Mochilão Reggaeton! 29 dias de frio por Bolívia, Chile e Peru!

Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
Avatar
letícia.amorim
Mensagens: 199
Registrado em: 01 Set 2015, 15:10
Contato:

26 Set 2016, 14:45  

Acordamos as 7h, pra tomar o café da manhã que começaria as 7h30. Eu adorei o café. Primeira e última vez que eu tomei leite com achocolatado. Foi ótimo. ::love::

Isa estava melhor, mas passaria o dia no hotel. Voltei pro quarto pra pegar minhas coisas e percebi que havia perdido o recibo das passagens de ônibus pra La Paz. O cara da agência tinha me dado 2 recibos: o do passeio e o das passagens. Revirei minhas coisas e nada do recibo. Resolvemos passar antes na agência e tentar pedir outro. Saímos eu, Carol, Ju e Amanda. Passamos lá e explicamos pro senhor da agência o que tinha acontecido. Com cara de cu, ele disse que não teria problema com relação ao bus. Partimos em direção ao lago, compramos snacks no caminho.

Achamos nosso barco e já entramos na parte de baixo porque já tinha lido que você tem que escolher: vai fedendo a diesel embaixo ou congelando em cima. Escolhemos o diesel. ::cool::
Estávamos lá, maravilhadas com nosso barco, pois era bem melhor do que esperávamos. Maaaas como alegria de pobre dura pouco, e sempre lembrando que o barato sai caro, eis que o cara da agência chega e fala que teríamos que mudar de barco. Tirou todo mundo de seus lugares e nos passou do barco-expectativa para o barco-realidade. Esse sim era o que esperava: banco duro, não dava nem pra encostar e, mesmo estando na parte do diesel, nós quase congelamos.

O motivo da troca foi que um bando de francesas metidas contratou o passeio de última hora e, por isso, não cabia todo mundo no outro barco, que era menor. ::grr::
Ok. Mente aberta, o próximo passo seria sair dali. O barco não queria pegar de jeito nenhum!!! O moço puxava as cordas lá (sei nenhum termo técnico) e nada!! O legal era que quanto mais ele puxava, mais subia fumaça do diesel, que acabou consumindo todo o barco! Sério, não dava nem pra respirar lá dentro. ::hein:
IMG_2302.JPG
diesel is coming
IMG_2302.JPG (167.75 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_2303.JPG
fumaça
IMG_2303.JPG (154.87 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_2304.JPG
velocidade no momento: 5km/h
IMG_2304.JPG (166.96 KiB) Exibido 412 vezes

Resultado: o moço puxando a corda, a francesa reclamando com cara de bosta e o resto de nós sofrendo pra tentar respirar um oxigênio puro, só fomos sair de lá as 9h. ::putz::

Partimos em direção ao desconhecido quando DO NADA, uns 10 minutos depois, o barco pifa de novo, NO MEIO DO LAGO. Cê tá de brincadeira né, tio? ::essa::
Vamos lá, mais uma vez, puxar a cordinha, ouvir reclamações em francês e feder a diesel. Barco pegou!! Vivaaaa! ::hãã2::
Voltamos ao nosso trajeto!

Navegando a 5km/h, chegamos a parte sul as 10h30. Algumas pessoas desceram lá, mas nós seguiríamos para a parte norte, então ficamos lá sentadinhas. O sul é muito perto do norte, logo já chegamos lá.
n (1).JPG
Chegamos
n (1).JPG (226.02 KiB) Exibido 412 vezes

n (21).JPG
Enfim, parte norte
n (21).JPG (274.33 KiB) Exibido 412 vezes

n (2).JPG
Parte norte
n (2).JPG (173.27 KiB) Exibido 412 vezes

Era umas 11h e já estávamos com fome. Encontramos uma barraquinha que vendia hamburguesa. Podia escolher entre hambúrguer com ovo ou com abacate. Correndo sério risco de pegar salmonela, escolhi o de ovo. ::tchann::
n (22).JPG
hamburguesa
n (22).JPG (215.72 KiB) Exibido 412 vezes

Não tem nenhum guia que vai te levando nos lugares. Você está por conta própria. Sem saber direito pra que lado deveríamos ir, escolhemos uma direção qualquer. Pagamos a taxa obrigatória, fomos explorar e tirar fotos. Lá é maravilhoso! 1 milhão de vezes mais lindo que a parte sul! Apesar da parte sul ser mais turística, se você for dormir na ilha, por favor, durma na parte norte! Deve ser surreal o pôr e nascer do sol naquele lado! ::love::
n (23).JPG
Parte Norte
n (23).JPG (238.97 KiB) Exibido 412 vezes

n (24).JPG
Parte Norte
n (24).JPG (204.02 KiB) Exibido 412 vezes

n (25).JPG
Parte Norte
n (25).JPG (209.92 KiB) Exibido 412 vezes

n (29).JPG
Parte Norte
n (29).JPG (195.2 KiB) Exibido 412 vezes

n (31).JPG
Parte Norte
n (31).JPG (271.17 KiB) Exibido 412 vezes

n (30).JPG
Parte Norte. PS: dedo da Carol na lente
n (30).JPG (256.03 KiB) Exibido 412 vezes

n (34).JPG
Companheiro de subida
n (34).JPG (223.55 KiB) Exibido 412 vezes

n (36).JPG
Parte Norte
n (36).JPG (244.11 KiB) Exibido 412 vezes

n (9).JPG
Parte Norte
n (9).JPG (163.5 KiB) Exibido 412 vezes

n (17).JPG
Parte Norte
n (17).JPG (145.32 KiB) Exibido 412 vezes

Depois de caminhar por tudo lá, já era hora de voltar ao barco. Comprei uma coca e ficamos sentadas esperando. Deveríamos sair as 13h30, mas acabamos saindo as 14h. Dessa vez fomos na parte de cima do barco, já que seria só meia hora até a parte sul. ::hahaha::
IMG_2355.JPG
Indo pro lado sul na parte de cima do barco
IMG_2355.JPG (109.84 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1739.JPG
Parte de cima do barco
IMG_1739.JPG (139.14 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_2356.JPG
Carol modelo
IMG_2356.JPG (95.86 KiB) Exibido 412 vezes

14h30 desembarcamos e já fomos atacados pelo pessoal que cobra a taxa obrigatória. Lá é bonito, mas eu não achei tanta graça depois de ter conhecido a parte norte. Depois da traumatizante experiência em Machu Picchu, eu quase chorei ao ver que tinha que subir uma escadona. Eu podia escolher ficar lá embaixo, mas parecia que a graça do lugar era ver lá do topo. Então subimos! Carol, sempre atleta, foi na frente, depois as meninas e, por último obviamente, eu. Cheguei lá em cima botando os bofe pra fora. Tem muitas árvores lá, então a visão fica meio prejudicada, mas fiquei feliz de ter ido. ::otemo::
IMG_1741.JPG
Chegando a parte sul
IMG_1741.JPG (264.86 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1746.JPG
Desembarcamos
IMG_1746.JPG (163.81 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1751.JPG
Bienvenidos
IMG_1751.JPG (251.05 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1752.JPG
Parte Sul
IMG_1752.JPG (267.11 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1749.JPG
Parte Sul
IMG_1749.JPG (138.78 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1750.JPG
Começo da escadaria
IMG_1750.JPG (232.7 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1757.JPG
Lá de cima
IMG_1757.JPG (261.47 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1756.JPG
Parte Sul
IMG_1756.JPG (188.83 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1754.JPG
Parte Sul
IMG_1754.JPG (219.13 KiB) Exibido 412 vezes

IMG_1747.JPG
Parte Sul
IMG_1747.JPG (118.58 KiB) Exibido 412 vezes

Antes de voltar ao barco, descemos pra dar uma andada por lá. Pagamos pra usar o baño e, sinceramente, não sei pra onde vai aquele dinheiro, porque certamente não vai pra manutenção do banheiro. Jesus, é horrível. ::xiu:: Se você tiver uma diarreia lá, sinto muito.
Sem falar que a descarga é manual: tem um barril do lado de fora, você enche de água o seu baldinho e despeja na privada quando acaba. ::cool::

Compramos um sorvete e voltamos ao barco que, naturalmente, saiu atrasado. Chegamos a Copacabana as 17h. Fomos correndo pro hotel pra tomar banho rapidão e pegar o busão as 18h. Lá não tem rodoviária. Os ônibus ficam parados numa rua lá perto. Aproveitamos pra comprar umas empanadas. Comprei uma doce e uma salgada.

Fomos procurar nosso ônibus e um cara nos abordou. Perguntou pra onde iríamos e o nome da agência. Mostrei meu recibo, ele catou e mandou a gente subir em um ônibus qualquer lá. Me entregou só um papel escrito 1, 2, 3, 4 e 5 que, pela lógica, entendemos ser os números das poltronas.

No ônibus, nós éramos as únicas turistas, o resto era tudo boliviano. Acabou que tinha mais gente do que assento, então algumas pessoas sentaram no corredor mesmo. Partimos naquele veículo maravilhoso as 18h30.

19h30 chegamos ao ponto que todo mundo desce pra poder atravessar de balsa. As pessoas vão em um barco do estilo que vai pra Isla del Sol e o busão vai na balsa. Não é necessário pegar os mochilões.

Enfim, meio sem saber pra onde ir, você sai correndo no meio da escuridão e chega a uma casinha, onde é cobrado o valor da travessia. Todo mundo embarca e 15 minutos depois estamos do outro lado. O busão leva mais tempo pra aparecer, o nosso só foi chegar 20h10. Então não há motivos pra desespero. Tá todo mundo ali perdido igual você. ::cool::

Compramos uns chicletes numa barraquinha ali do lado e seguimos viagem.
22h chegamos a La Paz. Mas quando eu digo CHEGAMOS, é tipo: estou deduzindo que aqui deve ser La Paz, porque SÉRIO, a entrada da cidade estava toda em obras. Desvio pra cá, desvio pra lá, daí o ônibus acabou fazendo um atalho no meio do nada. Um bairro super feio, que não tinha uma alma na rua. O motorista parecia perdido: parava o ônibus, dava ré, voltava por não-sei-onde. Senhor amado. Achei que não íamos chegar em lugar nenhum. ::essa::

Enfim, depois da super volta que demos, 23h20 ::dãã2:: paramos em um lugar x. O motorista mandou a gente descer, só que não estávamos em terminal nenhum. Revoltados, alguns bolivianos foram lá na frente protestar que a gente queria ser deixado na rodoviária, e não ali naquele bairro super mal encarado. Briga daqui, briga dali, até Isa acabou descendo lá pra xingar o motorista com seu super espanhol. Depois de infinitas discussões, o motorista, contrariado, ligou o busão e nos deixou no terminal certo.

Quase meia noite, pegamos um táxi até o Wild Rover. No caminho, o taxista foi tentando nos convencer a ficar em outro hostel, de qualquer jeito. 10 minutos depois chegamos. Fomos juntar o dinheiro de todas, e quando fui dar o valor total, acabei entregando 5 bolivianos a mais. Acho que nem estava mais raciocinando direito. Sem dizer nada, o taxista partiu. Bom, fazer o que. ::hein:
Pelo menos havíamos chegado.

Mas minha felicidade durou pouco. Entramos no Wild Rover e o cara da recepção nos informou que não tinha vaga pra nós três (eu, Carol e Isa), pois como não dormimos na Isla del Sol, como programado, acabamos chegando um dia antes da reserva. E não teve conversa! Ele falou que não tinha nenhuma cama pra nós. Saímos de lá e resolvemos entrar no hostel logo em frente.

Perguntamos se tinha cama e ele disse que estava tudo ocupado e que só tinha vaga no quarto de 3, que era mais caro. Nós ameaçamos ir embora (na verdade, torcendo pra ele baixar o preço porque não tínhamos ideia pra onde ir) e aí, milagrosamente, apareceu um quarto de 6 camas. Preenchemos um formulário e subimos pro quarto que, pasmem, estava vazio.

Perguntamos a hora do café da manhã e ele disse 10h30. Escolhemos qualquer cama e fomos dormir mortas de cansaço.

Sobre os gastos:

Doritos: 8 bolivianos
Hamburguesa de ovo: 10 bolivianos
Taxa parte norte: 10 bolivianos
Coca: 7 bolivianos
Taxa parte sul: 5 bolivianos
Baño parte sul: 2 bolivianos
Empanadas doce e salgada: 14 bolivianos (7 cada)
Taxa travessia: 2 bolivianos
Chicletes na vendinha perto da travessia: 1 boliviano (0,50 cada)
Táxi da rodoviária até o Wild Rover: 25 bolivianos (5 pra cada; mas como eu mosquei e dei 5 a mais, ficou 10 bolivianos pra mim)
Não conheci o mundo inteiro, mas está na minha lista.

ImagemImagem ImagemImagem

Relato mochileiros:
http://www.mochileiros.com/mochilao-reggaeton-29-dias-de-frio-por-bolivia-chile-e-peru-t132050.html
Para mais dicas, relatos e perrengues, entre no meu blog:
https://letisgoing.wordpress.com/

Avatar
vitor piva
Mensagens: 10
Registrado em: 10 Jun 2016, 10:11

26 Set 2016, 16:07  

muito massa sua trip em leticia.. parabéns..
estou planejando isso tambem... so que pretendodemorar um pouco mais do q 29 dias..
vc poderia me dar uma luz ai pra ajudar..
passarei nesses mesmos paises so que vou para a colombia depois, e tenho algumas duvidas..
nesses paises eh melhor levar dolares ou real mesmo? sobre o cambio.. sai mais em conta a conversao aqui no brasil ou nesses outros paises?
valew ai

Avatar
letícia.amorim
Mensagens: 199
Registrado em: 01 Set 2015, 15:10
Contato:

26 Set 2016, 16:27  

vitor piva escreveu:muito massa sua trip em leticia.. parabéns..
estou planejando isso tambem... so que pretendodemorar um pouco mais do q 29 dias..
vc poderia me dar uma luz ai pra ajudar..
passarei nesses mesmos paises so que vou para a colombia depois, e tenho algumas duvidas..
nesses paises eh melhor levar dolares ou real mesmo? sobre o cambio.. sai mais em conta a conversao aqui no brasil ou nesses outros paises?
valew ai


oieee
com certeza dólar compensa mais! Pelo menos, quando eu fui, compensava! E o dólar faz bem menos volume do que levar tudo em reais!
e quanto as trocas de moedas, não troque nada no Brasil!! Deixe pra fazer a conversão durante a viagem! é muito fácil achar lugares que fazem câmbio! sem falar que só quando estiver lá fechando passeios, comendo e pagando diárias que você saberá quanto que deve trocar exatamente ::otemo::
Não conheci o mundo inteiro, mas está na minha lista.

ImagemImagem ImagemImagem

Relato mochileiros:
http://www.mochileiros.com/mochilao-reggaeton-29-dias-de-frio-por-bolivia-chile-e-peru-t132050.html
Para mais dicas, relatos e perrengues, entre no meu blog:
https://letisgoing.wordpress.com/

naiani.gasparetto
Mensagens: 15
Registrado em: 19 Ago 2016, 15:52
Contato:

26 Set 2016, 17:12  

ebaaaa.. mais um!!! ::otemo:: não tenho palavras para descrever a emoção quando o "mochilão reggaeton" aparece em primeiro da lista ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha::
Estava ansiosa pela isla, pq ainda tenho que definir a trilha, fazer ou não fazer?? Também não vou conseguir dormir por lá mas pego o barco pela manhã e retorno no final da tarde como vcs. Você sabe me dizer (ao se alguém souber) se daria tempo de fazer a trilha do norte ao sul no mesmo dia e se compensaria?? ainnnnn faltam 2 semanas ::hahaha::
"Pegue os ventos. Explore. Sonhe. Descubra."

Avatar
letícia.amorim
Mensagens: 199
Registrado em: 01 Set 2015, 15:10
Contato:

26 Set 2016, 22:41  

naiani.gasparetto escreveu:ebaaaa.. mais um!!! ::otemo:: não tenho palavras para descrever a emoção quando o "mochilão reggaeton" aparece em primeiro da lista ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha::
Estava ansiosa pela isla, pq ainda tenho que definir a trilha, fazer ou não fazer?? Também não vou conseguir dormir por lá mas pego o barco pela manhã e retorno no final da tarde como vcs. Você sabe me dizer (ao se alguém souber) se daria tempo de fazer a trilha do norte ao sul no mesmo dia e se compensaria?? ainnnnn faltam 2 semanas ::hahaha::


oieee
hahahahaha obrigada! ::love::
Olha, dá pra fazer a trilha sim. O barco te deixa na parte norte umas 11h e sai da parte sul as 15h30, ou seja, dá tempo de fazer, só não pode demorar muito! Você tem que ver como seu corpo estará respondendo à altitude, porque o meu tava péssimo! Eu estava me arrastando... andar e respirar ao mesmo tempo era uma tarefa muito dificil... então nem me atrevi! Mas se vc quer muito fazer e estiver toda ótima, faz sim! Eu queria muito ter feito! Quem sabe um dia... ::mmm:
Se vc conseguir, me conte ::hãã2::

E tá chegandoooooo ::hahaha::
Não conheci o mundo inteiro, mas está na minha lista.

ImagemImagem ImagemImagem

Relato mochileiros:
http://www.mochileiros.com/mochilao-reggaeton-29-dias-de-frio-por-bolivia-chile-e-peru-t132050.html
Para mais dicas, relatos e perrengues, entre no meu blog:
https://letisgoing.wordpress.com/

naiani.gasparetto
Mensagens: 15
Registrado em: 19 Ago 2016, 15:52
Contato:

27 Set 2016, 00:04  

Siiiim, falta muito pouco ::hahaha::
Pois é, tem este detalhe rsrs.. mas se estivermos bem vamos tentar!!

letícia.amorim escreveu:
naiani.gasparetto escreveu:ebaaaa.. mais um!!! ::otemo:: não tenho palavras para descrever a emoção quando o "mochilão reggaeton" aparece em primeiro da lista ::hahaha:: ::hahaha:: ::hahaha::
Estava ansiosa pela isla, pq ainda tenho que definir a trilha, fazer ou não fazer?? Também não vou conseguir dormir por lá mas pego o barco pela manhã e retorno no final da tarde como vcs. Você sabe me dizer (ao se alguém souber) se daria tempo de fazer a trilha do norte ao sul no mesmo dia e se compensaria?? ainnnnn faltam 2 semanas ::hahaha::


oieee
hahahahaha obrigada! ::love::
Olha, dá pra fazer a trilha sim. O barco te deixa na parte norte umas 11h e sai da parte sul as 15h30, ou seja, dá tempo de fazer, só não pode demorar muito! Você tem que ver como seu corpo estará respondendo à altitude, porque o meu tava péssimo! Eu estava me arrastando... andar e respirar ao mesmo tempo era uma tarefa muito dificil... então nem me atrevi! Mas se vc quer muito fazer e estiver toda ótima, faz sim! Eu queria muito ter feito! Quem sabe um dia... ::mmm:
Se vc conseguir, me conte ::hãã2::

E tá chegandoooooo ::hahaha::
"Pegue os ventos. Explore. Sonhe. Descubra."

Avatar
pereira.gsilva
Mensagens: 13
Registrado em: 26 Set 2016, 13:47

27 Set 2016, 14:11  

U.u tá muito legal acompanhar essa aventura.

Avatar
letícia.amorim
Mensagens: 199
Registrado em: 01 Set 2015, 15:10
Contato:

28 Set 2016, 09:38  

Acordamos, tomamos banho e fomos tomar nosso café da manhã. Chegamos lá e SURPRESA o café era só até 10h, e não até 10h30, como o cara chato da recepção havia dito. ::vapapu:: Fomos lá reclamar e não era mais o mesmo cara da noite. Reclama daqui, reclama de lá, e eles deixaram a gente tomar nosso desayuno. ::cool::

A moça nos serviu com a pior vontade do universo, mas fazer o que? Ninguém mandou falar a hora errada pra nós. Fizemos check-out, atravessamos a rua e fizemos check-in no Wild Rover. Mesmo sem ter dado a hora de entrar, pudemos ir pro nosso quarto. Os quartos do WR são identificados por letras, e o nosso era a letra U, ou seja, tinha que andar horrores pra chegar nele, mas ok, pelo menos tínhamos um teto. ::mmm:

Fomos dar uma olhadinha no lugar do café-da-manhã e já comemos mais um pãozinho. Lá reencontramos Amanda. Logo nos juntamos ao grupo de Uberlândia, que estava de saída ao Mercado de las Brujas. No caminho, fizemos câmbio. Entrei numa farmácia pra comprar naridrin (porque Junnio havia roubado o meu) e aproveitamos para usar uma balança eletrônica muito legal que dava seu peso, imc, altura, etc... parecia atração turística, todo mundo fazendo fila pra pesar! ::lol4:: bem coisa de quem não tem o que fazer, eu sei...

Até o mercado das bruxas é um chão bom... deve dar uns 15 minutos de caminhada do Wild Rover. E, pra piorar, o caminho é feito só de ladeiras. Meu pulmão tava pedindo socorro já. ::sos::
Enfim, chegamos ao mercado e lá decidimos que faríamos um amigo secreto. Peguei um papel e escrevi o nome de todos, tiramos nossos amigos secretos e ficamos de comprar a lembrancinha ali mesmo (só que como eu sou péssima nisso, só fui comprar a minha no dia do amigo secreto ::mmm: ).
IMG_2373 (451x800).jpg
Mercado de las Brujas
IMG_2373 (451x800).jpg (241.79 KiB) Exibido 684 vezes

Depois de comprinhas, bater pernas e nos perder inúmeras vezes, estávamos com fome, pois já era quase 14h. ::hein: Fomos arrumar um lugar pra almoçar, mas ali perto só tinha coisa cara! Aliás, ali perto do mercado é tudo caro!!! Decidimos ir em um lugar que eles já haviam almoçado no dia anterior, só que era lááááá perto do hostel.

Quase pulando de felicidade, começamos nosso caminho de volta pelas ladeiras. Chegando lá, nosso grupo se dividiu entre os que queriam comer hambúrguer e os que queriam comer comida. Isa, Amanda e Carol seguiram pra comida, num restaurante de massas, se não me engano, e eu, Ju, Amadeu, Bryan e Marina fomos atrás do hambúrguer. O lugar chamava Mega Burger. Lá era gostoso! O problema é que graças as sistema ótimo deles de entrega, meu lanche demorou muito pra chegar. Tanto que todo mundo já estava lá satisfeito e eu quase comendo a mesa. Então lá vai a dica pra você que quer comer no Mega Burger: fica esperto! Assim que eles gritarem o nome do seu lanche, já sai correndo, antes que alguém pegue na sua frente. ::cool::

No caminho para o hostel, entramos numa agência pra ver os preços do Downhill. Ninguém de Uberlândia iria fazer, até euzinha convencer Juliana. Como ela iria embora na sexta à noite, tinha que ser no dia seguinte (quinta). Isa e Carol ainda não tinham certeza se iriam, então nós duas acabamos fechando lá mesmo (até porque só de pensar em rodar La Paz atrás de agência, naquelas ladeiras, eu já tinha um treco). ::dãã2::
Localização da agência: saindo do Wild Rover, virando a esquerda (pro lado da plaza), no mesmo quarteirão. No hostel também era vendido o pacote, mas, obviamente, estava mais caro.

Nós pegamos a bicicleta top. Pelo que eu entendi, de acordo com sua escolha de bike e número de pessoas que tem seu grupo, a moça da agência te coloca em alguma empresa. A nossa foi a “Adventure on Wheels”. TODO MUNDO fala super bem da “Xtreme”, mas deixa eu contar uma coisa.

A nossa empresa foi PERFEITA. Os guias eram super engraçados, fizeram mil fotos e vídeos, o hotel que almoçamos era mara, a ducha lá foi a melhor da vida e nenhuma bicicleta deu defeito. Os únicos pontos negativos eram o motorista, que era meio tarado, mas ok, e um episódio que aconteceu na volta pra La Paz. Mas no geral foi ótimo!!!

Assim como tinha meu pensamento sobre a Esmeralda, eu queria muito ter ido com a Xtreme. Mas, no fim das contas, ainda bem que não fomos, pois o grupo de brasileiros que foi com eles, um dia depois de nós, contou que várias bicicletas estouraram o pneu na descida! Então, eu recomendo essa empresa que fomos e, pela experiência do outro grupo, não recomendaria a Xtreme. Pensa só, já tem todo o perigo de cair no precipício com uma bicicleta boa, imagina com uma bicicleta ruim.

Enfim, assim que você fecha o pacote, pode experimentar os acessórios pra ver que tamanho é o seu. Depois de tudo pago e experimentado, voltamos ao Wild Rover. Lá, eu e Isa usamos o computador pra entrar no site da Amaszonas e comprar a passagem pra Santa Cruz de La Sierra. Sempre lembrando que no site tem a opção de ser cobrado em reais, ou seja, não precisa se preocupar com o rombo no cartão de crédito quando voltar pra casa. Quem me deu essa dica na hora foi a Juliana! Senão nós teríamos saído atrás de alguma agência pra comprar.

Depois decidimos ir até o Mirador Killi Killi para apreciar a vista de La Paz com o pôr-do-sol. Umas 17h30 nós partimos para lá. No meio do caminho Isa desistiu de ir, pois era uma ladeira atrás da outra e, realmente, estava muito difícil caminhar. Ela voltou e nós seguimos adiante, a passos de tartaruga. Senhorrrr, como foi difícil! Mas chegamos!!!
É lindo lá! Dá pra ver tudo, inclusive o Chacaltaya ao longe. ::hahaha::
IMG_2383 (800x600).jpg
Mirador
IMG_2383 (800x600).jpg (291.44 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_1765 (800x600).jpg
La Paz
IMG_1765 (800x600).jpg (259.22 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_1766 (800x600).jpg
La Paz
IMG_1766 (800x600).jpg (315.9 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_1767 (800x600).jpg
La Paz
IMG_1767 (800x600).jpg (297.89 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2449 (600x800).jpg
Pôr-do-sol
IMG_2449 (600x800).jpg (191.25 KiB) Exibido 684 vezes

Ficamos lá até anoitecer, tirando fotos, apreciando a vista e brincando na beira do precipício. Levamos baralho e jogamos Presidente, bebendo vinho! Foi muito bom!
IMG_1773 (800x600).jpg
boy band
IMG_1773 (800x600).jpg (251.8 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2399 (600x800).jpg
girl band
IMG_2399 (600x800).jpg (233.97 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2419 (451x800).jpg
Amadeu vivendo perigosamente
IMG_2419 (451x800).jpg (299.79 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_3027.JPG
Amanda levou um tombo bonito depois dessa última foto
IMG_3027.JPG (618.62 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_1783 (800x600).jpg
A noite
IMG_1783 (800x600).jpg (343.79 KiB) Exibido 684 vezes

Na hora que o frio começou a apertar, decidimos voltar!
Todos nós nos arrumamos e fomos pra primeira festa em La Paz! Combinamos de ir todos com a camiseta do Wild Rover!
PS: Pra quem não sabe, ao passar pelos três Wild Rover’s, você ganha uma camiseta e um free drink! Então, guarde suas pulseirinhas!
IMG_2375 (800x600).jpg
Pulseirinhas dos 3 Wild Rovers
IMG_2375 (800x600).jpg (268.75 KiB) Exibido 684 vezes

Essa noite foi ótima! Tomei meu free drink, tocou várias músicas brasileiras e, pra variar, todo mundo subiu no balcão!
IMG_2448 (800x800).jpg
Indo pra festa
IMG_2448 (800x800).jpg (463.72 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2439 (451x800).jpg
Tim tim
IMG_2439 (451x800).jpg (165.78 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2438 (451x800).jpg
Isa
IMG_2438 (451x800).jpg (191.63 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2440 (800x451).jpg
Com nosso companheiro de quarto
IMG_2440 (800x451).jpg (161.33 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2441 (451x800).jpg
(y)
IMG_2441 (451x800).jpg (171.16 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2445 (800x442).jpg
IMG_2445 (800x442).jpg (257.71 KiB) Exibido 684 vezes

IMG_2447 (451x800).jpg
IMG_2447 (451x800).jpg (220.45 KiB) Exibido 684 vezes

Sobre os gastos:

Diária no hostel em frente o Wild Rover: 70 bolivianos
Naridrin: 24,50 bolivianos
Pesar na balança da farmácia: 1 boliviano
Lanche + coca dividida no Mega Burger: 26 bolivianos
Pacote da estrada da morte com bike completa: 450 bolivianos
Voo pra Santa Cruz de la Sierra: 213 reais

O câmbio do dia estava a 1 dólar = 6,95 bolivianos
Troquei 200 dólares que me renderam 1.390 bolivianos
Não conheci o mundo inteiro, mas está na minha lista.

ImagemImagem ImagemImagem

Relato mochileiros:
http://www.mochileiros.com/mochilao-reggaeton-29-dias-de-frio-por-bolivia-chile-e-peru-t132050.html
Para mais dicas, relatos e perrengues, entre no meu blog:
https://letisgoing.wordpress.com/

Avatar
Jéssika Costa
Mensagens: 99
Registrado em: 29 Jun 2015, 12:29
Localização: Vitória, Espírito Santo

28 Set 2016, 14:04  

Oi de novo, Letícia! ::lol3::
Dessa vez vou contribuir sobre essa questão do Downhill com a Xtreme! Eu fiz com eles ano passado, paguei 350 bolivianos na bicicleta mais barata. Achei os guias ok, as bicicletas também (apesar de a de um menino do meu grupo ter dado algum defeito - que eu não sei qual é - umas 3 vezes).
Eles prometeram almoço com piscina no final, mas só tinha o almoço, a piscina que é bom: nada hahahaha. E as fotos que eles tiraram ficaram HORRÍVEIS! Eu sei que são coisas bobas, mas poxa, se prometem uma coisa, têm que cumprir, e as fotos a mesma coisa, a gente quase não tem como tirar fotos durante o downhill e eles prometem tirar.. Quando fui ver o dvd, quase nenhuma salvou. Enfim, como você falou, muita gente vai com a idéia de que eles são os melhores e tal, mas eles são caros, isso sim. Existem muitas outras empresas boas e mais baratas. Então acho que, pra quem ainda vai, vale a pena dar uma pesquisada. E que bom que a sua experiência foi boa! Ansiosa pra ver as fotos :D

Avatar
letícia.amorim
Mensagens: 199
Registrado em: 01 Set 2015, 15:10
Contato:

28 Set 2016, 16:06  

Jéssika Costa escreveu:Oi de novo, Letícia! ::lol3::
Dessa vez vou contribuir sobre essa questão do Downhill com a Xtreme! Eu fiz com eles ano passado, paguei 350 bolivianos na bicicleta mais barata. Achei os guias ok, as bicicletas também (apesar de a de um menino do meu grupo ter dado algum defeito - que eu não sei qual é - umas 3 vezes).
Eles prometeram almoço com piscina no final, mas só tinha o almoço, a piscina que é bom: nada hahahaha. E as fotos que eles tiraram ficaram HORRÍVEIS! Eu sei que são coisas bobas, mas poxa, se prometem uma coisa, têm que cumprir, e as fotos a mesma coisa, a gente quase não tem como tirar fotos durante o downhill e eles prometem tirar.. Quando fui ver o dvd, quase nenhuma salvou. Enfim, como você falou, muita gente vai com a idéia de que eles são os melhores e tal, mas eles são caros, isso sim. Existem muitas outras empresas boas e mais baratas. Então acho que, pra quem ainda vai, vale a pena dar uma pesquisada. E que bom que a sua experiência foi boa! Ansiosa pra ver as fotos :D


Nossa, que bad! eu ia ficar puta! hahahahahaaha
obrigada por compartilhar sua experiência! Precisamos parar de achar que essas empresas famosinhas serão perfeitas!! ::tchann::
Amanhã já coloco o relato da estrada da morte e minhas fotinhas ::hahaha::
bjsssss
Não conheci o mundo inteiro, mas está na minha lista.

ImagemImagem ImagemImagem

Relato mochileiros:
http://www.mochileiros.com/mochilao-reggaeton-29-dias-de-frio-por-bolivia-chile-e-peru-t132050.html
Para mais dicas, relatos e perrengues, entre no meu blog:
https://letisgoing.wordpress.com/



  •   Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes