otemo::
#1072065 por Hélio Jr
26 Mar 2015, 08:38
dan_vieira,

embora o paulozaca tenha sugerido Tabuleiro como um bom lugar pra quem vai sem carro, na minha opinião Lapinha da Serra seria mais produtivo.
Falo isso porque as maiores cachoeiras de Tabuleiro estão relativamente distantes uma das outras, teria que animar de bater perna todo dia.
Já na Lapinha tem alguns poços e cachoeiras mais pertos do vilarejo, com algumas opções mais distantes também.

Questão de infraestrutura é a mesma, nos dois lugares, e a dificuldade de acesso também, não sei se existem linhas regulares entre as sedes (Santana do Riacho e Conc. do Mato Dentro) e os distritos (Lapinha da Serra e Tabuleiro).

Hélio
http://www.numamoto.blogspot.com.br
#1072703 por dan_vieira
28 Mar 2015, 12:54
hacheprates escreveu:dan_vieira,

embora o paulozaca tenha sugerido Tabuleiro como um bom lugar pra quem vai sem carro, na minha opinião Lapinha da Serra seria mais produtivo.
Falo isso porque as maiores cachoeiras de Tabuleiro estão relativamente distantes uma das outras, teria que animar de bater perna todo dia.
Já na Lapinha tem alguns poços e cachoeiras mais pertos do vilarejo, com algumas opções mais distantes também.

Questão de infraestrutura é a mesma, nos dois lugares, e a dificuldade de acesso também, não sei se existem linhas regulares entre as sedes (Santana do Riacho e Conc. do Mato Dentro) e os distritos (Lapinha da Serra e Tabuleiro).

Hélio
http://www.numamoto.blogspot.com.br



Hélio, é uma também. Me falaram que Lapinha enche mais ne? As cachoeiras de la são realmente legais? Porque existem cachoeiras e cachoeiras, qualquer quedinha d´agua o povo chama de cachoeira rs. E sinceramente fazer trilha longa para visitar uma "cachoeira" pra mim tem que valer muito apena hahahha

É possivel conhecer os atrativos sem carro? E guia, precisa?

Valeu pela dica.
abs.
#1072720 por Hélio Jr
28 Mar 2015, 14:24
dan_vieira,

Lapinha realmente enche mais, não arriscaria ir pra lá num feriado (só se for pra acampar longe da vila mesmo).

A bem da verdade é que as "cachoeiras" perto da vila tem uma vazão muito baixa, então tá mais pra uma queda d'água, só que formam uns poços bom pra nadar. A maior cachoeira perto do centro fica à direita do Pico da Lapinha, só que como a captação de água para a vila é feita mais à jusante, então é proibido entrar na água, por uma questão de saúde e higiene.
Agora, as melhores cachoeiras estão mais longe. De nome conheço Bicame e Lajeado, a primeira está a uns 15km da Lapinha, a outra não tenho certeza, talvez mais perto. Dá pra ir tranquilo sem guia, tem alguma informação sobre as cachoeiras de lá na internet e na vila vc consegue comprar um mapa ilustrado. Não é um primor da cartografia e topografia, mas é bastante didático, basta ter alguma noção de localização.

Já em Tabuleiro e nos outros distritos da região as cachoeiras são realmente CACHOEIRAS. Algumas delas ficam na área do Parque Estadual Serra do Intendente, então tem alguma sinalização. O problema pra quem vai a pé é a distância, saindo do centro de Tabuleiro acho que vc andaria uns 10-15km pra chegar em algumas delas, mas tenho certeza que a andada valeria a pena. Sobre guia, tendo alguma noção e se preparando com antecedência, acho que dá pra ir tranquilo (só no Canion Peixe Tolo que a prefeitura de Conceição fala sobre a necessidade de um guia, já o IEF pede só agendamento com o parque).

Sem contar as cachoeiras, tem outras opções de banho no distrito de Tabuleiro, dá uma olhada neste link:
http://cmd.mg.gov.br/turismo

Qualquer dúvida é só perguntar. E quem tiver mais infos sobre Lapinha e Tabuleiro, favor compartilhar!
Até
#1073190 por Paulozaca
30 Mar 2015, 10:03
Dan,

Na Lapinha, a cachoeira do Bicame fica a quatro horas de caminhada e a do Lageado a duas horas de caminhada.

Acho o Bicame lindo e não vejo graça no Lageado.

Tem outras quedas a medida que você vai subindo a serra no sentido da cachoeira da Vila.

No Tabuleiro, você tem opção de conhecer :

Cachoeira do Tabuleiro por baixo: +ou- 2 horas de caminhada saindo da vila ou 1 hora e 15 minutos saindo do parque

Cachoeira do Tabuleiro por cima: +ou- 3 horas e meia de caminhada saindo da vila ou do parque

Cachoeira do Rabo de cavalo por baixo: vc pode ir de cavalo, de bike, ou de carro+caminhada. Estando no Tabuleiro em feriado, como você vai, consegue carona com facilidade.

Cachoeira do Rabo de Cavalo por cima: vc pode ir de cavalo, de bike ou fazer uma longa caminhada

Poço do Val: localizado dentro do Vilarejo

Poço Pari: tambem no vilarejo a dez minutos de caminhada e com área de camping

Cachoeira de Congonhas: 1 hora de caminhada do vilarejo

Gruta próxima a Congonhas: 1 hora e 10 minutos de caminhada do vilarejo (Tem que ser acompanhado por alguem que conheça a região para que você consiga achar a gruta)

Canion do Rio Preto: 1 hora e 30 minutos de caminhada do vilarejo

Canion do Peixe Tolo: Entrada próximo ao final da estrada e início da caminhada para o Rabo de Cavalo. Distante do vilarejo para ir a pé.

Lembrando que os canions da região só devem ser visitados com certeza absoluta de que não haverá chuva. Importante chegar muito cedo porque são caminhadas mais fortes, principalmente o Peixe Tolo.

Esses são alguns dos principais atrativos da região, embora não sejam só esses. Ainda posso citar a cachoeira do roncador a cachoeira do zé cornicha, a cachoeira do 21, entre outras.

Para visitar esses locais, não é necessário agendamento, mas as cachoeiras da região tem um limite máximo de pessoas/dia pra visitação, que só costuma ser atingido em feriados maiores como carnaval e as vezes na semana santa.

É sempre bom você colher o máximo de informações da trilha que pretende fazer no dia seguinte e claro, se houver companhia principalmente de quem já conhece os atrativos tudo fica mais fácil. Não aconselho fazer as partes altas tanto do Tabuleiro, quanto do Rabo de Cavalo, nem entrar no Canion do Peixe Tolo sozinho, sem conhecer a região.

Abraços

Nos outros feriados e em fins de semana normais não tem problema quanto a capacidade.

Por exemplo: 200 pessoas podem acessar as trilhas da cachoeira do Tabuleiro pelo parque, e esse número compreende tanto pra quem vai pra parte alta, pra parte baixa e pro mirante.

Abraços

Paulo
#1073731 por Paulozaca
31 Mar 2015, 14:25
Perigo de assalto nas trilhas nunca houve, nunca fiquei sabendo de nada a respeito, mas como disse não aconselho a fazer a parte alta do Tabuleiro, a Parte alta do Rabo de Cavalo, o Canion do Peixe Tolo até a Cachoeira do Peixe Tolo sem a companhia de alguem que conheça a região porque você terá dificuldades com localização (andará muito e dificilmente conseguirá chegar ao destino). E a gruta que fica perto da Cachoeira de Congonhas poucas pessoas conhecem, mesmo entre os nativos.

E a cachoeira do Roncador (tambem com mais de 100 mts) que poucos conhecem porque pra chegar nela é necessário atravessar um rio nadando.

Quanto ao restante é bem tranquilo, Em caso de dúvidas, você pode se fazer do famoso pensamento "quem tem boca, vai a Roma".

Abraços

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes