Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Todas Atividades

Atualizada automaticamente     

  1. Recentemente
  2. @Rezzende Conheci tudo o que relata de Puebla e outros lugares, museus,pois ali fiquei esperando o dia para ir a Cuba,tem razão,bela cidade.
  3. Hoje
  4. Galera procurando pessoas que irão pra Paris no mês de junho/19, alguém???? Wpp:69 992135956

  5. Oi...animo ...tenho férias em outubro...e estou querendo Msm fazer uma viagem pra Argentina. Me add no WhatsApp (92) 992451457
  6. Como voce vai Ester? Quero ir bem nessa data. Nao tenho carro.
  7. Ola, mas tu vai 26 ou 28, nao entendi. E como fica.a grana? Porque sou nova aqui. Na verdade queria ir segunda.
  8. Fiquei muito tempo sem visitar esse site. Peco desculpas as pessoas que acabei nao respondendo. 6 anos depois estou aqui relendo meu proprio relato e vendo como tudo agora esta mais facil com smartphones, UBER, etc! Facam um relato!
  9. Estou em Caraguatatuba e vou amanhã para Ilhabela. Alguém para fazer alguma coisa por lá ou alguma recomendação? Não estou muito por dentro das opções. Pesquiso e fico confuso. Ajuda aí, gente!
  10. Boa noite! Gostaria de saber se alguém conseguiu leva mochila de 40L como bagagem de mão na companhia aérea Azul? Minha mochila é Curtlo Mountaineer 40L+5 , antes da nova regra ridícula, sempre levei comigo sem problema... Vou viajar para Lisboa com conexão em Campinas no mês que vem.
  11. @Nicole Belo seu roteiro é bem ambicioso por causa da distancia a ser percorrida. Dê uma pesquisada nos relatos de viagem da Argentina, talvez consiga alguma informaçao relacionado ao seu itinerario e com isso consiga alguma luz. A Bolivia realmente tem muita coisa interessante pra se ver. O tour no salar de quatro dias é um dos mais completos, onde voce verá o cemitério de trens, ilha de cactus gigantes, o salar, a arvore de pedra, as lagunas, os geyseres, etc. No passeio de um dia voce so verá os tres primeiros que citei. De toda forma nao acho que valha a pena fazer o passeio só de um dia. Sobre o restante da Bolivia, na minha opiniao valeria mais a pena conhecer La Paz e passar uma noite na ilha do sol. Fazendo o tour de quatro dias no salar, no ultimo dia voce apenas vai passar o dia na estrada voltando para Uyuni e chegará na cidade na final da tarde. Existe a possibilidade de voce pegar um onibus ou trem de Uyuni para Oruro ou La Paz, a viagem dura a noite toda. No Peru existem varias outras coisas alem de Macchu Picchu. Dê uma olhada na mountain rainbow e laguna 69. Nao da pra sugerir muitas outras coisas pelo tempo ser curto. Nao faça um cronograma bem apertado pois imprevistos podem ocorrer, coisas do tipo, onibus quebrar na estrada, transporte atrasar bastante pra sair, etc.
  12. lobo_solitário

    Imigração

    Voce nao precisa necessariamente comprovar que retornará para o Brasil. Voce entrando na area do tratado de schengen voce precisa comprovar (se solicitado) que sairá da área dentro do periodo do visto. Ao entrar na Inglaterra a mesma coisa. Ao se dirigir para a India voce tambem poderá ser solicitado comprovante de retorno para o Brasil ou para outro país. Em resumo, é ter meios de comprovar que sairá para outro país dentro do periodo do visto concedido.
  13. notícia boa pra mim... https://abear.com.br/imprensa/agencia-abear/noticias/campanha-de-orientacao-sobre-bagagem-de-mao/ • 8 de maio: Aeroporto Luís Eduardo Magalhães (Salvador/BA) e Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos/SP) Período de orientação ao passageiro: até 22/maio Início da triagem: 23/maio ATUALIZAÇÃO – Atendendo solicitação das administradoras do Aeroporto Luís Eduardo Magalhães e do Aeroporto Internacional de São Paulo, o período de orientação nos sítios aeroportuários em Salvador (BA) e em Guarulhos (SP), respectivamente, será entre os dias 8 e 22 de maio, com início da triagem em 23 de maio. dia 22 já estou em casa pra quem quer saber como está sendo dentro dos aeroportos, esse video mostra como são as caixinhas da vergonha
  14. notícia boa pra mim... https://abear.com.br/imprensa/agencia-abear/noticias/campanha-de-orientacao-sobre-bagagem-de-mao/ • 8 de maio: Aeroporto Luís Eduardo Magalhães (Salvador/BA) e Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos/SP) Período de orientação ao passageiro: até 22/maio Início da triagem: 23/maio ATUALIZAÇÃO – Atendendo solicitação das administradoras do Aeroporto Luís Eduardo Magalhães e do Aeroporto Internacional de São Paulo, o período de orientação nos sítios aeroportuários em Salvador (BA) e em Guarulhos (SP), respectivamente, será entre os dias 8 e 22 de maio, com início da triagem em 23 de maio. dia 22 já estou em casa
  15. Boa noite! Eu vou, mas a partir do dia 27/05 ou talvez posso antecipar para chegar lá no dia 25/05. Uma vez um nativo comentou que dos passeios pelo cerrado, lá era o mais caro. Mas não achei muito. Depende do que você quer fazer e usufruir em termos de comida e bebida. Já encontrei restaurantes com uma comida deliciosa e super prato por menos de R$20,00. É só questão de procurar. Os passeios que exigem guia você pode dividir com outras pessoas (geralmente os próprios guias arrumam). Depois me passa o seu roteiro. Como mencionei, vou em algumas cachoeiras que não são tão frequentes. Caso animar e o dia for compatível, podemos ir juntos e dividir as despesas. Abraço.
  16. Olá, para assuntos sobre hospedagem em Orlando recomendo a Stays Orlando, o atendimento é personalizado e com muitas opções https://staysorlando.com
  17. Como viajar para  Machu Picchu. De moto . Quais rodovias. Pressisarei usar .?

  18. Fala galera, Primeira vez que uso esse fórum, espero obter respostas kkk Tô planejando um mochilão com meu namorado pela América do Sul pela Argentina, Bolívia e Peru, respectivamente. Chego no dia 25 de Julho em Buenos Aires e volto para o Brasil no dia 20 de Agosto, saindo de Lima-Peru. Como vamos para Bolívia após a Argentina, nós optamos pelo roteiro mais ao Norte do país, para assim chegar na Bolívia. O roteiro da Argentina está assim por enquanto: Buenos Aires> Córdoba> Norte da Argentina- Salta e Jujuy. Depois disso iríamos de Salta para La Quiaca e de lá atravessaríamos para Villazon na Bolívia e em seguida iríamos para Uyuni. Mas não encontrei nenhum roteiro indo de Salta para Bolívia, 1) alguém sabe me confirmar se é isso mesmo e me dar mais informações?? Por favor!! 2) Estou muuuito em dúvida em relação aonde ir na Bolívia, pois vi muitos locais incríveis. Primeiramente pensei em Uyuni 3 dias depois La Paz > Copabana/Isla do Sol/ Lago Titicaca e depois Peru! Mas me apaixonei por Potosí, lagunas verde e colorado e gostaria de acrescentá-las ao roteiro mas acho que está apertado para somente 9 dias. Alguém me ajuda?! kkk 3) A ideia inicia era passar 9 dias em cada país, mas isso pode ser alterado! 4) Sobre o Peru, ainda não sei muito, sei que vamos a Cusco, Machu Pichu e Lima! Alguém pode me ajudar! Primeiro mochilão aqui
  19. Quem for viajando com a Forclaz 50 vai colocando aqui a experiência com essas novas regras para ajudar o pessoal que tb tem . Eu não tenho viagem marcada por agora, mas desde 2017 quando veio a cobrança de bagagem sempre viajei com ela tranquilamente, nunca barraram.
  20. Ontem
  21. Segunda, 01 de abril de 2019 – Ciudad de México/Puebla Depois do café fui até a agência de correios pra mandar uns postais. Sempre faço isso. Como trabalho nos Correios aqui, gosto de conhecer os correios de outros países e saber dos funcionários como é trabalhar nos correios deles. Também faço uma comparação com os preços pra enviar um postal e nos países onde o correio é privatizado, como na Argentina, um postal é 6 vezes mais caro que nos outros. No México o preço era similar ao daqui, 14 pesos pra enviar. O prédio central dos correios lá é uma obra de arte também, um palácio muito bonito, perto do Museu de Bellas Artes. Voltei pro hostel, olhei no Booking algumas opções em Puebla mas eram poucos hostels e com poucas referências, reservei um qualquer, fiz check out e peguei o metrô até a estação San Lázaro onde está o terminal TAPO de onde saem os ônibus para Puebla. Tem saídas de outros terminais também mas nesse tinham muitos horários. Por isso comprei a passagem lá na hora mesmo. Tem duas empresas, a AU por 192 pesos e a famosa ADO por 210 pesos. Como é uma viagem rápida de 2 horas não precisa escolher um super ônibus, basta um que te leve pra lá Então fui na AU mas acho que no fim das contas as empresas são do mesmo grupo. Saí meio-dia da CDMX e cheguei às 14h em Puebla. Pelo caminho, paisagens montanhosas bonitas mas sem ver o querido Popocatepetl que tinha explodido de felicidade com a minha presença No terminal de Puebla eu não sabia como ir ao centro então pedi informação e me indicaram ir de Metrobus, um ônibus articulado com estações e faixa exclusiva. Saindo do terminal e indo pra esquerda você chega na estação dele. A passagem custa 8 pesos e é com cartão mas se você não tiver o cartão tem um cara lá na catraca que você paga ele e ele passa o cartão Saiu vazio pois era a estação final mas depois encheu tanto que até ficou difícil pra descer com o mochilão na estação de Analco, que foi onde me indicaram descer. Dali até o centro histórico de Puebla são só 3 quadras. Fui pro hostel mais bizarro da viagem. Leonora Hostal. Diária 250 pesos e não tem café da manhã. Parece um museu. É um casarão dos anos 30 e pra subir pros quartos você passa dentro de um restaurante chique onde as pessoas que frequentam estão todas bem arrumadas e você amigo mochileiro passando ali no meio delas Fiquei sozinho na primeira noite num quarto enorme de 12 camas que mais parecia uma sala de museu mal assombrado Quase não tinham hóspedes lá, vi umas 2 meninas no quarto ao lado e um cara num outro quarto lá. Tem até uma biblioteca assombrada lá Deixei as coisas no locker que é um baú de 700 anos com um ferrolho enferrujado mas que dava pra colocar meu cadeado e fui logo pra rua porque ali tava sinistro Pertinho do hostel achei o restaurante onde comeria nos 2 dias em Puebla, chama El Príncipe e o menu del dia custava 60 pesos com sopa, arroz e enchiladas mais o suco e gelatina. Pra encher a pança satisfeito. A propina é opcional mas eu sempre deixava uns 10% porque é de bom tom… Enfim tava entrando mais na vibe da comida mexicana que, diga-se a parte, é maravilhosa. Geralmente a pimenta vem separada. As enchiladas são apimentadas mas pra mim que gosto de pimenta e já tinha preparado o coração estômago antes da viagem, tava de boa. Depois fui conhecer o zócalo (como ainda não expliquei, o que aqui na América do Sul chamam de Plaza de Armas no México é Zócalo) e a catedral que é muito imponente, muito bonita, pra mim a catedral mais bonita do México com sua gigantesca torre. Puebla é uma cidade colonial muito bonita. Se vocês tão lendo esse relato com atenção vão ver que até agora o bagulho foi meio frenético, então ali no zócalo de Puebla eu comecei a diminuir o ritmo, sentar no banco da praça e tomar um sorvete, observar o movimento, relaxar...Assim foi o resto do dia, bem calmo. Voltei pro hostel por volta de 21h e como tava bem deserto lá, quase sem hóspedes, sem bar, sem nada e com fantasmas rondando fiquei mais de boa, atualizando as coisas na internet (ao menos o wifi era bom) e organizando os tópicos que hoje me permitem escrever esse relato Fui dormir cedo, ou ao menos tentar, porque tinha um quarto coletivo de 12 camas só pra mim e seria uma noite perfeita naquele hostel/museu/Casa da Colina Terça, 02 de abril de 2019 – Puebla/Cholula Como o hostel/Mansão Addams não tem café da manhã fui numa lanchonete no zócalo pra tomar um café bem no estilo mexicano (leia-se almoço). Vem com café, suco, pão e enchiladas por 75 pesos. Enchiladas são panquecas enroladas, recheadas com frango ou outra carne, feijão e bem apimentadinhas Devidamente abastecido, fui até o Mercado de Sabores que é de onde saem os ônibus pra Cholula. Pra chegar eu fui olhando no mapa, porque sempre baixo mapas offline do Google Maps antes de viajar. Acho muito prático e você deve fazer o mesmo. Tem muita gente que tem dificuldade com mapas, não é meu caso que formei em geografia e acho que mapas são muito simples, mas se você não tiver intimidade com mapas, vá perguntando que os mexicanos são gente boa e vão te orientando Atrás do Mercado tem tipo uma garagem com uma salinha de espera e é de lá que saem os ônibus pra Cholula. Custa 7,50 pesos, bem baratinho. Pra descer em Cholula depois de uns 20 minutos você pode se orientar pelo mapa offline, por noção mesmo afinal você vai ver a igreja lá no alto do morro e dá pra ter uma ideia se já é hora de descer ou perguntando o motorista mesmo Desci a umas 2 quadras da praça principal, tem uma igreja lá, uns esquilos, umas poucas pessoas afinal ainda era cedo e a vida no México começa a bombar depois das 10 horas. Não tinha muitos turistas também, creio que boa parte deles fazem um bate-volta a partir da CDMX e ainda era cedo pra eles chegarem. Pra ir pra Zona Arqueológica é bem perto da praça, novamente vá pelo mapa, por noção ou perguntando, lá é pequeno e não tem erro. Pra subir na igreja ou pra ir no museu é grátis. A única coisa que paga é pra entrar nos túneis subterrâneos, os mesmos 75 pesos de sempre. A igreja é pequena, no alto do morro, com uma vista bonita da cidade, mas o que mais me empolgava antes de ir eram aquelas fotos fodásticas com o Popocatepetl ao fundo e, como andava dizendo desde o início, um dia antes da minha viagem o Popo explodiu de emoção ao saber que eu ia pra lá e o governo do México até aumentou o índice de atenção com erupções. Por isso tava tudo branco de cinza, não dava pra ver o vulcão e isso me fez perder muito o tesão no passeio. Eu adoro montanhas!! Lá embaixo tem a entrada da zona arqueológica, paguei a entrada e percorri os túneis. É até interessante mas são túneis feitos pelos arqueólogos pra exploração do interior da pirâmide. Particularmente achei fraquinho. Depois fui ao museu que é grátis e esse sim bem mais interessante e terminei num pátio na base da pirâmide, com acesso pelo mesmo ingresso dos túneis. A quem interessar, pode voltar pra Puebla num trem turístico que sai 3 vezes ao dia por 60 pesos. Eu não interessava e também o trem tinha saído meio-dia, já era quase 13h e o próximo era acho que só às 17h. Voltei pra região de onde desci do ônibus pra embarcar de volta, passou uma van dizendo que ia pro Mercado de Sabores e fui nela, ainda mais barata por 6 pesos. Nessa van comecei a reparar um costume dos mexicanos que veria muito dali pra frente: a cordialidade de dar bom dia/boa tarde a todos os demais que estão na van Chegando em Puebla fui de novo no mesmo restaurante do dia anterior onde também já tinha notado outra cordialidade louvável dos mexicanos: ao ir embora do restaurante depois de comerem eles tem o hábito de desejar “provecho” aos demais que ficaram comendo Fiquei mais um tempo de bobeira sentado na praça de Puebla, que é uma cidade turística mas com bem menos turistas que a CDMX. Lá tem esses ônibus de 2 andares pra turistas e como eu já não tinha mais nada pra fazer na cidade pensei: por que não? Tem um ônibus velho tipo jardineira que faz os bairros antigos por 60 pesos, o turístico normal de 65 pesos e esse mesmo turístico que dali a pouco ia fazer um passeio estendendo até a Estrella de Puebla, uma roda gigante bem gigante (não diga) e bem famosa por lá por 120 pesos já com a entrada na roda gigante. Resolvi ir nesse. O ônibus foi bem vazio, 3 mulheres mexicanas de Monterrey, uma mulher com duas filhas adolescentes acho que mexicanas também e eu Aquela velha história de ônibus turístico que vai andando e falando dos lugares. Quando chega na parte moderna da cidade está a Estrella de Puebla. Em cada gaiola da roda gigante vão 6 pessoas, eu fui com as mulheres de Monterrey e um casalzinho de mexicanos também. Ela roda bem devagar, é mais voltada pra contemplação da cidade do que pra diversão. Já era noite e gostei da vista da cidade iluminada mas deu vontade de ver durante o dia ou ao anoitecer. A volta completa na roda leva uns 15 minutos. Voltamos pegando um pouquinho de trânsito e comi um crepe na praça me despedindo da linda Puebla. No hostel tinha chegado no quarto um mexicano viajando a trabalho e um casal que não sei de onde mas falavam espanhol e eram bem mais velhos tipo sessentões. Bom que se o fantasma da casa Winchester aparecesse essa noite ele ia ter mais opções de ataque além de mim
  22. Então cara, é foda mesmo... Não vou te dar nenhum conselho maluco pq quem tem se responsabilizar pela próprias loucuras é a própria pessoa. Ir com a Forclaz 50 é arriscado, principalmente se tratando da Latam. Mas dependendo de quando vc for sair daqui e do aeroporto, eles ainda não vão estar cobrando, só educando os passageiros, então, faz uma pesquisa e veja isso, que aí vc paga só metade desse valor.
  23. Olá pessoal, sou uma mochileira atrás de alguém pra da uma volta comigo para Jeri, Canoa e para o parque aquático que tem em Fortaleza. Irei viajar no dia 06/06 e voltarei no dia 15/06.
  24. Quando comecei a pesquisar los roques tinha pouquinhas informações sobre. Era um sonho antigo. Entrei num grupo de whats específico de los roques e mesmo lá tínhamos poucas informações. Fui em agosto 2018, em crise vigente. Foi uma viagem maravilhosa. Resolvi postar meu relato pela dificuldade de encontrar informações. Parte I Vôo manaus-maquetia - mais seguro que terra/ estadia maquetia e segurança do Miguel: Los roques Voo Manaus para maquetia empresa avior 1050 reais por pessoa em media (quanto antes comprar melhor). Voos em dias específicos. Comprei com Bruno (69) 99249-6756‬ (para não precisar apresentar o cartão de crédito um dia antes na companhia aérea em Manaus. Requisito da avior). Parcelei em 10x em qualquer cartão. Tem voos de copa também do Brasil para maquetia, mas é mais caro e tem escala no Panamá. Vôo Manaus/Caracas saída às 08:00/chegada às 10:45. Vôo Caracas/Manaus saída às 17:00/chegada às 19:50. Mao/Ccs:terça/quinta e domingo Ccs/Mao:segunda/quarta e sábado Voo maquetia - los roques com segurança do Miguel ‭+58 4141307231‬ . Que compra passagem antecipada, inclui assistência de embarque e desembarque, serviço de transporte ao hotel em maquetia ida e volta. Ele já reserva o hotel e paga. E leva para comer se pedir. 270 dólares por pessoa (passagem e serviço dele). Tem dois voos diários saindo de los roques e maquetia. As 8 e as 17hs. Hotel em maquetia - Miramar suítes diária 20 dólares. Se necessitar pernoitar em maquetia. Ficamos uma na ida e outra na volta. Sugestão: se quiser comer fora do hotel só aceita em bolívares. O Miguel paga no cartão dele e você paga em dólar para ele na cotação do dia. O mesmo no hotel, só aceita em bolívares. Miguel paga sua despesa e você da em dólar para ele. Parte II: vila e pousada. Los roques é uma cidade pequena. Pe no chão. Não tem carros passando. É tranquilo. É aquela cidade que vc vivência a simplicidade. Vc compreende que não precisa de muito para viver feliz. Como dizem os venezuelanos: “é o único lugar tranquilo na venezuela”. A Crise demorou a chegar lá. Pousadas em los roques: As pousadas possuem sistema de alimentação completa. Café, almoço e janta. O almoço, vai num isopor com suco, refri, cerveja se quiser, salgadinho, sanduíche ou massa, pois vc passa o dia visitando ilhas em passeios de barco. Fui por indicação da melhor alimentação e era a mais barata que encontrei. Pousada casa de sol. 35 dólares por dia por pessoa com café e janta. Não fechei almoço, pois compramos no Brasil salame, pate, torradas, biscoitos e já sabíamos que iríamos comer nos passeios com chichi que falarei logo mais. Pousada casa de sol é econômica, simples. É completa. Você se sente em casa. Os dois José e sol são uma simpatia. Sol faz o café da manhã com arepas, bolo, omelete, pães, geleia, manteiga, sucos e café. José prepara o jantar com maestria. Cada dia uma surpresa. Comemos peixes, saladas, risoto, batatas, ceviche, creme de lagosta e outras coisas gostosas e inesquecíveis. O quarto é limpo. Tem Tv a cabo. ‭ +58 4143032261‬ José da casa de sol. Tem varias outras pousadas, as mais caras como natura viva, caracol, Malubu que é cerca de 145 dólares dia por pessoa. Caríssima. E não vi pela aparência tanta diferença. Corsária é em média 70 dólares por dia por pessoa com café, cava e janta. É de um brasileiro, que se chama Fábio. Ele parcela. E já fecha com voo maquetia los roques. Em média 5000 reais 7 dias com voo e alimentação. E outras mais em conta que são de venezuelanos, que podem ser pesquisadas na hora que chega em los roques. Outras acuarela, guaripete, paraíso azul, cayo y Luna, Galápagos, lagunita. Procure a cotação em seus Instagram. Acuarela e lagunita você consegue parcelar pelo airbnb, é cerca de 45 dólares o dia por pessoa com café e janta. Parte III passeios e dicas gerais Passeios para as ilhas. Durante o dia você visita às ilhas. Tem duas formas de conhecer as ilhas. Pela cooperativa. Você fecha a ilha e ele te leva. Ou você faz o passei com um barqueiro. Aí entra o chichi. É um barqueiro diferenciado. Te leva as ilhas, faz snorquel com vc. Te mostra por snorquel tubarão, polvo, lagosta, peixes, tartarugas, arraia, estrelas do mar e toda a vida marinha. Ele pesca o peixe e assa na hora. Faz ceviche de pescado, polvo, moluscos. Comemos ceviche de polvo que é uma delícia. E provamos ceviche de botuto, daquele concha grande. Nem sabia que se comia isso. É delicioso. Algumas bebidas são difíceis de conseguir na ilha. Se puder levar ingredientes para fazer caipirinha Chichi prepara maravilhosamente bem. Venezuela não tem açúcar. Leve. Pega a lagosta e te prepara na hora. Sério.. imagina isso na hora saindo do mar????? E o tanto de estrela do mar!!! . São lindas . Vimos tartaruguinhas nascendo e saindo do buraco. Resgatamos e levamos para o local onde cuidam delas para crescerem e devolverem ao mar. Os outros banqueiros não fazem isso. Ele, sua esposa e o genro são uma simpatia. Passeio com o chichi - 6 dias. Gastamos 230 dólares para duas pessoas. Um casal que conhecemos gastou 370 dólares em 10 dias. O cálculo depende da distância das ilhas. O chichi escolhe o passeio do dia, pois depende da maré, do tempo. Mas com o chichi fica mais barato com certeza. Ele visita três pelo preço de uma e faz tudo com você, sem contar a culinária top. Chichi ‭+58 4148372930‬ atras da praia de franciscy tem uma santa nos fundos do mar. Tem um carinha que te levar lá e te aluga o Snorquel. Com o Chichi não precisa. Ele tem equipamento de snorquel. Restaurantes: é difícil em los roques. Tem um pequeno ao lado da igreja e outro ao lado da cooperativa dos barqueiros. É bom para comer um ceviche, ou tartar. Como todos os turistas fecham sistema de alimentação é difícil restaurantes por lá. Praia que tem restaurante é francisky e é proporcionalmente caro. Tem um bar ao lado da cooperativa dos pescadores .. da para tomar uma cervejinha ou caipirinha e bater um papo. Compras: sol da casa de sol que ficamos paga com seu cartão o mercado e nós pagamos para ela em dólar. Ela faz isso para todos os turistas. E faz a melhor cotação. Cerveja é cerca de 1 dólar a lata. O mercado tem cervejas, refrigerantes, água mineral, biscoitos, salgadinhos. Em outros dois dias para os passeios e no dia do retorno comprei macarrão, molho de tomate, atum, presunto, queijo. José preparou um macarrão delicioso para levar ao passeio e no dia do retorno. Comíamos tanto com chichi nos passeios que realmente não compensou fechar almoço.. chegávamos cheios até para jantar. Leve muito protetor solar. Cerca de um tubo para 2-3 dias para duas pessoas. Wi-Fi. Não tinha na pousada. Livre tem na praça central. Ideal ficar 10 dias. Fiquei 6 e já valeu a pena. Por do sol: em frente à igreja Caridade: Venezuela passa por uma situação difícil, então é difícil conseguir pasta de dente, açúcar, shampoo, roupas com proteção solar. Remédios para dor de cabeça, do estomago. Levamos para doar para eles da ilha. Não custa nada perguntar se precisam de algo. Chichi, José e Miguel são pessoas maravilhosas que merecem esses regalos do Brasil! Oba: Não fiz megulho com cilindro e nem kite. Estava fora do período dos ventos. E o preço do mergulho era elevado. Aproveitem!!
  25. Tenho uma dessa também. Estou no Chile e antes de vir, tirei o ferro que fica na parte de trás. Passou como bagagem de mão tanto na Gol quanto na LAN Chile e ninguém perguntou nada. Não sei se foi sorte, mas também não a trouxe abarrotada de coisas, tem espaço com folga na parte de cima. Kkkkkkk
  26. Fischerino

    Imigração

    Olá , desejo ir pra Portugal , depois para Inglaterra e depois índia e preciso saber se terei problemas na imigração por não ter passagem de volta pro Brasil
  27. Estou passando alguns dias aqui em Pajuçara e estou adorando o lugar, nao conheci outros ainda alem daqui das redondezas, que faço caminhando. A infra-estrutura deixou nada a desejar para alguns dias ate agora. Tem mercado, feirinha, bancos, restaurante, acai. Coco gelado por toda parte. Ha pessoas abordando para os passeios a outras praias por toda a orla. Farei um amanha para a Sao Miguel dos MIlagres, que segundo dizem esta ate melhor que Maragogi.t Ha o risco das aguas-vivas, aconteceu com meu amigo que viaja comigo, entretanto a pomada hipoglos resolveu o problema dele, apos algum ardor, eh claro. Recomendo o local, eh bem bonito!
  28. Me chamem no whatsapp 11 97397-3742. Não estou conseguindo adicionar vocês.
  1. Mais Resultados
×
×
  • Criar Novo...