Conecte com a gente

Fotografia de Viagem

16 meses da vida de um bosque

Claudia Severo

Publicado

em


Ao longo de 16 meses o fotógrafo Samuel Orr capturou cerca de 40.000 fotos de um bosque e montou o belo time-lapse abaixo.
A câmera se manteve em um tripé, imóvel, por todo o período. Automaticamente o equipamento tomava imagens em intervalos de 10 segundos e de 10 minutos, durante momentos chave do ano (primavera, cores do outono, neve etc).
São quase 3 minutos de pura beleza, da perfeição que vem da natureza:

Foto: Reprodução.

Votar

0 ponto
Upvote Downvote

Comentários do Facebook

comentários

Escrevo por aqui, sempre pensando em estar por aí... | Co-fundadora do site Mochileiros.com

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fotografia de Viagem

Perfil do Instagram revela “modinhas” da fotografia de viagem

Mochileiros.com

Publicado

em


Com bilhões de smartphones apontados para milhões de destinos mundo afora,  está cada vez mais difícil fazer fotos originais.  Ao menos é o que mostra o perfil @Insta _Repeat no Instagram, que traz uma série de compilações com olhares cada vez mais parecidos.

Algumas séries de fotos já são bastante conhecidas pelo público viajante, como é o caso da garota puxando a mão do namorado em diversos lugares do mundo, que foi inspirada pela série “Follow Me To” do fotógrafo Murad Osmann e sua namorada Natalia Zakharova que possuem mais de 4 milhões de seguidores.

Uma série bastante popular compilada pelo perfil é a visão de dentro da barraca, que nós já fizemos um post compilação aqui. Outra também muito praticada pelos viajantes é a série dos pés na paisagem que nós também já fizemos uma seleção que você pode ver neste post aqui e que foi popularizada pelo viajante Alex Berger, autor do blog ‘Virtual Wayfarer’.  Nós já contamos a história dele neste post aqui.

Confira algumas das compilações: 

 

 “Follow Me To”

#vanlife

A clássica visão de dentro da barraca

Atravessando pontes de corda

E  a dos pézinhos né? 😀

Confira todas as compilações no perfil do @Insta_Repeat e não esqueça de seguir também nosso perfil @mochileiroscom

 


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Fotografia de Viagem

Instagram: 9 viajantes maravilhosos para seguir com fotos incríveis no feed!

Das Trips

Publicado

em

Por


Temos certeza que o Instagram virou uma ferramenta de inspiração para viajantes. Uma foto pode simplesmente te conquistar e definir o local das suas férias. A revista Go outside separou 8 perfis e o pessoal do blog Das Trips acrescentaram mais um muito interessante, para você seguir e já planejar a próxima viagem com as dicas de destinos dessa galera:

@leandro_mikk

Logo de cara ao acessar o seu perfil, uma montagem perfeita aproveitando até 6 quadrados do feed. É uma grande inspiração pra quem gosta de um feed moderno.

As fotos desse brasileiro, são de tirar o fôlego. Publicitário e Rockeiro, seu feed é uma mistura de Viagens e esportes Outdoor.

 

@isthisreal

As fotos do brasileiro Brian Baldrati, sim, são de babar na tela do celular. A redação da Revista bateu um papo com ele a respeito das viagens, dicas de fotografia e destinos que o fotógrafo mais gostou de conhecer.

@fllavitt

Antes de fazer super vídeos de viagem com a Go Outside, a aventureira Flávia Vitorino já recheava o Instagram com fotos e dicas de viagem. Quando está viajando, ela também faz storiesbelíssimos.

@rebornbyadventure

Van life é o sonho de muita gente. O casal Natasha e Jacob mostram que é possível morar numa van e viajar o mundo com um bebê, no caso a fofa Zoey.

 

@temaiseme

Tainá e Marcelo é um casal viajante que há 5 anos estás vivendo aventuras, conhecendo pessoas e experimentando o mundo como ele é. E claro, registram as mais belas paisagens no Instagram.

@expedicaofuscamerica

Já pensou em fazer um road trip com um fusca? E ir com ele até a Rússia? Acredite, é possível, e é assim que o jornalista Nauro Júnior já viajou para sete países da América do sul. Agora ele está rodando pela Rússia com o Segundinho, um fusca 1968, durante a Copa do Mundo de Futebol.

@thiswildidea

Depois de ver o Instagram do @thiswildidea você vai desejar muito levar o seu cão nas viagens. O cachorro do fotógrafo Theron Humphrey viaja melhor que muita gente!

@2fortrips

Que tal viajar o mundo de bicicleta? O casal de brasileiros Flávia e Thiago estão realizando este sonho a bordo de uma bicicleta tandem (de dois lugares).

@alexstrohl

O fotógrafo francês Alex Strohl é especialista em fazer você desejar um lugar. Todos os dias ele compartilhas de paisagens deslumbrantes.

Fonte: dastrips.com.br


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Blog

Assim era conhecer (e subir nas) pirâmides egípcias entre 1860 – 1935

Mochileiros.com

Publicado

em


Desde a visita de Heródoto no século IV aC, os monumentos do antigo Egito, sobretudo suas imponentes pirâmides atraem os turistas.
Com a conclusão do Canal de Suez em 1869, as visitas (de turistas ricos) aumentaram. Naquele mesmo ano, o magnata das viagens, Thomas Cook ofereceu o primeiro “tour” à Palestina e ao Nilo e nos anos seguintes lançou rotas regulares de barcos à vapor pelo rio.
A descoberta da tumba de Tutancâmon em 1922 estimulou ainda mais a fascinação pelo Antigo Egito.
E parece que a “moda” de subir em monumentos é antiguinha. Embora muitos visitantes ficassem contentes em posar para fotos em frente à Grande Esfinge e às pirâmides, alguns estavam determinados a saber como era a vista do topo da Pirâmide de Quéops, também conhecida como Grande Pirâmide ou Grande Pirâmide de Gizé, cuja altura é de 146,5m.
O calcário liso e branco que cobria a pirâmide havia sido arrancado há muito para ser usado em prédio da capital do país, Cairo, deixando os blocos para turistas e guias locais escalarem.
As fotos (abaixo) da ocupação britânica do Egito registram turistas fazendo o que hoje é ilegal: escalar as pirâmides! Tem uma até de um piquenique no topo do monumento.

Foto do ano de 1938

Foto de 1931

Foto de 1900

Foto de 1900

Foto de 1880

Foto de 1900

Foto de 1930

Foto de 1860

Em 2013 um grupo de fotógrafos russos driblou os guardas e passaram a noite fotografando no topo da Grande Pirâmide:

Foto: Simon Yorkston.

Fotos: Bettmann Archive, Imagno, Hulton Archive, SSPL, Ullstein Bild e Biblioteca do Congresso (EUA).
Fonte: Retronaut (onde podem ser vistas mais fotos).


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Blog

Viajantes brasileiros registram incríveis paisagens vistas de dentro de suas barracas

Mochileiros.com

Publicado

em


Se a gente já viu por aqui que é quase uma unanimidade entre os viajantes fotografarem seus pés mundo afora, outra “mania” daqueles que acampam é registrar as paisagens através das portas/janelas de suas barracas. E que vistas!
Depois de mostrarmos por aqui as incríveis vistas capturadas pelas lentes do fotógrafo e viajante russo, Oleg Grigoryev viajantes brasileiros enviaram seus cliques para nós.
Confira!

Sueli Hioka é veterana no mochilão, mas diz não ser tanto com as barracas. Neste momento ela registrou a vista em ponto do Circuito W de Torres del Paine – Chile | Foto: Arquivo pessoal.

O Vinícius Schmitt já mandou logo uma panorâmica da Serra do Corvo Branco – Urubici (SC) | Foto: Arquivo pessoal.

Esta foi a vista da Bruna Lara em Cumuruxatiba (BA) | Foto: Arquivo pessoal.

Mayara e Henrique avistando de dentro da barraca a paisagem da represa do Rio Claro, em Salesópolis (SP) | Foto: Arquivo pessoal.

Este foi o nascer do sol que o Carlo Bandeira pegou acampando no Pico Tucum, ao fundo o Pico Paraná (PR) | Foto: Arquivo pessoal.

Que portinha na Chapada dos Veadeiros a do Pedro Vannucci… | Foto: Arquivo pessoal.

Maurício Resende em sua casinha na Praia do Sono – Paraty (RJ) | Foto: Arquivo pessoal.

Amanhecer na Praia das Cariocas, uma praia de rio no Jalapão. Clique enviado por Thaís Freitas e feito por Mariana Yusim. As amigas que viajaram juntas são autoras do blog Viajadora | Foto: Arquivo pessoal.

Desejando “bons ventos” o Lucas de Lucas Samuel, enviou esse clique pra gente da Casa del Arbol, em Baños no Equador | Foto: Arquivo pessoal.

E essas cores que o Leo Rodolfo Schmitz pegou no acampamento de expedição ao Cerro Marmolejo? (Região de Cajon del Maipo – Chile) | Foto: Arquivo pessoal.

Vista a partir da barraca de Rafael Bicalho Cardoso, na Pedra Bonita – Rio de Janeiro (RJ) | Foto: Arquivo pessoal.

Clique no vulcão Rinjani – Lombok, Indonésia. Ele foi feito pelo viajante Rômulo Goulart Ferreira com uma GoPro Hero 4 Black | Foto: Arquivo pessoal.

Nascer do sol no cume do Morro dos Perdidos, em Tijucas do Sul (PR). Janelinha privilegiada de Vanessa Huf | Foto: Arquivo pessoal.

Vista da “casinha” de Cibele Gomes e Raphael Luna em Trindade – Paraty (RJ) | Foto: Arquivo pessoal.

Grober Alpsee – Alemanha. Olhar de Fayson Merege (@faysonmerege) | Foto: Arquivo pessoal.

Morro das Três Pedras – Bofete (SP) | Foto: Lincoln Santos/Arquivo pessoal.

Blue Mountains National Park – Austrália. Clique de Bruno Marreiro (@bmarreirorj) | Foto: Arquivo pessoal.

Foto tirada em Vegas El Blanquillo, Chile, durante o trekking Ruta Inter-reserva: Altos de Lircay – Parque Inglés | Foto: Bruno Andrade/Arquivo pessoal.

Gilberto Tarasiuk (@gibatarasiuk) enviou a foto que tirou durante um acampamento numa floresta de eucaliptos na cidade de Ponta Grossa, no Paraná | Foto: Arquivo pessoal.

Vista das Ilhas Vigias (RJ) a partir da barraca de Evelin Lessa com sua companheira de mochila, a catiorinha Valentina <3 | Foto: Arquivo pessoal.

Vista a partir da barraca de Gleison Willian de Souza no camping Las Torres – Torres del Paine, Chile | Foto: Arquivo pessoal.

Vista no Camping das Pedras – Itu – SP | Foto: Glenda Ferreira da Silva/Arquivo pessoal.

O Sandro, do canal ‘Nossa Viagem’ enviou este registro da prainha do Gravatá em Florianópolis, durante um wildcamping que fez com a família por lá | Foto: Arquivo pessoal.

– Tem uma foto assim e quer vê-la aqui também? Envie-a para o e-mail [email protected] . O post está construído e agradecemos a todos que participaram e que venham a participar <3

– Informações sobre barracas e outros equipamentos e acessórios para sua aventura podem ser conferidos aqui.


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Blog

Como escolher o melhor cartão de memória para sua GoPro

Mochileiros.com

Publicado

em


Muita gente pergunta qual o cartão MicroSD ideal depois de comprar uma GoPro. E, embora existam alguns requisitos básicos, há alguns pontos que devem ser considerados para escolher um cartão que atenda as suas necessidades. Capacidade, velocidade de gravação de dados, confiabilidade/segurança e custos devem ser levados em conta no momento da da compra, então vamos tirar algumas dúvidas.

A capacidade (ou o tipo de cartão de memória) se divide em duas opções relevantes: SDHC (Secure Digital High Capacity) e SDXC (Secure Digital extended Capacity), a principal diferença entre eles é o limite de 32GB. Os SHDC são encontrados com 32GB e menor capacidade, já os SDXC são praticamente todos de 64GB ou acima disso.

Depois disso, você deve se preocupar com a velocidade de gravação de dados do MicroSD. Para todas as GoPro, nós recomendamos a classe mínima de 10, o que significa que ele grava em uma velocidade mínima de 10MB por segundo. Além disso, cartões novos podem ter uma segunda classificação: UHS (Ultra high Speed) ou VSC (Video Speed Class). Cartões Class 10 terão um C com o número 10 em seu interior, já os UHS terão um U com os números 1 ou 3. O ícone U-1 grava da mesma forma que o Class 10, ou seja, 10MB/segundo. O U-30 grava a 30MB/segundo. Da mesma forma, VSC será classificado com V10, V30, V60 e V90 (atualmente), representando velocidade de gravação de 10MB, 30MB, 60MB e 90MB por segundo, respectivamente. Veja abaixo para uma explicação mais simples:

Gráfico da SD Association | Foto: Divulgação.

Parece muita coisa para lembrar, não é mesmo? Então vamos simplificar.

Se você tem a nova HERO6 ou a Fusion, nós recomendamos um SanDisk Extreme / Extreme Plus / Extreme Pro UHS-I/U3, com capacidade igual ou maior que 32GB, como esse aqui. Há também o Lexar Professional microSDHC UHS-II U3 1000x, exibido acima, que funciona muito bem.

As HERO4 e as novas câmeras capturam vídeos até 4K, então a velocidade da gravação dos dados é tão importante quanto a capacidade para realizar seu vídeo de alta resolução adequadamente. E claro, os MicroSDs mais potentes são compátiveis com todas as HERO e Session das gerações anteriores.

Se você não tem um MicroSD potente em sua câmera, isso prejudicará seu desempenho e pode afetar toda sua funcionalidade. Se você já tem MicroSDs que foram comprados previamente e quer saber se eles são compatíveis com sua GoPro, veja essa tabela de referências.

Foto: Reprodução | Confira a tabela ampliada clicando aqui.

Confira também:

Informações sobre a GoPro Hero6 Black, o mais recente lançamento da marca, aqui.
Boas e mais baratas opções de câmeras de ação (similares à GoPro), aqui.


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Blog

5 perfis do Instagram para inspirar você a viajar de carro

Publicado

em


Quem nunca pensou em largar a rotina e cair na estrada com seu carro? Seja sozinho, com a pessoa amada ou com amigos, uma roadtrip, independente do modelo do carro, ou até mesmo da distancia percorrida, é sempre uma boa pedida e com certeza é um estilo de viagem que fica marcado para um vida inteira.

Para motivar ainda mais você tirar seu carro da garagem e cair nesse mundão, separamos 05 perfis no instagram de pessoas viajando com seus carros.

Eco Durismo

O casal formado por um brasileiro e uma francesa, viajam pelo Brasil em sua kombi 1972. Apesar de ambos trabalharem como freelancers, os dois tentam se virar da forma que da e economizam ao maximo para seguirem na estrada.

 

Thirst Responder 

Dois amigos americanos viajando num caminhão de bombeiros 1988, ja aposentado. A dupla adaptou choppeiras no interior do caminhão e produzem a propria cerveja para se manterem na estrada.

Em seu perfil, é possivel acompanhar por onde passam e com fotos incriveis.

Shurastey or Shuraigow?

Mais uma dupla rodando pelas estradas, so que dessa vez formado por um cara e seu cachorro. Os dois viajam a bordo de um fusquinha guerreiro, que ja rodou alguns paises da América do Sul e agora a ideia é chegar ao Alaska.

Onde Está Willys Road Trip

Um casal de brasileiros a bordo de uma Rural 1969 pelas estradas do Brasil e América Latina. A dupla compartilha fotos de suas aventuras e dicas por onde passam.

2 into the world 

Pra quem é apaixonado por duas rodas, também tem motivos para se inspirar. O casal que ja rodou boa parte da Africa e Asia montados em sua moto, compartilha em seu perfil fotos e videos motivadores para quem quer conhecer o mundo sobre rodas.

 


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Blog

O homem e a montanha

Mochileiros.com

Publicado

em


Por Rodrigo Dallano di Falco*

Me embrenhando pelas trilhas que levam ao topo de uma paisagem montanhosa, vivenciei, entre um passo e outro, um encontro comigo mesmo e com a natureza. Percorrer esse tipo de terreno causa isso na gente. É um misto de medo, curiosidade, descoberta e pequenas conquistas que nos permite entender a importância da subida para alcançar o cume.

“Ao percorrer as trilhas para alcançar o topo de uma serra é possível encontrar, além de belas paisagens, a si mesmo.” – Rodrigo Dallano | Foto: Rodrigo Dallano.

Foto: Rodrigo Dallano.

A montanha é uma escolha e uma escola. Ela me fez compreender o que minha mãe já costumava me dizer, que “somente com esforço se conquista os objetivos e que muitos dos sofrimentos nos ensinam e nos preparam para algo maior”. Foi durante o percurso que aprendi a me ouvir, a escutar meus medos e a entender que havia um tempo certo para enfrentá-los. Foi lá também que aprendi a lidar com as minhas fraquezas, e a buscar forças que eu não imaginava ter. A natureza me abrigou, me ensinou uma porção de coisas sobre a vida e permitiu me conhecer um pouco mais. A singularidade desses momentos coloriram meus olhos com leveza de alma. Uma vez me perguntaram o que eu sentia quando chegava ao meu destino, ao ponto mais alto: “Sinto que sou parte daquilo tudo. Que sou parte da montanha e ela faz parte de de mim. É reencontro.

Foto: Rodrigo Dallano.

*Rodrigo Dallano é fotógrafo e montanhista.
Você pode conferir mais algumas imagens dele logo abaixo e muitas outras no https://www.instagram.com/rfdallano/


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Blog

12 poses fotográficas que todo viajante tem no álbum… ou não!

Mochileiros.com

Publicado

em


Poses… como surgem, do que se alimentam, como se reproduzem?  Quando você menos espera, lá estão elas e ninguém está imune,  quando você se dá conta, já invadiram e se estabeleceram como ervas daninhas em sua timeline.  São fotos com poses que todo viajante acaba fazendo sem se dar conta… ou não!  Vamos a elas:

01 – Pose de Moisés abrindo o Mar Vermelho

Quando você menos espera, na sua timeline passa aquela foto do “Moisés” tentando abrir o Mar Vermelho, o Oceano Atlântico,  o Pacífico, o Mar do Caribe e em uma piscina natural na Chapada dos Veadeiros. Ele quer abrir os caminhos e não se cansa!

2 – Pose com o V da vitória ou “Pose de Gisele”!

A pose da Gisele ganhou vida própria e vira e mexe, aparece possuindo a mão de alguém em algum lugar do planeta, seja numa trilha em Peruíbe, numa cachoeira de Minas Gerais e até no topo do K2.

3 – Pose de meditar ostentação!

Ela é uma variável do Funk ostentação em forma de pose fotográfica! Você não precisa meditar, basta posar. Também não se preocupe em encontrar uma árvore de Bodhi, pode ser feita em qualquer paisagem ou até mesmo na beira da BR…  Senta, let’s go Zen, Bitch e clica!

4 – Pose com animais explorados pela indústria do turismo

Sim!  Essa não é piada e você pode até ficar chateado, mas ela é um mico, que caso você tenha uma, deveria deletar do álbum. SIM, em atrações deste tipo, os animais são dopados para este fim que é: Posar para fotos com turistas e não adianta fazer o papel de “revolts do ego ferido”  pra tentar defender o indefensável.  Animais “selvagens”,  são selvagens e devem estar na selva e não servindo de modelo em atrações turísticas, onde ficam disponíveis o dia todo para serem fotografados ao lado de seres humanos.
Em tempos de destruição do patrimônio natural do planeta, não dá né?  Simplesmente não alimente essa indústria.  Se quiser visitar atrações com animas selvagens, procure santuários e instituições sérias que trabalhem na preservação de espécies ameaçadas.

5 –  “Selfie em…” tomando 90% do quadro da foto

Essa é uma “selfie em… Paris” fazendo pode de Gisele.

Essa é uma selfie em… tomando 90% do quadro “feita em Paris”. 

 6 – Selfie “Duck Face” tomando 90% do quadro na “Selfie em…”

Essa já diminui bastante em 2017, mas continua aparecendo de vez em quando… kkkkk!

 

7- Pose de “Pegajoso National Geographic”

O bicho está lá vivendo a vida dele e o “Pegajoso National Geographic” não se contém.   Esses 2 turistas da foto abaixo ganharam o prêmio “Pegajoso National Geographic” em 2016 na categoria: “Complete idiots!

8 – Book completo na paisagem

Modelar na paisagem é o novo cool… ou não!  Mas seja lá como for, nos grupos de viagem do Facebook a modelagem anda em alta. O lema é “Exploda a joanete, mas não perca a pose”…. 😀

 

09 – Holding hands Couple

A modinha inventada pelo casal instagrâmico Murad Osmann e Natalia Zakharova também invadiu as timelines , mas já mostra sinais de cansaço. – Dica da Lenice Medina

10 – Segurando o cartão postal

Essa é assinatura de turista e aparece cada vez menos nos grupos de viagem, mas ainda tem quem faça.  A garota da segunda foto abaixo decidiu dar uma esculachada… hahahaha!

11 – Hot Dog Legs

As pernas de salsicha também deram o que falar nos instagrams e timelines da vida. Se é com mostarda ou Ketchup isso é o que menos importa…

12 – Ayrton Senna do Brasil

Você não precisa ser o Waldemar Niclevicz, muito menos estar no cume do Everest, basta subir escalaminhando o Morro da Urca ou o Pico do Jaraguá, levante a bandeira e lembre da musiquinha do Ayrton Senna…  É do Brasillll!   Essa tem aparecido pouco, mas sempre dá as caras….

Waldemar Niclevicz no cume do Everest – Foto: Divulgação

Notou alguma nova tendência de poses fotográficas que não entrou na lista? Então deixe a dica nos comentários!


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Blog

Conheça a GoPro Hero6 Black e a nova câmera 360º da marca

Mochileiros.com

Publicado

em


Se você já estava de olho em uma GoPro com certeza vai querer engordar o orçamento para comprar a nova GoPro Hero6 Black que chega com novas resoluções pra deixar a concorrência para trás. Com 4K 60 e 1080p 240, a nova GoPro Hero6 Black volta a ficar isolada no topo das câmeras de ação, já que concorrência vem se aproximando com rapidez como já mostramos aqui em um artigo com as melhores e também mais baratas câmeras de ação.

 

A HERO6 também melhorou muito o alcance dinâmico e a performance com pouca luz e adicionou a capacidade de zoom digital. Confira as configurações e recursos da nova Her6 Black:

  • Alimentada pelo processador projetado pela GoPro, GP1
  • Vídeos em 4K60 e 1080p240
  • Compatível com QuikStories e GoPro App
  • A mais avançada estabilização de imagem de todas as câmeras HERO
  • Novo Zoom Touch
  • 3x mais velocidade de download com Wi-Fi de 5GHz
  • À prova d’água até 10m
  • Compatível com Karma, mounts e acessórios da GoPro
  • Alcance dinâmico e performance em luz baixa melhorados
  • Modo de fotografia RAW e HDR
  • Controle de voz em 10 idiomas
  • GPS, Acelerômetro e Giroscópio
  • WiFi + Bluetooth

Preço: US$ 499,99

 

 

A nova Fusion e a nova Hero6 Black lado a lado – Foto: RAYMOND WONG/MASHABLE

 

GoPro Fusion

Com a habilidade de capturar conteúdo imersivo em resolução 5.2K esférico, a GoPro Fusion chega pra acrescentar uma nova linha de câmeras de 360 graus da marca.  Confira as configurações:

  • Vídeo esférico de 5.2K30 e 3K60
  • Foto esférica de 18MP
  • Compatível com GoPro App
  • OverCapture que torna possível criar vídeos tradicionais a partir da captura 360
  • Estabilização avançada
  • Audio 360
  • À prova d’água até 5m
  • Vídeo Time Lapse + Foto, Night Lapse e Disparo Contínuo
  • Compatível com a maioria dos mounts GoPro
  • Fusion Grip Mount incluso
  • Controle de voz em 10 idiomas
  • GPS, Acelerômetro, Giroscópio e Bússola
  • WiFi + Bluetooth

Preço US$ 699,99

 


Comentários do Facebook

comentários

Continue lendo

Os 10 + vistos do Mês

Log in

Or with username:

Esqueceu a senha?

Ainda não tem uma conta? Cadastro

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Enviando Arquivo…