Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Todas Atividades

Atualizada automaticamente     

  1. Recentemente
  2. Obrigado pelos esclarecimentos. Pois bem, o Pico do Itapeva e do Baú (esta não fui, mas queria ter conhecido) me chamou muito atenção e eu precisava ir pra lá novamentew só pra esses rtolês porque eu gosto de fazer trilhar (não sei se o Itapeva permite isso). Mas como mesclei os mais diversos modos de visita e turismo acabei que nãoa proveitando comm deveria pela escassez do tempo!
  3. Bom dia! Vou à Europa no final do ano com minha mãe e vamos caminhar muito. Como sei que é inverno no período, qual modelo devo comprar?
  4. @Edgar p Silva Estava esquecendo ainda tem esse outro roteiro; São Thome x contendas x Caxambu x Cruzilia x Traituba x Carrancas. Esse trecho tem bem mais asfalto do que via Cruzilia
  5. Guardei o link junto com teus outros para fazer meu planejamento! Tens colaborado muito com isso.
  6. Seria possível cortar uns 3 cm daquela haste de alumínio para que fique mais fácil de entrar nos 55 cm?
  7. Ola amigos! 

    Sempre tive vontade de conhecer o mundo todo e seus mistérios... porém o medo me paralisa! Estou numa mudança radical em minha vida após uma decepção no casamento. Agora tenho a opção de deixar o Brasil e  morar e trabalhar no México, precisamente em Cancún, porém, tenho dúvida se realmente quero me estabelecer por um tempo.... ou pegar a mochila e desbravar o mundo, sem rumo e sem retorno ( ficar quanto tempo for necessário na estrada, quem sabe por anos).

    Alguém mais com essa vontade?

  8. @Andresa Wendt Dos países citados, a Nova Zelandia e a Australia darão uma baixa na sua grana, lá é realmente muito caro para os nossos padroes. De toda forma, planejando bem voce consegue fazer uma boa trip por lá. Quando iniciei minha RTW comecei pela NZ > AUS e depois parti para o sudeste asiático. Voce nao precisa comprar uma passagem de ida/volta para sair do Brasil e perder a passagem de volta, voce pode comprar por exemplo BRA > NZ e NZ > AUS. Se fizer isso, antes embarcar para a AUS já terá que ter comprado a passagem de saída de lá, o pessoal no checkin vai ti cobrar isso. Na NZ tem algumas empresas de onibus que cruzam o país de ponta a ponta e planejando antecipadamente seu roteiro é possível comprar trechos a partir de NZD1.00, normalmente a Intercity oferecem esse tipo de bilhete bem em conta para o primeiro bilhete emitido para o trecho e depois os valores vao aumentando conforme a venda. Entao o quanto antes voce comprar, mais barato vai pagar. Na Australia nao me recordo de achar nada tao em conta, dependendo de onde estiver e pra onde for voce pode fazer a viagem de trem. Nos outros países da Ásia é tudo muito barato (alimentaçao, transporte, hospedagem, etc). Para deslocamentos aereos existem muitas empresas low cost, mas uma das que tem a melhor malha aerea, abrangendo mais lugares é a Air Asia. Mas dê uma pesquisada na net sobre cia lox cost na Asia que voce encontrará quais as principais cia de cada país.
  9. Oláaaa! Eu e um amigo estamos indo para Porto Seguro no dia 20/05 também. Mas, infelizmente tenho previsão de volta hahah E na verdade estou querendo ir direto para Caraíva, depois Trancoso e Arraial. Você fica por Porto Seguro mesmo?
  10. @Edgar p Silva Só toma cuidado que entre Cruzilia x Traituba tem pouquíssimos pontos de água, apesar que vc vai de Bike. Eu achei o caminho por Luminárias mais bonito, mas pega mais um pouco de asfalto.
  11. legal obrigado, vou dar uma pesquisada aqui nesse de cruzilia
  12. Chego dia 16/5 em Lisboa. Ficarei uma semana e depois outras duas semanas conhecendo outras cidades.
  13. Hoje
  14. Olá, amigos trilheiros, montanhistas e sobrevivêncialistas. Estou criando este espaço para a troca de informações referentes a encontros, eventos e desafios com o tema “sobrevivência”. Além de viajante compulsivo, explorador, trilheiro e montanhista de alta altitude também pratico o bushcraft. Já tenho certa experiência adquirida em carreira militar do exército, tendo aperfeiçoado as técnicas com a Via Radical Brasil, empresa brasileira filiada às internacionais IASA e a SIWA. Seria interessante encontrar amigos com o mesmo interesse e que buscam desenvolver o sobrevivencialismo, seja iniciante básico ou de níveis mais avançados, porque ninguém sabe tanto que não possa aprender e nem sabe tão pouco que não possa ensinar. Desenvolvo a prática do bushcraft durante trilhas, picos (montanhas) no Brasil e também em cachoeiras na região de Paranapiacaba, Biritiba-Mirim, também em linhas férreas como a Funicular entre outras. Ficaria feliz em formar grupos para a prática mateira, roots ao extremo e sem mi-mi-mi. Terei um evento denominado "Desafio Radical" no próximo feriado, dias 3, 4 e 5, mas esse seria só para os colegas que já tem experiência, pois trata-se de imersão na mata com restrição de itens permitidos, sendo somente autorizado dois itens a escolha do sobrevivencialista. O curso é oficializado e certificado com diploma da IASA – International Adventure & Survival Association – e também da SIWA – Survival Instructors World Association, que é uma das maiores Associações de Sobrevivência do mundo e credenciada pela ONU – Organização das Nações Unidas – e registrada pelo Governo da Espanha. A certificação é só para quem conseguir sobreviver e prosperar nos 3 dias 'largado' na mata e também brevetação. Depois desse evento continuo com as trilhas e montanhas, com permanência na mata e desenvolvimento do bushcraft... ahh... lembrando, tudo FREE. Não faço parte de agências, é tudo grátis, sem recursos nenhum, na mais sincera amizade, trocando informações e experiência mateira. Como diria o "Chapolim Colorado".... Sigam-me os bons! rss.
  15. Eu estive em Ushuaia em 2018 e a agência que eu usei para contratar os passeios foi a brasileiros em ushuaia. O preço deles é bem nivelado com os demais (são todos meio parecidos) e o povo fala português. E ainda me deram o transfer de volta ao aeroporto de graça. Apenas 01 detalhe: não compra nada com antecedência. Os preços praticados no site deles é quase o dobro do que eles cobram na loja. Em relação a hotel, não sei dizer. Fiquei em apartamentos alugados via airbnb pois eu queria algo com cozinha. Para mim valeu a pena, ainda mais porque de noite eu podia fazer um lanche em casa mesmo e economizava uma grana. Em Ushuaia a avenida principal é a San Martin, onde ficam as lojas e as agências de turismo (inclusive a brasileiros...). Ela é plana e central, o resto tudo é morro. Então quanto mais perto vc ficar dela menos vai ter que penar na volta para casa. Em relação a dinheiro, eu calculei 30 dólares por dia por refeição, para 2 pessoas. Foi suficiente mas eu não almocei muito lá, já que estava sempre em trilhas, só tomada lanche nas trilhas. As trilhas mais legais que eu fiz são (na minha opinião): 01 - glaciar vinciguerra - nem todas agências oferecem e acontece apenas 01 vez por semana nas que oferecem (na brasileiros é na terça) - são um 25 km ida e volta, mas é tranquilo; 02 - laguna esmeralda - são 14 km ida e volta e muito fácil. Sai todo dia. 03 - parque nacional tierra del fogo - tem diversas trilhas lá dentro. Com certeza não precisa de guias, pois são bem sinalizadas. Pega o transfer na área do porto (tem horário certo de saída e retorno). Tem um restaurante com preço e comida boa lá. Tem ainda o passeio de barco no canal beagle que é legal, para quem gosta, tem o passeio de trem até o parque TDF, que deve ser até legal, mas eu não fui porque é bem caro. Tem o que eles chamam de circuito dos lagos, que na verdade é um passeio de 4x4 até o lago fagnano onde vc desce e faz churrasco. É até legal, mas eu não iria novamente. Foi o que eu fiz. Lá tem um free shop que, para as coisas que eu comprei, tem prçeo melhores do que o de buenos aires,q ue eu achei bem caro. se tiver mais perguntas Christian
  16. Vc tem algumas opções : 1) via Cruzilia: São Thome x Cruzilia x Traituba x Carrancas, praticamente quase tudo em estrada de terra; 2)via Luminárias: São Tomé x São Bento do Abaete x Luminárias x Carrancas (um pouco em rodovia asfaltada) 3)via gruta Sobradinho /cachoeira da lua: São Tomé x cachoeira da lua x Carrancas-Mg (esse roteiro eu não conheço) - informaram-me em São Tomé que esse roteiro é mais complicado pois têm várias bifurcações sem sinalização.
  17. Olá, viajantes! Estou terminando a faculdade e tenho economizado dinheiro há algum tempo para realizar o sonho de desbravar o mundo. Para tanto, estou engatinhando nos primeiros passos de planejamento de uma viagem. A ideia, de início, seria tirar de quatro a seis meses para mochilar pelo menor custo possível (até porque não tenho muita grana) por países como Índia, Nepal, Tailândia, Indonésia, Austrália e Nova Zelândia. Vocês teriam algum buscador de passagens para buscar meios de transportes mais baratos na Ásia e na Oceania? A exemplo do GoEuro e da Rome2Rio... Qualquer dica é muito bem vinda.
  18. Nós que viajamos com dinheiro contado é complicado. A pior coisa que tem é viajar e levar algumas preocupações na bagagem. Viajamos para descansar, refrescar a cabeça, curtir a vida, totalmente imbuído no espírito aventureiro, e vem 1 ou 2 cms para atazanar nossas vidas. Quando viajava de carro para argentina, havia a controvérsia do que a Polícia exigia dos veículos, o que eu fazia: levava tudo (lençol, 2 triângulos, cambao, kit primeiros socorros.....), sabe o que aconteceu comigo....nada. quando via uma blitz da polícia ficava tranquilo. Não tem coisa melhor do que viajar sem problemas! ! Moral da história: se não quer ter preocupações desnecessárias, leve a mochila dentro das especificações, já divulgadas pelas respectivas empresas aéreas, com certeza essa preocupação vocês não terão! Ou leve uma mochila fora das especificações e coloque no orçamento da viagem o custo de despacho se forem exigidas. ...ou leve uma preocupação à mais! ! Sorte a todos!
  19. bom dia pessoal, estou querendo fezer este pedal (sao Thomé a Carrancas, ida e volta) em agosto 2019! gostaria de ver se a a possibilidade de disponibilizar um roteiro como guia para a cicliviagem?
  20. Sim, essa que me referi. Embarquei com ela tanto no Brasil quanto em low costs no exterior e nunca reclamaram do 1 cm a mais na altura e na profundidade. Se colocar no gabarito, acredito que fique imperceptível.
  21. @Eriendson, não deixa de postar as fotos. Como sou fotógrafo, é uma das partes que mais me chama a atenção, pois me coloco no lugar da pessoa que posta, me vejo já viajando, caminhando ....
  22. Blz, agora fiquei mais tranquilo. Cara, mal sei o português, o resto é só enrolação. Grato pela resposta e vou acompanhando seu relato.
  23. Em 2016, meu amigo foi de moto e eu de ônibus, partindo do Acre (Rio Branco), cara, as fotos deles ficaram muito mais lindas que as minhas, pois tinha fotos que ele fez e eu nem vi o local. Obs: Somos fotógrafos. O mês foi de junho, pois queríamos participar do INTI RAYME em Cusco. Ele não teve problemas, pelo contrário, foi show. Meus parabéns a você. Sucesso
  24. Esquece a Itália. É porque fez parte da minha viagem no geral. O caminho acontece entre Portugal e Espanha.
  25. @Alfajorge, bem, vou em 2020, caminho português, ainda não decidido que qual cidade iniciar. Bem, já estou com 60 anos, e devo chegar em Compostela já com 62 anos, pois quero ir lentamente. Você fala que é para fazer caminho mais curto, isso significa que posso ir pernoitando em cidades mais perto, isso é a cada 10 kms ou menos ?
  1. Mais Resultados
×
×
  • Criar Novo...