Relatos de viagens pelos países do Sudeste Asiático: Tailândia, Vietnã, Timor-Leste, Singapura, Mianmar, Malásia, Laos, Indonésia, Filipinas, Brunei e Camboja
#1217028 por RoSousaAlenc
12 Set 2016, 23:59
Tanaguchi escreveu:
RoSousaAlenc escreveu:Fiquei curioso com sua planilha: aquele valor total (incluindo o que foi pago antes) foi para o casal ou por pessoa?


Opa, blz?
Então todos os valores da planilha são individuais.
Posso garantir que dá pra fazer essa trip com bem menos... agora com a queda do dolár tem aparecido promoções de passagens aereas pra Bangkok por 2k (com as taxas)...

Passagem aerea acaba pesando muito... Dubai e Singapura tbm acresceram bastante no valor final.
Hoteis tbm eu não economizei tanto, dá pra achar hospedagens ainda mais baratas em todas as cidades... muitos hoteis eu queria com piscina, muitos deles nós acabamos nem usufruindo

Apesar de ser mão de vaca pra vários aspectos nós não nos seguramos muito não. Se a gente queria fazer algo e achava o valor justo, a gente ia e fazia, pro nosso padrão devo reconhecer que demos uma estourada hehehe

Com tudo tudo tudo ficou 7,5k por pessoa.
E como eu disse no começo do relato, da mesma forma que vc consegue fazer essa trip com bem menos, esse valor pode aumentar bastante tbm se vc cochilar

Entendi. Mas ainda assim, 7.5k por pessoa, numa viagem de quase 1 mês, pro outro lado do mundo, eu achei bem acessível, dado tudo que vocês fizeram.

#1217726 por Tanaguchi
15 Set 2016, 19:37
Dia 10 - Partida para o litoral - Ao Nang / Krabi
Acordamos sem pressa, nosso voo para Krabi era só no inicio da tarde. Esse foi o dia de fazer tudo com calma S2

O Songkran tava fervendo na rua, optamos por ficar na piscina do hostel de boa, já tivemos nossa dose de água nos dias anteriores, estávamos satisfeitos rs

Tem um restaurante muito bom pertinho do hostel, uns 200m de distancia. Mas mesmo pra ir até lá não tem como escapar das insasiaveis arminhas de água.
Imagem
Ultimo almoço em Chiang Mai – almoçamos uns dois dias nesse lugar, muito bom == Dailycious Café -- 77/3 Amphur Chang Klan, Kotchasarn Rd Lane 3, Chiang Mai 50100, Tailândia


Pra ir do hostel ao aeroporto mesmo no Songkran só de taxi, tuk-tuk nem pensar, é pedir pra ser molhado.
O motorista foi desviando de várias vias principais e ai não ficamos presos no transito. O motorista tinha um tique nervoso que a cada 10 segundos ele dava uma girada de cabeça violenta, foi assustador no começo, parecia que ele ia bater o carro a qualquer momento... depois achei graça *humor negro on*
Imagem
Chiang Mai Airport


Foi nosso primeiro voo lowcost, estávamos com as mochilas bem compactas pra não precisar despachar e não pagar as taxas adicionais. Estávamos bem preucupados com isso, mas para nossa surpresa várias pessoas estavam embarcando com bagagens que visivelmente ultrapassavam o limite pré-estabelecido. Essas pessoas não tiveram nenhum problema pra embarcar.

A dica que eu deixo pra vc que pretende fazer o mesmo é embarcar o quanto antes e não ficar no final da fila. Os compartimentos pra bagagem embarcada acima dos bancos é bem pequeno, e o pessoal abusa... então um monte de gente ficou sem lugar pra colocar a bagagem que não despachou... dai tiveram que ficar implorando pra aeromoça ajudar a achar um lugar... por exemplo, vc que estava sentado no fundo tinha sua mala alojada lá na frente do avião... uma bosta. Isso se repetiu nos demais voos lowcost que pegamos... não chegou a acontecer com a gente, mais sempre ficava o pessoal que entrava por ultimo apanhando pra conseguir lugar pras malas.

Quanto ao avião eu esperava algo bem precário, nada a ver. Os aviões da AirAsia são muito parecidos com os que encontramos no Brasil em companhias aéreas como Gol e Azul, mesmo padrão... pra voos curtos é super tranquilo.

A compra das passagens foi feita toda de forma antecipada enquanto ainda estavamos no Brasil. Eu pesquisava os valores pelo google flights e pelo skyscanner e quando ele chegava num valor bacana eu comprava. acabei comprando todos os voos internos pela AirAsia, em alguns momentos outras companhias aereas ofereciam valores melhores, porem eu li alguns relatos de problemas com essas companhias aleatorias, então resolvi não arriscar e ir de AirAsia mesmo, pq entre as lowcost é a com mais renome.
Pra fazer a compra pelo site é bem tranquilo, igual a qualquer outra compra online de passagens aereas.
Imagem
Rumo a Krabi


Chegando em Krabi, como não havíamos despachados as malas o processo de desembarqu foi muito tranquilo. Realmente ali tivemos a comprovação que fazer voos internos é muito pratico.
Dentro do aeroporto proximo da saída principal tem uns guichês com serviço de vans/micro ônibus. Você passa o nome ou endereço do seu hostel e dai o ônibus leva vc até lá. É a forma mais barata de ir do aeroporto pro centro da cidade (que fica longe do aeroporto), é muito barato mesmo. O mais impressionante é que vc vê aquele ônibus cheio e começa a duvidar que ele vai te deixar no lugar certo, conforme o pessoal foi descendo e ele ficando vazio eu já comecei a ir lá perguntar pro motorista se ele não tinha esquecido da gente e talz hehehe mais foi tranquilo mesmo, fiquei impressionado dele não ter furado com nenhuma das pessoas... como fomos quase os últimos a descer pudemos comprovar que o negocio funciona bem.

Uma coisa interessante é que em Krabi e Ao Nang tinha pouquissimas pessoas curtindo o Songkran. Lá realmente nós notamos que tem uma diferença muito grande nas proporções em que o festival é celebrado em cada parte do pais.


Bem agora vou começar a explicar onde fiquei hospedado no litoral e o por que das minhas escolhas.


Optamos por ficar em Krabi, na área de Ao Nang Beach
Passamos todo nosso período pelo litoral da Tailandia hospedados nesse mesmo lugar.
Escolhi Ao Nang por algumas razões especificas que se confirmaram enquanto estivermos por lá.

1-Ao Nang é perto de tudo, vc sai do seu hostel e dá de cara com trocentos restaurantes, agencias de turismo, Seven Eleven, Mc Donalds, muitas lojinhas, etc etc. Não falta nada, comodidade total.
Imagem
Centro de Ao Nang



2-Por não estar hospedado em uma das Ilhas paradisicas (como Phi-Phi) todos esses locais que citei acima trabalham com valores bem em conta. Nas ilhas tudo é muito mais caro. Hospedagem, passeios e alimentação... tudo ficou bem em conta... falando em alimentação: na rua principal que ficava de frente pro nosso hostel tem um restaurante melhor que o outro: comida típica, italiana, mexicana, frutos do mar, indiana e o caralho todo!! Tudo muito em conta, a hora de sair pra jantar era só alegria... alias foi muito deprimente escrever essa parte do relato e rever as fotos dos restaurantes!!! Que saudades de comer bem e barato T_T

3- Apesar de ter amado o Songkran eu não estava a fim de encarar o clima festeiro das ilhas, nada de gringo bêbado tirando a roupa, som alto, bagunça, etc... queria um lugar com um clima mais tranquilo, pra poder dar aquela relaxada, ficar em paz de boas.. E pra curtir com a esposa foi perfeito... agora se vc tá solteiro e está a fim de ferver na noite, ou se simplesmente vcs são um casal que gosta de um clima de balada, Ao Nang não é o ideal pra vcs

Como nem tudo é perfeito...

O grande ponto negativo é que ao contrario de Phi-Phi e de outros lugares paradisíacos a praia de Ao Nang é bem sem graça, não tem nada demais. Sempre no final da tarde íamos pra lá tirar um lazer , era gostosinho e talz, mais definitivamente não chega nem aos pés das mais famosas.
Imagem
Ao Nang Beach


Eu optei por não passar nenhuma noite em Phi-Phi pq durante o planejamento eu tive a sensação que seria algo que iria demandar planejando, que seria complicado, que fosse rolar stress de “entra e sai” de hostel... mais lá deu pra ver que é sussa alinhar isso, então eu me arrependo de não ter passado pelo menos uma noite lá... uma noite em Phi-Phi PRA MIM seria o suficiente... então pra vc que está montando seu roteiro eu aconselho sim passar uma noite lá e aproveitar mais o lugar, pq é realmente muito foda.

Fora isso meu outro arrependimento em relação ao litoral é só ter fechado um dia de passeio em barco individual. Mais isso eu explico em outro post

As praias lá são insanamente bonitas, é tudo incrível mesmo... nada que eu tinha visto antes no Brasil se compara... posso garantir que não sou vidrado em praias, nem de longe esse era o foco da viagem. Se vc REALMENTE gosta de praias e esse é o foco da sua viagem eu aconselho buscar outros tópicos, pq eu fiz o esquema mais preguiçoso possível, tudo pra evitar transtornos e dores de cabeça, então não tem nada mirabolante nessa parte do relato

Nossa chegada em Ao Nang se deu no inicio da noite, deixamos as coisas no hostel e saímos pra jantar, já aproveitando pra fechar o passeio para as 4 Ilhas para o dia seguinte.
Imagem
Caranguejão Tailandes S2


Ahhhh, gostamos muito desse Hostel que ficamos, muito bom. Essa foi a ultima hospedagem bacana que pegamos... Em Singapura e na Malasia não tivemos tanta sorte >_<
#1219000 por Tanaguchi
20 Set 2016, 22:30
Dia 11 - 4 Island

4 Islands é o nome de um dos tours mais manjados da região. Em toda agencia de turismo vc vai encontrar anúncios, banners e panfletos oferecendo esse passeio.

Como o nome diz, o passeio consiste na visitação a 4 ilhas. A sequencia da visitação muda de o acordo com a equipe que organiza os tours.

Phra Nang Cave Beach
Chicken Island
Tup Island
Poda Island


Apesar de constar no cronograma vc não chega a desembarcar na Chicken Island. Ela está inclusa no passeio pois está situada num ponto muito bom pra snorkel.

Imagem
Imagem
Chicken Island


Escolhendo com que agencia fazer o passeio & valores

Não importa em qual agencia vc fechar o passeio, são apenas algumas poucas empresas que operam os passeios. Então independente de vc fechar o passeio com a agencia 1 ou com a agencia 2, quem vai operar o passeio no dia seguinte vai ser a mesma empresa. Apesar de serem poucas empresas que operam os passeios e vc fazer sempre com as mesmas; os valores são diferenciados. Então sempre negocie.

Nós notamos que tanto os preços iniciais quanto os valores dos descontos cedidos eram sempre os mesmos. Então o choro por desconto tem limites, chega num determinado valor que ninguém faz por menos. E em Ao Nang eles não demoravam a dar o desconto, a negociação era mais rápida, vc não precisava chorar ao extremo... e das vezes que eu fiz isso não adiantou, como eu disse eles tem um “teto” de desconto.

Outro fator que determina o valor é se vc escolhe em fazer o passeio em lancha (barco rápido) ou em um longtail (aqueles barcos clássicos da Tailandia que vemos em todas as fotos).
A lancha é mais caro, em compensação chega mais rápido nos lugares e consequentemente vc tem mais tempo pra aproveitar o passeio, apesar de ir com mais gente a bordo é mais confortável.
Já o outro é mais barato porem é mais lento e menos confortável. Por ser mais lento isso acarreta menos tempo nas atrações. Ah, tem alguns pontos que só ele pode adentrar, então vc vai poder aproveitar uma ou outra parada que não rola pra lancha.

Imagem
Phra Nang Cave Beach

Imagem
Phra Nang Cave Beach - As manjubas da prosperidade/fertilidade


Fechamos esse passeio na noite anterior, logo que chegamos na cidade. No outro dia pela manhã passaram pra nos buscar no hostel. Ai rola o mesmo esquema de sempre, eles vão passando em hotel por hotel, então pode ser que passem pra te buscar no horário ou pode ser que atrasem bastante. Como nosso hostel acabava sendo o ultimo da rota sempre passavam pra nos buscar com bastante atraso.

Assim que eles passam vc embarca num caminhão todo zuado ou em um micro ônibus todo torto tbm. O mais comum era o caminhão estilo pau de arara hehehehe
Esse transporte serve pra levar vc até um ponto da praia de Ao Nang de onde partem os barcos/lanchas. O trajeto é bem curto, então não pega nada ir no caminhão.
O pessoal chama de porto, mais de porto não tem nada, é uma das extremidades da praia onde se tem uma certa profundidade e o mar sem ondas... o suficiente pros barcos estacionarem.

Imagem
Imagem
Tup Island


Da descida do caminhão até o barco o guia vai explicando algumas regras do passeio, nada relevante... sempre com aquele inglês sofrível de sempre.
Nesse ponto é importante vc memorizar o número do seu barco ou algum outro detalhe para que vc possa diferencia-lo, pois conforme vc chega nas Ilhas tem trocentos outros barcos idênticos ao seu, e acredite, isso pode causar dores de cabeça, como no exemplo a seguir:

Chegamos a primeira ilha. Um pouco antes de desembarcar o guia anuncia a todos quanto tempo teríamos... porem devido ao inglês dele ser horrível e pelo fato de estarmos totalmente empolgados com nossa primeira ilha nós acabamos entendendo mal a instrução de que hora deveríamos voltar pra lancha... e pra ajudar ainda ficamos apanhando pra encontrar nossa lancha.

Resultado: nós voltamos pra lancha com uns 15 minutos de atraso... e se vc considerar que uma parada dessa levou aproximadamente 40 minutos, vcs já devem imaginar a cara de bunda de todos a bordo quando chegamos... tomamos o maior esporro do guia e ainda tivemos que encarrar o mau humor do pessoal... e obviamente não tiramos nem 1% da razão deles, pisamos feio na bola... e nós demos sorte, pq antes de descer ele disse que caso alguém não estivesse de volta na lancha numa tolerância de 5 minutos ele deixaria na ilha e só buscaria de volta no final do passeio.
Mais deu pra concluir que não passou de ameaça hehehe... mas eu me senti muito mal com isso, odeio ser aquele turista que fode o role, sempre tem um...

Depois disso a cada parada nós sempre voltávamos pra lancha com antecedência XD
O guia percebeu que eu ficamos meio amoados e depois começou a ser mo amigão... e os tailandeses do barco tbm, ficavam nos oferecendo quitutes e sempre puxavam assunto... pro pessoal do barco era bem exótico ter brasileiros a bordo hehe

Nesse dia em especifico a maioria absoluta das pessoas do nosso barco eram tailandeses, o que é mega raro em qualquer passeio por lá, normalmente vc ve gente de todo canto do mundo turistando na Tailandia, menos os próprios tailandeses.
Acho que isso aconteceu por estarmos na semana do Songkran, ai o pessoal aproveita o feriado de 3 dias já emenda com o fds e vai passear.

E mesmo com essa mancada, passado um tempinho o e pessoal nos tratou super bem e não podemos reclamar de nada


Imagem

Imagem
Poda Island
#1219663 por leonardo.lopes1
23 Set 2016, 13:17
Olá, continuo acompanhando seu relato e anotando as dicas. As fotos estão ótimas e no momento estou com uma grande dúvida entre me hospedar em Railey west e Ao nang :(
Estou no aguardo dos próximos capitulos.
#1219852 por Tanaguchi
24 Set 2016, 14:50
leonardo.lopes1 escreveu:Olá, continuo acompanhando seu relato e anotando as dicas. As fotos estão ótimas e no momento estou com uma grande dúvida entre me hospedar em Railey west e Ao nang :(
Estou no aguardo dos próximos capitulos.


Valeu por continuar acompanhando brother!! Mo orgulho saber que eu posso ajudar alguem que tem o triplo de bandeirinhas do que eu kkkkkk é nois!!

Esse lance de escolher onde me hospedar gerou MUITA duvida, pois principalmente nos blogs as pessoas tem o péssimo habito de dizer:"tal local é muito melhor que o outro", sendo que se hospedou apenas em um dos lugares!!! Eu por exemplo não tenho como dizer pra vc qual dos dois que vc citou é o melhor. O cara que faz isso é imprudente. Ainda falando em blog li relato de gente falando que Abril era epoca de chuvas. MANO DO CÉU!!! BAGUIO NÂO TEM NUVEM NESSA EPOCA CALOR ABSURDO!!!!

O que eu quero dizer é que quando pintar suas duvidas consulta o que os caras fizeram e a epoca em que eles fizeram... se eles dizem algo de lugares que não foram ou de periodos em qu não estiveram, ignora. Eu quase tomei varias decisões bisonhas por causa desse tipo de leitura.

Minha experiencia com hospedagem é essa: Ao Nang com trocentas opções de hospedagem e comercios de grande porte (Seven Eleven, Familiy Smart, Burguer King, Mac Donalds, etc) e tudo com valor mais em conta que nos outros lugares.

Tem alguns bares com musica ao vivo e mais animadinhos, mais nada comparado com o fervo que deve rolar em outros pontos. A noite o que domina é ambiente mais familia/casal.

A vantagem de Railey west sem duvida deve ser a beleza do lugar, pelo jeito as praias são anos luz superior as de Ao Nang... que alias não tem nada de especial, as praias de Ao Nang não tem aquela aparencia mirabolante, são parecidas com o que encontramos no nosso litoral...

Rail West parece ser mais foda se vc pretende ficar em um resort um num hotel mais top tbm. Os resorts de lá parecem humilhar.

Ah, essas praias dos roles da Ilha eu acho que esqueci de enfatizar, mais o visual delas é alucinante, vc chega e fica pasmo... pelo menos eu que nunca tinha visto uma água daquela cor com uma temperatura tão boa, a água é morna, quase quente =^^=

Abraços!
#1220222 por fabiano_cwb
26 Set 2016, 02:24
Fala Tanaguchi, blz?

Faz tempo que nao entro no site e so agora vi o relato da tua trip, ta muito massa! Sei que da trabalho, mas continue postando o restante da viagem aqui no mochileiros!
Neste ano nao viajei para o exterior, passei as ferias no Rio durante as Olimpiadas, por isso o teu relato ta me ajudando a matar as saudades do Sudeste Asiatico!
Muito bacana a parte do stopover em Dubai! Quando fui pro Egito fiz um stop de 16 horas em Dubai, pouco tempo, soh consegui ir no Burj Khalifa, da proxima vez que for viajar com a Emirates vou me programar para ficar pelo menos 3 dias la!

Abracos
#1220513 por leonardo.lopes1
26 Set 2016, 23:00
Tanaguchi escreveu:
leonardo.lopes1 escreveu:Olá, continuo acompanhando seu relato e anotando as dicas. As fotos estão ótimas e no momento estou com uma grande dúvida entre me hospedar em Railey west e Ao nang :(
Estou no aguardo dos próximos capitulos.


Valeu por continuar acompanhando brother!! Mo orgulho saber que eu posso ajudar alguem que tem o triplo de bandeirinhas do que eu kkkkkk é nois!!

Esse lance de escolher onde me hospedar gerou MUITA duvida, pois principalmente nos blogs as pessoas tem o péssimo habito de dizer:"tal local é muito melhor que o outro", sendo que se hospedou apenas em um dos lugares!!! Eu por exemplo não tenho como dizer pra vc qual dos dois que vc citou é o melhor. O cara que faz isso é imprudente. Ainda falando em blog li relato de gente falando que Abril era epoca de chuvas. MANO DO CÉU!!! BAGUIO NÂO TEM NUVEM NESSA EPOCA CALOR ABSURDO!!!!

O que eu quero dizer é que quando pintar suas duvidas consulta o que os caras fizeram e a epoca em que eles fizeram... se eles dizem algo de lugares que não foram ou de periodos em qu não estiveram, ignora. Eu quase tomei varias decisões bisonhas por causa desse tipo de leitura.

Minha experiencia com hospedagem é essa: Ao Nang com trocentas opções de hospedagem e comercios de grande porte (Seven Eleven, Familiy Smart, Burguer King, Mac Donalds, etc) e tudo com valor mais em conta que nos outros lugares.

Tem alguns bares com musica ao vivo e mais animadinhos, mais nada comparado com o fervo que deve rolar em outros pontos. A noite o que domina é ambiente mais familia/casal.

A vantagem de Railey west sem duvida deve ser a beleza do lugar, pelo jeito as praias são anos luz superior as de Ao Nang... que alias não tem nada de especial, as praias de Ao Nang não tem aquela aparencia mirabolante, são parecidas com o que encontramos no nosso litoral...

Rail West parece ser mais foda se vc pretende ficar em um resort um num hotel mais top tbm. Os resorts de lá parecem humilhar.

Ah, essas praias dos roles da Ilha eu acho que esqueci de enfatizar, mais o visual delas é alucinante, vc chega e fica pasmo... pelo menos eu que nunca tinha visto uma água daquela cor com uma temperatura tão boa, a água é morna, quase quente =^^=

Abraços!


Opa tanaguchi, obrigado por toda ajuda e pela resposta. Estou naquela fase em que os voos e as programações dos dias já estão quase fechadas, e chegou a hora de pesquisar onde se hospedar e qual hotel ideal. Estou tendo sorte que você foi na mesma época que eu irei e gosta de relatar tudo haha existem várias opiniões diferentes quanto a hospedagem em railey ou Ao nang e isso me deixa muito confuso, porém no momento estou considerando fortemente ficar no sand sea resort em Railey pois já vi várias opiniões positivas.

Minha viagem vai ter um foco muito parecido com o da sua, praias não são prioridade, porém reservei 7 dias entre Krabi-Phi Phi, mais para descansar no meio de tanta caminhada e calor. Pessoalmente prefiro ficar em lugares como a sua descrição de Ao Nang, com feirinhas, barzinhos e uma noite tranquila pra passear mas minha namorada quer uma experiência como a que Railey oferece, vou ceder nesse ponto já que estamos indo pra Malasia basicamente porque sonho em ir na Batu caves hahaha

Estou ansioso também pela continuação pois outro ponto de dúvida é a hospedagem em singapura, porque só iremos ficar um dia no Marina Bay Sands, meu estilo de viagem não me permite gastar tanta grana em dois dias lá, preciso achar um lugar legal para o outro dia.

Então continua o relato e coloca muitas fotos que já me sinto viajando sem nem ter ido ainda haha

Abração.
#1221301 por Tanaguchi
29 Set 2016, 18:50
fabiano_cwb escreveu:Fala Tanaguchi, blz?

Faz tempo que nao entro no site e so agora vi o relato da tua trip, ta muito massa! Sei que da trabalho, mas continue postando o restante da viagem aqui no mochileiros!
Neste ano nao viajei para o exterior, passei as ferias no Rio durante as Olimpiadas, por isso o teu relato ta me ajudando a matar as saudades do Sudeste Asiatico!
Muito bacana a parte do stopover em Dubai! Quando fui pro Egito fiz um stop de 16 horas em Dubai, pouco tempo, soh consegui ir no Burj Khalifa, da proxima vez que for viajar com a Emirates vou me programar para ficar pelo menos 3 dias la!

Abracos


Pow valeu mano, satisfação saber que vc ta curtindo, logo vindo de vc que admiro pacas os relatos
Logo mais vou te encher o saco com Camboja, Laos e Vietna, já li e re-li varias vezes seu relato, é minha proxima meta... como vc disse dá muita vontade de voltar pra essa região hehe
Pensei que indo uma vez ia ser facil organizar essa outra, mais pintaram várias duvidas, tava quebrando a cabeça pra montar o melhor roteiro. Seu post tá ajudando muito novamente

Realmente parece algo bobo, mais dá mo trabalho escrever esses relatos rs
Tem que bater aquela inspiração pra escrever o proximo post kkkk

Eu realmente gostei de Dubai, acho que vale muito a pena o stopover
Abraço!!
#1221305 por Tanaguchi
29 Set 2016, 19:03
Opa tanaguchi, obrigado por toda ajuda e pela resposta. Estou naquela fase em que os voos e as programações dos dias já estão quase fechadas, e chegou a hora de pesquisar onde se hospedar e qual hotel ideal. Estou tendo sorte que você foi na mesma época que eu irei e gosta de relatar tudo haha existem várias opiniões diferentes quanto a hospedagem em railey ou Ao nang e isso me deixa muito confuso, porém no momento estou considerando fortemente ficar no sand sea resort em Railey pois já vi várias opiniões positivas.

Minha viagem vai ter um foco muito parecido com o da sua, praias não são prioridade, porém reservei 7 dias entre Krabi-Phi Phi, mais para descansar no meio de tanta caminhada e calor. Pessoalmente prefiro ficar em lugares como a sua descrição de Ao Nang, com feirinhas, barzinhos e uma noite tranquila pra passear mas minha namorada quer uma experiência como a que Railey oferece, vou ceder nesse ponto já que estamos indo pra Malasia basicamente porque sonho em ir na Batu caves hahaha

Estou ansioso também pela continuação pois outro ponto de dúvida é a hospedagem em singapura, porque só iremos ficar um dia no Marina Bay Sands, meu estilo de viagem não me permite gastar tanta grana em dois dias lá, preciso achar um lugar legal para o outro dia.

Então continua o relato e coloca muitas fotos que já me sinto viajando sem nem ter ido ainda haha

Abração.


Porra velho se seu budget te permite ficar em resort acho que sua escolha é a ideal. A experiencia em resorts dessa região devem ser incomparáveis. Os hoteis/hotels que ficamos eram bem simples... mais tinha coisa ainda mais barata... nós sempre ficamos em quarto de casal, nós não costumamos pegar quartos estilo alojamento

Nossa vc vai ficar no Marina Bay Sands!!!! Que sonho!!! *___*
Eu só de visitar o lugar já fiquei alucinado, é muito foda mesmo!! Esse é satisfação garantida
Eu até cheguei a fuçar os valores de hospedagem por lá antes da viagem no booking, é realmente muito instigante... mais o orçamento não permitiu rs

Vou tentar não demorar muito pra postar o resto do relato! Seja paciente rs
Na moral, Batu Caves... que lugar maluco, pra mim foi o melhor de Kuala Lumpur, quando fomos visitar foi no dia de um festival mo importante dos hindus, foi muito dahora.
#1224412 por Tanaguchi
13 Out 2016, 09:18
wesleyciolline escreveu:Relato irado, era tudo precisava pra finalizar os preparativos da minha trip, tinha bastante duvida no stop em Dubai, mais vale super a pena fazer ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha::


Valeu velho!! Que bom ter ajudado ^^
Certeza que vc vai gostar bastante, muito top lá!


Estou temporariamente sem pc, então o proximo post pode demorar mais que o normal, sorry U__U
#1225545 por Tanaguchi
17 Out 2016, 22:12
Dia 12 - Maya Bay & Dia 13 - Hong Island


Dia 12 - Maya Bay

Pra esse dia fechamos o tour pra Maya Bay. O tour partindo de Ao Nang tem o seguinte itinerário:

1- Bambo Island
2- Snorkel
3- Koh Phi Phi
4- Monkey Island
5- Maya Bay


O tour segue o mesmo padrão do que fizemos no dia anterior: Speed Boat (lancha), almoço incluso, saída as 8h e retorno as 16:30.
Te buscam e te deixam na porta do hostel. Apesar de termos fechado em outra agencia a empresa que operou o passeio foi a mesma do dia anterior, o guia inclusive era irmão do que nos deu o esporro um dia antes rs

Todos esses pontos são incríveis, infelizmente com tour vc tem um tempo bem limitado pra curtir cada um deles. Se vc tem mais tempo disponível e grana eu aconselho fortemente fechar um barco menor só pra vc ou um grupo pequeno de amigos. Vc vai poder cordenar o que quer visitar e quanto tempo nos lugares. Fizemos isso no ultimo dia e sem duvida foi a melhor coisa.
Imagem
Cuidado! Rota de tsunamis O_o


Nesses tours tem alguns detalhes que vale vc estar ciente antes de fechar.
Por exemplo: nesse tour que fechamos de Maya Bay no descritivo do itinerário tá lá a Monkey Island. Porem vc não chega a descer nela. A lancha se aproxima da margem e vc fica ali uns 10 minutos tirando fotos e vendo o lugar. No dia seguinte a mesma coisa aconteceu com a “Viking Cave” e no dia anterior com a Chicken Island... porem o fato de vc não descer na Chicken é compreensível, pois o lugar que vc para pra fazer snorkell próximo da ilha é retardado de tão bonito e compensa bem.
A Viking Cave não rola mesmo, pois a visitação já não é permitida a algum tempo (anos atrás era liberado).
Imagem


Já nessa dos macacos não tem nenhuma compensação. Se vc está em Phi Phi e tiver tempo sobrando acho que vale alugar um caiaque e remar até lá, é bem próximo e deve ser bem divertido já que realmente a ilha é cheia de macaquinhos.
Imagem
Monkey Island


O argumentos pra não fazerem a parada é que, por se tratar de lancha não tem como atracar no local (o que faz sentido, pq a praia é bem pequena). Pode ser que o Long Tail faça a parada na Monkey Island, quando fomos não tinha nenhum, só uns perdidos de caiaque.

Então fique ciente de que: por mais que um ponto de parada conste no descritivo do passeio isso não significa que vc realmente vai visita-lo de forma apropriada.

Nesse role minha parada favorita foi a Bambo Island. Apesar do nome não tem nenhum bambu rs... Saindo da Bambo Island a lancha faz uma parada em alto mar pra snorkel, foda que essa hora o mar tava meio agitado, mesmo assim foi foda.
Imagem
Bambo Island foi uma das ilhas favoritas de toda a viagem, muito bonita mesmo


O lugar é sensacional. Maya Bay é muito top tbm, porem eu achei a Bambo Island mais bonita e menos muvucada. Maya acaba sendo a atração principal mais pela fama do filme de Hollywwod do que pela beleza em comparação as outras ilhas.
Imagem


Koh Phi Phi é sensacional, mais nesse tour a maior parte do tempo lá se perde no almoço. Pode desencanar que em um tour desse vc não conhece nem 5% d PhiPhi... tem que ser no mínimo um dia inteiro só pra Phi Phi
Imagem
Imagem
Imagem
Porto de Koh Phi Phi


Dia 13 - Hong Island

Mesmo esquema do dia anterior, mais um passeio fechado com agencia. Dessa vez o escolhemos o tour para Hong Island. A diferença desse pros outros passeios foi que adicionamos a opção de utilizar o caiaque pra fazer o passeio em Hong Island.

O itinerário foi o seguinte:

1- Daeng Island = uma daquelas ilhas em que vc não desembarca. A lancha atraca e ficamos fazendo snorkel num lugar muito foda. Terceiro dia de snorkel e nem pensar de enjoar, um lugar mais bonito que o outro
Imagem
Imagem


2- Lading Island = uma praia pequena mais muito bonita. Tinha uns balanços em algumas arvores que davam um visual todo especial pra essa praia. Lá foi tbm foi servido o almoço. Infelizmente tinha bastante água viva nessa praia, então tava meio complicado pra banho. Eu nunca tinha visto água viva, então me diverti bastante com elas, parecia o Bob Esponja as caçando rs
Teve um lance engraçado nessa ilha tbm.Eu tava lá me brincando no balanço tentando ir o mais alto que podia sem muito êxito. Nisso colou um gringo que parecia um viking, meu o cara era muito bombado, deu até medo... pensa um cara forte, o balanço foi alto pra porra, mo adrenalina kkkkkkk
Imagem


3- Lagoon = não se chega a descer do barco, mais o lugar é realmente fodastico. Curtir por lá com caiaque ou ficar nadando ali deve ser incrível. Vale lembrar que existe alguns outros pontos onde a lancha faz essas mini paradas onde vc não chega a descer. Alem de não lembrar os nomes são pontos sem grande relevância
Imagem

4- E Hong Island = pra Hong é disponibilizado um bom tempo. Então deu pra aproveitar bastante mesmo. Começamos a fazer a volta na ilha de caiaque, a ideia era fazer a volta completa mais ai começou a bater um receio de não dar tempo e fomos explorar uns outros lugares.

Imagem
Imagem
Imagem


Se eu pudesse dar um conselho para quem quer pretende visitar Hong Island seria de tentar visitar por conta e passar o DIA TODO lá. É possível alugar caiaque diretamente na Ilha, e com tempo de folga fazer a volta completa na Ilha não pareceu uma tarefa das mais difíceis. Com um tour desse, apesar do tempo disponível vc sempre fica com aquele receio de atrasar e ficar pra tras. Fora que enquanto vc vai fazendo a volta pela ilha vai encontrando vários lugares incríveis onde pode parar, tipo umas mini praias e um acessos que formam uns “lagos” bem rasos com aquela coloração incrível. Pra guiar o caiaque não precisa ser habilidoso nem nada do tipo, então pode ficar tranquilo que seu eu fui capaz vc tbm sera.


Ah... na volta o barco faz uma paradinha rapida na Viking Cave de longe... mais é o tipo de coisa que como eu disse antes nem deveria constar no cronograma do passeio
Imagem
Viking Cave
#1226313 por Tanaguchi
20 Out 2016, 20:42
Dia 14 - James Bond Island

Depois de três dias seguidos de tours me dei conta que já tínhamos feito os mais manjados, as outras opções que as agencias ofereciam eram variações dos passeios que já havíamos feito ou outros passeios que não chegaram a instigar.

Pro litoral da Tailândia eu não havia planejado absolutamente nada, o plano era justamente esse: chegar nas agencias e ir fechando passeios, sem nada organizado com antecedência... Alias fora o quesito “onde se hospedar no litoral” eu não havia me aprofundado nas pesquisas pra essa parte da viagem... aconselho que não façam o mesmo. Apesar dos nomes dos lugares serem impossíveis de serem decorados, e ser difícil lembrar qual é nome de cada lugar, vale a pena sim pesquisar melhor. Eu acho que poderia ter otimizado alguns detalhes se tivesse lido mais.

Uma das opções que as agencias ofereciam era o passeio a James Bond Island. É um passeio conhecido, porem não tão manjado quanto os outros. Juntando isso ao fato das minhas pesquisas escassas eu fiquei com muita duvida se deveria fazer ou não esse passeio. Eu realmente não sabia o que iria encontrar, se seria valido ou não.

Vou deixar meu relato desse passeio e vcs tirem suas próprias conclusões.

A James Bond Island não fica na mesma região de Ao Nang, é bem longe. Quase 1h de van mais uns 30 minutos de barco.... totalizando pode considerar umas 2h até do hotel até a primeira parada.
A van passa cedo pra buscar no hostel, no mesmo esquema dos outros passeios.
Depois de pegar todo mundo começa a jornada.

Entre o pessoal que estava na nossa van tinham dois caras muito altos e bombados que entraram conversando em inglês. Eles pareciam modelos, estilo Paulo Zulu.
Vc deve estar pensando: ”Nossa que gay reparando nos caras”.
Vai vendo... eles sentaram na nossa frente... ai começaram a tirar selfies de rostinho colado... na sequencia um deles começou a passar as fotos no celular, como estávamos no banco de trás dava pra ver tudo... vários nudes deles sensualizando no quarto do hotel XD

Na boa, nada contra (pelo contrario!!!) adoro nossos amiguinhos gays. Mais justamente pelos caras chamarem muito a atenção comecei a fazer varias piadinhas durante a viagem e durante todo o dia, sempre com eles bem próximos... obvio, como eles eram gringos eu podia falar em português (e em voz alta) certo?

E assim eu passei o dia todo fazendo piadinhas sem noção... mais pra frente explico o que isso gerou, até lá vamos voltar ao relato do passeio:

A James Bond Island recebeu esse apelido pois nela foi rodado um dos filmes da famosa franquia do 007.... na verdade o nome da ilha/região é Phang Nga.
A Ilha em si é bem muvucada e o tempo de visitação é bem curto. Se vc ficar moscando fica até sem fotos. A ilha não é tão bonita comparada com as outras que visitamos nos dias anteriores (minha opinião).
A água dela não tem aquela coloração impressionante e a quantidade elevada de turistas são fatores que a fazem perder ponto. Apesar disso eu gostaria de ter passado muito mais tempo ali... esses tempos disponibilizados pra tours são muito frustrantes, quando vc começa a se empolgar tem que ir embora.

Imagem
Imagem
James Bond Island


Na sequencia o barco te leva a um ponto da onde partem os caiaques para visitar a mangrove forest (um manguezal)
Quando fechamos nosso passeio tínhamos a opção de: com ou sem passeio de caiaque.
Como gostamos muito da experiência com caiaques em Hong Island resolvemos repetir aqui.
Porem esse foi BEEEEEEM diferente.
Diferente pq não é vc quem guia o caiaque e sim um remador... ele já faz um trajeto pré estabelecido, porem vc pode pedir pra ele parar em algum lugar, ou ir em outro... ou parar simplesmente pra vc mergulhar na água... enfim.

Quando se fala em mangue vc não imagina algo tão fascinante, mais essa área é muito dahora, tem tipo umas cavernas onde vc visita, umas áreas escondidas que vc explora com o caiaque... isso realmente me surpreendeu. Outro fator super positivo é que o rapaz que remou nosso caiaque foi muito gente boa mesmo, acho que um dos caras mais fmz de toda a viagem. O cara representou nas fotos, na conversa... em tudo mesmo... obviamente isso tem um motivo, no final do passeio o cara fica na expectativa da gorjeta, mais esse eu paguei sem dor na consciência, foi muito bom.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Curioso que parece que vc está no meio do mar mais a água nesse ponto é bem raza, bate na altura do peito


Depois disso é feita uma pausa para o almoço em uma ilha flutuante artificialmente. Não lembro que recurso eles usaram pra construir as ilha mais é bem interessante.
Na ilha flutuante vive uma comunidade majoritariamente muçulmana.

Depois disso já se inicia o trajeto de volta, e durante o retorno são realizadas mais duas paradas:

A primeira é em um templo budista que fica dentro de uma caverna. Além da caverna tem vários macaquinhos com os quais vc pode interagir... eles vem pegar comida na sua mão e etc..

Um dos macacos roubou um saco de salgadinhos do casal de fortões e eu logo soltei: ”kkkkkkkk olha amor que viado burro, macaquinho roubou na cara dura”
Eu fazia esse tipo de piada/comentário o tempo todo... sempre em voz alta... quem me conhece sabe o quanto sou sem noção...

Quando estávamos indo pra atração final o casal sentou atrás da gente na van... e os dois começaram a conversar em português............................................ eu simplesmente travei, pensei que seria espancado kkkkkkkkkkkkkkk
Pensei que os caras eram gringos e me fodi... sabe quando vc vai numa pastelaria e a chinesada começa a conversar em mandarim? Então eu queria que o povo soubesse como me sinto, mais não deu muito certo kkkkkkkkkk

A Terry riu muito mandando aquele famoso: “Vai trouxão”.
Se o acaso do destino fizer com que algum deles esteja lendo isso eu deixo aqui minhas sinceras desculpas
Imagem
Imagem
Imagem


E a ultima parada antes do retorno pra Ao Nang é em uma cachoeira da região....

Essa é a furada suprema do role... a cachoeira é bem feia, sério mesmo... tá numa área bem mal conservada e tinha uma galera muito estranha nela, foram os primeiros tailandeses maconheiros que encontramos nessa viagem.

Ninguém do nosso tour nem se atreveu a descer onde era a cachoeira
Apesar de tudo, como eu não sai de Osasco a toa fiz questão de dar um mergulho... e só ai me liguei num detalhe besta... durante toda nossa passagem pelo litoral eu vi meia dúzia de caras com sunga... ninguém usa sunga por aqueles lados... não que sunga seja algo maravilhoso, mais os homens tailandeses por exemplo sempre entram na agua de bermuda e camiseta... biquíni só as gringas... mais sunga? Sunga só eu, ninguém usa por lá... quando eu entrei na porra da cachoeira toda a galera de maconheiros saiu da água...foi um momento estranho rs

Cachoeira tbm é apelido, pq nem queda dagua tinha

Enquanto isso o guia servia uns snacks pro povo lá em cima.
Alias nosso guia foi muito bacana, era um lady boy! E eles são sempre muito divertidos XD
O próprio guia comentou que ali já foi um ponto muito bonito, mais que hoje está bem degradado.... é uma parada beeeem dispensável, sem necessidade mesmo.
Imagem
#1227859 por Tanaguchi
26 Out 2016, 18:52
vivisos escreveu:Acompanhando... muito bom!! Estou planejando o meu roteiro, logo logo terão perguntas!!
Só uma dúvida!! Onde vcs deixavam o dinheiro/passaporte e coisas de valor enquanto mergulhavam ou faziam passeios?


Olá ^^
Conforme forem pintando as duvidas vai deixando ai que assim que der eu respondo

Quando a gente ia fazer esses passeios praticamente não levava dinheiro, pq o almoço é incluso em todos os passeios e nas ilhas quase não tem nada vendendo... Senão me falha a memoria a unica coisa que compramos nos passeio foi um sorvete.... ah, a gente levava tbm pra dar de caixinha pros guias... mais tbm só fizemos isso uma vez... era bem pouco dinheiro mesmo

Passaporte a gente deixava no hostel, nem tinha necessidade de levar... eu levava uma mochila pequena e deixava no barco pra guardar só uma ou outra coisa, tipo protetor solar... a gente comprou umas capinhas a prova de água que vendem lá em todo lugar pra vc guardar o celular, isso quebrou um galho pq nosso celular foi nossa camera rs

mais coisas importantes ou bastante dinheiro ficava muquiado no hostel mesmo rs

Abraço

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante