Ir para conteúdo

Líderes

Conteúdo Popular

Exibindo conteúdo com a maior reputação em 30-09-2018 em todas áreas

  1. @Felipepamplona Não fiz viagens tão longas assim, fiz no máximo 90 dias, foram 10 viagens(América do sul). Fiz toda América de sul de carro ou mochila. Realizei os principais trekkings, andei uns 160.000 de carro, conheci 3 países de mochila (Venezuela, Colômbia e Equador), portanto poderia acontecer tudo comigo e minha esposa. Não fiz seguro saúde em nenhuma dessas viagens, mas tomei muitas precauções antes das viagens(exames médicos/odontológicos) e durante(não comia em lugares que não sentia segurança, não me expunha a riscos desnecessários, preocupava com segurança, higiene..
    2 pontos
  2. @Felipepamplona Esse tipo de coisa é aquele barato que pode sair bem caro depois, uma economia burra! O seguro voce paga pra nao precisar de usar mas da graças Deus que tem quando precisa aciona-lo. Existem muitas empresas no mercado, muitos tipos de coberturas, muitos cupons de desconto, etc.. entao pesquisando bem e chorando um desconto voce pode conseguir um bom preço. Pode ser que vc viaje e nao precise acionar o seguro, mas pode acontecer de precisar aciona-lo logo nos primeiros dias de viagem. Se contratar o seguro vai diminuir 1 ou 2 meses de viagem, se vc precisar ir ao medico e
    2 pontos
  3. Essa viagem foi a mais requisitada de todos pra ter o relato, então vergonhosamente depois de 2 meses vou começar ! kkkkkkkk Fizemos essa viagem com 5 pessoas: Eu, minha mãe, uma amiga minha (Mariana) que tinha conhecido em Itacaré em outra viagem e mais 2 meninas (Bruna e Lais) que, por intermédio do mochileiros, resolveram ir com a gente !! E que grupo delícia ! Funcionou tudo perfeitamente! No link AQUI a planilha com o roteiro que definimos, as hospedagens que ficamos (tem também contato e preço de outras hospedagens que procuramos), uma lista de lugares pra ir, e algumas informações
    1 ponto
  4. Salvador a Maragogi sem carro (24 dias) Fotos no final do post Decidi escrever este relato por não ter visto muita gente fazendo este percurso sem carro. O transporte público nesta região não é muito bom, mas é possível conhecer tudo, apesar de levar um pouco mais de tempo. Não vou falar muito dos destinos porque existem já vários relatos aqui. Quero dar as dicas de transporte e as impressões gerais das hospedagens. Cabe dizer que o litoral norte de Alagoas continua um dos mais bonitos do mundo. Comecei a viagem sozinho - as hospedagens em Salvador e Praia do Forte são para u
    1 ponto
  5. Olá mochileiros! Vim deixar minha contribuição com a página depois de tanto usar as informações aqui encontradas para montar meu mochilão. Viajei do dia 17/04/2018 a 05/05/2018; as informações de valores estão em Reais, Pesos Chilenos e Pesos Argentinos; Locais visitados: >Santiago: 6 dias+1 na volta >Valpo+Viña: bate e volta de Santiago >Pucón: 3 dias >Puerto Varas: 3 dias >Bariloche: 4 dias Passagem aérea Aerolineas Argentinas: CWB/AEP/SCL por R$ 860,00 Maiores detalhes estão no arquivo anexo Orçamento Viagem Patagônia.xlsx
    1 ponto
  6. Para os sem destinos, pessoal estou pensando em fazer um grupo e alugar uma casa em alguma praia pro feriado, se juntarmos uma galera da pra pegar um lugar muito bacana e curtimos o feriadão, oque acham, sou de SP.
    1 ponto
  7. Alguém programando alguma viagem para novembro?Estarei de férias, tenho interesse...
    1 ponto
  8. EXPEDIÇÃO 4x4 - São Paulo a Fortaleza via Jalapão, Lençóis, Jeri (23 dias em Julho/Agosto de 2018) Pontos: Caldas Novas/GO, Jalapão/TO, Chapada das Mesas em Carolina/MA, Lençóis Maranhenses (Santo Amaro do Maranhão, Barreirinhas, Atins), Barra Grande/PI, Jericoacoara/CE (via Camocim), Icaraízinho de Amontada, Flecheiras e Fortaleza/CE Duração: 23 dias e 5.700 km (somente ida, voltamos de avião/cegonha), e meia tonelada de diesel Veículo: Toyota Bandeirante 4x4 jipe curto, ano 2001, motor diesel 14B com Turbo (K16) e intercooler, pneus AT 32", jumelos conforto, A/C e DH
    1 ponto
  9. Não há necessidade de bustur,é um serviço que toda muito e tem um longo caminho.Quase não da tempo de aproveitar as paradas,porque há umas que merecem tempo. Por ex,em la bombonera,pode demorar e ir caminhando ao caminito,que fica muito próximo.Pode descer no planetário, visita lo,mas ele fica no parque el rosedal,vai querer conhece lo,é ali pegar a outra linha.Para no monumental de Nuñez,mas ao lado tem o parque Tierra Santa,que considero imperdível, seja qual for a sua religião. Eu não vejo nada em Tigre,mas sim no Teimakem.Tem onibus da Praça Itália,ao lado do zoo da cidade, mas cuida
    1 ponto
  10. Isto varia de cidade para cidade e dos seus interesses. Por exemplo, em Paris e Londres, duas cidades enormes e com muita coisa para você ver e fazer, o recomendável seriam uns 4 dias no mínimo, mesmo que você não tenha tanto interesse, por que é muita coisa mesmo para ver e fazer. Já locais como Bruxelas, Porto, Hamburgo, Amsterdam, Praga, Viena, Budapeste, etc, não precisariam de tanto tempo assim, 2 dias livres na cidade + 1 dia de deslocamento para chegar lá seria suficientes para ver e fazer o principal. Já locais como Bratislava, Milão, eu avaliaria bem se realmente vale
    1 ponto
  11. @RicardoFontes a melhor coisa é voce fazer um esboço do seu roteiro e voltar aqui pra pegar sugestões. Fica complicado sugerir onde ir e quantos dias ficar sem saber quais suas preferências. Para facilitar sua vida comece definindo os locais que vc tem vontade de conhecer, depois disso vai vendo o que tem de interessante no meio do caminho entre um destino e outro. Lembre-se que nos dias de deslocamentos, mesmo que sejam dentro do país, é um dia praticamente perdido, por mais que seja um deslocamento curto na melhor das hipóteses voce perderá metade do dia. Muitas pessoas nao pensam niss
    1 ponto
  12. Boa sorte! Estou procurando parcerias para uma volta no Globo de bike! Fala comigo interessados.
    1 ponto
  13. Ah, gostava muito de postar lá.
    1 ponto
  14. Dayana , vc é do RJ ? Estarei de ferias tb em novembro e vi que vc pretende ir pra Fortaleza, estou vendo tb um lugar pra ir e tenho interesse em Fortaleza que nao conheco e Jeri.
    1 ponto
  15. Uma vez eu peguei um princípio de pneumonia durante uma viagem no exterior, provavelmente causada pela alimentação deficiente durante a viagem que deixou o organismo fraco, andar no frio, pegar chuva e não tirar a roupa molhada e gelada logo, etc. Precisei consultar um médico particular (no país onde eu estava não há "SUS" para estrangeiros), tirar raio-x, fazer vários exames, comprar remédio, etc...Tudo isto me custou quase R$ 2.000, e eu nem cheguei a precisar ficar internado, se eu tivesse que ficar internado, a conta iria para 3 ou 4 mil Reais! Como eu tinha seguro, a maioria das
    1 ponto
  16. Sempre tem gente que viaja sem seguro, mas você já viu quanto que custa qualquer atendimento médico pagando particular? Se você chegar a precisar ficar 2 ou 3 dias internados num hospital por que comeu algo estragado e teve uma intoxicação alimentar, ou então ser atropelado por um ciclista e quebrar um braço, as despesas destes 3 dias de hospital serão mais caras do que o seguro de um ano, e este dinheiro que você guardou não darão nem para o começo... Então é bom você ter um pai ou mãe com bastante dinheiro, para o qual você possa ligar e pedir dinheiro se a coisa apertar e compli
    1 ponto
  17. Dia 4 - passeios Valle Sur e City Tour Retomando a questão dos passeios contratados: a grande diferença, no fim das contas, é relativa ao preço, pois as agências trabalham juntas - isto é: eles se organizam para encher ônibus e vans e otimizar os passeios, independente de qual agência você contratou. Com isso, é certo que há pessoas na mesma van que pagaram preços bem diferentes. Mais uma vez: a Mapis, se não é a mais barata, está bem perto disso. Vista da janela de nosso quarto no hotel Casona Quera. O solzinho engana: tava 3 graus nessa hora. Mas durante o dia esquenta
    1 ponto
  18. Buenos Aires já é um velho conhecido dos brazucas, mas ultimamente a cidade tem caído ainda mais nas graças do brasileiro. E não sou eu que tô dizendo: segundo dados da Dirección General de Estadística y Censos do Governo de Buenos Aires foram 626.144 os que desembarcaram nos aeroportos da cidade, só no ano de 2017. E não é difícil entender o porquê desse influxo de nossos conterrâneos à capital vizinha: proximidade geográfica e cultural, facilidades (diversos voos diretos, preços acessíveis, devolução do IVA), alta do dólar, desvalorização do peso. Fora o fato de que BsAs é uma cidade incríve
    1 ponto
  19. O limite de bagagem costuma ser mais restrito do que no voo Brasil-Europa: uma mala de 23 quilos. Para a bagagem de mão, o limite varia entre 8 e 10 quilos, dependendo da companhia aérea; na maioria dos casos, as dimensões não devem extrapolar 55 centímetros de comprimento, 40 centímetros de largura e 23 centímetros de profundidade. Olha, eu costumo levar 60% a 70% do orçamento planejado em espécie. O restante eu divido em VTM (pela questão da segurança) e cartão de crédito int. (comodidade). Em valores, o cambio em espécie é mais vantajoso que o cambio no VTM. Mas tem a
    1 ponto
  20. Buenos Aires pode não ser a 'Meca' da comida barata, principalmente se comparada a algumas cidades asiáticas. A capital argentina, que já foi conhecida por seus preços atraentes, foi assombrada pelo fantasma da inflação, e hoje já ostenta valores similares às grandes capitais europeias. Apesar disso, a cidade não decepciona os pães-duros de plantão (como nós), que fazem qualquer coisa pra manter o budgetno limite. A linha de frente da comida barata em BsAs é basicamente composta por pizza, empanada e choripán (pão com linguiça). Apesar da fama, o último não é assim tão fácil de achar, pel
    1 ponto
  21. DE BRASÍLIA AO JALAPÃO EM CARRO PRÓPRIO E POR CONTA PRÓPRIA Oi pessoal, não sou blogueira, mas como tive muita dificuldade para planejar e entender a viagem ao jalapão, resolvi que ia deixar o meu relato, com o maior número detalhes possíveis pra facilitar e ajudar a todos. É GRANDE, MAS ACHO QUE VALE A PENA!!! PLANEJAMENTO: Há algum tempo, eu e meu namorado olhávamos e analisávamos a possibilidade de ir, mas nunca colocávamos em prática, devido a nenhum ter carro grande, e os valores fornecidos pelas agências e para alugar carro serem até acessíveis, mas, a
    1 ponto
  22. 2° dia - 27/12/2018 De Ita Ibaté a Salta 1000 km Mais um dia de deslocamento apenas. Neste trecho muitas retas e um trecho de 40 km entre Monte Queimado e Toco Pozo, muito ruim com crateras em quase toda a pista.a velocidade tem de baixar para 50, 60 km/h. O restante da estrada está em perfeito estado de conservação. A interação do grupo está maravilhosa. Parece que nos conhecemos a muito tempo. Nos hospedarmos no mesmo hotel que a gente se hospedou que na vez anterior, Hotel Pachá. Quem nos atendeu foi a mesma moça e ficamos no mesmo quarto. Os valores eu p
    1 ponto
  23. 1° dia De Curitiba a Ita Ibaté, Argentina. 1080 km. Dia de deslocamento apenas, sem muito a relatar. De Curitiba a Ponta Grossa pista dupla em ótimo estado. De Ponta Grossa a Guarapuava pista simples na maioria do percurso. A partir de Guarapuava pista simples em bom estado com pequenos trechos ruins até chegar na divisa de Barracão Paraná / Dionísio Cerqueira com Argentina. Em Dionísio Cerqueira fizemos o câmbio a r$ 1 por 5,55 pesos. A Expedição Andes por aí está atualmente na cidade de Itá Ibaté, Argentina. Percorridos 1080 km hoje. Preço da gasolina Curitiba 3,82.
    1 ponto
  24. Olá Elane, Segue uma foto dos horários das vans entre Maceió e Maragogi. Elas saem da rodoviária de Maceió e não passam pela orla, e a passagem custa R$21. Eu não fechei pacote porque não acho que vale a pena fazer bate e volta para Maragogi. A viagem é longa e Maragogi tem praias muito bonitas, vale a pena ficar pelo menos 2 dias.
    1 ponto
  25. Dia 3 ANTÍGUA GUATEMALA Como o nome já diz, Antígua Guatemala (ou somente Antígua) é uma cidade bem antiga. Fundada em 1543, nela se conservam quase 500 anos de história. Foi a Capital da Guatemala por muitos anos antes de transferirem a capital nacional para Ciudad de Guatemala. A melhor forma de conhecer Antígua é a pé. Chegamos em antígua às 1h30 da madruga e nos hospedamos no BigFoot Hostel. Custa$6,50 quarto coletivo. Boas acomodações com banheiro privado e que são limpos de hora em hora, tomadas individuais, lockers e cortinas para maior privacidade na cama. Possui também área
    1 ponto
Líderes está configurado para São Paulo/GMT-03:00
×
×
  • Criar Novo...