Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#261289 por ematos
02 Mai 2005, 16:29
perfil
Fonte: http://alpinismo.sites.uol.com.br/


Fala galera,

Pretendo subir o Pico do Lopo em Extrema... Alguém tem informações ?
Pretendo ir num final de semana comum, sair de Sampa na sexta à noite, ficar num camping, fazer a trilha no sábado e retornar no sábado à noite. Alguém conhece camping lá por perto ? Como é a trilha até o cume ? Tem ponto de água ?
Aguardo informações

#154450 por alpinista
04 Mai 2005, 21:56
Cara eu não sabia que tinha acesso por Extrema. Entre 3 km antes da divisa na estrada de Joanópolis, e siga as placas, existem vários Campins, acho que tem um no começo da thilha, basta seguir as placas, existe uma dezena delas indicando o caminho.

intÃ(c)
#155370 por Rex
08 Mai 2005, 11:19
oi Alpinista!
essa indicação q vc deu, é o caminho q passa pela pedra do Guaraíuva?
seguindo as placas não tem erro?

q estrada é essa q vc falou? liga Joanópolis a qual lugar?

abs.
Rex
#155692 por alpinista
09 Mai 2005, 13:37
Na verdade é a entrada para Joanopolis, e se não me engano o bairro se chama Guaraiuva. Nas placas ta indicado Pedra do Lopo

Inté
#160779 por jgmiguel
29 Mai 2005, 19:55
Ae, colega, já foi à Pedra do Lopo??
Só agora li seu recado. Eu já perdi a conta de quantas vezes fui lá !!
É lindo. A pedra das Flores, e tbm o ultimo pico, que a gente sobre como se fosse uma escalaminhada. Tenhos fotos belissimas. O visu é 360 graus.
Mas... nunca acampei por lá. Sei que tem umas pousadas !!

[:I]

<blockquote id="quote"><font size="1" face="Arial, Verdana, Helvetica" id="quote">quote:<hr height="1" noshade id="quote"><i>Originally posted by ematos</i>
<br />Fala galera,

Pretendo subir o Pico do Lopo em Extrema... Alguém tem informações ?
Pretendo ir num final de semana comum, sair de Sampa na sexta à noite, ficar num camping, fazer a trilha no sábado e retornar no sábado à noite. Alguém conhece camping lá por perto ? Como é a trilha até o cume ? Tem ponto de água ?
Aguardo informações
<hr height="1" noshade id="quote"></font id="quote"></blockquote id="quote">
#174051 por rodrigoschemes
11 Jul 2005, 10:01
Queria saber se existe a possibilidade de eu começar a trilha por Extrema, passando pela Pedra das Flores e sair do lado de Joanópolis na Pedra do Guaraiúva? Alguém tem infos dessa trilha?
#174342 por jgmiguel
11 Jul 2005, 20:08
Ae, Rodrigo, nunca fiz esta trilha. Mas se tiver a possibilidade, vc deve ir com alguém que conheça. Não se arrisque em ir sem conhecer !!
Até a pedra das flores, a trilha é bem demarcada, mas depois .....

abço /
#174370 por rodrigoschemes
11 Jul 2005, 23:06
E ae jgmiguel.. blz?

Cara, pelas infos que eu tenho a trilha é bem tranquila quanto a navegação, acho que não tem muito erro.

Mas to com a idéia de ao invés de deixar o carro nas antenas da embratel, subir a pé desde o Mirante que fica próximo a cidade de Extrema. Pelo croqui que eu vi parece que tem ligações as trilhas até a Pedra do Cume, alguém confirma? Já fizeram esse roteiro?

Segue o link do croqui abaixo:
http://www.extrema.tur.br/html/mapa_1.htm
#176353 por ematos
18 Jul 2005, 11:00
Fala Galera,
Criei o tópico faz tempo mais ainda não fui até o Pico do Lopo, quero ver se consigo agora em agosto. Eu gostaria de acampar por lá pra curtir melhor.
#176420 por rodrigoschemes
18 Jul 2005, 15:40
Olá pessoal, segue o relato da Trilha da Serra do Lopo pelo Pinheirinho que fiz nesse sábado.
<hr noshade size="1">

<b>Pico do Lopo pela Trilha do Pinheirinho</b>

Fim de semana com pouco tempo disponível e disposição de sobra, minha namorada Roberta e eu decidimos conhecer o Pico do Lopo em Extrema com seus 1.800m de altitude.

Partimos de Sampa às 7:30 com o relato do Beck em mãos e mais algumas pesquisadas pela net onde decidimos fazer a subida pela Trilha do Pinheirinho que corta a serra e sai na Torre da Embratel próxima à pista de vôo de Asa Delta e não pelo caminho original que é pela estrada e de carro.

Essa Trilha do Pinheirinho parte do Mirante Caixa d'Agua que fica bem próximo ao centro da cidade e apesar de poucas informações, perguntando a alguns moradores não foi dificil encontrar o começo dela.

Deixamos o carro no próprio mirante onde se tem uma bela vista do bairro luxuoso Nova Extrema e começamos a caminhada lá pelas 9:30. A trilha inicia-se em uma porteira com cerca de arame farpado com uma placa de uma agência de ecoturismo e algumas advertências sobre perigos que podemos encontrar na trilha.

Os primeiros 10 minutos de caminhada é por um pasto com animais e um curral a direita, carrapatos tem de monte e também logo de início uma bifurcação a direita a qual ignoramos e continuamos a subida pela trilha mais aberta e batida.

A picada da trilha a partir de agora ia se embrenhando na mata fechada com subida íngreme o tempo todo mas logo alcançamos um belo ponto de parada que é o BICÃO, que conta com uma clareira e uma bica com água gelada excelente para um banho ou se refrescar matando a sede.

Após uns 10 minutos de descanso retomamos a trilha que bifurcava no próprio Bicão, decidimos tomar o caminho à direita indo sentido ao Lopo, a trilha à esquerda deve levar a outros mirantes da serra provavelmente.

Dava pra notar que fazia tempo que ninguém trilhava esses caminhos, eu que estava abrindo a trilha sentia muita teia de aranha se enroscando pelo meu rosto e após mais uns 30 minutos de subida íngreme chegamos a um outro ponto de parada, a PEDRA DO SAPO, que também conta com uma pequena queda d'agua pra abastecer os cantis e descansar um pouco.

A partir daqui, a trilha torna-se mais difícil pois estava mais fechada e a vegetação muito seca e espinhosa, a subida também continua e sempre pra direita até um mirante com uma bela vista da cidade da Extrema. Nesse mirante também há uma formação rochosa bem interessante, uma pedra com o formato de um dedo e a outra mais arredondada.

Retomando a caminhada que agora nos leva para a esquerda sentido contrário ao Pico do Lopo, cruzamos com um pequeno platô e uma fonte de água. Eu já estava estranhando o fato da trilha nos levar sentido contrário ao Pico do Lopo quando a Roberta avistou uma picada entre o platô e água que ia em outro sentido e então decidimos seguir por aí.

Notamos que a vegetação mudou bastante, ao invés da vegetação seca e espinhosa, abre-se espaço à grandes árvores e pinheiros, muito mais gostoso de se andar entre elas, pensamos que seria a tal Trilha do Pinheirinho.

Seguimos por essa trilha por mais meia hora, agora com uma caminhada mais tranquila com menos subida, parecia ser uma caminhada pela crista que atravessava o morro. E era isso mesmo pois já não tinhamos mais a vista da cidade de Extrema e logo em seguida após 2 horas de caminhada chegamos na Torre da Embratel.

A esquerda da torre existe uma estrada de terra que descendo ela já nos deparamos com a Estrada da Embratel, comemoramos e agradecemos a sorte pois apesar de pouca referência conseguimos chegar onde queríamos, pena que um pouco antes da pista de Asa Delta, ou seja, tinhamos pelo menos mais meia hora de subida pela estrada.

Já era meio-dia quando de fato começamos a subida para o Pico do Lopo, vimos no estacionamento algumas vans que deveriam ser de agências e uns 4 carros particulares. Até a primeira parada que foi na Pedra das Cabras tudo tranquilo, fizemos nosso almoço e demos uma decansada apreciando a bela vista da Represa de Joanópolis.

Indo em direção à Pedra das Flores cruzamos com um grupo de agência e também com um pessoal que preparava acampamento nas clareiras ali perto, infelizmente para eles a fonte de água estava bem seca, acho que fazia tempo que não chovia por lá.

A partir da Pedra das Flores a trilha fica um pouco mais confusa, mas com erros e acertos finalmente chegamos à Pedra do Cume onde o vento esta muito forte mesmo mas o tempo incrivelmente aberto, aproveitamos pra fazer mais um lanche, tirar umas fotos e retornar pois já era 2 da tarde e tínhamos muito que andar ainda.

Apesar do cansaço tivemos que apertar o passo caso não quiséssemos andar a noite na mata, voltamos à estrada da Embratel e decidimos voltar pela Trilha do Pinheirinho mesmo, era 16:30 quando entramos na mata novamente.

Tivemos a prova que o caminho de volta nunca se parece ao caminho de ida e com algumas erradas que quase nos causou transtornos conseguimos achar o caminho correto através de pontos de referência que guardei na memória.

A descida da Serra do Lopo nos presenteia com um belo Pôr do Sol e uma animada Extrema se preparando para as festa de Julho onde decidimos ficar a noite pra descansar e aproveitar as festividades e comemorar nossa aventura bem sucedida.

Observações:
a) A trilha foi bem puxada, andamos muito, com poucas paradas e num ritmo rápido, creio que ao todo andamos 20km com muitos desníveis.
b) Encotrei poucas informações para a trilha, tive por base o croqui do site da Prefeitura de Exterma
http://www.extrema.mg.gov.br/interna.as ... cao&id=666
c) Um roteiro interessante para fim de semana seria imendar a Trilha do Pinheirinho/Pico do Lopo/Pedra Guaraiúva já em Joanópolis. Opção boa, barata é rápida para um fim de semana.
d) Logo colocarei o link das fotos.
#178921 por ematos
26 Jul 2005, 18:37
Ae galera,
A trilha normal, deixando o carro lá na Embratel é tranqüila ? Quanto tempo vcs acham que leva pra uma galera que nunca fez nada do tipo ? O desnível é muito grande ?

Valeu
#178948 por rodrigoschemes
26 Jul 2005, 22:17
Fala Everaldo, td bem?

A trilha partindo do estacionamento é tranquila, caso você queira curtir muito o passeio, reserve 5 horas caso contrário 4 horas é a média em que todos fazem ida e volta.

Até a Pedra do Cabrito é praticamente descida e trilha aberta, não tem como errar. Chegue lá e curta o visual, depois desça da pedra e continue na trilha a direita que também não há grandes desníveis até a Pedra das Flores. Também recomendo uma bela parada pois o visual do cume e da represa são demais. Da Pedra das Flores até o cume é que a trilha fica um pouco confusa, inclusive peguei uma trilha errada, mas logo achei a que ia direto, é a trilha mais aberta e quem vai reto em direção ao cume e por esse motivo apresenta um desnível maior que os outros trechos, inclusive no final é necessário usar as mãos para chegar ao cume, mas nada complicado demais, vários idosos estavam no mesmo dia que estive lá.

Espero ter ajudado...
#179086 por StinkFoot
27 Jul 2005, 10:33
Lopo... ...essa trilha e' otima! Pena que tem muito nego metido a Rambo que acampa nas clareiras proximas a Pedra das Flores e larga uma sujeira infernal.
Ja' cheguei a tirar uma caixa de garrafas de la'...
#179553 por ematos
28 Jul 2005, 16:25
E ae galera, e o nível da trilha ? É muito pesado ? Vai uma galera que nunca fez coisa do tipo, é uma trilha que dá pra encarar ?

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes