Faça perguntas e responda tópicos sobre qualquer tema abordado pela comunidade Mochileiros.com. Uma pergunta por tópico.
Regras do fórum: Fórum Perguntas & Respostas

Esse fórum é exclusivo para o envio de perguntas.

Importante:
- Envie apenas uma pergunta por tópico e não esqueça de escrever a pergunta no campo "título".
- Se você quer postar várias dúvidas sobre um roteiro de viagem por exemplo, o fórum correto é o de Roteiros de Viagem. Clique aqui para saber mais!
- Os tópicos criados que não forem perguntas claras serão renomeados ou movidos para outros fóruns mais adequados dentro do site.

Clique Aqui para postar sua pergunta!
#1158395 por nemrocknemroll
27 Jan 2016, 06:49
Olá tudo bom? Pesquisei muito a respeito na internet sobre intercâmbio para Buenos Aires e não achei nenhuma informação realmente que me fizesse tomar uma decisão de fazer mesmo este intercambio ou não!

Eu tenho 24 anos, já sou graduada e trabalho na minha area aqui no Brasil, gostaria muito de começar a fazer intercâmbio para poder incrementar no curriculum e no meio desta crise.

Eu quero deixar claro que eu nunca viajei para fora do país, enfim eu gostaria de saber se vale apena fazer um curso intensivo de 30 horas durante duas semanas em Buenos Aires Como nunca tive essa experiência anteriormente, gostaria de ficar em casa de familia e fazer o intensivo do idioma, antes de fazer o intercambio de mais tempo que eu estou juntando dinheiro mesmo que são de 6 meses para a Australia, ou melhor desistir da ideia e continuar a juntar a grana para e fazer meu intercambio de inglês mesmo para a terra dos cangurus.

Queria saber se vale a pena mesmo o investimento pela duração e pelo fato do curso ser de 2 semanas e passar em casa de familia vale a pena para uma primeira experiencia internacional, de lingua (mesmo sendo espanhol), vivenciar outra cultura e por ser baixo custo e claro um "preparatório" para meu destino dos sonhos que é a terra dos cangurus.

Por favor gostaria de opiniões sinceras!

#1158466 por LF Brasilia
27 Jan 2016, 10:31
Olá, nemrocknemroll,

Então... não são todas as pessoas que têm disponibilidade de tempo e $$$ para fazer intercâmbio de 2 ou 6 meses... dependendo da empresa, tirar 30 dias de férias já pode ser uma dificuldade.

Nesse cenário, surgem os intercâmbios curtos. Acho que a pergunta "vale a pena?" depende muito dos seus objetivos e das suas condições. Falando sobre os que já fiz:

- 4 semanas de curso de húngaro, começando do zero: sempre achei que é mais interessante aprender alguma coisa aqui antes, para chegar lá e aproveitar mais a imersão. Porém, não estava conseguindo encontrar ninguém que ensinasse aqui. Pensei: "vou lá, aprendo um pouco, compro material e faço contatos com pessoas que se dedicam a ensinar o idioma".
Resultado: gostei! E aprendi alguma coisinha básica para a sobrevivência. Deu uma sacudida.

- 2 semanas de curso de húngaro na mesma escola: foi bom, mas não tanto como o anterior. A turma não estava toda no mesmo nível e gastamos um tempo com revisão... e, quando o negócio começou a ficar bom, o curso acabou.

- 2 semanas de curso de alemão: eu já tinha estudado até o "intermediário querendo avançar". Aquela fase chata em que o aprendizado não progride mais tão rápído e a gente começa a perder motivação. O curso serviu para dar um gás extra, encontrar outras pessoas com o mesmo interesse, vivenciar situações do dia-a-dia... mas a maior parte da turma estava com muito foco em tentar certificado e as aulas eram muito voltadas para isso. Simulados de provas e coisas do tipo.
Para o meu objetivo principal (motivação) o curso valeu, mas de novo: começa a ficar bom e é hora de voltar.

- 3 semanas de curso de húngaro em outra escola: foi legal... eu já tinha feito umas aulinhas por Skype e estava um pouco mais autônoma para praticar na rua. Gostaria de ter feito 4 semanas em vez de 3. Porém, fica muito apertado para viajar e voltar ao trabalho. Se a empresa aérea mudasse um voo, eu já me arriscava a perder o dia de retorno. Passei por esse perrengue uma vez e por isso acho que, para quem trabalha, vale a pena pensar com carinho num curso de 3 semanas em vez de 4. Principalmente se você vai ficar numa cidade do interior que não tem voo internacional.

Como o espanhol é um idioma mais familiar para nós, acredito que os benefícios de uma imersão apareçam mais rápido. Pessoalmente acho que 2 semanas é pouco; mas depende do seu objetivo, do quanto você já entende e de quanto tempo/$$ você tem.

Ficar em casa de família: você se sentiria à vontade? Todo mundo diz que é melhor, imersão total na cultura, etc... mas vejo tanto caso de gente que não se adapta e passa o dia trancada num quartinho, que tenho minhas dúvidas. De novo: depende, tem que ver caso a caso.

Boa sorte!
#1158521 por LF Brasilia
27 Jan 2016, 12:40
Outra coisa... sobre os custos em BsAs: alguns amigos voltaram recentemente de lá e ficaram meio chocados com os preços! ::ahhhh:: Aqui você consegue ter uma ideia: http://www.numbeo.com/cost-of-living/co ... ry2=Brazil

Se você der uma busca por "curso de espanhol" aqui no Mochileiros, vai encontrar alguns relatos interessantes. Teve gente que fez curso no Peru, muita gente está procurando na Colômbia...

Uma vantagem de fazer o curso na Colômbia é que a moeda deles também está se desvalorizando em relação ao dólar (não tanto quanto o real, é verdade). Claro que isso depende de que região da América do Sul você tem mais curiosidade de conhecer, em que parte do Brasil você mora, etc. Mas vale a pena considerar também outras opções.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 11 visitantes