Relatos de Viagens em Portugal
#1217019 por juliad
12 Set 2016, 23:21
poxa, Sandro, obrigada pelos elogios =)
Estive há quase um ano, no início de outubro. Achei que foi um bom mês, pois o país não estava tão lotado como na alta e também não peguei muito tempo feio (apenas uns 2/3 dias de chuva durante a viagem, mas faz parte, né?)
Tô enrolando pra continuar por motivos de: trabalho e programação pra próxima viagem, pra daqui umas 2 semanas =)
...mas prometo seguir sim, já que só faltam dois dias de relato!

#1220159 por debalves
25 Set 2016, 20:44
Oi juliad ! Aguardando o término do seu relato aqui e o seu novo relato sobre a Itália! Hehehehe! Tenho muita vontade de conhecer a Itália também, mas dessa vez (nesse ano de 2016) não deu e optamos por ir para a Alemanha que ficava mais econômico! Mas tô ansiosa para ler seu relato e ver dicas para quando eu puder ir! ::otemo:: beijos e boa viagem!
#1238998 por dannyamc
09 Dez 2016, 16:52
Caramba! O melhor relato que já li. E olha que eu já li relato pra dedéu.
Do jeito que você conta, me senti fazendo a sua viagem também. Tem um humor inteligente, tem dados interessante, foge do óbvio e transmite as sensações e sentimentos do caminho.
Parabéns.
Vou pra Lisboa, Porto e Coimbra no final desse mês e já li seu relato umas três vezes. Sem dizer que minha esposa leu e também amou.
Obrigado.
#1264506 por fredbittmag
20 Mar 2017, 16:13
juliad escreveu:dia 03 - Vinículas do Douro

Sem dúvida, este foi um dos dias mais esperados da viagem, senão o mais. Para quem não sabe: a cidade do Porto (na verdade, Vila Nova de Gaia) cuida da parte de maturação de vinho, mas as vinículas localizam-se coisa de 200km da cidade, nas margens do rio. A região do Douro é a região de vinhos mais antiga da história. Sabe essa história de vinho DOC (denominação de origem controlada)? Pois é, foi Marques de Pombal que instituiu isso, graças a quantidade de "falsificações" dos vinhos portugueses que existiam no mercado.
Toda a região foi alterada pela população local para a produção de vinho - desde aquela famíliazinha portuguesa (com certeeeeeza) até a produtora de vinho mais mega blaster (aka: Sandeman): tá todo mundo dividindo o terreno ali.
Antes de prosseguir, gostaria de detalhar que a minha pesquisa para a região foi bem aprofundada: meu objetivo era passar um dia inteiro ali, curtir uma vinícula e a região. SEM CARRO. Os horários de trem são um pouco restritos, as vinículas tem perfis diferentes e existem diversas cidades nas margens do Douro. Como só tinha um dia em uma região tão "espalhada", meu planejamento foi essencial. Não sou de planejar viagens a cada minuto, mas me preocupo em saber o que me encontra - no entanto, num vilarejo no meio do nada, resolvi pesquisar a fundo e ter um roteiro "fechado".
Para isso, contei com a ajuda de um pessoal aqui, de outro no forum da fodorstravel, do blog Porto Encanta e também do site de trens português, o cp.pt. Montei três roteirinhos para ter na manga e seguir o que achasse mais viável (porque só na hora entendemos algumas coisas, né?).

ANTES DE MAIS NADA: SE VOCE TEM DOIS DIAS INTEIROS NO PORTO, VOCE PRE-CI-SA FAZER ESSE PASSEIO
Precisa mesmo. Tive a oportunidade de ter visitado lugares incríveis na minha vida. Mas o Vale do Douro tem um lugar reservado no coração. Gaste o seu tempo aqui. Você não precisa ser fã de vinho, esqueça isso. O que tá em jogo nesse rolê é como o homem modifica uma região - e tudo isso para produzir algo superfluo como...vinho! A história de Portugal (e especialmente do Porto) e do vinho andam juntas, então, entender um pouco o Douro é entender a cidade.

À vaca fria:
Peguei o comboio em Vila Nova de Gaia em direção à estação de trens central, Porto-Campanhã, com destino à Pinhão, às 7h30. O bilhete você compra na estação mesmo.

(mais uma pausa: a região do rio Douro tem 3 cidades principais: Peso da Regua, que é a porta de entrada para a região dos vinhos, Pinhão, bem no centro e Pocinhos, a região do chamado "alto Douro", quase na fronteira com a Espanha. inicialmente, iria até Pocinhos, mas, decidi no Brasil mesmo ater-me à Pinhão. Julguei que seria muita viagem de trem (coisa de 4 horas só ida!) para pouco tempo em terra. Novamente, foi uma ótima decisão)


Ei,

Estarei indo a Porto na próxima semana e baseei muitas das atrações em seus relatos ::hahaha:: !
Você poderia me tirar uma dúvida? Pretendo fazer esse daytrip para Pinhão e na volta passar por Régua também. A passagem de volta você comprou separada (Pinhão-Régua-Porto) ou comprou logo Pinhão para Porto (ficando um tempo em Régua e embarcando para o Porto com a mesma passagem)?
As passagens podem ser compradas na hora ou melhor antes?

Obrigado desde já pela atenção!


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes