Está procurando companhia para fazer uma trilha ou travessia? Abra seu tópico aqui!

#935209 por Bruno325-RJ
05 Mar 2014, 16:25
Tbm tenho interesse caso a data seja possivel pra mim
#952114 por Nilton Martz
24 Abr 2014, 15:03
Ao longo da década de 1990 pretendi ir pela ferrovia à partir do bairro Barragem, depois de Parelheiros e Colônia. O curso segue à pé passando pela estação Evangelista de Sousa (desativada). Mas não consegui companhia.
Na década de 1990 acampei diversas vezes às margem de um lago, formado por dois rios que passam sob a primeira e segunda ponte, quarenta minutos depois da estação Evangelista de Sousa.
Mais adiante, cerca de trinta minutos depois da segunda ponte e antes do túnel 27, tem uma trilha à direira que dá acesso à Usina Capivari (hidrelétrica desativada), onde tem uma cachoeira com 70 metros de queda livre.
Eu quero fazer este percurso sem pressa, acampando pelo caminho. Essa trilha até Mongaguá eu não conheço. Li relatos e vi vídeos no youtube. Vou pesquisar no google para saber onde essa trilha começa. Sei que é um caminho perigoso onde muitos aventureiros se perdem. Dizem que existem pontos onde as trilhas confundem as pessoas. Algumas das trilhas dá em lugar nenhum. Sem um ponto de referência fica difícil se orientar.

Eu prefiro seguir pela ferrovia e acampar próximo de rios e de riachos ou arroios (corrente superficial muito estreito de água) não muito longe da via férrea.
Como nestes lugares selvagens muito fechados quase não tem clareira, é melhor levar rede e uma lona para fazer tenda que possa estender acima da rede, entre as árvores, para o caso de chuva.

Como não tem clareira, se tiver que levar barraca, melhor que seja pequena, de preferência modelo iglú com capacidade para 1 ou 2 pessoas. Eu comprei duas barracas iglú camufladas para selva. O tamanho de uma é 1 pessoa e a outra 2 pessoas. São muito leves, mas não tem sobreteto. Portanto tem-se que cobrir com lona. Eu comprei lona camuflada de 3 mts de comprimento por um e meio metro de largura. Costurei as duas partes de um metro e meio para somar três metros. Fiz uma lona com três metros quadrados. Mas para cobrir a rede bata uma lona de 3 x 2 metros.
Editado pela última vez por Nilton Martz em 29 Abr 2014, 23:21, em um total de 7 vezes.
#952168 por Nilton Martz
24 Abr 2014, 17:41
RFalchetto, não tenho data definida. Tem que ser em feriado prolongado de, no mínimo, três dias.
O único problema é que, segundo um post aqui mesmo no mochileiros que eu li, os policiais municipais fazem plantão na estação Evangelista de Sousa impedindo as pessoas com mochila cargueira e barracas de passar para além dos dois sítios localizados depois da estação. Pois que o sítio da direita oferece camping pago; mas segundo o post, neste sítio tem muito carrapato.
Só permitem a passagem de pessoas portando mochilas pequenas (tipo: de ataque) que fazem bate-e-volta na cachoeira da usina.
Podemos arriscar, mentir que vamos acampar no sítio. Após passar pelo sítio, ou se os policiais nos acompanhar, entramos na trilha do sítio, e depois que eles forem embora retornando para a base deles na estação, damos meia volta e retornamos à ferrovia com as lanternas apagadas e seguimos o caminho rumo ao litoral.
O primeiro acampamento pide ser feito na beira do lago, descendo o rio que passa sob a segunda ponte. Este lago é escondido; não é possível ver nem mesmo imaginar a sua existência do ponto de vista de quem passa pelas pontes.
Certa vez em 1992 eu e mais dois amigos acampamos nas clareiras que ficam na margem de um riacho próximo da segunda ponte, por cinco dias. Então eu e um deles, o Ronaldo, descemos o rio, que é raso, por cerca de dez minutos. Derepente o rio se abre em um grande lago, com uma cachoeira à direita. Havia uma clareira com sinais de acampamento. Desci o rio à partir do lago em cima de uma bóia (câmara de ar de pneu de carro); o rio se estreitou entre dois paredões de rocha. Mais adiante havia uma pedra bem no meio do rio que dividia a água. Ali naquela pedra tem uma cachoeira de, mais ou menos, três metros. Me aproximei um pouco, mas logo me afastei para não ser puxado pela correnteza. Se eu caísse cachoeira abaixo, iria ser levado pelas águas. Sair pelas laterais seria impossível, pois não tem como escalar os paredões rochodos nas margens da corredeira.
Voltamos ao acampamento e relatamos ao Ramir sobre o lago e as cachoeiras. Noutro dia subimos o riozinho e encontramos outra cascatinha que descia por uma grande pedra com uns três mts de altura, num lugar onde a água se espalhava sobre o leito de areia e pedrinhas do riozinho.
Mas quando chove muito o nível desses rios sobem mais de 2 metros. Tem marcas de enchente nos pilares da segunda ponte a uma altura superior a 5 mts do leito do rio. Esta cheia é rara, mas ocorre.

Teve um final um feriado (quando os Mamonas Assassinas morreram de acidente aéreo) onde tivemos que montar acampamento embaixo da ponte - numa parte cavada um tanto plana, no alto do barranco, onde a ponte tem contato com o solo - até o nível da água, que encobria as clareiras, baixar. Ficamos um dia inteiro ali, enquanto caía uma chuva forte. Por volta das quatro horas e meia, quando a chuva parou, descemos a trilha com as duas barracas. Montamos elas e subimos para buscar as mochilas.
Estávamos eu, o Ramir, o Rony e a Gabriela. Ficamos cinco dias ali. A chuva parava de manhã, e voltava chover à tarde e a noite toda. Faz parte da natureza...

Esta serra de nome Capivari-Monos faz divisa de São Paulo, no extremo sul de Santo Amaro, com Itanhaém.

Veja o mapa da serra Capivari-Monos no google maps. Dá para acompanhar o trajeto da ferrovia, e do Rio Branco: o principal dessa região.
Editado pela última vez por Nilton Martz em 24 Abr 2014, 17:55, em um total de 3 vezes.
#952174 por Nilton Martz
24 Abr 2014, 17:46
Em Paranapiacaba tem a trilha das torres que termina em Cubatão; e a velhs ferrovia do Sistema Funicular que vai até Piaçaguera/Cubatão.
São dez horas contínuas de caminhada. Porém pode-se fazer em dois ou três dias sem pressa.
Editado pela última vez por Nilton Martz em 24 Abr 2014, 23:14, em um total de 1 vez.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes