Relatos de viagens pelos países do Sudeste Asiático: Tailândia, Vietnã, Timor-Leste, Singapura, Mianmar, Malásia, Laos, Indonésia, Filipinas, Brunei e Camboja
#1091707 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:38
segunda-feira, 02/03/2015

Acordei bem cedo pra tomar o café da manhã, porque às 7h30 a van iria passar para o passeio Golden Triangle.

O café da manhã do hotel é muito bom, preparado pela própria dona.

DSC08728.JPG
Café da manhã
DSC08728.JPG (115.54 KiB) Exibido 732 vezes


Às 7h30 a van passou no hotel. Depois apanhou mais alguns turistas em outros hotéis espalhados em Chiang Mai.

A descrição do passeio é a seguinte (em inglês):

CHIANG RAI - GOLDEN TRIANGLE AND VISIT TO LONG NECK KAREN TRIBE
This is a full-day tour to Chiang Rai along picturesque scenic routes. It passes through the mountains and valleys of northern Thailand as well as Chiang Saen — the area of the Golden Triangle where Thailand, Myanmar (Burma) and Laos meet. On the way back visit a Long Neck Karen Hill Tribe Village.

SCHEDULE
We pick you up at your hotel or guesthouse sometime between 7AM to 7:30AM, and drive north of Chiang Mai city to Chiang Rai province. We return to Chiang Mai around 9PM.

Duration: 7AM - 9PM
Available: Daily

SITES AND ACTIVITIES
- Hot Springs
- the White Temple
- the Golden Triangle (Border of Thailand, Laos and Myanmar)
- Mae Sai, a small trading town on the Thai-Myanmar border which is also the most northern city of Thailand
- Visit Long Neck Karen Hill Tribe Village

TOUR INCLUDES
- English speaking Guide
- Transportation via minibus with air-con and a driver
- Lunch buffet
- Provide post-tour transportation to your hotel or guesthouse.

OPTIONAL TOURS
- Boat trip along the Mekong River to Laos (An additional 400 baht per person).
*Vegetarian food available and if you are Muslim please inform your tour guide.

PICK UP AND DROP OFF
- Included in each tours from any Chiang Mai City Hotel or Guesthouse in a 3km radius. From out of town we need to make arrangement or you need to meet us in the city to a meeting point.

NOTE
- This is a Join in Group Tour, approximately 12 persons.



Saindo de Chiang Mai em direção ao norte, a primeira parada é Hot Spring. É um tipo de gêiser de onde sai água quente, mas com cheiro não muito agradável...

DSC08744.JPG
Hot Spring
DSC08744.JPG (134.84 KiB) Exibido 732 vezes


Nessa parada o pessoal aproveita para ir no banheiro, mas também têm várias lojas e lanchonetes.

A próxima visita é o White Temple em Chiang Rai. O templo ainda se entra em construção e tem sempre uma multidão visitando esse lugar. É difícil conseguir uma foto boa sem que apareça nenhum desconhecido na foto.

ChiangMai 017.jpg
White Temple, Chiang Rai
ChiangMai 017.jpg (127.63 KiB) Exibido 732 vezes

DSC08776.JPG
White Temple, Chiang Rai
DSC08776.JPG (180.21 KiB) Exibido 732 vezes


Logo depois paramos num restaurante para almoço, que estava incluso no passeio. Nesse dia eu comecei a ficar meio mal de estômago, daí comi bem pouco. Fiquei assim mal por uns 3 dias e depois tive que apelar para o Plasil que trouxe na caixa de remédios do Brasil para casos de emergências. Foi a primeira vez que tive problema alimentar em viagens para o exterior...

DSC08798.JPG
Almoço
DSC08798.JPG (156.74 KiB) Exibido 732 vezes


Depois do almoço seguimos para a tríplice fronteira entre a Tailândia, o Laos e Myanmar.

ChiangMai 034.jpg
Golden Triangle
ChiangMai 034.jpg (114 KiB) Exibido 732 vezes


Pegamos um barco e atravessamos o rio até uma pequena cidade do Laos.

ChiangMai 065.jpg
Laos
ChiangMai 065.jpg (161.62 KiB) Exibido 732 vezes


Numa loja é feita a demonstração do “whisky” do Laos, que é um tipo de bebida alcoólica com uma cobra dentro da garrafa.

ChiangMai 058.jpg
"whisky"
ChiangMai 058.jpg (120.01 KiB) Exibido 732 vezes


A parada seguinte é num templo onde é possível ver a ponte que separa a Tailândia de Myanmar. Lembrando que nos templos precisa retirar o calçado e entrar descalço.

ChiangMai 090.jpg
Myanmar fica logo ali
ChiangMai 090.jpg (121.4 KiB) Exibido 732 vezes


Já quase no final da tarde, paramos numa vila da mulheres-girafas (Long Neck Karen Hill Tribe). A tribo é originária de Myanmar e vivem basicamente da venda de artesanato.

ChiangMai 136.jpg
Long Neck Hill Tribe
ChiangMai 136.jpg (150.09 KiB) Exibido 732 vezes


O passeio de dia inteiro é um pouco cansativo. Cheguei no hotel às 21h e só queria saber de um banho e depois cair na cama!
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 29 Mai 2015, 22:37, em um total de 11 vezes.

#1091708 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:39
terça-feira, 03/03/2015

Desci na recepção do hotel para tomar o café da manhã e depois já fiz o check out, deixando a mochila para guardar na recepção. Também avisei que estava esperando uma amiga brasileira que combinou para se encontrar comigo em Chiang Mai, de onde depois iríamos para Myanmar.

Às 9h passou a van para o passeio na fazenda de elefantes.

A descrição do passeio é a seguinte (em inglês):

HALF DAY MORNING CHIANG MAI ELEPHANT RIDING BAREBACK & BATHING
Price: 1800 Baht (aprox. USD 56) / Person / Elephant

If you want to take a quick tour that is full of family fun, look no further than this half day outing to get up close and personal with some elephants. Bathe, brush, command, feed, and finally ride your elephant during this wonderful experience. You’ll see the morning sunrise, the lush natural beauty of the Thai countryside, and – of course – some cute and intelligent elephants!

TOUR DETAILS
This tour begins around 8:30 am, ends around 14:30 pm, and is available daily.

SITES AND ACTIVITIES
Start the day with an early pick up (8:30 AM) from your hotel.
We’ll drive to the Thai Elephant Home.
Stop along the way at a local store to get snacks for you and fruit for your elephant.
Delicious Thai breakfast at the elephant camp, before starting our day.
To prepare for your training, you’ll change into a mahout, or elephant trainer, uniform.
A small informative talk about Asian Elephants, the kind we’ll be playing with today.
By 10:30 AM in the morning, you’ll embark on a fun day filled with elephants – we start by giving our new friends some fresh bananas to win them over.
A mahout will teach you how to approach the elephant, how to speak commands to the elephant, and how to get on the creature in order to ride. You’ll also learn the proper way of sitting in order to stay balanced during your ride.
We’ll do some bareback uphill riding through the fields, watch your elephant as he or she eats bamboo and grass of the scenic mountainside country.
Continue our bareback ride to the river, where you can bathe and brush down your giant.
Take photographs for your friends back home.
Return to the camp via your elephant, say goodbye to your elephant.
Around 12:30 AM, relax with some fresh fruit.
Around 13.00 AM, begin the drive back to your hotel.
14:00 PM: hotel drop off.

TOUR INCLUDES
Transportation
English-speaking mahout during our programmed activities
Fees for visits as mentioned in program
Travel accident insurance
Plenty of water to drink

TOUR EXCLUDES
Personal expenses (tipping, souvenirs, etc.)

WHAT TO BRING
Camera, insect repellant, protective sun hat
Extra clothing in case you get wet
Sandals, sunglasses, sunscreen
Towel
Tissues


No caminho para a fazenda de elefantes, a van parou num mercado para comprarmos frutas (bananas) para os elefantes.

DSC08804.JPG
Parada num mercado local para comprar frutas para os elefantes
DSC08804.JPG (193.63 KiB) Exibido 732 vezes


Chegando na fazenda, primeiro temos que trocar de roupa e vestir um unforme de mahout (treinador).

DSC08806.JPG
Indo pro vestiário colocar a roupa de mahout
DSC08806.JPG (159.07 KiB) Exibido 732 vezes

DSC08808.JPG
Agora sim, devidamente uniformizados
DSC08808.JPG (184.08 KiB) Exibido 732 vezes


Depois um dos mahouts passa algumas instruções sobre algumas palavras de comando para os elefantes (em tailandês).

DSC08814.JPG
Algumas instruções dos guias
DSC08814.JPG (155.85 KiB) Exibido 732 vezes

DSC08812.JPG
Elephant language
DSC08812.JPG (116.88 KiB) Exibido 732 vezes


Para nos familiarizarmos com os elefantes, nos aproximamos dos animais com as frutas trazidas do mercado.

DSC08828.JPG
DSC08828.JPG (130.55 KiB) Exibido 732 vezes


Também fazemos um pequeno treino sobre como subir e depois descer do elefante.

DSCN6494.JPG
DSCN6494.JPG (81.9 KiB) Exibido 732 vezes

DSCN6500.JPG
DSCN6500.JPG (95.66 KiB) Exibido 732 vezes


Depois disso começa o passeio propriamente dito. Em cada elefante vão duas pessoas, sempre com acompanhamento de algum mahout da fazenda.

DSCN6526.JPG
DSCN6526.JPG (81.68 KiB) Exibido 732 vezes


No final da trilha, o elefante vai direto para um rio, onde recebemos um balde com bucha e sabão para dar banho no elefante.

DSCN6561.JPG
DSCN6561.JPG (200.08 KiB) Exibido 732 vezes

DSCN6554.JPG
DSCN6554.JPG (170.29 KiB) Exibido 732 vezes


Depois do banho do elefante, é a nossa vez de tomar banho. O local possui vestiários com chuveiros (água fria) e depois de limpos vamos até o refeitório onde é servido o almoço.

Durante o passeio de elefante não é possível tirar fotos por questão de segurança, mas tem uma moça que fica tirando fotos e depois disponibiliza para venda (paga na hora e depois ela envia por e-mail).

O passeio acaba às 13h e depois tem mais uma hora de estrada até o hotel. Eu queria ir no Tiger Kingdom, que ficava no caminho de volta para Chiang Mai, mas ia ficar muito corrido. No planejamento da viagem faltou um dia para Chiang Mai, por isso recomendo ficar pelo menos 3 dias na cidade, pois além do Tiger Kingdom também faltou o Doi Suthep Temple.

Minha amiga ainda não tinha chegado no hotel e então fui na rua ao lado do hotel onde tinha uma spa/salão de thai massage. Por 60 minutos o preço da thai massage é de THB 300 (aprox. USD 9,30).

DSC08846.JPG
Thai massage
DSC08846.JPG (190.89 KiB) Exibido 732 vezes


Voltei para o hotel e a minha amiga já estava lá. A dona do hotel chamou um tuk-tuk e fomos direto para o aeroporto (PHP 150, aprox. USD 4,65).

Chegamos no aeroporto de Chiang Mai às 18h, fizemos o check in no balcão da Nok Air (a empresa dos aviões com desenhos de passáros) e ficamos aguardando na sala de embarque o voo para Bangkok (não o aeroporto BKK e sim o Don Mueng DMK).

DSC08853.JPG
Check in no balcão da Nok Air
DSC08853.JPG (146.42 KiB) Exibido 732 vezes

DSC08856.JPG
DSC08856.JPG (100.33 KiB) Exibido 732 vezes


O voo da Nok Air saiu às 19h30 e chegou em DMK às 20h35. Pegamos as malas na esteira e fomos procurar um táxi. O local para pegar táxi ficava no final do terminal e chegando lá tinha uma fila monstruosa. O bom é que tinha um pessoal do aeroporto que organizava a fila e já dizia o preço da corrida até o local de destino. O táxi até o hostel em Siam Square custou THB 250 (aprox. US 7,75). Também tem que pagar THB 50 para o taxista pagar o pedágio no caminho do aeroporto até o hostel.

Cheguei no hostel às 22h, fiz o check in e o restante do pagamento da hospedagem. Peguei um quarto privativo com banheiro. O hostel fica numa ótima localização, perto de Siam Square. Como ainda não estava bem do estômago, acabei nem jantando nesse dia. Tomei um banho e fui direto dormir.

DSC08868.JPG
Lub d Hostel
DSC08868.JPG (99.15 KiB) Exibido 732 vezes

DSC08870.JPG
DSC08870.JPG (96.06 KiB) Exibido 732 vezes
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 29 Mai 2015, 23:16, em um total de 17 vezes.
#1091709 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:40
quarta-feira, 04/03/2015

O hostel não tinha café da manhã incluso no preço da diária, mas tinha algumas opções na cafeteria na recepção.

Depois do café da manhã, ficamos aguardando o transfer para Ayutthaya, agendado previamente com a agência do Bike Tour em Ayutthaya. O preço do transfer ida e volta é de THB 2300 (aprox. USD 71), carro para até 4 pessoas.

O motorista apareceu às 7h30 e a viagem demorou um pouco mais de uma hora. Em Ayutthaya fomos direto para a agência Ayutthaya Boat & Travel, onde nos encontramos com a guia do Bike Tour.

A descrição do passeio é a seguinte (em inglês):

Ayutthaya's Highlights
9kms. Cycling – 2 hrs. Thai massage - 1½hrs. Thai cuisine on Rice Barge Cruise
Price: THB 2050 (aprox. USD 64,00)

Memorable moments in the former capital of Thailand. On a relaxing bike ride you will visit the main highlights and a few hidden gems of what was once the most splendid city in South East Asia.
Afterwards, enjoy a 2 hour traditional Thai massage. In preparation for an evening on a converted rice barge where you will enjoy a Thai feast and take in this incredible city by night.

Details:
Start your journey in Ayutthaya, the former capital of Thailand and a UNESCO Cultural World Heritage Site. Explore the ancient island city and experience the highlights of the Historical Park by bicycle and visit Ayutthaya's Tourism Information Centre.

Visiting:
Wat Phra Si Sanphet and the Royal Palace
Wat Lokayasutharam
Wat Na Phra Main
Wat Mahathat
If you take the full programme, you will relax with two hours of traditional Thai massage, plus cruise the waterways around Ayutthaya on a traditional converted teak rice barge, taking in the incredible sights of the city. Drifting along the river you will pass the following famous monuments as you enjoy your freshly prepared Thai cuisine;
Wat Phanan Choeng
Phet Fortress
Wat Phuttai Sawan
Saint Joseph's Church
Wat Chai Wattanaram
The memorial stupa of Queen Suriyothai
We provide two departure times at for this tour, 09:30am and 1:30pm. You may choose to book the full programme, which includes the cycling tour, traditional Thai massage, and rice barge cruise. Or you may take the bike only programme
All prices are per person in Thai Baht.
Inclusive of:
All tours and services as described in the itinerary.
English-speaking guide throughout the tour.
9 kms of cycling with high-quality mountain bikes GIANT or similar.
Helmet and drinking water as and a snack
Travel insurance
Note:
The following are included in the full programme.
Rice barge cruise.
Meal (lunch or dinner).
2 hours Thai traditional massage.
Exclusive of:
Your personal expenses, tipping kitty and other drinks.


DSC08885.JPG
Saindo da agência Ayutthaya Boat & Travel para o Bike Tour
DSC08885.JPG (195.49 KiB) Exibido 725 vezes


Saindo da agência, a primeira parada foi no Ayutthaya Tourist Center. Lá a guia explica os pontos de interesse da cidade e conta um pouco da história de uma das antigas capitais da Tailândia. Lembrando que a cidade é patrimônio tombado pela UNESCO.

DSC08889.JPG
Ayutthaya Tourist Center
DSC08889.JPG (120.8 KiB) Exibido 725 vezes


Depois fomos para as ruínas do antigo palácio real (acho que era isso, pois era muita informação e depois tudo acaba ficando meio parecido).

DSC08892.JPG
DSC08892.JPG (160.3 KiB) Exibido 725 vezes

DSC08919.JPG
DSC08919.JPG (146.99 KiB) Exibido 725 vezes

DSC08922.JPG
DSC08922.JPG (136.17 KiB) Exibido 725 vezes

DSC08915.JPG
DSC08915.JPG (177.13 KiB) Exibido 725 vezes


Ali perto havia uma estátua de Buda deitado (Wat Lokayasutha).

DSC08929.JPG
DSC08929.JPG (151.89 KiB) Exibido 725 vezes

DSC08939.JPG
DSC08939.JPG (172.62 KiB) Exibido 725 vezes


Também visitamos outro templo com uma estátua de Buda.

DSC08945.JPG
DSC08945.JPG (179.74 KiB) Exibido 725 vezes


O highlight do passeio é uma cabeça de Buda que ficou entremeada nas raízes de uma árvore.

DSC08956.JPG
DSC08956.JPG (181.47 KiB) Exibido 725 vezes


O bike tour é bem light, as bicicletas são muito boas, os caminhos são planos, até o turista mais sedentário consegue encarar. Na volta para a agência, a guia ofereceu lenços umedecidos e refrescos para o pessoal.

DSC08963.JPG
DSC08963.JPG (229.18 KiB) Exibido 725 vezes

DSC08964.JPG
DSC08964.JPG (189.5 KiB) Exibido 725 vezes


Depois pegamos nosso transporte até o local de saída do barco.

DSC08965.JPG
DSC08965.JPG (175.5 KiB) Exibido 724 vezes

DSC08968.JPG
DSC08968.JPG (140.7 KiB) Exibido 724 vezes


Enquanto passeávamos no barco, era servido o nosso almoço.

DSC08970.JPG
DSC08970.JPG (199.91 KiB) Exibido 724 vezes

DSC08972.JPG
DSC08972.JPG (158.88 KiB) Exibido 724 vezes

DSC08984.JPG
DSC08984.JPG (124.04 KiB) Exibido 724 vezes


Depois do almoço, paramos no local onde fizemos a thai massagem que estava incluída no pacote. Essa massagem foi de duas horas.

Após a massagem, o motorista que nos trouxe já estava esperando para o retorno ao hostel em Bangkok, onde chegamos por volta das 17h.

Como eu ainda não estava 100% do estômago, mas sabendo que precisa me alimentar, fui naquele que é o lugar mais confiável do mundo, o McDonald’s, onde não tinha o risco de spicy food nem água torneiral!

Depois voltei para o hostel e nem saí à noite, pra ver se eu melhorava para continuar o restante da viagem.
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 31 Mai 2015, 17:55, em um total de 19 vezes.
#1091710 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:40
quinta-feira, 05/03/2015

No meu planejamento da viagem, esse dia tinha deixado livre. A princípio, era o dia que iria no consulado de Myanmar para pegar o visto. Mas depois descobri que o visto para brasileiros poderia ser feito on-line e então não tinha nada planejado para esse dia.

Nesse dia nem liguei o despertador, acordei bem tarde mesmo, ainda me recuperando do piriri. Como no hostel não estava incluso o café da manhã, fui até o MBK Center, que é um shopping popular praticamente na frente do hostel. Lá tomei um café e comi uma fatia de bolo.

DSC08995.JPG
DSC08995.JPG (110.56 KiB) Exibido 724 vezes


Depois fui até o Chatuchak Market de trem (tinha uma estação do BTS em frente ao hostel). Esse mercado foi indicação de uma amiga, mas estava bem vazio quando cheguei lá, parece que a maioria das lojas só funciona nos finais de semana. O bilhete de trem é bem barato, apenas THB 42 (aprox. USD 1,30).

DSC08996.JPG
DSC08996.JPG (133.87 KiB) Exibido 724 vezes


Para almoçar, acabei voltando no MBK Center e achei um restaurante japonês com sistema de pratos na esteira (kaiten style), com tudo incluído por THB 375 (aprox. USD 11,60).

DSC09009.JPG
DSC09009.JPG (135.64 KiB) Exibido 724 vezes


Após o almoço voltei para o hostel e aproveitei para checar e-mails, confirmar reservas, atualizar Facebook, Instagram, etc.

DSC09007.JPG
DSC09007.JPG (177.69 KiB) Exibido 724 vezes


À noite fui caminhando até um outro shopping que também fica perto do hostel, o Siam Paragon. Esse shopping é mais “chic”, tipo JK Iguatemi de São Paulo ou Pátio Batel de Curitiba.

DSC09029.JPG
DSC09029.JPG (180.79 KiB) Exibido 724 vezes


No subsolo do shopping tinha um supermercado, mas também era padrão “gourmet”. Tinha produtos de todas as partes do mundo, dava pra passar um dia inteiro ali. Acabei comprando algumas frutas e uma bebida de aloe vera, que seria a minha janta naquela noite.

DSC09032.JPG
DSC09032.JPG (121.92 KiB) Exibido 724 vezes
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 31 Mai 2015, 18:25, em um total de 9 vezes.
#1091711 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:41
sexta-feira, 06/03/2015

Último dia em Bangkok e eu já estava me sentindo bem melhor (do ponto de vista gastrointestinal!). Tomei café da manhã no hostel mesmo (THB 65, aprox. USD 2,00), café com leite e cereal.

DSC09033.JPG
DSC09033.JPG (123.43 KiB) Exibido 724 vezes


Voltei pro quarto, fiz o check out e deixei a mochila no luggage storage.

De manhã pegue o trem BTS até a estação de Taksin, perto do rio Chao Phraya e de lá um barco que vai até próximo ao Grand Palace. O trem custou THB 37 (aprox. USD 1,15) e o bilhete do barco THB 40 (aprox. USD 1,25).

DSC09034.JPG
DSC09034.JPG (129.7 KiB) Exibido 724 vezes


Antes do Grand Palace, fui no Wat Pho, que é o templo onde há um Buda deitado. A entrada custa THB 100 (aprox. USD 3,10).

Bangkok 030.jpg
Bangkok 030.jpg (151.71 KiB) Exibido 724 vezes


Depois fui até o Grand Palace, que fica próximo ao Wat Pho. O preço da entrada é meio salgado (THB 500, aprox. USD 15,50) e existe um controle sobre a vestimenta dos turistas. Homens só podem entrar de bermuda comprida (cobrindo o joelho, tipo calça capri) e para as mulheres é mais restritivo ainda (nada de decotes e pernas à mostra).

Bangkok 047.jpg
Bangkok 047.jpg (122.69 KiB) Exibido 724 vezes

Bangkok 071.jpg
Bangkok 071.jpg (134.61 KiB) Exibido 724 vezes

Bangkok 084.jpg
Bangkok 084.jpg (113.33 KiB) Exibido 724 vezes


Saindo do Grand Palace, a maior dificuldade é encontrar um táxi até Siam Square. Táxi tem um monte, mas parece que todos os taxistas querem te enganar. Os que não enfiam a faca cobram um valor “normal”, desde que no caminho você vá até uma loja (onde ele ganha comissão). Acabei pegando um taxista que cobrou um pouco mais caro, pois não tinha muito tempo pra ficar negociando, já que ainda tinha que almoçar e depois voltar correndo para o hostel pegar a mochila e depois ainda ir para o aeroporto. No final, a corrida de táxi até Siam Square ficou THB 290 (aprox. USD 9,00).

Almocei no Siam Paragon, numa rede de fast food. Pedi um spaghetti à carbonara e um chá gelado, por THB 305 (aprox. USD 9,45).

DSC09042.JPG
DSC09042.JPG (96.16 KiB) Exibido 724 vezes


Depois voltei andando até o hostel, peguei a mochila e fui até a frente do hostel tentar parar algum táxi para o aeroporto. Depois de uns 10 minutos, consegui parar um táxi, que nos levou até o aeroporto Don Mueang. O trajeto foi bem no horário do rush (lembrando que Bangkok tem um dos trânsitos mais caóticos do mundo), demorando quase uma hora. A corrida saiu por THB 450 (aprox. USD 14,00).

Fiz o check in no balcão da Air Asia e depois fui para a sala de embarque. O voo saiu no horário, às 20h15.

Para esse voo, quando comprei o bilhete no site da Air Asia também já fiz o pedido do jantar (pago à parte). Assim que o avião decolou, começou o serviço de bordo e a aeromoça trouxe o meu pedido.

Durante o voo também são entregues os formulários da imigração de Myanmar.


Chegando em Myanmar precisa atrasar o relógio em meia hora (é um dos poucos países do mundo que tem o fuso horário fracionário). Aterrissamos às 21h15 no horário local e em seguida fomos para a fila da imigração. Havia apenas dois guichês, mas a fila até andou rápido. Após pegar as bagagens na esteira, já encontrei o motorista da agência na saída do desembarque, que estava com uma placa nos esperando para o transfer até o hotel.

Para todos os transfers, passeios e bilhetes aéreos domésticos em Myanmar, fiz com uma agência local, a Tour Mandalay. Eu mandei o itinerário com as cidades que queria visitar, os hotéis onde fiz reserva e os horários dos voos de chegada e saída em Yangon. O passeio de balão em Bagan também foi agendado com essa agência (Mr. Thura).

Para garantir o pacote, é necessário depositar 50% do valor total (transferência bancária internacional) e o restante do pagamento é feito na chegada (somente em cash, em notas novas de USD, sem dobras e rasuras). Inclusive, esse negócio de notas novas sem rasuras se aplica em todo o país.

Chegamos no hotel às 22h30. Fizemos o check in e pagamos a diária em USD (45,00). Poucos lugares em Myanmar aceitam cartão de crédito (mesmo que essa informação conste no site, na hora de pagar sempre tem alguma desculpa, por exemplo a maquininha está com defeito, está sem rede, etc.).

Depois fomos conversar com o motorista para acertar o restante do pagamento do pacote. Ele nos entregou o itinerário, as reservas dos voos domésticos e os vouchers do passeio de balão. Também avisou para estarmos prontos às 5h, pois o voo para Bagan sairia às 7h.

A descrição do itinerário da agência é a seguinte (em inglês):

06 March 15 (Fri): Arrival Yangon, (FD 257) (Without Guide) (-/-/-)
Upon arrival, you will be welcomed by Tour Mandalay and transferred to your hotel.
Yangon formerly known as Rangoon, the capital of Myanmar. This city is also called “Garden City of the East” because of its many parks and beautiful lakes.

Overnight at Beauty Land Hotel II, Client’s Own Arrangement
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 31 Mai 2015, 18:29, em um total de 8 vezes.
#1091712 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:42
sábado, 07/03/2015

Às 5h descemos para a recepção, onde o motorista já estava nos esperando.

Chegando no aeroporto, fui procurar o balcão da empresa Asian Wings Airways. O aeroporto de Yangon (voos domésticos) parece uma rodoviária de uma cidade do interior do Brasil.

DSC09071.JPG
DSC09071.JPG (124.52 KiB) Exibido 709 vezes


O mais engraçado é que as companhias aéreas ainda utilizam um sistema bem antigo para a emissão do cartão de embarque, com preenchimento manual.

DSC09073.JPG
DSC09073.JPG (124.44 KiB) Exibido 709 vezes


Geralmente os voos domésticos são feitos em aeronaves regionais de pequeno porte, tipo Bombardier ou ATR’s.

DSC09076.JPG
DSC09076.JPG (115 KiB) Exibido 709 vezes


O voo para Bagan (na verdade é para Nyaung U) saiu às 7h e chegamos em Bagan às 8h20. Durante o voo foi servido um pequeno café da manhã.

DSC09089.JPG
DSC09089.JPG (127.27 KiB) Exibido 709 vezes


O aeroporto de Bagan também é bem pequeno, nem esteira de bagagem existe lá. As bagagens são entregues pelo pessoal da companhia aérea no “setor de espera de bagagens”.

DSC09102.JPG
DSC09102.JPG (126.73 KiB) Exibido 709 vezes

DSC09106.JPG
DSC09106.JPG (148.96 KiB) Exibido 709 vezes


Na saída do desembarque, existe um guichê que vende a taxa de visitação dos templos. O valor da taxa é de USD 20, que pode ser pago em dólar mesmo.

DSC09110.JPG
DSC09110.JPG (140.8 KiB) Exibido 709 vezes


No desembarque também encontramos o motorista da Tour Mandalay que já estava nos aguardando.

DSC09114.JPG
DSC09114.JPG (120.76 KiB) Exibido 709 vezes


A descrição do itinerário da agência para esse dia é a seguinte (em inglês):

07 March 15 (Sat): Yangon / Bagan (Flight), Bagan Sightseeing (Without Guide) (B/-/-)
Breakfast at the hotel. Transfer to the airport to take a flight to Bagan. Arrive Bagan and transfer to the hotel for check in. Start to tour in Bagan including colourful Nyaung U Local Market, Shwezigon Pagoda and its magnificent golden stupa, Wetkyi-in Gubyaukkyi, a cave temple with exquisite jatakas murals paintings and the elegant Htilominlo Temple noted for its plaster carvings and Tharaba Gate. Lunch at local restaurant. In the afternoon observe the process of traditional lacquerware, one of the best-known Myanmar handicrafts and a speciality of Bagan, Next visit of Ananda, an architectural masterpiece of the early-style temple. The Ananda Okkyaung is one of the few surviving brick monasteries from the early Bagan period and the next temple to be visited, Thatbyinnyu, is the highest in Bagan, rising to 61 m. We will take horse drawn carriage ride to Gawdawpalin Temple, is 60 metres high with a fine view of the Bagan Plain.

Remark: Biking on your own arrangement

Overnight at Zfreeti Hotel, Client’s Own Arrangement


Como o check in no hotel é somente à tarde, saindo do aeroporto fomos direto para um dos passeios.
A primeira parada foi em Nyaung U Local Market. É um mercado local que tem um pouco de tudo, comida, roupa, artesanato.

Bagan 001.jpg
Bagan 001.jpg (150.99 KiB) Exibido 709 vezes

Bagan 004.jpg
Bagan 004.jpg (153.17 KiB) Exibido 709 vezes

Bagan 016.jpg
Bagan 016.jpg (158.42 KiB) Exibido 709 vezes

Bagan 019.jpg
Bagan 019.jpg (169.04 KiB) Exibido 709 vezes

Bagan 023.jpg
Bagan 023.jpg (179.36 KiB) Exibido 709 vezes


Depois fomos para Shwezigon Pagoda, que tem uma grande estupa dourada. Em todos os templos em Myanmar há placas na entrada com informações sobre o vestuário adequado. Precisa entrar descalço, inclusive sem meias.

Bagan 030.jpg
Bagan 030.jpg (107.69 KiB) Exibido 709 vezes

DSC09120.JPG
DSC09120.JPG (159.49 KiB) Exibido 709 vezes


Wetkyi-in Gubyaukkyi e Htilominlo Temple foram as paradas seguintes.

DSC09122.JPG
DSC09122.JPG (212.08 KiB) Exibido 709 vezes

Bagan 097.jpg
Bagan 097.jpg (92.29 KiB) Exibido 709 vezes


Também paramos em Tharaba Gate, que é um dos portões de entrada de Old Bagan (onde ficam a maioria dos templos).

Bagan 123.jpg
Bagan 123.jpg (108.59 KiB) Exibido 709 vezes


Ali perto fica um restaurante onde o motorista nos levou para o almoço. Desta vez fugi da comida local e acabei pedindo um spaghetti à bolonhesa, mas pedi uma cerveja local, por MMK 7300 (aprox. USD 7,30).

Bagan 145.jpg
Bagan 145.jpg (141.26 KiB) Exibido 709 vezes


Depois do almoço fomos para o hotel fazer o check in.
DSC09469.JPG
DSC09469.JPG (136.35 KiB) Exibido 709 vezes

DSC09139.JPG
DSC09139.JPG (97.38 KiB) Exibido 709 vezes


O motorista disse que naquele horário era muito quente para visitar os templos e que deixaria a gente descansando no hotel até 16h, quando o sol já começava a dar uma trégua. Realmente ele tinha razão, entre 12h e 15h é muuuito quente em Bagan. Melhor coisa é ficar na piscina do hotel nesse horário.

DSC09472.JPG
DSC09472.JPG (154.34 KiB) Exibido 709 vezes


Às 16h o motorista veio nos buscar para continuar o passeio. Primeiro fomos até uma fábrica de artefatos de laca para ver o processo tradicional de fabricação.

DSC09148.JPG
DSC09148.JPG (149.49 KiB) Exibido 709 vezes


Depois fomos até Ananda, que é um dos principais templos de Bagan.

Bagan 169.jpg
Bagan 169.jpg (124.62 KiB) Exibido 709 vezes


A partir de lá estava incluso um passeio de carruagem pela Old Bagan, visitando algumas vilas e templos.

DSC09179.JPG
DSC09179.JPG (169.67 KiB) Exibido 709 vezes


No final do passeio de carruagem, fomos deixados em Gawdawpalin Temple. Lá é onde se tem uma das melhores vistas do pôr-do-sol em Bagan. Mas para conseguir essa vista é preciso algum sacrifício....

DSC09220.JPG
DSC09220.JPG (201.53 KiB) Exibido 709 vezes

DSC09221.JPG
DSC09221.JPG (132.69 KiB) Exibido 706 vezes

Bagan 206.jpg
Bagan 206.jpg (83.49 KiB) Exibido 706 vezes

Bagan 199.jpg
Bagan 199.jpg (42.96 KiB) Exibido 706 vezes


Depois encontramos o nosso motorista que nos levou de volta ao hotel e combinou o horário para o dia seguinte.

Para jantar, o hotel tinha um restaurante mas preferi andar e procurar algum lugar menos impessoal. A duas quadras do hotel encontrei o restaurante A Little Bit of Bagan, onde acabei fazendo todas as demais refeições em Bagan. O restaurante é simples, mas a comida é boa e o atendimento é ótimo, fora o preço que é bem em conta. Recomendo!

DSC09259.JPG
DSC09259.JPG (158.35 KiB) Exibido 706 vezes


Pedi uma pizza em uma cerveja local, por MMK 7700 (aprox. USD 7,70).
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 31 Mai 2015, 20:18, em um total de 35 vezes.
#1091713 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:43
domingo, 08/03/2015

Esse era o dia mais aguardado de toda a viagem. Finalmente eu iria andar de balão!
Quando fui à Turquia, tentei andar de balão na Capadócia, mas bem no dia que estava lá o tempo não estava favorável e o passeio foi cancelado, shit!

O passeio de balão sai bem cedo. Às 5h uma van da empresa Oriental Ballooning nos buscou no hotel e logo chegamos no local de onde saem os balões. Lá havia algumas mesas com chá, café e biscoitos, para aguardamos enquanto o pessoal da empresa preparava os balões.

DSC09280.JPG
DSC09280.JPG (91.14 KiB) Exibido 704 vezes


No mesmo horário saem vários balões, inclusive de outras companhias. Após algumas explicações sobre o passeio, cada um segue o piloto do seu balão e aguarda a decolagem.

Bagan 252.jpg
Bagan 252.jpg (80.57 KiB) Exibido 704 vezes


Andar de balão é sensacional! Não é muito barato (USD 300), mas é uma experiência para a vida inteira!

Bagan 274.jpg
Bagan 274.jpg (53.89 KiB) Exibido 704 vezes

Bagan 373.jpg
Bagan 373.jpg (65.8 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09387.JPG
DSC09387.JPG (99.31 KiB) Exibido 704 vezes


Após o pouso do balão, há o tradicional brinde com champagne e a entrega de um certificado.

DSC09451.JPG
DSC09451.JPG (191.16 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09465.JPG
DSC09465.JPG (99.57 KiB) Exibido 704 vezes


Depois a van da empresa leva os passageiros de volta aos respectivos hotéis.

De volta ao hotel, fui tomar o café da manhã na cobertura.

DSC09478.JPG
DSC09478.JPG (134.19 KiB) Exibido 704 vezes


A descrição do itinerário da agência para esse dia é a seguinte (em inglês):

08 March 15 (Sun): Bagan – Popa – Bagan Sightseeing (Without Guide) (B/-/-)
Oriental Ballooning – Confirmed
Breakfast at the hotel. And then drive to Mt. Popa, an extinct volcano over 1500 m high summit, about 48 km south east of Bagan. Visit the Nat worship shrines, stupas and monasteries at the summit.
After that, drive back to Bagan for overnight.

Overnight at Zfreeti Hotel, Client’s Own Arrangement



Para esse dia, agendamos um passeio até o Mt. Popa, que fica a cerca de uma hora de Bagan.

No caminho passamos por uma cidade onde estava tendo algum festival local. Havia várias crianças com trajes típicos em cavalos para um desfile.

Bagan 470.jpg
Bagan 470.jpg (163.48 KiB) Exibido 704 vezes

Bagan 480.jpg
Bagan 480.jpg (121.64 KiB) Exibido 704 vezes

Bagan 487.jpg
Bagan 487.jpg (163.54 KiB) Exibido 704 vezes


Depois paramos num mirante onde é possível ver o Mt.Popa e templo construído no cume. Fiquei só imaginando a escadaria pra chegar até lá...

Bagan 498.jpg
Bagan 498.jpg (111.7 KiB) Exibido 704 vezes


Depois de muita imaginação chegou a hora de encarar a realidade. A subida é numa escadaria coberta (pelo menos não tem o sol na cabeça), mas é preciso fazer sem calçados!

Bagan 504.jpg
Bagan 504.jpg (125.78 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09524.JPG
DSC09524.JPG (180.74 KiB) Exibido 704 vezes

Bagan 512.jpg
Bagan 512.jpg (159.69 KiB) Exibido 704 vezes

Bagan 525.jpg
Bagan 525.jpg (160.75 KiB) Exibido 704 vezes


No final das contas a subida até que foi bem tranqüila. Sempre tem alguns pontos para descansar e apreciar a vista.

DSC09572.JPG
DSC09572.JPG (123.78 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09578.JPG
DSC09578.JPG (140.28 KiB) Exibido 704 vezes


Na volta para Bagan pedi para parar na mesma cidade onde estava tendo o festival, queria aproveitar para comprar algumas frutas para comer mais tarde.

O motorista nos deixou no hotel e antes de ir embora pediu para o pessoal da recepção ligar para a companhia aérea para confirmar o voo do dia seguinte para Mandalay. Daí combinamos o horário para o transfer para o aeroporto no dia seguinte.

Como ainda eu não tinha almoçado, fui até o meu restaurante favorito em Bagan e pedi um sanduíche e um suco de manga (MMK 4700, aprox. USD 4,70).

DSC09643.JPG
DSC09643.JPG (157.73 KiB) Exibido 704 vezes


Depois voltei para o hotel e fiquei na piscina até o final da tarde.

À noite voltei para o restaurante e pedi uma panqueca e um milk shake (MMK 4900, aprox. USD 4,90).
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 31 Mai 2015, 23:17, em um total de 21 vezes.
#1091714 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:44
segunda-feira, 09/03/2015

Como nesse dia o nosso voo era bem cedo, não ia dar tempo de tomar café no restaurante do hotel. Então o hotel providenciou um lunch box e nos entregou no check out.

O motorista passou no horário combinado e nos deixou no aeroporto de Bagan.

DSC09663.JPG
DSC09663.JPG (101.86 KiB) Exibido 704 vezes


A descrição do itinerário da agência para esse dia é a seguinte (em inglês):

09 March 15 (Mon): Bagan / Mandalay (Flight), Amarapura and Mandalay Sightseeing (Without Guide)(B/-/-)
Breakfast at the hotel. Transfer to the airport to take a flight to Mandalay. Travel to the ancient royal capital of Amarapura. Here we will visit Mahagandayon monastery, which is a school for young monks, and the nearby U Bein bridge by boat for sunset. It is more than two centuries old and at 1.2 km is the longest teakwood span in the world.
Mandalay tour includes the highly revered Mahamuni Pagoda; a gold leaf hammering craftshop, Shwenandaw Monastery, noted for its exquisite wood carvings; Kuthodaw Pagoda, renowned as the World's largest book for its 729 stone slabs containing the entire Buddhist scriptures, and Mandalay Hill for a view over the city and Ayeyarwaddy River.
Overnight at Bagan King Hotel, Client’s Own Arrangement


O aeroporto de Mandalay é bem maior e mais moderno que o de Bagan.

DSC09675.JPG
Ninguém pode dizer que "ah eu não sabia". Lei é lei.
DSC09675.JPG (76.25 KiB) Exibido 704 vezes


Saindo do aeroporto, o motorista nos levou direto para o Mahagandayon monastery, que é uma escola para jovens monges. Chegamos lá bem cedo e nem tínhamos ideia do que fazer lá, já que o motorista não falava muito bem inglês (afinal a função dele era dirigir, não foi contratado como guia turístico). Acabamos encontrando um monge que nos levou para conhecer as instalações da escola e explicou um pouco sobre a rotina de um monge.

DSC09685.JPG
DSC09685.JPG (133.04 KiB) Exibido 704 vezes


Lá pelas 9h percebi uma movimentação no pátio do monastério e de repente o local estava lotado. É um ritual que acontece todos os dias, os turistas levam comida, material escolar, doces e dinheiro para doar para os monges, que em fila se dirigem para o refeitório do local para o almoço.

DSC09705.JPG
DSC09705.JPG (190.68 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09697.JPG
DSC09697.JPG (186.86 KiB) Exibido 704 vezes


Depois fomos para a U Bein Bridge, que é uma das maiores pontes de madeira para pedestres do mundo. Quando entrei em contato com a Tour Mandalay, pedi para ir nesse local para ver o pôr-do-sol, mas acabaram invertendo o roteiro devido à logística dos pontos a serem visitados.

Mandalay 041.jpg
Mandalay 041.jpg (96.78 KiB) Exibido 704 vezes


Atravessei a ponte e depois voltei pelo mesmo caminho.

Mandalay 067.jpg
Mandalay 067.jpg (85.11 KiB) Exibido 704 vezes


Depois pedimos para o motorista nos levar para algum restaurante em Mandalay. Fomos em um restaurante que só tinha turistas. Pedi uma massa e uma cerveja por MMK 9100 (aprox. USD 9,10).

Daí fomos para o hotel fazer o check in e deixar as malas.

DSC09759.JPG
DSC09759.JPG (103.15 KiB) Exibido 704 vezes


Logo depois continuamos o passeio de acordo com o itinerário, parando em Mahamuni Pagoda.

DSC09750.JPG
DSC09750.JPG (138.25 KiB) Exibido 704 vezes


No roteiro estava previsto uma parada numa loja de artesanato que fazia folhas de ouro, mas preferimos pular essa parte (não gosto muito desse tipo de atração).

Fomos então para o Shwenandaw Monastery, que possui vários entalhes de madeira que decoram o templo.

DSC09787.JPG
DSC09787.JPG (151.95 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09775.JPG
DSC09775.JPG (184.38 KiB) Exibido 704 vezes


A parada seguinte foi em Kuthodaw Pagoda, que é conhecida por ter o maior livro do mundo com 729 placas de pedra contendo escrituras budistas.

Mandalay 135.jpg
Mandalay 135.jpg (133.64 KiB) Exibido 704 vezes

Mandalay 124.jpg
Mandalay 124.jpg (76.67 KiB) Exibido 704 vezes


Por último fomos até Mandalay Hill, que é onde se tem uma vista geral da cidade. Como ainda era 16h e o pôr-do-sol ia demorar quase duas horas, resolvi voltar para o hotel, até mesmo porque o dia estava nublado e do topo de Mandalay Hill a vista não seria aquelas coisas...

Mandalay 158.jpg
Mandalay 158.jpg (147.96 KiB) Exibido 704 vezes

Mandalay 177.jpg
Mandalay 177.jpg (118.37 KiB) Exibido 704 vezes


Antes de chegar no hotel, o motorista fez uma rápida parada para fotos da muralha de u antigo palácio real.

Mandalay 183.jpg
Mandalay 183.jpg (64.41 KiB) Exibido 704 vezes


À noite fiz apenas um lanche numa lanchonete que ficava bem na frente do hotel, um chá e um pedaço de bolo (MMK 1200, aprox. USD 1,20).
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 01 Jun 2015, 00:04, em um total de 18 vezes.
#1091715 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:44
terça-feira, 10/03/2015

Nesse dia deu tempo de tomar o café da manhã no hotel, mas teve que ser bem rápido. Fizemos o check out e o motorista já estava nos esperando para levar para o aeroporto.

A descrição do itinerário da agência para esse dia é a seguinte (em inglês):

10 March 15 (Tue): Mandalay / Yangon (Flight), Yangon Sightseeing (Without Guide) (B/-/-)
Breakfast at the hotel. Transfer to the airport to take a flight back to Yangon. Our sightseeing features the beautiful Kandawgyi Lake, Sule pagoda, which is hollow and through which you can walk and see many ancient relics and artifacts and Yangon downtown area and from there we walk along the Pansodan street which has many large colonial buildings which are still in use. Yangon sightseeing includes colossal reclining Buddha Chauk Htat Gyi.
Finish our tour with a visit to the awe-inspiring Shwedagon Pagoda which towers over all of Yangon. It is perhaps the most beautiful pagoda complex in all of Asia and is one sight that no visitor to Myanmar should miss.
Enjoy last minute shopping at Bogyoke Market (Formerly Scott’s Market) and evening strolling at China Town and its’ fruit market.
Overnight at Beauty Land Hotel II, Client’s Own Arrangement


DSC09819.JPG
DSC09819.JPG (111.61 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09820.JPG
DSC09820.JPG (86.01 KiB) Exibido 704 vezes


O voo para Mandalay não era direto, tinha uma escala em Heho, que é uma cidade perto de Inle Lake (que faltou no meu itinerário em Myanmar!).

No primeiro trecho também foi servido um lanche como café da manhã.

DSC09825.JPG
DSC09825.JPG (109.37 KiB) Exibido 704 vezes


Chegando no aeroporto de Yangon outro motorista da agência já estava nos esperando.

DSC09827.JPG
DSC09827.JPG (148.17 KiB) Exibido 704 vezes


Saindo do aeroporto, primeiro fomos visitar um templo que tem um grande Buda deitado (Chauk Htat Gyi).

DSC09845.JPG
DSC09845.JPG (149.62 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09839.JPG
DSC09839.JPG (174.13 KiB) Exibido 704 vezes


O passeio continuou até um lago (Kandawgyi Lake?), onde havia um restaurante em forma de navio (que também é uma das atrações turísticas da cidade).

DSC09865.JPG
DSC09865.JPG (135.63 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09851.JPG
DSC09851.JPG (98.31 KiB) Exibido 704 vezes


Depois fomos até o centro nervoso da cidade (o trânsito lá é caótico) onde fica o Sule Pagoda. A taxa para entrada é de USD 3,00, mas acabei nem entrando no templo. Não é dos mais bonitos que já vi...

DSC09886.JPG
DSC09886.JPG (119.35 KiB) Exibido 704 vezes


De lá fomos pela Pansodan Street, que é uma rua que possui muitos prédios em estilo colonial, até Bogyoke Market (antigo Scott’s Market). Lá também estava tendo o ritual dos monges em fila pedindo doações para os comerciantes do local.

DSC09913.JPG
DSC09913.JPG (171.84 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09908.JPG
DSC09908.JPG (143.57 KiB) Exibido 704 vezes


Como eu estava ficando verde de fome, pedi para o motorista nos levar para almoçar num restaurante. Pedi um cheeseburger e um coconut shake (MMK 8400, apox. USD 8,40).

DSC09915.JPG
DSC09915.JPG (128.99 KiB) Exibido 704 vezes


O último passeio previsto era em Shwedagon Pagoda. Mas como naquele horário estava muito quente, primeiro fomos para o hotel fazer o check e deixar as malas e lá por volta de 16h30 o motorista ia nos buscar para levar até o pagoda.

DSC09920.JPG
DSC09920.JPG (173.35 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09918.JPG
DSC09918.JPG (111.99 KiB) Exibido 704 vezes


A entrada em Shwedagon Pagoda custa MMK 8000 (ou USD 9,00). É a principal atração de Yangon e realmente o lugar é muito bonito, mesmo com algumas partes em reforma. Nesse local o ideal seria ter o acompanhamento de um guia (havia vários oferecendo o serviço), mas gastei meus últimos kyats pagando a taxa de entrada.

DSC09921.JPG
DSC09921.JPG (160.52 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09928.JPG
DSC09928.JPG (186.29 KiB) Exibido 704 vezes

DSC09966.JPG
DSC09966.JPG (121.68 KiB) Exibido 704 vezes

DSC00048.JPG
DSC00048.JPG (119.93 KiB) Exibido 704 vezes


Fiquei lá até o anoitecer e depois o motorista nos levou de volta ao hotel.
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 01 Jun 2015, 00:51, em um total de 21 vezes.
#1091716 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:45
quarta-feira, 11/03/2015

Último dia em Myamar…

A descrição do itinerário da agência para esse dia é a seguinte (em inglês):

11 March 15 (Wed): Departure from Yangon, (FD 252) (Without Guide) (B/-/-)
Breakfast at the hotel. After that, transfer to Yangon International Airport to take your international departure flight to go back home.
*** End of the service ***



O horário da saída do hotel para o aeroporto era às 6h, então não deu tempo de tomar o café da manhã no hotel. O pessoal da recepção deixou preparado um lunch box.

Cheguei no aeroporto às 6h30, foi até rápido pois nesse horário não tinha muito trânsito. Fui direto no balcão da Air Asia fazer o check in para Krabi (KBV) com conexão em Bangkok Don Mueang (DMK). Minha amiga também ia no mesmo voo para Bangkok, mas depois ia pegar um voo para Phuket.

DSC00101.JPG
DSC00101.JPG (121.7 KiB) Exibido 704 vezes


O voo da Air Asia saiu no horário, às 8h30. Durante o voo precisa ajustar o relógio, atrasando meia hora devido ao fuso horário.

Cheguei no aeroporto DMK às 10h20. Novamente precisa passar pela imigração, mas antes precisa ir no Health Control (o pessoal de solo da Air Asia é bem atencioso indicando o caminho até o guichê do Health Control). Também não precisa retirar a bagagem para redespachar, a malha vai direto até o destino final (Krabi).

DSC00103.JPG
DSC00103.JPG (132.34 KiB) Exibido 704 vezes

DSC00104.JPG
DSC00104.JPG (103.18 KiB) Exibido 704 vezes


Como o voo de conexão era somente às 13h, fui procurar algo para comer. As lanchonetes estavam muito cheias, então fui na loja da Seven Eleven (melhor coisa que já inventaram na Ásia!) e comprei um sanduíche e um Calpis (tipo de refrigerante vendido no Japão).

DSC00108.JPG
DSC00108.JPG (119.52 KiB) Exibido 704 vezes


O voo da Air Asia atrasou (pela primeira vez na viagem!) e saiu às 14h25.

DSC00109.JPG
DSC00109.JPG (122.37 KiB) Exibido 704 vezes


Cheguei no aeroporto de Krabi às 15h50. Peguei a mochila na esteira e fui para o lado de fora do aeroporto procurar uma van para Ao Nang. Para minha sorte tinha um ônibus saindo naquele momento. O shuttle bus custou THB 150 (aprox. USD 4,65).

Até Ao Nang são cerca de 50 minutos. É só avisar o motorista o nome do hotel que ele para numa rua mais próxima. No hotel que fiquei, bastou atravessar a rua.

DSC00120.JPG
DSC00120.JPG (190.81 KiB) Exibido 704 vezes

DSC00166.JPG
DSC00166.JPG (144.9 KiB) Exibido 704 vezes


Fiz o check in, deixei a mochila no quarto e já agendei na recepção os passeios para os dias seguintes. Também aproveitei para deixar a roupa suja para lavar, já que o hotel tinha esse serviço (THB 140 - aprox.USD 4,35 para cerca de 3 kg)

DSC00122.JPG
DSC00122.JPG (98.51 KiB) Exibido 704 vezes


No ano passado estive em Ao Nang e fiz dois passeios, Hong Island e 4 Islands. Esses são os melhores passeios da região. Tinha faltado o passeio a James Bond Island. Então reservei o passeio a James Bond Island para um dia e para o outro dia consegui um passeio combinado de Hong Island e 4 Island, que as agências vendem como “7 Islands Sunset Tour”.

Aproveitando o final da tarde em Ao Nang, comi um thai pancake de nutella numa barraca de rua (THB 50, aprox. USD 1,55) e um coconut shake (THB 40, aprox. USD 1,25).

DSC00133.JPG
DSC00133.JPG (115.73 KiB) Exibido 704 vezes


Depois fui até a praia de Ao Nang registrar o pôr-do-sol.

DSC00145.JPG
DSC00145.JPG (98 KiB) Exibido 704 vezes


Para jantar, fui num quiosque na rua do hotel. Havia apenas uma senhora que fazia todos os pedidos e parecia bastante apetitoso. Pedi um pad thai e uma Chang beer (THB 110, aprox. USD 3,40) e dividi a única mesa com uma família de holandeses que estava passando as férias no sul da Tailândia. Por sinal, essa família praticamente monopolizou esse quiosque, pois todas as vezes que passava por ali eles estavam lá comendo alguma coisa ou bebendo Chang beer.

DSC00156.JPG
DSC00156.JPG (137.66 KiB) Exibido 704 vezes

DSC00157.JPG
DSC00157.JPG (157.75 KiB) Exibido 704 vezes


Após o jantar, continuei a tradição de fazer thai massage. Na rua do hotel também havia várias lojas, nesse dia fiz somente foot massage (THB 400, aprox. USD 12,50).
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 01 Jun 2015, 01:33, em um total de 13 vezes.
#1091717 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:46
quinta-feira, 12/03/2015

Acordei às 7h30 e desci para tomar o café da manhã. Na diária não está incluso o café da manhã, mas o hotel oferece um cardápio com algumas opções. Todos os dias pedi o “Australian breakfast set”, que tinha café, leite, suco de laranja, duas torradas, geleia, manteiga e cereal, por THB 130 (aprox. USD 4,00). Tomei o café da manhã bem sossegado, já que o van da agência só iria passar depois das 9h30.

DSC00165.JPG
DSC00165.JPG (140.61 KiB) Exibido 704 vezes


Às 9h30 a van passou no hotel e fui até o píer de onde saía o barco para o passeio “7 Islands”. No píer tivemos que pegar um barco menor (longtail boat) até o barco maior.

DSC00207.JPG
DSC00207.JPG (189.41 KiB) Exibido 704 vezes


O barco ainda faz uma escala em Railay Beach, onde mais 4 passageiros se juntaram ao grupo.

DSC00240.JPG
DSC00240.JPG (149.45 KiB) Exibido 704 vezes


A descrição do passeio é a seguinte (em inglês):


“7 Islands Sunset Tour”
Approximate timing: 10.30 – 19.30
Mode of transport: Wooden cabin longtail boat
Departure point: Ao Nang
Hotel pick-up available from: Ao Nang – Ao Nam Mao – Klong Muang.
Itinerary: This exclusive small group combo tour is perfect for those with limited time in Krabi as you will visit two sets of islands in one day. It’s also great for those who are later risers – the start time of 10.00 – 10.30 makes for a more relaxing morning.
The restricted group size will suit those don’t wish to shell out for private boat charter but equally have no interest in joining dozens of other people on the standard Krabi island-hopping trips.
This combined Hong Island – 4 Islands sunset trip will start by heading over to the white sand twin bays of Hong Island, and the lagoon where you will have the chance to swim and snorkel. Spend time relaxing on the beach and have a buffet picnic lunch. Then it’s time to set off for the 4 Islands, stopping off on the way at Red Island (Koh Daeng) for some more snorkeling at the reef.
The afternoon will be spent cruising around the 4 Islands area (Chicken, Poda, Mor and Tup Islands), stopping for sightseeing and more snorkeling if you like. Around 5pm you will make a final stop, usually at Poda island where the crew will set up a BBQ to cook dinner which you can enjoy as the sun sets.
You can have a last swim after dark before heading in. You should be back at your hotel by around 7.30pm.



A primeira parada é na lagoa em Hong Island. O pessoal desce do barco para nadar na lagoa (que é rasa em alguns lugares).

DSC00285.JPG
DSC00285.JPG (180.04 KiB) Exibido 704 vezes


Próxima parada é em Koh Lao La Ding, onde é servido o almoço na praia (lunch box), com tempo de sobra para aproveitar a praia.

DSC00360.JPG
DSC00360.JPG (176.31 KiB) Exibido 704 vezes

DSC00378.JPG
DSC00378.JPG (190.92 KiB) Exibido 704 vezes

DSC00438.JPG
DSC00438.JPG (189.54 KiB) Exibido 704 vezes


Depois seguimos para Hong Island. Dica: leve chinelo, pois a passarela é de material plástico, que fica muito quente durante o dia devido ao sol.

DSC00461.JPG
DSC00461.JPG (185.83 KiB) Exibido 704 vezes


A praia em Hong Island é paradisíaca. Lá o tempo é de cerca de 1h para aproveitar a praia, fazer snorkelling ou andar de caiaque.

DSC00492.JPG
DSC00492.JPG (178.78 KiB) Exibido 704 vezes

DSC00493.JPG
DSC00493.JPG (135.35 KiB) Exibido 704 vezes


Próxima parada é Red Island, onde o barco para por alguns minutos para o pessoal fazer snorkelling.

DSC00526.JPG
DSC00526.JPG (145.07 KiB) Exibido 704 vezes


Daí o tour segue pelas “4 Islands”. A primeira é a Chicken Island, que tem esse nome porque de longe lembra a cabeça de uma galinha.

DSC00543.JPG
DSC00543.JPG (112.71 KiB) Exibido 704 vezes


A próxima ilha é Tup Island. Mas tem um pequeno problema, como o nosso barco era muito grande, precisava fazer a transferência dos passageiros para barcos menores (longtail boats), que daí conseguem parar perto da praia.

A Tup Island e a Chicken Island são ligadas por uma estreita faixa de areia que aparece na maré baixa. No horário que cheguei não era possível ver a faixa de areia, mas era possível caminhar até a Chicken Island.

DSC00638.JPG
DSC00638.JPG (96.35 KiB) Exibido 703 vezes


Para voltar ao barco principal foi o mesmo esquema, pegar o longtail boat na praia e depois transferir para o barco maior.

DSC00654.JPG
DSC00654.JPG (131.22 KiB) Exibido 703 vezes


A próxima ilha é “Poda Island”. Nessa ilha foi servido o “dinner BBQ”.

DSC00699.JPG
DSC00699.JPG (167.06 KiB) Exibido 702 vezes

DSC00717.JPG
DSC00717.JPG (113.07 KiB) Exibido 702 vezes


Apesar das nuvens, o sunset na praia de Poda Island foi foda (mal aí o trocadilho hein...)

DSC00743.JPG
DSC00743.JPG (90.58 KiB) Exibido 702 vezes

DSC00740.JPG
DSC00740.JPG (96.63 KiB) Exibido 702 vezes


Quando já estava escuro, ainda havia mais uma parada perto de Phranang Beach, onde a atividade era nadar no escuro para ver a fotoluminescência do plâncton. Aí eu tive dois problemas: primeiro eu enxergo muito mal à noite; segundo eu mal sei nadar no mar de dia, à noite então... Mas o pessoal que foi nadar disse que foi bem interessante.

Para finalizar o passeio, a tripulação ia fazer um show com fogos, mas acho que teve uma falha da produção (o fogo acendeu mas apagou rapidinho, mas valeu a intenção...)

DSC00819.JPG
DSC00819.JPG (70.63 KiB) Exibido 702 vezes


O barco grande se aproximou da praia de Ao Nang e daí veio um longtail boat para levar o pessoal até a praia.

Fui para o hotel, tomei um banho e apesar da comilança do passeio, ainda estava com fome. Fui num pequeno restaurante na rua do hotel e pedi um arroz frito com caranguejo (recomendo, muito bom se você não gosta de comida muito apimentada) e um pineapple shake, por THB 120 (aprox. USD 3,70).

DSC00821.JPG
DSC00821.JPG (197.49 KiB) Exibido 702 vezes


E pra encerrar a noite, thai massage! (THB 300, aprox. USD 9,30).
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 01 Jun 2015, 02:27, em um total de 21 vezes.
#1091718 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:47
sexta-feira, 13/03/2015

Acordei um pouco mais cedo e desci para tomar o café da manhã.

Às 8h a van passou no hotel para o passeio de James Bond Island.

A descrição do passeio é a seguinte (em inglês):

James Bond Island tour – overland + longtail boat
Availability: Daily, all year round
Approximate timing: 08.00 – 18.00
Mode of transport: Minivan + Longtail boat
Departure point: Ao Nang
Hotel pick-up available from: Ao Nang – Ao Nam Mao – Krabi Town – Klong Muang – Tupkaek Beach.
Itinerary: Drive for around an hour and a half through the scenic north of Krabi and into Phang Nga province to a small pier which is the jumping off point for James Bond Island. You will spend 30 – 45 mins on the beach here, enough to do your best Bond / Bond girl impresssions in front of the famous rock for Facebook / Instagram purposes, or perhaps just explore the various caves.
Then it’s time to head to the floating village at Koh Panyi for lunch. This traditional Muslim fishing community is now heavily dependent on the income it gets from tourism, so you will also see row upon row of souvenir stalls. After lunch, spend some more time cruising around the bay of Phang Nga with its amazing rock islands, or (select option above) spend half an hour paddling around the coastline and through the mangrove lined backwaters to visit some caves. Paddle guides are available and though included in the price, most expect a tip.
Transfer overland back to your hotel via a fruit garden, and the famous Monkey Cave Temple. A 20 THB entry fee is charged for those who wish to go inside the cave (it is not compulsory). This charge is not included in the tour cost as it is considered as a donation to the temple that will “make merit” for the donor.
Note: no swimming or snorkeling opportunity is offered on this trip.


A van passa em outros hotéis de Ao Nang para pegar outros passageiros e depois vai até um posto de gasolina na estrada, onde encontra com o guia da agência e as demais vans (cada van é identificada com uma letra, “A”, “B”, etc.).

Uma boa parte desse passeio é na estrada, já que fica a quase duas horas de Ao Nang.

As vans param num píer e de lá saem os barcos para James Bond Island. Esse trajeto leva aproximadamente 20 minutos.

DSC00839.JPG
DSC00839.JPG (128.65 KiB) Exibido 695 vezes


Chegando na ilha propriamente dita, existem algumas tendas vendendo souvenirs e comidas/bebidas. A principal atração é uma formação rochosa no meio do mar, que serviu de cenário para o filme “007 – The Man with the golden gun” – ( “007 - O homem com a pistola de ouro”). Devido ao sucesso do filme a região se tornou uma atração turística, mas não é nada assim para entrar na lista Top 10 das coisas para fazer na Tailândia...

DSC00858.JPG
DSC00858.JPG (138.87 KiB) Exibido 695 vezes

DSC00877.JPG
DSC00877.JPG (136.65 KiB) Exibido 695 vezes


O tempo para ficar na ilha é cerca de 45 minutos (mais que suficiente).

No tour há um opcional que é um passeio de caiaque. Quem não quiser, pode ficar cerca de meia hora na vila de pescadores. No meu pacote estava incluso o passeio de caiaque, com a vantagem de não precisar remar.

DSC00996.JPG
DSC00996.JPG (148.38 KiB) Exibido 695 vezes


Depois do passeio de caiaque, o tour continua até o restaurante onde é servido o almoço também incluso no pacote.

DSC01119.JPG
DSC01119.JPG (164.66 KiB) Exibido 695 vezes

DSC01122.JPG
DSC01122.JPG (146.1 KiB) Exibido 695 vezes


Depois do almoço, voltamos de barco até o píer onde estão as vans. De lá, fomos para Monkey Cave Temple. É um templo budista dentro de uma caverna. Perto dali vários macacos ficam à espreita dos turistas, esperando free food.

DSC01136.JPG
DSC01136.JPG (203.21 KiB) Exibido 695 vezes

DSC01147.JPG
DSC01147.JPG (165.59 KiB) Exibido 695 vezes

DSC01157.JPG
DSC01157.JPG (140.13 KiB) Exibido 695 vezes

DSC01190.JPG
DSC01190.JPG (182.49 KiB) Exibido 695 vezes


Ainda tem uma parada em Raman Waterfall. Lá existem 4 cachoeiras e piscinas naturais, onde há tempo livre para quem quiser se banhar. Como nessa época do ano era a estação seca, as quedas d’água estavam com pouco volume de água.

DSC01211.JPG
DSC01211.JPG (225.96 KiB) Exibido 695 vezes


Antes de voltar para Ao Nang, o pessoal da agência ainda serviu biscoitos com recheio de abaixo e sucos de frutas.

Cheguei em Ao Nang às 18h15. Parei numa barraca para comprar um thai pancake de nutella e um dragon fruit skahe (THB 90, aprox. USD 2,80) e depois fui até a praia para ver o sunset.

DSC01232.JPG
DSC01232.JPG (95.68 KiB) Exibido 695 vezes


Depois fui para o hotel, tomei um banho e fui jantar num restaurante que fica numa ruazinha transversal ao hotel. O Family Restaurant também é muito bom, recomendo! Pedi um shrimp fried rice (arroz frito com camarão), uma Chang beer e um mango sticky rice de sobremesa (THB 220, aprox. USD 6,80).

DSC01242.JPG
DSC01242.JPG (130.73 KiB) Exibido 695 vezes

DSC01243.JPG
DSC01243.JPG (103.97 KiB) Exibido 695 vezes


Depois de bem alimentado, fui caminhar na praia até o Thai Thai Massage. Esse casa de massagens ficava bem na frente da praia e aproveitei para fazer thai massage (THB 300, aprox. USD 9,30) ao som da brisa e das ondas do mar.
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 01 Jun 2015, 22:37, em um total de 15 vezes.
#1091719 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:47
sábado, 14/03/2015

Último dia da viagem, sniff, sniff...

Acordei cedo, desci para tomar o café da manhã, voltei para o quarto para arrumar a mochila e depois desci para fazer o check out. Deixei as malas na recepção e depois fui até a praia de Ao Nang e comprei um ticket na cooperativa dos barqueiros para Phranang Cave Beach. O bilhete de ida e volta custou THB 200 (aprox. USD 6,20).

11034208_10203891486430851_129354757812734208_n.jpg
11034208_10203891486430851_129354757812734208_n.jpg (40.63 KiB) Exibido 695 vezes


Tem que ficar esperando perto do local de onde saem os barcos até chamarem o local de destino. Também tem que esperar vir mais gente, pelo menos umas 4 pessoas.

De Ao Nang até Phranang Cave Beach são aprox. 15 minutos. O longtail boat saiu às 9h e às 9h15 desci em Phranang.

O bom de ir cedo é que a praia estava praticamente deserta. Consegui tirar algumas fotos sem a multidão na areia.

10404467_10203891487270872_3888263551004294624_n.jpg
10404467_10203891487270872_3888263551004294624_n.jpg (39.51 KiB) Exibido 695 vezes




Não cheguei a ir até a caverna (já conhecia da viagem do ano passado), lá tinha alguns praticantes de rock climbing.

Aproveitei os últimos minutos de férias para não fazer absolutamente nada, só fiquei estendido na praia torrando no sol, apreciando a paisagem e tomando uma Chang beer.




Às 11h30 peguei o longtail boat para voltar para Ao Nang. Aproveitei e passei para fazer a última thai massage c/ aloe vera (sunburnt), no mesmo lugar da noite anterior, ou seja, na beira da praia (THB 450, aprox. USD 14,00).



Depois fui comer o último pad thai no Family Restaurant, com um mango shake (THB 100, aprox. USD 3,10).



Às 13h voltei para o hotel. No térreo tem um banheiro onde é possível tomar banho pra quem já fez o check out. Troquei de roupa e fiquei esperando a van para o aeroporto, que tinha reservado com o hotel no dia anterior (THB 150, aprox. USD 4,65).

A van passou no hotel às 14h30 e cheguei no aeroporto de Krabi às 15h15.
Fui no balcão da Malaysia Airlines fazer o check in para o voo até Kuala Lumpur (KUL).



Depois fiz as contas e vi que sobraram cerca de THB 2500. Não encontrei casa de câmbio no aeroporto e então resolvi guardar para a próxima viagem à Tailândia.

O voo da Malaysia Airlines saiu no horário, às 17h20. O serviço de bordo da companhia também é impecável. Pena que a imagem da empresa tenha sido arranhada devido às recentes tragédias em dois de seus voos.



Cheguei no aeroporto de Kuala Lumpur às 19h50. Também precisei passar pela imigração, mesmo estando só em trânsito, já que o bilhete de volta para o Brasil foi comprado separado.



Depois da imigração, peguei a mala na esteira e fui procurar o balcão da Qatar Airways. O check in só iria abrir às 23h40, então fui na praça de alimentação comer alguma coisa (pra variar um pouco, fui no McDonald’s). Pedi um McChicken (set) por MYR 12,85 (aprox. USD 3,57).



Fiquei enrolando mais um pouco e depois fui para a fila da Qatar Airways. Assim que o check in abriu, fui um dos primeiros a ser atendido. Despachei a mochila grande e fui para a sala de embarque (raio-x, imigração, duty free, etc.).
Editado pela última vez por fabiano_cwb em 01 Jun 2015, 23:33, em um total de 4 vezes.
#1091720 por fabiano_cwb
25 Mai 2015, 00:48
domingo, 15/03/2015


O voo da Qatar Airways para Doha saiu no horário, às 2h40.

Durante o voo foi servido um lanche e um pouco antes de chegar em Doha foi servido um café da manhã.

Em Doha, cheguei às 5h30 (horário local) e então fui procurar o portão de embarque para o voo para São Paulo.

O voo de Doha para São Paulo saiu no horário, às 7h50. Esse foi o voo mais longo de toda a viagem, quase 14 horas de duração. Ainda bem que o serviço de bordo da Qatar é muito bom, com várias opções de entretenimento on demand, além de comer e beber até não agüentar mais...

Cheguei no aeroporto de Guarulhos às 16h30. Passei pela imigração e depois fui conhecer o duty free do novo Terminal 3. Para minha surpresa, o duty free estava vazio, depois me dei conta que quando comecei a viagem a cotação do dólar estava 2,70 e na minha volta estava 3,50...



Então fui no balcão da TAM fazer o check in e despachar a bagagem para Curitiba. Fui para a sala de embarque no antigo terminal esperar o voo, que também saiu no horário, às 20h.


Cheguei no aeroporto em Curitiba às 21h e às 22h finalmente estava em casa, home sweet home!


É isso aí!

Espero que essa experiência possa contribuir no planejamento das suas viagens assim como relatos de outros viajantes deste site ajudaram a montar a minha trip.

Qualquer dúvida, dica, sugestão, é só postar aqui no tópico! (reclamação não hein!)


That’s all folks!


Keep travelling!

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes