Ir para conteúdo

Mais curtidos da Semana


Conteúdo Popular

Exibindo conteúdo com a maior reputação em 09-03-2019 em todas áreas

  1. 1 ponto
    Fiz uma viagem incrível pôs países: Bolívia, Chile e Peru. Quem se interessar pode deixar seu contato para mandar o Roteiro. Essa viagem eu fiz sozinho e posso garantir que foi a melhor viagem da minha vida. Quero muito fazer Uruguai - Argentina - Chile - Colômbia. Talvez em 2020. Esse ano irei ficar pelo Brasil. Chapada dos Veadeiros. Quem tiver de boa e quiser vir junto ao chamar. abracos
  2. 1 ponto
    Pessoal, estou programando um mochilão pra minha conclusão da graduação. To querendo ir no primeiro semestre do próximo ano. To tendo dificuldade pois não sei por onde começar e o que devo ter exatamente organizado já.... Até agora vi muito comentário aqui e vídeos de relatos. Minha ideia é ir via terrestre e voltar de avião. Alguém pode me ajudar sobre Passagens(compro antes ou lá? as terrestres), Câmbio (troco lá ou antes ?), Seguro Saúde, Segurança na viagem (é perigoso fazer caminho por terra ? no Brasil eu sei que é ), reservas em Hostel ( faço todas antes de ir ?? é perigoso fazer online ? )... Ah, e relatos se possível pois acho que vou sozinho já que não encontrei ninguém pra ir mas to um pouco receoso em ir só. Desde já, obrigado pessoal !
  3. 1 ponto
    Olá amigos da comunidade Mochileiros.com. Aqui é o Thiago e a Priscila. Nós moramos na cidade de Blumenau-SC. Em dezembro de 2018 fizemos nossa viagem de carro até San Pedro de Atacama no Chile. A comunidade mochileiros.com nos ajudou bastante, pois no site conseguimos várias dicas e conhecemos outras pessoas que também nos ajudaram com informações. Por esse motivo queremos compartilhar nossa experiência. E quem sabe poder ajudar ou até mesmo encorajar outras pessoas a saírem do sofá e encarar essa aventura. Para realizar esta viagem primeiro nós fizemos algumas pesquisas, como por exemplo: documentos necessários, seguros obrigatórios, melhor roteiro, condição das estradas, hotéis, pontos turísticos, custo com passeios, custo com alimentação, custo com gasolina, custo com pedágios, melhor câmbio, o que levar na bagagem, etc. Juntamos todas essas informações numa planilha e então começamos a trabalhar nela. Então no mês de Setembro/2018 começamos a fazer as contas e preparar tudo o que precisava para viajar. Nessa primeira parte vamos tentar abordar o máximo de informações com relação ao roteiro, situação das estradas, GPS, câmbio, aduanas, seguros, itens obrigatórios, pedágios e combustível. Na segunda parte vamos falar um pouco sobre San Pedro de Atacama e sobre os nossos passeios. Então vamos ao que interessa: Nessa viagem foram 04 pessoas: Eu (Thiago), minha esposa Priscila, meu Pai e a namorada do pai. Saída de Blumenau: 22/12/2018. Chegada em San Pedro de Atacama: 25/12/2018. Saída de San Pedro de Atacama: 31/12/2018. Chegada em Blumenau: 03/01/2019. Carro utilizado: Peugeot 207, ano 2012. Motor 1.4, c/ 04 portas. Roteiro/Condição das estradas/Pedágios: Dia 01 - Blumenau - SC x São Borja - RS. Total: 860 Km. Esse caminho é o mais curto, porém tem muitos trechos com pista ruim (buracos, desníveis, etc.), além disso tem muitos radares e lombadas eletrônicas. O motorista tem que ficar atento. Pedágios: Nenhum. Dia 02 - São Borja-RS x Presidência Roque Sáenz Peña - Argentina. Total: 620 Km. As estradas são boas, pelo menos são melhores que do que as do Brasil. Pedágio 01: logo que passa a Aduana, já tem um guichê de pedágio. Valor pago em moeda brasileira: R$ 50 para veículos de passeio. (na volta ao Brasil, o valor é R$ 65) Pedágio 02: RN-12 aprox. no Km 1262. Valor: 50 Pesos Argentinos. Pedágio 03: RN-16 aprox. no Km 05. Valor: 40 Pesos Argentinos. Pedágio 04: RN-16 aprox. no Km 60. Valor: 65 Pesos Argentinos. Dia 03 - Presidência Roque Sáenz Peña (Argentina) x Salta (Argentina). Total: 630 Km. As estradas também são muito boas. Observação: na RN-16, entre os KM 410 e 481 a estrada é "horrível". Tem muitos buracos. Buracos gigantes. Você vai perder tempo desviando deles. Pedágios: RN-09 chegando na cidade de Salta. Valor: 25 Pesos Argentinos. Dia 04 - Salta (Argentina) x San Pedro de Atacama (Chile). Total: 580 Km. As estradas também são muito boas. Observação: Nós usamos o caminho Paso de Jama, que é melhor, pois é todo asfaltado até San Pedro de Atacama. Pedágios: Nenhum. *Na volta pra casa fizemos o mesmo trajeto. Hospedagem: Dia 01 - Dormimos na casa de parentes. Não tivemos gastos com hospedagem nesse dia. Dia 02 - Ficamos hospedados no hotel de campo El Rebenque, que fica na cidade de Presidência Roque Sáenz Peña (Argentina). Dia 03 - Ficamos hospedados no hotel Pachá, que fica na cidade de Salta (Argentina). Dia 04 - Ficamos hospedados no hostal Casa Lascar, que fica em San Pedro de Atacama (Chile). Aqui dormimos dia 25, 26, 27, 28, 29 e 30 de dezembro/2018. *Na volta pra casa ficamos nos mesmos hotéis. Câmbio: Peso Argentino: nós trocamos todo o dinheiro brasileiro por Peso Argentino na aduana, que fica logo depois da Ponte internacional, saindo de São Borja-RS. Valeu muito a pena trocar o dinheiro na aduana, pois pagamos 0,10 por cada Peso Argentino. Já em Blumenau a melhor taxa que encontramos foi 0,15. Comparação de preços Blumenau x Aduana Argentina: R$ 1 Mil reais trocados em Blumenau valem: 6.666 Pesos Argentinos (sendo: 1000 / 0,15) R$ 1 Mil reais trocados na Aduana valem: 10.000 Pesos Argentinos (sendo: 1000 / 0,10) Peso Chileno: nós trocamos R$ 1 Mil (reais) em Pesos Chilenos aqui em Blumenau, para ter um pouco de dinheiro na chegada à San Pedro de Atacama. O restante do dinheiro brasileiro nós trocamos em San Pedro de Atacama. Trocar o dinheiro em San Pedro valeu muito a pena, pois recebemos 170 Pesos Chilenos por cada R$ 1,00 (Real). Já em Blumenau a melhor taxa que encontramos foi de 154 pesos Chilenos por cada R$ 1,00 (Real). Comparação de preços Blumenau x San Pedro de Atacama: R$ 1 Mil reais trocados em Blumenau valem: 154.000 Pesos Chilenos (sendo: 1000 x 154) R$ 1 Mil reais trocados em San Pedro de Atacama valem: 170.000 Pesos Chilenos (sendo: 1000 x 170) *Compare antes de trocar seu dinheiro. Combustível / Postos de abastecimento: Na Argentina tem dois tipos de gasolina: a Super (comum) e a Infinia (aditivada). Infinia: variava de 45 a 48 pesos. Super: variava de 41 a 44 pesos. *Abastecemos com gasolina Infinia nos Postos YPF. *No Chile não abastecemos, por isso não informamos os tipos e preços que existem. Na Argentina tem muitos postos de abastecimento durante o trajeto. O último posto fica bem próximo da Aduana, no Paso Jama (divisa entre Argentina e Chile). Depois da Aduana não tem mais posto durante o caminho. Vai ter um posto somente em San Pedro Atacama (distância entre Aduana e San Pedro Atacama: 160 KM aprox.) GPS: Nós utilizamos dois aplicativos de geolocalização: o Google Maps e o Maps.me. Levamos dois Smartphones, em um deles usamos o Maps.me e no outro com Google Maps. Antes de sair nós fazíamos os trajetos pela rede WiFi e depois saíamos para a estrada. Os dois aplicativos funcionaram muito bem no modo off-line. Dica: o aplicativo Maps.me funciona totalmente no modo off-line. Para isso é necessário baixar os mapas off-line da região que você vai passar. Exemplo: nós baixamos todos os mapas da Argentina, do Chile e também dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Seguros obrigatórios para seu carro: Na Argentina: seguro Carta Verde. Você pode fazer em qualquer corretora de seguros. Ele cobre danos a terceiros em caso de acidentes. Nós fizemos o seguro com a Porto Seguro, com a cobertura de até 15 dias. Custo: R$ 125. Débito em conta corrente. No Chile: seguro SOAPEX. Você pode fazer este seguro com a HDI do chile. Só digitar no Google "HDI Chile". Ele cobre danos a terceiros em caso de acidentes. Nós fizemos o seguro direto no site da HDI Chile, com a cobertura de até 10 dias. Custo: R$ 40. Pagamento somente no cartão de crédito. *Veja se o seu cartão está liberado para realizar esta compra. Observação: em nenhum momento a polícia ou aduana nos cobrou esses documentos. Seguros para você: Nós optamos por não fazer nenhum seguro de vida ou de acidente. Mas as empresas de seguro oferecem inúmeras modalidades. Avalie a que melhor se enquadra com seu bolso. Itens obrigatórios para o carro: Na Argentina: Vários blogs e pessoas nos disseram que teríamos que levar um monte de coisas no carro. Então nós entramos em contato com o departamento de trânsito da Argentina e também com o consulado Argentino no Brasil que fica em Florianópolis. Segundo eles, os itens obrigatórios são: - 01 Extintor de incêndio (exceto em motos); - 02 triângulos de segurança; - Além dos demais exigidos no Brasil (pneu estepe, chave de rodas e macaco). E tem também os itens recomendados: (notem que são recomendados, não obrigatórios) - Kit de primeiros socorros; Portanto, não é obrigatório levar o tal do "cambão", que muitos blogs informam ser obrigatórios. No Chile: Considerar todos os itens obrigatórios citados acima. E no Chile todos os motoristas são obrigados a ter no carro um "colete refletivo". Caso o motorista precise sair do carro para alguma manutenção ou emergência ele precisa estar vestindo o colete. Isso é LEI NACIONAL. Na dúvida leve um colete também. Observação: Na Argentina fomos parados diversas vezes pela polícia. Em quase todas as cidades que passamos ao longo do caminho a polícia nos parava para solicitar algum documento. Algumas vezes eles pediam os documentos de identidade e do carro. Em outras eles faziam o teste de bafômetro. Mas em nenhum momento a polícia precisou revistar o nosso carro. No Chile não fomos abordados. Aduana Brasil x Argentina: Muito tranquilo. O atendente solicita os documentos do carro e identidades. Preenche um formulário no computador. Por último entrega um recibo (parecido com um cupom fiscal de mercado). Este recibo precisa ser bem guardado, pois ele será útil na Aduana Argentina x Chile. Não tem custo. Aduana Argentina x Chile: chato/demorado (pode ter fila e os atendentes são malas) A Aduana que nós passamos foi no Paso Jama. Tem 06 guichês. É necessário preencher um formulário em espanhol. Nesse formulário tem uma parte que fala se você está levando algum alimento que é "proibido". Após passar em todos os guichês eles entregam um recibo (parecido com um cupom fiscal de mercado). Este recibo precisa ser bem guardado, pois ele será útil na Aduana Chile x Argentina. Comidas não podem passar. Exemplo: frutas, verduras, carnes, lanches, etc. Tudo que é animal ou vegetal fica na Aduana. Alimentos processados passam. Alegação deles é que pode haver alimentos contaminados ou pragas. Se no formulário estiver a opção NÃO, mas na hora de revistarem o carro eles encontrarem alguma coisa, você leva uma multa. Após sair dos guichês vem um fiscal da vigilância sanitária e inspeciona o carro. Só depois de inspecionar o carro você está livre para seguir viagem. Não tem custo. *Na volta pra casa é necessário fazer tudo de novo, porém a vigilância sanitária não revistou o carro dessa vez. Espero que tenham gostado dessa primeira parte. Se tiverem algum comentário ou dúvidas por favor nos retorne. Um abraço.
  4. 1 ponto
    oi Tadeu, tudo em paz? estou lendo o seu relato sobre a Tailândia, estou gostando muito.Estou me organizando para ir esse ano no mês de novembro. Como é o clima nesse período? muita chuva? me fale mais sobre o visto. Ja tenho o visto para china, acredito eu isso facilite muito. Quero fazer laos e vietnâ também. me help, rsrs abração
  5. 1 ponto
    Essa mensagem tinha que ser fixa em todos os posts da América do Sul.
  6. 1 ponto
    RG em bom estado e emitido a menos de 10 anos, por favor.
  7. 1 ponto
    http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/seu-destino/peru#entrada Requisitos de entrada Faz-se necessário, para entrar no país, portar documento de viagem válido e em boas condições. São os seguintes os documentos de viagem que habilitam os cidadãos brasileiros a ingressar no Peru na condição de turista: passaporte; ou cédula de identidade civil emitida pelos órgãos competentes de cada estado. Não são aceitos como documento de viagem: certidão de nascimento (mesmo para recém-nascidos ou para menores de idade); quaisquer outros documentos, mesmo aqueles que tenham aceitação como documento de identidade no Brasil, como carteira de motorista, carteira de identidade de associações profissionais, de Ministérios, inclusive militares, ou emitidos pelos poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário da União e dos Estados. No caso da informação sobre o passaporte, acho que antes exigia-se passaporte com validade de 90 dias, pode-se entrar com o RG normalmente.
  8. 1 ponto
    Olá Francisco, até então até mesmo o Itamaraty desconhece essa publicação. No site consular brasileiro (em anexo) ainda permanece a informação da não obrigatoriedade do passaporte para o ingresso em território peruano. Vou pesquisar melhor essa informação, mas acredito que isso teria sido amplamente publicado e divulgado pela mídia e autoridades brasileiras caso tivesse realmente acontecido. Até o momento não existe nada publicado no Brasil sobre o assunto. Vou checar melhor a informação e caso o amigo obtenha mais notícias nos avisa aqui. Abração meu brother!!
  9. 1 ponto
    Top essa ideia do circuito das águas, para quem mora em SP, fica bem pertinho, dá para pegar um ônibus ou carona (blablacar por exemplo) é rapidão também.
  10. 1 ponto
    Se tu quiser poder vir aqui pra Extrema - MG, fica na divisa com SP, da pra fazer um mochilão de fim de semana, tem muitas trilhas boas pra fazer aqui. Em Abril eu vou começar um mochilão roots, vou pra Sampa, a gente pode ver uns picos pra colar também.
  11. 1 ponto
    Viagens curtas, você pode iniciar nas cidades próximas a São Paulo, Socorro por ex, é linda e dá para você passar de 2 a 5 dias e já podes acampar na cidade, pois tem muitos locais lindos ao redor. Rota das águas, nessas cidades, também tem ótimos lugares. Vai, inicia e pega o vírus e tu nunca mais irás parar, é uma doença cara, doença que eu não quero me curar.
  12. 1 ponto
    Cara, muito afim de fazer isso, por hora gostaria de me preparar, fazer viagens curtas, aprender a me virar com pouco, tipo acampar um ou dois dias, quero muito isso, se quiser marcar alguma coisa assim eu topo!!! Por enquanto, precisa ser algo de fim de semana mesmo, para eu ir aprendendo mesmo.
  13. 1 ponto
    @Gustavo De Moraes Estou indo na mesma data para o Atacama!! Sou mochileira de primeira viagem hehe
  14. 1 ponto
    Vou dia 10/03 mas vou direto pro Atacama, fico até 15, depois volto pra Santiago dia 15 e fico até dia 21.
  15. 1 ponto
    Marcelo eu fui sem guia e equipamento sei que é perigoso e tem que ter muita atenção e cuidado mais dá para subir sem.
  16. 1 ponto
    Olá Renata! Fui de Eilat a Aqaba e de lá peguei um bus para Petra. Há sim uma máfia de táxi, então TEM DE PAGAR, até Aqaba. Não paguei pelo visto. Aqui descrevo o drama: inté, jaumz
  17. 1 ponto
    Lisboa: Atrações Turísticas, Lisboa Card, Transporte, Sintra e Queluz Centro de Lisboa, ou Baixa Pombalina Em 1755 um terrível terremoto, seguido de incêndios e maremotos, destruiu o centro de Lisboa. Portugal era governado pelo então Secretário de Estado, Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, já que o Rei D. José I não se interessava pelo poder. A atuação do Marquês nos anos após essa grande tragédia é considerada extraordinária e por isso se convencionou chamar o centro de Lisboa de Baixa Pombalina. Eu acredito que o termo “baixa” pra designar centro, deve vir do inglês onde “downtown” (cidade baixa) também se refere ao centro de uma cidade. Praça do Rossio Segundo um gerente português de um dos restaurantes onde eu trabalhei, Rossio é um lugar onde as pessoas se reúnem, se encontram, socializam; qual lugar melhor do que o centro da cidade pra isso? A Praça do Rossio é um bom ponto de partida pra quem quer explorar Lisboa e muitas das suas atrações são facilmente acessíveis a pé partindo daqui. No centro da praça fica a estátua de D. Pedro IV (nome oficial da praça), que é o mesmo D. Pedro I do Brasil (já que em Portugal existiram outros monarcas chamados Pedro ao contrário do nosso país, até então). Praça da Figueira Ao lado do Rossio, daqui temos uma vista privilegiada do Castelo de S. Jorge no alto da colina. No centro da praça está o Rei D. João I. O autocarro 737 (ônibus) te leva até o Castelo e o eléctrico 15 (bonde) até o famoso bairro de Belém. Praça dos Restauradores Em 1578 o Rei de Portugal, D. Sebastião, que com apenas 14 anos manifestava o desejo de recolocar o país na rota das glórias do passado, decidiu conquistar o norte da África mas os portugueses foram derrotados na Batalha de Alcácer Quibir e o rei, que não tinha descendentes, desapareceu. Como consequência disso, em 1580 Portugal deixou de ser um país independente e durante 60 anos esteve anexado à Espanha sob a regência de Felipe II e outros reis espanhóis que o sucederam. O obelisco no centro dessa praça comemora a libertação do domínio espanhol em 1640. Um ótimo serviço de informações turísticas fica aqui no Palácio Foz. Rua Augusta Principal rua do centro com muitos cafés, restaurantes, lojas e artistas de rua. A Augusta liga o Rossio à Praça do Comércio. Praça do Comércio Às margens do Rio Tejo essa praça também é conhecida como Terreiro do Paço, ao centro fica uma estátua de D. José I. O eléctrico 15 que sai da Praça da Figueira em direção à Belém também pára aqui. Arco da Rua Augusta Horário: 09:00-19:00 todos os dias Preço: 2,50€ Suba ao topo desse belíssimo arco para vistas 360⁰ do centro. Galerias Romanas São galerias subterrâneas da época da ocupação romana no Século I. Só abriam para visitação uma vez por ano, em setembro, durante 3 dias e formam-se filas enormes todas as vezes, até mesmo por ser uma atração gratuita. Ultimamente as galerias também têm estado abertas ao público no Dia Internacional dos Monumentos (18 de abril), desde que haja condições já que costumam estar alagadas durante todo o ano e precisam ser drenadas antes das visitas. A entrada fica na esquina da Rua da Prata com a Rua da Conceição na Baixa Pombalina. Se você gosta de arqueologia pode visitar também o Núcleo Arqueológico na Rua dos Correeiros, alí próximo. Elevador de Santa Justa Horário: Subindo 07:00-21:45 (de outubro a maio), até às 22:45 no verão e Páscoa Descendo 7:05-21:50 (de outubro a maio), até às 22:50 no verão e Páscoa Preço: 5€ (grátis com o Lisboa Card) Um ícone de Lisboa esse elevador foi construído para ligar a Baixa com o bairro do Chiado, mais precisamente o Largo do Carmo. Suba ao topo para vistas exuberantes da Baixa e do Castelo. Faz parte da rede de transportes públicos de Lisboa e pode ser utilizado da mesma forma que você usa qualquer ônibus ou bonde da cidade com um bilhete normal. Pastelaria Suíça http://www.casasuica.pt/ Horário: 07:00-21:00 Um dos cafés mais tradicionais em Lisboa com sua localização privilegiada com entradas pelo Rossio e pela Praça da Figueira. A Ginjinha Horário: 09:00-20:00 Não deixe de experimentar esse famoso e delicioso licor de ginja (uma espécie de cereja) nesse pequeno estabelecimento no Largo de São Domingos perto do Teatro D. Maria II, no Rossio. Chiado Um dos bairros mais elegantes da cidade com suas lojas, restaurantes e cafés, o Chiado foi destruído em 1988 num grande incêndio mas está totalmente restaurado. Uma informação: Sempre me incomodou o fato de muitos amigos brasileiros chamarem tanto a Baixa como o Chiado de Baixa-Chiado, mas esse bairro não existe. Isso se deve ao fato de existir uma estação de metrô com esse nome, pelo simples fato de prover acesso seja por um ou por outro bairro, então não cometa o mesmo erro. Largo do Carmo Em 25 de abril de 1974 a Revolução dos Cravos, movimento que libertou o país da ditadura, se desenrolou aqui, já que era no quartel da GNR (Guarda Nacional Republicana), que se encontrava o governante a ser retirado do poder, o Presidente do Conselho de Ministros de Portugal, Marcello Caetano. Além da importância histórica é também uma praça muito bonita e abriga o imperdível Convento do Carmo (leia o próximo tópico). Museu Arqueológico do Carmo http://www.museuarqueologicodocarmo.pt/ Horário: 10:00-18:00 (de outubro a maio), até às 19:00 no verão Fechado: Domingo, Natal, Ano Novo e 1° de maio Preço: 3,50€ (-20% com o Lisboa Card) O terremoto de Lisboa aconteceu em 1° de novembro de 1755, num Dia de Todos os Santos e, por isso, as igrejas estavam lotadas incluindo o Convento do Carmo; com o sismo o teto caiu matando centenas de pessoas e abalando as estruturas definitivamente. O convento foi mantido assim, sem teto e hoje é o Museu Arqueológico do Carmo mas o que é realmente imperdível aqui é justamente o visual dos arcos do convento numa estrutura sem teto, principalmente num dia de céu azul, prepare a câmera fotográfica. Rua Garret Elegante e charmosa rua principal do bairro do Chiado. A Brasileira Horário: 08:00-02:00 A estátua de Fernando Pessoa em frente à esse café tradicional de Lisboa é parada obrigatória pra quem visita a cidade. Bairro Alto Bairro boêmio da cidade, nada muito interessante acontece aqui durante o dia mas a noite ferve principalmente nos meses de verão. Elevador da Bica Você não precisa nem andar nesse que é mais um dos muitos ascensores de Lisboa mas não pode deixar a cidade sem uma foto clássica do Elevador da Bica subindo a colina com o Rio Tejo ao fundo! A vista é linda e imperdível! Miradouro de Santa Catarina Esse miradouro (mirante) oferece ótimas vistas sobre o Rio Tejo. Aqui existe um quiosque (o Adamastor) bastante popular tanto de dia quanto à noite quando atrai o público do Bairro Alto. Igreja de São Roque Horário: 09:00-18:00, até às 19:00 no verão. Às segundas-feiras só abre às 14:00 Fechado: 1° janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio e 25 de dezembro O interior dessa igreja é um dos mais bonitos de Portugal. Jardim de São Pedro de Alcântara Uma das melhores vistas de Lisboa, esse jardim é bastante movimentado à noite devido à proximidade com o Bairro Alto. Pavilhão Chinês Horário: 18:00-02:00 A decoração deste bar no Bairro Alto é simplesmente espetacular, antes de sentar perambule por todo o bar para apreciar as coleções de soldadinhos de chumbo, miniaturas de automóveis entre outros objetos cheios de história. Na última sala você pode jogar uma partida de snooker. Para entrar você deve tocar a campainha e esperar que alguém venha lhe receber. Marquês de Pombal Avenida da Liberdade Uma das principais avenidas da cidade, liga a Praça dos Restauradores e a Praça do Marquês de Pombal. Mandada construir durante o processo de reedificação da cidade após o terremoto é a avenida mais larga de Portugal e mostra o poder visionário do Marquês que ao ser perguntado “porque uma rua tão larga?”, disse que no futuro ela ainda não seria suficiente, o que já é uma realidade hà muitos anos. A avenida está repleta de hotéis, edifícios comerciais, lojas e cafés. Praça do Marquês de Pombal O idealizador da reconstrução do centro de Lisboa após o terremoto de 1755, merecidamente chamada de Baixa Pombalina, olha para a sua obra do alto de uma coluna nessa praça no fim da Avenida da Liberdade. O leão ao lado dele é um símbolo de poder. Alfama Uma visita à Lisboa não será completa se você não visitar o bairro de Alfama, um dos mais típicos da cidade. Igreja da Sé Horário: 09:00-19:00 (de terça a sábado), 09:00-17:00 (domingo e segunda) Preço: Grátis, 4€ (Claustro e o Tesouro) Construída no século XII. Visite a igreja e não esqueça de tirar uma foto com os famosos bondes passando em frente, foto clássica de Lisboa. Castelo de São Jorge http://castelodesaojorge.pt/ Horário: 09:00-18:00 (de novembro a fevereiro), até às 21:00 no verão Fechado: 1° de janeiro, 1° de maio, 24-25 e 31 de dezembro Preço: 8,50€ (-20% com o Lisboa Card) Inevitável ponto turístico mas o principal destaque aqui são as vistas sobre a cidade de Lisboa. O autocarro 737 (ônibus) que sai da Praça da Figueira te deixa nos portões do castelo; o eléctrico 28 (bonde) também passa por perto. Panteão Nacional http://www.patrimoniocultural.pt/pt/museus-e-monumentos/dgpc/m/panteao-nacional/ Horário: 10:00-17:00 (de outubro a abril), até às 18:00 no verão Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio, 24 e 25 de dezembro Preço: 4€ (grátis com o Lisboa Card) Aqui encontramos os túmulos de personalidades portuguesas, incluindo o de Amália Rodrigues, a famosa fadista portuguesa. Feira da Ladra Mercado de pulgas, todas as terças-feiras e sábados das 07:00 às 13:00. Igreja e Mosteiro de São Vicente de Fora Horário: 10:00-18:00 Preço: Grátis, 5€ (visita ao mosteiro) É uma bonita e imponente igreja no topo de uma das colinas da cidade. Miradouro da Graça e Miradouro da Nossa Senhora do Monte Já no bairro da Graça mas ainda próximo de Alfama esses dois mirantes oferecem ótimas vistas sobre a cidade. Belém Se você tivesse tempo para visitar somente um local em Lisboa eu recomendaria você a vir aqui. Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos, Museu dos Coches, a confeitaria dos famosos Pastéis de Belém, entre outras atrações em um dos bairros mais bonitos da Europa, precisa mais? Você vai se deslumbrar com Belém! O eléctrico 15 (bonde) que sai da Praça da Figueira e passa pela Praça do Comércio te traz aqui, muito cuidado com os ladrões de carteira, eles não são violentos mas são muito rápidos. Evite visitar às segundas-feiras já que a maioria das atrações estão fechadas nesse dia. Torre de Belém http://www.torrebelem.pt/ Horário: 10:00-17:30 (de outubro a abril), até às 18:30 no verão Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio, 24 e 25 de dezembro Preço: 6€ (12€ se combinado com o Mosteiro dos Jerónimos) (grátis no 1° domingo do mês) (grátis com o Lisboa Card) Não deixe de vistar esse monumento que é um símbolo de Portugal. Padrão dos Descobrimentos http://www.padraodosdescobrimentos.pt/ Horário: 10:00-18:00, até às 19:00 no verão Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, 1° de maio e 25 de dezembro Preço: 3€ (-30% com o Lisboa Card) Monumento em forma de caravela com as figuras mais importantes da navegação portuguesa, incluindo Pedro Álvares Cabral. Existe um elevador que te leva ao topo para vistas sobre o bairro de Belém, principalmente o Mosteiro dos Jerónimos logo em frente. Não deixe de admirar a Rosa dos Ventos em frente à entrada do monumento. Centro Cultural de Belém http://www.ccb.pt/ http://pt.museuberardo.pt/ (Museu Berardo) Também casa de espetáculos, caso você não venha para alguma apresentação nada muito interessante acontece aqui mas pode ser um bom ponto de parada para um café. O Museu Coleção Berardo (museu de arte moderna, grátis) também pode ser visitado. Mosteiro dos Jerónimos http://www.mosteirojeronimos.pt/ Horário: 10:00-17:30 (de outubro a abril), até às 18:30 no verão Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, fim de semana de Páscoa, 1° de maio, 24 e 25 de dezembro Preço: 10€ (12€ se combinado com a Torre de Belém) (grátis no 1° domingo do mês) (grátis com o Lisboa Card) Atração imperdível e talvez o edifício mais bonito e impressionante de Portugal. A visita à Igreja Santa Maria de Belém é grátis, nela estão os túmulos de Vasco da Gama e Luís de Camões. Fernando Pessoa também está aqui, nos claustros do mosteiro. Museu de Marinha http://museu.marinha.pt/ Horário: 10:00-17:00 (de outubro a abril), até às 18:00 no verão Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, fim de semana de Páscoa, 1° de maio, 25 de dezembro Preço: 6€ (grátis no 1° domingo do mês) (-25% com o Lisboa Card) Localizado no Mosteiro do Jerónimos esse museu tem como missão “salvaguardar e divulgar o passado marítimo português”. Museu da Presidência da República http://www.museu.presidencia.pt/ Horário: 10:00-18:00 (de terça a domingo), 10:30-16:30 (sábado) Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio, 24 e 25 de dezembro Preço: 2,5€ (5€ aos sábados) Localizado no Palácio de Belém, a residência oficial do Presidente da República, esse museu foi criado para informar sobre a história do próprio palácio e dos Presidentes de Portugal. Aos sábados a visita é estendida à algumas salas e aos jardins do palácio. Museu Nacional dos Coches http://www.museudoscoches.pt/ Horário: 10:00-18:00 Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio, 24 e 25 de dezembro Preço: 6€ (grátis no 1° domingo do mês) (grátis com o Lisboa Card) Carruagens reais nesse que é o museu mais visitado de Portugal. Pastéis de Belém http://www.pasteisdebelem.pt/ Horário: 08:00-23:00 (de outubro a junho), até as 24:00 (de julho a setembro), todos os dias Você pode comer pastéis de nata por todo o país (e em muitos lugares do mundo) mas os famosos Pastéis de Belém você só encontra aqui. Não fique só na primeira sala, além de se lambuzar com os deliciosos pastéis quentinhos não deixe de explorar o local que também é muito bonito. Parque das Nações Localizado numa zona da cidade que foi completamente revitalizada para a EXPO'98 e se tornou num dos bairros mais valorizados de Lisboa. Oceanário http://www.oceanario.pt/ Horário: 10:00-19:00, até às 20:00 no verão Preço: 14€ (-15% com o Lisboa Card) 1 milhão de pessoas visitam esse incrível aquário anualmente, não deixe de fazer o mesmo. Atração imperdível. Centro Comercial Vasco da Gama http://www.centrovascodagama.pt/ Um dos maiores Shopping Centers de Lisboa. Teleférico de Lisboa http://www.telecabinelisboa.pt/ Horário: 11:00-18:00, até às 19:00 no verão Preço: 3,95€ (só ida), 5,90€ (ida e volta) Ponte Vasco da Gama Moderna ponte sobre o Rio Tejo. Norte de Lisboa A arquitetura do norte da cidade nos dá a impressão de que já não estamos em Lisboa, aqui é a parte nova com prédios residenciais e comerciais, shopping centers e, pra quem gosta de futebol, onde ficam os estádios do Benfica e do Sporting, os principais times “alfacinhas” (apelido carinhoso dado aos lisboetas). Praça de Touros do Campo Pequeno http://www.campopequenotauromaquia.com/ É possível assistir às touradas todas as quinta-feiras às 22:00 (entre maio e setembro) mas o mais interessante aqui é esse fabuloso edifício de arquitetura mourisca, se você estiver por perto vale a pena uma parada para admirar o local e fazer umas fotos. Abriga também um Shopping Center. Jardim Zoológico http://www.zoo.pt/ Horário: 10:00-18:00 (de setembro a março), até às 20:00 no verão http://www.zoo.pt/site/visita.php?contentid=8 (mais informações de horários) Preço: 18,50€ (-15% com o Lisboa Card) Se você tiver tempo sobrando o Zoológico de Lisboa pode ser uma boa pedida, o show dos golfinhos e das focas é imperdível. Centro Comercial Colombo http://www.colombo.pt/ Um dos maiores Shopping Centers de Lisboa. Estádio da Luz http://www.slbenfica.pt/ Horário: 10:00-18:00 todos os dias Preço: 10€ (estádio), 10€ (museu), 15€ (estádio+museu) Casa do clube de futebol mais tradicional de Portugal, o Benfica. Pra quem gosta de futebol o Museu Benfica Cosme Damião merece a visita. Estádio Alvalade XXI http://www.sporting.pt/ Estádio do Sporting, não existe um museu disponível para visitas. Você só virá aqui se for fã do clube ou se quiser assistir à uma partida de futebol ou espetáculos musicais. Outras Atrações Ponte 25 de Abril Não existe nenhuma opção para visitar a ponte mas você vai admirá-la de diversos pontos da cidade. Santuário Nacional de Cristo Rei http://www.cristorei.pt/ Horário: 09:30-18:00 Preço: 5€ Estátua inspirada no nosso Cristo Redentor. Para chegar aqui pegue o barco no Cais do Sodré até Cacilhas de onde você pode tomar o ônibus 101 até o Cristo. Palácio Nacional da Ajuda http://www.palacioajuda.pt/ Horário: 10:00-18:00 Fechado: Quarta-feira, 1° de janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio, 25 de dezembro Preço: 5€ (grátis no 1° domingo do mês) (grátis com o Lisboa Card) Apesar de inacabado esse palácio foi a residência real de 1861 até o fim da monarquia portuguesa em 1910. Não é uma atração imprescindível, visite se tiver tempo sobrando. Museu Nacional de Arte Antiga http://www.museudearteantiga.pt/ Horário: 10:00-18:00 (de quarta à domingo), 14:00-18:00 (terça-feira) Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio, 24 e 25 de dezembro Preço: 6€ (grátis no 1° domingo do mês) (grátis com o Lisboa Card) Também conhecido como Museu das Janelas Verdes, se você gosta de arte e quiser visitar só um museu em Lisboa é aqui que deve vir. Museu Nacional do Azulejo http://www.museudoazulejo.pt/ Horário: 10:00-18:00 Fechado: Segunda-feira, 1° de janeiro, domingo de Páscoa, 1° de maio e 25 de dezembro Preço: 5€ (grátis no 1° domingo do mês) (grátis com o Lisboa Card) Coleção única sobre uma “instituição” portuguesa, os azulejos, instalado no belíssimo Convento da Madre de Deus, século XVI. Não perca a “dourada” e deslumbrante capela barroca. Basílica da Estrela Horário: 09:30-19:00 Preço: Grátis (1,50€ presépio, 4€ cúpula) Mandada construir por Dona Maria I, foi terminada em 1790. Ao lado direito está o túmulo de Dona Maria, não perca o fabuloso presépio de 500 peças numa sala logo atrás. É possível subir até a cúpula para vistas sobre a cidade. O Jardim da Estrela fica logo em frente. Lisboa Card http://www.askmelisboa.com/pt/catalog/lisboa-card-1 (mais informações) https://www.askmelisboa.com/files/Listagem%20Lx%20Card_port_.pdf (atrações incluídas) Os cartões de descontos são comuns na Europa, às vezes só oferecem descontos em algumas atrações outras vezes incluem também o transporte público. Só você pode decidir se vale a pena levando em conta, por exemplo quantos dias vai ficar na cidade e se as atrações que você quer visitar estão incluídas. O Lisboa Card é um cartão que oferece entrada grátis em algumas das principais atrações da cidade, desconto em outras, transporte público gratuito (metrô, ônibus, bondes e funiculares, além das linhas de trem de Cascais e Sintra) e desconto em algumas lojas. Podem ser adquiridos nos diversos postos de informação turística pela cidade, inclusive no aeroporto. Transportes de Lisboa A rede de transportes públicos de Lisboa é excelente e barata mas a quantidade de opções pode deixar confuso aquele marinheiro de primeira viagem. Nesse tópico você vai entender as diversas alternativas de transporte da capital lisboeta, assim como suas estações de trem e terminal rodoviário. Aeroporto http://www.ana.pt/pt-PT/Aeroportos/Lisboa/Lisboa/Paginas/HomeLisboa.aspx É muito fácil alcançar o centro da cidade partindo do Aeroporto de Lisboa. Você pode adquirir um Lisboa Card (veja o tópico anterior) e já utilizá-lo na nova estação do metrô aberta recentemente (em 2012), mas cuidado para não desperdiçar o seu cartão de descontos, assim que você usar o metrô estará ativando o tempo de uso do mesmo. Por exemplo, se você chega em Lisboa à noite, ainda pode comprar um Lisboa Card no aeroporto mas avalie se não vale a pena pagar pelo metrô (1,40€) e só ativá-lo no dia seguinte (o cartão é ativado na primeira vez que for usado, seja em transportes ou na primeira atração visitada). A estação Aeroporto faz parte da linha vermelha do metrô, para chegar ao Rossio, por exemplo você deve trocar para a linha verde na estação Alameda. Aerobus http://www.yellowbustours.com/pt/cidades/lisboa/aerobus-transporte-de-autocarro-do-aeroporto-de-lisboa/ São os ônibus que ligam o aeroporto à diversos pontos centrais na cidade. Com a abertura da estação do metrô as únicas vantagens do Aerobus talvez sejam o fato de que você vê a cidade enquanto se desloca ao centro e uma maior facilidade para lidar com a bagagem, já que andar no metrô com malas grandes pode ser complicado. Se for esse o caso considere tomar um táxi. Táxi Os táxis em Lisboa não são caros mas tenha um cuidado especial quando tomar um no aeroporto que é conhecido por taxistas tentando cobrar preços abusivos. Isso tem vindo a melhorar mas fique atento, se você não concordar com o preço cobrado, peça um recibo e anote a matrícula do táxi, existe um posto da polícia voltado ao turista na Praça dos Restauradores. Uma viagem do aeroporto ao centro deve custar algo me torno de 10 a 15€. Cartões Viva Viagem e 7 Colinas Preço: 0,50€ custo do cartão (reutilizável), 1,40€ cada viagem, 6€ bilhete diário Carris/Metro São cartões eletrônicos utilizados na rede de transporte público de Lisboa (Carris e Metro). Apesar do nome e aparência diferentes, são exatamente os mesmo cartões e cumprem as mesmas funções. Não confunda, o cartão Lisboa Viva é para moradores. Metrô http://www.metrolisboa.pt/ Horário: 06:30-01:00 Preço: 1,40€ cada viagem, 6€ bilhete diário Carris/Metro (grátis com o Lisboa Card) O Metropolitano de Lisboa é composto por 4 linhas (Vermelha, Verde, Azul e Amarela) e serve boa parte da cidade mas não toda. Para visitar Alfama e Belém por exemplo, devemos procurar outras alternativas. Autocarros (ônibus), eléctricos (bondes), elevadores e ascensores (bondes e funiculares) http://www.carris.pt/ A Carris opera os transportes públicos de Lisboa com exceção do metrô. Horário: Cada linha tem o seu horário mas normalmente funcionam das 5-6 da manhã às 10-11 da noite, quando começa o serviço noturno. Preço: 1,80€ (autocarro), 2,85€ (eléctrico), 6€ bilhete diário Carris/Metro (grátis com o Lisboa Card) Eléctrico 28 http://www.carris.pt/pt/electrico/28E/ascendente/ Percurso e horários (ida) http://www.carris.pt/pt/electrico/28E/descendente/ Percurso e horários (volta) Um dos segredos (nem tão bem guardado) de Lisboa. E se você pudesse tomar um bonde que passa por pontos super turísticos da cidade e pagar o preço de um bilhete normal do transporte público? (ou de graça com o Lisboa Card). É exatamente por isso que o Eléctrico 28 é recomendado em todos os livros e blogs sobre Lisboa. Alfama e a Graça são os bairros mais visitados mas esse bonde também te leva pelo Chiado até a Estrela. Só um porém, muito cuidado com os ladrões de carteiras dentro dos bondes, que se aproveitam do acúmulo de gente para “aliviar” os turistas do peso extra, não só das carteiras mas de qualquer item de valor. Para evitar os bondes lotados, experimente começar um dos seus dias em Lisboa, subindo e descendo e se deslumbrando com as ruas estreitas e as mais belas vistas da cidade, logo de manhã. Comboios (trens) http://www.cp.pt/ Comboios de Portugal é a companhia que opera a rede de trens por todo o país. No que se refere a esse guia somente as linhas Cais do Sodré-Cascais e Rossio-Sintra nos interessam. Linha Cais do Sodré-Cascais Horário: https://www.cp.pt/StaticFiles/CP/PDF/Passageiros/Horarios/lx/linha_cascais.pdf Preço: 2,15€ cada viagem, (grátis com o Lisboa Card) Linha Rossio-Sintra Horário: https://www.cp.pt/StaticFiles/CP/PDF/Passageiros/Horarios/lx/sintra_azambuja_dias_uteis.pdf Dias úteis, https://www.cp.pt/StaticFiles/CP/PDF/Passageiros/Horarios/lx/sintra_azambuja_fim_semana_feriados.pdf fins de semana e feriados Preço: 2,15€ cada viagem, (grátis com o Lisboa Card) Outras estações de trem Estação Santa Apolónia Para trens para o norte de Portugal (Coimbra, Porto). Essa estação fica próxima do centro, os trens param na Gare do Oriente antes de seguir viagem. Gare do Oriente É a principal estação de trem de Lisboa, atendendo o país de norte a sul e algumas linhas internacionais. Terminal Rodoviário de Sete Rios http://www.rede-expressos.pt/ Rede Expressos (ônibus para todo o país) http://www.eva-bus.com/ Eva Transportes (ônibus para o Algarve, sul de Portugal) http://www.internorte.pt/pt/ Internorte/Eurolines (destinos internacionais, alguns ônibus partem da Gare do Oriente) Viagens de ônibus para qualquer canto de Portugal (e da Europa). Para chegar no terminal, desça na estação Jardim Zoológico (linha azul do metrô) e caminhe até a estação de trem de Sete Rios, o Terminal Rodoviário fica logo atrás. Barcos http://www.transtejo.pt/ Horário: http://www.transtejo.pt/pt/horarios_tarifarios/horarios_detail.aspx?id=2 (Ida), http://www.transtejo.pt/pt/horarios_tarifarios/horarios_detail.aspx?id=1 (volta) Preço: 1,20€ cada viagem A Transtejo opera a rota Cais do Sodré-Cacilhas, mencionada nesse guia. Linha 101 (Cacilhas-Cristo Rei) http://www.tsuldotejo.pt/?page=viajar&sub=viajar&categoria=1&subcategoria=&carreira=861 Horário: http://www.tsuldotejo.pt/ver_horario.php?fx=101_Ida_20140201_20301231_lineScheds.svg.png Preço: 1,40€ cada viagem, 2€ bilhete ida e volta Arredores de Lisboa Cascais e Estoril As melhores e mais elegantes praias nas proximidades de Lisboa, para chegar até aqui pegue o comboio (trem) que sai do Cais do Sodré. Sintra Como eu posso te convencer a não deixar de visitar essa linda vila a pouco mais de meia hora da capital portuguesa e uma das mais bonitas de toda a Europa? Vou começar dizendo que qualquer visita à Lisboa não é completa se você não vir aqui mas na verdade não tem melhor argumento que esse: Faça uma pesquisa por “Palácio da Pena - Sintra” na internet e decida você mesmo. Sintra mereceria mais tempo mas a grande maioria das pessoas vêm aqui num bate-volta de um dia partindo de Lisboa o que faz com que tenham que apertar o passo para aproveitar, pelo menos as principais atrações dessa belíssima vila. No caminho, outro local de interesse é o Palácio de Queluz que abre mais cedo do que os palácios em Sintra, portanto a minha recomendação é que você vá à Queluz primeiro. Nos dias de semana existe um trem saindo do Rossio às 08:23 e chegando em Queluz às 8:41, o percurso a pé da estação até o palácio leva entre 10 a 15 minutos, dependendo do seu ritmo, sendo esse o horário perfeito para você estar nos portões do palácio exatamente antes do horário de abertura às 09:00. Visite o Palácio de Queluz, faça o caminho inverso até a estação e continue a sua viagem à Sintra, é a melhor maneira de começar o dia. Palácio Nacional de Sintra http://www.parquesdesintra.pt/parques-jardins-e-monumentos/palacio-nacional-de-sintra/ Horário: 09:30-18:00 Fechado: 1° de janeiro e 25 de dezembro Preço: 8,50€ (-10% com o Lisboa Card) Também conhecido como Palácio da Vila, as duas chaminés brancas são uma das imagens clássicas de Sintra. Não deixe de visitar. Castelo dos Mouros http://www.parquesdesintra.pt/parques-jardins-e-monumentos/castelo-dos-mouros/ Horário: 10:00-18:00 Fechado: 1° de janeiro e 25 de dezembro Preço: 6,50€ É um castelo em ruínas mas ainda há muito o que ver, é uma atração bem interessante e alguns pontos do castelo oferecem vistas fantásticas do Palácio da Pena. Palácio Nacional da Pena http://www.parquesdesintra.pt/parques-jardins-e-monumentos/parque-e-palacio-nacional-da-pena/ Horário: 10:00-18:00 Fechado: 1° de janeiro e 25 de dezembro Preço: 11,50€ (palácio + parque), 6,50€ (somente o parque) (-10% com o Lisboa Card) Um dos palácios mais incríveis de toda a Europa. Eu considero essa a atração principal de qualquer viagem à Portugal e mesmo que você só tenha dois dias em Lisboa não pode deixar de vir aqui, é mesmo impressionante. Quinta da Regaleira http://www.regaleira.pt/ Horário: 10:00-17:30, até às 20:00 no verão. Você pode visitar em qualquer horário mas existem também visitas guiadas que valem muito mais a pena já que o palácio é cheio de simbolismos, clique para ver os horários disponíveis: http://www.regaleira.pt/Regaleira.aspx?aid=100022 Fechado: 24 e 25 de dezembro Preço: 6,00€ (visitas livres), 10€ (visita guiada) (-20% com o Lisboa Card) Belíssimo palácio repleto de símbolos maçônicos e templários, um vasto bosque e o Poço Iniciático (utilizado em rituais de iniciação à maçonaria) que também pode (e deve) ser visitado. Palácio de Seteais Localizado perto da Quinta da Regaleira esse palácio, hoje ocupado por um hotel 5 estrelas, oferece uma vista diferente, ainda que distante, do belíssimo Palácio da Pena. Você deve caminhar até a entrada do hotel e procurar pelo palácio em cima da colina. Casa Piriquita Horário: 08:30-22:00 Fechado: Quartas-feiras Não deixe de provar os famosos travesseiros e as queijadas, doces típicos de Sintra. Queluz Sintra tem muitas atrações, fazendo com que o turista tenha que correr se for fazer um bate-volta de um dia partindo de Lisboa, mas ainda assim você pode acordar bem cedo e aproveitar que o Palácio de Queluz abre antes dos de Sintra e visitar esse que é o palácio mais brasileiro de Portugal. A estação de trem se chama Queluz-Belas e o palácio fica a 1km (15 minutos a pé) da estação. Palácio Nacional e Jardins de Queluz http://www.parquesdesintra.pt/parques-jardins-e-monumentos/palacio-nacional-e-jardins-de-queluz/ Horário: 09:00-17:30 Fechado: 1° de janeiro e 25 de dezembro Preço: 8,50€ (palácio + jardins), 3,50€ (somente os jardins) (-15% com o Lisboa Card) D. João VI, Carlota Joaquina, D. Pedro I, nomes tão conhecidos e ligados à história do Brasil são um motivo extra para brasileiros em visita à Portugal virem à Queluz e conhecer esse belíssimo palácio que foi residência da família real portuguesa antes e depois da estada deles no nosso país. D. Pedro I (D. Pedro IV em Portugal) que proclamou a Independência do Brasil, nasceu e morreu nesse palácio.
Líderes está configurado para São Paulo/GMT-03:00


×
×
  • Criar Novo...