Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Todas Atividades

Atualizada automaticamente     

  1. Recentemente
  2. @Daniela Alvarez Essa quem não conhece sou eu.rsrs Não conheço muito o Alentejo, não gosto de interior,só fui a Évora e a Beja.
  3. @Arthur Moraes Que época você vem? Se for no meio do ano pode trazer cadenas da Argentina, pois comprar aqui é caro. Eu não recomendo vir no meio do ano,se nunca dirigiu na neve,deixa isso para quem sabe.Eu não gosto do inverno poluído de Santiago, mas como não postou aonde vai,fica difícil ajudar. A noite de parada é em Córdoba, não na capital, cidade grande com trânsito,mas no entorno,Villa Carlos Paz põe ser uma sugestão já que tem grande infraestrutura hoteleira para o verão.
  4. estou querendo fazer esse roteiro também. a principio estou vendo a partir de 15 de agosto. Se tiver alguém interessado no mesmo período. Insta: glaucia.gb
  5. @D FABIANO Acredita que não conheço Évora? E realmente a região do Douro é uma maravilha. Para o Algarve, quero voltar pra conhecer melhor. Passei rapidamente. Fiquei mais tempo nas praias do Alentejo. Conhece Porto Côvo? Pa-ra-í-so!
  6. @Daniela Alvarez Contou tudo que há em Portugal, menos detalhes do Algarve, Évora e a linha do Douro,que é um dos lugares mais bonitos que já conheci.
  7. Olá!. Como será o mochilão de vocês. Estou indo em agosto.
  8. Hoje
  9. @Arthur S Cardoso nas regiões de alta montanha, principalmente aquelas que não são pavimentadas, a distância não é muito importante. Fiz esse trecho de carro 2 vezes a uns 10 anos atrás, dependendo da época que vai, pode demorar pouco ou muito (se houver queda de barreira nesta estrada), já passei a noite esperando liberarem a pista que teve desmoronamento. Não é só o trecho de Santa Teresa que tem penhascos, na parte asfaltada também tem, foi nesta parte que fiquei uma noite esperando abrir a rodovia.
  10. Indo para o inicio da trilha O Parque Estadual Serra do Mar tem em torno de 322 mil hectáres e é a maior reserva de Mata Atlântica, apesar que muito de sua fauna não existe mais por causa da caça desenfreada que ocorre na região. O parque é dividido em 10 núcleos, onde cada um tem diversas responsabilidades na preservação, e uma dessas responsabilidades é regularizar e cuidar das trilhas do parque. Em Bertioga o trabalho ainda não é o suficiente para dar conta da quantidade de turistas que frequentam as trilhas todos os finais de semana, há diversas trilhas na Serra do Mar que precisam de regularização, para assim ter uma sinalização adequada e um trabalho de consciencialização pela preservação do meio ambiente. Quem sabe com o desenvolvimento do turismo no Brasil, a gente não comece a ter um trabalho mais sério em trilhas que ficam perto de grandes centros urbanos para assim ter um lugar estruturado, apto a receber o turista da melhor forma possível. Com isso, fui em busca de fazer duas trilhas para conhecer a Cachoeira da Pedra Furada e a Cachoeira Light, com a ajuda de um amigo que já a tinha feito e de mais 3 pessoas, adentramos a Serra do Mar. Começando a trilha - Como chegar Há duas maneiras de chegar próximo a entrada da trilha, uma delas é ir de carro até o Km 77 da Rodovia Mogi Bertioga, ali tem uma lanchonete e uma vendinha de frutas, lá você poderá deixar o seu carro estacionado e seguir a pé ate o Km 80. ou Você pode ir até a estação de trem Estudantes em Mogi das Cruzes, ali do lado tem um Terminal de Ônibus onde sai o ônibus E392-MANOEL FEIRREIRA, o ponto final dele será no km 77 e a passagem custa R$4,50. A trilha é bem fechada, então tome cuidado com cobras e aranhas. Dali você terá que caminhar praticamente até o Km 80 pelo acostamento da estrada, praticamente terminando a famosa subida onde começa a Serra do Mar, ali do lado esquerdo começa a trilha para a cachoeira da Pedra Furada e da Light, eu recomendo que vá com alguém que já conheça o local ou com algum guia, pois a trilha tem diversas bifurcações e não há sinalização adequada. A trilha em si é fácil, não há inclinação, se mantendo plana praticamente todo o tempo, o que pode dificultar são as poças de lama no caminho devido as chuvas no local, isso retarda a caminhada, tendo que fazer alguns desvios ou literalmente colocar o pé na lama. O percurso leva em torno de 01 hora ate a Cachoeira Pedra Furada, isso deve dar em torno de 03-04km, e mais 01 hora ate a Cachoeira Light, totalizando uns 08 km, no máximo, não há nenhuma medição oficial da trilha, então é tudo no achismo de trilheiro. Cachoeira da Pedra Furada, o nome já diz tudo né?! Observe a água passando por debaixo da pedra. - Cachoeira da Pedra Furada Para mim, essa cachoeira é mais bonita que a da Light, mas isso é uma opinião minha, o tamanho dela, a força da água, a possibilidade de entrar debaixo da queda d´água , o fato curioso da pedra ser "furada", ter um amplo espaço para descansar, comer e nadar faz com que ela se destaque da Light. Único ponto chato é que dependendo do dia pode ter muita gente no local, acarretando a produção de muito lixo no e barulho, a nossa sorte é que no dia que fomos (sábado) estava vazio, éramos em 05 pessoas somente, conseguindo aproveitar a natureza da melhor forma possível. Cachoeira da Pedra Furada - Cachoeira da Light Para chegar na cachoeira da Light você tem que voltar uns 15 minutos para trás, pegar um desvio e seguir por 45 minutos ate que ela te levará há um ponto da trilha que terá 03 bifurcações, você precisará pegar a da direita, e seguir sempre em frente ate chegar na Cachoeira da Light. Reforço que o ideal é fazer com alguém que já a tenha feito ou caso você tenha experiência em trilhas, leve um mapa para orientação. Segurança sempre vem em primeiro lugar. Na Light tem espaço para acampar e nadar também, mas onde de fato fica a queda da cachoeira, não há espaço para sentar, descansar e comer, já que a mata fica muito próxima e não há pedras o suficiente, ate exploramos a região para tentar encontrar algum ponto para isso, mas não teve jeito, assim ficamos na parte de cima da cachoeira, onde tem algumas pedras e da para você se banhar na água gelada do rio. Cachoeira Light Esse passeio é extremamente válido para fazer um bate volta, só não se esqueça de levar comida e água e sempre olhar a previsão do tempo para evitar dias de chuva, no dia em que fui, no final da tarde deu um forte temporal com muitos raios, o que é extremamente perigoso para quem pratica o trekking na região, a sorte é que já estava dentro do ônibus indo para Mogi das Cruzes. A foto mais bonita do dia Espero que tenham gostado do relato, para qualquer dúvida só mandar mensagem pelas minhas rede sociais, estou presente no Instagram no rafacarvalho33 e no Facebook no Follow The Portuga. FOLLOW ME
  11. Boa Tarde. Sobre o trecho perigoso, cheio de penhascos, e de estrada de chão depois da Cidade de Santa Tereza. Quantos km é esse trecho, e em média quanto tempo leva até a hidrelétrica???
  12. Olá pessoas quem toparia um finalzinho de semana em Ouro Preto? Relembrar nossas raizes mineira E so me chamar no instagram lealhigor
  13. Ola galera! Irei passar 4 dias em Campina Grande. Gostaria de saber informações sobre Hostel mais próximos do IFPB e Restaurantes Populares.
  14. @Luiz KUIK Mano, eu vazo dia 18 provavelmente de La Paz porque depois do Huayna Potosi vou deixar minha agenda meio livre rs Vou te adicionar aqui no whatsapp
  15. Olá... alguém indo para Nova Iorque no começo de Junho? Procuro cia para conhecer a cidade!
  16. Salve Mochileiros, tranquilo? Estarei de férias em outubro, e estou planejando um mochilão passando por Bolívia, Peru e Chile. É meu primeiro mochilão, por isso não queria ir sozinho. Alguém disposto a me acompanhar?
  17. Gostei do roteiro 1! Quais datas vc planeja?
  18. preciso ir a algumas praias tirar fotos para meu trabalho e aproveitar a noite no litoral, alguém que curte fotografias?

  19. Devo estar chegando em Cusco dia 16 ou 17/08 e fico até o dia 29.. Como ta teu roteiro ?
  20. Estou querendo fazer uma viagem curta. de 19 a 23 de junho. Alguém estará por lá nessa data?
  1. Mais Resultados


×
×
  • Criar Novo...