Entrar na Argentina: documentos, restrições e requisitos

Desde 1º de novembro de 2021 viajantes brasileiros já podem novamente entrar na Argentina e nós estamos acompanhando diariamente as fontes oficiais para manter este post com informações sempre atualizadas. A última atualização foi feita às 10h30 de 24/01/2022.

Confira quais são os documentos e os novos requisitos e trâmites necessários para viajar para Argentina.

Documentos e novos requisitos para entrar na Argentina

A Argentina é um Estado Membro do Mercosul e por este motivo, brasileiros à turismo não precisam de visto e podem entrar no país portando somente o RG.

Segue abaixo a lista atualizada com todos os documentos necessários para viajar pelo território argentino ( lista publicada pelo Governo Argentino, pela página oficial do Turismo Argentino e pelo Consulado Geral do Brasil em Buenos Aires):

  • RG ou passaporte válido – Segue valendo as mesmas regras anteriores à pandemia. O RG deve estar em boas condições de conservação com foto atual (pois caso o documento gere dúvidas, o agente de migração poderá solicitar o passaporte, que precisa estar dentro do prazo de validade).
  • Comprovante do esquema de vacinação contra Covid-19 completo – ou seja, você precisa apresentar o certificado que tomou todas as doses recomendadas de acordo com cada vacina (1 ou 2 doses, dependendo da vacina). A data da última aplicação deve ser de no mínimo 14 dias antes da viagem. ( A Argentina aceita TODAS as vacinas aplicadas no Brasil)
  • Teste PCR negativo para a Covid-19 feito em no máximo 72 horas anteriores ao momento do embarque.
  • Teste PCR entre o 3º a 5º dia de viagem (já em solo argentino). O anúncio do novo requisito a ser cumprido pelos viajantes foi feito pela direção de migração do país no dia 31/12/2021.
  • Seguro Viagem com cobertura para Covid-19 – O seguro viagem é obrigatório e deve ter cobertura especial para COVID-19.
  • Preencher uma declaração jurada online (aqui) 48 horas antes da viagem.

Como contratar um Seguro Viagem com cobertura para COVID-19?

Para contratar seu seguro o ideal é usar um comparador de planos de seguro viagem, pois em um mesmo lugar você irá encontrar informações de diversas seguradoras simultaneamente. Nós fizemos uma pesquisa em todos as plataformas disponíveis no mercado brasileiro e encontramos os menores preços e mais opções de planos e seguradoras no comparador Seguros Promo. Verificamos no site Reclame Aqui que essa plataforma possui nota “Ótimo”, portanto usaremos ela como exemplo.

A primeira coisa a fazer é entrar no site deles (aqui) e logo após abrir a janela, clicar no botão “Aplicar Cupom de Desconto”. Escolha o destino (no caso, América do Sul), as datas de embarque e desembarque no Brasil; preencha os campos com seu nome, e-mail e número de telefone celular e depois clique no botão “pesquisar seguro viagem”.

Assim que abrir a lista com os planos disponíveis, selecione a opção “Cobertura Covid-19” como mostra a imagem abaixo:

Dica importante: Pesquisando na plataforma você irá encontrar planos mais baratos, mas eles não oferecem cobertura especial para COVID-19 e portanto não atendem os requisitos para entrar na Argentina.

Quais são os planos de Seguro Viagem que atendem os requisitos do governo argentino?

Seguem abaixo 3 planos de seguro viagem que preenchem todos os atuais requisitos do governo argentino:

Plano com melhor custo-benefício: Affinity 60 LATAM Promocional COVID-19 SILVER5

Custo de R$ 21 por dia de viagem (ou R$ 17 aplicando Cupom de Desconto)

Este plano da Affinity Seguradora é destinado para viajantes de 0 a 64 anos e oferece cobertura total de US$ 60.000 para Despesas Médicas Hospitalares; cobertura de US$ 5.000 para COVID-19 e US$ 800 para casos de extravio de bagagem. Por se tratar de um plano promocional, oferece um valor maior de cobertura pelo menor preço entre os planos com cobertura especial para COVID-19.

Plano intermediário: CORIS 100 BASIC +COVID19

Custo em média R$ 35 por dia de viagem (ou R$ 28 aplicando Cupom de Desconto

Este plano da seguradora Coris para viajantes de 0 a 70 anos, oferece cobertura de US$ 100.000 para Despesas Médicas Hospitalares e cobertura de US$ 10.000 para COVID-19. O plano também oferece US$ 1.000 para casos de extravio de bagagem e outras coberturas para diversas situações.

Plano mais completo: UA 150 MUNDO (exceto EUA) COVID-19

Custo em média R$ 68 por dia de viagem (ou R$ 55 aplicando Cupom de Desconto

Este plano da seguradora Universal Assistance para viajantes de 0 a 70 anos, oferece cobertura de US$ 150.000 para Despesas Médicas Hospitalares e cobertura de US$ 30.000 para COVID-19 e mais US$ 1.500 para casos de extravio de bagagem e outras coberturas para diversas situações.

IMPORTANTE: Todos os planos citados acima são válidos e cumprem os atuais requisitos para entrar em todos os países da América do Sul.

Nota: Os preço citados acima correspondem a simulação de uma viagem de 28 dias no mês de fevereiro de 2022 para uma pessoa. Esse valor pode variar para mais ou para menos dependendo da cotação do dólar e duração da viagem.

Como aplicar o Cupom de Desconto

Primeiro clique aqui para ativar o cupom e espere abrir o site da Seguros Promo em uma nova janela. Assim que carregar o site, clique no botão “Pegar Cupom de Desconto” que você já irá garantir 15% de desconto. (Muita gente faz a cotação e esquece de aplicar o cupom e assim acaba pagando 15% a mais no seguro.) Preencha o formulário: No campo “destinos” escolha América do Sul, coloque as datas de início e fim de sua viagem, seu nome, e-mail e telefone. Depois clique no botão “Cobertura Covid-19” e escolha um dos planos sugeridos acima ou outro de sua preferência. Pague com boleto ou pix e garanta mais 5% de desconto. Fazendo isso você garante no mínimo 20% de desconto.

Documentos para viajar de carro pela Argentina

Além dos documentos exigidos mencionados neste post, se você fará uma viagem de carro pela Argentina, ou em outro veículo particular como motorhome ou moto deverá carregar com você também:

  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação) dentro da validade, emitida no Brasil.
  • O original do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Se o veículo não estiver no nome de quem vai dirigir, o proprietário precisa assinar uma autorização e registrá-la em cartório.
  • Seguro Carta Verde. Seguro automotivo obrigatório para rodar na Argentina, Uruguai e Paraguai (e também no Brasil, para estrangeiros).

Situação das fronteiras terrestres da Argentina

As fronteiras terrestres mais utilizadas por viajantes brasileiros como Foz do Iguaçu – Puerto Iguazú e Uruguaiana – Paso de Los Libres estão abertas.

Você pode acompanhar os status de todas as fronteiras terrestres da Argentina através deste link.

As fronteiras que aparecem em vermelho, com a palavra “cerrado” seguem fechadas. As que aparecem em laranja, com a frase “conocé más” estão abertas e algumas com algumas restrições. Clicando no link com o nome da fronteira você encontra mais detalhes.

Documentos exigidos para voltar ao Brasil

Desde o dia 20 de dezembro de 2021 o governo brasileiro passou a exigir teste negativo para Covid-19 (via aérea) e comprovante de vacinação (vias aérea e terrestre) para viajantes que desejem entrar no país, o que vale também para cidadãos brasileiros que estejam voltando para casa.
De acordo com a portaria publicada pelo governo,

Quem chega de avião deve apresentar:

  • Comprovante de teste negativo ou ou não detectável para Covid-19:
    teste de antígeno (realizado em até 24 horas anteriores ao momento do embarque) OU teste laboratorial RT-PCR (realizado em até 72 horas anteriores ao momento do embarque).
  • Comprovante, impresso ou em meio eletrônico, do preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante (DSV) (aqui) em, no máximo, 24 horas de antecedência ao embarque para o Brasil.
  • Comprovante de vacinação impresso ou eletrônico (a aplicação da última dose ou dose única deve ter ocorrido, no mínimo, 14 dias antes da data do embarque).

Quem chega via terrestre (através de rodovias) deve apresentar:

  • Comprovante de vacinação impresso ou eletrônico (a aplicação da última dose ou dose única deve ter ocorrido, no mínimo, 14 dias antes da data do embarque).

São válidas para comprovação de vacinação as vacinas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) ou pelas autoridades do país em que o viajante foi imunizado.

Mais detalhes sobre as exigências para entrada no Brasil podem ser conferidas clicando aqui.

A foto que ilustra o post é de autoria do fotógrafo Andrea Leopardi / Unsplash

120 comentários em “Entrar na Argentina: documentos, restrições e requisitos”

  1. Oi Claudia, vou pra Argentina final de fevereiro. Saio de Recife dia 27, porém só chego em Buenos Aires no dia 28. O teste PCR negativo precisa ter 72h antes do embarque em Recife, ou 72h antes da entrada no país?

    O teste precisa ser apresentado em algum momento que chego na conexão do Aeroparque em Buenos Aires , no meu destino final Mar del Plata ou só precisa ser anexado na declaración jurada e não será solicitado?

    Desde já agradeço muito. O post é maravilhoso. Minha primeira viagem e muitas duvidas.

    Responder
    • Oi Hosana!
      Ficamos felizes que o post tenha lhe ajudado, sobretudo numa primeira viagem que marca muito a gente <3. Certeza que será maravilhosa!
      Então, você anexará o teste à declaração e será apresentado no embarque/avião.
      Se você tiver alguma insegurança com relação ao tempo, tente fazer o teste num laboratório que lhe dê o resultado mais rapidamente. Faça uma busca por PCR Express, PCR rápido no Google.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  2. Oi, poderiam me esclarecer uma duvida?
    Irei para a argentina em breve e minha carteira de vacinacao esta em ingles, pois recebi minhas vacinas nos EUA. Eu preciso traduzir parra espanho?

    Obrigado des de ja!

    Responder
  3. Olá,
    Tenho uma dúvida. Já que o teste de farmácia também é PCR feito com cotonete, pode ser feito ao invés do teste de laboratório que é bem mais caro?

    Responder
    • Oi Janice!
      Se o teste for PCR pode ser. Os de farmácia geralmente são os chamados “antígenos”, estes não são aceitos. Tem que ser PCR.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  4. Boa noite, para viajens internas na argentina é preciso fazer testes entre um estado e outro
    E para ir de calafate para ushuaia de buss é possível já que entra em território chileno? e o Chile está fechado.

    Responder
  5. Excelente artigo, mas eu ainda fiquei com dúvidas, a maioria dos sites indicados para o Seguro Viagem não esclarecem quanto a entrada na Argentina ser via terrestre e com veículo particular, a maioria cita “passageiros” e “embarque” e “desembarque”, termos que são “ligados” a entrada via aérea. Gostaria, se possível é claro de uma dica de plano que atende viajantes que entraram via terrestre e com veículo particular. Desde já agradeço e parabéns pelo blog.

    Responder
    • Oi Jean!
      Ficamos contentes que o artigo tenha lhe ajudado.
      De fato, os termos parecem ligados à entrada de avião… Mas a exigência é para quem entra por terra também, então em “embarque” considere a data em que entrará com seu carro no país e “desembarque”, quando sairá. Inclusive algumas pessoas que viajam de carro recomendam considerar a contratação de um dia a mais de seguro para o caso de algum atraso/imprevisto. Todos os seguros apresentados no post atendem a exigência colocada pela Argentina.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  6. Bom dia. Meu marido irá levar nosso filho pra estudar na Argentina no início de fevereiro 2022. Eles 2 precisam fazer o PCR antes de ir com 72h de antecedência e quando meu marido voltar (1 semana ) também deve repetir, mas meu filho que permanecerá lá também deve repetir o PCR?

    Responder
    • Oi Andreia!
      As informações deste post são destinadas a quem vai viajar à Turismo.
      Provavelmente seu filho tem um visto de estudante não? Sugiro que contate a instituição de ensino dele para tirar essa dúvida ou dê uma pesquisada no portal de migração argentino ( https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones). Eles disponibilizaram um endereço de e-mail ( [email protected]) de repente você também pode conseguir alguma informação através dele.
      Abraço.

      Responder
  7. Olá, qual exame é aceito? O feito em posto de saúde, teste rápido de antígeno sars-cov-2 é aceito? Onde fazer teste que aceitem?

    Responder
    • Oi Jessica!
      O teste exigido é o PCR. Este teste também é chamado de RT-PCR ou PCR-RT e é feito em laboratório. Alguns laboratórios entregam resultado mais rápido. Se precisar de rapidez no resultado procure no Google por “PCR express” ou “pcr rapido”.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
    • Olá Thayra!
      Sim, menores de idade também tem que ter um seguro viagem.
      Você pode ficar até 90 dias a turismo na Argentina. Caso vá ficar “vários meses” terá que ver em que categoria (estará a estudo ou trabalho por exemplo) se encaixará para fazer os trâmites para estar em condições legais no país.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  8. Me surgiu uma duvida aqui. Eu entro na Argentina e no mesmo dia deveria seguir viagem para Ushuaia. Continuo c esses planos e faço o teste de pcr (esse novo requisito) entre o 3o e 5o dia já no Ushuaia ou pra circular no país tenho q esperar ? Fazer uma espécie de quarentena? Grata ♥️

    Responder
    • Oi Lisi!
      Você pode seguir seus planos 🙂 Entre o 3º e 5º dia de viagem você faz o teste onde estiver.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  9. Boa noite, Claudia
    Vamos para Buenos Aires em 19/02 e retornamos em 05/03/2022.
    Precisarei de um PCR para entrar na Argentina, entre o 3 e 5 dia, outro PCR e antes de retornar , devo fazer outro, ainda na Argentina?
    Vamos para Ushuaia e El Calafate de avião, sabe me dizer se a companhia aérea vai exigir o PCR e se o feito no Brasil ou o PCR do 3 e 5 dias , será válido? Ou teremos que fazer outro PCR após o 5 dia, somente porque vamos pegar um voo?

    Responder
  10. Boa noite Claúdia. Desculpe o horario
    Estamos def´rias em Foz e queremos voltar ao RGS pela Argentina. Entrar e sair no mesmo dia. Preciso seguro viagem e carta verde pra esta situação? Obrigado

    Responder
    • Olá Ronaldo!
      Para circular pela região de fronteira você precisará do RG (com bom estado de conservação), teste PCR, comprovante de vacinação e Seguro Carta Verde.
      Se você for dar entrada no país precisará cumprir os demais requisitos.
      Abraço e boa viagem pra vocês!

      Responder
    • Olá Cassiana!
      Sim, o PCR é obrigatório (assim como os demais requisitos neste post apresentados) para entrar no país, independente de ser uma viagem curta ou longa.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
    • Oi Tamara!
      Obrigada. Que bom que o artigo lhe ajudou.
      Então, os órgãos oficiais não falam que o PCR precisa estar em outro idioma (que não seja o do país onde ele foi feito), mas geralmente o laboratório (ciente que é para viagem) pode fornecê-lo em inglês ou espanhol.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  11. Vou para Argentina de carro, a minha dúvida é:
    Meu filho de 1 ano também precisa apresentar test negativo de PCR na fronteira? Aquele que tem que ser feito aqui no Brasil dois dias antes.

    Responder
    • Olá Pablo!
      De acordo com o informado na página de migração do governo argentino, sim será preciso apresentar o PCR do bebê além de preencher a ‘Declaração jurada’. “Em caso de menores de idade a declaração deverá ser preenchida por seus representantes legais”. (https://ddjj.migraciones.gob.ar/app/home.php)
      Ainda segundo a página (https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones/ddjj-migraciones), todas as pessoas estrangeiras não residentes que ingressem por motivos turísticos deverão cumprir todos os demais requisitos. Como ainda não existe vacina contra Covid-19 para bebês de 1 ano, pressupomos que exclui-se este requisito.
      Abraço e boa viagem pra vocês!

      Responder
  12. Oi Pessoal

    Tem alguma indicação de laboratório em Foz que faça o teste? E com prazo curto de entrega? Chego em Foz dia 18 e atravesso a feonteira dia 20 cedo.

    Responder
    • Oi Fernanda!
      Não conhecemos laboratórios para indicar, mas numa rápida busca no Google encontrei alguns e um deles fala em resultado em até 48 horas (PCR). Não acredito que haja algum por lá que entregue antes deste prazo, mas vale você dar uma pesquisada. De repente vale ligar na prefeitura de Foz para ver se eles podem indicar algum. O telefone é o 45 3521-1000.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  13. Já vi em alguns sites q está tendo q fazer quarentena obrigatória de 7 dias. Confere mesmo essa informação?

    Responder
    • Oi Paulo!
      As diretrizes têm mudado constantemente e muitos sites não têm conseguido acompanhar.
      No momento a Argentina não exige quarentena obrigatória. “… las personas extranjeras no residentes que ingresen por motivos turísticos deberán presentar esquema de vacunación completo, PCR negativo 72 hs. previas al embarque y un seguro de salud de COVID-19, quedando eximidos de realizar cuarentena. Luego deberán realizarse un test PCR entre el 3er y 5to día del arribo al país.(…)” (trecho da página oficial da migração argentina: https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones/ddjj-migraciones )
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  14. Claudia, você tem alguma dica sobre onde fazer o PCR em Buenos Aires? Vi na internet e encontrei o exame mais barato por R$ 300. Será que encontro por menos? E você sabe se para o retorno para o Brasil é necessário fazer um novo PCR? Obrigado!

    Responder
  15. Olá! Vamos pra Foz na semana que vem e gostaríamos de visitar o lado argentino! Estou eu, meu marido e minha filha de 4 anos. Pelo o que vi vamos precisar apresentar o PCR para os dois adultps (+ comprovação da vacina) não sendo exigido o PCR para a minha filha de 4 anos! Você sabe me informar se tem que ser o PCR mesmo ou se pode ser os testes de farmácia?

    Obrigada!

    Responder
    • Oi Nathalia!
      Para visitar SOMENTE as atrações de fronteira eles irão pedir RG (com bom estado de conservação), teste PCR (sim, tem que ser PCR) e comprovante de vacinação.
      Abraço e boa viagem pra vocês!

      Responder
    • Oi Thaís!
      Não é necessária a 3ª dose para a entrada na Argentina.
      A exigência é do ciclo completo de vacinação contra a Covid-19 (1 ou 2 doses, dependendo da vacina). A 3ª dose é um reforço 🙂
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  16. Olá! Queria confirmar sobre a necessidade do teste PCR entre o 3º e o 5º dia. Em alguns sites dizem que apenas não vacinados devem cumprir esse requisito. E no site apontado como fonte (Clarín) para este requisito diz que “Mientras tanto, a los extranjeros se les va a “pedir esquema completo de vacunación y seguro Covid, más el PCR y la declaración jurada”, então o PCR seria apenas aquele antes da entrada. É certo que vacinados precisam fazer este teste PCR? Quem fiscaliza sobre a realização ou não deste teste extra? No meu caso, pretendo ir de carro e passsar 1 semana em Buenos Aires. Obrigado!

    Responder
  17. Não tenho uma data de retorno, quanto tempo é requisitado para que eu possua o seguro viagem?

    Responder
    • Olá Jefferson!
      Num primeiro momento (como turista, sem necessidade de visto) você pode ficar no país por 90 dias. O seguro é necessário para a totalidade de dias de viagem.
      Abraço. Boa viagem!

      Responder
  18. Olá!

    Sobre os documentos do condutor e do veículo. Sabe dizer se basta apresentar o documento digital no app CARTEIRA DIGITAL?

    Responder
  19. Boa Noite
    Tenho uma viagem para a Argentina no dia 14/01.
    O teste PCR feito em farmácia com laudo em português é aceito na entrada?
    Desde já agradeço.

    Responder
    • Olá Eduardo, o teste correto é o PCR, que também é chamado de RT-PCR ou PCR-RT e é feito em laboratório. Alguns laboratórios entregam resultado mais rápido. Procure no google por “PCR express” ou “pcr rapido”.

      Responder
  20. Pode ser o antígeno ou precisa ser o RT-PCR? Além disso, vamos ficar 3 dias, portanto entendo que aquele teste do 3o ao 5o dia não seja necessário, correto?

    Responder
    • Oi Bruno!
      Provavelmente não precisará, já que o teste deve ser feito entre o 3º e 5º, ou seja, você poderia fazer no 5º dia, mas já não estará mais no país. Mas confesso que é uma suposição.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  21. Boa tarde, eu estudo na argentina desde 2020 mas retornei ao brasil antes de regularizar a documentação no país. como eu consigo uma declaração de que sou residente?

    Responder
    • Oi Victor!
      Se sua documentação não está regularizada provavelmente não vão considerá-lo residente não?
      De qualquer forma acredito que sua instituição de ensino possa ajudá-lo a esclarecer essa dúvida.
      Você também pode tentar contatar o consulado argentino no seu Estado, caso não more em capital ou numa capital que não tenha o consulado. Geralmente eles respondem e-mails e você também pode tentar contato telefônico.
      Abraço.

      Responder
  22. Olá! Boa tarde!

    Tenho uma viagem para Ushuaia com embarque no dia 15/01/22. Hoje, 07/01, encontro-me infectado pela Covid e meu ciclo de 10 dias se encerra em 12/01/22.

    Se meu teste PCR que será feito entre os dias 13 e 14 der negativo, posso embarcar normalmente? Caso ainda aponte positivo, o que devo fazer para provar que já não estou mais doente?

    Obrigado se puderem ajudar!

    Responder
    • Oi Lucas!
      Se seu teste der negativo você pode embarcar normalmente.
      Melhoras. Abraço e boa viagem!

      Responder
    • Oi Christina!
      Até o momento exigem o ciclo completo (1 ou 2 doses, dependendo da vacina). Se a sua vacina é de 2 doses, você já completou o ciclo. Reforço é um complemento 🙂
      Leve em consideração que a última dose deve ter sido aplicada pelo menos 14 dias antes do embarque.
      Abraço e boa viagem!

      Responder
  23. Bom Dia.
    Vamos para Argentina em março, meu filho tem 1 ano, além do teste de PCR, é necessário mais algum documento?

    Responder
    • Olá Marcelo!
      De acordo com o informado na página de migração do governo argentino, sim será preciso apresentar o PCR do bebê além de preencher a ‘Declaração jurada’. “Em caso de menores de idade a declaração deverá ser preenchida por seus representantes legais”. (https://ddjj.migraciones.gob.ar/app/home.php)
      Ainda segundo a página (https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones/ddjj-migraciones), todas as pessoas estrangeiras não residentes que ingressem por motivos turísticos deverão cumprir todos os demais requisitos. Como ainda não existe vacina contra Covid-19 para bebês de 1 ano, pressupomos que exclui-se este requisito.
      Abraço e boa viagem pra vocês!

      Responder
  24. boa tarde!
    Vou levar inha filha de 4 anos (viagem de avião)
    Ela pode entrar somente com o rg ou precisa de alguma carteira de vacinação.Digo está sendo exigido algum documento?

    Responder
    • Olá Sabrina!
      De acordo com o informado na página de migração do governo argentino, será preciso apresentar o PCR da sua filhinha, além de preencher a ‘Declaração jurada’. “Em caso de menores de idade a declaração deverá ser preenchida por seus representantes legais”. (https://ddjj.migraciones.gob.ar/app/home.php)
      Ainda segundo a página (https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones/ddjj-migraciones), todas as pessoas estrangeiras não residentes que ingressem por motivos turísticos deverão cumprir todos os demais requisitos. Como (no Brasil) ainda não existe vacina contra Covid-19 para menores de 5 anos, pressupomos que exclui-se este requisito.
      Abraço e boa viagem pra vocês!

      Responder
  25. Boa noite!!
    Vou ficar 7 dias em Foz e tinha planos de fazer 2 bate-e-volta para visitar a Argentina. É necessário fazer seguro-viagem ou só o teste de PCR mesmo?

    Obrigada 🙂

    Responder
  26. Se estou em Foz do Iguaçu e pretendo apenas fazer uma visita de 1 dia a Puerto Iguazu, é necessário essa burocracia toda? Então é praticamente inviável fazer a visita à cidade do outro lado da fronteira…

    Responder
    • Não. Estes requisitos é pra quem vai dar entrada para viajar pelo país. Pra visitar somente as atrações e comércios de fronteira precisará do RG, teste PCR e comprovante de vacinação.

      Responder
  27. Boa noite , fui pego de surpresa de um convite para ir para Paraguai e Argentina mais minha identidade está vencia até 2019 tem algum modo que poderia entrar ?

    Responder
    • Oi Guilherme!
      A identidade deve estar conservada. Uma alternativa é o passaporte válido.
      Abraço,
      Claudia.

      Responder
  28. Olá, sou mochileira e vou atravessar a fronteira apé de foz a Puerto iguazu, de lá quero ir a rodoviária de puerto e pegar um ônibus para Buenos Aires. Você sabe informar quais a documentações que precisa para embarcar no ônibus da rodoviária de lá? Virei virei a internet procurando informação e não acho 😭😭 Parece que não é só comprar a passagem lá na rodoviária tem uns requisitos

    Responder
    • Oi Mary!
      Você pode atravessar, mas em algum momento terá que “dar entrada oficialmente” no país, num posto de imigração (migración). Em alguns lugares o próprio ônibus pára para que os passageiros façam os procedimentos, em outros o viajante vai até o posto. Infelizmente não tenho a informação de como se dá nessa fronteira especificamente. É interessante que chegando lá você pergunte.
      Sobre os documentos e requisitos, são os que estão nesta matéria.
      Abraço e boa viagem!
      Claudia.

      Responder
  29. Boa tarde

    Pretendo fazer passeio de moto com minha filha de 13 anos. Gostaria de saber se ela precisa de autorização da mãe por escrito pra ingressar no país ? Com relação a covid ela já tomou duas doses de vacina.

    Responder
  30. Olá, vamos viajar em fevereiro pra Argentina. Vamos por Foz do Iguaçu. Gostaria de saber como está o ingresso de crianças no país. Há necessidade de ficar em quarenta? Pois aqui no Brasil ainda não está liberado vacina para menores de 12 anos. E será que este seguro saúde pode ser feito no sábado em algum lugar aí? Pode por gentileza indicar locais que ficam abertos no sábado para fazer o seguro saúde?

    Responder
    • Olá Cassiana!
      Menores de 18 anos ainda não vacinados não precisam mais fazer a quarenta.
      Com relação ao Seguro, a maioria dos viajantes faz a contratação online, o que já gera os documentos digitais, além de canais de comunicação com o site no qual você contratou o serviço que lhe dará suporte sempre que necessário.
      Aqui mesmo neste post há as instruções de como você pode contratar seu seguro online (via site ou celular). Pesquisamos bastante e estas foram as melhores opções que encontramos.

      Infelizmente não conhecemos lugares em Foz do Iguaçu que façam o seguro. Você teria que dar uma pesquisada melhor no Google ou em grupos do Facebook sobre Foz do Iguaçu, por exemplo.

      Abraço e boa viagem pra vocês!
      Claudia.

      Responder
    • Oi Vivian!
      Em nossas pesquisas e contatos feitos com consulado e assessoria de imprensa do Turismo argentino não mencionaram essa necessidade. De qualquer forma iremos checar e assim que tivermos uma resposta acrescentaremos ao post.
      Você também pode perguntar se o laboratório no qual fará o teste fornece o resultado em português e espanhol e se há custo extra para isso. Não havendo, vale a pena ficar com o documento em mãos não é mesmo?
      No aeroporto de Guarulhos há pelo menos duas empresas fazendo os testes (no Terminal 3 – Embarque), a CR Liquor (https://crdiagnosticos.com.br/ ) e o Hospital Israelita Albert Einstein (https://www.einstein.br/Pages/Home.aspx). Não sei se você é de São Paulo ou onde fará seu exame, mas de repente pode pedir informações a uma dessas empresas. A CR tem Whatsapp e o Einstein, atendimento telefônico.
      Bem, pelo menos “negativo para Covid-19” é igual tanto para português quanto para espanhol né? rsrs
      Abraço e boa viagem!
      Claudia.

      Responder
  31. Ola, uma duvida.A vacina jhanssem era dose unica e na sexta feira 17/12 foi liberada 2 dose.Tomei no sabado dia 18/12.Viajo para Argentina e chego no país dia 30/12 isso significa que seräo 13 dias e não 14 dias das segunda dose.Terei que ficar de quarentena por causa de 1 dia?

    Responder
    • Oi Daiana!
      Se a vacina da Janssen era dose única, você teve seu ciclo completo de imunização. O reforço seria um complemento.
      Agora se fosse de outro laboratório (que exige 2 doses para a imunização completa), aí acredito que ficaria à critério do agente da migração liberar ou não a entrada.
      Abraço e boa viagem!
      Claudia.

      Responder
  32. Também estou com dificuldades com o aplicativo Mi Argentina – fiz o cadastro no pc utilizando o passaporte, mas ao baixar o aplicativo, o sistema não aceita letras, somente números, ou seja, não funciona para brasileiros. Já entrei em contato com a embaixada Argentina aqui no Brasil, mas não deram retorno.

    Alguém que tenha ingressado no país sabe dizer como está a exigência do aplicativo?

    Obrigada 🙂
    Júlia

    Responder
  33. Boa noite,
    Pretendemos ir (eu e meus dois filhos) para a Argentina, de carro, na próxima semana (22/12/2021). Porém não estamos conseguindo o comprovante da vacina Covid pelo app Conecte SUS, porque o mesmo foi hackeado.
    Minha dúvida é: Consigo passar pela fronteira apresentando somente a carteirinha de vacinação recebida no momento da tomada da vacina?
    Agradeço desde já…

    Responder
    • Olá Noroaldo!
      Muita gente com essa dúvida, inclusive nós que estamos atrás de mais informações. Hoje mesmo fizemos uma matéria sobre. Está no https://www.mochileiros.com/blog/como-obter-o-comprovante-de-vacinacao-sem-usar-o-conectesus
      Acredito que não haverá problema em apresentar o comprovante impresso/físico da vacina, além de cumprir os demais requisitos. O próprio Consulado da Argentina em São Paulo aconselhou que o comprovante (impresso) seja apresentado. Cuide bem deste e de todos os documentos. É interessante fotografá-lo e ou escaneá-lo e deixar por exemplo, arquivado também no seu e-mail.
      Abraço e boa viagem pra vocês!
      Claudia.

      Responder
    • Oi Robson!
      Em nossas pesquisas e contatos feitos com consulado e assessoria de imprensa do Turismo argentino não mencionaram essa necessidade. Falam sempre em certificado válido emitido pelo país de origem. De qualquer forma iremos checar e assim que tivermos uma resposta acrescentaremos ao post.
      Você também pode perguntar se o laboratório no qual fará o teste fornece o resultado em português e espanhol e se há custo extra para isso. Não havendo, vale a pena ficar com o documento em mãos não é mesmo?
      No aeroporto de Guarulhos há pelo menos duas empresas fazendo os testes (no Terminal 3 – Embarque), a CR Liquor (https://crdiagnosticos.com.br/ ) e o Hospital Israelita Albert Einstein (https://www.einstein.br/Pages/Home.aspx). Não sei se você é de São Paulo ou onde fará seu exame, mas de repente pode pedir informações a uma dessas empresas. A CR tem Whatsapp e o Einstein, atendimento telefônico.
      Bem, pelo menos “negativo para Covid-19” é igual tanto para português quanto para espanhol né? rsrs
      Abraço e boa viagem!
      Claudia.

      Responder
  34. Olá gostaria de uma informação. Vou com meu filho de menor (10 anos), mas ele não irá com o pai dele. Preciso de alguma autorização para ele entrar na pais somente comigo??? Vamos de carro.

    Responder
  35. Boa tarde. Tive a informação de que somente residentes até 50Km de Uruguaiana teriam possibilidade de entrar por esta fronteira. Isto procede?

    Responder
  36. No Brasil esse teste demora para sair o resultado. É válido 72 horas após o exame coletado ou após o resultado? Em Foz, dá pra fazer em algum lugar, existe algum convênio?

    Responder
    • Olá Vinicius, pra rodar somente na região de fronteira, Puerto Iguazú por exemplo, é possível entrar com a CNH ou CNH digital, mas para dar entrada e viajar pelo país você precisa do RG (em bom estado de conservação) ou passaporte, pois são estes os documentos que foram considerados “Documentos de Viagem” no acordo do Mercosul. Nós sempre recomendamos aqui que caso você não tenha uma RG em bom estado de conservação, que leve também o passaporte (válido) pra evitar problemas com os agentes de imigração.

      No site do Portal Consular há um texto citando estes problemas. Vou replicar o texto abaixo:

      Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem

      Como membro do MERCOSUL, a Argentina permite a entrada de cidadãos brasileiros em seu território portando documento de identidade civil, sem necessidade de passaporte. A questão da entrada em território argentino com RG emitido há mais de dez anos é objeto de múltiplas consultas ao Consulado. A exigência de RG emitido há menos de dez anos não consta do Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem. Nos termos do Acordo, o RG brasileiro expedido pelas instituições competentes não tem prazo de validade e é documento hábil para entrada na Argentina. É necessário, no entanto, que o RG esteja 1) em bom estado de conservação e 2) com foto que permita identificar claramente o titular.

      Ainda nos termos do Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem, se houver alguma dúvida sobre a identificação do portador (RG com foto antiga), o agente da imigração poderá solicitar outro documento com foto para esclarecer a identidade (art. 1º – “Caso a fotografia gere dúvidas sobre a identidade do portador do documento, poderá ser solicitado outro documento efetivo para sanar tal circunstância.”) É possível, caso o RG esteja com foto desatualizada mas em bom estado de conservação, argumentar que o procedimento previsto no Acordo do MERCOSUL sobre Documentos de Viagem autoriza o esclarecimento da identidade do viajante com base em outro documento com foto. Mas tal possibilidade será aplicada ou não a critério do agente migratório. Assim sendo, caso o RG conte com foto muito desatualizada, recomenda-se que cidadãos brasileiros solicitem novo documento de viagem (RG ou passaporte) a fim de evitar dissabores.

      Não são aceitos como documento de viagem : Certidão de Nascimento (mesmo para recém nascidos ou para menores de idade) e qualquer outro documento, mesmo aqueles que tenham aceitação como documento de identidade no Brasil, como Carteira Nacional de Habilitação, carteira de identidade de associações profissionais, de Ministérios, inclusive militares, ou emitidos pelos poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário da União e dos Estados.

      Fonte: http://antigoportalconsular.itamaraty.gov.br/seu-destino/argentina#entrada

      Responder
  37. Eu sou argentina e viajo em janeiro de avião preciso de seguro de viajem? Moro no Brasil há 7 anos. Muito grata

    Responder
  38. Oi Tudo bem!! O exame Pcr aceito pode ser o da fármacia ou tem que ser do laboratório?

    Desde já agradeço

    Responder
    • Oi Wladyslaw!
      Pode sim, cumprindo todos os requisitos, sem problemas.
      Abraço e boa viagem!
      Claudia.

      Responder
  39. Ola! Bom dia! Muito bom o post! Obrigado!
    Eu sou argentino, mais moro aqui no Brasil a 6 anos. E vou de carro pra Argentina, com a ideia de cruzar pela Uruguayana-Paso de los Libres.
    A duas semanas atrás um conhecido pasou por lá, mais agora não figura na lista de fronteiras abertas…
    Sabe se tem um limite de vagas por dias? Vou viajar com meu filho de 1 ano, e seria muito ruim ficar lá sem poder cruzar…
    Muito obrigado!

    Responder
  40. Não da de usar o tal Mi Argentina. Precisa de um número CUIL pra criar uma conta. Diz q da pra usar o passaporte, mas no app, pra fazer o login, nao da pra digitar as letras do passaporte. Vou hoje pra Argentina, espero q nao seja realmente necessário, pois já tenho os exames e seguros enviados pelo cadastro juramentado do site do governo argentino.

    Responder
    • Oi Lucas!
      Esperamos que você já esteja aproveitando sua viagem já na Argentina 🙂
      Há algumas reclamações (sobre isso e outras) já nos comentários na Play Store do Google (para quem usa Android).
      Seguramente se não estiver funcionando bem, não será impeditivo para barrar algum viajante que esteja cumprindo todos os demais requisitos. Vamos tentar novamente contato com a migração argentina para saber mais sobre, já que alguns leitores têm tido essa dificuldade.
      Abraço,
      Claudia.

      Responder
    • Oi Raigil!
      Não é preciso Carta Convite para entrar na Argentina.
      Abraço e boa viagem!
      Claudia.

      Responder
  41. Boa noite!
    Excelente post. Parabéns!
    Uma pergunta, quem possui o visto de residência permanente também precisa contratar o seguro viagem com cobertura covid?
    As informações apresentadas nas páginas do governo argentino não deixam isso muito claro.
    Desde já, agradeço pela atenção.

    Responder
    • Oi Jucimar!
      Na nossa interpretação do texto publicado no site oficial da migração argentina, residentes não precisam apresentar seguro de saúde.
      Não residentes que vão ao país fazer turismo sim. Os demais requisitos devem ser cumpridos por todos (residentes e não residentes).
      (1º e 2º parágrafos deste texto: https://www.argentina.gob.ar/interior/migraciones/ddjj-migraciones )
      De qualquer forma, se você vai se sentir mais seguro com essa resposta de algum órgão oficial, tente enviar uma mensagem com essa dúvida para o e-mail [email protected] com cópia para [email protected] (gob de gobierno; gov de governo. São da migração argentina. Entrei em algumas páginas do governo que aparecem com as duas opções gob e gov, não sei se o goV é erro de digitação).
      Se tiver alguma informação nova, por favor publique-a aqui também.
      Abraço,
      Claudia.

      Responder
  42. O PCR é obrigatório apenas via terrestre? Vou de avião de Guarulhos para Buenos Aires no dia 6 de dezembro. O que preciso fazer com clareza por favor. Obrigado Carlos

    Responder
    • Oi Carlos!
      O teste PCR (bem como os demais itens) é(são) obrigatório(s) para qualquer viajante que quiser entrar na Argentina, seja de avião ou por terra.
      Abraço e boa viagem!
      Claudia.

      Responder

Deixe um comentário