Roteiros de Viagem na Europa


#1264004 por misarcinelli
18 Mar 2017, 18:02
Olá,
Estou indo agora em Abril para fazer parte do meu doutorado na Itália, onde permanecerei até o final de Julho. Tenho o mês de agosto de férias para viajar pela Europa antes de retornar ao Brasil.
Gostaria muito de conhecer Portugal (em geral, o máximo que der), Barcelona e Amsterdam. Terei em torno de 4 mil euros disponíveis. De quantos dias precisaria para conhecer esses lugares? É um roteiro viável? ou são lugares muito distantes um do outro? Qual ordem seria melhor? Esse dinheiro seria suficiente para cobrir tudo? (deslocamento entre os locais, alimentação e hospedagem)?

A minha viagem de volta para o Brasil será paga pelo órgão que financia o doutorado, mas devo voltar da Itália. Portanto, preciso encaixar ainda um trecho de volta para a Itália nesse roteiro.

Estou bem perdida e gostaria muito da ajuda de vocês que já são mais experientes!
Obrigada

#1264106 por adrianolb
19 Mar 2017, 10:50
São locais bem distantes entre si, mas todos eles são acessíveis em 2 ou 3 horas de avião.

A questão mesmo é ver se as passagens de avião não estarão muito caras em Agosto, bem no meio da alta-temporada de férias na Europa, que deixa tudo mais caro.

Se você ficar só em Amsterdam e não quiser explorar o interior da Holanda, 3 dias completos em Amsterdam costumam ser suficientes para a maioria das pessoas.

O mesmo se aplica a Barcelona, se não quiser explorar o interior, e se não sair toda noite, chegando no hotel as 5 da manhã e acordar as 13:00 horas de ressaca, 3 dias completos costumam ser suficientes para você visitar as principais atrações turísticas de Barcelona.

Já Portugal, pode ser só 3 dias completos se você ficar só em Lisboa, ou então 15 ou 20 dias se resolver explorar o interior.

Mas no geral as pessoas costumam ficar 3 em Lisboa + 1 dia para bate-volta a Sintra, + 1 dia caso pretenda ir a Cascais e Estoril. + 1 dia para um bate-volta a Evora, 2 dias em Porto + 1 dia para cada bate-volta. Se pretende visitar Faro e a região de Algarve, precisaria de mais uns 3 ou 4 dias.

Como são todos destinos distantes, onde você terá que ir de avião, separe um dia para cada deslocamento entre países, pois aeroportos são distantes do centro, tem que chegar 2 horas antes do voo no aeroporto para check-in e raio-x, etc, demora para restituir a bagagem, etc..
#1264111 por adrianolb
19 Mar 2017, 11:04
Sem saber exatamente de onde você vai sair na Itália, e levando em conta que Agosto é alta-temporada, eu estimaria que cada passagem de avião lhe custe uns 100 Euros incluindo bagagem despachada e deslocamentos de ida e volta aos aeroportos.

Como seriam 4 voos que você teria que pegar, eu separaria uns 400 Euros para as passagens de avião lá na Europa. e mais uns 100 a 150 Euros para as passagens dentro de Portugal, dependendo de quantos locais você pretender visitar lá.

Claro que isto é uma estimativa, na hora de comprar as passagens pode ser que elas estejam mais baratas e custe menos, mas se deixar para comprar elas em cima da hora, faltando menos de 45 ou 30 dias, é capas de custarem até mais que isto.

Gastos com alimentação e hospedagem são complicados de estimar, pois dependem muito do que você escolher.

Por exemplo, você pode ficar hospedada num hostel, dividindo quarto e banheiro com 5 ou 6 estranhos e gastar 20 euros por diária, ou então pegar um quarto privativo num hotel simples que lhe custe 50 Euros a diária, ou ainda pegar um hotel 3 ou 4 estrelas, que custe 150 ou 200 Euros a diária.

Na hora de fazer as refeições, você pode só comer junk-food e conseguir sobreviver com 10 Euros por dia, ou ir num restaurante simples e pedir e prato promocional do dia e gastar 15 Euros, ou ainda ir num restaurante melhor, pedir algo mais elaborado, que custe 50 Euros...

Subtraindo 500 Euros de passagens dos 4.000 Euros, sobrariam uns 3.500 Euros para o restante. Supondo que sejam uns 20 dias de viagem (3 em Amsterdam, 3 em Barcelona, 10 em Portugal + mais os dias de deslocamento), dividindo 3.500 por 20 dias, daria uma média de 175 Euros por dia. Para o meu estilo de viagem, isto seria seria mais que suficiente, mas vai depender do nível de conforto que você quiser ter.
#1264113 por adrianolb
19 Mar 2017, 11:08
Não esqueça que Itália é um dos países com mais coisas legais para se visitar na Europa, tem ótimos locais, muitos deles na minha opinião pessoa até mais interessantes do que Amsterdam, Barcelona e Portugal.

Será que você vai conseguir visitar estes ótimos locais na Itália ao finais de semana durante o seu doutorada lá? Ou será que não precisaria tirar um tempinho das suas férias para visitar estes locais na Itália com calma?

Você precisaria usar estes 4 mil euros para pagar os passeios de final de semana na itália?
#1264437 por misarcinelli
20 Mar 2017, 13:00
Oi Adriano! Muito obrigada pelas respostas!
Então, ano passado eu já fiquei 3 meses na Itália e consegui conhecer bastante lá! Conheci muitas cidades e pretendo sim nesses 4 meses aproveitar os feriados e finais de semana para conhecer tudo o que for possível.
Mas como não sei quando terei outra oportunidade de voltar e já tenho as passagens de ida e volta para o Brasil pagas, acho que devo aproveitar para conhecer também outros lugares.
Esses 4 mil euros seriam já o que vai sobrar ao final do intercâmbio, não incluiriam os passeios de final de semana na Itália não!
Dei uma olhada em algumas passagens de avião entre os locais e está em torno de 90 euros mesmo. Você acha que tem algum tempo certo de antecedência que eu consiga menos que isso?
Estava preocupada justamente com as distâncias entre os lugares. Talvez eu elimine então Barcelona e Amsterdam e fique só em Portugal mesmo, conhecendo tudo o que eu tenho direito. Minha família é de lá, então é um lugar que eu não gostaria só de "dar uma passada".
Obrigada pela ajuda!
#1264556 por adrianolb
20 Mar 2017, 20:35
Você teria que ir de avião para Amsterdam ou Barcelona, então não faz muita diferença, é capaz de até ser mais rápido você ir de avião de Lisboa para Barcelona do que ir de Lisboa para Faro ou Albufeira.

Mas Portugal também tem muita coisa para você ver e visitar, dá para ficar 15 ou 20 dias lá tranquilamente. E quem sabe até dar uma esticadinha até os Açores de Ryanair, para conhecer Portugal por inteiro.

Pessoalmente eu acho que os preços não baixam mais até agosto, só baixariam mesmo por alguns dias em alguma promoção pontual, mas promoções sempre são uma loteria, você nunca sabe se vai acertar.
#1265675 por misarcinelli
25 Mar 2017, 10:51
Voltei!
Li muitos relatos aqui no fórum e me animei em fazer um roteiro Portugal-Espanha. Vou deixar Amsterdam para uma outra oportunidade.

Baseado nos relatos que li, montei mais ou menos um roteiro, mas ainda é só uma ideia e estou bem aberta a sugestões. Também gostaria de tirar algumas dúvidas..

Esboço roteiro inicial:

03/08 - Roma- Lisboa (avião)
03 a 07/08 - Lisboa (sendo um dia para Sintra)
08/08 - Lisboa - Porto (trem)
09 a 11/08 - Porto (com bate-e-volta na casa de uns parentes que vou passar o dia)
12/08 - Porto - Albufeira (trem)
13/08 - Albufeira
14/08 - Albufeira-Sevilha (trem)
15 a 17/08 - Sevilha
18/08 - Sevilha- Barcelona (avião)
19 a 21/08 - Barcelona
22/08 - Barcelona-Roma (avião)


Dúvidas:

1) A divisão de dias está coerente? Dá para conhecer cada lugar com esse roteiro?

2) Além de Sintra, seria possível fazer mais um bate-e-volta com esse número de dias? Ou 2 dias inteiros para Lisboa seria muito pouco?

3) Acrescentei Albufeira no roteiro porque pelo que vi em alguns relatos ela fica meio que no "meio do caminho" para Sevilha, e eu poderia quebrar a viagem em duas menos cansativas. Mas não pretendo alugar carro. Acham que vale a pena? Existe alguma forma mais prática de ir para a Espanha sem fazer 6h de viagem direto? Foi uma boa solução?

4) 3 dias inteiros em Sevilha é muito? Seria possível fazer um bate-e-volta a Granada?

5) De alguma forma seria melhor inverter as ordens dos locais? (Lembrando que preciso sair e voltar para Roma por conta da minha passagem Brasil-Itália-Brasil que está sendo paga para mim pelo doutorado)

Muito obrigada pela ajuda!
#1265826 por adrianolb
25 Mar 2017, 19:50
Na minha opinião tem muito vai e volta em Portugal, você vai chegar pelo sul, depois vai até o Porto no norte, para voltar ao extremo sul..

Veja se não tem como você chegar direto pelo Porto, nem que tenha que pegar o voo no dia seguinte, acho que mesmo o voo custando um pouquinho a mais, você compensaria isto não tendo um deslocamento super demorado e caro do Porto até Albufeira.

Que eu saiba, não há trens entre Albufeira e Sevilha, há somente ônibus, e é uma viagem de umas 4 horas, e somente durante a semana, aos finais de semana, teria que ir a Faro, para ai pegar outro ônibus até Sevilha.

1 - Está aceitável, só Lisboa que na minha opinião seria interessante ter mais 1 dia.

2 - Eu já acho 2 dias para Lisboa meio pouco, você já vai ter que deixar algo de fora caso resolva ir a Sintra, então mais outro bate-volta, eu não acho viável.

3 - A única opção mais rápida seria você deixar Albufeira de fora e pegar um voo direto de Lisboa para Sevilha, mas quando for somar os custos, pode acabar ficando mais barato ir ate´Albufeira de trem/ônibus e depois até Sevilha de ônibus.

4 - Na minha opinião estaria bom, tirar 1 dia para um bate-volta a Granada não deixaria Sevilha muito apertado, mas seria um bate-volta bem cansativo.

5 - Eu tentaria chegar por Porto, para evitar o vai e volta em Portugal. Uma outra opção seria inverter tudo, começando por Barcelona, mas você teria que fazer algumas simulações de preços e horários dos voos no www.skyscanner.com, para ver se tem alguma vantagem, ou se não acaba ficando mais caro.
#1271259 por adrianolb
20 Abr 2017, 23:05
Sim você vai pagar IOF.

É muito mais barato pagar IOF do cartão de crédito do que deixar para comprar em dinheiro lá na hora, quando as passagens estarão muito mais caras.

Pagar o IOF também é muito mais barato do que pagar a taxa do decolar.com, que fatura as passagens em reais no seu cartão sem IOF, mas que cobra uma taxa de serviço adicional muito maior que aquilo que você pagaria de IOF.

Você já tem que incluir os 6.3% de IOF no seu orçamento desde o inicio. Na hora de fazer as contas, eu já somo direto 6.38% na cotação do Euro, ou seja, se o euro custa R$ 3.50, eu já faça a conta com ele custando R$ 3.75, já considerando o IOF.


Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 16 visitantes