Ir para conteúdo

Líderes

Conteúdo Popular

Exibindo conteúdo com a maior reputação em 12-06-2019 em todas áreas

  1. @Vanessa Aline Olá, as coisas em La Paz acontecem e se fazem no centro da cidade, é o melhor local para se hospedar, pois fica perto das as agencias de turismo, terminal de ônibus, locais para compras, principais hotéis, etc. A verdadeira excelência do povo de La Paz é ali.Uns 99,9% das pessoas que vão a La Paz se hospedam por lá. Sobre questão de segurança, te garanto que não vai lhe acontecer nada, mas sempre é bom ficar de olho em seus itens pessoais em locais públicos. Tenha cuidado apenas com os efeitos da altitude nos primeiros dias, principalmente no primeiro dia, se aliment
    3 pontos
  2. Resolvi escrever este relato pois não vi muitos parecidos. A minha viagem foi sozinho, sem alugar carro (mas alugando bicicleta e pegando caronas) e sem fechar nada com agências antes de ir, em abril de 2019. Essa parte é importante: não precisa fechar nada com agência antes. Pois bem, antes de ir, pedi orçamentos para várias agências que achara na internet e o que eles me mandaram me espantou, era tudo extremamente caro! Coisas como: Circuito das Cachoeiras por R$220 + R$180 do transporte; R$320 o trecho Cuiabá-Chapada (sendo que o ônibus urbano custa R$18), queriam cobrar até por passe
    2 pontos
  3. Olá! Estou indo para La Paz em julho. Gostaria de indicação de bairro pra ficar. Fiz bastante leituras, tenho nomes de bairros, entretanto se alguém que conhece o local puder ajudar agradeço. Gostaria de ficar em algum local bem localizado (que não fosse o centro, li que é mais sujo e movimento por lá...não sei se é isso tudo que falam). Alguma sugestão de hostel ou hotel? (limpo, localizado...valor depois olho se é viável) Obrigada!
    2 pontos
  4. Fiquei 2 dias nesse bairro, de Sopocachi, também pelo AIRBNB. Esse bairro é quase o centro.
    2 pontos
  5. Uns 20 dias atrás fiquei num Airbnb no bairro de Sopocachi, na Av. 20 de Octubre. O bairro é ótimo, relativamente calmo (comparado com o centro), com muitas opções de restaurantes bons, teleférico perto, praças bonitas e fica a uns 20 minutos de caminhada pro centro. Como não tenho problema nenhum em caminhar (ao contrário, gosto muito), foi uma ótima opção pra mim.
    2 pontos
  6. Eu acho que já peguei esse vírus kkkkkkkkkk
    2 pontos
  7. Vá sem medo. Na Bolívia, você sente a sensação de segurança. Fiquei hospedada no centro, é pertinho de tudo. Muito tranquilo o centro de La Paz.
    2 pontos
  8. Fica no centro, acabei de voltar da Bolívia. O centro é tranquilo e está perto de tudo. O povo boliviano é muito hospitaleiro, então não terás problema algum, a não ser com a altitude, que podes resolver com o chá da folha de coca ou mascando a folha, deixando na boca mesmo. A segurança é MIL % melhor que em várias cidades no Brasil. Fui, gostei e amei, tanto que pretendo voltar. Os passeios eu acredito que você já tenha feito as pesquisas, caso ainda tenhas dúvidas, é só perguntar.
    2 pontos
  9. Cuidado, viajar é um vírus e quando se pega, não tem cura !!! A Bolívia continua sendo um país mais barato para um mochilão, aos brasileiros. Vá com fé.
    2 pontos
  10. Neste mês de março de 2019, estive no maravilhoso estado de Sergipe, que é subestimado no quesito turismo no Brasil, desta forma como utilizo o site mochileiros.com como uma das fontes para planejar roteiros, compartilho este pequeno guia para auxiliar quem estiver interessado em visitar algumas cidades Sergipanas e a incrível capital Nordestina com ares de interior. 1º Dia 17:00h – Chegada em Aracaju, SE – Aeroporto Internacional Santa Maria - Desembarque - Locado um carro e em seguida realizado o Checklist na retirada do veículo da locadora, com o agente de locaçã
    1 ponto
  11. Esse roteiro descreve a viagem para o Chile na baixa temporada de 1 à 11 de outubro de 2018. 01: Na chegada ao aeroporto, logo após encontrar a mala fomos trocar R$ 100 para despesas emergênciais como a passagem do aeroporto até nossa primeira hospedagem. Foi a pior cotação, sendo 146 pesos/1 real + taxa de 945 pesos, ou seja para se ter uma idéia de quão desvantajoso foi: Câmbio Aeroporto -> R$ 100 = 14.600 + taxa (945) = 13.654 Câmbio Centro -> R$ 100 = 16.400 + taxa (0) = 16.400 A diferença foi $ 2.746 pesos ou um café da manhã (simples) ou Quesadilha ou
    1 ponto
  12. COM 15 MIL É POSSÍVEL FAZER ESSE ROTEIRO SEM TANTO APERTO? Dia 01: Saída do Brasil Dia 02: Chegada em Madrid (geralmente um dia dia perdido, até você se livrar da imigração e ir pro centro achar o hotel) Dia 03: Madrid Dia 04: bate-volta a Toledo Dia 05: Madrid dia 06: avião para Barcelona Dia 07: Barcelona Dia 08: Barcelona Dia 09: avião pra Londres Dia 10: Londres Dia 11: Londres Dia 12: Londres Dia 13: Londres Dia 14: Trem para Paris no começo da noite
    1 ponto
  13. @Jessica Farias chegando ao aeroporto tem algumas empresas que fazem o translado, recentemente cheguei de madrugada da argentina e vi dois turistas pegando um compartilhado de uma dessas empresas, saiu a R$ 90,00 o translado, considero barato tendo em vista a distância.
    1 ponto
  14. No dia do Valle Sagrado dá pra colocar junto Moray e Maras. Eles chamam esse pacote de Super Valle. Fiz esse, mas não tinha Ccorao. A ordem foi Chinchero, Moray, Maras, pausa pro almoço em Urubamba, Ollantaytambo e Pisac. Dessa forma vc ficaria com um dia livre que dá pra colocar a Montanha Colorida, por exemplo, ou algum outro passeio.
    1 ponto
  15. Hospedagem: couchsurfing / camping / hostel (em quarto coletivo) Alimentação: cozinhe você mesmo / procure por restaurantes dos nativos / no desespero compre pão e queijo e sobreviva. rs Transporte: carona / faça tudo que der a pé (baixe o mapa da cidade offline) / ônibus Transporte aéreo ou você tem data flexível para pegar uma promoção ou vai ter que pagar o preço.. aí não tem jeito. + tudo o que o pessoal falou aí encima. Abraços.
    1 ponto
  16. DIA 10 – CIENFUEGOS - TRINIDAD Para chegar a Trinidad não existem caminhões. As opções mais rápidas seriam ir de via azul por 6CUC cada ou de táxi compartilhado por 25CUC os dois. E das maneiras alternativas, existem 3 opções: Tomar um ônibus dentro do terminal sentido Arimao (2CUP), descer no último paradeiro da estrada e de lá correr botella. Mas é necessário chegar no mínimo 30 minutos antes do horário do ônibus e verificar os horários porque só existem 3 saídas e às vezes uma é cancelada; Tomar o ônibus Rutero- Parquevilluendas - Circulavacion (1CUP) até descer um semáfo
    1 ponto
  17. Como os amigo em cima comentaram, o sertão é muito grande e engloba vários estados. Tive o prazer de conhecer o Xingó (divisa entra Bahia, Sergipe e Alagoas) e fiz o passeio pelo Rio São Francisco. O local é incrível!!! Ali também tem o município de Piranhas/AL que é muito bem falado. Você também pode fazer a Rota do Cangaço em Sergipe que não tive oportunidade ainda de fazer (você vista o local onde mataram Lampião e parece que tem uma trilha na mata também). Outras cidades que quero conhecer são Caruaru, Juazeiro, Garanhuns e Petrolina.
    1 ponto
  18. Oi @Rogerio K C Eu acho que qualquer lugar vale a pena conhecer, a depender do gosto do freguês. Como já dito acima, o sertão é muito grande, e boa parte dele recheado de história, mas é preciso saber onde procurar. Eu estive no início do ano em um pedacinho do sertão baiano, terra do meu pai, onde fui deixar suas cinzas. Foi muito emocionante, pra mim, conhecer parte da história daquele lugar, da história dele e familiares, mas foi uma experiência muito particular. Os locais onde fui não são turísticos, mas vi muita beleza... e dor. A seca é uma condição complicada! Muito
    1 ponto
  19. @Juliana Champi, No site do consulado em POA, link abaixo, consta a mesma lista. Manda um e-mail pra eles pra confirmar os itens e leva impresso junto com a lista. A questão da autorização caso o veículo não esteja no seu nome, não precisa mais ir até o consulado da argentina ou ministério das relações exteriores do Brasil para autenticar, basta fazer a autorização, reconhecer firma e fazer o apostilamento em um cartório daqui habilitado. Quando fui em 2011, em apenas uma única parada pelo que lembro, em todo o trajeto, me pediram o "mata fuego" e o cambão (carta verde também)
    1 ponto
  20. A imigração em Schiphol não é das mais rigorosas e como tem muito brasileiro turistando em Amsterdam, eles estão acostumados conosco e gostam de nós! É normal você entrar em alguns lugares e eles perguntam "Brasil?"... você confirma e eles dizem "Voces são bem vindos"... mesmo porque o brasileiro tem fama de gastador na Europa. Diferente dos chineses, por exemplo. Brasileiro e suas manias do "não precisa"! São por essas e outras que muita gente volta de Barajas chorando pitangas! Ninguem nunca me pediu para ver dinheiro... mas pode pedir um dia, e ai? Conheço varias pessoas, casais, que t
    1 ponto
  21. Comprei em promoção na moon trail americana. A zpacks é excelente eu tenho uma mochila deles a ArcBlast. A questão das barracas Zpacks e serem semi double wall ou seja condensam muito em nosso clima. Segundo ponto tem tido muita reclamação quanto à qualidade das costuras nos últimos meses. Eu eu ainda sou fã de double wall padrão.
    1 ponto
  22. 1° dia – 15/05/2019 (quarta-feira) Chegamos em Cusco as 15h, horário local. Ficamos hospedados no HOSTAL LUCERITO - Av. El Sol, 524 (frente ao museu/sítio de Qoricancha). Recomendo esse Hotel, fica 8 minutos de caminhada agradável até a Plaza de Armas, fiz a reserva pelo booking sem taxa de cancelamento e sem pagamento antecipado. Sobre esse hotel em Cusco: Pontos positivos: próximo ao centro, oferecem transfer do aeroporto (20 soles), tem depósito para bagagens, a dona Sra. Norma é muito atenciosa, chuveiro esquenta bastante, chá de coca sempre que solicitar, b
    1 ponto
  23. Obrigada, @FABIOLA ZUCKERT
    1 ponto
  24. @Elder Walker onde exatamente vc achou listados os itens obrigatórios? Procurei no site da embaixada mas não encontrei... estou indo só com o extintor e os 2 triângulos, nada de cambão, mortalha, jaleco e o escambau, rs! @fore muito bom o relato, lindas fotos! Obrigada por compartilhar! Tenho planos pra esta viagem tb!!
    1 ponto
  25. Estou acompanhando o Tópico, pois quero ir a Bolívia, será meu primeiro mochilão, nunca viajei nem a outro estado.
    1 ponto
  26. Se vc contratar os passeios daqui vai pagar muito mais caro (mais do que o dobro, normalmente). Mas, se vc for fechar por aqui mesmo e tiver que fazer pagamentos, dá uma olhada antes no tripadvisor se existe avaliação da agência que vc quer usar. Se vc achar alguma opinião fica mais tranquilo de poder transferir dinheiro.
    1 ponto
  27. @Dri123 quando fiz meu primeiro mochilão foi pra essas bandas de lá, na época eu reservei a trilha inca com a agencia Peru Info Cusco e tinha um brasileiro que trabalhava nessa agencia. Eu precisei sim fazer parte do pagamento antecipado e ao chegar em Cusco fiz o restaste.
    1 ponto
  28. Eu e minha esposa formos para São Lourenço saindo do RJ, eu tinha duas rotas a fazer: a) uma direto pela br116 e entrando na rota da br354, na ida levamos pouco mais de seis horas de viagem pois na br354 pegamos um transito muito lento devido a subida de caminhões, levamos muito tempo na br354, na volta levamos menos tempo, e este é o trajeto mais curto b) a outra é mais longa e a meu ver mais rápida, indo pela br 116, entrando em resende pela Br161, br267 e br383 qual é a diferença? 107 km a mais de diferença da rota B para rota A, OU SEJA, a rota A e
    1 ponto
  29. Fernando, sua colocação é bem interessante, e esse sentimento de medo é mais do que normal. Depois de 10 anos mochilando sozinha por aí, uma das principais coisas que aprendi é que o medo não pode impedir a gente de fazer nada. É claro que hoje muitas das coisas que me preocupavam no começo viraram banais, mas ainda assim existem algumas situações que ainda causam medo. Muita gente me diz que não sabe como eu tenho coragem de sair por aí sozinha, mas a verdade é que medo todo mundo tem em algum momento, a questão é só não deixar de fazer o que se quer por causa dele Mas fal
    1 ponto
  30. Muito úteis essas dicas. Estou pensando em ir fazer um mochilão pelo litoral nordestino, e acho que a carona será uma opção. É claro que, depois de ler isso aqui, estarei acompanhada sempre. Valeu!
    1 ponto
  31. ótimas! E apesar do conselho de mulher sozinha esquece, eu já pedi carona sozinha, numa estrada no Maranhão e o caminhoneiro foi muito bacana, mas eu não faria isso de novo!
    1 ponto
  32. (05/nov/08) Dia 4: Acampando em Castelhanos Ao contrário dos outros dias, nos quais havia sombra, acordamos as 7h30 com o sol já alto. Enrolamos até 8h30, e fomos tomar café da manhã descente no Bar da Vivian. O tempo nublado, o cansaço e o segundo aviso sobre o perigo de termos nossas coisas roubadas no camping levou-nos a decisão de passar o dia inteiro descansando perto ao camping (foto ao lado). Na hora do almoço fomos dar uma procura em outro lugar para almoçar (apenas para poder variar) e depois de andar a praia de inteira decidimos comer no mesmo lugar; almoçamos 12h30 e o alm
    1 ponto
Líderes está configurado para São Paulo/GMT-03:00
×
×
  • Criar Novo...