Relatos de viagens pelos países do Sudeste Asiático: Tailândia, Vietnã, Timor-Leste, Singapura, Mianmar, Malásia, Laos, Indonésia, Filipinas, Brunei e Camboja

#1188084 por Diogo Bon
16 Mai 2016, 16:29
Fala ai Felipe, td belz irmão !!

Cara sou amigo de Felipe Watson (vulgo casaco), viajei pors EUA com ele ano passado e tenho encontrado mt ele em festivais em especial Tomorrowland.
Tem 2 semanas que eu tenho pesquisados lugares, mas baratos para viajar e achei Tailandia como um desses, com isso preguntei ao Casaco se ele tinha dicas e tal e ele me passou esse relato seu !!
Lide ele todo e pedi para minha namorada ler tb, e gostamos pacas dos seus comentários, ate comentamos ser mt maneiro msm dps de 3 anos da ida de vcs e mesmo assim vc escrever aqui mesmo depois de ter feito outras viagens ...parabens mesmo de pessaos dispostas como vc que deveriam ter aqui no site !!! vlw msm !!!

Cara como ja li td e sei td q deve ou nao, pode ser ou nao descartado .... vou fazer somente as perguntas básicas após suas planilhas e viagem de sua mãe:

1- Na viagem de sua mãe ano passado, de seu irmao, etc ... sabe se final de outubro / incio de novembro choveu ? pois estou pensando em ir 25 outubro ate 12 novembro (deixando as praias mais para o final da viagem. PS : sei q na sua época (incio de maio) choveu mas foi há 3 anos ne entao ...

2- Ficarei 17 dias completes la so na Tailandia...entao seguirei seu roteiro e sobrara 3 a 4 dias, logo devo colocar Chiang Rai (2 dias) e Ko Samui e Ko Taoh (2 dias)!! Ok isso ou sugere outr lugar ?

3- Por fim, com essa crise, nada daria para fazer se as despesas ficassem altas. Vc acha que tirando a passagem, eu consigo gastar para um casal no maximo 10 mil (com passeio, translado, alimentação e hospedagem) ? Digo isso, pois pela planilha de sua mãe, (embora tenha colocado Camboja e Vietnã, mas eu trocarai esses dias por mais na Taliandia ficando mais ou menos a mesma coisa) estava dando 6.500 mil (mais ou menos) para cada com passagem, logo acho que daria sim. O q vc acha? Consigo ou fica apertado, seguindo o roteiro das planilhas ?
#1188949 por zervelis
19 Mai 2016, 10:11
Rapaz, MUITO obrigado pelas palavras !!!
realmente tento sempre deixar isso aqui atualizadinho.. pretendo voltar pra lá no final de 2017 ou início de 2018 e já quero inclusive aproveitar minha próprias dicas novas (e também das pessoas que voltarem com dicas) !!!!
Casaco preguiçoso pra caralho pelo que você pode ver nesse relato. garanto que na viagem que vocês fizeram ele não foi assim eheheheheh

vamos as suas dúvidas !!! por sinal, bem boas !

1-meu irmão pegou zero chuva ! só dias bons. Já minha mãe não ! Pegou sim alguns dias de chuva mas também pegou dias de sol. O tempo nessa época ainda é muito instável. Então é sempre bom deixar mais que 1 dia para cada lugar que você quer muito conhecer pra ter mais chances de não ficar a ver navios sabe !!! Mas não fique triste, assim como ela conseguiu dias lindos lá, tenho certeza que também vão conseguir. Dias bons existem até no meio da época das monções que é em setembro e outubro e daí p frente a tendência é cada vez mais melhorar. Quando vc olha a previsão apenas diz chuva chuva e chuva ! mas não é bem assim que funciona. pode chover a qualquer hora mas não necessariamente as nuvens ficarão por lá ! Deixe as ilhas pro final que a probabilidade de chuva é menor !

2- vc faz MUITO e muito bem em optar em ficar na Tailandia... ok que eu talvez incluísse 2 dias no Camboja mas tenho um sonho de ir a Chiang Rai (e quem sabe fazer o Golden Triangle que é ali perto)... mandou bem nessa escolha.... E como já vi que gosta de praia natureza e etc está ótimo vc colocar mais algum lugar assim. Você mesmo pensou em Koh Samui e Koh Tao (os quais não conheci - ainda). Embora eu não iria para nenhuma dessas duas simplesmente porque é o mês do ano em que mais chove na média
http://www.holiday-weather.com/ko_samui/averages/
http://www.holiday-weather.com/koh_tao/averages/
isso não quer dizer que irá chover mas que é MUITO provável, é !!! a zona das monções atua muito diferente de região pra região então tem que sempre ficar muito ligado nisso...
então, TALVEZ eu trocasse esses 2 dias por uma ida a Siem Reap !!! mas é uma decisão muito pessoal mesmo. Pode ser uma opção também ficar mais em Krabi ou Phi phi...

3-Tá ótimo seu planejamento custos e etc... Com comida é o que menos se gasta lá. Hospedagem também é muito em conta (menos koh phi phi) ! O orçamento está ótimo (sem os voos).

Qualquer dúvida pode gritar ae
tenho certeza que vai gostar e muito

grande abraço ! =)
#1202631 por Beatriz Diniz
14 Jul 2016, 12:19
zervelis escreveu:CHIANG MAI

Chiang Mai fica no norte da Tailândia, quase divisa com Myanmar. É considerada a capital do norte e a segunda cidade da Tailândia. Possui mais de 100 templos e um clima mais ameno que o de Bangkok.

O forte do local é o passeio com elefantes. Chegamos à noite e fomos pro hotel de taxi, largamos as coisas lá e fomos rodar. Mas rodar onde? A cidade não tem nada. Pelo menos tinha um Mc Donalds (que demoramos bastante pra achar) para salvar a noite (THB 153). É puta pra um lado, tuk tuk pro outro e de quebra thai massage. Você não consegue andar em paz !!!! Eles tentam de todas as formas chamar sua atenção.

Dia 05 – Chiang Mai, Thailand (terça)

Imagem

Logo cedo, o dia já estava bem bonito e o sol a pino. A expectativa era grande e, logo após nosso café da manha bem simples no hotel (onde o presunto é frito, como em todos os lugares que fui), chegava nossa Van para nos levar para um incrível dia com os Elefantes. O lugar não é pertinho, demorou uns 50 minutos para chegar.

-Patara Elephant Farm – Um dos melhores passeios que já fiz na minha vida. É isso que eu tenho pra falar. Não caia no papo das pessoas que vendem tour que falam que tem um programa melhor e mais barato e que eu deveria desistir desse, tendo em vista que só tinha reservado e ainda não pago. Fiz muito bem em pagar uma fortuna para fazer este que, sem dúvida alguma, é uma obra prima. Isso incluiu fotos profissionais tiradas por eles e muitos vídeos. Inclusive eles usavam a nossa câmera também o tempo todo para tirar fotos nossas.

Chegando à fazenda, já damos de cara com os elefantes e vemos como eles vivem soltos e são bem tratados. Primeiro eles dão tempo para gente passar protetor solar, beber água, lavar as mãos e depois a gente acaba colocando uma roupinha muito engraçada pra que a pele do elefante não nos machuque.

As explicações são de outro mundo, tudo muito bem embasado.

A gente viu que uns foram resgatados de outros lugares e que sofreram muito, apresentando nítidos sinais de stress e, apesar de agora livres, fazem movimentos como se estivessem tentando se soltar.

Na verdade éramos divididos em grupos, o grupo da minha van iria ficar com esse pessoal. As outras pessoas chegam em horários um pouco mais cedo ou um pouco mais tarde e sairiam com outros guias. Enfim, o espaço era tão grande que nem nos vimos, só no final.

EU, no seu lugar, pararia de ler aqui pra não estragar todo o ensinamento que você aprende por lá ! Mas caso ainda não tenha se convencido a fazer esse programa, irá se convencer agora.

Elefantes “crianças” correndo pra lá e pra cá, tentando roubar sua garrafinha de água. Depois de um bom papo com moradores da fazenda (quase nenhum fala inglês, com exceção de um principal que é quem falava tudo), fomos enfim apresentados aos elefantes.

Imagem

Enfim, cada um teria um, daqueles bem grandes. A finalidade era que a gente se apresentasse aos elefantes, conversasse para que ele começasse aceitar a sua voz, se acostumar com você. Então você dava comida (vegetais compridos tipo cana) e batia no rosto deles dizendo “muito bem” na língua deles (D’D). (Eu não vou conseguir me lembrar dos nomes que tive que aprender, dos comandos e etc.

Sei que a minha elefante foi a primeira a chegar lá, 20 e tantos anos. Se chama Mêmáy !!!!!!!!!! uma graça ! Então foi aquilo. Eu alimentando a Mêmáy, conversando com ela (mesmo que em português) pra ela começar a prestar atenção na minha voz, foi definitivamente uma cena bem incomum. Sabe o que é ficar esperando uma resposta que nunca chega? Ela só queria comer. Eu só falava DD (algo do tipo, “isso mesmo garota!!!”)

Passada essa etapa íamos aprender agora as lições para ver se nossos elefantes estavam saudáveis e contentes naquele dia, para isso tínhamos que:
1- ver se eles estavam balançando as orelhas e o rabo (sinal de felicidade)
2- ver se as unhas dos pés estavam úmidas (isso tem a ver com a posição que eles dormem, os mais estressados ou doentes não deitam e o certo é eles deitarem e não dormirem de pé,... Não leve ao pé da letra dormir de pé e deitar (se abaixar), porque todo mundo sabe que isso não é possível, usem a imaginação, hahahaahah) !!!
3- analisar a quantidade de fezes. Uns 5 porrolhões indicam que ele comeu bem !!! Bom sinal !
4- Espremer as fezes e ver se elas estão bem úmidas. A água tem que escorrer. Sinal de que beberam bastante líquido. Os próprios fizeram esse experimento.

Imagem

Enfim, depois disso, com todo mundo já bem íntimo (a galera é só sorrisos, amor e carinho), tirando fotos e mais fotos, fomos passar para a mão-de-obra. Limpar e lavar aqueles bichinhos, dar mais comida e mais água !!!

A gente pede pro elefante se agachar e começa a limpar com algo que parece ser umas folhas bem grandes. E depois um belo banho e aquela festa. Os filhos se metem no banho, uns vão amamentar. É água pra tudo que é lado e muita felicidade. Sério, eu tentava dar água na tromba da mãe e vinha o filho e queria e ficava aquela briga só. Ambos tentando roubar a mangueira (e nisso cada um com o seu elefante fazendo o mesmo). Eu nunca pensei que um elefante pudesse beber tanto líquido. Acho que toda a água que eu tomo em um ano (ou seja, uns 800 litros) não bateria o que aquele elefante bebeu em 10 minutos SEGUIDOS !!!

Imagem

Imagem

Imagem

Nessa hora até aproveitei pra tirarmos uma foto da foto. Tenho uma amiga, Dayana, que ama os elefantes. Então ela imprimiu uma foto grande e pediu para a gente tirar foto com a foto dela e com os elefantes. Ela queria estar lá mesmo que não presente fisicamente. E foi aquela comédiaaa !!! Não vou postar isso aqui, haahah !!!

Imagem

Imagem

Todo mundo limpinho? Menos a gente !!! Vamos agora aprender os comandos e a subir nos elefantes.

Imagem

Imagem

Como já disse, eu fiquei com a Mêmáy e o Felipe com o Merquat !!! Felipe foi o primeiro e subiu pela tromba apenas dizendo o comando. Depois foi a minha vez, subi de ladinho ahahahah !!! Mas era assim mesmo, cada elefante tinha sua maneira de “jogar” a pessoa pra cima. E o melhor, sem nada que o machuque como a gente viu acontecer por toda a Tailândia, como quando colocavam uns estrados de madeira (banquinho mesmo) e 3 ou 4 pessoas ficavam lá em cima com cara de turista.

Imagem

Pra Mêmáy andar eu tinha que ficar o tempo todo gritando PÁÁEEEE MÊMÁY, MÊMÁY PÁÁÁE (em tom cantante) !!!! Todo mundo tinha que chamar o seu pelo nome e falar PÁÁÁE e DD (isso garota, congrats) !!!! Mas eu era tão empolgado que bastava mesmo eu gritar PÁÁE e todos ouviam. Praticamente não ouvi a voz dos outros, e olha que no nosso grupo eram 6, cada um com um “fazendeiro” que ficava embaixo segurando nosso chinelo e etc e levando as coisas. Jaaaanaaa !!!! (não faça isso) !!!

Imagem

Ao chegar no alto da montanha, uma surpresa. Uma mesa bem rústica com o nosso almoço. A mesa era coberta por folhas de bananeiras e as comidas e doces ficavam embrulhados nas mesmas folhas. Tudo muito bonito e colorido. E adivinha quem comeu o que sobrou ??? Os elefantes ! Que festa !!!

Imagem

Imagem

Depois, já no final do programa, atravessamos a estrada com os elefantes para chegar a um lago onde todo mundo toma banho com eles e com os bebês. Todo o pessoal pega uns baldinhos, uma tigela e é água pra tudo que é lado. O pessoal todo brincando de jogar água um no outro e ao mesmo tempo de mergulhar e tentar subir nos elefantes que estão se refrescando. Eles se divertem muito. E você ainda fica com uma escova para subir nele, na água mesmo e limpá-lo. Claro que a água não é transparente e sim meio barrenta, mas que dia viu !!!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O pessoal todo é muito legal, todo mundo amou. No final recebemos 2 dvds (foto e vídeo), agradecemos a todos (cada um deu uma gorjetinha pra pessoa que ficou sendo o seu “suporte”) e fizemos o pagamento in cash. É isso e muito mais, acho que falei demais. Hora de ir que o dia seguinte é outro dia ! Olha como eles andam na estrada tranquilamente nos arredores da fazenda.

Imagem

Imagem

A noite foi meio falida, tentamos ir ao restaurante mais bem recomendado da cidade segundo o Trip Advisor, o Dash! , em vão !!! Isso tudo porque o Felipe resolvia dormir, e eu tirar um cochilo. Mas eu acordava fácil, já acordar ele era uma tarefa muito, mas muito difícil mesmo. Quando ele acordava e a gente saia, tudo já estava fechando !!! Comemos num pé de meia lá que também já ia fechar. THB 550 ::bruuu::



Oii! Tudo bem? Você poderia me dar mais algumas informações sobre esse passeio?
Você pegou o tour de dia inteiro ou o de meio dia? Quanto foi? Dá pra entender bem o que os guias falam? (Pra quem tem um inglês que tá um pouco enfrerrujado kkkk)

Obrigadaaaa :D
#1202963 por zervelis
15 Jul 2016, 14:57
Oi Beatriz tudo bem e com vc ?!
o passeio é exatamente o que é descrito, FODA !!!!
por sinal entrei em contato com eles ONTEM pq estou reservando para 2 amigos meus.. O preço não mudou. Dia inteiro THB 5800 e meio dia THB 3800
realmente não tenho informações sobre o passeio de meio dia pq eu fiz o de dia inteiro.... mas sinceramente falando ? eles vão buscar vc em Chiang Mai cedo e leva 1 hr até vc chegar lá ... chegando lá demora até começar.... e eu me lembro de não ter acabado tão tarde....
pelo q vi esse de meio dia começa 13 hrs e termina as 18 hrs. ME PARECEU interessante por causa do preço e tal mas realmente não sei precisar o quão menos tempo significaria e o q vc deixaria de aproveitar com os elefantes.
por sinal a disponibilidade do passeio do dia inteiro estava completamente full... pedi para outros dias e ainda estou esperando.
e todos lá falam inglês ou a lingua dos elefantes q vc vai aprender rapidinho. quanto a isso não se preocupe

grande abraço =)
#1207553 por Igor Maia
02 Ago 2016, 11:35
Zervelis, Fera ...
acabei de voltar e me baseei algumas das suas dicas. ::hahaha:: PQP ... TAILÂNDIA TESÃO demais.
E fiquei na fissura de tomar o tal shake de Dragon Fruit. Bom hein ::cool:: , porém o meu preferido foi o de Banana. ::love::

Valeu mesmo pelas dicas.

OBS: Eu ia fazer o mesmo passeio no Patara, como o seu. Mas quando eu tava voltando pro hostel, faltando uns 700m, um motorista abriu a porta do carro e me derrubou da moto. Quando foram me buscar no hostel para o passeio, eu tava fazendo o Raio X no hospital. uhauhauhauhuaa
#1209639 por zervelis
11 Ago 2016, 17:13
Rapaz, um pouco chocado com o seu relato. quanta grosseria.
pelo menos estou vendo que acabou tudo bem e vc se divertiu bastante né ?!
se possível conta o q mais gostou e o que menos gostou
grande abraço !!! =/
#1211683 por Igor Maia
20 Ago 2016, 13:30
zervelis escreveu:Rapaz, um pouco chocado com o seu relato. quanta grosseria.
pelo menos estou vendo que acabou tudo bem e vc se divertiu bastante né ?!
se possível conta o q mais gostou e o que menos gostou
grande abraço !!! =/


uhuahuahuhauhuhauhauhuahuhaua
Então, saiu o resultado. Terei de operar o joelho, kkkkk. Pelo menos deu pra curtir muito lá, só perdi o passeio do elefante.

Cara, pra mim os destaques foram Bangkok e PhiPhi.
Bangkok é uma São Paulo (sou de Volta Redonda, mas moro 20 anos em Sampa, quase paulista). Pirei naquela cidade. Queria ter ficado mais uns 2 dias pra realmente ver tudo. Fiquei apenas 4 dias. (1 dia praticamente gasto no Wat Bang Phra, pra fazer a tattoo com o monge) ::otemo::

E a vibe de PhiPhi é insana. A vila é uma delícia. Pessoas são ainda mais queridas do que o resto da Tailândia. E as festas à noite ... chessuis ::hahaha:: . Como não tem veículos na ilha, faz-se tudo andando. Então pique é necessário pra fazer passeios em terra e noitada.

Quando tiver uma pausa, eu faço um relato. #acessibilidade ::lol4::
#1213923 por janes87
30 Ago 2016, 10:38
Olá, FelipeS, tudo bem com vocês?
Adorei o relato e dou-lhes os parabéns por ajudar tantos mochileiros!
Realmente, o Brasil está atrás dos outros países no turismo. Na infraestrutura, nas atrações inflacionadas, no modo de tratar os turistas... É lamentável!
Gostaria da opinião de vocês sobre minha viagem à Tailândia.
Terei apenas 12 dias em outubro/novembro de 2016.
Minha ideia é passar 2 dias inteiros em Bangkok, 2 dias inteiros em Krabi e 3 dias inteiros nas ilhas Phi Phi. Os outros dias serão gastos com deslocamentos (o que poderia acrescentar meio dia em cada cidade, mais ou menos). Na volta irei pernoitar em Bangkok para ir embora da Tailândia.
Vocês acham que 3 dias será muito tempo para Phi Phi? Valeria a pena passar 1 dia em Chiang Mai?
Desde já agradeço!
#1217668 por zervelis
15 Set 2016, 14:07
Igor e Jane
mal a demora. estava viajando na europa e apenas vi hj as mensagens de vocês ! tudo ótimo e com vocês ?!

Igor, fico chateado pelo pequeno acidente mas fiquei muito feliz em saber que se divertiu muito... uhu =)
esperamos mais detalhes ahahahahahah

Jane !!!! POR FAVOR não coloque Chiang Mai ... vc NÃO tem que ficar pulando de galho em galho (deixa isso pro Tarzan).. Se foca nesses 3 lugares que você escreveu ! =) est´qa perfeito desse jeito

qlq coisa só falar =)

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes