Aconcágua 2016

Está procurando companhia para viajar para algum destino da América do Sul. Então crie seu tópico aqui!
Marcelo Rosa V. Barros
Mensagens: 1
Registrado em: 15 Nov 2016, 18:04

15 Nov 2016, 18:08  

Vi seu tópico agora e queria saber se a expedição ainda está de pé?

Vocês tem notícias sobre a caução do seguro de resgate a ser depositado?

Eu estou com uma duvida cruel sobre o calçado, pois tenho botas de inverno, porém vejo relatos sobre a extrema necessidade de botas duplas? Quais equipos estão pretendendo levar?

Avatar
vanessa.miranda
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 97
Registrado em: 25 Nov 2015, 00:08
Localização: Belo Horizonte, Brasil
Contato:

26 Nov 2016, 13:31  

Marcelo Rosa V. Barros escreveu:Vi seu tópico agora e queria saber se a expedição ainda está de pé?

Vocês tem notícias sobre a caução do seguro de resgate a ser depositado?

Eu estou com uma duvida cruel sobre o calçado, pois tenho botas de inverno, porém vejo relatos sobre a extrema necessidade de botas duplas? Quais equipos estão pretendendo levar?


oi Marcelo, tá de pé sim. O meu grupo tá com 4 pessoas e vamos entrar no parque no dia 12 de dezembro.
Sobre a caução, não vai ter. Ficou decidido que se houver evacuação por solicitação médica não vai ser cobrado nada. Se houver busca e resgate a cobrança será feita depois. Quem tiver contratado seguro tem que informar na hora de pegar o permiso e o custo vai ser cobrado do seguro depois. A partir da temporada 2017/2018 vai ser obrigatório ter seguro que inclua resgate.
Sobre as botas duplas, pode precisar ou não...mas como não dá pra ter certeza de como vai estar o clima no dia do cume, recomendam levar de qualquer forma, pra não correr o risco de perder o cume por não ter a bota... Foi o único item que não adquiri e deixei pra alugar. Ainda vou decidir em mendoza se vou alugar mesmo ou se vou arriscar subir com a minha bota e overboots de neoprene por cima.

Avatar
Luka Izzo
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens: 1385
Registrado em: 15 Dez 2010, 01:50
Localização: Jundiaí - SP
Contato:

30 Nov 2016, 12:25  

Olá amigos montanhistas....

Queria saber se alguém tem planos para o Monte Elbrus (Moscou/Russia) ou o Denali (Mc Kinley/Alaska) nos próximos meses. Estou com estes destinos na agulha e não gostaria de ir sozinho novamente para os altos picos.

Abração e boa sorte à amiga e a todos que vão enfrentar a Sentinela de Pedra.
Falta de tempo não é desculpa.
Com perseverança, a madrugada vira dia,
segunda vira sábado e um segundo vira uma oportunidade!


Imagem

Avatar
lufema
Mensagens: 44
Registrado em: 01 Jul 2012, 11:48
Localização: Vitória - ES

30 Nov 2016, 18:04  

Olá Luka,

Estou com passagens emitidas. Pretendo fazer Monte Elbrus entre os dias 25/06 e 02/07. Vou aclimatar pelo menos uns 5 ou 6 dias antes de tentar o cume.

Luis

Avatar
Luka Izzo
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens: 1385
Registrado em: 15 Dez 2010, 01:50
Localização: Jundiaí - SP
Contato:

30 Nov 2016, 18:21  

Ohhhhhhhhhhhhhhpa!!
Maravilha, Luis.

Vou dar uma analisada na data para ver se rola uma das tradicionais promoções na média de R$ 1 mil a R$ 1.500 ida e volta para a Russia. Vou permanecer na torcida, porque a esperança é a última que morre kkkk.. A última vez que fui pra Rússia paguei R$ 750 reais (ida e volta pela S7), mas não fui com foco na montanha.

Você comprou direto para Mineralnye Vody??
Depois ainda teremos um transfer/taxi de Mineralize a Terskol e em dois fica mais leve para pagar.

Seria interessante podemos fazer a expedição nessa parada juntos!

PS: Para não poluir esse tópico do Aconcágua, podemos abrir um exclusivo para o Elbrus!

Abração e bora planejar!!
Falta de tempo não é desculpa.
Com perseverança, a madrugada vira dia,
segunda vira sábado e um segundo vira uma oportunidade!


Imagem

Avatar
lufema
Mensagens: 44
Registrado em: 01 Jul 2012, 11:48
Localização: Vitória - ES

30 Nov 2016, 18:45  

Vamos sim!!

Vou entrar na Rússia por São Petersburgo.
Já estou pesquisando passagens para Mineralnye. Devo emitir ainda em dezembro pela Aeroflot, que tem melhor preço e permite bagagem de porao sem custo extra.
Minha emissão foi, via Latam, para Frankfurt mais um vôo para Vilnius/Lituânia por 33 euros. Pretendo fazer os países bálticos e seguir de ônibus para São Petersburgo, onde chego 21 ou 22/06, e 24/06 pego vôo noturno para MV (70-80 usd). Minha volta é dia 05/07, a partir de Moscou.
Se der certo sua programação vai ser uma boa ter companhia brasileira.
Tenho quase todo o equipamento, devo comprar mais alguma coisa na Alemanha e alugar o resto lá mesmo, onde já encontrei uma loja b especializada, a partir desse relato
http://championtheroad.com/diario-de-bo ... lbrus.html

Até.

Luis

Avatar
Luka Izzo
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens: 1385
Registrado em: 15 Dez 2010, 01:50
Localização: Jundiaí - SP
Contato:

01 Dez 2016, 19:01  

Olá Marcelo, blz?
Brother, o ideal é que você leve dois calçados (uma bota laceada ideal para trek e a bota dupla).
Na aclimatação e também nos primeiros dias eu usei uma bota bem velha que eu amo para treks.
Aí após Plaza de Mulas (4.370 m de altitude) eu já iniciei todo processo de escalada com as botas duplas.

Não dá para você começar já com as duplas, porque a distância inicial é grande.
Só do portão de entrada até o segundo acampamento lá se vai um dia inteirinho de caminhada e para se fazer com as botas duplas é um sofrimento só. Por isso, o ideal é você levar uma bota legal sobressalente para caminhada, a mesma que vai usar para a aclimatação.

Abração!
Falta de tempo não é desculpa.
Com perseverança, a madrugada vira dia,
segunda vira sábado e um segundo vira uma oportunidade!


Imagem

Avatar
Luka Izzo
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens: 1385
Registrado em: 15 Dez 2010, 01:50
Localização: Jundiaí - SP
Contato:

01 Dez 2016, 19:05  

lufema escreveu:Vamos sim!!

Vou entrar na Rússia por São Petersburgo.
Já estou pesquisando passagens para Mineralnye. Devo emitir ainda em dezembro pela Aeroflot, que tem melhor preço e permite bagagem de porao sem custo extra.
Minha emissão foi, via Latam, para Frankfurt mais um vôo para Vilnius/Lituânia por 33 euros. Pretendo fazer os países bálticos e seguir de ônibus para São Petersburgo, onde chego 21 ou 22/06, e 24/06 pego vôo noturno para MV (70-80 usd). Minha volta é dia 05/07, a partir de Moscou.
Se der certo sua programação vai ser uma boa ter companhia brasileira.
Tenho quase todo o equipamento, devo comprar mais alguma coisa na Alemanha e alugar o resto lá mesmo, onde já encontrei uma loja b especializada, a partir desse relato
http://championtheroad.com/diario-de-bo ... lbrus.html

Até.

Luis



Maravilha, Luis.
Estou chegando da África agora e já vou começar a me programar para Moscou.
Estou correndo com o trabalho aqui, que por sinal deixei praticamente tudo parado por conta do Kilimanjaro.
Vamos conversando, sim. Se possível, me add no Facebook.
www.facebook.com/luizcarlosizzo

abração brother!
Falta de tempo não é desculpa.
Com perseverança, a madrugada vira dia,
segunda vira sábado e um segundo vira uma oportunidade!


Imagem

Avatar
Luka Izzo
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens: 1385
Registrado em: 15 Dez 2010, 01:50
Localização: Jundiaí - SP
Contato:

01 Dez 2016, 19:07  

Marcelo Rosa V. Barros escreveu:Vi seu tópico agora e queria saber se a expedição ainda está de pé?

Vocês tem notícias sobre a caução do seguro de resgate a ser depositado?

Eu estou com uma duvida cruel sobre o calçado, pois tenho botas de inverno, porém vejo relatos sobre a extrema necessidade de botas duplas? Quais equipos estão pretendendo levar?



Olá Marcelo, blz?
Brother, o ideal é que você leve dois calçados (uma bota laceada ideal para trek e a bota dupla).
Na aclimatação e também nos primeiros dias eu usei uma bota bem velha que eu amo para treks.
Aí após Plaza de Mulas (4.370 m de altitude) eu já iniciei todo processo de escalada com as botas duplas.

Não dá para você começar já com as duplas, porque a distância inicial é grande.
Só do portão de entrada até o segundo acampamento lá se vai um dia inteirinho de caminhada e para se fazer com as botas duplas é um sofrimento só. Por isso, o ideal é você levar uma bota legal sobressalente para caminhada, a mesma que vai usar para a aclimatação.

Abração!
Falta de tempo não é desculpa.
Com perseverança, a madrugada vira dia,
segunda vira sábado e um segundo vira uma oportunidade!


Imagem

Avatar
vanessa.miranda
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 97
Registrado em: 25 Nov 2015, 00:08
Localização: Belo Horizonte, Brasil
Contato:

06 Jan 2017, 17:41  

Olá pessoal! Só pra dar um feedback pra quem tava acompanhando o tópico, fiz o cume no dia 29 de dezembro ::otemo:: , de forma independente como planejado desde o início (sem contratar expedição). Fiquei na montanha por 19 dias (12/12 a 30/12), fazendo o cume apenas no 18º dia, porque o clima não ajudou muito, forçando algumas esperas não planejadas...

No fim das contas, o cronograma executado foi este:
11/12/16: Puente del Inca - Cemitério dos Andinistas
12: Horcones - Confluencia
13: Confluencia - Plaza de Mulas
14: Descanso em Mulas
15: Porteio ao Camp 1 (Canada)
16: Plaza de Mulas - Canada
17: Descanso em Canada
18: Porteio ao Camp 2 (Nido de Cóndores)
19: Descanso em Canada
20: Canada - Nido de Cóndores
21: Descanso/aclimatação em Nido
22: Retorno a Plaza de Mulas (nevasca/ventos fortes chegando, a recomendação dos guarda parques era pra todos descerem)
23: Em Mulas esperando a janela pro cume
24: Em Mulas esperando a janela pro cume
25: Em Mulas esperando a janela pro cume
26: Em Mulas esperando a janela pro cume
27: Plaza de Mulas - Nido de Cóndores
28: Nido de Condores - Colera (Camp 4)
29: Colera - cume - Plaza de Mulas
30: Plaza de Mulas - Horcones - Los Penitentes - Mendoza

Dia do ataque ao cume:
Saída de Colera: 05:30
Refúgio Independência: 08:24
La Cueva: 10:50 .... descanso
Saída de La Cueva: 11:15
Cume: 12:57

Alguns dos principais aprendizados foram:
- a garrafa do xixi é fundamental;
- derreter neve é um saco e às vezes gasta mais tempo que o trajeto do dia;
- o risco de frostbite é mais alto do que eu pensava, e pode acontecer sem vc perceber a tempo;
- se vc passar a noite de natal em mulas, procure a festa dos porters na tenda/restaurante verde ::hahaha:: (disseram que no reveillon a festa seria "maior", não sei como tem jeito de ficar maior rss)

No começo eu disse aqui que estava pensando em subir sem as botas duplas, usando bota de trekking + overboot. Eu não fiz isso. Aluguei as duplas e usei pra cima de nido de condores. Pro cume foram fundamentais e quase insuficientes. Concluí que pelo menos na baixa/média temporada não dá pra arriscar ir sem. Já os outros itens que citei aqui, funcionaram perfeitamente, inclusive o saco de dormir inferior ao recomendado (deuter -8 conforto limite e -26 extremo). Pegamos -20 em nido e -25 em cólera (fora da barraca).

Obrigada a todos pelas dicas e ajuda no planejamento!! E bons ventos aos que estão na montanha ou ainda vão! A experiência foi incrível!
Enviar Imagens
15800127_1230574860354903_4183196618226118022_o.jpg
15800127_1230574860354903_4183196618226118022_o.jpg (362.36 KiB) Exibido 420 vezes



  •   Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes