Roteiros de Viagem na Europa
#1019437 por joaoptsantos
07 Nov 2014, 14:20
Boa tarde!
Estou planejando em fazer minha primeira viagem pelo exterior com minha esposa e queria pedir algumas opiniões e sugestões
Eu penso em ir em julho de 2016, passar uns vinte e cinco dias a trinta dias na Europa.
A princípio eu esbocei o seguinte roteiro:
Rio-Barcelona, passaria alguns dias (uns quatro) em Barcelona, de lá iria por terra para Veneza fazendo uma parada em alguma praia na França. Em Veneza passaria uns três ou quatro dias e depois iria para Roma onde passaria uns quatro dias. De lá pegaria um avião para Alemanha. Aí eu pergunto: qual região da Alemanha vocês me recomendam? Munique ou algo mais ao norte? Na Alemanha eu também passaria uns quatro dias e de lá iria para Holanda onde tb passaria uns quatro dias. De lá, a princípio eu iria para Paris passando por Bruxelas, mas faço outra pergunta: um amigo mora na Dinamarca, vcs acham que vale a pena esticar até lá? Em Bruxelas talvez passasse uns dois dias e depois iria para Paris onde passaria uns quatro dias. Depois iria para Londres onde tb passaria uns quatro dias e então voltaria para o Brasil. Eu sei que as contas não estão batendo, terei que recalcular estes dias, mas como é apenas um esboço depois eu vejo isto.
Então, o que vcs acham deste roteiro? Seria viável? Agradeço muito por qualquer sugestão pois serei marinheiro de primeira viagem!
Abraços! João Paulo


#1019506 por psemple
07 Nov 2014, 17:21
Existem voos Barcelona - Veneza que são mais indicados que trem. Trem iria demorar quase um dia. E se vc estiver falando de alugar carro, não vale a pena alugar num país para devolver em outro, é absurdamente caro.

Munique é bem indicada na Alemanha. Berlim também.

Se vc quiser ir para dinamarca não vejo problema, mas os voos costumam ser mais caros e também não é perto de nada do seu roteiro.

NO geral o roteiro parece viável, Londres e Paris mereceriam pelo menos uns 5 dias. Talvez não caiba em 30 dias de viagem.
#1019542 por juliad
07 Nov 2014, 19:46
se quiser ir para a dinamarca, opte por um berlim, daí dá para parar em hamburgo no meio.
você pode fazer barcelona/paris por trem, paris/bruxelas/amsterdam de trem e de amsterdam para dinamarca de trem.

eu acho que tem bastante cidade aí, muito deslocamento, na verdade. acho que dá para tirar alguma cidade - por logítica, itália, dinamarca ou barcelona.
#1019698 por joaoptsantos
08 Nov 2014, 12:20
é, com certeza terei que enxugar um pouco este roteiro msm... com relação ao deslocamento entre barcelona e veneza, minha idéia seria parar em alguma praia na frança, por isto pensei em ir por terra,o que vcs acham?
nestes lugares devem ter opções de estadia em conta ne?
#1019710 por MMeds
08 Nov 2014, 13:23
João, fui pra Alemanha em Maio... sempre achei que não teria nada de legal por lá... o que eu posso te dizer é que voltei simplesmente apaixonado por este país... Munique é encantadora, Berlin é toda histórica e ao mesmo tempo moderna... extremamente segura. Como estavamos eu e minha namorada... alugamos um carro e fizemos a Rota dos Contos de Fadas e a Rota Romântica. Vale a pena se tiver tempo, cada cidadezinha que parece cenário de filmes medievais... sem dúvida Alemanha é um roteiro espetacular... Hannover parece interessante, Frankfurt é moderna e tem um enorme aeroporto... Mas Munique e Berlin não deixe escapar...
#1019723 por joaoptsantos
08 Nov 2014, 14:09
pessoal, eu vi aqui um pacote da cvc, 28 dias passando por: lisboa, madri,bordeaux, paris, londres, bruxelas, amsterdã, frankfurt, zurique, veneza, florença, roma, nice e barcelona, R$ 10.500 por pessoa. o q vcs acham com relação ao valor?
alguém sabe estimar mais ou menos quanto que eu gastaria para passar uns 25 dias usando as opções de hospedagem mais em conta possíveis?
#1019729 por psemple
08 Nov 2014, 14:47
O pessoal aqui vai te dar uns quinhentos motivos do porque não reservar pacote.

Esse pacote é caro, nem tudo fica incluso, sempre tem uns extras., o preço normalmente é só a parte terrestre sem aéreo. Vc tem que fazer tudo no ritmo do grupo, que tem pessoas de todos os tipos, incluindo idosos.

É muito corrido, eles vão te levar correndo para os lugares. Não tem história de querer ficar mais. Você tem que acordar no horário que a excursão determina.

Dependendo do lugar eu recomendo contratar excursões avulsas do tipo ir para bath, stonehenge e windsor no mesmo dia de londres. Porque para fazer sozinho um itinerário desses com transporte público vc iria demorar bem mais.

Além de tudo esses pacotes vendem algo imaginário, tipo achar que você vai conhecer Londres em dois ou três dias. Eu pelo acho melhor conhecer as cidade de forma minimamente bem feita do que ter visto a torre eiffel e dizer que já foi para Paris.
#1019743 por João Rosenthal
08 Nov 2014, 15:43
CVC ::dãã2::

Existem viagens espetaculares, viagens boas, viagens medianas, viagens ruins e viagens com a CVC ::lol4::

Falando sério agora, quem sou pra julgar o modo como a pessoa escolhe viajar. Mas viajar com a CVC é um puta de um pé no saco, nada a ver com o estilo mochileiro de desvendar novos lugares. Vc mal conhece pessoas, conhece o basicão turístico numa correria insana, tem um guia que fica pegando no seu pé 24h por dia e te deixando com pouca liberdade. Fora o preço, muito caro mesmo.

Faça um roteiro vc mesmo, isso é tão legal quanto viajar. Pegar roteiros prontos é eliminar uma das partes mais empolgantes da viagem.
#1019759 por xxxxxxxxxx
08 Nov 2014, 16:46
joaoptsantos escreveu:é, com certeza terei que enxugar um pouco este roteiro msm... com relação ao deslocamento entre barcelona e veneza, minha idéia seria parar em alguma praia na frança, por isto pensei em ir por terra,o que vcs acham?
nestes lugares devem ter opções de estadia em conta ne?


Primeiro, Barcelona e Itália não possuem uma boa ligação por terra usando transporte público, costuma ser bem complicado ir de Barcelona a Itália por terra usando trem, pois exige várias conexões pelo caminho, e as conexões não são em cidades turísticas do litoral Francês, mas sim em cidades os interior da França sem muito apelo turístico. E de carro, costuma custar muito dinheiro...

Segundo pondo, a Riviera Francesa não é um destino barato, é o destino dos ricos e endinheirados de toda a Europa/mundo, então naturalmente tudo é mais caro devido ao público "seleto", e no verão fica pior ainda, pois a procura aumenta ainda mais, deixando mais caro ainda.

Não quer dizer que não dê para fazer, mas a logística é meio complicada, e pode ficar um tanto caro, então se faz questão, é bom pesquisar e planejar bem esta parte, para que esta pequena parte do seu roteiro não acabe custando o mesmo que todo o resto da sua viagem.
#1019763 por xxxxxxxxxx
08 Nov 2014, 17:04
Quanto aos gastos, isto depende muito do seu perfil, dos hotéis que escolher, onde for almoçar/jantar, quais passeios/atividade fizer, quais atrações turísticas for visitar, etc...

Mas fazendo uma estimativa com base no meu perfil de viagem, geralmente fico quarto privativo de hotel simples, faço ao menos uma refeição por dia em restaurante simples, visito uma ou 2 atrações pagas por dia, não fico passando vontade de fazer nenhuma atividade que me interesse, a menos que seja muito cara, etc... Eu estimaria em torno de 180 a 200 Euros por dia para um casal, incluindo tudo (despesas de hospedagem, alimentação, metrô, passeios e atividades turísticas). O que fazendo a conta pelo alto, dariam em torno de 5.000 Euros (R$ 18.000) para o casal. Neste valor não entram os gastos com deslocamento entre as cidades, que ficariam em torno de 350 Euros(R$ 1.200) por pessoa no seu roteiro original.

Claro que isto é só uma estimativa, pesquisando e planejando bem o roteiro dá para reduzir um pouco. Se optar por quarto-compartilhado de hostel, fast-food todo dia, poucas atividades pagas, dá para reduzir bastante o custo, mas acredito que não seja o seu perfil de viagem, ainda mais viajando com a esposa... E claro, se você escolher só locais e coisas caras, ficará bem mais caro do que esta estimativa...

Ou seja, teria que ver o que entra neste pacote da CVC pelo valor anunciado por eles, por exemplo, se as refeições entram neste valor ou se são pagos a parte, se os ingressos das atrações estão inclusos, etc...

O pessoal já falou dos principais contras de se viajar por pacote (depende do ritmo do grupo, e você não tem liberdade de fazer o que bem entender em cada cidade, vai estar sempre seguindo a "tia da excursão"...), mas também as suas vantagens, você não se preocupa com quase nada, só pagar o boleto ou fatura de cartão. A cvc corre atras de arrumar os hotéis, comprar as passagens de um lugar para o outro, define a programação do dia a dia, etc, mas isto tem um custo, e a cvc cobra por isto, vendendo mais caros os pacotes...

Para a maioria das pessoas aqui do fórum, correr atras de tudo isto chega a ser algo "divertido" e parte da viagem, mas que todo este planejamento consome algumas boas semanas e noites de pesquisa na internet, isto consome com toda certeza.

Se você tiver tempo disponível e estiver disposto a correr atras de tudo por conta, eu recomendo viajar por conta própria, será muito mais proveitoso e barato, mas se você não tiver tempo disponível ou paciência para correr atras de todos os detalhes, a melhor opção é mesmo viajar por agência de viagem, eles cuidarão de quase tudo por você.
#1019831 por psemple
08 Nov 2014, 21:17
Outro fator que não mencionei, mas eu já fiz excursão com brasileiros e com pessoas de outros países. Posso dizer que fazer escursão com brasileiros acho a pior coisa que tem. Sempre tem um espertinho que acha que não precisa respeitar o que o guia pede, do tipo volte em 15 minutos. Daí esses espertinhos voltam atrasado e fica o grupo inteiro esperando à toa. Em Montevideo, eu peguei uma excursão bate-volta para Punta del Este em que a maioria do grupo era de brasileiros. Numa cidade no caminho do meio do nada o ônibus parou para o pessoal conhecer e o guia deu 15 minutos. Daí um casal resolveu conhecer a mais e precisamos esperar meia hora até eles voltarem. E como a cidade era no meio do nada, o guia não quis abandonar eles.

Eu já fiz muito passeios pontuais com guias estrangeiros que falam em inglês que contratei em cidades da Europa, Oceania e posso dizer que os grupos sem brasileiros respeitam muito mais o que o guia pede. Você chega no hotel e já está quase todo mundo a postos. Enquanto com brasileiro tem vários que você passa no hotel e ainda demora uns 10 minutos para vir.
#1020441 por juliad
10 Nov 2014, 20:11
pessoalmente, não vejo motivo também para pegar um pacote...ainda mais para a europa, que é uma região fácil para locomoção em trens/ônibus! acredite, mesmo não falando o idioma, você SE VIRA SIM, é tudo muito intuitivo.
a vantagem de um roteiro cvc da vida é que você não precisa pensar em nada - mas não vejo porque fazer isso. esse roteiro que você viu é MUITO corrido. acredite, você não terá tempo para ver os lugares com calma. claro, tem todos os tipos de perfil, mas acho que no final isso é super cansativo.
#1022052 por joaoptsantos
15 Nov 2014, 13:11
Primeiro lugar agradeço a todos pelas dicas!
Sobre o pacote, eu já desisti da ideia exatamente por alguns motivos já mencionados como a questão do preço msm! Terei bastante tempo para me programar!
Penso sim em conhecer alguns pontos turísticos com certeza!!! Com relação a estadia pesquisarei as opções mais em conta e com alimentação a ideia é economizar na medida do possível sem deixar de conhecer algumas iguarias locais!
Uma pergunta: com relação a chegada na Europa (imigração), vcs acham que alguns países possam ser mais tranquilos que outros? Meu medo é ter algum problema neste momento, pois lembro que teve uma época que tava acontecendo bastante principalmente na Espanha...
Eu to pensando basicamente nestes quatro países: Espanha, Itália, Alemanha e França com breves paradas na Holanda e Bélgica. Eu já vi que os deslocamentos mais longos serão entre a Espanha e a Itália e entre a Itália e Alemanha. Será que consigo passagens de avião para estes dois deslocamentos com bons preços? Já soube que existem companhias aéreas que tem passagens bem em conta dentro da Europa tipo Vueling airlines, o que vcs acham?
#1022202 por xxxxxxxxxx
15 Nov 2014, 18:34
Quanto a imigração, a regra e as exigências são exatamente iguais em qualquer país que você chegar, e se você estiver com toda a documentação correta (passagens de volta marcadas, reservas de hospedagem, seguro saúde e dinheiro suficiente) não tem nenhum motivo para lhe barrarem.

A Espanha ficou conhecida na época, por que Madri era a porta de entrada na Europa de uma centena de imigrantes ilegais brasileiros toda semana, pode ter certeza de que quem foi barrado, ou estava tentando entrar ilegalmente, ou então não fez o básico, que foi ao menos ver e levar a documentação necessária, pois eles não ficam barrando o pessoal sem motivos. Ou seja, estando com a documentação em dia, não tem problema nenhum em entrar pela Espanha.

Quanto a conseguir passagens aéreas em conta, isto vai depender das cidades exatas da Espanha, Itália e Alemanha que você for visitar, a maioria possui ligações diretas por empresas aéreas low-cost que oferecem voos a preços bem acessíveis se comprados com antecedência de uns 90 dias.

Eventualmente podem existir cidades que não possuam ligação direta de uma forma barata, mas se você pesquisar os preços e opções disponíveis antes de começar a comprar as passagens, as vezes a simples inversão de 2 cidades diminui o custo consideravelmente.

Por exemplo, os voos de Veneza para Munique são caros, então quando você for da Espanha para a Itália, ao invés de ir de Barcelona para Roma, você pode ir direto para Veneza, que também tem voos baratos saindo de Barcelona, depois descer para Roma, de onde você consegue voos bem mais baratos para Munique, ou seja a simples inversão de Roma e Veneza lhe economizaria uns 100 Euros em passagens, e isto você só consegue descobrir pesquisando, e simulando outras opções de rota quando alguma parte fica muito cara.

Só lembre de incluir a bagagem despachada já no momento de cotar/comprar as passagens aéreas, pois bagagem despachada não está inclusa no preço, se você comprar junto com a passagem, é barato despachar uma mala, agora se você deixar para despachar a mala lá no aeroporto, irá pagar uma boa centena de euros em excesso de bagagem. O melhor site para pesquisar os voos é o www.skyscanner.com.be, pois pesquisa em praticamente todas as empresas disponíveis.

Quanto a estadia, o Booking é o melhor lugar para se pesquisar e reservar hospedagem, é extremamente confiável, e tem bastante variedade de opções, e você ainda pode ler a opinião de pessoas que realmente estiveram hospedadas no local. Uma regra prática, é que locais com nota acima de 8 no Booking geralmente são bons, e locais com nota abaixo de 7 são ruins no geral, então fica mais fácil você escolher um local de qualidade que se encaixe no seu orçamento.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 9 visitantes