A FAMOSA HUARAZ - Laguna 69, Mirante e Trekking Sta. Cruz JULHO/2014 (7 dias) (Muitas FOTOS)

Relatos de viagem no Peru
Avatar
maurobrandao
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 412
Registrado em: 07 Jun 2012, 00:10
Localização: Londrina-PR
Contato:

13 Jul 2015, 07:55  

Oi Josi, tudo bem ?

Olha, pra fazer trilha naquela região, a temporada começa em abril, mais por causa das chuvas. É que também em janeiro, lá é inverno ainda, se não me engano.
Mas o seguinte, envia um e-mail ao Scheler que ele vai te responder.
Envia em espanhol ou ingles, pode usar o tradutor, caso tenha dificuldade.
O Scheler mais responder suas dúvidas nesse quesito. Eu só fui lá em Julho, não consigo saber como é antes. ::otemo::

[email protected]

Fala que fui eu, Mauro Brandão, que te indiquei !! :D
"...Mas sinceramente que falta mesmo é a coragem de meter a mochila nas costas e partir."
Mauro Brandão
Relatos
Serra Gaúcha Nv.Petrópolis>São Chico de Paula>Cambará do Sul>Gramado Reveillon 2012/2013
Bolívia - Chile - Perú 24 Dias (Janeiro 2013)
Pico da Bandeira - Serra do Caparaó ES/MG (Agosto 2013)

Blog - De Mochila e Bota - E um mundo para desbravar .[/i].

Avatar
maurobrandao
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 412
Registrado em: 07 Jun 2012, 00:10
Localização: Londrina-PR
Contato:

13 Jul 2015, 07:59  

DIA 3 - Caminhando e cantando e procurando o Mirante

Acordei cedo com sempre, fui na geladeira ver a viabilidade de comer algo que tinha sobrado, e por sorte, tudo estava lá. E olha, uma coisa que muita gente tem medo é ficar em hostel, robarem suas coisas e bla bla. Pra mim, nunca aconteceu nada. Nunca sumiu uma meia sequer !
Bom, nesse dia tinha prometido pra mim mesmo ficar de boa, sem fazer nada, e me recuperar bem para o trekking santa cruz, pois eu tinha sofrido, e muito, subindo a laguna 69.
Estava eu sentado na parte de cima do hostel, no solar, ou como se diz aqui no Brasil, tomando sol na lage, então conheci um francês.
O cara era simples, roupas gastas e veio me pedir um cigarro(na época fumava), então começamos a conversar com aquelas velhas perguntas: Nome, Da onde é, quanto tempo viaja, blá e blá blá.
O cara estava viajando a 11 meses, só!! SSÓÓÓÓÓÓ !!!
Ai começou a contar umas coisas aqui e ali. Ai perguntei, quanto que ele tinha separado pra viajar todo esse tempo? Ele responde que mais ou menos uns 10.000 Euros, ou seja, uns 30 mil, na época. Caramba, que loco meu.
Bom, os caras( O americano e o irlandes que não lembro o nome agora) chegaram falando pra gente ir pro mirante, que ficava ali perto (SEMPRE É ALI PERTO, SEMPRE ::lol4:: ).
Bom, eu não tava com planos mesmo, partiu.
Saímos na rua, estava havendo umas comemorações pois era época de feriado pátrio, acho, e havia uma parada com banda, desfila e tudo mais que tu só encontra no Peru, Bolivia e/ou Similares.
Seguimos em frente, subindo em direção a parte mais alta da cidade.
Andamos, andamos e andamos. E cada vez que nos afastávamos mais do centro, o preço do almuerzo abaixava. Encontrei uns lugares com menu do dia ( sopa de entrada, comida e tal) de 3 a 4 soles. ::tchann::
(Foto menu do dia)
Ai tu vai andando e percebendo como é a vida local né ? É uma das coisas que mais gosto, quando viajo. Andar, conhecer, ver, sentir o cheiro das coisas. Em uma parte já alta, havia um muro pintado com orientações de evacuação em caso de inundação ou aumento do volume do rio, que passava naquela parte.
FOTO MURO
Mais a frente estavamos passando quando escuto um:

- Look !! A Monkey!!


Hahah!! Exatamente, um pequeno macaquinho perto de um monte de palha, pelo que parecia, dentro de uma casa, loja, sei lá. Quando chegamos perto, uma mulher chegou e o macaco subiu em cima dela. Tipo, era o animal de estimação dela cara. !!!! E ficava grudado no pescoço dela, e ela trabalhando não lembro fazendo o que. Hahahh!! E é claro que saquei umas fotos.
FOTO MACACO
E continuamos nossa subida.
Ah, não cheguei a comentar, mas subir, naquela altura, já era desgantante pra kct, mas nesse dia estava BEMMM melhor. Acredito até que me ajudou.
E fomos perguntando e subindo, subindo. Entramos em umas vielas, cortamos uns caminhos, passamos por um campo de futebil, umas ruas ingrimes e começaram a falar que estavámos perto. "Cerquita" eles diziam. Cerquita... ::lol3:: Ta bom.
E subimos, até que chegamos em um lugar bem afastado e alto. Não era um mirante, era só a beira de uma rua mesmo. Pelo lugar, achamos que não era lá e seguimos em frente até que paramos em um condomínio fechado, lá nos cafundé !!! hahahah!! Eu sabia que não era lá hahah ! Perguntamos aos guardas da guarita, e o "mirante era onde haviámos parado, lá atrás, tipo a uns 2 km atrás !!! hahaha ! E o que fizemos ? Voltamos, claro.
Chegamos no mirante, e sentamos. INteressante olhar a cidade de cima. Ela é meio que em um vale, rodeado pelas montanhas. As construções são concetradas na área plana, mas existem também construções nas montanhas. Ficamos lá um bom tempo só observando, calados, toda aquela paisagem.
Tah, não era grande coisa, eu sei disso. Mas levamos quase 2 horas pra chegar lá, e foi algo gostoso de ver. Teve um significado particular para cada um. Interessante notar isso. Pra cada um, tem um valor diferente. Pra mim, fiquei viajando em pensamentos, e boa parte do tempo fiquei simplesmente vendo a sombra das nuvens e as coisas. Fiquei pensando coisas do tipo:

- Imagina morar ali em cima ? Que trabalho que deve ser sair ou trabalhar! Vish!(Falo em relação a dificuldade de sair de casa, subir ou descer um morro e voltar, haha)

E não pensava em nada mesmo.
Bom, se tu ja fez isso, sabe do que estou falando. Por isso que digo, não fale para alguém que aquele lugar é péssimo, ou é ruim, só porque você, eu digo VOCÊ não gostou. Explique, mas saiba que pra cada um, os lugares tem sifnificados diferentes.
Bom, seguindo, iámos pegar um colectivo pra voltar, mas decidimos voltar a pé mesmo.
Na volta, passei no mercado, comprei uns doces, umas bolachas pra levar e fui arrumar minhas coisas, e no caminho de volta fiquei vendo um pouco do desfile. Lá também, no centro, existe muitos locais bacanas, mercados e padarias, e comércio. Comprei umas cuecas lá também. E várias casas de câmbio.
Voltei pro hostel, depois de noite saímos para comer um frango assado e fomos dormir.
Claro que não fui só isso, conheci um pessoal no hostel, conversei com um italiano que estava viajando a uns 3 anos, e falava umas 6 línguas, inclusivo pt, e a noite chegou, quando foi mais de noite, o Scheler passou lá, eu acertei o restante do que devia com ele, e ele ficou de me pegar cedo no outro dia para pegar a van rumo ao trekking Sta. Cruz ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha::
"...Mas sinceramente que falta mesmo é a coragem de meter a mochila nas costas e partir."
Mauro Brandão
Relatos
Serra Gaúcha Nv.Petrópolis>São Chico de Paula>Cambará do Sul>Gramado Reveillon 2012/2013
Bolívia - Chile - Perú 24 Dias (Janeiro 2013)
Pico da Bandeira - Serra do Caparaó ES/MG (Agosto 2013)

Blog - De Mochila e Bota - E um mundo para desbravar .[/i].

Janine Correa
Mensagens: 1
Registrado em: 20 Nov 2015, 15:55

20 Nov 2015, 16:02  

Boa Tarde Mauro Brandão,
Estou encantada com sua história por Huaraz, por isso resolvi coloca em meu roteiro. Sera um pouco fora de mão e com o tempo reduzido mas não quero deixar de conhecer.
Por isso gostaria de uma opinião sua, vou agora em Janeiro só que tenho apenas dois dias para passar em Huaraz, qual lugar vc me indicaria?
Aguardo resposta.
Janine Correa

Avatar
maurobrandao
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 412
Registrado em: 07 Jun 2012, 00:10
Localização: Londrina-PR
Contato:

23 Nov 2015, 06:43  

Janine Correa escreveu:Boa Tarde Mauro Brandão,
Estou encantada com sua história por Huaraz, por isso resolvi coloca em meu roteiro. Sera um pouco fora de mão e com o tempo reduzido mas não quero deixar de conhecer.
Por isso gostaria de uma opinião sua, vou agora em Janeiro só que tenho apenas dois dias para passar em Huaraz, qual lugar vc me indicaria?
Aguardo resposta.
Janine Correa


Fala Janina, tudo bom ?
Olha, garanto que não vai se arrepender. Olha, se tu puder, faça a Laguna 69 e Laguna Churup. São as duas que podem ser feitas em 1 dia só e tu vai gostar. Mas detalhe, tu tem que gostar de caminhar, fazer trilha, e se prepare que tu vai sofrer com a altitude. Nada impossível, faça no seu ritimo e vai que vai !! Hehe !
"...Mas sinceramente que falta mesmo é a coragem de meter a mochila nas costas e partir."
Mauro Brandão
Relatos
Serra Gaúcha Nv.Petrópolis>São Chico de Paula>Cambará do Sul>Gramado Reveillon 2012/2013
Bolívia - Chile - Perú 24 Dias (Janeiro 2013)
Pico da Bandeira - Serra do Caparaó ES/MG (Agosto 2013)

Blog - De Mochila e Bota - E um mundo para desbravar .[/i].


Avatar
maurobrandao
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 412
Registrado em: 07 Jun 2012, 00:10
Localização: Londrina-PR
Contato:

15 Jan 2016, 15:20  

Caraaaaa !
Esqueci de escrever !!! HAHAHAHAHAHAHAHH!!!
Guenta ai que faço esse final de semana !!! lol
::tchann:: ::tchann:: ::tchann:: ::tchann:: ::tchann::
"...Mas sinceramente que falta mesmo é a coragem de meter a mochila nas costas e partir."
Mauro Brandão
Relatos
Serra Gaúcha Nv.Petrópolis>São Chico de Paula>Cambará do Sul>Gramado Reveillon 2012/2013
Bolívia - Chile - Perú 24 Dias (Janeiro 2013)
Pico da Bandeira - Serra do Caparaó ES/MG (Agosto 2013)

Blog - De Mochila e Bota - E um mundo para desbravar .[/i].


carlos.oliveira
Mensagens: 6
Registrado em: 07 Mar 2016, 17:51
Contato:

07 Mar 2016, 19:04  

-Mauro, sou "marinheiro de 1a viagem" (ou "mochileiro de 1a viagem") e estou tentando encontrar amigos que passem por Corumbá. Vc tem alguma dica pra me dar a respeito? -abraço e parabéns pelas fotos, que ficaram simplesmente espetaculares.
maurobrandao escreveu:DIA 3 - Caminhando e cantando e procurando o Mirante

Acordei cedo com sempre, fui na geladeira ver a viabilidade de comer algo que tinha sobrado, e por sorte, tudo estava lá. E olha, uma coisa que muita gente tem medo é ficar em hostel, robarem suas coisas e bla bla. Pra mim, nunca aconteceu nada. Nunca sumiu uma meia sequer !
Bom, nesse dia tinha prometido pra mim mesmo ficar de boa, sem fazer nada, e me recuperar bem para o trekking santa cruz, pois eu tinha sofrido, e muito, subindo a laguna 69.
Estava eu sentado na parte de cima do hostel, no solar, ou como se diz aqui no Brasil, tomando sol na lage, então conheci um francês.
O cara era simples, roupas gastas e veio me pedir um cigarro(na época fumava), então começamos a conversar com aquelas velhas perguntas: Nome, Da onde é, quanto tempo viaja, blá e blá blá.
O cara estava viajando a 11 meses, só!! SSÓÓÓÓÓÓ !!!
Ai começou a contar umas coisas aqui e ali. Ai perguntei, quanto que ele tinha separado pra viajar todo esse tempo? Ele responde que mais ou menos uns 10.000 Euros, ou seja, uns 30 mil, na época. Caramba, que loco meu.
Bom, os caras( O americano e o irlandes que não lembro o nome agora) chegaram falando pra gente ir pro mirante, que ficava ali perto (SEMPRE É ALI PERTO, SEMPRE ::lol4:: ).
Bom, eu não tava com planos mesmo, partiu.
Saímos na rua, estava havendo umas comemorações pois era época de feriado pátrio, acho, e havia uma parada com banda, desfila e tudo mais que tu só encontra no Peru, Bolivia e/ou Similares.
Seguimos em frente, subindo em direção a parte mais alta da cidade.
Andamos, andamos e andamos. E cada vez que nos afastávamos mais do centro, o preço do almuerzo abaixava. Encontrei uns lugares com menu do dia ( sopa de entrada, comida e tal) de 3 a 4 soles. ::tchann::
(Foto menu do dia)
Ai tu vai andando e percebendo como é a vida local né ? É uma das coisas que mais gosto, quando viajo. Andar, conhecer, ver, sentir o cheiro das coisas. Em uma parte já alta, havia um muro pintado com orientações de evacuação em caso de inundação ou aumento do volume do rio, que passava naquela parte.
FOTO MURO
Mais a frente estavamos passando quando escuto um:

- Look !! A Monkey!!


Hahah!! Exatamente, um pequeno macaquinho perto de um monte de palha, pelo que parecia, dentro de uma casa, loja, sei lá. Quando chegamos perto, uma mulher chegou e o macaco subiu em cima dela. Tipo, era o animal de estimação dela cara. !!!! E ficava grudado no pescoço dela, e ela trabalhando não lembro fazendo o que. Hahahh!! E é claro que saquei umas fotos.
FOTO MACACO
E continuamos nossa subida.
Ah, não cheguei a comentar, mas subir, naquela altura, já era desgantante pra kct, mas nesse dia estava BEMMM melhor. Acredito até que me ajudou.
E fomos perguntando e subindo, subindo. Entramos em umas vielas, cortamos uns caminhos, passamos por um campo de futebil, umas ruas ingrimes e começaram a falar que estavámos perto. "Cerquita" eles diziam. Cerquita... ::lol3:: Ta bom.
E subimos, até que chegamos em um lugar bem afastado e alto. Não era um mirante, era só a beira de uma rua mesmo. Pelo lugar, achamos que não era lá e seguimos em frente até que paramos em um condomínio fechado, lá nos cafundé !!! hahahah!! Eu sabia que não era lá hahah ! Perguntamos aos guardas da guarita, e o "mirante era onde haviámos parado, lá atrás, tipo a uns 2 km atrás !!! hahaha ! E o que fizemos ? Voltamos, claro.
Chegamos no mirante, e sentamos. INteressante olhar a cidade de cima. Ela é meio que em um vale, rodeado pelas montanhas. As construções são concetradas na área plana, mas existem também construções nas montanhas. Ficamos lá um bom tempo só observando, calados, toda aquela paisagem.
Tah, não era grande coisa, eu sei disso. Mas levamos quase 2 horas pra chegar lá, e foi algo gostoso de ver. Teve um significado particular para cada um. Interessante notar isso. Pra cada um, tem um valor diferente. Pra mim, fiquei viajando em pensamentos, e boa parte do tempo fiquei simplesmente vendo a sombra das nuvens e as coisas. Fiquei pensando coisas do tipo:

- Imagina morar ali em cima ? Que trabalho que deve ser sair ou trabalhar! Vish!(Falo em relação a dificuldade de sair de casa, subir ou descer um morro e voltar, haha)

E não pensava em nada mesmo.
Bom, se tu ja fez isso, sabe do que estou falando. Por isso que digo, não fale para alguém que aquele lugar é péssimo, ou é ruim, só porque você, eu digo VOCÊ não gostou. Explique, mas saiba que pra cada um, os lugares tem sifnificados diferentes.
Bom, seguindo, iámos pegar um colectivo pra voltar, mas decidimos voltar a pé mesmo.
Na volta, passei no mercado, comprei uns doces, umas bolachas pra levar e fui arrumar minhas coisas, e no caminho de volta fiquei vendo um pouco do desfile. Lá também, no centro, existe muitos locais bacanas, mercados e padarias, e comércio. Comprei umas cuecas lá também. E várias casas de câmbio.
Voltei pro hostel, depois de noite saímos para comer um frango assado e fomos dormir.
Claro que não fui só isso, conheci um pessoal no hostel, conversei com um italiano que estava viajando a uns 3 anos, e falava umas 6 línguas, inclusivo pt, e a noite chegou, quando foi mais de noite, o Scheler passou lá, eu acertei o restante do que devia com ele, e ele ficou de me pegar cedo no outro dia para pegar a van rumo ao trekking Sta. Cruz ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha::

Avatar
maurobrandao
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 412
Registrado em: 07 Jun 2012, 00:10
Localização: Londrina-PR
Contato:

08 Mar 2016, 07:12  

Bicho, chega de manha na Receita Federal na fronteira de Corumbá, que lá tu vai conhecer bastante gente que esta indo fazer mochilão. Das duas vezes que fui, foi assim que comecei !
"...Mas sinceramente que falta mesmo é a coragem de meter a mochila nas costas e partir."
Mauro Brandão
Relatos
Serra Gaúcha Nv.Petrópolis>São Chico de Paula>Cambará do Sul>Gramado Reveillon 2012/2013
Bolívia - Chile - Perú 24 Dias (Janeiro 2013)
Pico da Bandeira - Serra do Caparaó ES/MG (Agosto 2013)

Blog - De Mochila e Bota - E um mundo para desbravar .[/i].

Avatar
leandrogod
Mensagens: 42
Registrado em: 15 Jun 2010, 01:15
Localização: Belo Horizonte, MG

09 Mai 2016, 21:15  

Poxa, Mauro.... deixou mesmo o Santa Cruz de fora do relato, rapaz! ::toma::
Tô indo pra lá mês que vem e queria muito fazer um trekking, além de visitar as lagoas... Se animar retomar com o fôlego do relato, agradecemos! :wink:
Imagem
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
One does not discover new lands without consenting to lose sight of the shore for a very long time. - Andre Gide



  •   Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitante