Bolívia + Chile + Peru (26 dias - abril/2015) TUDO por 1.600 dólares!

Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
Avatar
Paulinha.Lima16
Mensagens: 94
Registrado em: 21 Jul 2016, 10:39

30 Set 2016, 09:14  

Débora bommm diaaaa [SMILING FACE WITH SMILING EYES]
Acho que vc deveria levar um pouco de dólar por medida de segurança.
Pois se vc não encontrar ATM para sacar grana vai passar aperto ...
Já li relatos que o pessoal não conseguia sacar grana.. abraços e ótima viagem
O mundo é um livro e os que não viajam, leem apenas uma página: Viajar é somar conhecimento, é viver novas culturas, é se encantar pelo mundo

Avatar
rodrigovix
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 485
Registrado em: 14 Jan 2015, 10:32

30 Set 2016, 11:15  

luan.dv escreveu:
rodrigovix escreveu:Essa ida de ônibus (que na verdade é uma van) no esquema que eu fiz te ocupa 3 dias inteiros + 1 dia de comércio aberto para dar tempo de pelo menos fechar tudo numa agência.

Ou seja, você chega em Cusco às 10h (por esse horário já não é mais possível realizar os passeios do Valle Sagrado e nem o City Tour, pois já terão partido), procura uma agência, negocia os valores para a ida à Machu Picchu via hidrelétrica. É preciso especificar pra eles que você não fará ida e volta de um dia pro outro, e sim com um dia de intervalo.

Funciona assim:

Dia 1
- chegar a Cusco e fechar os detalhes pro dia seguinte, por isso a importância de ter tempo hábil para pegar comércio aberto e pesquisar os melhores preços;
- deixar comprada sua passagem noturna pro dia que você voltará pra Cusco e seguirá rumo a Puno/Copacabana.

Dia 2
- deixe seu mochilão guardado na sala de bagagem do seu hostel, levando apenas o necessário na mochila de ataque;
- a van passa cedo pra te pegar , e vocês seguem rumo à hidrelétrica, chegando lá por volta das 13h (há uma pausa no começo da viagem para o café da manhã e outra pausa no final da viagem para o almoço, mas tudo por sua conta);
- chegando à hidrelétrica, você começa sua trilha até Machupicchu Pueblo (popularmente conhecida como Aguas Calientes);
- chega em Aguas Calientes no fim da tarde (a trilha dura em média 3 horas, dependendo do seu ritmo);
- se acomoda no hostel e vai dar uma volta pela cidade. Se for subir até Machu Picchu de ônibus, já pode comprar as passagens para o dia seguinte.

Dia 3
- Acorda bem cedo pra começar a subir a trilha até Machupicchu (formado basicamente por escadas que cortam o caminho por onde sobem os ônibus);
- chega lá pra pegar o parque abrindo, procura teu guia (bom já ter combinado um guia lá quando você fecha o passeio na agência em Cusco) e segue com ele;
- sobe o Huaynapicchu no horário do seu grupo;
- Termina de conhecer o local;
- Desce pra Aguas Calientes, onde irá pernoitar novamente.

Dia 4
- Acorda num horário que dê pra você começar a trilha de retorno à hidrelétrica e chegar lá até as 13h, pois a van estará te esperando para partir às 13h30;
- Volta pra Cusco, chegando lá no início da noite;
- Pega seu mochilão de volta no hostel;
- Embarca pra Copacabana (que no caso acredito que seja embarque pra Puno, e de lá você pega outro ônibus pra Copacabana).



Faala Rodrigo!! ::cool::

Então "acho" que fizemos mais ou menos esse esquema, vou colocar aqui nosso planejamento mais detalhado desses dias pra ver se bate com o que você falou acima:

15º dia
Chegada em Cusco 10h da manhã
Táxi até o hostel
Compramos o Passeio Valle Sagrado (Agência - Transporte e guia)
Compramos ida e volta de van para Aguas Calientes (agência)
Comprar Passagem Cusco> Copacabana para o dia 18/10 saida as 22h
Dormimos em Cusco

16º dia Acordamos Ônibus sai as 8h para o Valle Sagrado
Povoado de Urubanda (almoço)
Povoado de Ollantaytambo
Chinchero
Volta para Cusco por volta das 19h

17º dia Acordamos e partimos para Aguas Calientes
Ônibus sai as 6h p/ à hidrelétrica de Santa Teresa (5h de viagem)
Chegada por volta de 13:40h e inicio da trilha - média de 2:40h de caminhada
hostel Supertramp (1 diária)
Ticket bus subida atá machu picchu
Termino por volta das 10h passeio Machu Picchu
Parque fecha as 17h
Dormimos em Aguas Calientes

18º dia
Acordamos e voltamos para Cusco
Permitida volta até as 13:30h para Hidreletrica > Cusco
Chegada em Cusco por volta das 21:30h
Partida para Copacabana saida as 22h (10h de viagem e pausa em Puno para trocar de onibus)

::tchann::

Estamos viajando ou é isso mesmo?? hehehe ::hahaha::

abração


O seu 17º dia está, na verdade, com 2 dias, Luan.

Veja abaixo:

17º dia Acordamos e partimos para Aguas Calientes
Ônibus sai as 6h p/ à hidrelétrica de Santa Teresa (5h de viagem)
-------------*Estimativa de 7 horas de viagem, na verdade.
Chegada por volta de 13:40h e inicio da trilha - média de 2:40h de caminhada
hostel Supertramp (1 diária)
-------------Aqui termina seu 17º dia.

18º dia Ticket bus subida atá machu picchu
Termino por volta das 10h passeio Machu Picchu
Parque fecha as 17h
Dormimos em Aguas Calientes
-------------Aqui termina seu 18º dia.
Mochileiro?
Então segue lá: www.instagram.com/queridopassaporte

RELATO: Bolívia + Chile + Peru (26 dias) TUDO por 1.600 dólares.

"Viaje. Sem desculpas. Apenas vá."
(Jeff Goins)

Avatar
rodrigovix
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 485
Registrado em: 14 Jan 2015, 10:32

30 Set 2016, 11:17  

Débora L Souza escreveu:Rodrigo e pessoinhas que estão acompanhando o relato e puderem ajudar.

Estava pensando sobre a cotação e reparei que a cotação no cartão de credito é melhor que a cotação de casa de cambio, mesmo com o iof. O dólar usado no cartão é mais baixo que o turismo e acaba compensando o valor do iof.

Estava pensando então em levar um pouco de grana e o resto sacar nos ATMs por la mesmo. Fiz isso uma vez e a taxa que meu cartão cobrou foi de 12 reais. Fiz as contas aqui pelo que comprei nos últimos tempo em dólar no cartão e acho ta valendo a pena, além de juntar pontos no cartão.

Vcs acham que eu to enganada quanto a isso?? :shock: :shock: :shock:


Débora, confesso que não me atentei às questões do cartão porque só o levei pra emergência. Em todos os relatos que eu lia as pessoas diziam que levar dólares em espécie era mais vantajoso. Na dúvida, sugiro um meio termo, porque aí você pode ir se adequando melhor durante a viagem. Eu tinha 90% do dinheiro em dólar, 10% em real e um cartão pra emergência (que não precisei usar). Quanto aos ATMs, são raros os locais/cidades em que você não consegue sacar, pois são todas bem turísticas, mas nunca é bom depender só disso.

Abraço!
Mochileiro?
Então segue lá: www.instagram.com/queridopassaporte

RELATO: Bolívia + Chile + Peru (26 dias) TUDO por 1.600 dólares.

"Viaje. Sem desculpas. Apenas vá."
(Jeff Goins)

Avatar
luan.dv
Mensagens: 49
Registrado em: 23 Jun 2011, 16:07
Localização: São Paulo - Brasil
Contato:

30 Set 2016, 13:21  

rodrigovix escreveu:O seu 17º dia está, na verdade, com 2 dias, Luan.

Veja abaixo:

17º dia Acordamos e partimos para Aguas Calientes
Ônibus sai as 6h p/ à hidrelétrica de Santa Teresa (5h de viagem)
-------------*Estimativa de 7 horas de viagem, na verdade.
Chegada por volta de 13:40h e inicio da trilha - média de 2:40h de caminhada
hostel Supertramp (1 diária)
-------------Aqui termina seu 17º dia.

18º dia Ticket bus subida atá machu picchu
Termino por volta das 10h passeio Machu Picchu
Parque fecha as 17h
Dormimos em Aguas Calientes
-------------Aqui termina seu 18º dia.



Nossa verdade Rodrigo!! ::mmm: ::mmm:

Obrigado pela dica!! bom amanhã partimos haha vou contar com esse 18º dia... ainda bem q não reservamos nenhum hotel nem nada... dai mudamos o final da viagem de acordo com Machu Pichu!! hehe

Muito obrigado mesmoo!

e #partiuuuu ::hahaha:: ::hahaha::
youtube.com/erreioficial
Instagram: @errei

Avatar
Vira lata
Mensagens: 42
Registrado em: 02 Abr 2015, 21:51

01 Out 2016, 00:45  

rodrigovix escreveu:
Débora L Souza escreveu:Rodrigo e pessoinhas que estão acompanhando o relato e puderem ajudar.

Estava pensando sobre a cotação e reparei que a cotação no cartão de credito é melhor que a cotação de casa de cambio, mesmo com o iof. O dólar usado no cartão é mais baixo que o turismo e acaba compensando o valor do iof.

Estava pensando então em levar um pouco de grana e o resto sacar nos ATMs por la mesmo. Fiz isso uma vez e a taxa que meu cartão cobrou foi de 12 reais. Fiz as contas aqui pelo que comprei nos últimos tempo em dólar no cartão e acho ta valendo a pena, além de juntar pontos no cartão.

Vcs acham que eu to enganada quanto a isso?? :shock: :shock: :shock:


Débora, confesso que não me atentei às questões do cartão porque só o levei pra emergência. Em todos os relatos que eu lia as pessoas diziam que levar dólares em espécie era mais vantajoso. Na dúvida, sugiro um meio termo, porque aí você pode ir se adequando melhor durante a viagem. Eu tinha 90% do dinheiro em dólar, 10% em real e um cartão pra emergência (que não precisei usar). Quanto aos ATMs, são raros os locais/cidades em que você não consegue sacar, pois são todas bem turísticas, mas nunca é bom depender só disso.

Abraço!


Preliminarmente, meus parabéns pelo relato, Rodrigo, deve ter dado um trabalhão para escrevê-lo de forma tão caprichosa, minuciosa e divertida. É um verdadeiro manual de instruções, seja para quem irá realizar o roteiro todo, seja para quem irá fazer apenas parte dele, foi muita camaradagem sua!

Eu e minha esposa quase caímos da cadeira assustados quando vimos as fotos dos pães com cara de gente naquele mercado municipal no Peru...kkkk

Como desejo conhecer o Peru e a Bolívia em breve, já anotei várias dicas aqui no meu caderninho...hehehe

Com relação ao que foi mencionado sobre os cartões pela Débora, estive no Chile em setembro, notadamente no Atacama e em Santiago, e saquei do cartão de débito internacional nos caixas que trabalham com sistema Redeplus - que é o sistema do visa - ou seja, a maioria dos caixas que encontrei. A cotação final dos saques ficou entre 178 e 182 pesos chilenos para 1 real, já incluindo os R$ 12,00 cobrados pelo Banco do Brasil por saque, os 4.000 pesos cobrados pelo Banco do Estado do Chile (alguns bancos cobram 4750 pesos por saque), como também os 6,38% do IOF, ou seja, só vi cotação melhor que esta na Agustinas, em Santiago, onde estava 185 pesos chilenos por 1 real. Ressalto que alguns caixas permitem saques de 300.000 pesos chilenos por dia, já outros, 200.000 pesos chilenos por dia, no caixa da farmácia de São Pedro de Atacama, por exemplo, notei que o limite era 200.000. Houve um dia que não consegui sacar por motivos que desconheço, no dia seguinte, sem tomar nenhuma providência ou realizar procedimento diverso, consegui fazer o saque, deve ter sido algum problema temporário na comunicação. Só não consegui pagar nada no cartão de débito internacional, notei que todos os pagamentos que tentei realizar no débito caíram na função de crédito. Ah, em que pese a senha de 6 dígitos, só se digita os 4 primeiros nesses cajeros, cuidado também após selecionar a opção de saque e inserir a senha, pois em seguida aparecerá a opção selecionar produto, sendo que, apesar de o primeiro item na tela ser “cuenta corriente”, o correto é selecionar “extranjeros foreing cliente”, só na tela seguinte que é selecionada a opção "cuenta corriente", apanhei um pouco desses caixas na primeira vez...kkkk

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

03 Out 2016, 09:21  

Vira lata escreveu:
rodrigovix escreveu:
Débora L Souza escreveu:Rodrigo e pessoinhas que estão acompanhando o relato e puderem ajudar.

Estava pensando sobre a cotação e reparei que a cotação no cartão de credito é melhor que a cotação de casa de cambio, mesmo com o iof. O dólar usado no cartão é mais baixo que o turismo e acaba compensando o valor do iof.

Estava pensando então em levar um pouco de grana e o resto sacar nos ATMs por la mesmo. Fiz isso uma vez e a taxa que meu cartão cobrou foi de 12 reais. Fiz as contas aqui pelo que comprei nos últimos tempo em dólar no cartão e acho ta valendo a pena, além de juntar pontos no cartão.

Vcs acham que eu to enganada quanto a isso?? :shock: :shock: :shock:


Débora, confesso que não me atentei às questões do cartão porque só o levei pra emergência. Em todos os relatos que eu lia as pessoas diziam que levar dólares em espécie era mais vantajoso. Na dúvida, sugiro um meio termo, porque aí você pode ir se adequando melhor durante a viagem. Eu tinha 90% do dinheiro em dólar, 10% em real e um cartão pra emergência (que não precisei usar). Quanto aos ATMs, são raros os locais/cidades em que você não consegue sacar, pois são todas bem turísticas, mas nunca é bom depender só disso.

Abraço!


Preliminarmente, meus parabéns pelo relato, Rodrigo, deve ter dado um trabalhão para escrevê-lo de forma tão caprichosa, minuciosa e divertida. É um verdadeiro manual de instruções, seja para quem irá realizar o roteiro todo, seja para quem irá fazer apenas parte dele, foi muita camaradagem sua!

Eu e minha esposa quase caímos da cadeira assustados quando vimos as fotos dos pães com cara de gente naquele mercado municipal no Peru...kkkk

Como desejo conhecer o Peru e a Bolívia em breve, já anotei várias dicas aqui no meu caderninho...hehehe

Com relação ao que foi mencionado sobre os cartões pela Débora, estive no Chile em setembro, notadamente no Atacama e em Santiago, e saquei do cartão de débito internacional nos caixas que trabalham com sistema Redeplus - que é o sistema do visa - ou seja, a maioria dos caixas que encontrei. A cotação final dos saques ficou entre 178 e 182 pesos chilenos para 1 real, já incluindo os R$ 12,00 cobrados pelo Banco do Brasil por saque, os 4.000 pesos cobrados pelo Banco do Estado do Chile (alguns bancos cobram 4750 pesos por saque), como também os 6,38% do IOF, ou seja, só vi cotação melhor que esta na Agustinas, em Santiago, onde estava 185 pesos chilenos por 1 real. Ressalto que alguns caixas permitem saques de 300.000 pesos chilenos por dia, já outros, 200.000 pesos chilenos por dia, no caixa da farmácia de São Pedro de Atacama, por exemplo, notei que o limite era 200.000. Houve um dia que não consegui sacar por motivos que desconheço, no dia seguinte, sem tomar nenhuma providência ou realizar procedimento diverso, consegui fazer o saque, deve ter sido algum problema temporário na comunicação. Só não consegui pagar nada no cartão de débito internacional, notei que todos os pagamentos que tentei realizar no débito caíram na função de crédito. Ah, em que pese a senha de 6 dígitos, só se digita os 4 primeiros nesses cajeros, cuidado também após selecionar a opção de saque e inserir a senha, pois em seguida aparecerá a opção selecionar produto, sendo que, apesar de o primeiro item na tela ser “cuenta corriente”, o correto é selecionar “extranjeros foreing cliente”, só na tela seguinte que é selecionada a opção "cuenta corriente", apanhei um pouco desses caixas na primeira vez...kkkk


Muito obrigada pela informação!! Foi muito util mesmo!!!! ::cool:: ::cool:: ::cool::

Brigada tbm Rodrigo!! :D
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

Avatar
rodrigovix
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 485
Registrado em: 14 Jan 2015, 10:32

05 Out 2016, 13:58  

Pessoal, a Fernanda (Ferzok Arruda) compilou o relato em formato PDF e postou aqui no tópico pra gente (página 47). Como muita gente me pede isso, editei lá na primeira página e disponibilizei pra quem quiser baixar, blz? Abraço! (E obrigado, Fernandinha hehe) ::otemo::
Mochileiro?
Então segue lá: www.instagram.com/queridopassaporte

RELATO: Bolívia + Chile + Peru (26 dias) TUDO por 1.600 dólares.

"Viaje. Sem desculpas. Apenas vá."
(Jeff Goins)

Avatar
Débora L Souza
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Mai 2016, 12:40
Localização: Belo Horizonte, MG

05 Out 2016, 14:16  

Perguntei isso em um topico hoje... :shock:

Valeu!!
Imagem ImagemImagemImagemImagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Para mais fotos e info de viagens segue lá
@oquetragonamala

Relatos:
Mochilão América do Sul Dez/2016: mochilao-de-20-dias-peru-bolivia-chile-muitos-perrengues-e-muita-historia-pra-contar-t140228.html

diegoqm
Mensagens: 3
Registrado em: 15 Out 2016, 15:09

17 Out 2016, 21:27  

relato muito foda!!! vai ajudar muito! agradeço demais,cara! principalmente pelo pdf huahuahuaua

Avatar
rodrigovix
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 485
Registrado em: 14 Jan 2015, 10:32

27 Out 2016, 08:44  

diegoqm escreveu:relato muito foda!!! vai ajudar muito! agradeço demais,cara! principalmente pelo pdf huahuahuaua


Valeu, Diegão! Esse pdf tava faltando mesmo hehe. Abraço!
Mochileiro?
Então segue lá: www.instagram.com/queridopassaporte

RELATO: Bolívia + Chile + Peru (26 dias) TUDO por 1.600 dólares.

"Viaje. Sem desculpas. Apenas vá."
(Jeff Goins)



  •   Informação