Ir para conteúdo

Todas Atividades

Atualizada automaticamente     

  1. Recentemente
  2. Hoje
  3. @Davi Luis Nenhuma cidade turística na BR 381.Quando vou é de avião,daqui uns dias irei outra vez,pois Confins quase não tem voos internacionais.Terá que desviar um pouco o caminho para ir ao circuito das aguas paulista e ao mineiro,lá sim,poderia encontrar alguma coisa caso não conheça.
  4. O que faço todos os dias,esteja aonde estiver,Rio,Santiago ou Europa.Isso é profissão. Investimento de bolsa pode ser de qualquer lugar,,,só ter talento e aceitar pequenas,ou grandes,perdas. Já encontrei 3 aqui que fazem,inclusive uma menina que estava na tal volta ao mundo,sonho de muitos.
  5. Nunca levo nada despachado e nunca tive tal questionamento. Vou sempre levando quase nada e conforme a necessidade vou comprando pelos lugares que vou passando. Nas últimas vezes que passei pela Suíça idem, ou seja, nunca me questionaram nada quanto a isso. Vai na fé!! abração!
  6. Quero passar por Londres,Roma,Lisboa e Paris ,vou em setembro, bora ?
  7. Estarei de férias em setembro ,será minha segunda eurotrip, qual seu roteiro ?
  8. Olá Bruno! Meu marido e eu vamos dia 02 e retornamos dia 16, porém ainda estamos montando o roteiro direitinho. Vamos nos falando.
  9. Incrível! Parabéns aos envolvidos Em breve, serei eu a trilhar esse caminho.
  10. 3 DIAS EM RAILAY Cheguei em Railay de longboat via Ao Nang! A praia é dividida em Railay east e West e as duas sao ligadas pela walking street… de uma para outra se chega em uns 10 minutos! A maior parte das hospedagens ficam em East… apesar de Railay East não ter praia pra tomar banho eu achei um charme! Reservei um hostel, o unico Hostel de Railay! Blanco Hideout. Fiquei com um pouco de receio pois eram quartos mistos e ja nao tenho muita paciencia e idade pra muitos perrengues 😂 passei 3 noites lá num quarto misto com 6 camas e me custou 1650 bahts ( 240 reais). O hostel tem uma super escadaria pra chegar lá em cima ( eu estava de mochila então foi tranquilo). A estrutura do hostel é legal, com piscina, bar, restaurante… único problema realmente foi o quarto misto que não gosto muito! Primeiro dia chegando no hostel eu não sabia o que iria fazer, me disseram que iria sair naquela tarde um "Party boat" pro passeio das 4 ilhas! Tambem fiquei com receio que fosse ser uma festa meio louca 😂 mas resolvi fazer por 1000 bahts ( 150 reais)... no fim foi otimo! Tinham poucas pessoas ( umas 10), o barco tinha musica, jantar, bebida para vender! Fizemos caiaque e snorkel e descobri a lindeza do mar e do por do sol da tailandia 💙💙💙 o por do sol do barco foi lindo demais! depois do passeio o mesmo pessoal do barco foi jantar e assistir música ao vivo na walking street! A walking street é cheia de barzinhos com música e thai food… No outro dia resolvi não fazer nenhum passeio de barco… fui a pé bem cedinho pra uma das praias da ilha que é Phra Nang Beach.. De Railay East tem uma trilhazinha de uns 10 minutos e a praia é Linda!!!! Fui de manhã… fiquei algumas horas lá… voltei pra "cidade" e de tardezinha fui de novo pra Phra Nang pra ver o por do sol que é lindo de lá! Nesse dia caminhei bastante e conheci praticamente a ilha toda! Resolvi fechar um passeio pro dia seguinte que é Hong Island! Comprei em um quiosque de passeios em Railay East e paguei 1400 baht (205 reais)... No outro dia acordei bem cedo (6h) e fui ver o nascer do sol em Railay east e valeu muito a pena! É lindo! depois Fui para o meu passeio pra Hong Island! A empresa era " sea eagle"... o passeio foi legal… alguns pontos de snorkel… outras paradas em ilhas… almoço incluído… era um grupo enorme ( umas 30 pessoas) então foi uma coisa beeem "turista" mesmo… hora marcada pra sair, ver as ilhas e voltar para o barco! Nesse passeio conheci uns brasileiros que tambem iam pra koh phi phi no dia seguonte… Chegando em Railay fomos comprar nossos tickets pro Ferry no dia seguinte( várias agências vendendo todas por 400 bahts - 60 reais)... Nesse dia a tardinha fui a railay West ver o por do sol que também é famoso! Foi lindo mas tinham algumas nuvens! Fui dormir e sai na manhã seguinte pra Koh Phi Phi!! O Ferry não chega até a praia… então primeiro pegamos um longtail e fazemos a troca pro Ferry em alto mar… Sobre a estrutura de Railay: é uma ilha bem pequena… tem alguns restaurantes… muitas agências de turismo… alguns mini mercadinhos… E só... opções de thai food tem bastante… o preço de uma refeição ( com cerveja 😂) fica em torno de uns 250 bahts (36 reais)... mas senti falta de uma 7eleven na cidade pra comprar outras coisinhas pra comer! Nos mercadinhos de la tem basicamente alcool, salgadinho e amendoim… fiquei 3 dias em Railay e achei que foi de bom tamanho!! De Railay é isso!! Próximo phi phi… 😊
  11. Quem estará em Curitiba nos dia 13/ 03 a 17/03??
  12. Boa noite, pessoal! Vou viajar no meio do ano pra Europa, fazendo imigração em Zurich e vou ficar 38 dias. Pretendo só levar a mala de mão e a mochila. Já fui e fiquei mais ou menos essa quantidade de dias, tive uma imigração tranquila, mas levei a mala despachada. Vocês acham que o sistema de imigração europeu pode implicar com o tempo que eu vou ficar e não estar levando nada despachado ou nem olham isso? obrigada a todos!
  13. Ontem
  14. Ah! Para ir para Phi Phi, você obrigatoriamente tem que passar por Karbi ou Phuket. Recomendo fortemente ir para Krabi ao invés de Phuket, tanto pela cidade ser melhor (com praias como Ao nang ou Railay Beach) como ser mais barato e mais curto o Ferry de lá para Phi Phi
  15. Olá galera! Estarei fazendo um tour pelo Ceará entre os dias 21 de março ao dia 01 de abril. Alguém aí estará neste período? Devo ficar uns dias em Jericoacoara, Fortaleza e Canoa Quebrada. Bora!
  16. Olá Pessoas, estou indo pro Chile ( 6 de março ) e ficarei até o dia 10, depois estarei indo pro Atacama e farei também o Salar de Uyuni onde ficarei até o dia 20/03, então, bora pra essas aventura?
  17. Não mencionei, desculpe. É para terminar em Ushuaia.
  18. Alguem indo para Portugal nessa epoca??
  19. Oie!!! E ai?? vc vai mesmo para portugal??? Estarei la de 09/03 até 20/03.
  20. Voltando a responder e complementando o tópico. Como eu disse em minha mensagem anterior, excluindo o fator 'financeiro', porque viajar por terra ficaria um valor imensamente maior do que de avião, levando em conta os gastos com alimentação, hospedagens, etc.... SIMMMMMMMMMMMMMMMMM, amigo... é POSSÍVEL fazer esse trajeto por terra e nem precisamos ter aulas de geografia para saber disso. Basta vermos as muitas aventuras que são feitas em carros e até mesmo motorhomes. Este trajeto vai custar algo em torno de 15 mil reais, que se dividem em: R$ 1.386 em hoteis; R$ 1.020 com alimentação; R$ 1.360 com pedágios (caso fosse de carro); R$ 3.293,60 de combustível; R$ 5.200 de balsa para carro (da Colômbia para o Panamá, isso se você for de carro). No seu caso (de ônibus), você pode pegar um voo entre os países, com passagem em média de R$ 500 a R$ 800 reais. Fica caro? Simmmmm. Fica caro. Mas a aventura é possível e já vi várias pessoas fazendo. Abração e boa viagem!!!
  21. É possivel sim incluir os dois países numa viagem, e claro, quanto mais dias voce puder ficar melhor será e como voce ainda esta no planejamento, veja a possibilidade de comprar uma passagem multi-destinos, comentei sobre isso logo acima, fazendo isso voce otimiza um pouco o aproveitamento da viagem. Qual o seu foco na Tailândia? Voce quer ver mais sobre os templos? Gastar alguns dias em Bangkok, depois ir para o norte em direçao a Chiang Mai e só depois ir para as praias ao sul, ou voce quer passar uns dois dias em BKK e depois ja ir para o sul curtir as praias? Essa é uma das principais escolhas que voce deverá fazer pois no sul tem praias muito foda dos dois lados da costa, porem se voce for gastar um tempo indo pro norte do país, nao vai dar pra ver muita coisa devido o pouco tempo que tem. Um dos lugares mais conhecidos da Tailândia com certeza é PhiPhi, porém existem outro locais tao bonitos quanto, na costa oposta a PhiPhi voce encontra ilhas como Koh Phangan onde tem as festas full moon party e KohTao. Está ultima tem praias bonitas e um dos melhores lugares do país pra fazer mergulho e com bons preços. Mas pra mim o lugar que mais gostei foi KoLipe, uma ilha pequena ao sul do país, proximo à fronteira com a Malásia. A ilha nao é lotada de turistas como PhiPhi e a agua nao tem como ser mais azul. Talvez voce nem encontre tanta informaçao sobre KoLipe na internet pelo fato dela nao ser tao famosa como PhiPhi, mas sem duvida vale a pena de mais ir ate la. Sobre os destinos citados da Indonésia, talvez com uns 10 dias voce consiga visitar todos eles. De toda forma faça um esboço do seu roteiro colocando os dias que pretende ficar em cada lugar e depois veja se vai caber no tempo que terá disponivel, caso exceda os dias ai tem que começar a fazer os cortes. Os dois países tem praias bonitas, mas se voce puder ir primeiro pra Indonésia acho que seria melhor do que ir pra Tailandia primeiro, porque na minha opiniao as praias da Tailandia sao mais bonitas, daí voce acostuma com o visú de lá e depois chega na Indonésia e pode acabar se decepcionando um pouco ao fazer um comparativo. Nao estou dizendo que lá seja feio (praias), apenas dizendo que na minha opiniao as prais da Tailandia sao mais bonitas.
  22. Bem, acho que depende até que ponto da Patagônia você está querendo chegar, pois se for até Ushuaia vai ser bem mais longe do que se for até a parte norte apenas.
  23. Tem algumas trilhas na Serra do Mar aqui de SP, que tem uma das mais ricas matas atlânticas do Brasil.
  24. 15º dia - 09/01/20 - El Calafate a Geleira Perito Moreno - 160 Km Acordamos cedo pois iríamos fazer o passeio de barco pelas geleiras chamado de Todo Glaciares. Este passeio vai até uns 10 km da geleira Upsala (o que não da para ver quase nada), depois vai ao glaciar Spegazinni, onde agora tem uma estrutura grande com um porto e um restaurante grande onde eles param por mais ou menos uma hora, para depois seguir mais perto do glaciar Spegazinni e por fim iniciar o passeio de volta até o porto Bandera. É mais caro e vai aos mesmo lugares que o passeio Rios de Hielo, não acho que valha a pena. Na verdade, acredito que o passeio sobre a geleira Perito Moreno (mini trecking) deve ser muito mais interessante apesar de ser mais caro. Pegamos o carro alugado em frente a pousada e deixei o Gerson dirigir pois eu estava meio cansado. Mal sabia eu que o carro, um Corsa Classic sedam, estava com a suspensão toda ferrada e dava até medo quando passávamos de 90 Km/h. O Gerson foi bem de boa dirigindo ainda mais por conta do famoso vento patagônico que estava bem presente naquela manhã de sol. Chegamos cedo ao porto e ficamos esperando na porta em segundo atrás de um outro grupo. Entramos no porto e fomos até nosso barco que se chamava Quo Vadis. O barco partiu e de início o passeio é bem entediante até que chegamos a um estreitamento do lago Argentino e começamos a avistar vários tempanos (icebergs em espanhol). Ai começaram as sessões de fotos que eram disputadas pelas dezenas de pessoas do barco que resolveram enfrentar o frio que fazia apesar do sol. Depois de um bom tempo navegando chegamos a uma distancia de mais ou menos 10 Km do glaciar Upsala, o que é muito frustrante principalmente para aqueles que tem câmeras sem um bom zoom. Como eu tenho uma câmera com zoom ótico 50x e 200x no zoom digital, pude fazer algumas fotos, mas nada muito interessante e belo. Em seguida começamos a rumar para a segunda geleira, a Spegazinni. Entramos no fiorde onde ela está e lá tem diversas geleiras menores e também belas. Porém o tempo começou a fechar e a sua beleza foi ofuscada. Antes de chegar na Spegazinni, aportamos numa nova estrutura turística que tem ali, onde pudemos passear por algumas passarelas, ver alguns cartazes explicativos sobre o nome das geleiras e depois de uns 500 m de caminhada, chegar até o enorme restaurante. Eu já pensei que tudo lá deveria ser os "olhos da cara" e me enganei. Na verdade eram mais caros que na cidade sim, mas nada absurdo considerando que tudo ali vinha de barco. Por exemplo, se um refri fosse 5 reais na cidade, lá estava a 6,5 ou 7 reais já convertido claro. Depois de mais ou menos uma hora voltamos para o barco e seguimos até bem perto do paredão de gelo da Spegazinni. O lugar é muito belo e grandioso, mas eu gostaria mesmo é de passear perto do paredão da geleira Perito Moreno. Depois de um belo tempo ao lado da geleira iniciamos o caminho de volta. Na volta fizemos uma grande sessão de fotos em volta de um iceberg muito bonito que estava no caminho. Logo a seguir paramos mais uma vez ao lado de um pequeno bloco de gelo para os marinheiros içarem um pedaço dele para depois servir pequenos pedaços com wiski de variados preços. Eu comprei uma dose de Ballantines que era mais barato. Fui o primeiro a ser servido e a minha galera estava em volta fazendo contagem regressiva enquanto o garçon ia abastecendo o copo. E não é que justo quando ele ia me servir a garrafa escapou da mão dele e derrubou o copo em cima do balcão. hehehehehe. Isso tudo esta filmado, foi muito engraçado. Depois disso todos quiseram tirar uma foto com o copo de wiski com gelo de iceberg que eu tinha comprado. Em seguida o barco continuou a sua volta e eu cochilei ate´. Chegamos ao porto mais ou menos as 16:30 h. Pegamos os carro e seguimos para a geleira Perito Moreno o mais rápido que podíamos, entretanto aquela suspensão do Corsa dava medo. Depois de muitos kms finalmente chegamos às passarelas em frente a geleira e rapidamente fomos passear por elas pois teríamos que entregar o carro até as 19 h. Fizemos uma volta completa, mas tivemos que correr. O que diante de uma beleza hipnotizante daquelas é uma tristeza. Mesmo assim, voltar a ver aquelas imensas paredes de gelo branco e azul é maravilhoso. A gente se sente emocionado diante de tanta beleza. As 18:00 h saímos da geleira antes dos nossos companheiros dos outros carros. Como estávamos com pressa eu peguei o volante para dirigir de volta. Ai eu pude ver porque o Gerson andava mais devagar. O carro estava muito inseguro mesmo. Todavia como tínhamos hora marcada cheguei a pegar 110 km/h na estrada quando haviam retas é claro. Chegamos as 19:05 h e fomos direto abastecer o carro. O problema é que o posto do centro da cidade fechava as 19 h!!!!! Tive de voltar até outro posto cerca de 2 km antes e pegar uma bela fila para poder abastecer. Finalmente, as 20 h!!! consegui entregar o carro. Voltamos para o hostel, pegamos a nossa bagagem e a transferimos para os quartos do outro lado da rua que tínhamos reservado. Depois fomos jantar e dormimos tarde. Foi um dia muito lindo, mas muito intenso tbm. Custos: Passeio Todo Glaciares: R$ 340,00 mais ou menos Entrada do parque dos Glaciares: R$ 70,00 mais ou menos Lanche: 30,00 Combustível para o Corsa: R$ 80,00 mais ou menos Custos aproximados pois não anotei nada neste dia. Fotos mais tarde.
  25. Olá, boa tarde. Sou português e estou a viver no Brasil. Estou a fim de fazer o Trilho dos Andes, iniciando na Venezuela e terminando na Patagónia. Gostava de saber quantos km são no total e mais ou menos a altimetria. Será que vocês me podem facultar essa informação? Ou me dar uma dica onde posso arranjar esse tipo de informação? Carlos Fernandes Obrigado
  26. Galera vou passar alguns dias no rio em abril 16 a 21 alguém aí vai estar por lá?
  1. Mais Resultados


×
×
  • Criar Novo...